Porque não acredito em pregações de autoajuda

21
739
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Lamentavelmente, do Oiaopoque ao Chuí o que mais vemos são pregadores despreparados assumindo os púlpitos de suas igrejas. Na verdade, ouso afirmar que encontrar um bom pregador cuja teologia seja saudável é quase uma missão hercúlea. Confesso que estou cansado de ouvir pregações vazias, superficiais, materialistas, humanistas e triunfalistas, de gente que contraria totalmente o ensino bíblico.

  Infelizmente o que mais se ouve em nossos púlpitos é “você vai obter vitória”, “Você é um vencedor”, “tome posse da bênção”, “Use a palavra para trazer à existência as coisas que não existem”, “determine, decrete, diga para o irmão que está ao seu lado e bla, blá, blá…”

Assine o Blesss

Para piorar a situação, nossos púlpitos estão repletos de pregadores que abandonaram a exposição das Escrituras em detrimento a técnicas de auto-ajuda. Nessa perspectiva,  tenho sido testemunha de inúmeras pregações cujo foco final é a satisfação humana. Aliás, por acaso você já percebeu que boa parte dos pastores tem dado forte ênfase a técnicas de psicologia e psicanálise em suas homilias? Pois é, a impressão que tenho é que alguns pregadores se tornaram psicólogos, mestres de auto-ajuda, afagadores do ego.Diante do exposto gostaria de elencar algumas razões porque não acredito em pregadores e pregações de autoajuda:

1- Pregadores de autoajuda pregam aquilo que o povo quer ouvir e não o que precisa ouvir.

2- Pregações de autoajuda  tiram Cristo do foco. O foco central de mensagens deste tipo de mensagem é a satisfação humana.

3- Pregações de autoajuda são desprovidas de arrependimento, quebrantamento e centralidade das Escrituras.

4- Pregações de autoajuda não focam na glória de Deus. Para os pregadores  do bem estar, o que importa é a busca pela plenitude de vida, ainda que com isso, Deus tenha que ser transformado em um menino de recados.

5- Pregadores de autoajuda não pregam sobre a volta de Cristo, sobre o Justo Juiz, nem tampouco sobre juízo vindouro, além é claro das doutrinas fundamentais a fé crista.

6- Pregadores de autoajuda são positivistas, muitas vezes pelagianos, e outras tantas animadores de auditório.

7- Pregadores de autoajuda não fundamentam suas mensagens nas Escrituras e sim naquilo que Freud e outros gurus da psicologia e psicanálise acreditavam ser bom para o homem.

8- Pregadores de autoajuda relativizaram as Escrituras em detrimento as suas percepções ideológicas.

9-Pregações de autoajuda, não pregam “Tota Scriptura” e sim somente aquilo que consideram conveniente.

10- Pregações de Autoajuda contribuem com uma visão distorcida do Eterno, fazendo de Deus um ser apequenado, cujo propósito de existência é satisfazer os caprichos humanos.

Caro leitor, à luz dessas afirmações confesso que sinto-me profundamente entristecido em ver que homens de Deus têm abandonado a suficiência das Escrituras em detrimento aos ensinamentos humanistas. Ora, sem a menor sombra de dúvidas a Bíblia é fonte inesgotável, incomparável, insubstituível, indispensável, inequívoca, indiscutível de sabedoria. As Escrituras Sagradas contém remédio para a psiquê. A Santa Palavra de Deus é o nosso maior e melhor manual de aconselhamento. Como bem disse o salmista: a Palavra de Deus é “perfeita e restaura a alma”; é “fiel e dá sabedoria aos símplices”; é correta e alegra o coração; é pura e “ilumina os olhos”. Seus ensinos são “mais desejáveis do que o ouro, mais do que muito ouro depurado”. Por meio dela, o povo de Deus é advertido, protegido do erro e de angústias, e, “em os guardar, há grande recompensa” (Sl 19.7-11).

 Pense nisso!

***

Renato Vargens é pastor, conferencista e colaborador do Púlpito Cristão.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

21 COMENTÁRIOS

  1. "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;
    E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas".
    2 Timóteo 4:3-4

    Precisa falar mais alguma coisa?

    Em Cristo

    Gilberto

  2. Um dia desse minha irmã por um milagre teve "oportunidade" de falar.
    Ela leu as "boas aventuranças" as palavras do proprio Jesus..e falou que Jesus não prefere os ricos como se tem dito por aí..Gente é só ler as boas aventuranças que esses pregadores são desmascarados!
    Porem o pastor que dirigia o culto disse que ela (a minha irmã)não quis dizer isso não!Que Deus quer que todos sejam ricos!E que se a pessoa não esta sendo abençoada financeiramente é porque ela tem algum pecado!

  3. otimo texto,ralmente nossas igrejas estao se perdendo o foco que e a palavra de Deus pura,para levar o que e melhor para a aparencia do homen carnal.

  4. Renato,

    Por muitoooo tempo me debati nos mesmos questionamentos e também na busca de um púlpito verdadeiramente Cristocêntrico, liberto do fermento religioso humanista, pois sempre quis congregar em um lugar onde eu fosse alimentado pela sã doutrina.

    Infelizmente o maior campo missionário da atualidade é a própria igreja brasileira, pois o essencial foi deixado de lado.

    Pela graça e misericórdia do Pai encontrei um púlpito Cristocêntrico, que prega a revelação da pessoa de Cristo sob a graça de Aba.

    Compartilho com você pois creio que conheças o ministério do pastor Glênio Paranaguá da PIB de Londrina (www.palavradacruz.com.br) que possui um porjeto chamado Literatura com Propósito, que visa a distribuição de literatura limpa para lideranças, numa tentativa de despertar as mesmas para a centralidade da morte e ressurreição com Cristo.

    Recomendo o cadastro neste maravilhoso projeto http://www.editoraide.com.br/pjliteratura.asp

    Um forte abraço, graça e paz,

    JB

    https://www.facebook.com/AHORADAPALAVRA

  5. Muito boa reflexão, pertinente à realidade da Igreja de hoje, com muita tristeza vemos a apostasia dos últimos ao qual nos fala o Apóstolo Paulo (e esse era Apóstolo mesmo)e ouvimos tantas "batatadas" nos púlpitos, de onde se deveria ministrar a Benção sobre o povo,mas que atualmente têm estado repleto de pregadores de mentiras, que distorcem as Sagradas Escrituras, para sua própria destruição.Mensageiros confusos teologicamente que causam na Igreja males por muitas vezes irreparáveis. A Nossa luta deve ser para retornarmos novamente à pregação Bíblica , que alimenta a alma, que tenhamos coragem e vigor para denunciar o erro e o pecado do arraial dos Servos…. A PAZ DO SENHOR JESUS !!!

  6. A paz do Senhor Jesus a todos… agradeço muito por esta postagem, eu concordo plenamente com as suas palavras Pr. Renato, tem um ano que me batizei e que estou firme em Cristo e não é de se admirar que tenho inúmeras dúvidas… mas sempre tive essa opinião tanto relacionado á palavra como com os louvores onde também habita esse problema, muitos querem o palco.. os elogios… os aplausos e a verdadeira adoração onde está? e o foco que é a salvação cadê? infelizmente é a realidade de hoje.

  7. concordo plenamente com o exposto…jesus nao veio a essa terra para massagear o ego de ninguém e sim salvar o pecador do engano do pecado…

  8. Sabe de uma coisa irmãos; acredito que o maior problema do ensino dos textos bíblicos nas Diversas denominações conflitarem, está na falta de unidade. É, na falta de unidade do programa de inúmeros seminários teológicos que se multiplicam a cada dia. Hoje qualquer pessoa pode se transformar em pastor, missionário, etc…, bastando para tal que se inscreva virtualmente em cursos disponíveis na internet, sem que seja avaliada a idoneidade da pessoa, o chamado, caráter, compromisso, entre outros segmentos.Fala-se que é ruim a perseguição aos cristãos,mas talvez se vier a acontecer algo parecido em nosso país, a grande maioria pensaria antes de pendurar a placa de uma nova denominação! Permaneceriam então somente aqueles com verdadeiro compromisso junto ao Bom Deus! .

  9. Com raras exceções, é isso que se vêr: uma religião descompromissada, onde a questão é me satisfazer.Sempre quando vejo esses "cultos" lembro um programa de auditório. Que saudades tenho daqueles programas evangélicos de reflexão biblica….que pena que chegamos onde chegamos……

  10. Infelizmente essa é a dura realidade das nossas igrejas, aquela que é chamada de corpo de Cristo,mas é um corpo com deficiencias, com necessidades especiais que não caminha com seus membros fortalecidos na palavra,um corpo que o cabeça pensa de uma forma ,mas as suas articulações já não obedecem aos seus comandos, são levados em rodas a todo vento de doutrina,inconstantes,querendo satisfazer a suas vontades,do que se render a vontade de Deus.Estou indignada, pois sei de lugares que as pessoas nem sabem o que é o sacrificio de Jesus,nem sequer sabem o que estão fazendo na igreja,são manipuladas a tal ponto que tudo o que escutam é como se fosse a verdade mais pura e mais autentica,pessoas que se desesperam em achar que se não forem frequentadores de tais lugares estão condenadas a hereges da vez.Se alguem ai conhece alguem assim , não fique parado,se vc acredita que Jesus é o unico que tem o poder regenerador e transformador não se cale.
    Graças a Deus por este espaço.

  11. a verdadeira adoraçao a pureza e o serviço cristao,pra nao falar da salvaçao,eata (salvaçao)quase nem é mencinada +,estas "coisas" foram deixadas de lado,como algo ultrapassado,afinal há tanto que conquistar pra satisfazer o proprio ego e parecer aos olhos alheios um "ungido" de uma casta + elevada de cristao,e tambem da trabalho abrir mao dos proprios desejos em detrimento de DEus e do proximo.obs:Mt 16:26. Que Deus abençoe a tds.

  12. busco sempre a verdade e fujo desse evangelho apelativo com intuito de ganhar vidas para seu propio beneficia , eles estao perdendo espaço ninguem consegue manipular alguem com mentiras e tirar a liberdade que em cristo alcançamos , embora em minoria estamos firmes no proposito de levarmos a verdade da paravra de Deus aqueles que tem o coração de Deus e as mentes aberta a voz do espirito de

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui