Evangélicos não praticantes

39
400
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Maurício Zágari
Até o início de minha vida adulta eu ouvia falar de “católicos não praticantes”: em geral, indivíduos nascidos de pais católicos, batizados na igreja católica, que iam a uma missa aqui e outra ali, quando tinham de dizer sua religião se apresentavam como católicos… Mas que não faziam a menor ideia do que dizia a Bíblia, não sabiam nada de história da Igreja, não se comportavam segundo a ética cristã. Enfim, eram os “católicos nominais”. Hoje eu chego aos 40 anos de idade e sou obrigado a admitir que essa lepra contaminou os evangélicos. Sim, estamos cercados por todos os lados por evangélicos não praticantes, um fenômeno relativamente novo. “Os bíblias são pessoas sérias”, dizia-me meu avô, católico não praticante, quando eu era criança. Nos nossos dias eu temeria repetir as palavras do velho João Zágari. Pois os evangélicos nominais estão se alastrando numa velocidade crítica. E as redes sociais estão esfregando isso na nossa cara de modo inequívoco.
A grande diferença entre o católico não praticante e o evangélico não praticante está na freqüência às reuniões religiosas semanais: enquanto o católico não praticante vai vez por outra à missa, o evangélico não praticante vai todo domingo à igreja. E as diferenças param por aí. Pois o evangélico não praticante não lê a Bíblia. Simplesmente não lê! Passam-se sete dias na semana, ele pode ter 3 ou 4 bíblias de estudo em casa mas não toca nelas. E, como não lê, não sabe o que ela diz. Não a estuda. Se lê alguma literatura cristã é de autores água com açúcar, como Max Lucado, Augusto Cury (ele é crente, né?) e meia-dúzia de escritores brasileiros da moda. E isso entre a leitura de “A Cabana” e “Crepúsculo”.
A fé do evangélico não praticante é por tabela: forma suas crenças com base no que outros pregaram, cantaram, falaram. Por isso, fica assustadíssimo quando dizemos que a frase “não cai uma folha da árvore se Deus não deixar” não está nas Escrituras. Mas, curiosamente, acha que entende à beça de Bíblia e entra em profundas discussões teológicas como um jogador de futebol discutindo física quântica. Peita grandes teólogos e líderes religiosos com mais de 30 anos de estrada como se fossem acéfalas peças de museu sem contato com o mundo real. A verdade pertence ao evangélico não praticante.
Esse é um verbo muito presente nos lábios de um evangélico não praticante: “Achar”. Você entra em uma argumentação com ele sobre um tema bíblico e a resposta contém quase sempre esse verbo: “Ah, mas eu não acho que seja assim não”, justifica-se, com sua teologia de corredor de igreja. E quando você embasa seus argumentos em cinco ou seis passagens, em normas de hermenêutica, em princípios da exegese, ele desconversa e sai com um “Ah, mas eu já ouvi o pastor fulano dizer no blog dele que…” vira as costas e vai embora. Sempre “achando”, claro. Não tem jeito: o evangélico não praticante é um analfabeto bíblico: não se interessa por ler a Bíblia e monta sua forma de agir e de ser em cima de um achismo cristão absoluto.
O evangélico não praticante também não sabe nada de história da Igreja. Não entende a cronologia do Antigo Testamento, ignora fatos da Igreja primitiva, fala enormes bobagens sobre a “maldita igreja institucional”, questiona pontos elementares, que os patriarcas dos cinco primeiros séculos já responderam. Aí você explica, diz o que foi debatido nos concílios, conta como se deu a sistematização de certas praticas e doutrinas e…”Ah, mas eu não acho que seja bem assim”.
O evangélico não praticante tem opiniões próprias sobre aquilo que Deus deixa claro nas Escrituras. Como não as conhece, tem conhecimento sobre algumas informações soltas a respeito do Altíssimo e a partir delas formula toda sua doutrina de fé. O argumento predileto: Deus é amor! Então não me venham dizer que Deus é contra o divórcio, o namoro em jugo desigual ou mesmo falar uns palavrõezinhos, pois Ele ama todos e por isso não ia querer a infelicidade de seus filhos nem fica cerceando nossa liberdade! É a graça! É o amor! No achismo do evangélico não praticante Deus libera tudo pois… Ele é amor e, afinal, vivemos na dispensação da graça! Quando você explica a ele que havia graça no Antigo Testamento e Lei no Novo ele fica revoltado e logo solta um “Ah, não acho isso não”.
Para o evangélico não praticante, ira de Deus, justiça de Deus, ciúmes de Deus e a possibilidade do inferno são coisas muito estranhas, pois… Deus é amor! Deus é graça! E como acha que Deus é uma espécie de homem grandão com superpoderes, não consegue assimilar o conceito de um Deus incompreensível e inalcalçável à mente humana, de uma natureza tão diferente da nossa, tão mais elevada, sublime e misteriosa, que não dá – como Romanos 9 deixa tão claro – para compreendê-lo tendo o homem e seus valores antropocêntricos como parâmetro.
O evangélico não praticante possivelmente ama louvores da moda. Vibra com cantores gospel que tocam na rádio. Pois, por ser biblicamente analfabeto, não consegue enxergar a superficialidade e até os erros teológicos contidos nas letras. Se você critica o que o gospel business produz, o evangélico não praticante repete aquele argumento bobinho que ouviu do pastor da televisão que não quer ser criticado porque inventa heresias da prosperidade para ganhar dinheiro e comprar o seu jatinho: “Ah, eu acho que quem critica é porque não sabe fazer melhor”, ou “Ah, eu acho que o crítico é um invejoso do sucesso dos outros”. Ou ainda: “Ah, eu acho que o critico é um enrustido”.
O evangélico não praticante não tolera que você questione a presença de artistas gospel em programas de TV seculares ou que você diga que aquele pastor famosão que fica plantando tags no twitter e tem milhares de fãs está dizendo heresias. Afinal…ele é famosão! Defende a Igreja! Aparece no Jornal Nacional! Tem o sobrenome dos cantores gospel da moda! Como alguém assim poderia estar errado??? “Ah, não acho não…”. O evangélico não praticante é tão limitado em seu discernimento espiritual que não percebe que fazer eventos gigantescos não avança a causa de Cristo. Que o Evangelho é pregado muito mais eficientemente no boca a boca do que com um plim-plim no meio. “Afinal, temos que pregar a tempo e fora de tempo!”, brada sem entender as verdadeiras razões que levaram aqueles artistas gospel ao palco. Ele REALMENTE acredita que a nação toda se converterá porque a cantora gospel da moda foi a um programa de TV da Globo ou ao Raul Gil. “Ô glória, uhuuuuuuuuuuuu!!!! Hooooooooooo!!!”, brada exultante com a cantora que faz o povo ímpio balançar as mãos do mesmo modo que um cantor de pagode faria – e com dançarinas seminuas atrás.
O evangélico não praticante ora pouco. Ora sempre antes das refeições porque, ora bolas, é o que um evangélico faz! Mas não tira momentos para Deus. Não abre mão do seu programa de TV favorito para dedicar 15 minutos ao Pai. Para isso servem os cultos, não é? Se jejua não sabe explicar muito bem por que devemos jejuar, mas afinal o pastor disse que era para jejuar e os irmãos da igreja jejuam, então ele acha que jejuando fará parte da galera. Mas não sabe explicar a mecânica ou a teologia por trás do jejum. O evangélico não praticante acha que estudar teologia é besteira, o importante é amar! “Ah, eu sou de Cristooooo!”, estufa o peito.
O evangélico não praticante um dia morrerá e não irá para o Céu. E só de eu falar isso ele já se irou e pensou “quem é você para julgar os outros???”. Pois o evangélico não praticante acha que qualquer coisa que que contraria sua fé popular é “julgamento”. Mas eu digo isso por uma simples e óbvia razão: o evangélico não praticante… não pratica o Evangelho.
Paz a todos vocês que estão em Cristo.
***

Maurício Zágari é Jornalista e editor do Blog Apenas1. Divulgação: Púlpito Cristão.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

39 COMENTÁRIOS

  1. Ixi ,isso é o que mais tem por aí! e aqueles camaradas que por ter mais tempo dentro da instituição eclesiástica acham dominar todos os misshhtérios e amam falar Jeová nissi , rafa … e Qndo um impio pergunta o significado responde:"sei lá ,o pashtô que fala e eu repito!" . certa vez comentei com uma irmã sobre um estudo biblico que eu fazia no momento e ela disse:"ah,eu Ja estudei isso ,fiz um curso biblico de SEIS MESES !". Toma Mackenzie ! aprende Rev. Nicodemos! vcs ficam aí com cursos teológicos "ineficázes" que duram anos ,deviam ir na Madureira do centro de Atibaia e aprender a "briba" em SEIS MESES! Nem seu Creisson agarante essa!
    ripalápatraz Giová!

  2. Amei suas definições sobre o assunto, pois é isso mesmo que acontece em nosso meio…infelizmente. Deus abençoe essa sua maneira ser irmão, e possa sempre estar sendo usado por Deus nesse blog. Deus te abençoe…!

  3. O pior dessa triste verdade são os pastores "não praticantes" que criam cada vez mais pessoas evangélicas e não cristãs. Pessoas dispostas a comprarem bíblia comentada para viverem a experiência de Deus com os outros e não buscar a dela própria.

  4. Paz e graça,meu querido concordo plenamente com o irmão,imagine esse "evangélioo não praticante " um lide na igreja ,que estrago ele não esta fazendo !
    que o senhor nos ajude .amém .

  5. Paz e graça! Grande texto que mostra a atual realidade da igreja "evangélica brasileira". Cada vez mais estamos nos parecendo com as igreja da América do Norte e da Europa (igrejas mortas). Vamos as igrejas apenas "quando dá", pois estamos sempre muito ocupados para estudar a Biblia ou orar e termos nossa própria experiência com Deus. Preferimos nos basear na palavra proferida pelo pastor ou por aquele irmão que está a anos na "igreja"(os achismos), pois é muito mais cômodo (como fazem muitos católicos). Afinal, estudar a Bíblia, orar, e ter uma vida com Deus dá muito trabalho … Hoje em dia é muito mais fácil "viver" o evangelho de Gezuis. Deus abençoe.

  6. Amigos,

    O evangélico não praticante e praticante (o que se acha e não é) é o fruto de uma arvore e como se pode exigir bons frutos de uma arvore que não produz bons frutos. Logo o erro está na arvore!

    Esta arvore está com as raizes profundas e seus galhos secos tocam o céu, mas não produz frutos bons e o pior é que a própria arvore reclama de seus frutos!

    Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois dos espinheiros não se colhem figos, nem dos abrolhos se vindimam uvas.
    Lucas 6:44

  7. Excelente reflexão !!! Que Deus continue a te abençoar e a te usar, para nos fazer lembrar que o que achamos ou sentimos, não está acima das escrituras. Paz a todos.

  8. Eu nunca pensei que eu ia viver para ver esse momento do evangelho.
    Banalização das coisas sagradas e exaltação de atitudes místicas e religiosas.

    Misericördia.

  9. Gostei muito do seu texto, parabéns. É importante após uma leitura como essa nos voltarmos para dentro de nós e analisar nossas atitudes, para que não venhamos a ser como um "evangélico não praticante", pois se nos descuidarmos por um segundo se quer estamos propicios a ter atitudes assim. É muito mais fácil ser um evangélico dessa maneira do que um evangélico verdadeiro, por isso devemos seguir a cada dia na luta para nos mantermos no caminho correto, o caminho de Cristo.

  10. Leonardo

    Será que parte dessas pessoas não são apenas crentes infantis? No primeiro século, tento mestres do Calibre de Paulo, Pedro, João, Tiago, Apolo, etc, ainda assim haviam crentes que se mentinham infatis por mais tempo do que deveriam. Hoje, na época dos Macedos e Benny Hins, seria de se estranhar que a infantilidade impere?

    De qualquer forma, sendo infantis ou falsos crentes, é menor o estrago que eles podem fazer que o estrago que tem sido feito pelos falsos pastores, falsos profetas e falsos mestres.

  11. Verdades doloridas.

    * * *

    O Cury deve ser católico: na sua série de livros "Análise da Inteligência de Cristo" ele nem sequer mencionou, muito menos analisou a relação de Jesus com os outros filhos de Maria.

    Mas talvez tenha sido uma omissão proposital para não contrariar os leitores católicos.

    * * *

  12. Pois é,o texto muito bom?
    eu acredito para ter uma comunhao com DEUS,nao é preciso fica dentro de uma igreja 24h.
    e se ler a biblia e estudar o que ler para ter certeza da palavra do senhor Jesus Cristo.

  13. Anencefalia judiciária!!!! 8 anos para chegarem a esta conclusão ? pelo menos desta vez ouve uma vitória do ESTADO LAICO as leis não podem ser impostas apenas porque alguns grupos religiosos querem , espero que os três poderes deste país parem de levar a sério os idiotas da CNBB,CGADB e afins, a descriminalização do aborto já era para ser uma coisa legaliza a muito tempo, quem é contra por motivos religiosos, éticos ou filosóficos, certamente não irá cometê-lo, independentemente do o ato ser lícito ou ilícito

  14. Paz irmão Diocélio

    Eu compreendi o texto sim, ainda mais por que Ja fui dos não praticantes , e tbm fui perito em "achologia"gospel. Apenas citei exemplos de pessoas que têm um conhimento superficial , não praticam, e vivem de aparências, com palavreado próprio do "meio" .Escrevi num desabafo ,então posso ter perdido a linha ao me expressar… Esse paradoxo crente do mundo não me é novo .

    Deus lhe abençoe .E se ele quiser ,um dia eu aprendo a me expressar!

  15. parabéns texto excelente, muito bom mesmo, mas axo que o emerson luis deve ser não praticante pois tentou desviar o assunto, fazendo algo típico do não praticante quando nào ler a Biblia. tem um metodo infalivel, comentar sobre outra religião.
    quantas vezes temos cultos em que só tem dois assunto.
    dizimos, e doutrinas da igreja católica.
    mas espero que seu texto sirva como fonte de reflexão. para olharmos para os nossos erros, paz de cristo.

  16. Infelizmente é a pura realidade,vivemos no tempo de total apostasia da palavra,os"evangélicos" por pura preguiça(ou falta de compromisso mesmo) preferem comer no fast food de alguns, que não tem compromisso com a verdadeira palavra,e acabam engolindo tudo o que ouvem como se fosse a mais pura verdade,só para terem desencargos de consiencia.Mas ainda creio que alguns não dobraram os seus joelhos a outros deuses.
    Misericordia Senhor!!!!

  17. Deixa eu ver se eu me encaixo nesse negocio ae..:
    Eu me assustei com o “não cai uma folha da árvore se Deus não deixar”!!!! Eu já li alguns livros da biblia e muito! Mas hoje eu não leio nada, NADA! UI. Eu comprei o livro a Cabana! Achei lindo o começo (chorei com a visão da trindade), digo o começo porque me disseram que prega que não existe inferno. Desanimei de ler, mas ainda continuo mesmo assim. Calma, eu acredito no inferno, infelizmente.
    Me converti numa igreja com o louvor muito forte, mas hj percebo que erravam em cantar muito sobre o EU, e letras vazias como "eu digo sim sim senhor!". Era neopentecostal (ñ sei se é ainda), pregava contra a Teoria da prosperidade, mas eram dos que criam "tudo copera para o bem…espera sua benção". Mas não desprezo, era uma igreja de muito calor humano, tinha sempre alguem para cuidar de vc. isso me acostumou mal, baixou o conformismo. Não que eles não tenham me ensinado nada de bom, mas eu me ferrei e custei pra abrir os olhos pra muita coisa. Sobre o meio GOSPEL. Sinceramente, não gosto mais dessa pelavra. é modinha. parece. É, os cantores estao me irritando, a Igreja Ev. Inst. está me irritando, e muito! tá virando clubinho…Adoro ler, pensamentos cristao em blog sites, mas nao leio a Biblia. Não sei pq. E eu tenho sede, qdo to no culto (to indo em uma batista, o pessoal parece q estuda mais por lá) eu leio um vers. e nao paro! as vezes eu esqueço da pregação e vou lendo..nao sei pq eu nao leio depois… Me vem na cabeça de fazer teologia (e muito! todo dia, nem parece né?) grego, aramaico, hebraico…mas eu trabalho e estudo, vivo cansada. Isso não é Desculpa. AI
    E EU ACHO MUITA COISA! Não me conformo com esse negocio de mulher não poder liderar, e ter de ser submissa no casamento. Me doi. ah! e eu me converti em 2006! E não sei pq a gente não pode beber cerveja, nem jogar na loteria….É, TO FERRADA, DEUS TENHA MISERICORDIA! =(

  18. Caramba! Grande cometário! Apesar de eu já ter feito um neste post, fico feliz de encontrar um que sintetizou perfeitamente o que eu tentei dizer. Deus a abençoe.

  19. Parabens pela clareza do texto, e infelizmente é a mais pura realidade da sociedade crista hoje em dia, que pega uma frase que vê na biblia, e esquece de ver o contexto… não são como os bereianos, só sabem engolir o que o pastor penteca da prosperidade fala na televisão, e ainda gasta seu tempo lendo a cabana, pra dizer que esta lendo algo de Deus, e assistindo raul gil…

  20. Bom dia Mauricio!!!
    Gostei da materia e creio que ela poderá auxiliar muito os cristãos. Entretanto, gostaria de fazer algumas obervações ao comentário. Primeiro, é indiscutivel que a BIBLIA e somente ela é livro utilizado pelos cristãos para entenderem a palavra de DEUS. Outras literaturas, por ventura usadas para este fim, portanto, devem necessariamente estar baseada na palavra de DEUS. Eu entendo que existem literaturas que nos ajudam a compreender. Vou citar um exemplo: o texto que você mesmo acaba de escrever acima !!! Viu? Existem literaturas que nos ajudam. Então, não entendi a critica agua com açucar a Max Lucado e Augusto Cury e provavelmente outros que você conheça da mesma linha. Pode ser que eles não agradem a você. Mas, penso eu, o cristão deve, por obrigação, filtrar muitissimo bem aquilo que lê relativo a estas literaturas para não se deixar levar por ventos de doutrina fora da BIBLIA. Aquilo que já li desses dois citados tem algum valor sim, se bem que, confesso, não li muito. A segunda coisa: por que será que, então, há tantos "evangélicos" não praticantes? Você colocou o dedo na ferida na própria matéria dando claros indícios. Mas, o mundo "evangélico" que enche a boca pra dizer "o povo de DEUS" e diz que somos 30, 40, 50 milhões de evangélicos no Brasil (pra mim é uma controvérsia afirmar isso) não é responsável por isso, também ? Virou moda. Está todo mundo usando!!! Fica na paz amigo.

  21. Ótimo texto, curto e grosso, como uma lata de Leite Moça, ainda sou bem jovem nesse meio, mas já pude começar a amadurecer e é realmente algo que a cada dia mais cresce, cada dia mais há pessoas que não tem conhecimento algum de nada e nem fazem por onde ter, esses dias estávamos conversando eu e um grande amigo meu na calçada da minha casa, quando de repente aparece um irmão extremamente usado por "deus", o cara é mestre em "revelamento da vida dos outros" coisa de louco, mas pra não dar cabimento começamos a falar de bíblia e o irmãozinho, com seus 20 de "qrente" levou uma surra de dois meninos de 3 anos de fé…

    Viver de qualquer jeito é fácil, mas viver o Evangelho é levar a cruz a cada dia, e isso não é nada fácil.

  22. Irmão em cristo, eu sou ctolico "praticante" e gostei do ponto de vista do pastor , na verdade estamos vivendo uma crise de fé que infelizmente assola o Cristianismo onde vem crescendo o culto de outras religiões ex; Islamismo….etc.

  23. Parabéns pelo texto!

    Considero em particular um absurdo como não se importam com o problema do jugo desigual. Cansei de ver em minha igreja mesma gente deixando de ir aos cultos, por causa de influência de companheiro não-cristão. Não posso conceber como Deus abençoaria um relacionamento entre pessoas de valores diferentes. Só o Diabo aceitaria tal circunstância. Se eu fosse pastor de uma igreja, expulsaria da minha congregação qualquer membro que se envolvesse amorosamente com quem não fosse cristão. Bastaria a simples menção de que está interessado em alguém que não é cristão para que sofresse uma disciplina severíssima, bem como não participar da ceia, por exemplo. A religião deve estar acima do amor, pois o coração é enganoso. O amor jamais pode se sobrepor à igreja e à religião. Malditas são as uniões sob jugo desigual. Amen!

  24. Meu Deus, agora falou sério mesmo. E tá cheio deles por aí, pastores que não oram, não tem nenhum prazer em ler a Bíblia, mas sabem manipular a massa dos evangélicos "não praticantes" e isso pra eles basta.

  25. A realidades é essa, nasci em um lar cristao, sou de familia crista…a trinta anos atras, numa sala de aula com 40 crianças eu e minha irma eramos as unicas evangelicas…hoje,na sala de aula de nossos filhos, a metade se dizem evangelicos!Crescemos em quantidade…mas a qualidade…SENHOR JESUS, MISERICORDIA!!! Que o Senhor Jesus use de Misericordia da IGREJA no BRASIL!!Que Ele possa gerar nos coraçoes de seus filhos sede pela SÃ palavra…filhos sedentos da vida de Deus e de sua presença…filhos qua nao amam o presente Século, filhos que buscam uma mente renovada no Espirito e nao tomam a forma deste mundo…Que possamos crescer no Pleno conhecimento de Cristo, que nao sejamos como aqueles que sempre aprendem e JAMAIS CHEGAM AO PLENO CONHECIMENTO DE DEUS!! Vendo essa realidade da IGREJA hoje, que possamos nos protrar DIANTE do PAI…que o Senhor possa usar cada um de nós que andou mais um pouquinho e recebeu mais um pourco de luz pra mudar o meio onde estamos,que possamos alimentar os nossos conservos, que possamos supri-los do genuíno leite esperitual, para que seja dado a eles crescimento para SALVAÇAO…Que pssamos ser encontrados Fieis!! Já é ultima hora, os dias se abreviam, a iniquidade tem aumentado(no contexto biblico) é no nosso meio, nao é no mundo, pois o mundo JAZ no MALIGUINO!!O Caminho da VERDADE tem sido infamado por causa da Avareza, e o povo de Deus tem sido comercializado por falsos mestres, guias cegos, que lideram segundo seus interesses!!!Certamente, já é ultima hora!!Que o Senhor possa contar conosco!!!Podemos sim, fazer uma anelise critica desta situaçao, mas que nos sirva de advertencia e assim voltar-mos o nosso coraçao diariamente ao nosso Senhor , para que Ele nos livre desta ERA de trevas! Que possamos crescer na GRAÇA e no CONHECIMENTO DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO!!!

  26. A PRATICA EM SI NAO É COLOCAR UMA SAIA, OU CABELO CUMPRIDO, NAO FALTAR OS CULTOS E FAZER TODAS AS CAMPANHAS,. A PRATICA É FICAR E OBEDECER O QUE JESUS FALOU COMO PRATICA, É CRE NAQUILO QUE ELE DISSE; JESUS DISSE QUE A LEI E OS PROFETAS DURARAM OU VIGOROU ATE JOAO BATISTA E AS PESSOAS VIVEM NA LEI E GRAÇA., JESUS DISSE ATRAVES DOS APOSTOLOS QUE ABOLIU A LEITURA DO ANTIGO TESTAMENTO E AS PESSOAS FINGE QUE JESUS NAO TA FALANDO COM ELAS;O HOMEM APRESENTA CRIANÇA NO ALTAR E JESUS ABOLIU ESSE RITUAL JUDAICO., JESUS FEZ UMA NOVA ALIANÇA E AS PESSOAS NAO TAO NEM AI PRA JESUS PRA ELA TANTO FAZ A PALAVRA DE MOISES OU DE JESUS ,OU LEI E GRAÇA É ENSINADO QUE É TUDO A MESMA COISA.,; UM ENGODO TERRIVEL;.,

    DEPOIS A IGREJA PEDE CAMPANHAS E MAIS CAMPANHAS DE AVIVAMENTO, COMO ISRAEL PEDIA HOOO SENHOR RENOVA-NOS, TERRIVEL,.;A IGREJA NAO PRECISA PEDIR AVIVAMENTO ELA PRECISA CRE NA HERANÇA QUE CRISTO DEIXOU;.

    POXA É TAO CLARO AS ESCRITURAS.

    GRAÇA E PAZ

  27. Otima leitura!bem falado, porem no final, no qual faz o julgamento se vai ou não vai pro céu,vejo um equivoco,pois não viemos ao mundo pra julgar,senão nos tornamos doutores da lei,melhor seria ter compaixão do não-praticante e não julga-lo.

  28. Muito bom o texto. Um fato lamentável!

    sobre Augusto Cury (no qual admiro pelo seu trabalho como psicólogo e pesquisador), não encontrei nada que comprove se ele é evangélico ou católico, (talvez até seja um dos dois ) pois já li seus trabalhos, principalmente alguns da "análise da inteligência de Cristo" no qual me traz a conclusão de que ele fez apenas uma análise limitada, como ele mesmo reconhece, utilizando-se da sua teoria da Inteligência Multifical, da inteligência sobre-humana de Cristo e como ele pode como homem servir de exemplo de controle emocional.

    O problema é que, como abordado no texto, muitos ditos cristãos usam de obras de muitos desses autores como verdades a serem seguidas como regra de fé e acham que estão "com a bola toda".
    São exemplo clássico (e esses tipos não são encontrados apenas entre os evangélicos, mas em toda a sociedade) de "inteligência do achismo" ou do "ctrl c ctrl v". São os chamados "teleguiados" que não usam de sua capacidade intelectual de buscar o conhecimento, inclusive o conhecimento de Deus e de sua Palavra, por si só e saem gritando aos quatro ventos que são sabichões.

    Fique na Paz do Senhor.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui