“Eu falo sempre de Deus, porque estou vivo por causa Dele”, diz zagueiro Neto

Neto participou do programa "Encontro" e destacou os milagres que Deus tem operado em sua vida, antes e depois do acidente aéreo.

0
1076
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

No próximo próximo sábado (29), a tragédia com o avião da equipe da Chapecoense irá completar 8 meses e o zagueiro Neto – sobrevivente da queda da aeronave na Colômbia – esteve na manhã desta quarta-feira (26) para falar um pouco mais sobre sua recuperação e também sobre o livro que ele está para lançar, intitulado “Posso Crer no Amanhã”.

Segundo Neto, o livro não se resume somente ao fato dele ter sobrevivido ao acidente, mas irá retratar diversos outros milagres que ele e sua esposa vivenciaram, sempre acreditando no sobrenatural de Deus.

Neto contou, por exemplo, que o nascimento de seus filhos já foi um grande milagre, pois sua esposa não tinha condições de engravidar.

“O livro conta mais ou menos a minha história, o que Deus fez na minha história. Foram muitos milagres que aconteceram na minha vida, inclusive acho que os meus filhos – eu acho, não, tenho certeza – são dois milagres. Minha esposa teve um casal de gêmeos com um ovário só, porque em um ela teve um tumor, perdeu e já estava perdendo o outro ovário com um cisto e conseguiu engravidar de gêmeos”, contou.

O atleta lembrou que foi notável sua transformação de vida, quando ele passou a entender e reconhecer o poder de Jesus sobre todas as coisas.

Assine o Blesss

“Depois que eu comecei a entregar a minha vida para Deus mesmo, descansar Nele, saber que Jesus Cristo está no controle de todas as coisas, eu pude tirar todo o fardo pesado que a vida coloca na gente”, afirmou.

 

O acidente

Lembrado por todos como um homem que “sempre fala de Deus”, Neto explicou que este costume se tornou ainda mais intenso, devido às provas do cuidado divino sobre sua vida.

“Esse acidente, por Deus permitir que eu estivesse vivo aqui, mais uma vez, para falar um pouco mais Dele, também. Eu tenho sempre que falar tudo Dele, porque eu não tenho mérito nenhum de estar aqui”, destacou.

Neto foi questionado sobre um sonho ruim que ele teve com relação à queda do avião e que mais parecia algum tipo de “aviso”. O atleta contou que chegou a enviar uma mensagem para sua esposa antes do acidente, na qual pediu que ela orasse para “repreender o pesadelo”.

“Eu falei para ela do sonho, antes de viajar para São Paulo, porque tinha um jogo contra o Palmeiras antes e de São Paulo a gente ia direto”, contou.

A mensagem que Neto enviou para sua esposa dizia: “Fiquem na santa paz de Cristo e ora por nós, repreendendo o pesadelo que tive”.

“Eu tive dois sonhos que marcaram muito a minha vida. Primeiro, eu tive o sonho que eu estava no céu e eu via Deus. Eu subia como se fosse em um elevador e quando a porta se abria, Deus me falava assim: ‘Meu filho, te esperei muito tempo aqui’. Eu chorava demais de alegria e falava: ‘Eu não sou merecedor de estar aqui, Deus”, acrescentou o jogador. “Depois eu tive o sonho que eu caía do avião e ficava vivo… um pesadelo. Eu contei para ela”, disse Neto olhando para a esposa. “Mas ela não quis ouvir no dia”.

Deus no controle

Neto destacou que entregar cada dia nas mãos de Deus é essencial e vários acontecimentos em sua vida têm servido para comprovar este pensamento.

“Tem coisas que acontecem na nossa vida… e como eu sou um cara cristão, procuro confiar. Tem coisas que eu não vou entender. Talvez um dia, quando eu morrer, Deus abra o jogo comigo e me explique, mas hoje eu não vou entender, porque eu sou limitado. Eu sou mais um ser humano que está de passagem por aqui. Este é um lugar temporário. Então, aconteceram algumas coisas na minha vida que ficou claro que era para acontecer o pior, porque Deus estava no controle e hoje eu entendo isso”, afirmou

O jogador compartilhou que antes do acidente, sofreu uma lesão em um jogo, o que o impediu de jogar a final de um campeonato e chegou a questionar Deus, o motivo pelo qual estava passando por tudo aquilo.

“Já tinha feito um ano de 2015 ótimo e 2016 estava começando maravilhosamente bem. A federação colocou um jogo da final para a mesma data do aniversário dos meus filhos. Eu tive que remarcar a festa. [No jogo, antes do acidente], eu caí no chão com uma pancada, sem os movimentos da perna. Eu tentei levantar, não consegui, queria entender e perguntava: ‘Senhor, por que isso está acontecendo?”, contou.

“Eu não joguei a final, que era o meu sonho, fiz uma cirurgia, era para tirar um disco e parafusar uma placa em duas vértebras. Chegou no dia da cirurgia, tive que tirar dois discos da cervical e parafusar em três vértebras, colocar uma placa com seis parafusos. Eu achava que o futebol para mim tinha acabado, porque todos os que sofreram esse tipo de lesão pararam de jogar”, acrescentou.

Porém a recuperação do jogador foi “sobrenatural”, como ele mesmo disse e o mais incrível ele ainda estava por descobrir.

“Eu voltei a jogar, correndo muito mais rápido do que eu imaginava. Em três meses era para eu voltar, mas em 20 dias eu estava correndo e sem entender aquele sobrenatural que estava acontecendo na minha recuperação”, afirmou.

“Em resumo, aconteceu o acidente e depois, quando eu acordei no hospital, o médico chegou para mim e falou: ‘um dos motivos de você estar vivo é a placa que você tem no pescoço. Ela limitou os seus movimentos, porque você bateu com a cabeça muitas vezes”, finalizou.

 

Com informações Guiame
Imagem: reprodução web/Gshow

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui