Marcelo Tas e o Orgulho Gay, Soninha e o Aborto, FHC e a Maconha

37
667
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Claudio Goes

Imagine uma sociedade toda gay. Sem relacionamento hetero! As pessoas tendo relações “homoafetivas” no meio da rua como aconteceu no último domingo (20) na parada gay do Acre, onde um gay faz sexo oral num pênis de borracha amarrado na cintura de outro gay, ao som da música evangélica que convida Jesus a entrar “… na minha casa, entra na minha vida…”. Nessa sociedade ninguém pode contestar nada sobre a vida dos gays, sob o risco de serem presos, condenados homofóbicos, criminosos, pobres diabos. A bandeira branca da paz daria lugar a bandeira rosa do movimento, grande parte dos filmes e romances, de hoje seria considerado material impróprio, queimados. Assistir a Romeu e Julieta seria passível de prisão perpétua ou pena de morte, os estádios de futebol não seriam mais chamados de caldeirão e sim de Panetone, cheio de frutinhas.

Assine o Blesss

Dá para perceber que esta sociedade nem seria alegre e divertida porque criança seria algo raro, muito poucas visto que outros métodos de fertilização são caros, e mais difíceis. Bom, pensando de maneira otimista estaríamos mais ou menos há 200 anos do fim da vida na terra. Por que depois que todos os “casais” gays morressem, e os filhos que já existem morressem, acabaria a vida na terra. Seria um grande desastre! O que as guerras mundiais não conseguiram fazer, seria concretizado.

Sem a relação sexual entre um homem e uma mulher a vida na terra será extinta.

Mas não sejamos tão pessimistas, lembre-se que nossa natureza é tendenciosa à rebeldia e suponhamos que um grupo de rebeldes heterossexuais fugisse para uma ilha, uma caverna, e lá mantivessem as antigas e sujas práticas heteressexuais.

Imagine uma sociedade onde o aborto não fosse um crime, mas uma virtude, uma atitude corajosa de quem sabe o que quer da vida. Sabe o que aconteceria? Lembra das crianças que poderiam ter nascido dos rebeldes na ilha, nas cavernas? Na verdade elas não nasceram, foram abortadas. Escaparam a ditadura gay, mas não escaparam da cultura da morte, foram mortas no ventre da mãe, aquela que deveria protege-la, alimentá-la, foi quem tirou a vida dela.

Mas não cometerem nada de mais aos olhos dessa sociedade, porque lá um feto humano não é uma pessoa humana, portanto, não tem direito a vida, sendo assim, é legítimo destruí-lo. O feto não é gente e não tem nenhum direito em qualquer estágio da gravidez. Somente a mãe é gente, com plenos direitos de privacidade e escolha. O bebe no ventre da mãe pela ótica desta sociedade, “pode” não ser considerado como um bebe, e sim, como um intruso, alguém indesejado, um agressor, um agente que milita contra a liberdade da mãe, um “demônio” e por isso, matá-lo é o mesmo que agir em legítima defesa.

O criminoso aqui não é quem mata e sim quem quer viver.

Esta sociedade que abraçou a cultura da morte estabeleceu que o aborto não deve ser tratado como algo terrível, e sim como um bem positivo, entre outras coisas, uma maneira de garantir a liberdade e o direito de escolha de cada um. O aborto passou a ser um método eficiente de lidar com os problemas de superpopulação, eles não poderiam ser descobertos pela ditadura gay; possíveis defeitos congênitos, daria muito trabalho cuidar de uma criança com Síndrome de Down; gravidez prematura, ainda não é a hora de ser mãe e etc.

Nesta sociedade o aborto não é tratado como um problema moral, criminoso e espiritual, foi reduzido ao status de “assunto de saúde pública”, de foro íntimo.

Se matarmos as nossas crianças a vida na terra será extinta.

Imagine uma sociedade toda maconheira, sim, todo mundo doidão. Seus filhinhos lá na sala da sua casa assistindo Shrek e fumando um baseado, com as pontinhas dos dedos queimadas. Assistindo filme porque criança é arteira e fumaram todas as historinhas de papel que você tinha.

Imagine uma sociedade livre onde as pessoas pudessem fumar onde quiser, quando quiser, quanto quiser, se bem que perto da minha casa isso já acontece! Já imaginou, uns rindo do poste porque só fica parado! Outros rindo da lua, para a lua, na lua, enfim o motivo é o que menos interessa, qualquer piada idiota seria pra lá de engraçada. Imagine as pessoas vivendo ao estilo “eu sou o vampiro doidão, eu sou o vampiro doidão, passo o dia dormindo e de noite fumo um baseadão” do tio Raul, aquele falecido maconheiro, maluco beleza, que gritava e gritava e gritava “Viva! Viva a sociedade alternativa” até ele lembrar o resto da letra, o mesmo que queria que todo mundo tomasse banho de chapéu e disse “todo homem e toda mulher é uma estrela” só podia tá com canabis na mente. Para os mais novos, esse foi o cara que disse “quando eu nasci no bico da cegonha.

Na minha mamadeira foi dois quilos de maconha” que piada idiota! Mas tudo bem, nessa sociedade todo mundo ri, afinal estão todos doidões, é tapa na pantera pra todo lado.

O problema é que uma sociedade assim também não resistiria a vida na terra. A vida seria impossível! No mundo doidão planta-se maconha no lugar do arroz e do feijão. Mas vai chegar a hora da fome, daí é lógico que vai faltar comida para tanta “larica”.

E ainda que os maconheiros resolvessem plantar um arroz, um feijãozinho lá, imagine só depois regar a plantação por quatro meses, e não ver nada de arroz e nada de feijão, um maconheiro olha para o outro e diz “pô mano cê esqueceu de colocar a semente, aí num nasce naum” e ao som de “tente outra vez” caem na gargalhada. Tente outra vez uma ova, agora só no outro ano, porque as estações não fumam maconha.

Entregue o mundo aos maconheiros e a vida na terra acaba, a USP que o diga.

Marcelo Tas, numa sociedade toda gay você nem teria sua filha para “orgulhar-se”; Soninha você que se orgulha de ter feito um aborto e defende livremente a prática do aborto, saiba que essa prática tem nome, assassinato. E qual é a sua FHC? Fica defendendo a descriminalização da maconha, outro nome para liberação da maconha. Se proibindo o povo fuma até a última ponta, até queimar o beiço, imagina com um incentivo desses.

O cômico de tudo isso é que essas pessoas se propõem a defender o ser humano, a liberdade, seja através da imprensa, da política, querem formar nossa opinião, pedir o nosso voto. No fundo, no fundo vocês nutrem um ódio terrível contra o ser humano. E não me admira, pois, quem é incapaz de amar o filho que está dentro, demonstrará incapacidade maior de amar o próximo.

FHC o que você tem contra a vida na terra? Perdeu o juízo meu? De onde veio seu ódio contra o planeta? Porque você quer enfiar maconha na cabeça de todo mundo? Só porque nós brasileiros votamos no Lula? Duas vezes! Soninha, já não basta o que você própria fez, você quer dar a liberdade para outras fazerem. Que liberdade é essa? Liberdade pra matar!

Tem certeza de que vocês são a favor do ser humano? Querem mata-los, torna-los gays e drogados! É assim que demonstram o amor!

Mas quer saber? O que eu tenho contra o pensamento de vocês não gira em torno do ser humano primeiramente, minha questão é maior, trata-se do Deus que eu sirvo que ama o homem, que renova a mente sem me drogar, e que criou o sexo entre homem e mulher para o prazer de ambos, para trazer ao mundo outras pessoas.

***
Cláudio Goes, do Convergindo em Cristo. Divulgação: Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

37 COMENTÁRIOS

  1. Fenomenal. Parabéns Claudio.
    Já não se luta mais por verdadeiros valores de uma sociedade inteira. Hoje há grandes mobilizações por valores de pequenos grupos, que acabam ganhando força sobre o restante do povo.

  2. Usar a tática do medo pra impor um pensamento absurdo é ridículo. Primeiro, alguém acredita que alguém vire gay só por ver os direitos deles assegurados? Desculpa mas quem pensa que o simples convívio ou a normalização dos costumes deles faz alguém virar homossexual não tem muita segurança da sua masculinidade. Fazer aborto não é tomar sorvete, é difícil para uma mulher, não acredito que seja transformado em uma virtude, o que tem que se pensar é que existe gente fazendo aborto clandestino como medida desesperada e tendo consequencias graves. Sobre a maconha, como a legalização faria crianças fumarem maconha? Alguém deixa seus filhos pequenos beberem álcool só porque a bebida é legalizada, claro que não! Com a maconha é a mesma coisa, no texto insiste em um esteriótipo ridículo de maconheiro, ninguém vira ET porque fuma maconha. Divulgar uma religião ou falar sobre Deus é uma coisa, tentar manipular pela tática do medo é outra, religião é questão individual, acho que essa visão toda meio deturpada acaba afastando mais as pessoas do que aproximando. Não confundam valores morais com preconceito…

  3. Texto nada cristão, porque Jesus defendia as verdades da palavra sem acusar falsamente seus oponentes.
    Que o Senhor tenha misericórdia de uma igreja (não parece A Sua Igreja) que não sabe pregar pelo Espirito, mas quer legislar e controlar.
    Me lembra o que Jesus disse sobre o que os judeus faziam por e com os prosélitos…

    Não preciso de uma sociedade sem gays nem aborto nem liberação das drogas para ter a ilusão que as coisas estão "sob controle" e fazemos nosso papel.
    Sendo essas coisas liberadas ou proibidas, as pessoas continuam pecando a rodo.

    Em vez de tentar controlar as leis tanto assim deveríamos começar a pregar mais o arrependimento, a começar dentro das igrejas.

  4. Gente que texto imaturo e com as questões referidas muito mal discursadas: Aborto, direito e cidadania sobre a homorrealidade e a legalização da maconha.
    É necessário um aprofundamento maior sobre o tripé que se pretende dialogar no texto. O texto não informa, não cresce junto ao leitor no que ele se propõe e não convence, apenas cria possibilidades de manipulações arbitrárias.
    Lamentável!

  5. Olá Jil, lógico que é um texto imaginário, exagerado… concordo com voce que "É necessário um aprofundamento maior" o objetivo do texto está sendo alcançado ao fazer um chamamento para os temas em questão que serão tratados posteriormente no meu blog. A questão sobre o Aborto já tem um post mais lúcido. Se quiser vai o endereço Convergindoemcristo.blogspot.com
    Obrigado!

  6. Cara, nao sei se você percebeu, mas o texto é recheado de ironia. É uma sátira da sociedade, portanto, tende ao exagero. Sao formas de linguagem que voce deveria procurar conhecer.

    No entanto, apesar dos exageros, as conclusoes sao bem acertadas. Exemplo: Num mundo onde só existem gays, nao haveriam nascimentos. Uma sociedade onde o aborto é regra e nao excecao, será extinta. E embora isso nao prove que nao se deve praticar o aborto e o homossexualismo, o texto, mesmo tratando-se de uma sátira, nos leva rever os valores, os antigos padroes da moral e da ética, como a sobriedade, o direito de nascer e a heterossexualidade como padrao social.

    Mas opiniao é opiniao, e você tem todo direito de ter a sua. Só acho que você devia ser menos "intolerante" com quem discorda de ti (risos)

    Graca e paz!

  7. Excelente texto. Vamos usar a liberdade de expressão antes que acabe. Melhor, vamos aproveitar enquanto nós os héteros somos tolerados, poie pelo jeito que a coisa anda somente opiniões pró-homossexualismo, pró-aborto e pró-maconha é que serão toleradas. Hoje já é assim: pró-homossexualismo = antenado e moderno; contra = homofóbico e retrógrado.

  8. ótimo texto! quem não é bom crítico acha ele tendencioso e até mesmo intolerante! talvez porque desconheça o que é ser irônico! Claro que nenhuma sociedade será igual em seus pensamentos! nunca teremos o mundo inteiramente homossexual, aptos ao aborto ou usuários de maconha! Mas a questão é, aonde iremos chegar com tanta apologia ao uso das drogas, ao homossexualismo e o aborto? Simplesmente seremos uma sociedade caótica e cada vez mais doente! Sim, porque essas três coisas (aborto, homossexualismo e drogas), trazem inúmeras patologias as pessoas que as praticam! Deus nos ama e Jesus veio para os doentes! Então como embaixadores de Cristo aqui na Terra, é nosso dever pregar contra a doença do pecado e levar a cura a esta nação!
    que Deus em sua infinita graça nos abençoe e nos faça trilhar o Caminho da Verdade, falando em tempo e fora de tempo! ainda que muitos acusem a verdade de ser mentira e chamem ao mal de bom!

  9. parabens, vc é mto corajoso.k Deus te abençõe poderosamente,colocarei o link em minhas redes pra k outras pessoa possam ser tbem abençoadas com a verdade nua e cru.continue assim… verdadeiro

  10. Claudio, vejo que temos pessoas inteligentes e críticas netas sociedade estragada por novelas vazias de cultura, de filmes banalizadores de violencia e de uma cultura de "1984" de orwel…mas o que precisamos mesmo é ir para os pes De Jesus, nos humilharmos e quebrantarmos diamte de Nosso Senhor , pois ELE tem a solução para nossa terra seca: "…e se o Meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, se desviar dos seus maus caminhos, então EU ouvirei do ceu, e perdoarei os deus pecados e sararei a sua terra." 2 cronicas 7:14.
    Se quisermos um mundo mais justo, mais limpo, mais moralmente corretos, mais tolerante, mais amavel e menos perverso tem que começar de nos mesmos. se temos coisas para queixar, que nos queixemos dos nossos proprios pecados e maselas."senti as vossas miserias , lamentai e chorai, torne o vosso riso em pranto e a vossa alegris em tristeza.Humilhai-vos perante O Senhor e Ele vos exaltará." tiago 4:9,10.
    que O Senhor tenha misericordia de nos, pois estamos em uma sociedade de lábios impuros e NóS tambem estamos com os nossos lábios impuros.
    abraço.

  11. Esse texto é resultado de alguém que pretendia ser irônico, sem aparentemente ter inteligência para fazer bom uso do recurso da ironia. Está mais para terrorismo barato do que para ironia. O autor errou na dose, e feio. Lamentável.

  12. É tão interessante ver pessoas que acham que entenderam o texto e criticam o texto por uma coisa que não falou. Não sei se você percebeu, mas o texto é um olhar crítico de como a sociedade poderia ficar se o ser gay fosse o normal, se abortar fosse o certo e o esperado e se fumar maconha fosse visto como necessário.
    Ter um olhar crítico da sociedade não é ter preconceito, e é claro que esse olhar crítico vem pela sua moralidade, pela sua personalidade. Não seja ingênuo ao achar que os militantes gays só querem "assegurar seus direitos", se você olhar bem o discurso deles verá que querem impor o homossexualismo(ou como eles insistem em corrigir homossexualidade) como sendo o certo, o natural. O que NÃO é verdade!! Nem seja mais ingênuo ao dizer que o Brasil precisa legalizar o aborto!! Se você olhar bem para esse aspecto, a maioria dos abortos que são ditos de risco acontecem com pessoas de baixa renda e baixa instrução, raramente acontece com pessoas com dinheiro e boa instrução. Porque? Porque os pobres não são instruidos dos riscos que um aborto pode acarretar, nem são mostradas a eles imagens de como ocorre um aborto e o que fazem com o feto.
    Por favor, entenda primeiro o que o texto quer dizer. Procure ser crítico sobre a sociedade também!! Você ganhará muito!!

  13. Seu texto carece e muito de observação irmão.
    voce coloca 3 questões, sexo, aborto e droga.
    Na primeira não acredita que alguém pode virar homossexusal por influencia/convivencia no meio, mas lhe digo que pode, e a coisa não passa por ter duvidas da propria masculinidade, a mente humana pode devanear bem mais que voce imagina, e o mal sabe como explorar estes "devaneios". No geral estão associados a muita eroticidade, ambientes sem limites, influencias malignas, bebida alcoolica, enfim, carne puxa carne, até voce pode cair,fique alerta!
    Aborto, voce diz não ser fácil para uma mulher, penso que a questão não é ser ou não ser fácil. Muitas mulheres querem ficar livre de um "problema" ou de algo que ela julga ser um problema, e a questão tem inicio na base, primeiro uma relação evitavel, depois um resultado evitavel, depois uma atitude evitavel, mas em tudo isso não há necessáriamente dificuldades, há mulheres que abortam mais de uma vez. Aborto é fruto de irresponsabilidade, mas a irresponsabilidade é fruto do que? De várias coisas, e de muitas variantes, então não considero a coisa simples assim como colocada por voce.
    Maconha, voce diz não influenciar, ora irmmão, as pessoas começam a fumar cigarro comum por que motivo? Exemplo, marketing, charme, seguir o grupo, identificação, porque a maconha seria vista de outra forma?
    Tenho visto uma sociedade anestesiada e sem reação diante de tantos problemas, e me aparece voce para minimizar tudo isso, não posso concordar, principalmente com a ultima frase, preconceito. Pré-conceito é um conceito prévio, algo que se diz ou se faz sem avaliação, ou já pré estipulado independente da situação. Fico imaginando o que gente que defende estas coisas vão fazer quando os defendidos começar a morder a bunda de voces e de suas familias, será que vão sugerir alguma maldade?

  14. Parabéns pelo texto e pela coragem! Deus te abençoe e que você possa contribuir sempre com textos que expressem a verdade das Escrituras. Abraços.

  15. Nunca li um texto tão ruim e infantil como este.Um texto carente de enbasamento teorico/científico ,preconceituoso e machista. Como se pode imaginar uma sociedade somente gay(esquecendo que existe a atração, a manipulação pelo oque é o certo e o errado na cabeça do autor e que existem pessoas que gostas de pessoas).A humanidade viveu momentos antigamente, que era normal homens gostarem de homens e nem porisso fomos extintos.Estes termos gay, hetero, são nomes criados como a biblia foi criada pelos homens. A questao do aborto é muito mais complexa como foi tratado.E a Cannabis sativa, oque sera que ela fez de tão grave para Cláudio Goes?Não sabia que Cannabis Sativa é igual a um remedio comprado em farmacia?Mas que infelizmente a nossa história corrompeu seus valores medicinais, e ela, a "maconha" é vista, pelo visto, ainda como a que derrete o nosso cerebro, deixa as pessoas burras, doentes mentais!!!Ela so nao é ainda usada de forma devida, e sim abusiva!Cara antes de vc querer escrever alguma coisa é melhor estudar mais, ver oque significa cada palavra que esta escrevendo para nao ser como o nosso Deputado Jair Bolsonaro um cara anti-ético e preconceituoso ao extremo.

  16. Que coisa, essa internet esta cheia da ditadura do relativismo. Pessoas que defendem o que eh certo pra mim nao pode ser certo pra voce. Essas mesmo sao as mais intolerantes quando o assunto toma cunho cristao.

    Pra começar, a igreja nao condena os homossexuais, e sim os "gays" ou pessoas que estejam engajadas nesses movimentos anti-familia. E diferente condear uma atitude, do que condenar uma pessoa. Vejam o caso do ex-deputado Clodovil. Ele era um homossexual, nao um gay, pois ele mesmo defendia a familia e criticava essas "paradas". Tenho certeza que Deus tera uma grande compaixao na hora de juga-lo.

    Sobre o aborto, as feminitas se remoem pelo "direito" de matar sem serem condenadas. Pois saibam que Deus sim vai ter o direito de condena-las se nao se arrependerem.

    Sobre as drogas, a igreja tambem nao condena os drogados, mas sim o fato de se drogarem. A sociedade perde com pessoas que se drogam, isso é obvio!

    Sobre o texto, e bem incisivo em alguns pontos mas expressa um ponto de vista critico. O que poucos desses "encima do muro" e "tolerantes" fazem.

    Parbens!

  17. Paulo, sem querer faltar com respeito a sua opinião, quero responder só uma das suas indagações. "Alguém deixa seus filhos pequenos beberem álcool só porque a bebida é legalizada, claro que não!" Não precisa nem fazer uma pesquisa enquanto a isso, mas é notório que a cada dia que passa, nosso adolescentes e crianças estão se envolvendo com alcool mais cedo. Claro que na aioria das vezes os pais não liberam,mas por outro lado não dão exemplo. Em fim, o mesmo pode acontecer com os temas em questão.

  18. Vocês se esquecem que não existe apenas uma crença no mundo, se tem gente que não crê que existe um Deus, problema é dela, e se ela quer ser gay, fazer aborto ou usar drogas, é tudo problema dela, e não da igreja cristã. O estado é laico e não religioso, a igreja cuida de assuntos da igreja, e o estado do assunto do estado.

    Em tempo: Sou cristão, não sou a favor do homossexualismo, aborto, e drogas, mas sou a favor a liberdade de livre de escolha.

  19. Essa onda de viadagem que está invadindo as nações é um plano estratégico para acabar com a família e os valores judaicos cristãos. Ela, certamente não se formou no Brasil, e sim nos corações dos senhores do mundo, que o estão preparando para a vinda do anticristo. A maioria dos gays também estão servindo de massa de manobra nesse plano.
    Quem quizer que olhe para Cristo e ore, e deixemos o mundo fazer suas escolhas.

  20. Caramba?
    Fiquei sem nenhuma munição. Preciso de um resgate, pois, do modo como foi abordado os assuntos, parece que Jesus vestiu as camisas da razão e da emoção, e o evangelho de Mateus, por exemplo, no sermão do Monte, foi distorcido, principalmente no versículo 9. Sei que alguém está pronto para subir ao monte e gritar bem alto: "Chega!", mas as Boas Novas, estão sendo usurpadas ou usadas. Cuidado com o púlpito. Não sou a favor dos protagonistas acima, mas eles também podem mudar. Será que a nossa fé ficou para quem não tem conhecimento da verdade? Deus não faz acepção de pessoas, então… Grite sim, mas com a Palavra de Deus, usando a mesma para a salvação. Não condene, meu irmão.

  21. Outro catedrático. Bom é o jardim que ele planta… Não vai me dizer que entendeu o recado, logo, não expus o recado devido. Contudo, a nossa sociedade tem se alimentado o bastante da ciência, da astronomia, filosofia, de todo tipo de "ia", e está bem amparada ao vernáculo. Todos os dias percebemos pessoas com livros em suas mãos, falando com entendimento sobre política, sobre genética, biologia, direito, etc. Não há nenhuma condição de se assistir os absurdos da tv globo, nos horários nobres. Nossas crianças estão sendo preparadas com o melhor ensino. Não estou defendendo ninguém, mas deixando o recado. A sujeira existe e se não houver mudanças, pode acontecer algo muito sério. Estou pronto para o exilio do protesto contra a tentativa do imperio homofóbico. é pra confundir mesmo!

  22. Está contratada. Parece que o caro "irmão" conseguiu alcançar os phds do Brasil. Gente, a miséria do entendimento está tornando algo insuperável no Brasil. Será que FHC é o responsável? O Bolsa familia precisa acabar e encontrar um jeito de se criar o bolsa matinho.

  23. Como nós conhecemos estas pessoas? Marcelo Tas, Soninha e FHC? ESte é o marketing que eles tanto precisam. O mundo está cheio de "Coca-Cola", de Leonel Messi, Pele, McDonald's, etc. O mundo todo conhece estas peças. Então abrimos um leque de audiência paara eles e pronto.
    Boris tem razão "Isto é uma vergonha!" Está barato não criticar, mas está difícil falar o que se pensa, mesmo sendo analfabeto no assunto.

  24. Texto muitíssimo mal escrito: repleto de erros lógicos; cravejado de erros de português; cheio de preconceitos… enfim, um monte de asneiras que só faz sentido para os consumidores de versículos.

  25. Texto muito bom!!.Os homossexuais querem a supremacia, se quisessem respeito se davam ao respeito, na passeata aqui no recife um cidadão lambia a virilha de outro em plena avenida. Conheço homossexuais intelectuais, que se respeitam, pessoas corretas e que nunca participaram e desaprovam em manifestações ridículas que fazem esses movimentos. Texto claro para quem quer entender!

  26. E o livre arbítrio dado por Deus fica onde? Onde Deus disse que é dever dos homens como devemos viver? Onde está o não julgue para não ser julgado? Uma vergonha isso tudo, querem dizer como os outros devem viver a palavra de Deus utilizando-se de textos que ferem completamente a palavra?

    Deus não mostra parcialidade ou favoritismo (Deuteronômio 10:17; Atos 10:34; Romanos 2:11; Efésios 6:9), e nem nós deveríamos.

    O amor de Deus é o mesmo por qualquer pessoa (João 3.16)

    Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. Gálatas 3:28

    Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem, para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos. Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa vocês receberão? Até os publicanos fazem isso!” (Mt 5.43-46)

    Finalizando, mordam a língua antes de falarem de alguém. Se há Deus em seu coração, por que a vida dos outros vão lhe importar senão para fazer o bem a elas?

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui