Rainha da Inglaterra reconhece que Jesus é o Rei que ela serve

1
1456
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
A rainha da Inglaterra, Elizabeth II, fala sobre o papel central de Jesus em sua vida em um novo livro. Prestes a completar 90 anos, ela está lançando “The Servant Queen and the King She Serves” [A Serva Rainha e o Rei que Ela Serve].


“Eu tenho sido – e continuarei sendo – muito grata pelas suas orações e a Deus por sua benignidade”, escreveu a monarca no prefácio da obra, que deve ser lançada em abril.  “Realmente tenho visto a sua fidelidade”, acrescenta.

Editado conjuntamente pela Sociedade Bíblica, HOPE e o Instituto de Londres Para O Cristianismo Contemporâneo (LICC), serão distribuídas cópias gratuitamente em milhares de templos da Igreja da Inglaterra (Episcopal Anglicana). Elizabeth é, como rainha, a Governadora Suprema da Igreja da Inglaterra.

Assine o Blesss

Receba nossos posts em seu e-mail

Informações relevantes sobre o cotidiano, segundo a ótica cristã. Insira seu email:

Delivered by FeedBurner

Mark Greene, diretor executivo da LICC, é o co-autor da obra biográfica.
“Enquanto escrevia este livro e falava sobre ele com meus amigos e familiares que não conhecem a Jesus — e também com meu barbeiro judeu — fiquei impressionado em ver como eles se interessaram em saber mais sobre a fé da rainha”, comemora.
“A rainha tem… preocupação com os outros e uma clara dependência em Cristo”, afirma Greene.
O jornal Star Tribune destacou que, além de sua fé, a rainha também aborda a perseguição contínua dos cristãos no Oriente Médio, um assunto que ela tem mencionado nos seus discursos em diversas ocasiões.
Para Roy Crowne, diretor-executivo da HOPE, em 21 de abril, o aniversário de Elizabeth será uma boa oportunidade para os cristãos “agradecerem a Deus e à rainha por sua vida e exemplo de como uma seguidora de Jesus Cristo.” 
***
Com informações de Christian Post via Gospel Prime
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

1 COMENTÁRIO

  1. Seguidora de Cristo????
    Igreja em decadência espiritual e apostasia.
    Uma das mais antigas e influentes denominações evangélicas do mundo, a Igreja Episcopal Anglicana, anunciou uma mudança que terá sérias consequências teológicas nos próximos anos. Apoiados pelo seu líder máximo, o Arcebispo de Canterbury Justin Welby, Exclui a menção ao pecado e ao diabo. A justificativa é que as pessoas que participam das cerimônias precisavam de uma linguagem mais moderna, que pudessem compreender.

    Muitos dos líderes e teólogos da Igreja, que acusam a liderança atual de quebrar não só uma tradição secular, mas também os ensinamentos da Bíblia. Na prática, é como se a Igreja estivesse decretando o “fim do pecado” e a aposentadoria do diabo.
    Segundo o bispo Michael Nazir-Ali: “Desde a década de 1970 surgiu uma moda na Igreja da Inglaterra que visa minimizar a profundidade e o mistério da adoração por causa da alegada necessidade de tornar os cultos mais ‘acessíveis’. A Igreja de Cristo sempre considerou o arrependimento algo necessário para o início da vida cristã… Por causa de sua vontade que todos sintam-se bem-vindos e seu desejo de não ofender ninguém, o novo batismo quase totalmente acaba com o pecado e com a necessidade de arrependimento”.
    O livro é para se promover e ficar na história, pois já está se preparando para o fim da vida, ou então quer aliviar a consciência.
    Minha tristeza é ver comentários tão destituídos de conhecimento de causa.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui