É gospel, mas é absurdo – Kit prosperidade

29
1243
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Por André Sanchez
Algumas editoras entraram de cabeça nos sucessos gospel, afinal, o que importa é vender e faturar. Conteúdo condizente com a Bíblia não é rei, o rei é a grana. A imagem abaixo (com os super títulos literários) já diz muita coisa, mas resolvi buscar uma pequena descrição de alguns dos livros ofertados nela. Resultado? Sem dúvida cabe como uma luva em nossa série “É gospel, mas é absurdo”, Veja com seus próprios olhos! Meus comentários estão em vermelho.

O segredo da prosperidade ilimitada
Uma antiga fórmula é revelada neste incrível livro de Catherine Ponder! Em O Segredo da Prosperidade Ilimitada, Poder divide com seus leitores os conceitos de energia ilimitada, fluxo de energia, generosidade e perdão. Ao declarar as afirmações propostas nessas páginas, você desbloqueará a prosperidade que tanto almeja. [Fico pensando: Por que não levar esse livro para a África e outros países paupérrimos e ajudá-los a desbloquear a prosperidade?]
Os Milionários do Gênesis
Os Milionários do Gênesis é um livro para todos aqueles que querem prosperar e alcançar mudanças positivas nos diferentes aspectos da vida. Adão, Abraão, Melquisedeque, Ismael, Isaque, Jacó, José, Rute e suas maravilhosas histórias levarão você a um mundo de abundância, bênção e riquezas jamais antes imaginado. [Faltou falar de Jó, de João Batista, de Jesus, dos apóstolos, de Paulo e outros tantos servos de Deus que não eram milionários… acho que eles não são bons exemplos de prosperidade, né?! Será que eles não foram prósperos?]
As leis dinâmicas da oração
A oração pode facilitar sua vida. Pode trazer seus desejos para perto de você. Se não acredita na força da oração, estão aqui exemplos e histórias de quem não consegue enxergar a graça concedida, e supõe que a oração é a última força capaz de resolver seus problemas. [oração agora virou uma forma de facilitar a vida e, como o gênio da lâmpada, atender nossos desejos… né?!]
Triste a realidade de uma parte do mercado editorial evangélico!
***
André Sanchez, direto do blog Esboçando Ideias para o Púlpito Cristão.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

29 COMENTÁRIOS

  1. Eu me lembro no começo faz alguns anos que falávamos e os pastores pregavam, sobre cruz, salvação, arrependimento de pecados, céu, fé pra curar, libertar presos em vícios de pecados, em doenças; hoje tá tão difícil, só pensamos em nossos bolsos na nossa conta no banco. E nossa alma com está?.TÁ TUDO MUDADO. Que Deus tenha misericórdia de mim.

  2. Não se prendam muito a dinheiro fácil, porque Apocalipse 18 diz que a babilônia comercial vai ruir. E se eu não quiser ser milionário? Preferir os tesouros espirituais? Como é que fica?

  3. Caras, não entendo.

    Teologia da prosperidade é uma leitura diferenciada da bíblia.

    Ok, ok, ok se usam dela para ganhar dinheiro e travestir lobos de cordeiro é um erro e é condenável, e é sobre isso o assunto.

    Mas se a usam para expressar uma interpretação bíblica e ou teológica não há ERRO nenhum.

    Passa a ser uma interpretação pessoal – SOLA SCRIPTURA.

    Se somente a interpretação de um ou de outro é a correta, matamos na raíz a sola scriputra, ou seja, interpretação individual.

    Poxa, pessoal, vamos respeitar a interpretação individual da bíblia.

    Já vi um zilhão de vezes a sola scriptura pregada aqui, mas se vcs acham que vale pra uns e não vale pra outros, o que professam é nada mais que balela.

  4. Triste vê tais coisas, mas creio que os leitores de paginas como essa têm ainda o amor na obra de Salvação do Senhor, oremos a Deus para que o Senhor possa levantar cada dia mais pessoas comprometidas com o verdadeiro evangelho.
    " A boca fala do que tem no coração " pelos títulos vemos o que tem no coração dos autores.
    Que Deus abençoe a todos.

  5. Irmão Reinaldo,a paz!Sua opinião de sola Escritura está errada.Não quer dizer interpretação individual.Eu pelo menos nunca aprendi assim.Sola Escritura quer dizer que a única regra de Fé e Prática é a Escritura.Ou seja tudo que não faz parte da Escritura não tem autoridade sobre a vida humana.Por isso a separação dos protestantes.Nós só ns submetemos às escrituras,só reconhecemos opiniões que esteja de acordo com elas.elas são critério e parâmetros de juízo para qualquer coisa em nossa vida.A escritura não promete riqueza no evangelho,por isso não reconhecemos esta doutrina com verdadeira.Jesus te abençoe.

  6. Os comentario ai metem o pau não porque os livros dessa senhora não sejam dignos disso, mas o fazer como "maria vai com as outras."
    Essa mulher usa 3 coisas nestes livros.
    Pensamento positivo (muito difundido na literatura americana principalmente nos anos 60/70/80(perdeu força)
    Comportamento e atitudes em relação ao dinheiro e ao sucesso (também uma tendencia americana
    E textos biblicos
    Quanto a este ultimo, a priori ela destaca os mesmos textos biblicos que os pastores bonzinhos, de quem muito provavelmente voces são ovelhas e o usa para torna-los mais liberais com o dinheiro no gazofilacio. Essa senhora defende o desprendimento financeiro no dizimo (não como ponto principal mas também como) assim como gente muito bacana no nosso meio o faz e com argumentos até severos. Ela cita por exemplo deuteronomio 8:18.
    Bem, ela esta certa? Pra mim não. Mas os motivos que eu teria para critica-la seriam bem diferentes dos de voces.

  7. O fiel que acredita em teologia da prosperidade e no "Deus da lâmpada mágica" dificilmente conseguirá enriquecer. O primeiro passo é deixar de ser ignorante, parar de acreditar nessas invenções, parar de ficar usando livro de auto ajuda como muleta. Viva a sua vida e tire as suas próprias conclusões.

  8. grande Paulo,eu nem quis comentar o post,porque já conheço esta mentira há pelo menos 10 anos.Sim! Isto é muito velho,e não sei como ainda tem gente que se deixa levar por essa conversa pra boi dormir.Até sem conhecer a bíblia,dá pra perceber que os tais querem dinheiro!Só cai nesta quem quer.Se examinar,ou apenas ler,a bíblia,ninguém vai ser enganado.Portanto,a solução é ler a Escritura ,só isso!A paz em Cristo!!!

  9. oi cardoso, obrigado pelo esclarecimento.
    Minha preocupação é que se temos a bíblia como regra de fé e esta interpretação ( a da prosperidade) pode de lá ser extraída, devemos respeitá-la, pois, qual é a verdadeira interpretação bíblica, aquela inspirada pelo ES, correto? Se o pastor ou alguém lendo em casa – sob a inspiração do ES – interpreta assim, não podemos rechaçá-lo. Claro que não falo dos casos de charlatões, mas de pessoas sérias.
    Cardoso vc não acha que o problema da igreja evangélica no brasil e no mundo é esta falta de união no ensino bíblico?
    São muitas igrejas e muito diferentes, desmentir isso é não querer enxergar. As igrejas todas são muito diferentes. As pentecostais, por exemplo, são uma confusão danada. Se são tão diferentes e no meio delas há aquelas somente financistas, isto mostra que o rebanho tá a caminho do precipício.
    Pq não unir todas as igrejas e definir os caminhos certos para a leitura e ensinamento da bíblia?
    Assim não teríamos tantos problemas de doutrinas tão diferentes no meio evangélico.
    Será que não acontece só pelo interesse econômico?
    Pq os pastores não estão preocupados com as ovelhas?

  10. Cardoso, meu irmão.
    O primeiro e ultimo livro de pensamento positivo que eu li foi aos 12 anos, chamava O Poder do Subconciente do Joseph Murphy, veja a descrição do livro do wikipedia logo abaixo.
    Eu achei o livro uma contradição já na época, pois em resumo é pragmatico e busca o poder de Deus atraves de meditação e mantras, ou seja, estes livros quase sempre são uma interpretação psicologica com pitadas de espititualidade generica.
    Assim também é a interpretação que quase sempre se faz dos textos biblicos nos pulpitos, psicologicas e espiritualmente genericas.
    Quando o tema é prosperidade então, considera-se justo fazer uso dela para sustento da igreja, isso feito de maneira bem abrangente igualmente com pitadas de pragmantismo, promessas e textos biblicos literiais como o de Malaquias, as vezes feito em forma de inveja, como quando se diz, "vejam irmão, estão vendo meu carro lá fora, foi reconhecimento pela minha fidelidade etc etc".
    Dinheiro vs espiritualidade estão descritos no novo testamento, ele faz parte e é considerado como todos os outros processos que nos cercam, como sexo, poder e condutas em geral. Então eu fico por enterder porque as pessoas tem tanta facilidade em criticar estes livros e ter dentro da igraja (não são todas, mas quase que praticamente todas) processos dessa mesma ordem usados de formas um pouco diferente para agradar e convencer pessoas, e muita gente acha isso natural.
    Em resumo seria isso.
    A Paz do Senhor Jesus.

    "Murphy defende a tese de que a mente subconsciente, ao aceitar uma idéia, começa imediatamente a pô-la em prática por meios sobrenaturais. Desta forma, para se alcançar o sucesso e o êxito é necessário unicamente se conseguir que a mente subconsciente aceite a idéia de sucesso, êxito, saúde, tranqüilidade ou a posição social que se deseja. Contudo, segundo Murphy, a mente subconsciente aceita tudo que lhe é sugestionado de forma vigorosa e constante, mesmo que seja falso, provocando resultados desfavoráveis. Desta forma, ele sugere que as pessoas utilizem a auto-sugestão, principalmente durante os instantes antes de dormir, por meio de preces dirigidas à mente universal de Deus, quando a mente consciente está mais passiva, tornando o subsconsciente mais receptivo. Deste modo, a mente consciente não resistiria às idéias que queira se imprimir na mente subconsciente."

  11. A maioria dessas igrejas, são conveniadas com Mamom, tudo que se aprende nestes antros de perdição, é mais vulgar e banal que tudo praticado no mundo.
    São traficantes de armas que abrem as portas para os crimes nas grandes capitais, pois são emprejas mascaradas a serviço do crime organizado, não são de Deus.
    Surgiram para servir como despachantes e contadores do anticristo, por isso as pessoas são iludidas por um Deu$ beberrão de sangue humano.
    O mundo e sessas igreja$ jaz no capeta…

  12. Bom eu tenho certeza que DEUS não quer ninguém na pobreza por isso ELE nos deu saúde e sabedoria,eu acredito no SENHOR JESUS E NA SUA PALAVRA.A BÍBLIA. Em mais nada que esteja escritol em qualquer outro livro

  13. Há uma diferença enorme entre "olhar para a Bíblia buscando entender o que ela está dizendo" para "falar o que quero buscando na Bíblia apoio forçando que ela diga".
    Teologia da Prosperidade coloca nos lábios de Deus palavras de Satanás. É uma teologia que diz "se prostrado me adorares, todos os reinos da terra te darei"; é uma teologia que diz "se você é realmente filho de Deus, declare à estas pedras e elas se transformarão em pães".

    PS – o melhor é "Os milionários do GENESIS": Rute… opa… tudo bem se vc não vai ler a bíblia mesmo 😉

  14. A Paz do Senhor Jesus, irmão!
    Não se pode achar que qualquer opinião sobre a Bíblia é certa. Para isso existe a exegese e a hermenêutica. Na teologia da prosperidade, cristão são amados por todos, sempre protegidos, ganham dinheiro, casa, status e se algo ruim acontece é CULPA DO DIABO. Não reconhecem nem ao menos a soberania de Deus. Que Deus põe desertos nas nossas vidas e que devemos agradecer até nos momentos ruins que ele deixa acontecer. Outro erro é dê o dízimo e Deus vai te abençoar. Eles usam o texto de Malaquias para argumentar, mas nem vão atrás do contexto histórico. Deus não é alguém com quem se pode negociar. Dou o dízimo EXIJO ser abençoado. Isso não existe. Que possamos dizer "Seja feita a sua vontade" sempre.

  15. Todos esses escritores e pseudo pastores que pregam a prosperidade, rasgaram I Timóteo 6.7-10 da Bíblia!
    Havia um ditado que diz "o inferno são os outros". Pra esses escritores e pregadores da prosperidade, "o céu é para os outros"! Já que só pregam sobre dinheiro, prosperidade e tomar posse da bênção e esqueceram que a nossa pátria está nos céus. Se é que um dia leram isso na Bíblia! Que Deus tenha misericórdia tanto desses quanto dos que lhe dão ouvidos!

  16. Alô,amado,Sales!Eu vi isto como doutrina há 10 anos,mas conheci isso há 30 anos com o livro Há Poder Em Suas Palavras-Don Gosset.Ei era tradicional e fiquei impressionado com a possibilidade de estar mais próximo de Deus.Depois veio A Quarta Dimensão-Paul Yong Choo,junto com Watmam Nee,Tudo porcaria!!!Se não fosse a palavra pregada com vigor e verdade em minha igreja,teria sido engolido por essas mentiras.Depois apareceu nas igrejas como doutrina,ferramenta de enganar gente que está procurando Deus.Os livros atuais são tudo repetição dos outros,só isso.Por isso disse que o assunto é velho.Antes estava disfarçado,mas agora é escancarado,um ardil para cobiçosos.A paz!!!

  17. Irmão Reinaldo,todo mundo já pensou assim como voce tá pensando,eu também.Mas a vida cristã é gradual,até Jesus disse isto aos discípulos(agora não podeis suportar),e por isto esta variedade de igrejas.Neste grupo,temos falsas e verdadeiras,tradicionais e pentecostais,etc.Todas as igrejas têm uma doutrina fundamental em comum,como só Cristo,só Escritura,Só Fé,Só Graça,etc.Estas doutrinas não mudam e todos temos comunhão uns com os outros.As diferenças são em pontos não essenciais,como arrebatamento,milênio,atualidade dos dons,coisas que não impedem salvação.Os proponentes da prosperidade,não falam de salvação.Mas põem como alvo e destino a abundância financeira nesta terra.Elas não fazem questão de cultivar um caráter santo nos membros da igreja,querem apenas os dízimos.são chamadas Neo-Pentecostais,pois se valem da doutrina da atualidade dos dons para enganar.Procure um livro de Myer Pearlman,sobre doutrinas bíblicas,é muito útil para discernir sobre isso e fácil de ler.A paz!!!

  18. Querido irmão Reinaldo, eu tambem tinha um conceito errado quanto a prosperidade que é pregada por Jesus.Por ter aprendido errado, havia muita confusão em minha mente. Até o dia em que desesperada orei e pedi ao Espirito Santo que me ajudasse ,foi quando eu li apocalipse 2 falando sobre a doutrina de Balaão.fui pesquisar fundo sobre essa doutrina e descobri outras concordancias na Palavra como a epístola de Judas .Pude concluir que o povo de Israel era submetido a ficar debaixo de maldição por aceitar barganha dessa maldita doutrina , onde se requeria prata e ouro(Balaque )Sinceramente, Deus é dono de toda riqueza e ele mesmo deixou o exemplo atraves de seu ministerio (Jesus) pra que não se juntasse riquezas aqui.A vida abundante prometida se refere a nossa maior vitória: a vida eterna com Jesus!Graça e paz!

  19. hoje ficou muito fácil falar de prosperidade e divulgar suas formulas magicas e simpatias gospel para ficar rico,daqui a pouco igual ao filme "quem quer ser um milionário",a igreja usaria isto ao seu favor num Talk-show de responderíamos sobre a tal teologia distorcida da prosperidade e chegaríamos a tão sonhada pergunta que nós tornaria Milionários (o impossível seria encontrar alguma igreja a "doar"o prêmio já descontados os impostos e dízimos)não existe oração para ser rico e prosperidade e muito mais que dinheiro,sei que Deus não quer que sejamos miseráveis nessa terra o problema e que todos só desejam serem ricos acima de tudo inclusive de DEUS…
    "“Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.

    (Mateus 6: 33)" desculpem o desabafo…

  20. Curioso o modo de pensar dos pregoeiros do Evangelho da Prosperidade. Lembro-me de que no início da disciplina de Introdução à Economia que cursei na faculdade os professores explicaram exaustivamente que a Economia é a arte de administrar RECURSOS ESCASSOS. Ora, se há poucos recursos, então não há espaço para poucos acumularem muitas riquezas se quisermos que todos vivam bem. Assim sendo, como podemos nos espelhar nos patriarcas e outros que possuíam inúmeros escravos e acumulavam riquezas enormes se apossando de terras desabitadas e à custa de despojos de guerras, por exemplo? Nos dias de hoje todas as terras têm donos e não podemos tomá-las à força. Não podemos escravizar ninguém (graças a Deus). Assim sendo, se alguém se tornar muito rico, é sinal de que muitos se tornaram pobres. E as nossas consciências cristãs deveriam se perturbar – e muito – com isso!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui