A morte do bispo Robinson Cavalcanti e a insensibilidade humana

39
185
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Renato Vargens
Morreu neste domingo assassinado pelo filho adotivo, o bispo da Igreja Anglicana em Recife Robinson Cavalcanti. A sua esposa também morreu neste crime bárbaro.
A noticia foi divulgada nesta madrugada no site oficial da Igreja Anglicana Diocese do Recife. Naquele momento, ainda não se dispunham de detalhes, apenas se informava que o crime ocorreu neste domingo 26/02/2012 por volta das 22h na residência do casal na cidade de Olinda – Pernambuco.
As 08:10h desta segunda-feira, o Diário de Pernambuco (com informações do repórter Eduardo Araújo da TV Clube) informou que, de acordo com a policia, o autor do crime é o próprio filho adotivo do casal Eduardo Olímpio Cotias Cavalcante, de 29 anos. O rapaz morava nos Estados Unidos desde os 16 anos de idade e teria voltado ao Brasil há cerca de 15 dias depois de ter sido preso no estrangeiro várias vezes por envolvimento com drogas e outros delitos.

Tragédias como a que ocorreu com o bispo anglicano Robinson Cavalcanti me fazem lembrar da advertência de Paulo sobre o comportamento humano nos últimos dias.
“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.”2 Timóteo 3:1-7
Ora, claro que eu sei que o homem é mal e que em virtude do seu estado de depravação total ele vive imerso no pecado, no entanto, é claro, nítido e perceptível que vivemos dias em que o amor se esfriou.
No sermão profético proferido por Jesus que trata especificadamente sobre os sinais que apontariam para o fim de todas as coisas, existe um que me chama a atenção de forma especial: trata-se daquele que fala do esfriamento do amor. Jesus disse: “E por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos” (Mateus 24.12).
Ora, a relação que Jesus apresenta entre a multiplicação do pecado e o esfriamento do amor é absolutamente verdadeira. Na medida em que cresce o pecado em suas mais variadas formas, da corrupção ao crescimento da miséria social, da pornografia a todas as formas de banalização sexual, da violência nos lares a violência urbana, no individualismo exacerbado ao comportamento hedonista, esfria-se o amor genuíno e sincero no ser humano. Isso se percebe claramente nos mais jovens que trocaram o amor pelo sexo descompromissado; entre os mais “maduros” que em nome de um nova “paixão” jogaram na lata do lixo, cônjuges e filhos. Nas relações interpessoais onde o lema de vida é “farinha pouco meu pirão primeiro” Senão bastasse isso os escândalos de corrupção que mais uma vez abalam o país têm, na sua raiz, o mesmo mal. Todos buscam o que é seu e nunca o que é dos outros. A epidemia que hoje toma conta da nação não é a corrupção – ela é apenas mais uma expressão de uma nação, onde a iniqüidade cresceu tanto que fez o amor emurchecer.
Infelizmente, a conseqüência do esfriamento do amor torna-se extremamente perceptível na forma com que nossa sociedade lida com a barbárie.
O frio assassinato de Robinson Cavalcanti e sua esposa pelo filho adotivo aponta nitidamente para o esfriamento do amor. Senão bastasse a tragédia de um filho matar os pais, encontramos inúmeras pessoas lidando com a situação com extrema frieza, tratando da morte do bispo anglicano com desdém e desprezo. Confesso que fico chocado com a forma que muitos lidam com o sofrimento humano!
Lembro que alguns anos atrás, ao sair de casa para o trabalho observei que nas areias da Praia de Icaraí, na provinciana cidade de Niterói, havia um corpo de um homem morto. Sem poder parar em virtude da agenda cheia, continuei o meu trajeto. No entanto, ao regressar para casa algumas horas depois, percebi que o mesmo corpo ainda estava jogado à areia da praia, com uma atenuante: alguns meninos jogavam futebol em volta do morto. Em outra ocasião li em um jornal de grande circulação do Rio de Janeiro, que crianças jogavam “bola” com a cabeça de uma pessoa. Há poucos meses recebi a noticia de um menino de 13 anos que chegou a freqüentar a nossa igreja, que em virtude do seu envolvimento com as drogas foi brutalmente assassinado. Ao contar a noticia para alguns amigos, percebi que a tragédia ocorrida a este adolescente não proporcionou nenhum tipo de comoção ou dor, até porque, os que ouviram a má notícia lidaram com uma frieza de impressionar. Naquele momento refleti sobre a banalização da vida e de como a morte e a tragédia têm se tornado tão natural aos nossos olhos. Na verdade, cenas como essa estão entrando em nosso cotidiano, fazendo que acreditemos que toda “des-graça” que nos cerca é normal e natural.
Caro leitor, o pecado é a enxada que cava nossas sepulturas. Como muito bem afirmou Hernandes Dias Lopes, o pecado é uma fraude. Promete prazer e paga com o desgosto. Faz propaganda de liberdade, mas escraviza. Levanta a bandeira da vida, mas seu salário é a morte. Tem um aroma sedutor, mas ao fim cheira a enxofre. Só os loucos zombam do pecado. O pecado é perverso. Ele é pior do que a pobreza, do que a solidão, do que a doença. O pecado é pior do que a própria morte.
Pois é, a multiplicação da iniqüidade tem esfriado o amor de muitos…
Maranata!
***
Renato Vargens, no Púlpito Cristão

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

39 COMENTÁRIOS

  1. O que fazer diante de tanta calamidade humana? O que fazer com os crueis? O que fazer com esta vida? O que fazer com o pior animal do planeta?
    Senhores o que fazer?

  2. Eu fiquei triste com esta noticia quando vi na TV.
    Fico pensando, quanto amor o pai e a mãe deram a esse garoto que inclusive não era filho deles mas mesmo assim os amou inclusive morando e tendo todas as despesas pagas nos Estados Unidos.QUE PAGAMENTO QUE RECEBERAM!
    E triste como os jovens de hoje não respeitam mais ninguem principalmente os pais.
    Muito triste e lamentavel. Que Deus tenha grande misericórdia deste rapaz , e que fale ao coração dele mostrando o grande erro que cometeu, principalmente com aqueles que o amaram muito>
    Em tempo, Tenho três filhos adotivos.

  3. É lamentável,grande perda.Eu vejo que aqueles que querem a liberação da maconha não são as vítimas que sofrem tais atentados,são exatamente os que lutam contra é que são as vítimas – fatais.
    tito from brasília.

  4. Concordo plenamente com o irmão,e chego a envergonhar-me de mim mesmo, de saber o quanto sou uma miserável pecadora e o quanto necessito da misericórdia de Deus,falamos tantos em ser cristão, em amar à Deus em temê-lo,e vivemos caindo em contradição em relação às coisas que falamos à`respeito de JESUS,através de nossas atitudes e comportamentos,que o Bispo e sua esposa,descanse na paz do Senhor e quem sabe hora e momento nós estejamos juntos no Grande Dia,e que esse rapaz arrependá-se do que fez,e Deus o julgue como ele merece.

  5. Uma notícia que choca todos nós, o Bispo Robson Cavalcante e sua esposa, de fato tiveram uma morte trágica e tudo isso devido ao efeito de drogas na vida de seu filho adotivo.

    O Bispo Robson Cavalcante vai fazer muita falta para a Igreja Cristã no Brasil, pois é mais uma voz coerente que se cala.

    Deixo aqui os meus sentimentos a toda a Comunidade Anglicana, que neste momento tão difícil perde um de seus principais líderes.

    Pr. Helder Marcelino da Silva

  6. Os dias são maus, percebemos que verdadeiramente a palavra de Deus tem se cumprido e o amor tem se esfriado dos corações. É lamentável o que aconteceu com o Bispo Robson cavalcanti e o que tem acontecido nas famílias onde os filhos já não horam seus pais e andam de acordo com sua própria vontade sem observar a Palavra de Deus.

  7. sou leitor assíduo desse site e hoje estou horrorizado com essa notícia!só o Todo Poderoso pode nos guardar do maligno e daqueles que dão lugar as suas ações.me faz lembrar João10:10…O ladrão não veio senão a Roubar,Matar e Destruir…Que o Senhor tenha as almas dos seus servos com Cristo!e que esse jovem,pague na justiça desse país e que seu destino esteja nas mãos do Senhor…em tempo,que a verdadeira Igreja de Cristo fique alerta para os dias maus que estamos vivendo,não dando brechas ao nosso inimigo!Paz de Cristo a todos que amam e esperam a vinda de Jesus!do vosso co-irmão e servo de Jesus Cristo,pr.josias gabriel.

  8. A sociedade em que vivemos esta doente. A igreja tem o remedio, mas infelizmente não quer ou não pode oferecer; a igreja esta deslumbrada com a modernidade, magalomanias, grandes templos,grandes obras de concreto e se distancia cada vez mais daquele que não tinha onde reclinar a cabeça. A doença da sociedade esta destruindo o amor e calando a voz dos profetas.

  9. Nada tenho em comum com as idéias que o bispo tinha. discordo dele em quase tudo.

    Mas deixo aqui uma prece para que Deus console e dirija a família enlutada.

  10. Ah meu amado ,grande verdade há nessas palavras! ontem ouvi a notícia de um aposentado injustiçado pelo hospital que Foi espancado por um segurança desse estabelecimento por cometer o "grande erro " de exigir seus direitos . Há quem diga que essa overdose de violência na tv e jornais e a responsável pela "cauterização" da nossa mente , o que se torna comum não tem mais o mesmo baque. As vezes vejo em mim essa frieza e egoísmo ,mas graças a Deus temos um consolador que nos convence do pecado e da nossa miserabilidade ! maranata!

    Isso eu digo a todos os salvos que defendem o evangelho : gostaria muito de conhecer cada um de vocês ,mas o Senhor espalhou seus amados justamente para fazer frente em varios lugares . Mas um dia terei a honra de vos conhecer , e juntos adoraremos o cordeiro pelos séculos dos séculos! amo tudo e todos que o Pai me deu , mas não vejo a hora de ser arrebatado!

    em Jesus Cristo vos desejo muitas bençãos e proteçao por parte de nosso Senhor.

  11. O texto é a mais verdadeira expressão da verdade.
    A solidariedade apregoada por muitos e muitas não passa de mera retórica. Quanto mais se luta pelo liberalismo, sexual e de drogas mais existe violência, mais existe banalização e naturalização da degeneração dos valores humanos. E isso não se trata de moralismo, mas de qual valor se dá a vida. É claro que o fato de crer na Palavra e nos ensinamentos cristãos são a referência para uma vida plena. Mas há pessoas que não conhecem a Palavra e que conseguem resistir à esses "valores" de morte, aos desvalores que muitos chamam de direitos e de liberdade.

  12. lamentavelmente veremos coisas ainda piores. O injusto tornará-se mais injusto e o santo mais santo. Que Deus tenha misericórdia do seu povo e o livre desses males dos últimos dias.

  13. Só faltou voce dizer que esse bispo era totalmente de esquerda e comunista. Vivia cristiacando os EUA, mas quando precisou mandou o filho justamente pra lá. Porque nao mandou pra Cuba????

  14. Lamentável fato, fruto do pecado humano. Que Deus tenha misericórdia do assassino e o leve ao arrependimento. Que o Senhor conforte a alma dos familiares.

    Prezado irmão Leoanardo,

    Sou professor e servidor público estadual e membro de uma igreja presbiteriana. Colaboro com artigos para o jornal O LIBERAL, aqui de Belém do Pará desde 2009. Faz algumas semanas que enviei alguns artigos envolvendo temas ligados à fé evangélica. Talvez pelo conteúdo e pelo fato de haver espaços semanais dedicados exclusivamente a lideres cristãos aqui em nosso estado, como Pr. Samuel Câmara, da AD e bispos católicos, o jornal tenha optado por não publicar os meus artigos. Não se tratou de censura, pois outros artigos enviados posterioremente envolvendo temas como o aborto, foram publicados. Gostaria de saber se posso enviar artigos para publicação no blog, pois sou leitor assíduo e gostaria de participar também com algumas reflexões sobre o mercado da fé em que se transformou parte do evangelicalismo nacional. Um abraço em Cristo!

    SOLI DEO GLÓRIA!

  15. Fico horrorizada com o aumento da viôlência no mundo. Há de fato uma banalização da vida. As profecias se cumprem. Não temos tempo a perder, busquemos a Deus de todo o nosso coração, pois só nEle há salvação e Esperança de um mundo melhor.Foi terrível o acontecido com o bispo Robson e sua esposa. Esperamos em Deus que eles descansem no Senhor! Meus sentimentos a toda a família da Igreja Anglicana, pela perda de um dos seus líderes.
    Iranilde Aguiar (cristã Adventísta do Sétimo Dia).

  16. Muito triste essa noticia, mas sabemos que o inimigo de nossas almas, esta se rebelando mais e mais, pois os seus dias estao contados, para ele (Diabo) nao ha saida.

  17. Isto faz a gte refletir sobre gerir bem a igreja e a nossa propria casa, pois pelo que lemos no site jc.com.br. o eduardo fazia parte de uma gangue, inclusive as tatuagens no corpo dele trazem a sigla e simbolo da gangue e será q o pai nunca desconfiou dele? o pai visitava o filho 3x por ano, segundo o site do JC…sei q é complicado ponderar todos os fatos neste momento, mas fica aí este questionamento…concordo com o Renato, tb nao concordo c quase nada q o Bispo falava, mas não deixa de ser um momento de dor. Q Deus console toda a familia!

  18. Meus amigos é sim insensibilidade humana . Mais o que está por de traz desta insensibilidade ? Nao tenho duvidas que é o diabo e seus demônios .
    Por isso satanás tem que ser combatido por meio de uma fé viva atuante e eficaz.
    Nao devemos ficar nos escondendo atraz da biblia nao temos que partir para cima do diabo livrar as pessoas deste cativeiro arrancar o nervo de dentro delas.
    Para isso se manifestou o filho do homem para desfazer as obras do diabo.
    Assistam todos os dias as 11:00 IURDTV.COM e veras quem esta por detrás disso .
    Espero que sejampublicadomkeu comentário .
    Deus abencoe.

  19. Justificativas… vive-se em busca delas. É a agenda cheia que não nos permite entrar em contato com o outro, morto ou vivo… O que me chama bastante atenção é a discriminação: FILHO ADOTIVO. FILHO É FILHO.

  20. O bispo Robinson Cavalcanti, ao meu ver, escreveu o melhor livro sobre sexo e família que eu já li: Uma Bênção Chamada Sexo, que recomendo à todos. Podemos não concordar com opiniões de certos líderes – também não concordei com muitas idéias do bispo, apesar do livro – mas, é mais uma voz que se cala, e de maneira banal. Quanto ao fato de ele saber ou não do comportamento do seu filho adotivo, esse jovem vivia longe do lar, e se meteu com pessoas de má índole. O apóstolo Paulo disse, em 1ª aos Coríntios 15.33: "Não vos enganei: as más conversações corrompem os bons costumes". Jeremias disse: "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" O flagelo das drogas é uma realidade que está nas nossas portas, e senão falarmos, abertamente, aos nossos jovens, os tentáculos dessa praga invadirá os nossos lares. Aliás, já invadiu muitos lares ditos evangélicos – falo com conhecimento de causa, do que já ví em lares de amigos meus. O que está havendo? Ao meu ver está faltando muita coisa à família, tais como: diálogo, respeito mútuo e outras coisas, como por exemplo, oração em família. Por onde anda o culto doméstico? Ainda existe isso no lar dos crentes? A família tem se reunido para celebrar o aniversário dos pais? Os filhos ainda pedem "bença" e beija as mãos dos pais? Ainda chamam o pai e a mãe de senhor e de senhora?
    Ah, parece que isto é coisa do passado, e aí dá no que deu com esse ingrato, que tirou a vida daqueles que o amaram a ponto de dar-lhe um sobrenome e o adotaram. Mas, tomemos cuidado pois existem muitos filhos e filhas de pastores, bispos, presbíteros e evangelistas que estão fora do aprisco de Deus. Tem até os que estão nas igrejas mas fazem coisas piores do que os ímpios.
    Vamos, como servos de Deus que somos, orar uns pelos outros, para que saremos. Meu abraço e condolências ao povo anglicano do Recife pela irreparável perda de tão grande figura e líder que foi o bispo Robson. Sole Dio Gloria!

  21. Não conheci pessoalmente o Bispo Robinson Cavalcante, embora desejasse conhecê-lo. Sou leitor de seus artigos estampados na Revista Ultimato, e sempre admirei sua inteligência, cultura e coerência com sua fé. Registro aqui meu profundo pesar pelo ocorrido a ele e sua esposa Mirian. Aos irmãos anglicanos desejamos a consolação do prometido Espírito Consolador. Ao Bispo e Esposa que descansem no Senhor, certos de que suas obras os acompanham. Pela graça e misericórdia do Senhor, na gloriosa manhã da ressurreição haveremos de nos vermos. (Jorge Amatuzi, cristão Adventista do Sétimo Dia)

  22. Sim. O bispo tinha muitas idéias erradas.
    Tomem cuidado com a revista Ultimato.
    Cuidado com a "Teologia da Libertação".
    Estudem mais acerca do movimento revolucionário e do marxismo que invade todas as esferas públicas no Brasil.
    Lamento a perda desta vida. Mas saibamos separar as coisas.

  23. Realmente, as más companhias mudam as pessoas, para pior.

    Mas devo notar outra coisa: A droga muda a personalidade das pessoas.Sempre se ouve a respeito de usuários de coca e crack que fazem barbaridades horríveis. Certamente não são personalidades normais, mas destruídas pela droga.

    Esse é um dos motivos pelos quais eu abomino essa conversa sobre liberação das drogas. Quanto mais drogados, mais violência.

  24. LIdia

    Também penso que filho é filho, não há diferença entre natural e adotivo.

    Mas não vejo nada demais em qeu a informação seja publicada. É informação verdadeira e completa, logo é informação perfeitamente publicável.

    Uma das piores coisas do mundo de hoje é essa extrema restição. As pessoas vivem dizendo "não diga isso, não é politicmante correto". Eis o "admirável mundo novo" que querem construir, um mundo baseado na censura e na intimidação…

  25. A morte é por sua natureza trite e dolorosa, independentemente da sua forma. A soberania de Deus é algo que o homem por mais sábio que seja ou venha a ser não chegará ao conhecimento pleno, porém, o propósito é dEle com objetivo nem sempre a nós revelado. Necessitamos manter os princípios biblicos bem presente em nossas vidas, pois o que nos cabe, é olharmos para dentro de nós com os frutos do espírito, deixando de fora toda a natureza humanapecadora. Julgar o outro, se posicionando "senhor da verdade", não nos cabe. Uma decisão é construída de fatos e conseguencias e não de um simples ato. Deus seja Louvado e abençoe a todos.

  26. Penso, nada justifica um assassinato tão bábaro quanto esse, mas, infelizmente o que houve foi uma rejeição dupla por parte deste filho adotado e rejeitado por duas vezes. Foi tão grande o trastorno desta criatura que também tentou o suicídio. Ficou sabendo uqe foi adotado por meio de outros que não os pais, sentiu-se enganado, aos treze anos, revoltou-se com todos que o enganaram, tournou-se rebelde, os pais ao invés de contornar a situação procurando acolhe-lo, simplesmente quiseram livrar-se dele mandando, ainda em menor idade, isso é que é o mais grave. Mais revoltado ainda torno-se ele. Meteu-se com pessoas más, envolveu-se com gente periculosa, e voltou revoltado, transtornado ao ponto de premeditar toda a trama.Ele já não tinha boa ídole e ainda por cima sentiu-se rejeitado, abandonado, nas situações mais difíceis. O que faltou foi amor mesmo!!!. Um homem dedicado à religião, uma mulher com formação pedagógica e nos dois juntos não se empenharam em lutar para a recuperação desse folho?!, acaram mais fácil livrar-se dele, mandando-o imediatamente para fora do pais?, um rapaz menor de idade, na fase de adolescência, numa situação vulnerável como essa!. Sinto muito dizer, maas, esses pais adotivos não se comportaram como bons pais em nenhum momento na vida dessa criança, tornando- agora este homem rejeitado, revoltado e pior, assasino sem defesa.

  27. NInguém comenta aqui, talvez por não saberem, do relacionamento extra-conjugal que o bispo manteve por anos com uma ex-aluna, o que resultou no nascimento de uma filha, hoje com 31 anos, residente em Recife. A Igreja e o bispo, por razões óbvias, trataram de abafar o fato em pró de sua reputação.

  28. A morte chegou a este casal pelas mãos do proprio filho,filho que acolheram e com certeza amaram,mas nada mais pode surpreender nos dias de hoje,esta escrito no livro dos livros,é dificil,doi,mas temos que conviver com esse tipo de situação,não devemos nunca deixarmos esfriar a nossa fé,eles se foram e com certeza pela vida que praticavam estão assentados á direita do pai.Cumpriram com o dever de pai,adotaram esse filho que em algum momento tenho certeza que foi mola propulsora na vida deles,mas nada acontece por acaso,tudo é por vontade do pai.

  29. Lamento pelo episódio. è um crime chocante, mas há outro crime que esta sendo cometido pela imprensa, citar que era filho "adotivo", que diferença faz o fato de ser adotivo?
    È uma campanha contra adoção?
    Se fosse filho legitimo não o teria esfaqueado?

    Deus nos abençoe.

  30. Junior

    Repito o que já respondi a outra comentarist: Filho adotivo, ou natural, diante do amor dos pais é a mesma coisa.

    Entretanto, não há erro nenhum em publicar uma informação que é verdaderia e completa (ele era filho adotivo). Crime pode haver em dizer a mentira, contar fatos é função dos jornalistas. A conclusão que cada um tira dos fatos é questão pessoal.

  31. Querido Eduardo, sua frieza perante o fato me deixou sensibilizada. Nos vivemos em uma democracia, onde temos o direito de expressar nossas idéias, o fato de uma pessoa ter pensamentos diferentes dos nossos não justifica seu comentário.Seu coração está cheio de amargura, sinto muito por você.

  32. bispo? olha cara cara de perturbado desse homem. Mais uma prova q DEUS não está entre esses estelionatários, segunda morte p eles infelizmente.

  33. conheci o bispo robson cavalcante em niteroi e gostei muito da sua palestra.fiquei chocado com o barbaro crime cometido pelo filho.foii muita ingratidão do filho adotivo. embora adotivo ou natural deve ter o mesmo amor.
    que deus tenha piedade deste filho ingrato.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui