13 razões para viver #05

0
314
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Antes de te dar mais uma razão para continuar respirando, Hannah, deixe-me reforçar o que seus pais te disseram naquele fim de tarde: você estava linda arrumada para o baile! Se eu pudesse teria te dado um abraço e dito bons conselhos como “sorria!” e “dance mesmo se for sozinha!”. Uma moça tão bela, de cabelos tão vivos e de um sorriso largo, definitivamente não precisa de um garoto para curtir a festa. Mas eu não pude lhe dizer isso, nem tão pouco evitar a decepção que teve naquela noite.

A pobre Courtney, com medo de ser relacionada à você, preferiu mentir e te deixar sozinha na mira do furacão. Escondendo-se por trás de suas atividades escolares exemplares, seu penteado e roupas alinhadas, tinha medo de que descobrissem sua verdadeira identidade.

Assine o Blesss

Me lembro de um dos amigos covardes do nosso exemplo-homem do qual estamos extraindo vida. Seu medroso amigo, quando percebeu que poderia ser relacionado a figura do pobre homem — que estava nas mãos de seus perseguidores — , mentiu. Descaradamente mentiu. “Não o conheço!”, repetidas vezes afirmou. O terno homem foi, então, abandonado.

Após uma incrível reviravolta na história, ele reencontra o amigo traidor e novamente nos surpreende: ao invés de condená-lo, acende uma fogueira à beira mar e serve-o com vinho, peixe e perdão. Demonstrando graça e misericórdia, o gracioso homem liberta seu amigo do medo.

Hannah, não desista de você. Não desista da Courtney. Ela está perdida em seu próprio medo e precisa de perdão — talvez acompanhado de um bom sanduíche e uma coca-cola. Eis aí mais uma boa razão para continuar viva: Courtney precisa de você aqui.

M. T. Belohuby
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui