Dunga critica presença de pastor no hotel da Seleção: “Lá não é local para exposição religiosa”

2
640
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
O técnico da Seleção Brasileira, Dunga, criticou a presença do pastor Guilherme Batista no hotel onde a equipe ficou concentrada, nos Estados Unidos, durante a disputa de dois amistosos no começo do mês.


Na ocasião, um encontro entre o pastor e os jogadores, seguido de um momento de oração, rendeu a conversão de três jogadores. Guilherme Batista, que atua no Brasil em um ministério dedicado a jovens, foi convidado à concentração pelos jogadores David Luiz e Kaká.

Assine o Blesss

Receba nossos posts em seu e-mail

Informações relevantes sobre o cotidiano, segundo a ótica cristã. Insira seu email:

Delivered by FeedBurner

Em entrevista coletiva durante a convocação da Seleção para os dois primeiros jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o técnico disse que ninguém havia autorizado a presença do pastor no local.
“Eu não permiti. Nem eu, nem Gilmar, nem a Seleção. Na Seleção, as coisas são feitas com transparência. Temos uma sala e os jogadores podem receber os seus familiares e pessoas mais próximas deles. Nada é proibido, mas não é local de exposição religiosa, política. Estamos representando o nosso país”, afirmou o técnico.
O coordenador técnico Gilmar Rinaldi fez questão de destacar que a postura nada tem a ver com a religião em si, mas com o ambiente de trabalho: “Respeitamos todos os tipos de crenças. A Seleção Brasileira não é o lugar para esse tipo de manifestação. É claro e simples: a Seleção não é o local para fazer a ideologia de A ou B. Respeitamos todas as correntes, apenas achamos que não é o local disso”, afirmou.
Dunga voltou ao assunto para lembrar que, se a história se repetir, poderá haver punições: “Avaliamos na Seleção a condição física, tática e técnica. Mas como qualquer um, como meus filhos, quando você erra não terá a cabeça cortada. Se o erro persistir, você precisa tomar uma decisão”, pontuou, segundo informações do Globo Esporte.
***
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

2 COMENTÁRIOS

  1. Segundo Dunga este pastor pediu para tirar uma foto com ele e depois colocou nas redes sociais como se eles fossem amigos, se for verdade o pr agiu de má fé, e não merece ser chamado de pr. Segundo veta o culto, na concentração não é só ilegal, mais imoral. Lembro-me da final da copa das confederações em que o Brasil foi campeão e houve por parte da cbf e fifa, duas entidades honestíssimas, presididas por homens honestissimo, que proibiu a manifestação "religiosas". Depois disso os jogadores "evangélicos" sumiram da seleção. Agora de novo vem esta proibição. Penso:será hora dos jogadores assumirem a quem serve? se a seleção ou a Deus? Lembremos-nos de Daniel, e seus amigos, De Pedro e João. importa obedecer a Deus. que o Senhor os ilumine e lhes de coragem para serem a cada dia mais parecidos com Cristo, e que estejam dispostos a testemunhar do Evangelho que é sim loucura para os que se perdem, mas para os que são salvos poder de Deus.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui