Policial morto em tiroteio em clínica abortista também era pastor

0
673
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Por Ana Louise
O atirador que invadiu um centro abortista em Colorado Springs, nos Estados Unidos, deixou três mortos. Dois deles foram identificados nesta segunda-feira (30), e foi descoberto que a terceira vítima, o policial Garret Swasey, também era o pastor de uma igreja local.

De acordo com o Christianity Today, Garret Swasey pastoreava a igreja Hope Chapel, uma congregação de cerca de 100 pessoas. Segundo informa o site Life News, ele era casado e tinha dois filhos. Garret também servia como policial na Universidade de Colorado Springs há seis anos.

Assine o Blesss

Receba nossos posts em seu e-mail

Informações relevantes sobre o cotidiano, segundo a ótica cristã. Insira seu email:

Delivered by FeedBurner

“Ele era uma pessoa que trabalhava em tempo integral como um policial, e dedicava grande tempo de sua vida para a igreja local, sem ganhar um centavo por isso. Ele o fazia porque achava que era algo que precisava ser feito”, declarou Scott Dontaville, co-pastor da Hope Chapel.
O atirador, identificado como Robert Lewis Dear, irá aparecer em corte nesta semana. Ele supostamente afirmou à polícia que é contra o aborto, mas a motivação real de seu crime não foi divulgada.
***
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui