Tem muito pão com ovo se achando Big Mac

22
702
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Maurício Zágari

Algumas reflexões aqui no APENAS nascem de episódios da minha vida. Outras são mero fruto de pensamentos que cismam em pulular dentro da minha mente. Muitas são resultado da observação do mundo ao meu redor. Mas a de hoje tirei de um lugar inusitado: uma frase que minha maninha @JuliaHelena_ postou no twitter. Confesso que quando li “Tem muito pão com ovo se achando Big Mac” achei criativo e bem-humorado. Mas não tem jeito: quando você respira a fé 24 horas por dia (e, que fique claro, isso não falo como uma qualidade que pode soar soberba, mas sim como uma mera constatação), até pequenas coisas como essas me levam a refletir sobre a Igreja, Cristo e o nosso universo cristão. A verdade é que Julia está certa, talvez não mediante a intenção que a fez postar essa frase, mas em um âmbito muito mais profundo dentro desse mesmo universo.

Assine o Blesss

Esta é uma reflexão sobre celebridades, fama e sua relação com a fé.

O ser humano sempre foi atraído por celebridades. Veja o star system americano, uma estratégia criada décadas atrás pelos estúdios de cinema que procura criar celebridades em Hollywood apenas para que filmes deem mais lucro. Em resumo, o star system busca tornar atores e atrizes famosos para levar você, do público, a se apaixonar por eles e querer sempre ver seus filmes. Afinal, confesse, você vai ao cinema em 99% das vezes pelo título do filme ou porque seus astros prediletos atuam nele?

E funciona! Você não vai ver Diamantes de sangue, você vai é assistir ao “último filme do Leonardo DiCaprio”. É assim que age a dinâmica das celebridades: a máquina de marketing de Hollywood, da TV Globo ou o que seja leva você a se afeiçoar pelos atores A, B ou C para que a cada novo filme, novela ou seriado você esteja ali, sentadinho, pagando seu ingresso, aumentando o ibope e, claro, enriquecendo estúdios de cinema ou redes de TV. É simplesmente por isso que existem celebridades nos nossos dias: pois elas geram poder e dinheiro. Muuuuuito dinheiro!

E entre os cristãos?

Isso tudo apenas comprova que o ser humano sempre foi atraído por celebridades. E você acha que entre os cristãos é diferente? Também somos seres humanos. Então não, não é. Basta olhar em volta. Nós, cristãos, criamos e amamos celebridades pelas exatas mesmas razões que o mundo. Repare que desde a época de Cristo era assim. Jesus mesmo virou uma celebridade – não por vontade própria, claro. Mas perceba: quando ele multiplica pães e peixes e alimenta milhares de pessoas, muitos passam a segui-lo não por suas palavras de vida eterna, mas pelos benefícios materiais que perceberam que ele poderia lhes proporcionar. Cara, um homem que pega cinco pães e dois peixes e alimenta de graça milhares de pessoas! Quem não quer seguir uma celebridade dessas?! Mas aí o tempo passa e quando Jesus é pregado numa Cruz restam apenas 120 no cenáculo. Pois naquele momento o ibope de Jesus estava em baixa e ele não tinha, aos olhos humanos, mais nada a oferecer, já que morto não gera poder, prestígio, dinheiro ou outros bens materiais. Só permanece quem realmente busca o Reino de Deus e não pessoas que lhes proporcionem benefícios materiais ou arrepios de emoção.

Passaram os séculos e chegamos aos nossos dias. Então o meio cristão começa a inventar celebridades, pelos mesmos motivos mundanos de sempre: atrair gente. E com isso gerar dinheiro – usando as boas e velhas estratégias: encher igrejas, vender CDs e DVDs, eleger políticos e outras práticas similares. O problema é que uma enormidade dessas celebridades é puro pão com ovo: entopem mas não têm substância. O resultado é que temos pastores-celebridades ensinando absurdos bíblicos nos púlpitos e multidões que devoram aquele pão com ovo achando que é Big Mac quando na verdade as palavras proferidas não carregam em si nada além de algo que engorda e aumenta o colesterol espiritual. E, óbvio, podem causar uma tremenda infecção e até uma septicemia espiritual – que pode levar à morte.

É assim com pregadores-celebridades que ensinam prosperidade. É assim com pregadores-celebridades que atraem os jovens com discursos e estéticas bonitinhas mas começam a pregar que o cristão não precisa ter uma mudanca radical de vida para seguir Cristo (a mais nova heresia do mercado gospel, ensinada por pastores que dizem que você não precisa ter uma mudança de vida radical após receber o chamado de Cristo. Aliás, cabe aqui um parêntese: se você ouvir falar de ética transacional ascendente, FUJA!). É assim com pregadores-celebridades que falam sobre graça mas vivem atacando os outros e chamando pastores sérios de “bundões”. É assim com pregadores-celebridades que usam sua pregação eloquente para se eleger ou eleger seus irmãos e parentes para cargos políticos no governo. É assim com pregadores-celebridades que usam a linguagem, a estética e ate a música dos jovens para atrai-los e torná-los seus dizimistas.

É muito pão com ovo se achando Big Mac. Mas no Reino de Deus? Comida espiritual irrelevante.

Pão com ovo na música

No mundo da música cristã, então, é pão com ovo pra tudo que é lado. Em nome de um “ministério de louvor”, muitos cantores tentam emplacar suas carreiras com músicas francamente horripilantes, com letras muitas vezes antibíblicas e propostas teológicas de vitória que fariam a galinha ter vergonha de ter posto aquele ovo. Harmonias paupérrimas, melodias assustadoras, letras clichês e, o que é pior, músicas que só têm por objetivo movimentar o mercado fonográfico gospel, mas cuja finalidade enquanto real louvor a Deus é só… pão com ovo.

Querido irmão, querida irmã, cuidado com o que você ingere em se tratando de teologia, doutrina ou artes gospel. Eu já passei três dias no CTI de um hospital por ter tragado comida estragada. E acredite: é bem doloroso. Não deixe sua alma ser infeccionada por pães com ovo que parecem comidas suculentas mas não passam de pão mofado e ovo galado. Se você ouvir um pregador da moda ensinando coisas que até soam interessantes, poéticas, modernosas e simpatiquinhas mas que você nunca ouviu antes, procure conversar com seus pastores ou irmãos mais experientes em quem você confie antes de abraçar esses pensamentos apócrifos. Afirmações como “Deus não está no controle das tragédias”, “doe dinheiro para o meu ministério e a unção financeira será derramada sobre sua vida”, “se você é um empresário pode se converter mas não precisa parar de dar propina a fiscal do dia para a noite, isso ocorre progressivamente”, “basta você tomar posse da vitória pela fé e será teu” simplesmente não são bíblicas E, logo, são demoníacas. Não coma o manjar oferecido aos demônios achando que é maná dos céus só porque um pastor ou um cantor famoso te oferece aquilo.

Se você me permite ser muito objetivo, serei: há muitas celebridades evangélicas vendendo comida oferecida aos ídolos por aí. E como são famosos, há multidões engolindo. E, é triste admitir, vão sofrer muito por isso. Não seja uma dos tais. Atenha-se ao cristianismo ortodoxo, corra com todas suas forças de novidadezinhas.

Se você ouvir novidades que você nunca ouviu antes sendo pregadas em púlpitos, no twitter, no facebook, em blogs, no Youtube ou seja lá onde for…querido, querida: não dê ouvidos. Não importa se foram ditas por pastores famosos, por pregadores que estão na TV ou têm blogs e videos bonitinhos e comentados no Youtube. FUJA! Pelo amor que você tem a sua alma, entenda que o simples fato de um pastor ter milhares de seguidores no twitter não faz dele um homem de Deus. Pode parecer Big Mac, mas muitas vezes é pão com ovo da pior espécie. Ou o fato de um pastor pregar de jeans e levar bandas de rock para tocar em suas igrejas não o faz mais cristão do que um que prega de terno e gravata e canta hinos antigos. E vice-versa. Importa se aquilo que ele prega é bíblico ou não. Estética é só estética. Fama é só fama.

Do mesmo modo, é absolutamente irrelevante se um cantor, uma cantora ou um grupo gospel da moda sejam famosos. Fama nunca levou nem vai levar ninguém pro Céu. Fama não faz de um músico que canta canções cristãs mais ou menos ungido ou usado por Deus. Ele é apenas famoso. Apenas. Nada mais. Fama não lhe atribui absolutamente nenhuma qualidade espiritual que o não famoso não tenha. Examine a letra das músicas que cantam. Veja se a filosofia que transmitem entre uma música e outra é canônica ou não. Muitas vezes o artista pão com ovo deixa transparecer como é seu compromisso com Deus quando, ao “ministrar” entre as canções, diz barabaridades hediondas como, por exemplo, “Senhor, quero ter um romance contigo”. FUJA desses – mesmo que suas músicas sejam lindas de morrer. Lembre-se que Dalila e Bate-Seba eram lindas e Sansão e Davi pagaram um preço muito alto por terem se deixado levar mais pela beleza do que pela Palavra de Deus.

Indo aos finalmentes

Geralmente o simples fato de um pão com ovo já querer ser Big Mac, ou seja, o fato de alguém querer muito ser famoso, já denuncia sua condição espiritual. Jesus falou sobre João Batista: “Eu lhes digo que entre os que nasceram de mulher não há ninguém maior do que João” (Lc 7.28a). E no entanto João era tão espiritual que disse “É necessário que ele [Jesus] cresça e que eu diminua.” (Jo 3.30). Esse é o espírito que deve estar em nossos corações. A busca da fama não é bíblica nem cristã. O cristão de verdade aponta para Cristo em tudo o que faz. O desejo pela fama é carnal e, francamente, diabólico.

Quem dá ao povo o que o povo deseja só para ser seguido vilipendia a essência da nossa fé. Tem pastores distribuindo pães e peixes à vontade, para que no dia seguinte suas igrejas estejam cheias ou para que sejam convidados para a conferência X, Y ou Z. Ou músicos cujos corações estão no espelho e não na cruz – só para que seus shows lotem, seus CDs se esgotem, sua conta bancária engorde e seus egos sejam inflados ao máximo só mercem uma coisa: que você FUJA deles.

Querido, querida, busque os anônimos. Busque aqueles que não querem aparecer. Se você olhar em volta vai perceber que os pregadores mais bíblicos e de coração mais puro fogem da fama a todo custo. Dê unfollow nos pregadores da moda do twitter ou do facebook só porque estão na moda ou falam frasezinhas bonitinhas e busque aqueles que de fato transmitem a essência do Evangelho. Esqueça os videos de pastores charmosinhos do Youtube e leia os clássicos, procure livros em vez de programas de TV gospel. Ignore os músicos que lotam igrejas – procure os que, sem mega estruturas, louvam ao Senhor em lágrimas com um banquinho e um violão. Pare. Pense. Mude os padrões que te levam a eleger esse ou aquele como o Big Mac da hora.

E quer saber de uma coisa? Você não vai encontrar as palavras de vida eterna em pães com ovo. Muito menos em Big Macs. Vai encontrar é num bom prato de feijão com arroz, bife e salada. Então FUJA do que é só celebridade e fama e procure o que realmente alimenta. E, repare: propaganda de Big Mac você vê em todo lugar. Mas de feijão com arroz, bife e salada… ninguém faz. Só que é ali que está o alimento de verdade pra tua alma.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

***
Do blog Apenas, via Ministério Beréia. Divulgação: Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

22 COMENTÁRIOS

  1. vcs sabem o que acontece com a pastora Ludmila Ferber?
    Ela está cada vez mais machona, só usa roupas de homem, tem trejeitos de homem, senta como homem.

    Achei que apenas minha familia tinha notado, mas fazendo uma pesquisa no google veras que muitos ja perceberam isso. Quando ela foi no programa do Faustao, usou roupa de homem que até escandalizou o povo. Em uma pregacao na Lagoinha (youtube) ela esta sentada de pernas abertas igual a um homem.
    O que vc acha disso?
    Eu penso ser uma armadilah se armando dentro da igreja brasileira….
    abraco!

  2. Quero crer que os cristãos mais antigos saibam a diferença entre junk food e health food, mas os que estão chegando a fé, de uns tempos prá cá, estão pensando que junk food seja realmente a Palavra de Deus, o Alimento Saudável, que estão recebendo. Este é o mais estratégico dos planos de satanás: distorcer a Verdade, para que muitos não cheguem ao pleno conhecimento de Cristo, da Verdade. E, toma-lhe bosta!

  3. Muito bom.Concordo em gênero,número e grau.Também prefiro um belo prato de feijão com arroz e salada…Já estou cansada desse engomadinhos da fé.Será que o povo não enxerga,porque não quer ou por falta de mestres?Penso que para muitos o seguir esses tais,idolatrando-os,virou moda.Só que todo ídolo tem que ser quebrado,desclassificado de sua suposta posição de "deus".Ninguém,absolutamente ninguém,pode roubar a glória que só pertence ao Senhor.

  4. Um ponto importante a ser notado. Mas aqui no Brasil todas as pessoas (crentes e não crentes em Cristos) pensam que celebridades são seres de outro mundo. Não comem, não dormem, etc. E para as pessoas as palavras dessas pessoinhas são mais valiosas que as da Bíblia Sagrada.
    A Graça e a Paz

    Muito bom

  5. MUITO BOA ESSA REFLEXÃO. GOSTEI MUITO E É TUDO ISSO MESMO.
    DEUS ABENÇÕE E LHE DE SABEDORIA PARA CADA VEZ MAIS NOS TRAZER ESSAS REFLEXÕES QUE FAZ A GENTE PENSAR E MELHORAR NOSSO COMPORTAMENTO DIANTE DE DEUS.

  6. Olha, o sentido do texto é bom, mas se equivoca na interpretação do pão com ovo se achar big mac. o BIG é que causa obesidade, o pão com ovo, embora simples, provoca menos dano àquele que come quando comparamos aos admiradores do BIG. O BIG é mais saboroso não resta dúvida, talvez, este seja o sentido. Ou seja, tem gente pensando ser mais o que realmente é.

  7. Eu realmente achei a reflexão muito relevante, porém me preoucupo muito com critícas vorazes a quem está em muita evidência. Acredito que muitos que chegam a fama ou destaque, talvez nunca tenham aspirado por isso, mas por conta de um trabalho sério podem ter chegado aí. Mas enfim valeu a reflexão.

  8. Eu já participei de um "culto" de um pão com ovo que se acha big mac duplo com fritas e coca cola de 500ml. O gala de hollywood murdok. O cara é um gentleman, perfomatico, toca piano, se movimenta bem, diz coisas que as pessoas querem ouvir, voz rouca etc. No final das contas conseguiu colocar uma fila bem grande de empresarios dispostos a investir um graninha boa no 'banco de deus" com juros melhor que os titulos brasileiros. Conclusão, tem gente que por desinformação ou dureza de coração, gosta de comer um pão com ovo, e ainda chupa os dedinhos.

  9. Clap, Clap, Clap…!! Clap, Clap, Clap…!! Clap, Clap, Clap…!!

    Parabéns, parabéns mesmo, pela excelente reflexão sobre o cenário dito evangélico comtemporâneo! Esse é um raio X fiel. Não teria nada a acrescentar tampouco a diminuir.

    PARABÉNS!!

    Nota: Gostaria de republicar esse texto em meu blog como sua permissão, claro.

  10. O texto diz que os cristãos são idólatras como as pessoas do mundo. É verdade, mas não deveriam ser. E os pastores, em vez de combater a idolatria, a alimentam. A Bíblia afirma que as crianças na Palavra, são levadas pra todo lado, por todo vento de doutrina. A Bíblia diz também que os infantis ficam disputando por seus ídolos, dizendo "eu sou de Paulo", "eu sou de Pedro", "eu sou de Apolo".

    É natural que as crianças sejam crianças. Mas é angustiante ver que aqueles que deveriam ser maduros e sãos na Palavra (presbítero significa ancião) são, muitas vezes mais infantis que as ovelhas, ou extremamente desleixados. É aterrador pensar que as crianças em Cristo estão sendo cuidadas por gente assim.

    Os evangélicos são como ovelhas que não tem pastor, todos os lobos as arrebatam e destroem. E muitos lobos estão nos púlpitos.

  11. Uma palavra de advertência:

    É errado apoiar ministros do Diabo que se fazem passar por ministros do Senhor.

    Se eu dissesse aqui "irei a um templo satanistas dar meu dinheiro, meu apoio e minha admiração aos obreiros do diabo", todos diriam horrorizados "que pecado"! E realmente seria pecado.

    Mas porque muitos acham que não é errado apoiar um obreiro do Diabo, só porque ele está travestido de obreiro de Cristo?

    Nosso Senhor, e tantos apóstolos e profetas nos advertiram gravemente que viriam MUITOS falsos profetas, falsos mestres, falsos pastores, enviados pelo Diabo para enganar. Sei que as Sagradas Escrituras são verdadeiras, logo é de se prever que muitos dos que estão aí se apresntando como ministros de Adonai, são na verdade ministros do capeta. Inclusive entre os músicos.

    Irmão, se você nunca nota nada de errado, você pode ser presa fácil de lobos devoradores. E atenção, muitos dos ministros do Diabo tem uma voz doce e suave.

    Alguns dizem que todos os dons podem ser imitados, mas o amor não pode. Eu digo o amor pode ser imitado sim. Mas o verdadeiro amor não folga com a injustiça, mas folga com a Verdade. Então, temos uma maneira de discernir.

    "Pelos frutos os conhecereis" disse o Messias de Israel. Mas frutos não são números, ou Maomé seria o maior dos profetas. Frutos são demonstrados na vida.

    Noé foi apontado na Bíblia como um entre os três homens dados como maior exemplo de santidade, até então. Está listado também entre os herois da fé, na Carta aos Hebreus. Mas, pregando por cem anos, só convenceu a mulher, os três filhos e as tres noras. Nem os irmãos, primos, tios, cunhados e sobrinhos de Noé creram nele e toda a sua família, fora os sete que estavam com ele, morreram junto com todos os ímpios. Como disse Adonai a um certo profeta "fale, quer ouçam, quer deixem de ouvir".

    Ser aprovado pelo Senhor é tudo. Numeros não são nada.

  12. Finalmente, não tente discernir os obreiros da injustiça pela aparência: Uns são "sapatinhos de fogo arretados", outros são tranqüilos e de aparência sóbria. Uns são calvinistas outros arminianos. Uns tem cultura, outros são ignorantes. Uns gritam, outros tem voz suave. Uns são críticos do governo, outros são apoiadores do governo, outros nem uma coisa nem outra. Uns pregram (e fazem) milagres, outros são cessacionistas. Uns falam em línguas, outros só em portugüês. Uns são pregoeiros da prosperidade, outros da pobreza.

    O Diabo tem enganadores variados, para todos os gostos. Só há duas maneiras de discernir quem é do Cristo, e quem é do Diabo:

    1. Os ministros de Cristo pregam de acordo com o evangelho que está na Bíblia. Quem prega outro evangelho, não deve ser considera ministro do Senhor. É claro que se deve prestar atenção por BASTANTE TEMPO, examinando cuidadosamente, pois algumas mentiras são difíceis de perceber à primeira vista. E o sujeito pode pregar coisas corretas no princípio, para enganar.

    2. Os ministro da Justiça apresenta o Fruto do Espírito na sua vida. Leia na Bíblia o que é o Fruto do Espírito, e depois compare com o que você vê na vida da pessoa. Note que é dificil fazer isso de longe, logo você deve acompanhar o ministro de perto. Por isso não acredito em ministérios gigantes nem em teleovelhas.

    Finalmente, pode ser que o sujeito não seja propriamente um obreiro do Diabo, mas um infantil a quem impuseram as mãos preciptadamente, ou uma pessoa de alma ainda doente, ou alguém que está se desviando ou fraquejando na fé. O que fazer? Lembre-se que um pastor inepto ou de fé não sadia pode fazer tanto mal quanto um lobo.

  13. "É assim com pregadores-celebridades que falam sobre graça mas vivem atacando os outros e chamando pastores sérios de “bundões”".

    Hahaha, na hora que li esta frase um certo pastor saltou em minha memória. Impossível em milhões de arquivos de imagem em minha mente este se esconder.

    Mas falando sério, gostei demais do que li. Muitas verdades foram ditas e cabe a nós de fato abominar toda a apostasia, heresia e idolatria que rondam em nosso meio.

    Fiquem na paz de Cristo!

  14. Muito bem!!!!
    Com certeza eu seria um cristão bem melhor se o tempo que gasto lendo e praticando a Bíblia fosse metade do que absorvendo informações gospel inúteis.

  15. Nossa me deu até fome e olha que estou diet rsrsrs, mais eu entendi o texto e tive saudades dos pregadores do passado que lotavam o maracanã, feiras e até uma quadra de escola de samba, porque tinham e passavam o poder da unção, estudavam e acreditavam na palavra de Deus. Hoje tem muitos pastores uau-uau (engomadinhos, mauricinhos) que ficam o tempo todo falando abobrinhas vestidos em ternos luxuosos, com uma esposa do lado loira-sol, unhas vermelhas la pomba- gira, lentes de contatos azuis, dizendo "aleluiasssss" o tempo todo, enquanto o cabrão só sabe pedir trizimo, e falar em "mosés" e o povo reclamão. Ah que dia,,,,,

  16. concordo com o irmao eduardo soares, morei em outro pais e nao conheço, mas vi um homem falando da graça e chingando meio mundo pela frente, misericordia sera que aquele que vive uma vida no espirito tem esses trejeito e linguajar, irmao nao inporta o que vc ouve e vê, ha um trabalho muito grande para fazer,o bastao da igreja primitiva foi passada para nossa geraçao,eles fizeram lá atras, Jesus só levanta aqueles que estao mortos para este mundo e disposto a pregar o verdadeiro evangelho, irmaos tá muito bom pregar o evangelho; o povo tá faminto e Deus usa seus filhos para alimentar e desfazer as obras do diabo desta gente; assim como o Pai faz, seus filhos tambem o faz; as minhas ovelhas Me ouve Eu as conheço e elas Me seguem

  17. É verdade, tem muito rato se considerando um rei Davi, uma corja de safados despreparador e do mais baixo nível moral e espiritual contruindo um castelo pro Diabo na casa de Deus, marginalizados por uma fé suja e carniceira, estúpida e amaldiçoada.Homens que jamais foram escolhidos por Deus acreditando em suas próprias mentiras e falcatruas, levando milhares de famílias ao inferno, por causa da cadela da ganância desenfreada, são muitos os homicidas do evangelho, bandidos que atrapalham a caminhada das pessoas de bem.E as autoridades se é que se pode chamar esta vara disso, fazem vista grossa a respeito desta tragédia evangélica.Um lixo de lideranças safadas e porcas que pecam mais do que os devassos de uma zona meretriz nadando no dinheiro de milhões de jumentos.

  18. Realmente é muito triste o que temos visto de cantores evangélicos que trocaram suas gravadoras do início por gravadora milionária, que sabemos, com o único intuito de faturar milhões e não de evangelizar. Cantores que acham que todo estilo musical agrada a Deus, e acabam cometendo heresias… "TODOS FAZENDO PARTE DA RODA DE ESCARNECEDORES"!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui