13 DE JULHO: DIA MUNDIAL DA MÚSICA DO "CAPETA"?

31
683
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Antognoni Misael
Nesta data comemora-se o dia mundial do Rock. E nada mais polêmico do que discutir rock in Roll na igreja. Ou melhor, acho que estou desatualizado. O que era uma “invenção satânica” por parte dos extremistas, hoje virou “adoração mantral” nos cultos solenes em quase todas as denominações, das tradicionais às pentecostais. Dá pra acreditar!
Não existe fonte de inventividade em satanás. O rock nunca foi do diabo. Todos os estilos (blues, jazz, samba, choro, salsa, etc.) em sua beleza não representam sonoramente nada além de criatividade no uso dos componentes básicos da música. O que torna a canção de algum estilo reprovável é sua cosmovisão. Apenas isso.
Ser uma “metamorfose ambulante” realmente é um triste desabor para a igreja e sua liderança. Lamentável é ouvir conceitos sobre tanta coisa sem que antes se estude, se embase. Isso se chama PRECONCEITO!
Se o rock ainda for coisa do capeta, o que dizer do som do Oficina G3, Fruto Sagrado, {Palavrantiga}? Seriam tais grupos os “lobos do metal”? Se o rock ainda for coisa do capeta então joguemos fora os embalados corinhos congregacionais, as agitadas canções do Diante do Trono, Trazendo a Arca, as baladas “alá Coldplay” do André Valadão e os Pop’s ritmados de Kléber Lucas. Mais que isso, o que dizer da famosa banda Hillsong – grande influenciadora de alguns grupos que tentam ser sua Xerox – e sua fiel escudeira no Brasil: Aline Barros? (…) e tudo tem de rock no louvor.
Dá pra indagar por que ninguém mais diz nada? Sabe por quê? Nos acostumamos com o rock em seus diversos formatos e notamos que ele viável quando suas letras são cristãs? Porque nossos “astros” midiáticos em sua ampla influência sobre as igrejas desfizeram o paradigma de que o rock não é aquilo que “aprendemos”. É só mais uma forma de louvar a Deus.
Hoje é 13 de julho, Viva ao Rock!!!
***

Antognoni Misael é músico, historiador e escreve para o Arte de Chocar e Púlpito Cristão.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

31 COMENTÁRIOS

  1. Um "rockzinho" à la anos 80 é muito legal eu não gosto é de rock metal com vozes guturais funéricas.Todos os ritmos são de Deus, menos o pagode,rsrsrs.

  2. "Não existe fonte de inventividade em satanás. O rock nunca foi do diabo." Eu não teria tanta certeza assim, meu irmão, permita-me chamá-lo assim. O que dizer de músicas como pontos de umbanda e do candomblé? Não estou afirmando que o rock é demoníaco, não tenho base para afirmar e nem para negar. Mas reflito a respeito e só acho perigoso afirmar (como afirmado no texto) ou negar peremptoriamente.

  3. Não confundamos o profano com sagrado. Satanás usou Bill Haley, para difundir o rock. A gora rock dentro da Igreja? "E não vos conformeis(no gr. suschematizo, conformar-se ao exemplo de outro, estilo ou aparência externos, acomodando-se a um modelo ou padrão) com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa , agradável e perfeita vontade de Deus"(Rm 12.2). Vamos refutar o ataque do inimigo contra Igreja de Cristo Jesus(Fl 1.16).

  4. legal com base no que nosso amigo escreveu vamos agora ter na igreja, todos os estilos musicais logico que com uma roupagem gospel heheh, funk,forró (romântico,elétrico) e suas variações xote,baião,axé,reggae,pagode baiano,MPB,arrocha, brega e a variação tecnobrega,lambada,as toadas de Parintins,carimbó,salsa,merengue,capypso,sertanejo, pop rock, hip hop,funk,samba/pagode,sertanejo,músicas eletônicas, vaneirão,valsa,milonga,reggae e etc. É isso foi um ctrl c e ctrl v, vai fica muito legal o culto assim…segundo nosso amigo hehehe

  5. O capeta ainda é o mesmo de sempre, a grande maioria dos evangélicos é que mudaram. Acabou o carnaval no inferno, agora só rola musica gospel.

  6. "O meu povo está sendo destruído por falta de conhecimento…" Oséias 4.6.
    Toda cultura foi criada por Deus.E música é cultura ,é arte e vem de Deus conforme Colossenses 1 e Evangelho de João capítulo 1 onde diz que "tudo foi criado por Ele e para Ele",e TUDO inclui a música e letras (Salmos).Segundo as Escrituras,Lúcifer era o anjo que cuidava do louvor,altos louvores até a sua queda,e ele é o maior distorcionista de todos os tempos.Eu ouço canções em ritmo de rock com letras teológicamente corretas e lindas para se cantar.E a Bíblia nos Salmos 96 manda-nos cantar uma nova canção,um cântico novo e rock (estilo musical)foi criado por Deus,e o samba a música da nossa cultura foi criada por Deus para os brasileiros louvarem e adorarem a Deus – as distorções ficam por conta do Diabo em parceria com os humanos.Bono é vocalista da banda U2,é um cristão de excelente testemunho e compromisso,veja as letras de suas canções.Fora com o tradicionalismo que é pior do que rock do capeta e vamos cantar uma nova canção,Salmo 96.
    tito from brasília.
    .Nota: Deus distribuiu diversos dons para as Nações,e o povo brasileiro foi agraciado com o dom da alegria,somos um povo alegre (dom de Deus) para cantar com alegria e não como se estivéssemos em um velório que não acaba nunca. Todo estilo musical foi criado por Deus,Criador e Criativo,a música no céu é 24 horas 7 dias na semana.Confira no livro de Apocalipse.

  7. Voces têm que ouvir os cd's do S8,pra ver o que era o rock cristão!Eu também não gosto de barulho disfarçado de rock.Não existe nada mais pesado do que o som do trovão,do vulcão,do mar,e até no espaço as estrelas cantam(ver video NASA).Cada som tem que ser coerente com a letra para fazer sentido.Não dá pra cantar músicas alegres num funeral,nem ritmos pesados num clima de reverência,pois não combinam com a solene adoração.(atitude de profundo respeito e contrição ).Fora isso,todos os outros estados da alma podem ser refletidos na música ,inclusive o rock,como expressão de louvor e exultação diante de Deus!À proposito,vou ouvir meu rory gallaguer!(secular)A paz de Jesus!

  8. Porque discutir um assunto liderado por Homens que nunca deveram nada a igreja de Jeusu Cristo e deixar de pregar o arrependimento e a salvação?
    Um bando de amadores sem criatividade imitam sem o minimo de pudor essas bandas dentro das igrejolas gospel.
    nunca foram musicos de coisa alguma e querem falar dos caras que surgiram de um mundo sombrio e indepedente.
    Nada tem a perder pois os patetas da Sinagoga de Satanás epregadores da teologia da ganância nunca foram homens pra pregar o evangelho para quem tem argumentos fortes contra a igreja genérica de Jesus Cristo.
    Igreja discutindo Rock, não é a igreja do Senhor Deus, é a salada de florzinhas que se encomodam com que conseguiu tudo o que sempre quizeram se precisar ganhar dinheiro as custas do nome de Cristo.
    Pelo contrário, falam mal de Deus e são milionários, enquanto os desprovidos de criatividade morrem de inveja de uma classe que não se misturam com os pé inxado das esquinas da vida.
    A igreja de Cristo é pequena hoje, mas poderosa pois pregam o evangelho do salvador.
    A igreja genérica está inxada pois depende da frenética emocional conquista das mentiras e dependência dos politicos e um deu$ capacho e frio.
    Em país onde autoridade come na mão de bicheiro, safado vira apóstolo e profeta velhaco e derrotado vende Bíblias profanadas…

  9. Amo a Deus , louvo por ter conhecido Jesus, gosto de uma boa musica sendo rock ou não, instrumentos bem tocados vozes bem colocadas, musica é cultura, é entreterimento, onde esta escrito que o diabo é pai do rock ou que não se pode ouvir rock , tem gente dentro das igrejas fazendo coisas piores, manipulando, roubando , e por ai a fora. ouve rock quem gosta,ouve jazz quem gosta. ouve blues quem gosta ai daqui a pouco jogar bola é coisa do diabo, se divertir de alguma forma é coisa do diabo, sejam felizes e não deem ouvidos pro diabo !!!!!!!!!!!!!!

  10. no pouco conhecimento que tenho, acredito que nem todos os estilos musicais são adequados para um culto de louvor a DEUS na igreja, talvez em cultos públicos em praças, nas ruas pode se fazer usos de algumas cancões com ritmos mais "pesados" "eletrizantes", mais na igreja não, a igreja é um lugar para nos irmos e meditarmos na palavra falarmos com DEUS em silêncio. Gosto muito de Rock, mais não na igreja sempre quando toca rock na igreja me sinto distante de DEUS, parece que um vazio toma conta de tudo. Acho que também para algumas pessoas trazem lembranças da velha vida..minha opinião…..

  11. Paz do Senhor Tito…… Após ter lido teu comentário, não precisei ler mais nada….. Voce falou e disse !!!!!(como falávamos antigamente) ""CANTAI AO SENHOR UM CANTIGO NOVO, CANTAI AO SENHOR, TODOS OS MORADORES DA TERRA"" Sl 96:1 Se é palavra d'Ele porque discutir……..É SÓ CANTAR !!!!!!
    ABRAÇO GAROTO….DEUS ABENÇOE GRANDEMENTE TUA VIDA !!!!!

  12. Discordo do irmão. Fui rockeiro, exímio estudioso da história do rock e digo que o mesmo se originou nas igrejas carismáticas (cheias de heresias), com o blues (o mundo) entrando nas igrejas e sendo moldado a espiritualidade. Desde então a adoracão deixou de ser centrada em Deus e passou a ser centrada no homem! Não há meio termo; o próprio livro de Jó ensina que a música existia antes dos tempos e era para propósito de louvor a Deus; se não louva a Deus, louva ao diabo. Quando estudamos o grau de seriedade e santidade que era exercido na adoracão nos tempos bíblicos, notamos o quanto somos falhos neste aspecto. O mundo deve se amoldar a nós, não nós ao mundo; sejamos cabeca, não cauda.

    Confesso que tenho estado preocupado com o liberalismo deste site e a falta de amor em tratar vários assuntos polêmicos! Sejamos humildes e amorosos!

  13. Irmão Barneze, Como exímio estudioso do rock, aonde podes provar esta tua afirmação? Há dados bibliográficos, registros históricos?

    Acho que o foco do texto não foi compreendido. Quando o assunto é música ou estilo secular, infelizmente ainda impera as escamas. Parece q o furor se antecipa a leitura do texto e os comentários são os mais obsoletos possíveis.

    Mas, vamos lá. Trocando em miúdos quis dizer que não existe fonte de inventividade em satanás e fiz uma crítica a tradição dentro de algumas igrejas evangélicas por abnegarem por anos algo, e em seguida aceitarem como se nada tivesse acontecido.

    Compreendido?

    Agora, se os irmãos não curtem o rock, ou não conseguem adorar com ele, sem problemas. Escutem uma valsa, bolero, mpb.

    Abç

    Paz e Luz de Cristo

  14. Realmente este site está liberal e com muita falta de amor e seriedade ao tratar assuntos tão polêmicos, Sejamos humildes e amorosos(2)!……Bons tempos quando lia os textos do irmão Leonardo e outros que escreviam aqui e sentia a presença de DEUS, aprendi muito com o textos publicados neste site.

    Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém
    2 Pedro 3:18

  15. que nada, Barneze,não esquenta a cabeça, continua frequentando e sentando o pau naquilo que discordas, isso é legal, aqui os neguim são calvinistas, são malucos, liberais, mas pelo menos publicam o que a gente escreve, o que mostra a democracia dos irmãos, eu sempre to brigando com eles e continuo aqui justamente por isto, um abração, a verdade pode ser discutida, mas jamais negada e até hoje não vi isso aqui não.

  16. Tiago 1:17 não fala de ritmo, nunca falou. Fala de dom perfeito q vem dEle. Se a criatividade vem de Deus, e o ritmo é fonte da criatividade, logo dá pra concluir que, é reflexo de …..

  17. tudo depende da forma como é usado e para que é usado,se usar o ritmo do rock para louvar a deus ótimo é claro que vai existir aqueles que vão querer meter um rock pesado e chaqualhar suas cabecinhas, se deus vai gostar ou não é outra coisa, só lembrando tem um pessoal ai que usa o nome de deus para arrancar dinheiro das pessoas e outros para pregar o evangelho, então tudo depende da forma como é usado.

    vigiai meu irmão

  18. Com todo o respeito ao autor do post em questão e a sua ideologia tenho que expressar aqui meu desafeto total à este simplismo teológico que empregamos quando se trata da música no meio Cristão. De um lado estão aqueles que demonizam não somente o Rock, mas também outros ritmos musicais; do outro, estão as pessoas como o autor do presente artigo que recai no velho simplismo: "Todos os ritmos louvam ao Senhor", ou, "não existe estilo musical do diabo" existe letra do diabo. Por favor queridos, sejamos mais criteriosos com a questão. A música não consiste somente de letra, pois senão não seria música, seria apenas um texto qualquer! Isso é lógico! Não é mesmo! Portanto, a letra precisa de um complemento melódico e rítmico para que se transforme em música! E logo partimos para ideia de que cada mensagem cabe mais propriamente ao o estilo musical à ser empregado. Ou por acaso você já ouvir alguma música clássica com leta do Michel Teló! Já pensou?! As quatro estações de Vivaldi com a letra "Ai se eu te Pego!"!!! Ou então talvez alguém aqui já tenha ido em uma noite de Funk onde as letras eram as comumente usadas no Funk, mas o a melodia era a de música indiana ou japonesa?! Qual é gente! Me poupe de tanta reflexão superficial! A música é criada com propósitos! Para exalar a Deus, para ajudar a entrar no estado de transe, para estimular a violência, para acalmar, ou até mesmo para adorar ao Diabo!
    Finalizando, nem tudo se aplica ao modo de vida cristã!

    Deus abençoe a todos! Que Ele nos guie sempre na preciosa verdade do Evangelho!

  19. Querido, o texto realmente não foi uma tese hiper fundada em pressupostos de musicologia teológica. Foi apenas uma provocação a mais um tabu quebrado pela tradição eclesiástica. Entendido?

    Quando ao Rock, Reggae, Bolero, Balada, Música Clássica, Pop, etc., existem "músicas" e músicas. Boas e ruins. Contudo, conceitos que a ciência nunca conseguiu definir como "o belo", são sem dúvida, relexos da criatividade vinda do Pai da Luzes (Tiago 1.17), e a música e suas multiplicidades estão dentro desta perspectiva. Música é só linguagem, meio de expressão, ok? Deixemos de lado a segmentação. O que é pesado pra uns não é para outros, o que é lento e claro para alguns, dá sono em outros. Para isso a diversidade e a cultura, que varia de lugar pra lugar.

  20. Se o Rock é do capeta eu não sei dizer, mas prefiro mil vezes o som imortal dos Beatles e hollyngstone do que aquele som intragável, da dita cultura do lixo, que nasceu nos presídios e guetos americanos.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui