Malandro é malandro, mané é mané

1
715
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Um dos hits mais cantados no Brasil  é a canção de Bezerra da Silva, Malandro é malandro, mané é mané. Nela, nitidamente encontramos uma clara apologia a típica malandragem que domina a cultura brasileira.

Assine o Blesss
A canção em questão me fez lembrar uma propaganda vinculada em rede de televisão na década de 70, na qual o ex-jogador da seleção brasileira, Gérson era o protagonista. A propaganda dizia que certa marca de cigarro era vantajosa por ser melhor e mais barata que as outras, e no final Gérson dizia:”Você também gosta de levar vantagem em tudo, certo?”

Com o passar dos anos a propaganda captou um elemento de identificação que estava no imaginário popular, acredita Maria Izilda Matos, historiadora e pesquisadora da boemia. O jargão usado na época se transformou então naquilo que hoje denominamos de lei de Gerson, a qual passou a funcionar como mais um elemento na definição da identidade nacional e o símbolo mais explícito da nossa ética ou falta dela.

Infelizmente nossa sociedade encontra-se tão adoecida, que para atingir os seus objetivos se faz “qualquer negócio” Na verdade, parece que vivemos debaixo de uma síndrome, onde o que é importa é prevalecer sobre o outro, independente de que pra isso precisemos atropelar conceitos, princípios e vidas.

Caro leitor, como cristãos somos desafiados a não vivermos segundo as regras deste sistema. De maneira alguma podemos permitir que valores antiéticos e amorais conduzam nossas vidas.

Na perspectiva bíblica jamais nos será permitido negociarmos o inegociável, nem tampouco, instrumentalizarmos as pessoas com vistas ao nosso sucesso pessoal. Os pressupostos do reino nos motivam a vivermos uma vida justa, reta e equânime, onde nem sempre venceremos.

Pense nisso!
Renato Vargens
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

1 COMENTÁRIO

  1. Pastor muito bom o seu texto. Não me denomino Calvinista porém creio na doutrina da eleição que é bíblica antes de ser calvinista. sobre as crianças em estado de pobreza, é fato que a igreja precisa mobilizar-se ante ao fato de que o Senhor nos recomenda lembramos dos pobres. Mas não podemos deixar de observar que todas essa calamidade relatada por você é fruto do pecado na sociedade onde a mesma se comporta inerente a esses fatos como um dos sintomas de um espírito morto por causa da queda. Acredito que as igrejas mais ricas deveriam adotar de modo estratégico bairros com essa realidade expandindo o alcance do reino e não expandindo prédios e discussões sobre teologia. Abraços e fica na paz de Cristo.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui