Vereadora cria “Dia Municipal da Esposa do Pastor” na cidade mineira

1
521
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Na cidade de Coronel Fabriciano (MG) pode ter uma lei pra lá de polêmica antes mesmo da prefeitura sancionar ou vetar a proposta. Trata-se da criação do dia da mulher do pastor, um projeto de lei aprovado por unanimidade pela Câmara dos Vereadores. 

O projeto (PL 2.559/2015) é de autoria da vereadora Andréia Botelho (PSL), evangélica, que dá a sugestão para que todo o dia 3 de março seja lembrado como o Dia Municipal da Esposa do Pastor. 

Assine o Blesss

Receba nossos posts em seu e-mail

Informações relevantes sobre o cotidiano, segundo a ótica cristã. Insira seu email:

Delivered by FeedBurner

Em sua argumentação para a criação desse dia, a parlamentar diz que a sociedade deve reconhecer o trabalho de dedicação “daquela que defende e apoia a vida com Deus ao lado do seu esposo”.
Mas Andréia Botelho deixa claro: a data não vai gerar custos para o município. “Trata-se de uma homenagem às esposas de pastores da cidade, tão importantes no meio evangélico, do qual faço parte. 
A prova maior de que a matéria não lesa o patrimônio público municipal é que a mesma é constitucional e foi aprovada por unanimidade pelo parlamento fabricianense, independentemente da coloração partidária”, disse ela através de uma nota.
A polêmica ultrapassou os limites da cidade e se espalhou pelo país fazendo com que muitas pessoas criticassem a vereadora. 
Em sua defesa, ela lembrou que os trabalhos das esposas de pastores não são reconhecidos pela sociedade.
“Como evangélica, sou conhecedora do trabalho realizado pelas esposas de pastores. Trabalho este que muitas vezes não é visto por alguns. Sei do valor e da valentia de cada uma delas em prol dos Ministérios de seus respectivos esposos”.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

1 COMENTÁRIO

  1. Minha senhora, tenha bom senso. 1º A Senhora como eleita pelo povo tem obrigações para com o povo, ''O projeto (PL 2.559/2015)'' não oferece benefícios a ninguém.é muita perca de tempo com coisas supérfluas,creio que seus concidadãos tem mais necessidades urgentes pois '' homem-nagem '' só beneficia o EGO. 2º A Vereadora como exemplo de conduta Cristã diz que: “Como evangélica, sou conhecedora do trabalho realizado pelas esposas de pastores. Trabalho este que muitas vezes não é visto por alguns…'' É evidencia que a Senhora em suas próprias palavras estar querendo reconhecimento pois diz que as senhoras dos pastores não são vistas por alguns.Senhora Vereadora deixemos o antropocentrismo,as bajulações as honrarias,o saudosismo.Que nossas vidas possa ser firmada em algo melhor,ELE O ALVO.O CRISTO.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui