Crentes devem celebrar o natal?

49
407
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

NatalPor Renato Vargens
Como muitas vezes acontece, a Igreja Evangélica Brasileira polemiza sobre assuntos dos mais diversos. Na verdade, têm sido assim no decorrer recente de sua história. Ultimamente, têm-se falado demasiadamente sobre o natal, sua história e implicações. Como era de se esperar, opiniões diferentes surgiram quanto ao assunto. Existem aqueles que não vêem nenhum problema quanto à celebração da data, e outros que radicalizaram abdicando de toda e qualquer celebração relacionada ao tema em questão.
Antes de qualquer coisa, por favor façamos algumas considerações:
o Natal não era considerado entre as primeiras festas da Igreja. Os primeiros indícios da festa provêm do Egito. Os costumes pagãos ocorridos durante as calendas de Janeiro lentamente modificaram-se na festa do Natal”. Foi no século V que a Igreja Católica determinou que o nascimento de Jesus Cristo fosse celebrado no dia da antiga festividade romana em honra ao nascimento do Sol, isto porque não se conhecia ao certo o dia do nascimento de Cristo. Não se pode determinar com precisão até que ponto a data da festividade dependia da brunária pagã (25 de dezembro), que seguia a Saturnália (17-24 de dezembro) celebrando o dia mais curto do ano e o “Novo Sol”. As festividades pagãs, Saturnália e Brumária estavam a demais profundamente arraigadas nos costumes populares para serem abandonadas pela influência cristã. A festividade pagã acompanhada de bebedices e orgias, agradavam tanto que os cristãos viram com benevolência uma desculpa para continuar a celebra-la em grandes alterações no espírito e na forma.
Ontem e Hoje
A conclusão que chegamos é que o natal surgiu com a finalidade de substituir as práticas idólatras e pagãs que influenciava sociedade da época. Hoje como no passado à humanidade continua fazendo desta festa pretexto pra bebedeiras, danças e orgias. Se não bastasse isso, todos sabemos que milhões de pais em todo o mundo (Muitos destes cristãos) levam seus filhos pequenos a acreditarem em Papai Noel, dizendo-lhes que foi o bochechudo velhinho que lhes trouxe um presente. Ora, a figura do papai Noel tem origem nos países nórdicos, referindo-se a um senhor idoso, denominado Klaus, que saía distribuindo presentes a todos quanto podia. Infelizmente, numa sociedade materialista e consumista, o tal Papai Noel é mais desejado do que Jesus de Nazaré, afinal de contas, ele é o bom velhinho que satisfaz os luxos e desejos de todos quanto lhes escrevem missivas recheadas de vaidades e cobiças. Se não bastasse, junta-se a isso a centralidade em muitos lares cristãos de uma Árvore recheada de bolinhas coloridas.
O espírito consumista e mercantilista do natal, bem como a ênfase na árvore e no papai Noel, se contrapõe a mensagem do evangelho que anuncia que Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho pra morrer por nós. Aliás, esta é a grande nova! Deus enviou seu filho em forma de Gente! Sem sombra de dúvidas, sou absolutamente contra, duendes, Papai Noel e outras coisas mais que incentivam este “espírito mercantilista natalino”. No entanto, acredito que antes de qualquer posição, decisão ou dogmatização, quanto ao que fazer “do e no natal” devemos responder sinceramente pelo menos três indagações:
1. Será que existe alguma festividade ou festa no mundo que tenha o poder de convergir tanta gente em torno da família, do lar como o natal?
2. Em virtude do grande poder e influência que o natal exerce na sociedade ocidental será que não deveríamos aproveitar a oportunidade e anunciar a todos quanto pudermos que um “menino nos nasceu e um filho se nos deu”?
3. Seria inteligente de nossa parte desconsiderarmos o natal extinguindo-o definitivamente do “nosso” calendário em virtude do“espírito mercantilista natalino” que impera na nossa sociedade?
Outras considerações
Apesar de não observarmos textos bíblicos que incentivem a celebração do natal, é absolutamente perceptível em diversas passagens a importância e relevância do nascimento e encarnação do Filho de Deus. As escrituras, narram com efusão o nascimento do Messias. Se não bastasse isso, sem a sua vinda, não nos seria possível experimentarmos da salvação eterna e da vida vindoura. Portanto, comemorar o natal, (ainda que saibamos que o Jesus não nasceu no dia 25 de dezembro) significa em outras palavras relembrar a toda a humanidade que Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, pra que todo aquele que nele cresse não perecesse mais tivesse vida eterna.
Isto nos leva a seguinte conclusão:
1. O natal nos oferece uma excelente oportunidade de evangelização. Em todos os registros históricos percebemos de forma impressionante o quanto os irmãos primitivos eram apaixonados, entusiastas e extremamente corajosos na proclamação do evangelho. Estes homens e mulheres de Deus eram movidos por um desejo incontrolável de pregar as Boas Novas. Eram pessoas provenientes de classes, níveis e posições sociais das mais diversas: artesãos, sacerdotes, empresários, escravos, gente sofisticada bem como pessoas simples e iletradas. Entretanto, ainda que diferentes, todos tinham em comum o sentimento de “urgência” em anunciar a Cristo. Vale a pena ressaltar que Jesus comumente usou as festas judaicas como meio de evangelização. Os 04 evangelhos, nos mostram o Senhor pregando e ensinando coisas concernentes ao reino de Deus a um número considerável de pessoas em situações onde a nação celebrava alguma festividade. Na verdade, ele aproveitava os festejos públicos pra anunciar as boas novas da salvação eterna. Ora, tanto nosso Senhor quanto à igreja do primeiro século tinham como missão prioritária à evangelização. Portanto, acredito que o natal seja uma excelente ocasião pra anunciar a cristo aos nossos familiares e amigos. Isto afirmo, porque geralmente é no natal onde a maioria das famílias se reúnem. O natal nos propicia uma grande oportunidade de proclamarmos com intrepidez a cristo. Junta-se a isso, que o período de fim de ano é um momento de reflexão e avaliação pra muitos. E como é de se esperar, em um mundo onde a sociedade é cada vez mais competitiva e egoísta, a grande maioria, sofre com as dores e marcas deste mundo caído e mau. É comum nesta época o cidadão chegar a conclusão de que o ano não foi tão bom assim. A conseqüência disto é a impressão na psique do individuo de sentimentos tais como frustração, depressão, angústia e ansiedade. E é claro que tais sentimentos contribuem consideravelmente a uma abertura maior a mensagem do evangelho.
Abertura pro Sagrado
Um outro fator preponderante que corrobora pra evangelização é significativa abertura ao sagrado e ao sobrenatural que a geração do século XXI experimenta. No inicio do século XX, acreditava-se que quanto mais o mundo absorvesse ciência menor seria o papel da religião. De lá pra cá a tecnologia moderna se tornou parte essencial do cotidiano da maioria dos habitantes do planeta e permitiu que até os mais pobres tivessem um grau de informação inimaginável 100 anos atrás. Apesar de todas essas mudanças, no inicio do século XXI o mundo continua inesperadamente místico. O fenômeno é global e no Brasil atinge patamares impressionantes.
A Revista Veja encomendou uma pesquisa ao Instituto Vox Populi, perguntando as pessoas se elas acreditavam em Deus. A maioria absoluta ou seja, 99% dos brasileiros responderam que acreditavam. Sem dúvida, o momento é impar na história, até porque, com exceção de alguns períodos da história mundial o mundo nunca esteve tão aberto ao sagrado como agora. Diante disto, será que o natal não representa uma excelente oportunidade de evangelização?
2. O natal nos oferece uma excelente oportunidade de reconciliação e perdão.Você já se deu conta que a ambiência do natal proporciona uma abertura maior à reconciliação e perdão? Repare quantas famílias se recompõem, quantos lares são reconstruídos, quantos pais se convertem aos filhos e quantos filhos se convertem aos pais. Será que a celebração do natal não abre espaço nos corações pra reconciliação e perdão? Ora, O senhor Jesus é aquele que tem o poder de construir pontes de misericórdia bem como de destruir as cercas da indiferença e inimizade.
3. O natal nos oferece uma excelente oportunidade de sermos solidários em uma terra de solitários.Por acaso você já percebeu que no natal as pessoas estão mais abertas a desenvolver laços de fraternidade e compaixão com o seu próximo? Tenho para mim que o natal pode nos auxiliar a lembrarmos que a vida deve ser menos solitária e mais solidária. Isto afirmo porque o natal nos aponta o desprendimento de Deus em dar o seu filho por amor a cada de um nós. O Nosso Deus se doou, se sacrificou e amou pensando exclusivamente no nosso bem estar e salvação eterna. Você já se deu conta que o natal é uma excelente oportunidade pra nos aproximarmos daqueles que ninguém se aproxima além de exercermos solidariedade com aqueles que precisam de amor e compaixão?
Sem qualquer sombra de dúvida devemos repulsar tudo aquilo que seja reflexo deste “espírito mercantilista natalino”. Duendes, papai Noel, devem estar bem longe da nossa prática cristã. Entretanto, acredito que como portadores da verdade eterna, devemos aproveitar toda e qualquer oportunidade pra semear na terra árida dos corações a semente da esperança. Jesus é esta semente! Ele é a vida eterna! O Filho de Deus, que nasceu, morreu e ressuscitou por cada um de nós. A missão de pregar o Evangelho nos foi dada, e com certeza, cada um de nós deve fazer do natal uma estratégia de proclamação e evangelização. Celebremos irmãos e anunciemos que o Salvador nasceu e vive pelos séculos dos séculos amém.
Soli Deo Gloria
***
Renato Vargens, no Púlpito Cristão

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorMaria e o Chato
Próximo artigoCoração de Pedra

49 COMENTÁRIOS

  1. Não acho que um crente deva parar de celebrar o natal, mas sim celebrar Àquele que nasceu para morrer por nossos pecados. E concordo que é nosso dever fazer com que Cristo nasça nos corações daqueles que ainda não foram alcançados. Oxalá se todo dia Cristo nascesse em um coração perdido, e junto com os anjos no céu celebrássemos pelas almas que nascem para a vida eterna!

  2. Muito importante para nós como seguidores de Cristo termos estes esclarecimentos, pois é uma grande oportunidade de podermos pregar o verdadeiro propósito de deus ter dado o seu filho para morrer por nós.

  3. discordo em mtas coias. O natal é sim de origem pagã como já citado, e não é pq nós herdamos algo errado significa q devemos continuar. Vejo mtas casas e igrejas com árvores de natal, enfeitadas e com luzes e pra quem sabe da verdade, sabe que tudo isso tem um significado pagão, e se é pagão é de quem? Do diabo é claro. E influencia sim no campo espiritual, pois dá brecha par o inimigo.
    Graças as mídias alternativas estamos tendo acesso as verdades escondidas nesse mundo, onde tudo conspira contra Deus e contra seus filhos e criaturas.

  4. GOSTEI MUITO DO COMENTARIO, MAS GOSTARIA DE DEIXAR TAMBEM UMA OBSERVAÇAO.
    SSERÁ QUE ESTA APLICAÇAO NAO SERIA VALIDA TAMBEM PARA O TROFEU TALENTO DA REDE GLOBO? (NAO QUE EU APOYE). POIS SI ESTAMOS FALANDO DE ESTRATEGIAS DE EVANGELISMO SERIA EXELENTE. E ENQUANTO A MOTIVAÇAO DO CORAÇAO SÓ DEUS É CAPAZ DE JULGAR.

  5. No Natal não há outra abertura se não para o profano; o natal é o dia onde o lobo se veste de ovelha e é bem aceito no "aprisco", no natal é onde é servido a cabeça de Jão Batista como prato peincipal….+_Mais me desculpem todo pois o natal é onde aquela fámilia que passou o ano todo separada se reune pra comrem o frangão assado…, reee isso não difere muito da atitude dos hipócritas com uma pitadinha de supertição que orbita em torno do "espírito natalino". MAS SEJA COMO FOR NÉ? ESTÁ AINDA NO TABULEIRO O LIVRE ARBÍTRIO QUE POR SINAL PARA LUTERO NÃO ESTAVA, MÁS NÃO TENHO NADA COM O "LÚ" POIS CONHEÇO O ADÃO(RSRSRSR)QUE EXAURIU O LIVRE ARBÍTRIO_.

  6. Caro Pastor Renato

    Já lí e ouvi mais de uma vez uma argumentação segunda a qual Yeshua teria nascido perto da data (ou exatamente na data) da Festa dos Tabernáculos. Argumenta-se com base nos turnos dos sacerdotes e na indicação de qual era o turno do pai de João, o batista, e na indicação da diferença de idade entre João e Jesus.

    Notei também que há uma única festa que será celebrada, no futuro, entre todos os povos, de acordo com as profecias, que é exatamente a Fetas dos Tabernáculos. Também já ouvi uma argumentação de que o significado profético dessa festa era a primeira vinda do Ungido.

    Juntando tudo, não seria essa Festa dos Tabernáculos, a ser celebrada no futuo, uma festa de Natal verdadeira, com sua data real recuperada?

  7. Excelente reflexão Renato, penso que o povo de Deus perde muito tempo polemizando o que não deveria, ao invés de levar os pecadores ao conhecimento da verdade através da pregação do evangelho. Parabéns pelo texto

  8. Acho errado aprovar algo que vai contra a Palavra de Deus em troca do ganho de almas para Cristo.

    Entenda bem, eu disse 'aprovar'. Eu posso reprovar tal festividade e mesmo assim pregar o evangelho.

    Então, será que o mundo seria pior sem o Natal? Para ser sincero acredito que não. Acho que esse pensamento exclui a providencia e soberania de Deus.

    O mundo será melhor com o amor doado pela igreja.

    Paz a todos!

  9. Excelente texto! Concordo e apoio. Tenho aproveitado essas opoertunidades natalinas para testemunhar e abençoar pessoas que realmente, até por uma questão cultural, estão mais abertas a ouvir nesta época do ano. Não tenho problema em distribuir presentes e comemorar com uma ceia em família, mas não fazemos disto o mais importante da festa. Nos reunimos, meditamos sobre a importância da vinda de Cristo ao mundo, compartilhamos, louvamos, agradecemos. Papai Noel e outras fantasias definitivamente não fazem parte do nosso Natal. Apenas nós, cristãos verdadeiros, conhecemos a essência do Natal e não podemos perder essa oportunidade de anunciar Cristo, o Messias. A todos que celebram essa grande prova do amor de Deus, UM FELIZ NATAL!!!!

  10. NA MINHA OPINIÃO OS FINS NÃO JUSTIFICAM OS MEIO.
    SE A ORIGEM DO NATAL É DE ORIGEM PAGÃ E O NASCIMENTO DE JESUS NÃO FOI EM 25 DE DEZEMBRO ENTÃO NÃO VEJO BASE PARA QUE OS CRISTÃOS ACEITEM ESSA DATA COMO CRISTÃ, ATÉ PORQUE ESTA CLARO NA SOCIEDADE QUE O PERSONAGEM PRICIPAL DO NATAL NÃO É JESUS E SIM O !PAPAI NOEL". TENDO ISSO BEM CLARO DEIXO MINHA BASSE BIBLICA CONTRA ESSA DATA COMEMORATIVO:

    Todavia, quanto aos que crêem dos gentios, já nós havemos escrito e achado por bem que nada disto observem; mas que só se guardem do que se sacrifica aos ídolos, e do sangue, e do sufocado, e da prostituição. At. 21:25
    SE ESSA DATA TEM SUA ORIGEM NA IDOLATRIA PAGÃ POR MAIS QUE A INTENÇAO SEJA BOA NUNCA ELA VAI SER REALMENTE CRISTÃ. QUE OS CRISTÃOS BUSQUEM REALMENTE AS COISAS DE CRISTO E NÃO TENTEM MISTURALAS COM AS DO MUNDO.GRAÇA E PAZ A TODOS

  11. Eu creio que o Salvador nasce todos os dias em nossos corações.
    Portanto o Natal é uma festa pagã, sim.
    Fomentada pela ICAR, a Babilônida, e a maioria das igrejas ditas evangélicas, que no fundo, são filhas da GRANDE MERETRIZ, apoiam.
    No final dos tempos que se aproxima só haverá 2 igrejas, a igreja de Deus e a sinagoga de Satanás.
    Veremos a quem estaremos a servir.
    E não adianta ficar em cima do muro, pois o muro já é de Satanás.

  12. Caro Pastor Renato

    Pegando uma carona no comentário do leitor Renato, acrescento que de acordo com o que escreveu, a concpção de Nosso Senhor Jesus Cristo ocorreu no mês de dezembro para início de janeiro de acordo com o que está em
    Lucas 1.
    Ressalto, também, a festa de Chanucá(festa das Luzes) coincidentemente é comemorado no mê de dezembro.
    Essa festa é uma alusão ao milagre ocorrido na rededicação do Templo pelos Macabeus e que se acredita que era uma comemoração tardia da Festa dos Tabernáculos que não ocorreu no dia designado devido a guerra em que estavam os judeus.
    Sugiro um artigo sobre isso.

  13. Natal festa pagã! ´Jesus em sua palavra manda que nós lembremos de sua morte e não seu nascimento.
    Foi pela sua morte que fomos redimidos,e não pelo seu nascimento…

  14. Os crentes continuam comemorando um feriado pagão (não é paganizado, é pagão). Eu não comemoro Sol Invictus, nem nascimento de Messias.
    Não acredito que os crentes ainda não sabem a simbologia do natal. Para estes, a data não deveria passar de um momento oportuno para reunir a família e/ou fazer algo que preste ao próximo. E não empurrar para os outros o "é dia que Jesus nasceu, é dia de comemorar o nascimento de Jesus."

  15. Caro irmãos.

    Não concordo com as palavras ditas nesta publicação. O evangelho de Deus é poder, então não precisamos de um dia especifico para falar das boas novas. O verdadeiro cristão não vive de invencionismo. O verdadeiro cristão vive e pratica somente a s[a doutrina e o que foi detemrinado por Deus. Se ele não mandou comemorar o nascimento de Jesus, não de deve comemorar. Jesus mandou fazer tantas coisas e comemorar o seu nascimento não foi uma delas. Mandou lembrar a sua morte,através da santa ceia, e tem dia certo para isso. Se Deus quizesse que comemorassemos o nascimento de Jesue ele colocaria na sua palavra dia e mês certo,mas assim não o fez. Lembre-se Deus não pe Deus de confusão. Ele é preciso no que faz e manda fazer. O cristão ainda não entendeu que quando Deus anunciou a nascimento de Jesus, o fez assim para os judeos, que aguardava os Messias. Aos gentios,que somos nos,foi pregado ao Cristo salvador ressurreto, que nasceu de uma virgem para morrer na Cruz e ressucitar, dando aos judeus e gentios a chance de sermos salvo da ira vindoura de Deus. Infelizmente, os cristãos estão contaminados e cheios de desculpa para celebrar o natal e pecar contra Deus, isto é, apostasia. Igualaram o nascimento de Jesus ao nascimento de qualquer pessoa neste mundo,no mesmo molde,ou seja, as pessoas comemoram todos os anos o aniversário de seus filhos, os seus e dos parantes e amigos.Veja, nascimento é o que ocorre no momento que alguém vem a vida,inicia a sua vida. Se nascimento é um momento único, porque se comemoram várias vezes. Só se nasce uma única vez (sentido natural), então se alguém devesse comemorar deveira comemorar uma única vez, não se nasce todos os anos, e simm somente em um dia certo, hora certa, m~es certo e ano certo.Mas o ser humano, com falsos pretextos de alegria, comemorar todos os anos, e assim também o fazem com o de Jesus. Virou tradição, portanto, não é mandamento. Este papo de usar a data para aproveitar para falar de Jesus, é conversa de gente preguiçosa, que tem o ano todo para falar sobre Jesus. Outra coisa, antes de falar do amor de Deus, devemos lembrar as pessoas que elas estão se encaminhando para a perdição. Lembre-se que antes de dar o remédio temos que fazer com que a pessoa esteja consciente de que está doente. Jesus é a cura, o remédio, o tratamento, por isso antes de darmos o remédio, devemos fazer com que o paciente se conscientize que realmente está enfermo e precisa urgentemente da cura.Enquanto a pessoa não se conscientiza que está em pecado, jamais vai querer saber da salvação deste pecado.

    Que todos se cosncientizem da apostasia crescente que está alastrando a mente dos cristãos, que estão sendo levados por todos os tipos de ventos de doutrinas e se associação com as trevas.

  16. Enquanto alguns seguem dogmas, quem tem dinheiro se diverte e se alegra com a familia, outros se fecham e por medo de "pecar" e deixar até de brincar e sorrir com sua família que coisa, os fariseus continuam descutindo ás leis. O que vale é o amor a Deus a família e ao próximo. Nosso calendário já mudou tanto quem garante que estas datas são autênticas?

  17. PARABÉNS PASTOR PELO ARTIGO, TENHO LUTADO DENTRO DE MIM CONTRA ESSE espirito mercantilista natalino, CONFESSO A GRANDE DIFICULDADE DE CRER NO NATAL POR CAUSA DISSO, PROCURO BASE BÍBLICA PARA CRER E NÃO ACHO, MAS NÃO QUERO SER TÃO RADICAL PARA IGNORAR QUE TEMOS PERDIDO UMA GRANDE OPORTUNIDADE PARA SE PREGAR O VERDADEIRO SENTIDO DO NASCIMENTO DE JESUS, POIS AS PESSOAS TEM NA VERDADE ESQUECIDO DISSO E NÃO PODEMOS IGNORAR QUE JESUS UM DIA NASCEU PARA UM GRANDE E MARAVILHOSO PROPOSITO, TEMOS QUE ANUNCIAR ISSO COM A MAIOR ALEGRIA POSSÍVEL.

  18. Acho interessante as contradições vividas por aqueles que dizem ser o Natal do Messias ser uma comemoração pagã.
    Contradição porque dedicam o domingo com culto a Deus sendo que esse dia era dedicado ao deus-sol; que comemoram a Páscoa sendo que esta foi definida no calendário atual que é solar e não lunar como dos judeus.

  19. Nós podemos cantar sobre o nascimento de Jesus no dia de natal (embora não seja o verdadeiro dia do nascimento de Jesus)? Podemos sim! Mas podemos adotar costumes pagãos como a árvore de "natal" e "papai-noel"? Isso não.

    Para aqueles que querem evitar os costumes pagãos, talvez seja uma boa idéia comemorar o Hanukah, que é bem próximo. Afinal, Jesus e os seus discipulos comemoraram o Hanukah, e segundo os eruditos, foi nessa festa (que era uma festa cheia de luzes) que Jesus fez a famosa declaração "eu sou a luz do mundo". É uma festa cheia de significados espirituais. As luzes representam o candelabro sagrado (que representa as sete manifestações do Espirito de Deus). Essas luzes contam a história de como o azeite que só seria suficiente para um dia manteve o candelabro aceso por oito dias, Isso é um símbolo maravilhoso da manifestação super-abundante do Espirito Santo na vida dos crentes.

  20. Concordo que devamos aproveitar todas as oportunidades para evangelizar, mas não vejo a necessidade de comemorar uma festa cheia de paganismo e que foi introduzida no meio do cristianismo por uma falsa igreja cristã (igreja católica. O texto do pastor pode ser bem escrito, mas acaba induzindo ao erro de tolerar o errado, pois se os apóstolos e a igreja primitiva não comemorava, porque devemos comemorar hoje? A Palavra de deus não mudou os cristãos é que mudaram e por esse e outros motivos estamos vendo tanta apostasia. Por mais que sejam avisados o povo tem se associado ao errado.
    O erro de se tolerar certas coisas para não ser chamado de retrogrado tem levado alguns líderes a cometer falhas que tem ajudado ao povo que parece preguiçoso em buscar aprender e não cair no abismo nas armadilhas do inimigo.

  21. Natal de quem mesmo?

    Vocês ouviram falar de Ninrode?

    Ta na Bíblia também, considerado o Satanás de sua época, adorado como o deus sol, cultuado até hoje pelo satanismo, adivinha que dia ele nasceu?

    Mas não faz mal, o Papi Noel também passou sobre a Etiópia este ano, a 1000 metros de altitude e disse:

    "Ho, ho ho, criança que não come não ganha presente de Natal"

    Durmam com essa hipócritas natalinos…

  22. Não tenho muito o que comentar. Se não existe o dia exato que Jesus nasceu, pra que celebrar o natal, ainda com mentirinhas como papai noel. Chega de idolatria nas Igrejas evangélicas, chega.

  23. Parabéns pelo texto,devemos aproveitar esse espirito de natal onde nossos familiares estão com o coração aberto em receber a palavra de cristo, assim eles conhecerão a verdade que liberta e crendo por um Cristo que morreu por nos para nos dar a vida eterna.

  24. Os crentes também continuam casando de branco ( costume pagão do templo de diana), e usando aliança anelar de casamento, também herança do costume pagão.
    Meu filho, a questão é a seguinte:
    Nem todo costume pagão é pecado, assim como nem todo costume judeu é cristão.

  25. Meu caro você como uma pessoa que é de Deus e pregador do evangelho do todo poderoso o Deus de nossas vidas não deve sentar na roda de escarnecedores nem adorar a outros idolos a palavra deve ser pregada sim mas não se misturando a festas pagãs. A palavra de Deus diz Bem-aventuradossois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. mt5 11.
    NÃO ADORAREIS A OUTROS DEUSES!!
    MISERICORDIA…

  26. Entendi que segundo o autor, não importa se é mentira, pagão, etc…Não se pergunta mais se Deus acha que é certo, apenas se dá certo. É lastimável.

  27. A Paz! Acho que vcs do pulpito Cristão fazem igual ou pior do que as igrejas e lideres que esse site critica. Vocês confundem e roubam a fé de pessoas que tem o coração puro e humildade e que foram libertas e transformadas por essas tais igrejas que segundo vcs precisam de uma " Reforma". Esses comentarios só formam pessoas cheias de letras e resposta pra tudo, mais sem frutos, e incredulas, Além de duvidar e colocar em questão o carater e o chamado de muitos homens de Deus, que Deus levantou para resgatar almas nessa nação.

  28. Já estou careca e banguelo de tanto ouvir blá, blá, blá… sobre essa data que, segundo consta, foi instituída mais para fins comerciais, resumindo-se seu significado mais em trocas de presentes, solturas de fogos, festejos regado a muita bebida alcoólicas, consumo de drogas e etc… Tendo como resultado dessas manifestações, infelizmente, as estatísticas de grandes tragédias, tais como acidentes automobilísticos com vítimas fatais, brigas, tiroteios, assassinatos e etc…
    Agora, é inegável que esse dia, apesar de fictício, possui uma magia sobrenatural enexplicável, porque, constando do calendário oficial, com folga geral para os trabalhadores em geral, com a paralização de quase todas as atividades laborais, todos se preparam para se unirem aos seus familiares, sacrificando-se em viagens penosas de avião, ônibus, lombos de cavalos, navios, barcos, não importa o meio de locomoção, o interessante é a união com os membros da família a qualquer custo.
    Daí, constatamos que, sendo dia do aniversário de nascimento de Jesus Cristo, que nos resgatou do lamaçal do pecado, nos perdoou, nos salvou e nos deu o direito de desfrutar da vida eterna, esse dia, embora fictício, mesmo com tantos exageros e até mesmo loucuras, é inegável que não se trata de um dia comum, mas um dia especial, onde respiramos uma atmosfera diferenciada de qualquer outro dia do ano.

  29. O que nos diz a palavra de Deus a respeito?
    "… guarda-te que te não enlaces após elas, depois que forem diante de ti; e que não perguntes acerca dos seus deuses, dizendo: Assim como serviram estas nações os seus deuses, do mesmo modo também farei eu. Assim não farás ao Senhor, teu Deus, porque tudo o que é abominável ao Senhor e que ele aborrece fizeram eles aos seus deuses, …" (Deuteronômio 12:30-31)
    Deus nos disse claramente em seu manual de instruções, a Bíblia, que não aceitará este tipo de culto ainda que seja com a intenção de honrá-lo. Disse-nos que isso é abominável e não o honra, e sim aos falsos deuses pagãos. Deus não quer que o honremos "como manda nossa própria consciência". Jesus Cristo nos disse claramente: "Deus é Espírito; e importa que os que O adoram O adorem em espírito e em verdade". (João 4:24). O que é a verdade? Jesus disse que a sua palavra é a verdade (João 17:17). A Bíblia diz que Deus não aceitará o culto de pessoas que, querendo honrar a Cristo, adotem um costume pagão.
    Novamente Jesus disse: "Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens" (Mateus 15:9). A comemoração do Natal é um mandamento de homens e isso não agrada a Deus. Jesus Cristo ainda disse: "E assim invalidastes pela vossa tradição o mandamento de Deus" (Mateus 15:6).
    Isto é o que fazem hoje milhões de pessoas. Desprezam o mandamento de Deus. Seu mandamento com respeito à celebração de tradições pagãs para honrar e adorar a Deus é claríssimo: "Não farás assim ao senhor teu Deus, porque tudo o que é abominável ao Senhor e que ele aborrece fizeram eles aos seus deuses". Sem dúvida a maioria das pessoas invalida este mandamento seguindo a tradição dos homens ao comemorar o Natal.
    Não nos enganemos! Deus nos permite obedecer. Permite-nos seguir aos costumes dos homens. Permite-nos pecar. Porém também nos adverte que haverá um dia de juízo em que colheremos o que semeamos! Jesus Cristo é a Palavra Viva e pessoal de Deus, e a Bíblia é a Palavra de Deus escrita. Por esta palavra seremos julgados por toda a eternidade! Não devemos ignorá-la nem desprezá-la.

  30. Mano, você é livre para não comer panetone, e celebrar o natal em abril, maio, e até para não celebrar. Mas por favor, não faça disso um dogma. Deixe as pessoas viverem a vida delas. Ninguem vai para o inferno por celebrar natal em dezembro. Isso é papo de louco, meo. Salvação é de graça (Ef 2.8).

    Abraço!

  31. Gostei muito do artigo sobre o comportamento do crente em relação ao Natal. Gostaria apenas contribuir com a seguinte afirmação o Natal que celebramos ou não celebramos, nunca teve origem pagã, pelo contrário, o Natal que o mundo celebra, ele queira ou não, teve origem nas profecias anunciadas no Velho Testamento e seu cumprimento em Belém.

  32. cuidado com as festas pagãs igreja, talvez não seja tão útil
    assim participar de algo que tenha origem não cristã com a desculpa de evangelização, ainda restam os outros 364 dias do ano; não se deve comemorar o nascimento de Cristo, Ele não ordenou isso, acaso sabem o dia correto em Ele nasceu?

  33. É isso aí Claudenor, falou certo, vamos parar de hipocrisia porque o que é Sagrado é eterno, misturar as coisas de Deus com os costumes pagãos e ainda assim rotulá-la de "festa sagrada" é muita safadeza do povo, vamos ler mais a bíblia e saber o que realmente agrada ao Altíssimo.

  34. PORQUE O NATAL É TÃO IMPORTANTE PARA OS CRENTES? PORQUE NESSE DIA ROLA MUITA BIRITA E ADULTÉRIO, PORQUE JESUS VAI FICAR ALEGRINHO COM UMA DATA QUE O MUNDÃO INVENTOU PRA ELE USAR LINGUA DE SÓGRA E CHAPÉUZINHO COLORIDO E GANHAR UMA CRUZ DE ASSINADA POR OZZY OSBOURNE. OU PORQUE TODO MUNDO FINGE SER DE DEUS SÓ NESSE DIA E DEPOIS CONTINUA A CACHORRADA HIPÓCRITA DE TODOS OS DIAS???

  35. Crente tem é que se converter e dixar de ser frutinha de exploradores de um evngelho falido e desnutrido.
    Só poruqe o mundo comemora Natal o crente tem que ser maria vai com as outras?
    Crente tem que parar de vender voto, fazer macumba gospel, falar mentira, adulterar, fornicar, bolinar mulheres alheias.
    Jesus disse – Celebrai a morte do Senhor até que venha, e não comemorar o aniversário de Jesus que nem consta essa data na Bíblia.
    Porque crente e mundo se parecem tanto de uns 30 anos pra cá???

  36. esse texto é contraditorio …União se faz todos os dias basta ter esse sentimento.. natal é uma festa pagã.. e nada mas justifica isso.. se unir em um dia? se se separar em outro??

  37. Gente, não acha que para morrer precisou nascer?? Se fosse alo qualquer, por que os anjos fizeram festa, por que avisar a pastores, sábios, que inclusive levaram presentes? até a estrela serviu de guia? isso é nada??

  38. sim devemos sim comemorar o natal mundialmente se estabeleu como nascimento de jesus ainda que não seja mais é a oportunidade de pregar a palavra.
    não a como falar de natal sem se falar de jesus indepedente das origens que sejam pagãs o apostolo paulo pregou a respeito de um deus desconhecido que não era jesus mais foi a brecha para ele
    falar de jesus então sigamos o exemplo do grande homem de Deus.NÃO SEJAMOS COMO TESTEMUNHAS DE JEOVÁ DA SEITA QUE FAZ DE TUDO PRA DESAPARECER O JESUS BIBLICO DA VIDA DO POVO DO MUNDO COMEÇANDO EM NÃO COMEMORAR O NATAL ISSO É BESTEIRA.

    O QUE NÃO PODE SER ADORADO NO NATAL É PAPAI NOEL
    POIS ESSE SIM É UM DEMONIO SAFADO QUE QUER SER ADORADO NO NATAL E FAZ DE TUDO PRA SER LEMBRADO NO NATAL E JESUS ESQUECIDO ESSE SIM É UM PERSONAGEM PAGÃO UM IDOLO QUE NÃO PODE SER LEMBRADO NO NATAL.

  39. NO MUNDO TODO ESTABELECE UM DIA PRA SE COMEMORAR OU LEMBRAR UM PERSONAGEM HISTORICO UM HEROI .
    TEM DIA PRA TIRADENTES .PRA ZUMBI E ENTRE OUTROS
    TEM ATE DIA PRO DIABO QUE SÃO VARIOS COMO O DIA DA MENTIRA
    DIA DA MORTE DIA DOS FINADOS DIA DE UM IDOLO PADROEIRA DE BRASIL
    SERA QUE SÓ JESUS NÃO DIREITO DE TER UM DIA PARE E SEMPRE NISSO .A INTEÇÃO DE NÃO SER LEMBRAR DO NATAL É ALGO DE DEUS OU DO DIABO PARE UM POUCO PRA PENSAR E TIRE SUA PROPRIA CONCLUSÃO.

  40. vamos celebrar o natal simbolo do nascimento de jesus que possamos enfeitar nossa casa com luzes e reunir nossa familia e nos alegrar nao precisa de encheçao de saco de niguem ,tem gente que quer encher a cara isso nao eh nada boom,natal eh a festa crista voces reclamam de tudo..

  41. Irmãos que a Paz de Nosso Senhor e Salvador Jesus esteja com todos. Se dentro das pesquisas realizadas inclusive os mais Doutos no assunto, se é realmente festa pagã o cristão não deverá comemorá-la da forma que é comemorada. Pois acredito ser demagogia esse comercio todo. Por que se uma família encontra-se um tanto separada porque só nessa data podem perdoarem-se, juntarem-se para a comilança e beberrança, isso é comemorar o nascimento de um Deus que sofreu tanto e entregou-se para remissão de nossos pecados; será que é só nesse dia que Jesus atende à porta, nos outros 365 dias durante as 24 horas Ele está de portas fechadas. Hipócritas!… O Amor de Deus é incondicional todos os dias. Quer dizer que nao se pode doar, alimentar,efetuar o mais sublime amor que Deus adora que é a caridade nos outros dias do ano só na data em que se comemora o natal. Vivemos em um mundo mentiroso. Será que Deus gosta disso; ou será que deixa passar para ver ate onde vai a fé verdadeira de cada um. Devemos comemorar dentro de nosso íntimo o amor paternal, verdadeiro, fiel que a nos nos foi dado na Pessoa do Senhor Jesus, e ainda recebemos todos os dias de nossa existencia esse amor do Deus vivo que so quer ser adorado, amado como nos amou. Devemos ser leal todos os dias, todas as noites, nao só na data de 25 de dezembro.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui