FRED BENÊ TWIST E O TSUNAMI UNIVERSALISTA NA ÁGUA SUJA

27
832
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Por Leonardo Gonçalves
Acabo de ouvir uma preleção do pastor Fred. Nela, ele afirma categoricamente que arrependimento e confissão de pecados não são critérios para assentar-se à mesa de Deus no reino celestial. Tendo como texto base João 1.29, ele defende que o cordeiro de Deus tirou o pecado do mundo, e que isso envolve todos os pecados de todas as pessoas, quer tenham se arrependido ou não, de modo que as pessoas podem ser salvas, sem a necessidade de se arrependerem e confiarem em Jesus.
Fred já foi um cara do bem. Infelizmente, o discurso que ele tem sustentado atualmente só mostra o quanto ele anda longe da verdade. Se antes ele era uma das poucas vozes que se levantam contra o erro religioso, hoje se destaca como um dos maiores hereges deste país e um dos mais perigosos, já que seu discurso mistura verdades e mentiras que são oferecidas em um só pacote. Em uma mesma pregação ele esculacha os falsos profetas da prosperidade, ganhando a aprovação de seus seguidores para depois introduzir o veneno mortal do universalismo, teísmo aberto e outras heresias sinistras que uma vez abraçadas, conduzem a uma classe de engano ainda maior que a teologia da prosperidade que ele tanto detesta (e nós do Púlpito Cristão também).
Para quem não sabe muito sobre este tema, o Universalismo é a crença no fato de que todos serão salvos no final, isto é, todos os homens irão para o Céu com o Senhor, independente do que pensem sobre Cristo. Os universalistas enfatizam muito o amor e a compaixão de Deus, e por isso acreditam que ele não enviará pessoas para o inferno. No entanto, a Escritura é clara quanto ao destino eterno dos homens: Salvação para aqueles que se arrependeram e creram em Cristo, e tormento eterno para aqueles que rejeitaram o filho de Deus. Em Mateus 25:46 diz: “E irão estes [não-redimidos] irão para o castigo eterno, porém os justos, para a vida eterna”.
O universalismo nega a existência do inferno e coloca em duvida a integridade de Cristo. Como disse meu amigo, pastor Renato Vargens, “Se Jesus repetidamente advertiu sobre o inferno. (Mateus 5:21-22, 27-30; 23:15,33.), então, negar a existência do inferno é rejeitar a autoridade de Jesus. Seria estranhamente inconsistente aceitar Cristo como Senhor, mas rejeitar um aspecto de Seu ensino. Além do mais, isto seria colocar uma gigantesca falha moral no caráter de Cristo, se Ele ensinasse sobre a realidade do inferno quando na verdade ele não fosse um perigo para ninguém”.
O Universalismo também anula a necessidade do arrependimento e da fé como apresentadas na Escritura. Como disse o Dr Russel Shedd: “De acordo com o Novo Testamento, a salvação de qualquer pessoa, judeu ou gentio, dependia da confissão que Jesus é Senhor (normalmente no batismo que marcava a morte e ressurreição com Cristo) e crer na ressurreição de Jesus (Rm 10.9). Todos que se arrependiam e criam eram incluídos nos salvos. A Grande Comissão que Jesus deu aos seus seguidores foi de fazer discípulos de todas as nações, batizando e ensinando-os a obedecer tudo que Jesus ensinou (Mt 28.19,20)”.
As vezes me pergunto por que é que tanta gente segue o Fred Benê, apesar do cara falar tantas heresias inúteis, e a única razão que encontro é a ignorância bíblica disfarçada de intelectualidade que predomina entre os jovens da Água Suja. Vivemos uma época em que há tão poucos mentores sérios por aí, que qualquer maluco beleza que fale umas palavras bonitas e não tenha medo de peitar o Pedir Maiscedo, Silas Maracutaia e os profetas da prosperidade acaba sendo aclamado como profeta de Deus, mesmo que seja um herege em outro sentido.
Espero sinceramente que o pastor Fred se arrependa de sua pregação. Espero que os seus seguidores reflitam neste texto e repensem sua teologia. Desejo de todo coração que estes jovens atuem como bereianos, leiam suas bíblias e comparem o ensino do seu pastor com as declarações do pastor Jesus. Animo estes irmãos a procurarem o Fred Benê a fim de indagar acerca deste tema. Espero que o façam com amor, com desejo de trazê-lo ao arrependimento e à luz.
Gostaria de terminar este texto citando mais uma vez o Dr Russell Shedd:
“Mesmo que pareça convincente o argumento exegético, quem examinar mais profundamente encontrará boas razões para rejeitar a salvação universal. Considerar estes textos dentro do seu contexto mais amplo convencerá o intérprete não preconceituoso que os autores bíblicos não estão declarando a possibilidade de salvação sem fé no Senhor Jesus Cristo. Considere Hebreus 11.6 que diz que “sem fé é impossível agradar a Deus (…) O dualismo que divide toda a humanidade aparece em todo o Novo Testamento. O juiz tem sua pá na mão, limpará completamente a sua eira; “recolherá o seu trigo no celeiro, mas queimará a palha em fogo inextinguível” (Mt 3.11,12). Sem nascer de novo não há esperança de ver o Reino de Deus. Achar que o amor de Deus é tão extenso que ninguém pode cair fora dele, é uma crença muito conveniente para os que rejeitam o teor de todo o ensino da Bíblia. Não convém se arriscar em tão fraca esperança”.

***
Leonardo Gonçalves é missionario, professor de teologia sistematica e criador do Púlpito Cristão.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

27 COMENTÁRIOS

  1. Amigo, por gentileza, a bem da clareza e da verdade, poderia citar também o tema da mensagem citada ou alguma referência que permita os leitores terem acesso para, a partir daí, tirarem suas conclusões quando "audiatur et altera pars"? Grato

  2. Uma vez Remido,SEMPRE REMIDO ? BACANA ELE DEVE ESTA EM ADUTÉRIO, E ADULTERANDO A PALAVRA DE DEUS…
    NÃO É PQ CRISTO TIROU O PECADO DO MUNDO NA CRUZ DO CALVÁRIO É QUE NECESSÁRIO QUE O HOMEM CONTINUE PECANDO CONTRA DEUS, E OS PRÓXIMO…

    SENHOR TEM MISERICÓRIDA DESSA SABEDORIA QUE MUITOS PENSAM QUE É DO SENHOR…
    BEM AVENTURADO OS IN LETRADOS PORQUE ELES CHEGARÃO AO CÉU…

  3. Gente só pra eu ter certeza do que eu estou pensando …. o pastor 'Fred' é um trocadilho com outro nome? porque se for eu já sei quem é, e sinceramente estou muito triste ao ouvir sobre isso … =

  4. é conveniente, quem não quer crer nas facilidade? a pior das possibilidades serem afastadas?9 como ira para o fogo eterno)…é isso que acontece se eu ou vc depois de uma lavagem cerebral passar a acreditar que fedendo ou não vou herdar o reino do céu esta ótimo. é isso que está acontecendo pessoas que procuram as coisas fáceis e convenientes.

  5. Cuidado, colega.
    Você está induzindo pessoas ao erro. E o Pr. nunca disse que defende o universalismo.
    Ele disse, por diversas vezes, que DESEJA que todos os homens sejam salvos. Desejar é diferente de acontecer, se tornar real,certo?

    Está claro o que a Bíblia diz e quem é cristão de fato e lê a Palavra, sabe o que ela ensina de fato.

  6. Perdemos muito por nao ficar de "boca fechada" em relacao aos "julgamentos e condenacoes" que fazemos, independentemente de estar-mos apontando hereges ou nao. Tempo de trevas.

  7. Seria mais sensato ir falar primeiro com O Ed depois de chegar aqui e tum meter a porrada para cima.
    Se o Ed caiu no Universalismo você caro Leonardo caiu na besteira de se exibir na net tomando o Ed como bode expiatório.

    Gosto da púlpito cristão e do Ed René.

  8. Ai ai… Tá bom, que perda de tempo.. mas lá vai ae…. Toma essa Jaca!

    Até admirava o Leonardo, mesmo e desde quando queria atingir o referido Pr. no PodCast irmãos.com sobre tais convicções.
    O Pr. "em foco" já se posicionou publicamente mas ele (Leonardo) insiste.

    Percebo que se trata de uma perseverante procura por trechos isolados que reflitam sua opinião ( tvz "inveja santa") e que ele quer mesmo é APARECER as custas de Sr. "Fred".

    Pergunto: O que o "Sr Nardo" tem feito pelo evangelho e por Cristo?
    Fora denegrir um trabalho que tem abençoado vidas de forma tão singular? Gastou um bom tempo aqui, mas poderia estar falando de Cristo a algum pobre ou necessitado neste tempo precioso gasto não?

    Bom, Se o caro não for ruminantemente perdido em seus pensamentos e conclusões simplistas o suficiente, conseguiria (tvz)entender melhor o que não vale a pena explicar aqui!

    Fale o bem que as pessoas tem feito!
    Já basta o J. Kleby, Datna, e Lucimara Gim que vivem disso e para isto.

    Ou melhor, Faça como Cristo e sua obra. Deixe de pegar "carona"…
    Cristo, a Igreja e o evangelho não precisam deste tipo de defesa. (segundo Pr. Ariovaldo Ramos).

    Pergunto novamente:
    O que o "Sr Leonardo" tem feito pelo evangelho e por Cristo?
    Como Deus perguntou a Caim: Onde Está teu Irmão ?

  9. O que postei anteriormente, eles apagam aqui! " É do Dono do Blog".. Ele que manda aqui?..
    Como diria o Caio.. O Leonardo é mais um Bundão que fica querendo aparecer!
    Deve ficar ouvindo por horas o Pr. Ed para pegar de novo no Pé!!
    Só quer APARECER mesmo!
    O pr Ed já disse o que pensa do Universalismo e. teísmo aberto.
    Faça-nos o favor "Nardo".
    Mais um Caim que mata seus Irmãos.

  10. Me perdoe, mas o Apóstolo Paulo não era um "inletrado", ao contrário, era um homem estudioso e zeloso e é considerado o maior teólogo de todos os tempos. Sua colocação é completamente fora de compreensão dos próprios personagens da história bíblica. A Bíblia fala de Apolo também, um homem sábio, estudado, de boa oratória… poderia citar outros, mas fico por aqui! O Reino dos Céus não é dos "inletrados"? De onde vc tirou isso meu irmão???

  11. Acredito ser a mensagem "Lugar a Mesa".
    Com ressalvas, poderá ver que é uma mesma forma "adaptada" de quando Jesus fala do Filho Pródigo (Esperando que enfim, Voltemos).
    Não precisa ser "O Intelectual", para saber que o Pai tem sempre lugar à mesa, independente de seus pecados e sua confissão de fé :
    – À TODOS ele espera !!
    – Mas NÂO é por isso que eles irão à "Mesa" ou serão SALVOS ! A Bíblia nos Diz claramente isto.

    Para Sr. Leonardo, isso não é possível de compreensão : O escândalo da GRAÇA!
    Me parece que ele (o "Nardo"), não quer nem mesmo que o Pr."Fred" se assente também, visto que (o Sr "Fred") já nos disse o que pensa após suas

    críticas no irmaos.com sobre o Teísmo Aberto e Universalismo.

    Legalismo enraizado e enrustido (Sr Nardo). Que o que quer mesmo é, Aparecer.
    Tais postagens (travestidas de ódio) e pelos adjetivos usados, nos leva a pensar se o Rob Bel não está mesmo certo em :
    "O Amor Vence"…

  12. Roger, o que o Leonardo tem feito pelo evangelho de Cristo? Ele simplesmente deixou tudo pra trás, e foi com sua esposa e filho pequeno pra uma região hostil ao evangelho num país chamado Peru. Conhece? Está lá há anos, se desdobrando pra pastorear, ensinar, implantar igrejas, treinar líderes… tá bom pra vc?

  13. Sobre o Ed Rene, eu gostava muito da palavra dele, costumava ouvir suas pregações aos domingos, quando chegava do culto da minha igreja. Corria pra internet pra assistir os cultos da IBAB. Mas antes que algum blog ou líder ou quem quer que seja resolvesse abrir os olhos das pessoas, eu já tinha aberto os meus. Fiquei muito triste ao vê-lo distorcendo as palavras das escrituras. A última mensagem do Ed que ouvi, ele falava que "imagina um marido cuja mulher sofreu um acidente e vai passar o resto da vida em cima de uma cama, e chega pra o pastor e diz: pastor, eu não quero separar da minha esposa, quero cuidar dela o resto da vida, mas quero casar de novo com outra mulher". Daí o Ed falou algo do tipo "mas a bíblia fala que não pode divorciar… isso é boa nova? que tipo de boas novas a igreja deve levar pra essa família?" O Ed acha que as boas novas é adaptar o evangelho aos problemas das pessoas, para responder-lhes de forma positiva. É a boa nova da vinda de Cristo pra salvar o pecador. Evangelho é cruz! Essa foi a última pregação do Ed que ouvi. Ele faz parte de um círculo de líderes que só falam que Deus é amor, mas esquecem que Deus é justo, esquecem que Deus é santo, esquecem que Deus odeia o pecado. E hoje na IBAB, a ação social é a prioridade. A IBAB, parafraseando o Papa Católico, me parece uma grande ONG.

  14. sempre acompanhava as mensagens dele, porem um dia suas convicções com referencias ao dizimo, me colocaram com uma pulga atras da orelha, me pareceu mais um discurso pra alcançar as multidoes enojadas com a imagem das igrejas hoje em dia, até que um dia ele falou sobre casamento e boas novas que foi o suficiente para não mais ouvi-lo.ais uma vez uma mensagem relativista que pretende agradar as pessoas que estão no mundo. Tem coisas que na Palavra de Deus SÃO e pronto, não a outra interpretação. Sempre achei que ele ia bem, mas bastou começar acompanhar mais detalhadamente e perceber alguns desvios, não vou pontuar cada um, só decidi não mais ouvi-lo.

  15. Eu vi o vídeo em questão e cheguei à mesma conclusão do Leonardo. Outras pessoas que conheço, todos entenderam a mesma coisa.

    Alguns citarão textos anteriores do Ed, mas penso que nisso o vídeo também elucidativo, porque ele diz que está mudando de posição. Talvez o único ponto importante que deixou de ser mencionado é que ele fala dessa nova posição como incerta ainda. Ou dizendo de outra forma, ele tende a aceitar o universalismo, mas ainda não tem certeza.

    Essa posição coloca Ed numa posição até mais herética do que o Caio Fábio. Este jogou fora boa parte das Epístolas e a maior parte do AT. Mas para defender o universalimo é necessário contradizer diversas falas do próprio Jesus.

    Vou me abrir um pouco. Talvez há uns nove anos atrás fui membro da Água Branca. Gostava das pregações do Ed, e minha namorada (agora esposa) contou como ele havia sido extremamente relevante para ela, numa época em que passou por uma situação difícil. Mas passado algum tempo, nós notamos que algo havia mudado, e não era para melhor. Eu já era gato escaldado, porque eu tinha vindo de uma igreja que havia se desviado, pelas mãos de uma falsa profetiza. Resolvemos sair. Tempos depois eu ouvi falar que o Ed havia voltado a se tornar mais bíblico. Infelizmente, parece que as coisas não eram bem assim.

    Quero levantar um debate aqui que julgo muito mais relevante que esse atual debate "fulanizado". Não é um ou dois pastores que estão se desviando. Aparentemente, a maioria, ou pelo menos uma parte importante dos pastores estão em algum erro grave. O poder de Deus na vida das igrejas é pouco. E mesmo aqueles que já viveram o poder de Deus em suas congregações, depois frequentemente veem que o Diabo tenta e consegue desvia-las. Não devemos tratar um evento generalizado como se fosse um conjunto desconexo de casos isolados.

    Vou propor aqui uma hipótese. Se há um desvio geral, então isso não deve ser causado por uma série e questões isoladas, mas deve ter um fundo comum. E se estivermos na Babilônia ainda? Quero dizer, mentalmente. O profeta diz "sai dela povo meu" e isso significa que os seguidores de Deus estão na Babilônia, aqueles que Deus chama de seu povo. Mas como poderíamos estar na Babilônia? Penso que estamos na babilônia nos aspectos mental e espiritual. Porque os pastores não conseguem manter a sua ortodoxia? Talvez essa ortodoxia esteja sendo defendida em termos errados, com bases erradas, e eles intimamente sentem essa falha. Um núcleo de erro na sua visão de mundo, e na sua percepção da Bíblia, pode se propagar da seguinte forma: aspectos ligados a esses conceitos errados são adaptados a eles, tenta-se corrigir a discrepância, mas em vez de corrigir o erro, mudam-se os conceitos que estavam certos para que o conjunto pareça se encaixar. Ai surgem novas discrepâncias, e para se "corrigir" as incongruências, mais erros são acrescentados, e isso acontece até que a doutrina se torne antibíblica, mundana.

    A minha ideia é que, durante a reforma, não se completou o processo de rejeição do paganismo que havia se instalado dentro da Igreja. Certos aspectos mais sutis da babilônia continuaram no pensamento dos cristãos. A busca pelo significado original do texto bíblico não foi completa. Nossa ortodoxia está manca, há ainda pensamento babilônico mesmo naqueles que se julgam mais bíblicos. Enquanto o processo não se completar, a base mental será incerta, haverão fortalezas de erro nas mentes dos pastores. E esses erros mentais serão base para os ataques espirituais do Diabo.

  16. Não entro mais nesse site antes desse texto era frequentador
    ativo do mesmo, mas hoje depois desse texto de um tal Leonardo vi que o púlpito defende sua placa de denegrir imagens de pessoas boas. vi a verdade vcs pulpito não merecem mais minha atenção.ouço ed René admiro a ibab. conheçam depois falem. fariseu hipócrita do seculo 21. palavras de jesus, gostam de ser chamados de mestres e se assentarem nas primeiras cadeiras.

  17. Os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam pelas mãos deles, e o meu povo assim o deseja: e que fareis no fim disto? Jeremias 5:31

    Aos críticos gratuitos da crítica analítica, devo-lhes dizer uma coisa: É simplismo e superficialidade dizer que não devemos julgar (criticar e apontar desvios de caráter e conduta), se assim fosse, estaria anulado todo ministério dos profetas, juízes, apóstolos e do próprio Senhor Jesus que vieram com o dedo em riste denunciando as falcatruas da religião.

    Discordar não significa ser contra à pessoa, mas contra seu posicionamento herético.

    Estou contigo Leonardo!

  18. Pelo que vi do ED e sobre o assunto em questão sei qual foi a intensão dele a falar sobres tais assuntos.

    Sei do seu trabalho, sei que e um homem de DEUS, porem acho que seu post foi altamente desnecessario, inclusive fazendo os trocadilhos que fez. Sou fá do Pulpito e continuarei sendo, mas esse post voce mandou muito mal. Achei muito venenoso.

    Sobre o assunto em questão, acho extremamente interessante que, como cristãos, devemos lidar com o que está escrito em uma das cartas a Timóteo: “Deus quer que todos sejam salvos.” Ora, isso é fascinante. Deus quer que todos sejam salvos, então talvez a pergunta mais importante é: “Então será que Deus é um universalista?” Como cristãos, nosso dever é desejar as coisas que Deus deseja, e querer fazer as coisas que Deus quer.

    Se DEUS irá fazer ou não e problema Dele, mas nosso papel e desejar como ELE.

    Abraços

  19. Lilia, tambem vi esta pregação… e vê-lo dizer que não saberia o que fazer quando o marido o pedisse para realizar outro casamento (como seria possível? além de adultério seria bigamia!). Esta e outras me fizeram desistir de assistir as pregações dele, embora antes me encantasse com sua fluência e conhecimento bíblico. Sinto que ele tem muito amor, porem é um pastor perdido… fiquei chocada quando ouvi numa pregação q ele confessou que chegava a questionar a conversão dele pois continuava a sentir o gosto amargo na boca, não tinha aquela sensação que os convertidos diziam nos testemunhos de conversão..ele é muito honesto porem as vezes acho que neste clima chega a debochar de coisas da bíblia e eu não acho legal… enfim… estava procurando respostas e só achei mais dúvidas.. vou procurar minhas respostas no lugar correto, nas escrituras pq pelo que eu estou vendo, o clima de edificação tá meio difícil. A paz, irmã.

  20. É pouco Marcos, é muito pouco! Tudo que ele fizer será muito pouco!
    E o que você também está fazendo,ídem!!!
    Se tivesse realmente a mente de Cristo, nem mesmo estariam neste Blog que "carniceia" as debilidades humanas e da igreja à mercê de uma criação caída.
    Farisaísmo e sem misericórdia à vocês que se acham guardiões "bereanos" da atualidade. guardam a palavra e desprezam o amor ao próximo.

  21. Eu tenho contato direto com o Pr. Éd, sou membro da Igreja Batista de Água Branca e posso afirmar que não, ele não é universalista.

    Ele deseja que todos sejam salvos e cita inúmeras vezes que acredita sim que todos serão, pois acha que a graça é escandolosa, mas afirma que isso é uma interpretação pessoal.

    Como sempre vão se levantar pessoas pra criticar!
    Se o Pr vende lugar no céu, ele é um herege;
    Se o Pr comente algum pecado, ele é um herege;
    Se o Pr acredita que o amor de Deus é tão grande a ponto de resgatar todo, ele é um herege;
    Será que falar mal daqueles que salgam verdadeiramente a terra não é atitude de herege?

    Triste ver que os sites de apologética se transformaram em um canal de teólogos exibindo seu conhecimento arrongantemente e considerando o outro sempre inferior a si.

    Deus abençõe a todos e que creiamos em um amor extravagante que acolhe a todos e que nos faz querer ser ainda mais santos, por puro amor e não medo.

    Que o amor de Cristo seja sobre todos nós.

    Patricia

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui