Auto Retrato da Música Cristã Brasileira – Por João Alexandre

13
666
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Mackenzie TV Digital passou a apresentar recentemente o programa Auto Retrato da Música Cristã Brasileira.Pra quem gosta de música boa e inteligente, deixo a dica para apreciação e conhecimento sobre nossas origens musicais verdadeiramente cristãs.
Neste vídeo, temos como personagem do auto retrato o cantor e compositor João Alexandre. Quiçá, um dos mais relevantes formadores de opinião da música cristã atual, gente que pensa, se posiciona e busca lidar com a música de forma madura, sem mitos e cismas e o mais importante, com excelência.
O Púlpito Cristão, que sempre reservou espaço para arte e cultura, abre esta série de vídeos e espera que você leitor tenha a oportunidade de assistir e deixar seu registro aqui no nosso site. Confira:

***
Púlpito Cristão.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

13 COMENTÁRIOS

  1. A musica dele e estilo bossa nova samba canção, e um tipo de musica de qualidade, mais lamentavelmente a musica evangélica dita na atualidade como gospel, segue a tendencia das musicas de fora (mundana), ate para não perder publico, e consequentemente a renda que isso traz, raramente se ouve nas rádios musicais evangélica essa qualidade musical em igualdade as rádios de fora.

  2. Desnecessário falar da qualidade incontestável e perfeição musical de J.A, mas deve ser entrevistado do pescoço pra cima, pra esconder essa barriga indecente que ostenta há anos… rs, esse é o seu único defeito…., valeu, cara!!!

  3. Discordo,
    Por que é que a música que ele faz é melhor que as outras? O que tem de tão especial? Será por causa do rítmo supostamente elitizado da bossa nova? Será que ela carrega mais charme, pseudo bom gosto etc.

    Tem que ser muito tendencioso, carnal e não ter discernimento pra dizer que não existem músicas cristã de boa qualidade hoje.

    Desculpem a minha sinceridade mas quem não se sente profundamente tocado por essas canções inspiradas de hoje desconfie se algo não está errado na sua vida espiritual.

    O problema é que muitas vezes estamos cheios de nós mesmos, cheios de soberba, arrogância, cheios do nosso eu e o resultado é frieza, insensibilidade, ficamos enpedernidos e nem nos damos conta

    Pensem nisso

  4. Gosto é Gosto, não se discute. Mas, quanto a concepção de arte junto a uma boa teologia, confesso, a música gospel de hoje está a anos luzes do trabalho de João. Leia um pouco sobre a História da Música Cristã no Brasil, veja quem foram nossos desbravadores, referenciais, cosmovisão e depois a gente debate mais.

    Paz e Luz de Cristo.

  5. Boa teologia não é filosofar lançando palavras ao vento e forçando suas rimas.

    A boa teologia vem do Espírito de Deus, tem profundidade, tem unção, vai no fundo da alma, é espada cortando e transforma vidas.

    O que adianta a estética se não tem vida
    Discirna essas palavras e depois a gente conversa

  6. Respeitosamente tentando responder gm:

    A postura de João Alexandre e de suas músicas em relação aos cantores gospel é simplesmente que João e suas músicas exaltam a Deus. Sua música é centrada em Deus e na sua graça. O que vemos na maioria das músicas gospel é que esta exalta ao homem e mostra Deus como servidor do povo gospel.
    Pegue a discografia de João Alexandre e a compare com essas musiquinhas do Toque no Altar, por exemplo. Olhe as antigas músicas de Ludmila Ferber e veja o que ela canta hoje. É música voltada para o G12,com temática gedoziana ou para o triunfalismo gospel.
    Veja o conteúdo de algumas músicas de André Valadão e tente procurar apoio bíblico para o que ele diz.
    Gosto de todo tipo de música. Para mim o que vale é o conteúdo. O que vemos na música evangélica de hoje não é adoração a Deus. A música é feita do homem para o homem. Se Deus aparece nela é apenas como aquele que tem a obrigação de atender os pedidos do povo gospel.
    Não escuto rádio porque só toca música que está dando dinheiro a alguém, não música com uma teologia sadia e que exalte a Deus.
    Quando quero ouvir música com conteúdo saudável, pego meus CDs dos seguintes músicos/grupos:
    FRUTOS DO ESPÍRITO (com Daniel Souza);
    ADHEMAR DE CAMPOS;
    GRUPO LOGOS;
    SÉRGIO LOPES;
    STÊNIO MARCIUS;
    JOÃO ALEXANDRE, entre outros.

    Ludmila Ferber antigamente cantava as lindas canções o "Espírito de Deus Está Aqui" e "Sala do Trono". Hoje se redeu ao G12 e, só para dar exemplo de uma música com a alma gedoziana ou terranoviana, tem a altamente criticada "Os Sonhos de Deus", onde os desejos humanos e "os sonhos de Deus" (e Deus sonha?) se misturam.
    O que dizer do Diante do Trono? Começou com simplicidade e unção de Deus. Comprei os discos do 1 ao 5. Daí por diante comecei a notar declínio musical considerável. Hoje não suporto ouvir as músicas desse grupo comercial e cheio de heresias. Ana Paula Valadão no Recife, antes de realizar um show, chegou a dizer que as orações deles foram ouvidas, tanto que o fundador do Galo da Madrugada morreu na semana do show gospel. Que vergonha! Hoje você acessa a internet e com muito pesar vê um grupo que começou tão bem estar marcado por heresias, inclusive no palco onde Ana Paula chegou até a imitar um leão andando, entre tantas outras abobrinhas. Mas vou parar de criticá-la, pois agora é da Som Livre, da poderosa Rede Glóbulo.
    O que dizer de um segmento que virou atrativo para o comércio secular?
    Estou fora! Deixe-em ouvindo minhas músicas não tão novas, mas que tem compromisso com Deus.
    Fico feliz quando aqui ou ali aparece alguém nos dias de hoje cantando algo que mereça meu respeito e que me impulsione a louvar ao Criador.

  7. Marcos Roberto respeito a sua opinião

    Mas não concordo com esta postura de alguns cantores que se autoproclamam os baluartes da música cristã, criticam todo mundo e dizem que só a sua música tem conteúdo etc etc.
    Engraçado como são as coisas, vc citou por exemplo o toque no altar, quantos louvores inspirados esse grupo possui.
    Agora, o problema é que muita gente fica se apegando a alguns pequenos erros de composição que ao meu ver são coisas insignificantes e desprezam o essencial da mensagem.

    Quanto a Ludimila só uma correção: os louvores que vc citou são da Alda Célia e não da Ludimila.
    Concordo com vc que algumas de suas canções trazem no seu conteúdo doutrinas gedozistas. Particularmente não aprecio as suas canções. Não falam ao meu coração.
    Muito pertinente a sua observação sobre os louvores antigos do Diante do Trono, também verifiquei uma significativa mudança a partir do CD 6.
    Entretanto, considero a Ana paula uma mulher de Deus apesar de não concordar com algumas práticas e ensinamnetos desse ministério.

    Ah meu irmão ainda choro ao ouvir louvores do grupo koynonia, novo som, gerson cardozo, marcos goes,comunidade de nilópolis, aline barros etc.
    Mas também não dá pra generalizar e dizer que não existem mais louvores que exaltem a Deus nos dias de hoje.

  8. Beleza, gm!

    Eu havia me esquecido do Grupo Koynonia e de Marcos Góes, bem citados por você. De Marcos Góes eu tenho A Vigília volumes 1 e 2. É para ouvir até o fim sem pular uma música sequer.

    As músicas "Sala do Trono" e "O Espírito de Deus Está Aqui" eu pensei que eram composições de Asaph Borba. Um amigo me emprestou um CD Louvores (antigo, da capa verde) que tinha essas músicas cantadas por Ludmila Ferber, por isso eu a citei.

    Toque no Altar tem muitas músicas boas. A minha crítica vai para as que parecem colocar a vontade do homem acima da de Deus. Como criticar as músicas "Perto Quero Estar" e "Abro Mão", entre outras tantas de qualidade?

    Concordo 100% com você quando diz que Ana Paula é de Deus. Eu acredito, inclusive, que todos os que eu critiquei também o são.

    Minha maior crítica aos músicos é o teor de suas letras. Muitas voltadas para o homem e não para Deus. Se eles trouxerem Deus para o centro de suas músicas, e não se preocuparem com número de CDs lançados por ano, e consequentemente, com o retorno comercial e financeiro, seus trabalhos serão bênção total não só para eles, mas para quem os ouve.

    Sobre João Alexandre, eu só acho que ele canta bem e tem letras de alta qualidade, além de ser um dos representantes da verdadeira música evangélica no Brasil.
    http://www.youtube.com/watch?v=ezGkzRGA6hg
    http://www.youtube.com/watch?v=GhWPMT13dBg
    http://www.youtube.com/watch?v=vPSAWkhRSAA&feature=related

    Um abraço e fique na paz daquele que é o único digno de receber nossa adoração.

  9. Concordo com os 2 irmãos aí em cima.A gente tem que garimpar para achar louvores autênticos, mais ainda tem.Creio que existe sim uma ala elitizada que quer se aproveitar para vender discos também(não se iluda: com dinheiro não se brinca!).Se a posição fosse invertida, quem diria que o discurso seria o mesmo?Não sabemos!Além do mais,já estamos cheios de imitadores do Tom Jobim,sem o talento dele.E não sou radical!Até hoje ouço as músicas do velho S8 e afins.Até meu rock and roll voltei a ouvir e não me importo mais com o que outros acham.O jeito é procurar.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui