Entrando pela Porta dos Fundos

3
393
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

porta dos fundosGuilherme Barros
Há um bom tempo um canal do Youtube vem fazendo um sucesso viral nas redes sociais. No início suas brincadeiras agradavam a todos, com seu humor despreocupado, crítico e inteligente. Mas ultimamente seus vídeos estão cada vez mais carregados de desrespeito contra a fé cristã, e blasfêmia contra o próprio Deus. Como consequência disto os Cristãos tem se levantado contra tal canal, e inclusive com ameaças de entrar com um processo por desrespeito a fé alheia. Por outro lado, um grande grupo de “ateus militantes” (que se julgam seres mais evoluídos e com um pensamento mais elevado e intelectual) e alguns “pseudocristãos” se utilizam de tais vídeos para debochar dos fiéis, e humilhar sua fé.
Diante de todo esse cenário tracei algumas breves reflexões sobre como devemos enxergar essa situação e como agir mediante tal afronta:
1. Na maioria das vezes nos comportamos como hipócritas. Pois da mesma maneira que o “Porta dos Fundos” faz chacota do Cristianismo, já o fez com várias outras religiões. E quando isso acontece não nos levantamos contra, mas fazemos coro a eles nas chacotas.
Devemos lutar com a mesma intensidade pelos direitos dos outros, com a que lutamos pelos nossos. Não devemos concordar com a adoração a outros deuses, mas não devemos zombar dos que o fazem e sim, ensiná-los o que é certo com toda longanimidade e doutrina.
2. Tais vídeos são reflexos de uma sociedade cada vez mais distante de Deus, aonde os valores morais vão ficando cada vez mais esquecidos. Onde o correto e o errado é em ultima análise, só uma questão de ponto de vista.
Esta era é chamada de Pós-modernismo, que nada mais é do que um fiel retrato da sociedade descrita em Romanos 1. Sociedade tal destituída de valores morais, cegos em seu próprio entendimento e entregue por Deus a seus desejos pecaminosos.
O “Porta dos fundos” não é uma exceção, ela é a melhor descrição possível da depravação total do homem.
3. Jesus falou sobre duas portas. Uma, que é o próprio Cristo, conduz a salvação. Ela é a mais estreita, ou seja, entrar por ela não é fácil. Adentrá-la é negar-nos a nós mesmos, e nos redemos ao Senhorio de Cristo, abrindo mão da nossa vontade, reconhecendo que não somos nada, apenas pecadores imunes. E confessando a Cristo como o Senhor de toda a terra, que faz tudo de acordo com sua vontade. Sem precisar de nossa opinião.
E a outra porta, eu vou chamá-la de “Porta dos fundos”. Esta conduz a condenação. Por ela entrarão todos àqueles que querem ser os donos de seus próprios umbigos. Que não admitem que um ser superior dite o que eles devem e o eu não devem fazer. Também entrarão aqueles que se acham inteligentes demais para acreditar que Deus existe, preferindo acreditar em homens falhos com vãs filosofias que se contradizem a cada novo dia, do que na Palavra de Deus é a verdade e que permanece para sempre. Tais pessoas além de estarem caminhando em passo largo para o inferno o fazem zombando dos que estão no caminho certo, se enganando sem saber o que os espera.
4. E por fim chegamos à conclusão de que devemos sim defender nossa fé, mas nunca devemos achar que Jesus precisa de nossa defesa, ou de nossa ajuda. Ele não é um coitadinho que se entregou pelo mundo, e depois de ser rejeitado por ele está em depressão. E que chora cada vez que é humilhado, e seu nome profanado.
Na verdade, o messias que veio a primeira vez como o cordeiro amoroso, que veio trazer salvação para o mundo mostrando toda sua simplicidade, humildade e misericórdia, um dia voltará como Rei soberano, governador de toda terra, pronto para fazer justiça aos que passaram toda a vida profanando seu nome.
O capítulo 6 de Apocalipse mostra que os ímpios pedirão para que as montanhas caiam por cima deles os esmagando para que eles possam morrer e se livrar da ira do cordeiro.
Nesse dia não haverá mais misericórdia, a mão de Deus que estava estendida para os pecadores se fechará. Eles vão tentar argumentar, vão tentar se esconder, mas não vão conseguir, e pagarão por cada ofensa, cada insulto, cada blasfêmia, cada vídeo em que denegriram o nome santo do Senhor. E toda língua, inclusive as dos atores e produtores do canal “Porta dos Fundos” confessará que JESUS CRISTO É O SENHOR ,ainda que seja debaixo de Sua ira!
Ainda há tempo, a mão ainda está estendida, entre pela porta da frente, a estreita. E esqueça a porta dos fundos.
***
Guilherme Barros é parceiro na blogsfera e escreve na UMP-da Quarta. Divulgação: Púlpito Cristão.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

3 COMENTÁRIOS

  1. Creio que o autor faz certa confusão.

    1. Não, não devemos exigir censura na justiça. Não quero viver num país onde as opiniões sejam todas proibidas (ou pelo menos aquelas classificadas como "politicamente incorretas") a pretexto de "não ofender as pessoas". Os gayzistas e outros militantes dominados pela esquerda cultural fazem isso o tempo todo, tentam sem parar censurar os outros, tudo os "ofende", são vítimas profissionais. Ultimamente, muitos espíritas passaram a usar essa tática também. Há certa proteção contra a calúnia e difamação, mas isso não pode ser de tal forma a cercear a liberdade de expressão. O movimento nazigaysista, e agora os islamofacistas fazem isso, buscam sempre a censura e a intimidação, mas nós cristão nunca devemos entrar por esse caminho torto, que conduz à injustiça e à mentira institucionalizada.

    2. A publicação da nossa inconformidade é sempre legítima, e é absurdo que os cristãos sejam criticados por isso, e apresentados como "censores". Os outros tem o direito de zombarem de nós, e nós não temos nem o direito de dizer que isso nos ofende? Então somos cidadãos de segunda classe? Somos inferiores aos outros? O direito de expressão que os assiste não assiste a nós? Uma pessoa tem de ser muito injusta e cafajeste para defender uma posição como essa. E há alguns, nas redes sociais que estão dizendo esse absurdo.

    3. O boicote é sempre legítimo, por que vem do direito de consumir ou não, e assistir ou não o que decidirmos. Se alguém argumentar que boicotar é ilegítimo, está afirmando que não temos o direito nem de escolher aquilo que assistimos.

    4. Num mundo de gente anti-cristã, é natural que os cristãos e seus ensinamentos sejam zombados. Não há maneira de impedir isso a não ser sendo violentos ou usando a violência do estado para fazer calar aqueles que pensam mal de nós. Mas, como eu já disse esse é um caminho torto, do qual devemos fugir. Mas há uma outra solução possível. No primeiro século, não havia lei nenhuma que protegesse os cristãos contra a zombaria e desrespeito, pelo contrário, o próprio estado frequentemente perseguia e matava os cristãos, o que é muito pior que a zombaria. Mas ainda assim "O Caminho" veio a se tornar seguido por muitos milhões, começando por um pequeno grupo. Isso porque eles faziam calar os adversários com o poder de Deus. Quando a multidão via os sinais e maravilhas, a zombaria dos zombadores se voltava contra eles mesmos, porque a verdade se tornava auto-evidente. O Evangelho é o poder de Deus, e só quando a Igreja, pelos seus pecados, deixou de ter esse poder, é que passou a recorrer a outros meios, ilegítimos, para se "fazer respeitar".

    5. Não, não devemos protestar contra zombarias a terceiros (pelo menos no atual contexto). Em primeiro lugar, porque esses terceiros são muito mais fortes e sagazes do que nós, e sabem se defender muito bem, alguns deles inclusive usando meios ilegítimos para isso. Em segundo lugar, porque a suposta "defesa contra a zombaria" no atual contexto, está degringolando para censura mesmo, e com isso não devemos concordar. Em terceiro lugar, porque há certos terceiros que são mestres em usar o vitimismo, e os cristão evangélicos somos tolos o suficiente para não percebermos quando isso acontece, e certamente embarcaremos nas táticas ímpias de de alguns.

  2. Meu caro Guilherme, Paz seja Contigo! a Paz de Jesus Cristo inunde teu coração e tenha compaixão dessas vidas também, pois estão todos vivos e a nossa missão é não deixar que nenhuma alma se perca, você não tem o direito de mandar ninguém para o inferno. atenda o chamado de Jesus, Ame as pessoas sem distinção não quero pregar para vc, mas nem todos que dizem Senhor, Senhor, (.. .). ou …em teu Nome fizemos isso , isso,… ser Evangélico e ou defensor da causa não garante vida Eterna. Jesus Sim. ele manda AMAR!
    Busque a PAZ
    fique na PAZ
    fique com Jesus.
    … e deixe os meninos fazerem o humorzinho deles.

  3. Graça e Paz!!! Interessante como nós evangélicos estamos acomodados, vendo a banda passar, enquanto os católicos partiram p/ação.Fizeram um abaixo assinado na internet p/ a Itaipava patrocinadora do grupo, ameaçando de boicote e um vídeo no Youtube. vide :
    PETIÇÃO PARA GRUPO PETRÓPOLIS

    Diga à Itaipava para deixar de apoiar o ataque ao Cristianismo!

    http://citizengo.org/pt-pt/node/1921?m=5&tcid=791952 ( Petição online)

    Ofendidos, grupos católicos fazem campanha contra Porta dos Fundos

    http://youtu.be/nWGV8vN2RyU

    Fonte : Daniel Castro, no UOL

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui