Gol contra

0
141
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Leitura: 2 minutos
094: da série Cronômetro

Por José Bernardo

Assine o Blesss
Hoje, enquanto verificava a atividade do ministério nas redes sociais, passei por um grupo de discussão sobre evangelização e havia a foto, postada por um evangélico, de um medium com uma frase piegas e o link para uma página de promoção do espiritismo. Não é a primeira vez que vejo isso e algumas vezes o autor agradece surpreso e procura reparar o erro. Então me dispus a lavar os pés do irmão e comentei como era inapropriado propagandear aquele autor e aquela crença. Surpreso fiquei eu, com a lacônica resposta: ‘estou olhando para o conteúdo e não para a embalagem’.
Pode uma fonte jorrar água doce e amarga ao mesmo tempo? A verdade dita pelo mentiroso ainda é verdadeira? O enganador merece crédito como testemunha? Essas foram minhas réplicas, mas não obtive outra resposta. Esse fato, no entanto, revela uma atitude cada vez mais comum no meio evangélico, de evitar o confronto apologético e até concordar com ideias que são fundamentalmente contrárias à Verdade. Então, ao invés de produzirem resultados para a glória de Deus, cooperam com o adversário e marcam gol contra. Por trás disso está o amor pelo mundo, pelo que há no mundo e a falta de compromisso com a Palavra de Deus. Para tais crentes a Bíblia é cada vez menos exclusiva ou essencial. Poesia e prosa com genérica e inconsistente verdade humanista tornaram-se a base de uma nova religiosidade em nada parecida com a espada afiada capaz de discernir alma e espírito.
“Onde não há revelação divina, o povo se desvia” Provérbios 29:18. É isso que estamos vendo: cada vez menos evangélicos memorizam textos bíblicos, ou leem as Escrituras, ou ensinam sobre elas. É mais provável que um jovem poste a letra de uma música, a frase de um poeta, do que um versículo. Sem lâmpada para o caminho, voltamos à idade das trevas. Por isso os crentes se embevecem com a sabedoria humana e se apegam ao lixo do inferno.
Se não estiverem cheios da Palavra de Deus, que mensagem os crentes darão a um mundo perdido em ilusões? Que palavra dirão para salvar aqueles que estão sendo destruídos? Nesses dias em que grandes eventos esportivos trarão excelentes oportunidades para a evangelização, é urgente que os crentes deixem a casa que construíram na areia e estejam edificados sobre a rocha.

José Bernardo é pastor, pesquisador, escritor, estrategista de evangelização e conferencista. Fundou e preside a agência missionária de mobilização evangelística AMME Evangelizar. 
Para saber mais sobre evangelização no contexto esportivo visite www.iniciativa235.org e www.fazebook.com/iniciativa235/
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui