Todo ponto de vista é a vista de um ponto – Leonardo Boff para crianças

15
937
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
cobra das tempestades

14/11/2012 – Oficina de história em quadrinhos no SESC Niterói, no projeto Interligados. Os alunos visitaram a exposição conexões Niterói, assistiram a um filme, e depois vieram fazer uma oficina de história em quadrinhos.

Assine o Blesss

Primeira parte da aula, comentário sobre a obra “Cobra das tempestades”.

Cobra das Tempestades é o nome do painel que dá nome a minha série de trabalhos sobre conflitos indígenas e hipocrisias sociais. São reflexões sobre valores, questionamentos, sentimentos e a interação do indígena com o urbano, passando pelo universo gráfico e filosófico da artista. Cobra das Tempestades é uma possível tradução para o nome de Araribóia,  herói nacional e fundador da cidade de Niterói, a cidade das águas escondidas, onde vivo.

Os rostos e os grafismos encontram lugar no conflito entre urbano e indígena, entre a filosofia de paz versus a ocupação, entre a passividade e o confronto. A contradição da sociedade de consumo, que produz artefatos indígenas para a prateleira, mas por outro lado, quer a população indígena e seus descendentes bem distantes, é a estratégia poética que a artista utiliza para revelar as engrenagens da alienação.

O processo criativo começa com esse contexto social, que se transfigura em emoções e pensamentos contraditórios, que assumem ares de arte urbana e pop art, em cores vibrantes, grafismos, realismo, arte contemporânea e se apropriam do ambiente onde estão para refletir a alma humana, meu tema favorito.

Segunda parte da aula, começa a brincadeira: Telefone sem fio.

Comentamos sobre a situação dos Kaiowá e de como a notícia chegou distorcida. Então fizemos o “telefone sem fio” para ilustrar como as informações chegam até nós distorcidas pela mídia.

 Terceira parte da aula: Um referencial, várias percepções

Inspirado na frase de Leonardo Boff “cada ponto de vista é a vista de um ponto”, os alunos fizeram um desenho inspirado na capa da revista em quadrinhos Guerreiros de Deus. O objetivo era mostrar como um único referencial pode render informações diferentes, porque cada um tem seu ponto de vista da mesma história.

 …………………………  

 …………………………  

…………………………  

 …………………………  

 …………………………  

 …………………………  

 …………………………  

 …………………………  

 …………………………  

Quarta parte: tirinha sobre o dia a dia na escola

A Guerreiros de Deus é uma história de aventura e fantasia, mas muito do que há na história tem a ver com a vida real, inclusive personagens e lugares. A proposta foi criar uma tirinha sobre coisas engraçadas que ocorrem em sala de aula. Rolamos de rir e depois fizemos as tirinhas.

 …………………………  

Sexta parte: Desenho de letras 

Claro que eu não ia deixar os alunos irem embora sem uma pincelada de graffiti. Fizemos o cartas para fixar a idéia central da aula e depois a boa e velha bodypaint no braço (não deu pra tirar fotos desta vez) até que aquele ônibus malvado levou embora os alunos.

 …………………………………… 

 ……………………………………

 ……………………………………

Bem, está aí minha sugestão de arte-educação. Escolham o tema, o autor e divirtam-se com as crianças, elas aprendem brincando.

Em Cristo,

Lya Alves

,

Lya Alves é missionária, graffiteira, artistaarte educadora, desenhista da história em quadrinhos Guerreiros de Deus , colaboradora do Púlpito Cristão e está participando das exposições:  “Imagens e Palavras” em cartaz até 16 de novembro na Aliança Francesa de Niterói-RJ e Conexão Niterói no SESC em cartaz até 29 de dezembro.

Veja as outras postagens de Lya Alves no Púlpito Cristão.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

15 COMENTÁRIOS

  1. Não faça isso Reginaldo. Às vezes encontramos verdades ditas por não cristãos, ateus, católicos, etc. Não concordo com a cosmovisão do ex-Frei, mas isso não significa que ele não acrescente algo.

  2. AH! Pelo amor de DEUS!! Frei Betto,esse apologeta dessa MALDITA teologia da libertação,tão ou mais cancerosa e malfadada teologia da prosperidade,defensor de Fidel Castro e das ditaduras mais assassinas e sanguinárias do planeta (URSS,Coréia do Norte,China,Khmer Vermelho…). E outra,essa conversinha mole de "confronto dos indígenas com o meio urbano",será que vocês não não conseguem perceber que isso é apenas um meio de reviver essa DROGA de luta de classes (apelo e instigação ao ódio,divisão,libertação do instinto,destruição de valores,imposição do "bem" contra o mal),é por isso que o SOCIALISMO é considerado uma heresia cristã,por instigar tudo aquilo que o evangelho condena,é o ódio em sua essência mais pura…

  3. Cara, o genésio, ex-frei boff, não é católico, pois foi expulso desta igreja após mamar nas tetas dela a vida toda e tentar apunhalá-la pelas costas.

    Ele não apresenta nada de cristão, pois prega o"ying" e "yang" e para ele a ecologia é a razão de venerarmos a deusa terra, mãe do homem e esposa do universo infinito, acaso do desconhecido. Ele prega um ódio à cristandidade e amor ao romantismo, revolução francesa, comunismo, sexo livre, amor gay, etc.

    Misael, entendo sua compaixão na tentativa de separar o joio do trigo, mas cuidado, é uma ação perigosa.

  4. Não falo de joio e trigo, não falo de pessoas. Falo de ideias. Se algo de bom eu assimilo em Renato Russo, por exemplo, o que me impede de concordar em algo, por mínimo q seja, com o Leonardo.

    Não acho legal essa ideia de rejeitar o livro só pelo nome do autor. Eu prefiro ler, algo de bom vai ficar.

  5. Leonardo Boff!

    O ultradireitista-homofóbico-paranóico-conservador-politicamenteincorreto está coberto de razão, esse blog e alguns de seus colaboradores andam bebendo de águas turvas ( teologia da libertação e missão integral )o evangelho segundo o marxismo.

  6. Independente dos valores e ações do Boff, concordo com essas suas palavras: "Cada ponto de vista é a vista de um ponto, a cabeça pensa a partir de onde o pés pisam".

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui