O problema dos jovens calvinistas da internet, que não são pastoreáveis e não frequentam a igreja

3
795
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Renato Vargens

Eu tenho pregado praticamente em todo país, nas igrejas e denominações mais variadas e tenho descoberto uma gama significativa de jovens e adolescentes ávidos por teologia, o que tem me deixado muito feliz. Na verdade, creio que há uma ressurgência da fé reformada em todo o Brasil. Nessa perspectiva, a “garotada” outrora, considerada “incapaz” por alguns, ou “alienada” por outros, tem dado um “show” de conhecimento bíblico demonstrando com isso fome e vontade de conhecer cada vez mais a Palavra de Deus. Todavia, apesar disso, alguns pastores amigos tem compartilhado sua preocupação quanto a alguns destes, que em nome de uma espiritualidade distorcida tem se mostrado ascéticos, soberbos e intransigentes. A consequência dessa arrogância juvenil, é que alguns destes calvinistas cibernéticos,  não são pastoreáveis e ensináveis o que por conseguinte  tem acarretado no seu desigrejamento.

Assine o Blesss

Pois é, particularmente confesso que fico assustado com a forma autoritária com que alguns jovens tem se dirigido  àqueles que pensam diferente nas Redes Sociais.  Outro dia soube de uma caso de um rapaz que afrontou desrespeitosamente um dos mais capazes e saudáveis pastores brasileiros numa rede social.
Noutra ocasião testemunhei um adolescente seminarista chamando a atenção de forma áspera e desrespeitosa homens e mulheres com idades para serem seus pais simplesmente porque pensavam diferente daquilo que ele acreditava ser correto.
Há pouco soube de outro adolescente com pouquíssimo tempo de conversão, que ao ler sobre um fato ocorrido em uma Igreja bem conhecida no Brasil, exigiu do pastor explicações. Isso mesmo, o menino escreveu para o pastor, um experiente líder brasileiro exigindo respostas. 

Receba nossos posts em seu e-mail

Informações relevantes sobre o cotidiano, segundo a ótica cristã. Insira seu email:

Delivered by FeedBurner

Há pouco, conversando com o meu amigo Juan de Paula, pastor da Igreja Batista da Graça em Indaiatuba, São Paulo,  fiquei sabendo que muitos pastores tem andado preocupados com jovens deste tipo, que em virtude da arrogância, optaram pelo desigrejamento pelo fato de acreditarem que são melhores e  mais sábios que os pastores de suas igrejas.
A WEB está lotada de meninos que são bênçãos na mão do Senhor e louvo a Deus por isso, todavia, neste vasto mundo virtual também encontramos um número significativo de jovens que nunca fizeram nada positivamente, mesmo porque, nem idade para isso tem. Todavia, foram contaminados velo vírus da arrogância tornando-se assim “Profetinhas da Internet”. 
O meu amigo Gaspar de Souza, pastor presbiteriano, publicou um texto no Facebook escrito por Felipe Machado que diz o seguinte: 

“Calvinista mirim é aquele que acabou de ler sobre as doutrinas da graça e se acha o cão de Calvino. Crê que foi investido de poder do alto para “tretar sempre que possível”, sob a desculpa de que está defendendo a verdade. É jovem-preguiçoso que em vez de procurar um emprego decente, fica debatendo nas redes sociais e sustentando um blog de qualidade questionável.” 

Concluo dizendo que alguns desses profetas virtuais precisam amadurecer, crescer,  como também se mais humildes. Como bem disse Juan, os profetas do desigrejamento  nunca foram para um campo missionário, nunca plantaram uma igreja, nunca expulsaram demônios, nunca tiveram rebanho, nem tampouco lideraram um grupo pequeno no lar com 5, 6 pessoas e querem ser mestres virtuais.
Pense nisso!

***
Do blog do autor, Renato Vargens

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

3 COMENTÁRIOS

  1. O VENENO DA SOBERBA E DA PRESUNÇÃO NOS MINISTERIOS DA IGREJA ATUAL

    PARTE 1

    INTRODUÇÃO

    Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
    Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite.
    Não há fala, nem palavras; não se lhes ouve a voz.
    Por toda a terra estende-se a sua linha, e as suas palavras até os consfins do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol,
    que é qual noivo que sai do seu tálamo, e se alegra, como um herói, a correr a sua carreira.
    A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até a outra extremidade deles; e nada se esconde ao seu calor.
    A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos simples.
    Os preceitos do Senhor são retos, e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro, e alumia os olhos.
    O temor do Senhor é limpo, e permanece para sempre; os juízos do Senhor são verdadeiros e inteiramente justos.
    Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o que goteja dos favos.
    Também por eles o teu servo é advertido; e em os guardar há grande recompensa.
    Quem pode discernir os próprios erros? Purifica-me tu dos que me são ocultos.
    Também de pecados de presunção guarda o teu servo, para que não se assenhoreiem de mim; então serei perfeito, e ficarei limpo de grande transgressão.
    Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!
    Salmos 19:1-14

    Utilizando o conceito de correção de trajetória que foi usado para exemplificar o nosso caminhar na vida cristã, na mensagem anterior, vamos nos aprofundar ainda mais no tema principal proposto da mensagem o “orgulho”, ou o termo mais abrangente que é a soberba e somemos agora a presunção a esta doença que envenena a igreja do Senhor.

    Definição:

    Presunção: Julgamento baseado em indícios, aparências; suposição que se tem por verdadeira.
    Suposição: Hipótese, conjectura

    As igrejas atualmente, com já sabemos, estão desorientadas, cada um expõe suas opiniões com base em teorias ou ensinos fundamentos nas palavras de outros homens pouco ou praticamente nada da verdade que liberta é realmente pregado com poder que vem do alto nos dias de hoje.

    Cada uma dessas igrejas tem um nome, geralmente sugestivo que é usado para atrair a atenção dos necessitados e sedentos. Propaganda pura, verdade seja dita.

    Os chamados “cultos” são espetáculos onde musicas, danças e performances teatrais na apresentação – do que eles chamam de reuniões – substituíram a verdadeira pregação dirigida pelo Espírito Santo, consequentemente somente palha seca e vento tempestuosos são oferecidos nestes locais como alimento ao povo faminto e sedento.

    A presunção destes homens consiste, basicamente, em acharem que eles têm o melhor alimento para o povo e em sua soberba preparam uma ração genérica de baixa qualidade, com muito conteúdo artificial e nutricionalmente fraca, a cor o aroma e a aparência parecem ser de um alimento muito nutricional, mas isto não passa de uma ilusão.

    A pregação motivacional que coloca o homem e seus objetivos pessoais no centro do propósito Divino substituiu a verdadeira obra redentora da cruz, é este o alimento artificial com aparência de verdade que é a maior arma maliciosa de satanás para manter o povo escravizado em uma doutrina completamente contraria a verdade que liberta.

    A verdade bíblica aplicada em grande quantidade é salpicada com mentiras ardilosamente mescladas em seu meio é a maior astucia que satanás usa para dominar a vontade do homem sem discernimento espiritual com ideias anti-cristãs que se tornam as heresias e doutrinas corrosivas, um exemplo disto e a teologia da prosperidade que tem arrastado milhares para os templos da ganancia em busca de riquezas.

    Para se tentar manter certa aparência de ordem e decência religiosa o sistema humano presunçoso entra em ação.

    A continuação desta mensagem pode ser lida em vozclama45@blogspot.com.br

  2. "apesar disso, alguns pastores amigos tem compartilhado sua preocupação quanto a alguns destes, que em nome de uma espiritualidade distorcida tem se mostrado ascéticos, soberbos e intransigentes.'

    Mas não é isto que as igrejas denominacionais que não passam de pequenos e medíocres feudos tem ensinado?
    A soberba é a presunção estão entranhadas dentro destas igrejas comerciais e não venha com este método podre de psicologia barata em que se elogia e depois se morde tentando criar empatia na forma de uma repreensão saudável.
    O próprio texto é soberbo pois quer validar obras de homens que estão mais preocupados em perder o domino escravagista e suas posições eclesiásticas.
    Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Romanos 1:21
    Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 1 Coríntios 2:14
    Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; 1 Coríntios 1:27
    Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia. 1 Coríntios 3:19

  3. Completando o comentário.

    A invés de tomarem uma posição de ataque por que vocês "pastores indignados", isto é se foram chamados por Deus para atuarem em seus respectivos ministérios, não abandonam o politicamente correto e se alinham ao espiritualmente correto da palavras de Deus?

    Deixando de lado as palestras motivacionais que falam o que o povo quer ouvir e não o que necessitam ouvir.

    Acordem para a realidade de Deus a igreja não é de vocês ela pertence ao Senhor Jesus, lembram dele?

    Este texto acima deixa bem claro com estes homens estão mais preocupados com seus egos do que com as almas e em nenhum momento a verdade que liberta foi mencionada.

    O verdadeiro evangelho confronta os desvios e a pratica de iniquidade e disto as igrejas comercias estão cheias portanto alguns versículos lançam luz sobre está situação e moem o infeliz texto desta matéria:

    Estes são manchas em vossas festas de amor, banqueteando-se convosco, e apascentando-se a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos de uma para outra parte; são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas; Judas 1:12

    Não julgueis, para que não sejais julgados.
    Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.
    E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
    Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
    Mateus 7:1-4

    Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
    Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
    Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
    Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
    E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
    Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
    Mateus 7:19-24

    Menos politica eclesiástica melindrosa e mais compromisso com a verdade

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui