William Lane Craig – Argumentos em favor da existência de Deus: Argumento Ontológico

5
832
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Nesta postagem, Craig apresenta uma versão do argumento ontológico em favor da existência de Deus. Trata-se de um exemplo de argumento a priori, pois parte do raciocínio lógico-dedutivo, sem recorrer à experiência, para demonstrar que a existência de Deus é necessária.
O livro “Em Guarda” apresenta de forma simples e didática este argumento e muitos outros. Recomendamos para quem deseja se iniciar no assunto.
Dr. William Lane Craig possui doutorados pela Universidade de Birmingham, na Inglaterra, e pela Universidade de Munique, na Alemanha.
O Argumento Ontológico
1. É possível que um Ser maximamente grande (que chamamos Deus) exista;
2. Se é possível que um Ser maximamente grande exista, então um Ser maximamente grande existe em algum mundo possível;
3. Se um Ser maximamente grande existe em algum mundo possível, então Ele existe em todos os mundos possíveis;
4. Se um Ser maximamente grande existe em todos os mundos possíveis, então Ele existe no mundo atual;
5. Portanto, um Ser maximamente grande existe no mundo atual.
6. Portanto, um Ser maximamente grande existe.
7. Portanto, Deus existe.

Assine o Blesss
Fonte: Voltemos. Divulgação: Púlpito Cristão.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

5 COMENTÁRIOS

  1. O argumento em questao é o mesmo de decartes…e ja foi derrubado por kant,pois não aplica no predicado o argumento da existencia mas só a frases.a uma extrapolação do nivel da linguagem para o nivel real.Deus esta para alem do ambito empirico.

  2. UM DIA ALGUEM DISSE E EU CONCORDO.
    "OS TEÓLOGOS EXITEM PARA COMPLICAR O QUE É SIMPLES".

    como disse o filósofo baiano praxedes: 'NADA VEM DO NADA A NAO SER O PRÓPRIO NADA" RSRSRS!!

  3. Desconsiderar a possibilidade de inexistência, sabendo-se que, se fossemos usar a possibilidade de inexistência pra fazer o contrário, também seria válido, é uma das (muitas) falhas desse "argumento". 🙂

  4. Deifon está completamente equivocado, pois o argumento ontológico acima nem sequer pressupõe a existência como propriedade. Se você acompanha os trabalhos desenvolvidos por Alvin Plantinga, Robert Maydole e William Lane Craig (entre outros), verá que nenhum desses proeminentes filósofos afirma que a existência é uma propriedade. Pelo contrário, o argumento acima é totalmente imune à crítica de Kant. Simplesmente é afirmado a possibilidade da existência de Deus. O triunfo desse argumento está no fato de que ele lança uma nova luz totalmente sem precedententes na história desse argumento. Maydole, bem como outros, admitiram que a existência não é uma propriedade, mas graças ao desenvolvimento da Lógica Modal e, sobretudo, do sistema S5, os mesmos vieram a perceber que a existência necessária é uma propriedade. Ou seja, existir necessariamente significa que um ser tem a propriedade de existir em todos os mundos logicamente possíveis de maneira completa e sem variações. Em outras palavras, é impossível que tal ser não exista. É exatamente o que o argumento ontológico acima afirma. Kant se tornou obsoleto.

  5. bom primeira coisa isso é uma analise dele do ponto de vista dele, não tem logica se todo mundo acreditar no ponto de vista dele, não podemos pensar se deus existe ou não, so temos que pensar aquilo que esta na nossa visão e não jogar um subjetivo na quilo, e como se fosse imaginação em cima de imaginação,é facio vc pensar em coisas sem logica que não esta na nossa visão, mais não a motivo para vc acreditar nessas coisas que so existe na mente, não a motivo de vc acreditar em interpretações sem evidencias de outras pessoas, se existe uma coisa superior alem de nos nem deveriamos dizer se é forte ou como que é não podemos ter noção como é essa coisa alem da nossa visão porque vivemos no mundo de interpretações de imaginario de cada pessoa, seria muinto egoista para um cristão em não acreditar em outras interpretações imaginarias.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui