O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM NOSSOS PASTORES?

37
1503
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por José Pontes
Prezado amigo, colega, companheiro líder, estou escrevendo essas poucas letras direto para você e também para mim mesmo. Poucos minutos antes de escrever essas poucas linhas, recebi um telefonema de um querido pastor e sua primeira palavra foi: PR. PONTES, VOCÊ TEM UM TEMPO PARA ME OUVIR? Falei que sim, foi então que ele me disse da sua dificuldade em ter amigos, dificuldades em se abrir e desconfianças com sua própria igreja e denominação. Disse-me ele: “preciso de alguém que me escute sem me julgar, sem me condenar, etc… etc… etc…” Conversamos por longos minutos, aliás, falei muito pouco, muito pouco mesmo, ele, no entanto, falou o tempo todo, do seu medo, das suas angústias, das suas inquietantes preocupações com a igreja, com sua família, com sua própria vida; depois chorou, chorou muito, sozinho pela manhã, disse-me ele. Depois me perguntou: “Pr. Pontes, o que está acontecendo com nós pastores? Será que isso é Deus trazendo juízo?” Pois, segundo ele, na sua cidade existem muitos pastores tristes, deprimidos, tomando remédios para conseguir conciliar o sono.
Fiquei a ouvir atento aquele amado colega que passa por uma forte crise depressiva, existencial; fiquei realmente a pensar o que na verdade está acontecendo conosco, “líderes” do rebanho de Deus. Comecei então a pensar em algumas possibilidades que quero compartilhar com você querido leitor dessa coluna, são elas:
Primeiro: Acho que nos últimos anos, nós pastores passamos a viver e praticar mais uma religião do que viver a SIMPLICIDADE DO EVANGELHO.
Segundo: As instituições passaram a ter um poder e um domínio fortíssimo sobre os seus líderes; as pessoas, o rebanho passaram a ser segundo plano.
Terceiro: O pastor não tem pastor que cuide dele mesmo. Não tem amigos, se isola, às vezes é autossuficiente.
Quarto: As igrejas locais estão abarrotadas de programações e atividades, e isso gera muito peso, muito trabalho e pouca produção de santidade e crescimento espiritual sadio.
Quinto: O pastor não prioriza seu casamento nem seus filhos.
Sexto: Existe no meio pastoral muita indisciplina do seu tempo e no cuidado do seu próprio corpo e da sua saúde mental.
Sétimo: Muitos pastores querem pastorear a geração de hoje com os mesmos métodos e formas de 10, 20 anos atrás – isso gera angústia e impotência. Bem, esses são apenas alguns aspectos do que considero como combustíveis que estão alimentando essa forte crise do meio pastoral. AGORA, A PERGUNTA É: FORAM APONTADOS OS POSSÍVEIS ERROS, MAS QUAL A SOLUÇÃO ?
Respondo de forma mais simples possível: se o líder quer dar um novo rumo a sua vida ou mesmo fazer consigo mesmo um trabalho preventivo contra essa crise que assola a liderança, então é copiar cada um dos pontos acima, refletir e começar a combater UM POR UM. Levando isso a sério, o líder será mais saudável nos mais variados aspectos.
ENTÃO, MÃOS A OBRA, OU SENÃO FIQUE NO MESMO ESTADO E DAQUI A ALGUNS DIAS ESTAREMOS NOS CONSULTÓRIOS PSIQUIÁTRICOS E PSICOLÓGICOS.
MAS, ACONSELHO A MIM E A VOCÊ: FAÇAMOS A CERTO HOJE PARA AMANHÃ NÃO ESTARMOS CHORANDO.
Abraço amigo,
Pr. José Pontes
(Fonte: Site da Vinacc)
***
Quando li o texto me comovi e roguei a Deus por esses verdadeiros atalaias do Senhor que por frustrações e precipitações da vida estão sofrendo e assim como as ovelhas, também precisam de serem cuidadas, tratadas e saradas em Cristo Jesus.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

37 COMENTÁRIOS

  1. A paz,pastor.Quero me ater ao quarto tópico:"as igrejas locais estão abarrotadas de programações e atividades"(muitas vezes inúteis).Tenho visto muito isso.Na igreja em que congrego este mês inteiro tem festa todos os fins de semana!E eu não aguento uma reunião onde não se ora,e a palavra fica em último plano.Resultado:vou em outra igreja ouvir algo de deus,pois só assim tenho refrigério.Se o pastor for mudar alguma coisa,comece por aí,o resto vem a reboque.Para um homem de Deus,só o Evangelho sendo realizado em seu ministério pode revigorar e fazer a verdadeira alegria sobrenatural,nutrir e fortificar a alma .É impossível se alegrar na aparência das coisas,mesmo que tudo vá bem e tenhamos o futuro garantido.Estas seguranças humanas não atingem o lado oculto que Deus vivifica por sua habitação:ou seja o coração.Ouvi certa vez o pastor Arivaldo ramos pregar que ensinou uma igreja hostil a ele,somente a excelência de Jesus.Também de exemplos na prática de oração,junto com uma pregação inflexível porém graciosa.Em pouco tempo depois de muito orar (inclusive de joelhos),começou a ver a operação sobrenatural de Jesus.Os membros também começaram a ser tocados pelo Espírito e deus transformou a igreja.Pode confirmar com ele esta história.Deus te abençoe!

  2. Queridos..

    Sou pastor e ja sofri este problema. De nao ter amigos que simplesmente ouçam, de não poder expressar alguns medos e angustias, porque afinal somos " a boca de Deus", de não poder dizer sinceramente ao irmão que ele é indisciplinado, religiosos, mentirososo sem que isso seja um começo de motim.
    Somos pastores, sofremos, temos uma carga pesada sobre os ombros. Somos vocacionados não profissionais do pulpito, nem marqueteiros, nem encontramos no rebanho uma forma de criar pequenos principados nos quais somos os reis.
    Mas o que mais nos machuca, é a falta de compromisso de irmãos, de ter que chamar para oraçao e ter apenas 3 ou 4 fiéis ao chamado. De chamar a atenção para o ssexo ilicito antes do casamento, e ouvir que isso é normal.
    De querer que se levante escudos, e ser surpreendido, epla falta de respeito ao homem, ao pastor, ao amigo.
    De ter amigos de verdade que andem a segunda milha.

    Isto nos faz sofrer, mas temos os olhos colocados na soberana vocação e no premio, que é um dia, estar face a face com aquele que nos chamou, comissionou, e entende as lagrimas que derramamos por tras de cada sorriso.

    A ELE, onde todas as coisas convergem, a gloria, o dominio para sempre!!

  3. Quer um conselho? arrume 1 emprego e continue sendo pastor, e o atendimento do culto deixe por conta da guia de Deus, ou vocês não confiam em Deus?

  4. Igrejas com cultos todos os dias, em que o pastor se tornou um grande executivo dá nisso!
    Eu particularmente, nunca vi um pastor saindo com a familia para passear, ir ao shopping, fazer uma viagem ou visitar parentes não evangélicos (eles não se misturam). Ficar no reduto profissional (igreja) o dia todo a ainda a noite deixando filhos e esposa ao léo, pode gerar até outros males como uma traição.

    Ainda bem que na Igreja que congrego só tem culto sexta e domingo

    ABS

    ALB

  5. Paz irmãos.
    Acho que realmente é uma soma de todos esses fatores, aliados a uma cobrança muito grande por parte do ministério em se batizar (diferente de ganhar) almas, em se reduzir custos (como se fosse uma industria), dificuldades dentro da familia (o Pr. tem esposa e filhos), muitas vezes não tem hora para sua familia. Mas principalmente… a "necessidade" de ter uma aparência "firme, santa e imune" a qualquer tipo de tentação/lutas/tristeza. Além da solidão. Um Pr geralmente é muito solitário. Triste isso.

  6. Bom dia pastor , por vários motivos pretendo realizar o seminário teológico, pois tenho muitas dúvidas:O nome do messias é realmente aquele mencionado nas sagradas escrituras? Favor verificar o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=FGeufVyNDRE&feature=relmfu e me pergunto por tudo o que a igreja está passando, o ETERNO está nos chamando a atenção???Pois o reino para mim está se aproximando….Vamos observar "A NOVA ORDEM MUNDIAL", pois o mundo jaz no maligno…Para mim estamos passando pelas …"dores de parto"… Abraços do seu irmão.

  7. A Paz de Cristo Jesus que excede todo o nosso entendimento guarde as nossas mentes e nossos corações em Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador.
    Sou apenas uma ovelha, mas sinto o mesmo peso no meu coração que esse pastor…nas verdade o que falta é sinceridade, união entre nós…temos medo de mostrar que somos carentes, fracos, pq nos cobram como cristãos que temos que ser mais que vencedores…problemas nem pensar…como entaun chegar em um irmão e chorar no ombro dele?? Precisamos deixar os títulos e as denominações que nos dividem e afastam e sermos realmente apenas povo de Deus, irmãos em Cristo…conheço um trabalho que pensa assim, e acredito que é de Deus…o lema é" Unidos pelos laços da cruz, até que cada NAÇÃO, POVO, TRIBO e LÍNGUA da terra conheçam quem é JESUS CRISTO de Nazaré!", vejam o site wwww.mcmpovos.com.br…congrego na na primeira batista…mas na chamada semana santa a MCM faz em trindade goiás o Encontro Profético aonde vc se sente como parte de povo, tribo, lingua e nação, pq alí estão várias denominações. Só seremos verdadeiro povo de Deus quando deixarmos de as denominações apenas como sobrenome…e usarmos nosso primeiro nome CRISTÃO. Garanto que acabaram todas as crises ministeriais pq nosso único objetivo é adorar e servir ao Senhor Deus!
    Desculpem, amo ser cristã e queria viver isso em todas as formas em todos os lugares, com certeza o nome de cristão teria mais honra, como na igreja de Atos.
    Na paz de Jesus.
    uma ovelha de Jesus e sua irmã.
    Araci

  8. Gostaria de parabenizar pelo artigo, não só pelas palavras, mas pela necessidade e atualidade! Um dos maiores problemas é justamente o começo do artigo, a falta de conversar, de confissão, de amizade, de amor que Cristo veio trazer tem feito muitos líderes desanimar, pois o povo olha para os líderes como seres de outro planeta que são incapazes de errar e se esquecem que pastor é ser humano com sentimentos e desilusões. Com tudo isso muitos estão vivendo somente de aparência, pregando vida sem vida, levando água, mas mortos de sede. Que Deus restaure e fortaleça nossos pastores e líderes e reavivem seus corações a viverem no primeiro amor com que foram chamados!

    Abraço!

    Blog Emunah

  9. Pb. Anderson Silva…

    Acontece que os líderes se mostram como seres de outro mundo e com um grau de santidade elevadíssimo, de dar inveja a qualquer anjo do céu. Existem no meio evangélico (principalmente no meio pentecostal) uma espécie de "Infalibilidade Pastoral" maquiada, onde a ordem dele deve ser cumprida mesmo que isso resulte em ir num caminho contrário a bíblia. E… detalhe… eu vivo isso como membro. Infelizmente, como o outro Anderson no post acima escreveu: "Eles são executivos da fé". Já vi e vejo muita coisa.

    Deus Abençoe!

  10. JOHN MAXWELL publicou em um dos seus livros uma pesquisa sobre o assunto acima tratado – pastor e amigos. A surpresa foi grande,75% responderam que não tinham AMIGOS para encostarem a cabeça no ombro-amigo.E observei o caminhar diário do meu pastor – não tem amigos e não quer ter amigos.Já tentei me aproximar dele e foi frustrante,e a vida continua torta.Meus amigos são aqueles que bebem uma cervejinha comigo,onde eu falo e eles me ouvem e se bebi sem medida eles me levam em casa.
    tito from brasília.

  11. Dói constatar isto.

    Ainda mais para a Igreja quando cobra demais dos pastores, e por vezes, o vêem como super-herói.

    Pastor é chamado, mas continua sendo ser humano. De fato, muitas vezses vive uma viva isolada e não tem com quem compartilhar suas lutas, temores, angústias. Ter com quem se abrir, porque muitas vezes, alguém até da própria congregação que cuida, não estrutura para ouvir e pode ser que o critique e assim contamine o rebanho e pense que o pastor "tá fraquejando na fé".

    Pastores precisam ser pastoreados. Cristo nos fortalece, mas não podemos esquecer o que o Senhor também usa pessoas para nos abênçoar.

    Oro para que Deus levante homens que nos ajudem e que o Espírito Santo nos fortaleça e console.

    Pr. Anderson Alcides.

  12. DISCORDO VEEMENTE DO PR.PONTES.
    OS PASTORES HOJE EM DIA, NÃO ORAM, NÃO JEJUAM, NAÕ ESTUDAM A BIBLIA, VIVEM SEM COMPROMISSO ALGUM.
    MODELO DE FÉ DE CRISTÃO QUEM É? NÃO É O SENHOR JESUS? QUANTO TEMPO O SENHOR ORAVA? QUANTO TEMPO SENHOR JEJUAVA?
    LIDERES SAÕ PRINCIPAL ALVO DO DIABO, PORQUE SE PEGA O LIDER PEGA TAMBEM OS LIDERADOS. LIDER TEM QUE SER EXEMPLO DE VIDA EM COMUNHÃO E SANTIDADE.
    PASTORES HOJE EM DIA GOSTAM DE SHOOPING, CINEMA,TEATRO.
    PASTOR É PARA PASTOREAR E NÃO SE DIVERTIR. VIDA DE RENUNCIA.PASTORES HOJE NÃO SÃO PESSOAS CONSAGRADAS SÃO PESSOAS DESRREGRADAS, É POR ISSO A CAUSA DE DEPRESSÃO, NÃO SABE O QUE ESTA ACONTECENDO, REFLEXO DA FALTA DE INTIMIDADE COM O SENHOR DEUS. CUIDADO COM ISSO DE PRIORIZAR FAMILIA, AMAMOS FAMILIA E NÃO AMAMOS AO SENHOR DEUS, ESSES LIDERES ESTÃO DOENTE E FAZENDO POVO DOENTE.ESTÃO TRANSMITINDO DOENÇA E LEVANDO O POVO AO INFERNO.JEJUM,ORAÇÃO E PALAVRA, LIÇÃO COMO VIVIA A IGREJA DE ATOS. SENHOR JESUS VIVIA EM CONSAGRAÇÃO, PRIMEIRO ORAVA E DEPOIS SE DIDRGIA AO POVO.
    QUANTO TEMPO ORA UM PASTOR HOJE EM DIA?

  13. PORQUE O PULPITO CRISTAO TIROU MEU COMENTARIO ONTEM?
    ESCREVI ALGUMA DE ERRADO? ESCREVI O QUE É VERDADEIRO.
    VOLTO A ESCREVER NOVAMENTE.
    PASTORES DE HOJE NÃO POSSUEM COMPROMISSO ALGUM COM A IGREJA DO SENHOR DEUS, IGREJA NÃO É DE PASTOR ALGUM.
    PASTORES NÃO ORAM, NÃO JEJUAM,NÃO ESTUDAM A BIBLIA, COM ISSO NÃO CONSEGUE PASTOREAR.
    PASTORES PERDEM TEMPO EM CINEMA,TEATRO,SHOOPING.
    PASTOR É PARA PASTOREAR.
    MODELO DE LIDER QUEM É? NÃO É SENHOR JESUS?
    ENTÃO PASTOR TEM QUE SEGUIR O MODELO, DE LIDERANÇA E TAMBEM DE CONSAGRAÇÃO, VIDA DE ORAÇÃO E JEJUM.
    VIDA DE RENUNCIA.
    OS APOSTOLOS PODIAM TEMER CIRCUNSTANCIAS PORQUE ERAM PERSEGUIDOS SEVERAMENTE, POR ACASO ALGUM SOFRIDA DE DEPRESSÃO? PRECISA DE CURA INTERIOR?
    NÃO PRECISAVAM, ENTÃO PASTORES SIGAM O QUE É CORRETO E NÃO TERÃO PROBLEMAS DE DEPRESSÃO,CHORO.
    AS CIRCUNSTANCIAS VIRÃO MESMO, EM TODAS AS AREAS, MAS TEM QUE ESTAR JEJUADO, ORADO E TRATADO.

  14. Como o Pastor Destrói a Si Mesmo
    O moderno pastor prejudica não apenas o povo de Deus, ele prejudica a si mesmo. A posição de pastor de
    uma forma ou de outra atrofia os que assumem essa função. As freqüentes depressões, vazio, estresse, e o
    desequilíbrio emocional são terrivelmente constantes entre os pastores. Nesse momento há mais de 500 mil pastores servindo nas igrejas nos Estados Unidos.222[222] Deste grande número, considere a seguinte estatística
    que revela o perigo mortal da posição de pastor:
    94 % sentem-se pressionados a ter uma família ideal.
    90 % trabalham mais de 46 horas por semana.
    81 % reportam uma insuficiência de tempo com seu cônjuge.
    80 % crêem que o ministério pastoral prejudica a família.
    70 % não têm o que se considera um amigo íntimo.
    70 % têm menos auto-estima agora do que tinham quando entraram no ministério.
    50 % sentem-se incapazes de cumprir as necessidades de sua posição.223[223]
    80 % estão desanimados ou tratando de uma depressão.
    40 % reportam sofrer pela timidez, horários frenéticos e falsas expectativas.224[224]
    33 % consideram o ministério pastoral um perigo para a família.225[225]
    33 % consideraram renunciar suas posições durante o último ano.226[226]
    40 % das renúncias pastorais devem-se ao vácuo (a chama se apagou).227[227]
    Espera-se que a maioria dos pastores exerça 16 tarefas simultâneas.228[228] E a maioria acaba pulverizada
    pelas pressões. Por esta razão, mensalmente, 1.600 ministros entre todas as denominações nos Estados Unidos
    são demitidos ou são forçados a renunciar.229[229] Durante os últimos 20 anos a média do pastoreado reduziu de
    sete para pouco mais de dois anos!230[230]
    Lamentavelmente, poucos pastores se dão conta de que é a posição de pastor que causa esta turbulência
    subjacente.231[231] Naturalmente, Jesus Cristo nunca desejou que alguma pessoa desempenhasse a variedade de
    coisas que se requer do pastor! Ele nunca desejou que alguém carregasse uma carga tão pesada.
    As demandas do pastorado são terríveis. Tanto que leva qualquer mortal ao esgotamento. Imagine-se por
    um momento trabalhando em uma companhia que lhe paga para manter seus colegas de trabalho animados. Que
    você faria se seu pagamento dependesse do teu grau de ocupação e amistosidade, da popularidade de sua esposa
    e filhos, da qualidade de suas roupas, e da perfeição de seu comportamento?
    Dá para imaginar o completo estresse que isso lhe causaria? Dá para ver o papel que seria obrigado a
    exercer, da presunção a arrogância — tudo para poder manter seu poder, prestígio e segurança no trabalho? (Por
    esta razão, a maioria dos pastores é insensível quanto a receber qualquer tipo de ajuda).
    A profissão de pastor dita padrões de conduta como qualquer outra profissão como professor, médico ou
    advogado. A profissão dita como o pastor deve vestir-se, falar e atuar. Esta é uma das principais razões pela
    qual tantos pastores vivem vidas tão artificiais.

  15. Li o texto e me alegro em saber que os líderes estão despertando pra o que estão fazendo.
    A falta de amigos com quem conversar e mostrar quem verdadeiramente são, nada mais é que a "falsa santidade", muito alardeada nas igrejas destes últimos tempos. Não estou aqui pra criticar A ou B, mas é certo de que se vivessem realmente a palavra, não teriam o que esconder. E aqueles que não entendem que um pastor antes de tudo também é homem, têm de lembrar que o único perfeito é Deus, e nenhum outro.
    Quanto as exaustivas programações que são realizadas com o intuito de atrair mais e mais pessoas pra dentro da igreja, é fato, muitos as frequentam por obrigação, não por vontade, pois se faltarem, não serão chamados pra ser isso ou aquilo dentro da igreja. Sem deixar de mencionar a "carranca" do líder quando encontra o faltoso novamente, e o membro se vê muitas das vezes com a opção de encontrar uma desculpa furada pra não "chatear" o líder ou ser apontado como mal exemplo perante os outros membros. Enfim, vivemos um evangelho de glórias e reconhecimentos terrenos e não o que realmente importa: Vida com Deus!

  16. O segundo tópico é o que mais tende a frustar os verdadeiros servos de Deus.A política atual é corrupta e infelizmente muitos se deixam levar pelas falsas promessas e pelo mercenarismo,na minha opinião 80% dos Líderes pastorais hoje não tem mais o temor de Deus e já se perderam nas suas próprias concupiscências.

  17. A paz esteja com tigo pastor.

    meu pensamento sobre tudo isto

    Quem nunca viu ou ouviu falar do homem da cobra. Um artista de rua que por um bom tempo, consegue enganar uma pequena multidão atribuindo ao seu suposto espetáculo a cobra que esta escondida em caixa e garantindo que ela o morde e ele não falece.
    Então!! A humanidade é uma raça racional, mas!!! Fácil de enganar, pois ela espera por respostas e quando depara com pessoas que oferece uma solução para o problema como curas, milagres, situação financeira, libertação. Elas se entregam.
    Como acreditar??
    Na verdade os curtos se tornaram mais um espetáculo do que cultuar a Deus.sou cristão e vejo cada esquina cada momento um igreja se abrindo..
    Todos tem o direito de ser salvo, e de forma marcenaria esta sendo oferecido o livramento.
    E em meus pensamento e conclusão visto que o falso profeta estaria sempre em nosso meio; Deixo um pensamento.
    Citar agora uma passagem ou versículos da bíblia, é impor na cabeça coisa que já passaram. homem de Deus que tiveram suas dificuldades e suas vitorias diante do Deus altíssimos.
    Analisando teoricamente as historias e passagem do livro sagrado; enxergamos que quase todos os homens de Deus pecaram contra ele, pela ganancia, pela luxuria, pelos poderes.
    Davi,Salomão,Sau,Jonas,Pedro.etc
    E outros sustentaram um fé inabalável, e as recompensas em algumas passagem chegaram com o seu jubileu “ou seja” viveram uma vida dedicando-se ao senhor e suas recompensas veio no final de suas vidas.
    Jô,Daniel,Samuel,Noé,Abraão,Moises.etc
    A pergunta é simples!!
    O que alimenta ao nosso Senhor Altíssimos?
    Nossa inconstante procura da Fé
    Nossas orações
    Nossas clemências solicitadas
    Nossos erros
    Permitindo que tudo volte ao principio errando,orando,clamando e perdoando, pois é assim que se vive para a vida eterna.

  18. Hoje em dia vemos pastores cansados e com problemas , mas penso que muitos deles são mesmos egoístas e se acham auto suficientes para fazerem tudo, em muitas igrejas tem membros que poderiam ter a oportunidade de pregarem nos cultos, mas tem pastores que parecem que tem medo de dar oportunidade aos demais e depois perderem a sua condição, mas há muitos talentos e muitos chamados que estão só esquentando bancos por falta de oportunidade, e sendo assim os pastores ficam mesmos sobrecarregados e sem tempo para a familia e para a sua vida própria e muitas vezes até esquecem que sao humanos e que tem vida própria que precisa ser cuidada, isso tambem é falta de organização do tempo, a igreja tem que crescer, mas é de coisas que edificam a vida e não de coisas que mascaram o evangelho, para que muitos não se sintam tão fora do "mundo".

  19. primeiro. muito bom artigo. segundo esqueceu de mencionar apenas uma coisa. Os pastores ao longo destes anos, com a falácia da "vocação"(que cada um de nós tem uma), se esqueceram que continuam seres humanos, pecadores e tudo mais. Deixam entender pras igrejas que estão superiores aos demais crentes. Com um certo "poder"(mentira do diabo). "Recebemos poder ao descer sobre nós o Espirito Santo e eles não são especiais.Esse poder do Espirito Santo precisa ser entendido humildemente. Por isso, se os pastores querem igrejas saudáveis, seja parte dela e não DONO, EMPREGADO, DEUS, Etc….. Assim quando encontrar uma igreja, receberá todo acolhimendo e reconhecimento daqueles que verdadeiramente são seus irmão em CRISTO. Sejam humildes primeiramente e não SE ACHE O TAL(representante de Deus na terra). Viva o evangelho e poderá pregá-lo conforme Jesus ensinou e verá os milagres de Deus em seu ministério. Evangelho simples, não esta porcaria que estão dizendo ser evangelho. É só isto não tem segredo, pois aquele que começou boa obra ha de completa-la. Vocês "pastores em crise" precisam acreditar nisto. Deus ajude a todos. Pois o mundo esta clamando por direção. E ésta é só em Jesus.

  20. Paz e Graça do Senhor a todos!

    Bom, irmãos…Difícil todos sabemos que é sermos discípulos de Jesus!!! O que importa realmente:

    – PALAVRA
    – VERDADE
    – OLHAR SOMENTE PARA JESUS, Ele e somente Ele é o amigo verdadeiro!
    – PRINCIPAL MINISTÉRIO DE DEUS: FAMÍLIA
    Logo a sua família não pode e não deve vir em segundo plano! A Igreja é a sua responsabilidade ministerial, és Pastor, mas é necessário cumprir a vontade de Deus primeiro e sempre em espírito!
    – Qual Pastor faz um trabalho voluntário a Deus, preocupado de verdade com a SALVAÇÃO das ovelhas?
    Nada acontece sem motivo, Deus não quer castigar, a quem não mereça castigo!

    O que aconselho, a todos em CRISTO JESUS, passem pela CURA DA ALMA!!! É a melhor libertação e cura que podemos receber, sem gastarmos em psicólogos, médicos, etc!!!

    Muitas coisas estão ainda presas no velho homem, é necessário despojar-se do velho homem, nova vida, nova criatura!

    Cuidar primeiro da sua família, santidade e alimento espiritual, nenhum médico doente, pode ir ao consultório, receitar medicamento a outro doente, primeiro ele passa pela sua restauração, para depois poder ir dar a receita para algum paciente, certo?
    Em nossa vida em Cristo, é a mesma coisa!!!

    Vamos viver para DEUS de coração, sem outros motivos!

    Que o Senhor seja com todos, em nome de Jesus!
    Só Jesus: CURA, LIBERTA E SALVA!!!

    O resto são interesses de interesses da terra, olhem para as coisas do alto, nada temos a ver com as trevas!!!

    Deus os abençõe em tudo!!!

  21. paz pastor Jose pontes, muito interessante seu comentário isto é verdade nós pastores em muitas vezes não temos com quem conversarmos falta um amigo,muitos companheiros estão frustrados,pelo ministerio,nos projetos,com família e falta de apoio ministerial e entram em crises.minha proposta falta conselheiro de pastores.esta faltando hj mestre nesta areá esta é minha opinião.

  22. Infelismente, estamos vendo de perto o declinio de muitos lideres evangelico na nossa conteporaneidade. Acredito que a consagração foi trocada por competição,o jejum, oração e supliica a busca incessantemente já está esquecida em muitos pulpitos cristãos!!! é nossa responsabilidade tambem ORAR, INTERCEDER, JEJUAR tambem por estes que nos decpciona al invés de muitas vezes apontar e julgar, não estou dizendo que algum blgueiro fez isso, não é isso. Mas assumirmos nossa posição de servo e clamar ao Deus de milagre, pois o que está em jogo é a Obra de Deus.

  23. Realmente Fernando, muitos líderes maquiaram essa falsa santidade e infalibilidade e agora muitos sofrem as consequências de tal ato. Só peço a Deus que aqueles que estão sofrendo e padecendo, mas mesmo assim estão buscando em sinceridade e compromisso, sejam restaurados e fortalecidos pela presença do amado Espírito Santo!

    ABRAÇO

  24. Gunnar Vingren pioneiro das Assembleias de Deus, nos últimos dias da sua vida, doente, ficava o tempo todo sorrindo e louvando a Deus. Daniel Berg estando no mesmo estado evangelizava todo o hospital. Queridos, há de se crer que existe um Deus maior e um poder maior. Não somos inabaláveis mas temos um guia superior. A paz do Senhor.

  25. É muito difícil numa igreja os seus membros reconhecerem que seu pastor muitas vezes se encontra cansado e até esgotado física e psicologicamente; virou um tabu, e até inadmissível tal fato.
    Muitos vêem no seu pastor um Super Crente que não pode sentir-se esgotado e no seu limite.
    Com vergonha, muitos reprime o choro, por que foram ensinados que, um homem de Deus não chora,e que chorar é sinal de fraqueza.
    Se o próprio Jesus chorou, e angustiou-se. Se não vejamos em suas palavras:
    João 11:35-Jesus chorou.
    E, levando consigo a Pedro, Tiago e João, começou a sentir-se tomado de pavor e de angústia.

    Pr José Costa

  26. O grande problema dos pastores hoje em dia, é que pensam que fazendo festas e tendo mil e uma atrações para segurar e trazer mais jovens para a igreja já é o suficiente, trazendo assim o mundo para dentro da igreja. Igreja não é circo para ter espetáculo, igreja tem que dizer a verdadeira palavra de Deus, e dizer que aquele que não aceitar a Jesus como Salvador, já está condenado e vai para o inferno, mas, isso os pastores tem medo de ficar falando para não afugentar as pessoas que gostam do chamado show gospel que tem sido a perdição das igrejas e tem desviado tanta gente do real caminho de Deus. Desculpem o desabafo, mas é a verdade!

  27. E tem mais, Deus nos pede que o adoremos em Espírito e em verdade, e isso fazemos através de um verdadeiro culto ao Senhor, onde impera a ordem e a decência e não com show gospel e com festinhas para arrecadar dinheiro.

  28. Sou evangélico a quase 30 anos, e pastor a 25 anos, sou de uma igreja de 60 mil membros em Santarém do Pará, dou cobertura pra mais de 1500 células, louvo a Deus em sr parte de uma Igreja que me proporciona muito amor e cuidado que a minha liderança tem pela minha vida e da minha família, tenho um DISCIPULADOR que trata como filho e eu tenho discípulo que eu trato como meus filhos,mos amo de verdade. Se nós cristãos não tivermos dispostos a sermos abnegados por essa causa, não servimos para o ministério, temos que entender que servir a Deus é a coisa mais preciosa dessa vida, e temos que passar este legado para nossos filhos e discípulos, só assim vamos ser exemplos do que é um evangelho genuíno. Eu convido a todos para conhecer nosso trabalho, tenho uma família exemplar, vou a shopping, a praia, tiro sempre um tempo íntimo com minha esposa para nos amarmos de verdade, sempre viajo, de segunda a sexta temos tempo a sós com Deus 3 horas por dia, não quer outra vida, sou muito feliz em ser pastor.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui