TENHO VERGONHA DOS JOVENS CRISTÃOS

16
270
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Maurício Zágari
Desculpe se o título deste post é forte demais. Claro que não tenho vergonha de TODOS os nossos jovens cristãos. Mas preciso dizer uma verdade: se Jesus dependesse de uma enorme parcela dos jovens cristãos brasileiros dos nossos dias para cumprir a Grande Comissão, a mensagem do Evangelho morreria. Deixaria de ser divulgada. Porque olho em volta e o que vejo são muitos garotões e menininhas fúteis do ponto de vista espiritual, que se interessam em ir para a igreja por causa da festa. Para cantar, pular, gritar, encontrar amigos, namorar e comer uma pizza depois do culto dos jovens. Mas que nas suas escolas e faculdades, na sua vida familiar e no dia a dia vivem de modo tão inútil para o Reino de Deus como qualquer jovem não-cristão. E, perdoe-me pela dureza desse comentário: parece-me que uma enorme quantidade dos que frequentam os cultos de jovens não nasceram de novo. Não tiveram uma experiência real com Jesus de Nazaré, o Salvador. E vão para a igreja para pular, pular e pular… na presença de Deus?
Se você acha que minha visão é pessimista demais, pergunte aos jovens de sua igreja para quantas pessoas ao longo da última semana elas pregaram sobre o amor de Cristo. Quantas estão mais interessadas na eternidade do que no vestibular e na carreira? Quantas veem seus amigos indo para o inferno e choram por eles em oração noite após noite diante de Deus? Que sacrifícios estão dispostos a fazer por Cristo e pelos perdidos? Nossos jovens mal oram, mal conhecem o conteúdo das Escrituras, não há interesse por fazer um seminário teológico, não praticam as disciplinas espirituais, não estão nem aí para missões: querem é pipoca, cinema e ar condicionado. Não vejo fogo em seus corações pelo Espírito Santo, vejo uma preguiça desanimadora para as coisas de Deus.
Não gosto de generalizar. Há esperança de um futuro para a igreja. Há aqueles que sentem o toque do Espírito e abrem mão de si por Jesus. Que tomam suas cruzes e seguem-no. Há os que se dedicam, que leem livros cristãos, que vivem uma vida devocional, que buscam crescer na fé. Mais ainda: que buscam agir segundo a fé. Esses são os que me emocionam, porque são a prova de que o Deus vivo ainda vocaciona homens e mulheres para dedicarem suas vidas a levar as boas novas da salvação aos pecadores – não importa que idade tenham.
O que me motivou a escrever este post foi o vídeo que reproduzo abaixo. Foi-me enviado pelo mano Diego Vieira, da Igreja Cristã Nova Vida de Lote XV, em Belford Roxo (RJ). Dura menos de 9 minutos e mostra o depoimento de uma jovem da Coreia do Norte, um dos países onde cristãos mais são perseguidos no mundo, em que ela conta seu testemunho.
O que vejo ali não é uma jovem de 18 anos. É uma mulher de Deus. Alguém cujos sofrimentos e cujas experiências a estão levando a dedicar sua vida à causa do Evangelho.
Assista. E envergonhe-se. Eu, que tenho 40 anos, me envergonhei ao ouvir as palavras de Kyung Ju Song, esse gigante em corpo de menina. Suas rápidas palavras mostram que ela tinha tudo para odiar Deus, por tudo o que ela e sua família passaram. Mas seu amor por Cristo e sua visível emoção ao final de sua fala são uma lição para todos nós, em especial para os jovens brasileiros da mesma idade que ela que estão muito mais preocupados com o próprio umbigo, em assistir a festivais bobos de “louvor” num canal de TV e em comer esfihas no Habib´s do que com a eternidade e com o destino eterno de almas humanas.
Estou ciente que minhas palavras podem te soar duras demais. E são. Mas não são as mais duras que você ouvirá, caso venha a assistir ao video abaixo. Pois as palavras de Kyung Ju Song são ditas num tom de voz doce e quase meigo, mas são pungentes e perfuram como um punhal afiado. Que elas venham a despertar aqueles que estão dormindo o sono do conforto e da mesquinha rotina diária para uma vida de dedicação à causa da Cruz. Paro aqui. O que ela tem a te dizer em poucos minutos é mais importante do que o que eu poderia falar por horas. Ouça-a. Morra de vergonha. E depois, jovem cristão, com todo respeito e com muito amor: tome vergonha na cara e faça algo pelo Reino de Deus.
Paz a todos vocês que estão em Cristo.

***
Maurício Zágari é jornalista, escritor e editor do blog Apenas.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

16 COMENTÁRIOS

  1. Prestem atenção : Evangelho segundo S. Mateus 7,15
    «Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos vorazes. Pelos seus frutos, os conhecereis…
    O autor do texto diz: pergunte aos jovens… eu digo pergunte a todos!! Pois estes são os frutos do sistema religioso corrupto e sujo que diz que ama a Jesus mas não faz nada do que ele nos ensina.Sim, estes são seus frutos! Esqueçam de uma vez por todas a "igreja" de pedra e se assumam como Igreja Verdadeira de Cristo ( 1 cor. 3,16 "Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?" e parem de hipocrisia.

  2. Infelizmente tenho que concordar com muito do que está no texto, e faço isso com dor no coração

    EU ainda sou jovem, não exatamente um joveeem kkk tenho 24 anos, e embora saiba que sei muito pouco da vida em geral já sei bastante da igreja e das pessoas por trabalhar diretamente com elas a um bom tempo, vejo jovens que saíram por que a igreja era pequena d+ e me pergunto, simmm mas nossa comissão não é pregar e viver o verdadeiro evangelho? E por a caso é na igreja graaande que realmente estão precisando de nós?

    Já vi adolescentes que esfriaram porque na igreja não tinha festa o bastante para seus desejos,

    bom se ficar aqui vou dar inúmeros exemplos que todos nós já sabemos.

    Mas eu glorifico muuito a Deus, pois conheci ao longo dos anos, na internet e ao vivo vários jovens cujas vidas me enchiam de vergonha kkk sim vergonha pois me faziam ver o pouco que eu mesma estava fazendo e pela vida deles eu glorifico, pois são pessoas com uma bagagem tão grande, uma paixão, um vida tão mais tão útil à igreja

  3. Apesar de ter apenas 25 anos, fui líder de jovens e adolescentes por dois anos, além de também fazer parte de um ministério jovem por algum tempo. O que o texto relata, pelo menos na minha comunidade, está 95% certo. A "molecada" hoje em dia não quer saber de muito compromisso com Jesus, e os que tem pelo menos um pouco de boa vontade, sem embaralham em movimentos, "unções esquisitas" e por aí em diante. Faltam programas voltados para o jovens? Falta liderança capacitada para trabalhar com eles? Falta um real interesse dos membros? São questões que surgem e vão continuar surgindo enquanto este problema, ainda que muitas vezes sufocado pela grande maioria de líderes eclesiásticos, não for sanado com muito amor, esvaziamento e dedicação.

    Em Cristo
    Rafael Carvalho

  4. tenho 21 anos, nasci em um lar Cristão, + sou convertida a 4 anos, digo convertida pois, antes so ia á igreja com as inteções citadas no texto.. quando conheci o meu atual esposo, fomos convidados para participar de um estudo biblico, então conheci a Jesus verdaddeiramente. Me entristeço por ver não so os jovens, mas muitas pessoas que não aceitam uma vida verdadeira em Cristo, preferem levar suas vidas como se não estivem nem pelo sacrificio de Crsito na cruz.. penso nas pessoas enganas por "lideres religiosos" com a biblia na mão..hj o que tem tomado a vidas dessas pessoas é a preguiça ou o não-interesse em ler, pesquisar o que esses "lideres" estão falando, aceitam por que lhes satisfazem as palavras de prosperidade, de benção, de ganhar.. e não aceitam o Verdadeiro Evangelho pois exige renuncia, exige o morrer (para o mundo) e isso não faz parte da vida de muitas pessoas. Hj meu esposo e eu estamos a frente de um estudo biblico, e vemos que qnto + as pessoas conhecem verdadeiramente a Cristo + e + elas buscam e falam sobre as experiencias com Ele, me alegro por pagar um preço por essas vidas, Deus tem nos honrado muito e tem honrado tbm essas pessoas, pois não nos vemos como professores (superiores) dessas pessoas, o q fazemos e compartilhar com elas, nós tbm aprendemos muito com cada um deles, choramos, rimos, sentimos intimos sentimentos..sempre buscamos a Face de Cristo..temos como lema: "VOLTEMOS AO EVANGELHO PURO E SIMPLES DE CRISTO JESUS" !! Paz e Graça a todos.

  5. Os jovens são apenas a CARA dos pastores que lideram suas igrejas, ou seja, descompromissadas, desanimadas, sem entusiasmo.

    Como disse Zacarias "Como assim é o povo, assim são os pastores".

    Pastor, olhe para os jovens, é a sua cara, por quê reclamas ?

  6. Desta matéria eu gostei muito, só que como alguns aqui expôs, não acho que o lider seja o culpado, por que isso vem de casa também, Tenho um filho de treze anos, ja é instrumentista na igreja,comprou seu primeiro violão elétrico carregando compras no mercado da cidade, mesmo sabendo que pedindo ganharia um,vai a todos os cultos, a todas as células, evangeliza, é ótimo estudante, não tem nenhuma falta, pediu pelo batismo ano passado, ajuda nos serviços domésticos, bem, e nenhum pastor vai em minha casa ensinar isso para ele, ele aprendeu observando os pais, ensinamos, cobramos responsabilidade da parte dele, até amar Deus e ao próximo é cobrado, agora não mais porque se tornou espontâneo, isso com treze anos, isso não é fácil para nós pais mais é nossa responsabilidade acima da do pastor. Tevemso ter vergonha dos jovens de hoje ou pesar pelos pais de hoje?

  7. Tenho 21 anos, sou lider dos jovens na minha igreja, e de fato os jovens pouco tem se importado em usar sua vida pra servir ao Senhor. Mas isso não é um problema específico da juventude, há adultos, pessoas que estão na igreja há 20, 30, 40 anos que também não dedicam suas vidas. Pessoas que esquentam o banco da igreja e que de lá só sai para flar mal do pastor ou pra criar intriga com irmão. O jovem possui problemas sim, mas os adultos possuem tanto quanto eles. Há adultos, velhos, que não conseguem abrir a boca pra falar do amor de Cristo, mas conseguem dizer: Eu faço parte dessa igreja há 30 anos! Como jovem cristã, To cansada de ver tantos adultos inúteis dentro da igreja.

  8. Você levantou uma questão muito interessante mesmo, realmente tem muita gente "velha de casa" que Jesuuuuuuus não faz nadinhaaaaaa e ainda critica os jovens e os adolescentes, é verdade mesmo

    Acho que eu não reparava muito nisso, pois como a maioria das pessoas eu foco d++ no jevem espero muito de nós para o reino de Deus

  9. CONHEÇO GAROTAS QUE FAZEM SEXO ORAL NO FILHO DO PASTOR, UM VELHO RICO E QUE MANDA COMO UM CORONEL NA IGREJA, SEU FILHO, UM CARA METIDO A GOSTOSÃO E SARADO, SE SATISFAZ COM AS MULHERES E GAROTAS QUE QUIZER DA IGREJA. CANTAM PRO DIABO NAQUELES CULTOS FRIOS E SEM GRAÇA, ACHAM QUE SÃO EVANGÉLICOS QUANDO NA VERDADE NÃO PASSAM DE UM ANTRO DE PERDIÇÃO, E TEM OTÁRIO QUE OS CHAMA DE BENÇÃO, POIS É LACAIO DO PASTOR QUE É MAIS ARROGANTE DO QUE O REI SAUL.SE ISSO É SER SERVO DE DEUS TENHO DÓ POIS O EVANGELHO ESTÁ LONGE DE SER O ALVO DESSES PROFISSIONAIS D0 SEXO GOSPEL ONDE QUALQUER UM PODE FAZER O QUE QUIZER. A OFERTA SENDO BOA, QUALQUER PECADO DEUS PERDOA.

  10. Realmente este artigo é um alerta não somente aos jovens, mas a todos nós, cristãos de todas as idades. É como eu digo: o cristianismo é mais fiel e autêntico onde existe perseguição, seja ela oficial ou não. "E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições. Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados" (II Timóteo 3:12-13).

  11. Vejo alguem que nao quer ficar comentando biblias …
    Ostentando um status evangelico …. mas aplicando a palavra e o maior mandamento dela ( amar ao proximo )

  12. Olá, concordo plenamente com sua publicação, e acredito que nos punirmos e continuarmos de braços cruzados não ajudará em nada, sugiro uma união dos líderes dessa juventude para que possamos realizar um trabalho além da placa das igrejas, gente acorda…. vamos unir os jovens e fazer um reboliço no Brasil… Grandes movimentos começaram com pequenos posicionamentos.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui