Os assassinos da Graça

20
769
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

peso_pecadoPor Antognoni Misael
Queria falar um pouco sobre a Graça de Deus e a nossa infeliz tradição legalista religiosa.
A primeira coisa que venho afirmar com plena convicção é que os nossos compartimentos relacionados a tradição, fé e graça parecem ainda estarem confusos, obsoletos, e necessitam sim, entrar na pauta de uma reformalização urgente.
Por que será que é bem mais fácil demarcar cercas na vida do cristão do que ensiná-lo a liberdade em Cristo Jesus? “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Permaneceis, pois, firmes, e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão”. (Gálatas 5.1)
Enquanto a liberdade de Cristo está disponível a todos que desejam recebê-la, há muitos agentes do diabo escondendo as cartas de alforrias para seus fieis e os submetendo a um novo jugo de escravidão.
A tradição pesa em nosso desfavor. Vejam só:
– quem nunca ouviu há décadas atrás que televisão era a uma janela do inferno dentro de casa; que mulher de brinco e calça jeans era uma espécie de Jezabel?
– que, crente que usasse bermuda poderia ficar caso Cristo voltasse?
– que jogar futebol era uma atividade profana e que os anjos poderiam ver aquilo e tentar fazer o mesmo no céu?
– que ouvir canção secular era uma porta de entrada para o capeta?
– que ir a praia e curtir o verão era uma prática carnal?
– que tomar uma taça de vinho ou um shop gelado com os amigos era um costume dos escarnecedores?
– que tocar rock no louvor era um culto ao diabo?
– que galinha pintadinha é coisa do capiroto?
E por aí vai tantas e tantas restrições…
Onde estão estes demarcadores hoje? Será se não estão fabricando novas listas de proibições?
Note que por muito tempo se pregou (e infelizmente ainda se prega) o Evangelho de condenação, e não das Boas Novas; se ensinou mais o que não podemos fazer do que o que pode ser salutar e viável para o bom desenvolvimento da vida do cristão, principalmente em seu aspecto humano, social e cultural. Neste sentido, diga-me se não é mais confortável reconstruir regras e demonizar coisas, do que descobrir os panos da religião e proclamar o Evangelho da Cruz?
É bárbaro notar como Lei retorna em formatos modernos!
O perigo de toda essa inversão é que ao invés de se estar instalando o Reino de Deus na terra, esteja se fincando mais uma bandeira religiosa em solo azul anil.
Precisamos repensar muita coisa e a partir dos nossos cenários locais (igreja e comunidades), proclamarmos a Graça, a Cruz, e mais do que isso, lutarmos pela verdadeira liberdade conquistada em Cristo.
Chega de listas! Chega de Lei disfarçada de novas recomendações, quase sempre impossíveis de serem cumpridas em sua totalidade! Chega de líderes idiotas e crentes idiotizados!
Não estou abrindo a porta para a libertinagem cristã. Estou defendendo que é muito mais importante as orientações para o bom uso da  ‘chave da vida’ do que a construção da porta para o legalismo. Há riscos de que haja más interpretações? Sim claro! Sempre haverá riscos. Mas, não tenhamos dúvida, bem melhor são as quedas no andaime da Graça do que a construção do prédio da religiosidade.
“Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde?
De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?” Rm 6:1-2
escravatura-angolaEm sua obra “O Despertar da Graça”, o autor Charles R. Swindoll relata a dramática luta pela liberdade dos negros em solo norte-americano no século XIX, o pior derramamento de sangue ocorrido naquela nação. Em um dos capítulos Swindoll compara a luta pela liberdade nacional com a luta pela liberdade de viver a Graça de Deus, libertos do pecado e da culpa pelo pecado. Naquele enredo, o mais triste é que, findada a guerra e a liberdade proclamada, muitos dos donos de escravos inescrupulosamente não repassaram a alforria aos seus servos e os mantiveram por muitos anos sob suas algemas. Comparar esses donos de escravos com alguns ditos crentes de hoje não é nada desconexo! Estes odeiam a Graça de Deus e amam a Lei! Geralmente são aqueles crentes fissurados na teoria que o filósofo Foucaul bem explana -“vigiar e punir” –  em prol de suas auto glorificações.
Certa vez, S. Lewis Johnson escreveu um artigo intitulado “A paralisia do legalismo”, neste texto ele põe o dedo na ferida:
“Um dos problemas mais sérios que atinge a igreja ortodoxa cristã hoje é a questão do legalismo. Um dos mais sérios problemas que atingia a igreja nos dias de Paulo era o problema do legalismo. Em ambos os momentos ele é o mesmo. O legalismo arranca do crente a alegria do Senhor e, justamente com a alegria do Senhor, sai também seu poder para uma adoração vital e um culto vibrante. Nada é deixado de lado, a não ser uma declaração limitada, sombria, melancólica e apática. A verdade é traída e o glorioso nome do Senhor torna-se sinônimo de um soturno desmancha-prazeres. O cristão debaixo da lei é uma horrível paródia do original.”
Fujamos dos assassinos da Graça. Eles são perigosíssimos.
“E isto por causa dos falsos irmãos que se intrometeram, e secretamente entraram a espiar a nossa liberdade, que temos em Cristo Jesus, para nos porem em servidão” Gl 2:4
Eles adoram expiar a vida alheia, saber sobre o que fazemos, por onde passamos, o que comemos, com quem andamos…
Aos que circunstancialmente vestem-se desta capa, tenhamos paciência, e com amor e brandura falemos sobre a mais bela carta de alforria escrita por Jesus Cristo naquela Cruz.
Soli Deo Gloria.
***
Antognoni Misael, mais livre do que nunca, na medida em que torno-me preso ao perdão e graça de Jesus. Na Co-edição do Púlpito Cristão.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

20 COMENTÁRIOS

  1. Entrai pela porta estreita porta grande e larga é a estrada que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela. Estreito é a porta e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos encontram. Mateus7.13-14

  2. É QUEM CONCORDAR COM SUA OPINIÃO IRÁ PARA O INFERNO COM VOCE.
    A GRAÇA CAPACITA O HOMEM A VIVER O QUE TEM QUE VIVER.
    A MORAL DO SENHOR DEUS NÃO FOI EXTINTA COMO VOCE COLOCA.
    A LIBERDADE EM CRISTO, É LIBERDADE DO PECADO, NÃO PRATICA MUNDANISMO.
    VOCE ESCREVE PRATICA DO MUNDANISMO, COMO O VERDADEIRO CRENTE TEM QUE VIVER COMO O MUNDO.
    NÃO LE A BIBLIA?
    TIAGO ESCREVE: VERDADEIRA RELIGIÃO É ESTA: VISITA AS VIUVAS, OS ORFÃOS E VIVE INCONTAMINAVEL NO MUNDO.
    LEGALISMO É QUE VOCE ESCREVE, TEOLOGO DA PORTA ESCANCARADA PARA O INFERNO.

  3. Misael

    Note que todas essas coisas que você falou eram, mesmo naquela época, apenas invencionices pentecostais. E há outras invencionices de outras igrejas, mas todas elas podem ter sua história traçada até sua origem. Um católico inteligente fala abertamente que o celibato não é dogma, mas um arranjo adotado num momento específico da história, mesmo porque isso está bem registrado. Da mesma forma, um batista inteligente diz que a proibição da dança é um fato histórico relativamente recente, surgido como reação ao aumento da libertinagem.

    A única forma de legalismo poder fazer um grande mal é se aqueles que o sustentam ignorarem ou falsificarem a história. Note que foi exatamente o que aconteceu no tempo de Yeshua. Muitas escolas de fariseus haviam criado uma história fictícia, segundo a qual a tradição dos anciãos remontava a Moisés. No caso do legalismo pentecostal brasileiro, é todo baseado na ignorância da maior parte do povo pentecostal (e dos próprios pastores) a respeito da história da Igreja. Se eles soubessem o qual recentes são essas doutrinas, que não eram conhecidas e praticadas pelos santos do passado, elas perderiam todo o seu poder.

    O remédio para isso? Deuteronômio 6: 6-7
    "E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te".

    O ensino persistente da verdade expulsa o erro.

  4. Então me passe a lista do que não posso fazer, por onde não devo andar, o que não devo comer, beber, em que lugar ou evento não devo ir. Ajude-me em minha fraqueza, confeccione a lista, por favor, Sr. Junior, pois tenho certeza de que o Sr. não é um assassino da graça.

  5. É engraçado como algumas pessoas leem um texto como este e a única coisa que conseguem ler é que "todo mundo é livre pra pecar sem problemas". Meu querido, alguém que sabe o que é GRAÇA jamais poderia defender este ponto de vista. Não foi isso que você leu acima. Sugiro, senhor Junior, que releia o texto e principalmente a parte em que ele diz: "Não estou abrindo a porta para a libertinagem cristã. Estou defendendo que é muito mais importante as orientações para o bom uso da ’chave da vida’ do que a construção da porta para o legalismo. Há riscos de que haja más interpretações? Sim claro! Sempre haverá riscos. Mas, não tenhamos dúvida, bem melhor são as quedas no andaime da Graça do que a construção do prédio da religiosidade." Medite nos textos bíblicos que foram citados. Realmente o livro de Gálatas seria muito bom se você meditasse nele todo.
    Eu já vivi achando que se eu fosse "boazinha", se não fizesse coisas "más" contaria pontos com Deus. Pensei que havia algo que eu pudesse fazer para ser aceita. Glória a Deus, pude entender que não depende de mim. Isso é graça! Mas o senhor não é como eu, né?

    Procure estudar sobre legalismo, pela sua última frase você não sabe, nem de longe, o que é. No dia em que você souber, quem sabe mude seu discurso. Ah! O senhor acha que todos que concordam com Misael vão para o inferno. Ok. Quem lhe deu o direito de se assentar no trono de Deus e se fazer juiz? Quem lhe disse que o senhor pode dizer quem vai ou quem não vai para o inferno? E o senhor ainda acha que entende de legalismo? Fica uma sugestão, medite no capítulo 2 de Colossenses e que a luz da graça de Cristo brilhe pra você.

    Abraços de sua irmã em Cristo, pecadora, mas salva, justificada e livre pela graça de Deus.

  6. Eu não sou legalista e nem escravo de igreja ou religião, mas de uma coisa eu afirmo que quem quer agradar a DEUS tem tem que OBEDECER A PALAVRA DELE E RENUNCIAR aos prazeres enganosos mesmo sendo pequenos e até mesmo insignificantes porque ai pode morar o perigo. O fato de sermos salvos pela graça que acredito de coração, não nos deixa o direito ou a liberdade de pecar e pecar e ficar se confiando '' não o senhor me perdoará, eu sou salvo pela graça, é só um pecadinho, eu não sou perfeito, a lei foi abolida, os mandamentos não tem para que se preocupar em obedecer, quem obedece é escravo. Eu sou membro da IGREJA Quadrangular e para mim é um prazer procurar, tentar obedecer a palavra, os mandamentos, mesmo sabendo que dificilmente irei conseguir, mas continuarei me capacitando enquanto fôlego de vida tiver , não por obrigação ou escravidão, mas por amor a DEUS. Deus nos deu a liberdade para escolhermos, tomarmos nossas decisões através do livre arbítrio e o inimigo de nossas almas tem entrado nas mentes de muitas pessoas porque estão utilizando a liberdade errada, por isso que muitos serão chamados e poucos serão escolhidos.

  7. NÃO TENHO LISTA ALGUMA.
    O QUE TENHO DE CONVICÇÃO QUE A PALAVRA DE DEUS É VERDADEIRA.
    TIAGO 4: 4- PROSTITUTO E PROSTITUTA, SE VOS SOIS AMIGOS DO MUNDO,INIMIGO DE DEUS.
    TUDO AQUILO QUE O MUNDO PRATICA É PECADO, CRENTE NÃO DEVE PRATICAR.
    ROMANOS 1:16- EVANGELHO É PODER DE DEUS, SALVAÇÃO.
    ENTÃO A VERDADE BIBLICA DITA, VIROU ACUSAÇÃO?
    PARA VOCE ENTENDER O QUANTO ESTA ERRADO.
    SOMOS CHAMADOS A SANTIFICAÇÃO, I PED 1;13- SEDE SANTOS PORQUE SOU SANTO.
    SEPARAÇÃO DO MUNDO NA VIDA DE UMA PESSOA QUE CONHECE A JESUS VERDADEIRAMENTE, NASCEU DE NOVO, A RENUNCIA VAI OCORRER.
    SOMOS LIVRES DO PECADO, O QUE VOCE QUER COLOCAR NOVAMENTE O QUE CONHECE A VERDADE DEBAIXO DE JUGO MUNDANO.
    JER 6: ANDAI PELAS VEREDAS ANTIGAS, E ENCONTRAREIS DESCANSO, MAS ELES DISSERAM: NÃO ANDAREMOS.
    CRENTE É SEPARADO DO MUNDO, NÇAO TEM QUE VIVER COM PRATICA DO MUNDO.
    GAL: 2:20-SE CRISTO VIVE EM MIM, TENHO A VIDA DE DEUS EM MIM.
    JESUS CONCORDAVA OU DESCORDAVA DO MUNDO?
    SOMOS LIVRES EM CRISTO DE JESUS DO PECADO, PRATICA DO PECADO E DO MUNDO.
    A GRAÇA É CAPACITADORA PARA QUE POSSAMOS VIVER EM CRISTO VIDA ABUNDANTE.
    DESDE DE QUANDO REINO DE DEUS NA TERRA CONSISTE EM PRATICA DO MUNDO?
    REINO NA TERRA DE DEUS, NÃO É COMIDA, BEBIDA, VESTIMENTA.
    JESUS TROUXE A TERRA ESPADA, NÃO PAZ.
    VOCE ESTA EQUIVOCADO, ERRADO, CUIDADO COM ESSA REPORTAGEM QUE VOCE ESCREVEU, VOCE ESCRITOR DE PORTA ABERTA, TEOLOGIA DA PROSPERIDADE, QUE TUDO PODE, MAS NÃO PODE.
    O EVANGELHO É CRUZ E RENUNCIA, PORTA ESTREITA, APARTADO DO MUNDO.
    AT 14:22– POR MUITA TRIBULAÇÕES QUE CRENTE ENTRA NO CEU.
    UMA CONVICÇÃO SEI QUE LUGAR DE CRENTE NÃO É, CINEMA, TELEVISÃO E TEATRO.

  8. Se não tens lista pq me acusas? Em que pequei no o texto? Aliás, vc leu o texto, leu as citações bíblicas? Me acusas de compactuar com o sistema mundano? Seja mais direto.

  9. Eu acho que tem os que precisam das regras e os que conseguem administrar suas ações usando de sabedoria digamos mais independente.
    Conhecer a realidade do evangelho e tê-la como pilar para avaliações é importante.
    O crente deve ter a liberdade e o amadurecimento necessários para "transitar" com bom senso onde for necessário.
    Não adianta ser luz dentro da igreja, convivendo com outros que tem a mesma intenção de ser luz num ambiente ou espaço restrito onde vão misturando suas certezas e vendo o mundo de longe.
    Pelo contrário deve sair para o mundo, mas com parâmetros básicos a serem considerados:
    A pessoa deve se conhecer e saber com clareza suas fraquezas. Normalmente temos de uma a duas tendências que requer mais atenção, tipo, se musica mundana é brecha (para você) evite, (claro que falo de musica mundana descente) se rabo de saia é brecha, (para você) evite, pois não é sábio cutucar onça com vara curta e ficar com aquele papo de sou espiritual e tal, porque mano, cai mesmo!
    Se você é um crente que não vê seu irmão como alguém igual a você, ou seja, sujeito a errar, sujeito a se deixar levar por circunstancias diversas que pode nos fazer ver coisas interessantes onde não tem, é melhor que fique "dentro da igreja", se você coloca a moral e não o amor como abordagem principal para o problema dos outros, fique dentro da igreja. Se você coloca o preconceito como forma de entender o pecador (seu irmão) fique dentro da igreja. Se você não sabe, nem de vez em quando reconhecer alguém de fato não presta, fique dentro da igreja!
    Porem o contrario é merecedor de cuidado, não fique de bobeira no mundão pois você não vai convencer ninguém se sua postura não for diferenciada. Crente arrogante é motivo de chacota, já o crente sábio é respeitado ou pelo menos de bons argumentos.
    Eu posso e já fiz várias vezes, de assentar num boteco com uma amiga e ela pedir uma cerveja e eu uma Coca-Cola e conseguir levar a conversa para temas espirituais ou que tenham haver, e não termos conversa digamos escarnecedora, alias, ambientes escarnecedores estão mais fora de ambientes que parecem ser que o contrário, as vezes se tem mais solidariedade e amor na mesa de um bar que dentro as comunidade crente.
    Bom enfim, o papo é longo, mas se você quer conviver no mundo, transitar nele com sabedoria e inteligência divina não vai ser balançando o chaveiro da igreja que congrega que você vai conseguir isso. Procure desenvolver o andar em Cristo, tenha retidão sadia, ore por isso, do contrario vamos viver a chatice do legalismo, e de regras que em nada nos fazem melhores diante de Deus.

  10. “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Permaneceis, pois, firmes, e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão”. (Gálatas 5.1)Irmãos, tbem ñ sou legalista mas como foi citado pelo irmão Wendell, "a porta é estreita"…Vivemos pela Graça, à sombra da Cruz de Cristo, louvado seja o Senhor por isso!!! parece q o irmão Misael ñ entendeu mto bem o versículo: "…Permaneceis, pois, firmes, e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão”…creio q a liberdade q o versículo fala diz respeito a ser "livre" para ñ praticar as mesmas coisas q o mundo pratica…Esse papinho de "graça comum" pra mim é mais uma falácia do inimigo…qdo mais jovem, achava um absurdo a proibição de se ter uma TV em casa…mas hj vejo qto prejuízo foi causado ñ só em lares evangélicos mas de tantas famílias…Posso todas as coisas, mas nem tudo me convém…Será q se um amigo dependente álcool me encontrar bebendo uma taça de vinho irá aceitar bem a mensagem do evangelho??? será q é tão difícil de entender que somos SEPARADOS??? O texto do Irmão me fez lembrar a passagem da mulher de Ló, pois ela olhou para trás, sentindo saudades dos prazeres de uma terra de horrores, nem um pouco diferente da q estamos vivendo!!!É fácil achar essa tal graça comum, pois é isso q o inimigo quer, enganar até mesmo os escolhidos… fazer vc pensar q uma música escrita por alguém q entregou sua vida ao diabo, ter algo de Deus!!!permanecer no jugo da escravidão é continuar com as mesmas práticas do velho homem!!!Voltemos ao "Verdadeiro e puro" evangelho, pois os dias são maus. Ah…já ia me esquecendo: Não sei quanto a vcs, mas, se eu perceber ou ver o dedo do "capiroto" no desenho da galinha pintadinha, ñ teria coragem de deixar meus filhos assistirem!!!! Daniel, livre, livre e tão livre a ponto de não me corromper com este mundo, tbém preso ao perdão e graça de Jesus.

  11. OK, JA RESPONDEU O QUIS SABER, AGORA SÓ MISERICORDIA DE DEUS.
    A PALAVRA DO SENHOR EM 1 PEDRO: 1:16- SEDE SANTO PORQUE SOU SANTO.
    HEB: 12:14-SEGUI A PAZ COM TODOS E PARA SEREM SANTO, PORQUE SEM SANTIFICAÇÃO NINGUEM VERA O SENHOR.

  12. é impossível eu usar a Lei para me justificar.A Lei me condena e exige a morte eterna.Já não estou (nunca estive)debaixo do pacto da Lei,pois meus pecados já foram sentenciados por Ela.sendo assim,sem direito sequer de pleitear um cumprimento aproximado à perfeição da Lei,vejo a graça de Jesus me oferecendo uma Salvação total.Tal Salvador morreu a minha morte e eu ganhei Sua vida e justiça .por causa disso ganhei também,como parte integrante desta salvação,vida espiritual e comunhão com o Autor desta vida.Ele é o primeiro a ressuscitar e me conduz por Sua vontade,me ensina a capacita a escolher s Passos segundo a sua vontade.A porta estreita é a da justiça;tentar entrar nela pela lei é impossível!!

  13. Engraçado caro Antognoni Misael que o querido irmão acima julga com muita veemência a sua conquista da passagem para o inferno. Quero lhe dizer que o texto é excelente e mostra muito do espírito da graça que alguns assassinos tentam destruir. Entendo que precisamos amar a Deus não por prisões ou por religiosidades, já que a liberdade foi conquistada para nós. Nós meros mortais não precisaríamos de regras para adorar a um Deus que realizou um sacrifício tão glorioso por nós, é só cair em si e entender o quão miseráveis e necessitados dessa maravilhosa graça que somos. Parabéns!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui