O que é o evangelho empirista?

0
834
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Ciro Sanches Zibordi
Empirismo –
do francês empirisme – é a doutrina ou o sistema filosófico
segundo o qual todo conhecimento provém unicamente da experiência, limitando-se
ao que pode ser captado do mundo externo, pelos sentidos, ou do mundo
subjetivo, por introspecção.
O evangelho
empirista prioriza sinais, revelações e experiências fantasiosas, e não a
Palavra de Deus. Seus seguidores ignoram o fato de que o Diabo e seus agentes
também realizam prodígios para enganar (2 Co 11:13-15). Alguns
defensores desse evangelho prodigioso têm mandado o povo guardar a Bíblia e
“mergulhar de cabeça” nas revelações “divinas”. E os perigos para os crentes
que se orientam por experiências são muitos.
Claudionor
de Andrade afirmou:

A ocorrência de
milagres não denota, necessariamente, avivamento; a característica principal
deste é o amor a Cristo que nunca deixa de ser primeiro. Amamos a Jesus não
pelos sinais e maravilhas que opera; amamo-lo pelo sacrifício do Calvário que
ousou por todos nós.

Se não tomarmos
cuidado, pode o milagre encaminhar-nos até mesmo à incredulidade. Mostre-se
embora paradoxal, essa assertiva é teológica, histórica e biblicamente mais do
que justificável. É só adentrar os diversos pavilhões do Livro Santo para lhe
comprovar a validade.[1]

Assine o Blesss

Os
propagadores do empirismo “evangélico” desprezam os pregadores que expões as
doutrinas bíblicas, considerando-os homens sem fé para usufruir o sobrenatural
de Deus, bem como sua ousadia para levar os ouvintes a experiências novas. Como
o Senhor fala diretamente com esses “profetas”, dando-lhes novas revelações,
torna-se desnecessário que estudem as Escrituras!
Paulo e as
experiências

Paulo
teve um ministério marcado por milagres e experiências sobrenaturais. Numa delas,
Deus o arrebatou ao Paraíso, no terceiro céu: “Conheço um homem em Cristo que,
há catorze anos (se no corpo, não sei; se fora do corpo, não sei; Deus o sabe),
foi arrebatado até ao terceiro céu. E sei que o tal homem… foi arrebatado ao
paraíso e ouviu palavras inefáveis, de que ao homem não é lícito falar” (2 Co
12:2-4).
Muitos,
não atentando para o fato de Paulo ter usado de modéstia, pensam que estava
falando de outra pessoa. Contudo, antes de mencionar tal homem, ele informou
que não convinha gloriar-se, porém relataria as visões e revelações do Senhor
(v. 1). E, depois do relato, afirmou? “Porque, se quiser gloriar-me, não serei
néscio, porque direi a verdade… e, para que não me exaltasse pelas
excelências das revelações, foi-me dado um espinho na carne…” (VV. 6,7).

algumas especulações sobre o espinho na carne que o apóstolo recebera para que
não se exaltasse. Dizem que era uma enfermidade, uma tentação, etc. Mas a Palavra
do Senhor não apresenta muitos detalhes, a não ser que o tal espinho era “…
um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de me não exaltar” (v.7).
Ao
contrário de alguns pregadores que também dizem ter visitado o céu, Paulo não
se gloriou por causa dessa experiência sobrenatural, pela qual teve revelações
da parte do Senhor. Apesar de ter ouvido palavras inefáveis, resolveu não
partilhá-las com os homens. A bem da verdade, sequer recebeu permissão de Deus
para fazer isso.
Mesmo
tendo várias experiências sobrenaturais – desde o encontro com o Senhor Jesus,
a caminho de Damasco –, todas decorrentes de sua íntima comunhão com Deus,
Paulo jamais abriu mão das Santas Escrituras. Ao discorrer sobre a morte, o
sepultamento e a ressurreição de Cristo, fez questão de enfatizar que tudo
ocorreu “… segundo as Escrituras” (1 Co 15:1-4).
E
mais: o apóstolo Paulo, em 2 Coríntios 11:21-23, deixou claro que a autoridade
que possuía não se baseava em sua habilidade para fazer milagres, e sim no
sofrimento que suportava! (ZIBORDI, Ciro Sanches. Evangelhos que Paulo jamais
pregaria. CPAD. 2010, p. 26-28)

[1]
ANDRADE, Claudionor de. Fundamentos Bíblicos de um Autêntico Avivamento. CPAD,
p. 119.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui