Antes da Copa, depois da Copa

0
553
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

por Lya Alves
No dia da abertura da Copa, eu assisti o jogo. Apesar de minhas críticas sobre a FIFA, e de não gostar de futebol, assisti porque só assisto futebol na Copa. É a única hora que o futebol me interessa. Critico a copa e assisto o jogo. Nenhuma incoerência nisso: a copa foi paga com dinheiro público. Paguei, logo assisto. Dona Dilma deu uma canetada aprovando isenção total de impostos para bens e serviços à Fifa, que significa deixar de arrecadar mais de 1 bilhão de Reais em impostos. mas quem se importa? Tem o brasileiro pra pagar as contas.  
Apesar de dizer que o objetivo não é ganhar dinheiro com a Copa 2014 no Brasil, a Fifa já garantiu receita recorde com o Mundial do ano que vem. Isenta pelo governo brasileiro de pagar aproximadamente R$ 1 bilhão em impostos e com mais de 900 contratos comerciais fechados, a entidade ganhará no mínimo R$ 8,8 bilhões com o torneio. Apesar das manifestações do povo brasileiro, a Fifa não deve abrir mão de realizar a Copa mais lucrativa de sua história. 
NWO Card – “Jogue essa carta a qualquer
momento para controlar uma nação”

Brasil x Grécia – Qual é a real intenção? Ferrar com o Brasil? Provavelmente. Assim como as Olimpíadas quebraram a Grécia, a Copa 2014 tem a intenção de quebrar o Brasil. Por que? Poque é disso que vivem os banqueiros: de “quebrar” países. No
 início de 2004, antes da expansão da UE, a Grécia era o segundo país mais pobre do bloco em termos de PIB per capita – em lidar com um evento do porte de uma Olimpíada. Hoje, onze anos depois, ainda é difícil precisar o total dos gastos com a Olimpíada de 2004. Em novembro daquele ano, o governo anunciou o custo final como sendo de 8,9 bilhões de euros (R$ 21,3 bilhões) quase o dobro do orçamento inicial e o suficiente para apelidar, na época, Atenas 2004 de os Jogos mais caros da história moderna…atá a copa de 2014 no Brasil, cujos custos pode atingir 30 bilhões.

Assine o Blesss

A economia grega fechou 2004  com um deficit de 7,5% do PIB, o maior entre todos os países do bloco. No ano anterior, o deficit grego tinha sido de 5,6% do PIB. A dívida pública em 2004 subiu para 98,6% do PIB. O premiê grego na época, Kostas Karamanlis, se apressou em jogar a culpa pela escalada da dívida sobre o governo anterior, acusando-o de ter “maquiado” suas contas com dívidas criadas “em segredo” e deixando de incluir, no orçamento previsto para 2004, itens significativos como os gastos em Defesa.Artilharia da copa – Por falar em defesa, quem vai pagar a conta dosmísseis antiaéreos exigidos pela FIFA? Ministério da Justiça, Forças Armadas e Fifa divulgaram o esquema de segurança para a realização da Copa do Mundo no Brasil: o trabalho para garantir o bem-estar da população conta com 80 mil homens – sendo 20 mil profissionais particulares – e 12 “tropas de elite” do exército nas cidades-sede para casos de emergência. O investimento é superior a R$ 1 bilhão. Quem vai pagar esta artilharia, Amarildo?

Como se tudo isso fosse pouco, ainda tivemos aquela abertura ridícula onde a digníssima presidenta, a anfitriã,  não teve cara de falar durante a abertura. Preferiu soltar pombos. Tudo bem, da boca da Dilma e de bunda de pombo sai a mesma coisa. Mas o pombo tem mais conteúdo. Sintomático: a copa não é para o brasileiro, por que dar atenção a ele? Resta aos jornais vendidos, como O Jornal do Brasil inverter a situação falando que o povo não tem civilidade. Ok, JB, defenda seu ganha-pão.

Quanto a BrasilxCroácia, o jogo foi bom, no sentido de que ficou claro pra quem insiste em ser inocente, que a copa é comprada. Aquele pênalti foi só pra deixar isso claro. Nos resta o blá blá blá da abertura da copa. O modelito Cosplay de Galinha pintadinha da Cláudia Leite, que por sinal, custou R$ 2,7 mil, a cara estranha de J-Lo, que tava mais perdida que cego em tiroteio, a calça santropeito de Pitbull, a falta de interação dos 3 numa canção que falava exatamente “we are one”.


Resumindo, a abertura da copa 2014  foi um lixo. Parecia aqueles teatros de escola que a gente vai pra agradar a criança. Papel crepom, cópia dos Ents de Senhor dos Anéis, uma ofensa aos carnavalescos brasileiros. Confesso que tinha a expectativa de uma abertura exuberante e brasileira (ja que roubaram tanto dinheiro), mas oque vi foi uma abertura pobre, previsível e medíocre. Eu esperava uma abertura pelo menos no nível do carnaval, ou Parintins, ou algo que representasse de verdade a cultura brasileira. Estava ansiosa pra ver algo muito além das penas, das plumas, dos brilhos associados a tecnologias de ponta e tudo que vi foi uma bola de led. Aquela “representação da cultura brasileira foi ridícula, além de ser um show de estereótipos.Deprimente.

Como consolo, nos resta saber que enquanto a FIFA nada em dinheiro e a Dilma quebra o Brasil, eu e você trabalhamos 5 meses em um ano para pagar impostos. Realmente, não temos civilidade, somos um povo escravo, que no lugar de algemas, tem uma carteira de trabalho. Ole Ola, vida de gado.

Fico tentando entender o papel da igreja nesse país. Nada contra assistir os jogos, lazer é um direito constitucional. Nada contra vestir a camisa e ser patriota, nesmo com a palavra “pátria” esvaziada de seu sentido. Oque me preocupa é entrar na dança junto com os escarnecedores. Tanta gente que fez tanto “ato profético” e esperneou dizendo que o Brasil não seria mais conhecido como o “país do futebol” nos anos 90 hoje enfeita a igreja pra copa, põe telão e chama o povo pra ver e participar do Pão&Circo. Qualquer semelhança com as churrascarias é mera coincidência. Nada contra diversão, mas o papel da igreja nunca foi o entretenimento. Spurgeon, em seu clássico sermão, “Apascentando ovelhas ou entretendo bodes”, dizia:

“Um mal acontece no arraial professo do Senhor, tão flagrante na sua impudência, que até o menos perspicaz dificilmente falharia em notá-lo. Este mal evoluiu numa proporção anormal, mesmo para o erro, no decurso de alguns anos. Ele tem agido como fermento até que a massa toda levede. O demônio raramente fez algo tão engenhoso, quanto insinuar a Igreja que parte da sua missão é prover entretenimento para o povo, visando alcançá-los. De anunciar em alta voz, como fizeram os puritanos, a Igreja, gradualmente, baixou o tom do seu testemunho e também tolerou e desculpou as leviandades da época. Depois, ela as consentiu em suas fronteiras. Agora, ela as adota sob o pretexto de alcançar as massas.

Meu primeiro argumento é que prover entretenimento ao povo, em nenhum lugar das Escrituras, é mencionado como uma função da Igreja. Se fosse obrigação da Igreja, porque Cristo não falaria dele? “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Lc.16:15). Isto é suficientemente claro. Assim também seria, se Ele adicionasse “e provejam divertimento para aqueles que não tem prazer no evangelho”. Tais palavras, entretanto, não são encontradas. Nem parecem ocorrer-Lhe.”

A tarefa de confrontar o império e seu sistema parece estar sendo exercida bem mais pelos artista de rua, com seus graffitis da copa do que pela igreja. Será que a igreja, de tanto viver numa sociedade encharcada do espírito grego agora dorme o sono de Morfeu?

Jesus disse na parábola das dez virgens, que as prudentes tinham azeite e carregaram as lâmpadas. Mas nem todo aquele azeite nem toda aquela luz as impediu de dormir, e assim, todas  dormiram, mas algumas acordaram. Estamos todos dormindo, mas quem vai acordar? Que tipo de igreja você é? A que dorme ou a que vai ao encontro do esposo? Uma dica: Jesus não está nos  estádios. Jesus está onde sempre esteve: ajudando os pobres e fazendo justiça. Onde você está?


“Quando o ímpio domina, o povo geme.” –  Provérbios 29:2

Em Cristo,
Lya Alves

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui