Jornalista diz que Globo está fazendo merchandising pró-aborto

6
580
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com dados reais o colunista da Veja mostra que o aborto não está entre as principais causas das mortes de mulheres brasileiras.jornalista-diz-que-globo-esta-fazendo-merchandising-pro-aborto-320x180O jornalista Reinaldo Azevedo, da revista Veja, contestou o episódio da novela “Amor à Vida”, da Rede Globo, em que os personagens fazem apologia a descriminalização do aborto.
Azevedo mostra diversos dados que comprovam que a conversa entre a enfermeira e o médico da novela fornecem informações mentirosas aos telespectadores.
O jornalista chega a dizer que o episódio ofende sua inteligência por tentar convencer os telespectadores de que o aborto precisa ser aprovado para impedir que mulheres, na visão da enfermeira mulheres pobres, morram vítimas de procedimentos mutiladores em clínicas clandestinas de aborto.
“O número de mortes maternas, no Brasil, está abaixo de 2.000 por ano! Atenção! Estou me referindo à morte de mulheres em decorrência da gravidez. O aborto, segundo dados do DataSUS, corresponde a 5% dessas mortes”, esclarece o jornalista.
Para Azevedo o autor da novela e a emissora tentaram fazer um merchandising ideológico pró-aborto, mas essa não seria a única ideologia que a Globo estaria com interesse de difundir. A outra ideologia seria a demonização da religião, já que na cena um médico que é muçulmano se negou a atender a mulher.
“Aquele médico que se negou a atender a paciente que chegou morrendo, exibido na novela, não existe. Criou-se uma caricatura para, no fundo, demonizar o discurso religioso”.
O colunista da Veja lembra que o discurso entre os personagens jamais aconteceria na vida real o que deixa claro a intenção da emissora carioca em ridicularizar pessoas religiosas.
“Existem médicos às pencas que são agnósticos, mas que se recusam a praticar o aborto mesmo nos casos em que ele é legalmente permitido. O Código de Ética Médica lhes assegura o direito de alegar objeção de consciência.” Quando isso acontece, o médico encaminha o paciente (autorizado a fazer o aborto) para um outro médico que não tenha objeções em praticar tal ato. Leia o artigo na íntegra aqui.
Assista a cena: ***

De Leilane Lopes para o Gospel Prime. Divulgação: Púlpito Cristão.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

6 COMENTÁRIOS

  1. Amor à vida

    Só queria vir ao mundo

    Como uma gota de orvalho
    que sutilmente desliza
    sobre a pétala de uma flor,
    se não fossemos tão maus veríamos
    descer de pequenos olhos cheios de amor
    lágrimas como orvalho em pétala de flor.

    …Não pediu para vir ao mundo,
    mas dele não queria sair
    só queria uma chance para viver
    de chorar ou de sorrir!…

    Quem sabe até mesmo sofrer!
    Pelo menos ter o direito de escolher.

    Batia tão sutilmente
    um coração tão pequenino.
    Só queria vir a este mundo.
    Não importa se seria menina ou menino
    importa que era um coração
    que jazia dentro daquele ventre
    que batia dentro daquela vida
    batia suavemente
    no fundo só queria ser gente.

    Era a vida!

    Que mesmo sem nada entender
    sentia a existência fluir
    meu Deus só queria ser gente
    Meu Deus só queria viver!

    Em breve iria nascer
    em pouco iria brincar
    a correr serelepe contente
    a sorrir a cantar e encantar!

    Óh! Tão dócil pedaço de gente!
    A prole da sublime esperança
    um sublime corpinho sonhava
    o sonho sublime de criança.

    O mais sublime gesto de Deus
    esperando o sublime momento,
    mas interrompido por terrível tormento
    maldito hediondo sofrimento
    maldito hediondo aborto
    para Deus tão sórdido desgosto.

    …E aquele que concorda em matar!
    Não sabe e nunca soube o que é amar!

    Pois nunca parou para pensar
    que um dia também foi vulnerável
    sem ter o direito a escolher
    e também não pediu para viver
    jamais pediu para vir
    mas veio e agora consente
    não para, não pensa, não sente
    que omisso assassina um ser
    cujo crime era apenas viver,
    ou pelo menos tentava viver
    poderia ser igual a mim,
    quem sabe igual a você!

    Não há álibi para o aborto.

    Tão frágil pequeno embrião
    que tal como uma flor em botão
    sensível como gota de orvalho
    simplesmente deslumbrante
    como sol que aurora aflora
    a síntese da esperança
    a seiva da sinceridade
    o extrato do amor
    um pingo de luz
    o inicio do plano de Deus.

    O nascer!…

  2. Olha a perseguição religiosa aí gente, apesar de não ser inteligente. Muita pretensão da Rede Esgoto, querer assimilar esse tipo de comportamento a um personagem que seja talvez cristão ou muçulmano e etc…, na vida real pessoas assim só se tornam um médico se comprar ou forjar um diploma.
    Sem contar a arte inserida na cena, até pra fazer coisa ruim eles já foram melhores.Que idéia surreal desse autor, a interpretação ainda mais infame, simplismente nojento. Se quer mesmo perseguir tinha ao menos ser mais convicente. Se bem que as pessoas que assistem a esse tipo de lixo assimilam na boa.
    Gente, façam como eu, não deêm mais audiência a essa ou essas porcarias que infelizmente formam a opinião da massa.

  3. Quando vejo o que fizeram nessa novela, falo que só não teve maior visibilidade porque mexeram com muçulmanos e seus valores, que são uma minoria no nosso país e tem um monte de gente que não entende nem gosta deles. Convivo diretamente com islâmicos sérios, incríveis e que estão infelizmente habituados a serem incompreendidos ou perseguidos inclusive por cristãos, que deveriam ser exemplo de misericórdia e justiça.Francamente, não espero da Globo outra postura, além da demonstrada na novela. Fico arrasada é de ver cristãos se portando da forma como a Globo se porta, defendendo seja o aborto ou atacando islâmicos ou outras religiões gratuitamente ao invés de serem sal e luz neste mundo.

  4. Essa Globo tem uma agenda muito semelhante à do PT, em muitos pontos:

    1. Aborto
    2. Gayzismo, com perseguição a qualquer um que não falar o que os gayzistas querem.
    3. Ódio aos evangélicos, disfarçado com adulações a "celebridades " evangélicas.
    4. Ódio a Israel.
    5. Ódio à família natural, e promoção de comportamentos seuxuais minoritários e aberrantes.
    6. Promoção da sexualização das crianças, o mais cedo possível, com vistas a preparar a futura legalização da pedofilia.
    7. Desarmamento da população civil, em concomitância com "justificações" para os bandidos.
    8. Oposição à diminuição maioriadade penal, e apoio a penas leves.
    9. Glamourização dos bandidos.
    10. Ódio a São Paulo.
    11. Ódio aos adversários do PT.
    12. Glamourização dos "sem terra".
    13. Promoção da grande mentira oficialesca: A alegação de que a guerrilha brasileira queria a restauração da democracia, quando a verdade é que eles queriam a implantação de uma ditadura comunista (tem um monte de livros escritos por ex-guerrilheiros que afirmam isso com todas as letra, mas tanto o PT como a rede globo negam esse fato).
    14. Promoção da mentira segunda a qual os mensaleiros, coitadinhos, teriam sido injustiçados pelo STF.

    Como vemos, parece haver muita concordância entre pt e rede globo. A mim parece, muito mais concordâncias que eventuais discordâncias.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui