A Mediação de Cristo na Salvação [2]

1
41
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Cícero Pereira
No texto anterior, falei sobre vários aspectos nos quais a mediação de Cristo nos assiste e nos permite acesso ao Senhor Deus soberano. Pois bem, o primeiro aspecto citado foi o da salvação.
Para começar a falar sobre isto, temos que remontar à criação. Deus cria o homem, conforme sua imagem e semelhança provendo tudo de que ele precisava (Gn 1. 26-31). O objetivo de Deus para o homem[1] era plenamente e perfeitamente cumprido. Mas uma das orientações de Deus foi quebrada (Gn 3), fazendo o homem morrer conforme Deus advertira (Gn 2.16-17). E aqui chegamos ao ponto crucial da história. Vamos discorrer um pouco sobre o capítulo 3. Do versículo 1 ao 5 vemos Satanás com a velha história de que o homem pode ser igual a Deus, ou até mais que Deus. O versículo 6 apresenta um outro fato importantíssimo na história da humanidade. Homem e mulher caem na tentação de Satanás e desobedecem a Deus, desgraçando toda a humanidade e toda a criação. A partir de agora, o homem está morto e perde a doce e harmoniosa comunhão que gozava com o Criador. O versículo 7 apresenta o momento no qual eles se percebem neste estado miserável de total depravação e afastamento de Deus.
E a mediação de Cristo, aonde entra? Vejamos, pois. Com o pecar, o homem morre espiritualmente (Rm 3.23), afasta-se de Deus e passa a desejar tudo o que afronta a Santidade de Deus. Nos versículos de 14 a 21, Deus impõe os castigos pela desobediência e começa a manifestação de sua graça. E aqui chegamos. O homem está morto em seus delitos e pecados, totalmente depravado e sem condições nenhuma de voltar-se para Deus. Então era preciso um meio, um MEDIADOR. E no versículo 15 o Senhor apresenta a maravilhosa promessa do Messias “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”. Este descendente da mulher, que pisará a cabeça da serpente é ninguém menos que o Senhor Jesus Cristo. O que a serpente fez? Destruiu o homem por causa do pecado e o afastou de Deus. O que Jesus fez? Destruiu a obra do Diabo, estabelecendo-se como caminho de volta para Deus (Jo 14.6). Jesus media nossa relação com Deus que era de dívida por causa do pecado e fatalmente nos conduziria a condenação, pagando esta conta na cruz do calvário, e chamando os eleitos para, por meio Dele, retornarem ao Pai. E este sacrifício é figurado no versículo 21, quando Deus fez vestimenta de peles (animais) para vestir o homem e a mulher. Houve sacrifício. Somente o sacrifício de Jesus pode cobrir e limpar a vergonha dos nossos pecados.
E esta é a razão pela qual nossa salvação é obra de Deus por meio de Jesus, pois não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (At 4.12).
Deus nos abençoe.
***
Texto do Presb. Cícero Pereira, conselheiro da UMP da Quarta e amigo e irmão em Cristo. Colaborador do Púlpito Cristão.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

1 COMENTÁRIO

  1. A maioria dos terroristas, quero dizer, dos pastores fake go$pel, são meiadores entre o homem e Apoliom.
    Porque será que todas as vezes que olho pro Agostinho, personagem do seriado brasileiro global "A grande família"; relaciono a personagem ao magnânimo pa$tor que chama os blogueiros de filhos do diabo???

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui