Stênio Marcius: não quero fama (…) estou bem satisfeito com a salvação

17
435
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Por Antognoni Misael

A declaração de Stênio Marcius pelo twitter resumiu o que penso sobre a visão correta do músico e artista cristão. No mundo gospel a fama, dinheiro e glória têm sido as motivações do $ervir a Deu$ para muitos. Certamente isso parece estar longe do que Deus quer na vida cristã:

***
Antognoni Misael é músico cristão e editor do blog Arte de Chocar. Ele também é responsável por tudo que se faz aqui no Púlpito Cristão.

Assine o Blesss
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

17 COMENTÁRIOS

  1. "Que eu sustente minha família com a venda". E os que são famosos fazem o quê com a venda de CD´s? Compram drogas? Saem para a esbórnia? As vezes penso que esses que têm o dom de copor canções falando do amor de Deus e não tem seu nome na mídia, são expostos aqui no blog dizendo-se o supra sumo do meio evangélico. Só que têm um diferencial: Por não serem "famosos" se dizem, ou pelo menos os autores dos posts, que são diferentes. O intuito da maioria senão de 99,99% dos evangélicos é uma só: Lucrar.
    Acredito que tem muito canastrão também no meio se dizendo ser o que não é única e exclusivamente para ganhos financeiros. Outros além de ganhar também abençoam a terceiros.

  2. (1 Timóteo 6:17-19)
    "Ordena aos ricos deste mundo que não sejam orgulhosos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que nos concede amplamente todas as coisas para delas desfrutarmos; que pratiquem o bem e se enriqueçam com boas obras, sejam solidários e generosos. Com isso acumularão um bom tesouro para si mesmos, um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a verdadeira vida."

    Graça e Paz amados,
    Isac Amaral,
    São Gonçalo/RJ.

  3. Se todos agissem assim este evangélho corrupto e nojento q não tem nada haver com Deus, seria uma benção,porém a maioria dos cristãos só querem ser liderados por gente que se enquadra em Tt 01:11, e vivem Pr 30:14,15.

  4. Na verdade, o assunto: música x fama x dinheiro é bastante polêmico; cabe mesmo em uma tese.Porém, fico pensando nos levitas, escolhidos por Deus para ministrarem no tempo, sem que pudessem se ocupar de outros "negócios" e por isso eram sustentados pelas outras tribos. Que tal se todos os músicos evangélicos tomassem os levitas como referência, e usassem seu talento para louvar a Deus, e que seus CD's tivessem a renda revertida para a Igreja na qual congregam, e que fossem (eles e suas famílias) mantidos dignamente pela Igreja? Daí não teríamos músicos cristãos tentados pela fama, sucesso e dinheiro, e/ou não teriam que "tocar na noite", porque suas igrejas não os remunera pelo serviço musical…
    Não se esse poderia ser um caminho simples de retorno ao verdadeiro serviço que busca somente a glória de Deus, no caso dos músicos, através dos talentos que receberam do Pai das Luzes.

    Soli Deo Glória!!!

  5. Digo essas coisas porque sinto-me confuso e estranhado pelo fato de muitos cristãos acumularem fortunas a partir de "ministérios" sejam musicais ou pastorais. Ou seja, tais pessoas ganham dinheiro a partir do evangelho. Não seria injusto dizer que eles fazem do evangelho o seu negócio e o seu meio de acumular bens e recursos financeiros. Existe um versículo que diz: de graça recebeste, de graça dai.. Ora alguns vão dizer: pastores, evangelistas, músicos, etc, precisam comer, vestir, comprar remédios, pagar conta de luz e água, a escola dos filhos.Ok. Daí pergunto: porque dessas classes de servos cristãos, são os músicos exclusivamente (alguns pastores da tv também aí se enquadram) são os únicos que ficam ricos em seu ministério? A maioria dos pastores têm um salário e sobrevivem com esse salário. Milhares de ministros do evangelho ganham apenas o suficiente para o seu sustento, e creio que vivem satisfeitos com essa realidade, já que sua única preocupação é pregar o evangelho que salva o pecador. Aqueles que se preocupam em acumualar riquezas para manter um alto padrão material, que os permita comprar carros luxuosos, mansões, viagens ai exterior, não aparentam ter a glória de Deus como prioridade em suas vidas, e sim o conforto material que o dinheiro lhes proporciona. Nesses se incluem a grande maioria dos cantores evangélicos que vendem milhões de CD's. Alguns ainda dirão: eles têm o talento. E eu pergunto: que os dotou com os talentos? Minha visão simples (não simplória) já manifestei aqui: que todos os que servem a Deus recebam a remuneração necessária para o seu sustento. O que sobrar deve ser utilizado para as obras das igrejas. Buscai em primeir lugar o reino de Deus, e todas as demais coias serão acrescentadas.

  6. Não é isso que eu procuro. Estou falando de louvores a Deus, não canções feitas por pessoas que sequer conhecem a Deus e estão aí só pra ganhar dinheiro às custas de pessoas mal informadas a respeito da Verdade da Bíblia.

  7. Áureo Reis, só para esclarecer algo sobre o que o Stênio Marcius está falando.
    O Próprio Stênio já foi convidado por várias emissoras como globo para divulgar seu trabalho, porém recusou e do mesmo jeito ele recusa os meios de mídia secularizada para divulgar seus trabalhos, você só verá ele em canais e eventos cristãos!
    Claramente se ele deseja-se fama, com certeza ele iria correndo para a globo no domingão do Faustão, mas a atitude dele foi bem diferente.

  8. Acho que o julgamento entre crente é terrível. Se as músicas não forem ouvidas no meio secular como alcançar vidas lá? Se só tocamos dentro da igreja pra o nosso meio e a nossa panelinha, como chegar até as casas mais fechadas? Aos escritórios? Aos locais mais improváveis? É fácil chegar e evangelizar numa comunidade carente onde as pessoas querem tudo. Mas vai evangelizar na casa de um rico, ou de um artista famoso secular, ou no escritório de um grande empresário? Vc nem conseguiria chegar perto. Deus usa quem ele quer e onde ele quer.
    Se vc tem o coração em Deus e ele te usa na sua igreja local, glória a Deus. Agora se ele te leva a uma grande mídia, glória a Deus tbm por isso!

  9. Sim, ontem dia 22/12 na Igreja Presbiteriana de Vila Mara, tive a oportunidade de ouvir o Estenio louvando a Deus com suas musicas, cara super simples. Sem mega exigencias, na realidade nao teve nenhuma, usou o equipamento de som da igreja, coisa que os megas fazem questao de que tenha o melhor e se nao tiver nao fazem seus Shows.

  10. AUREO;BASTA OUVIR AS CANÇÕES DO STÊNIO QUE VOCÊ VAI VER SE ELE TEM OU NÃO ESPAÇO NESTA MIDIA EVANGÉLICA PODRE.MAS AO CONTRARIO ELE NÃO QUER,OUÇA AS CANÇÕES E FALE DEPOIS.

  11. O Stênio Marcius, retrata em suas canções a simplicidade do evangelho. É um louvor estranho, sincero e profundo. Distancia-se das recompensas transitórias tão difundidas,para aproximar-se da recompensa perene que ultrapassa a imaginação.

    Há os que sobrevivem da venda de Cds e Shows ou eventos, e outros que apenas dos Cds.

    Penso que se alguém entende ser normal e aceitável enriquecer por meio da mensagem de salvação anunciada em canções ou não, que assim prossiga, e enriqueça. Se entendeu ser digno de salário receber, é livre para assim pensar e agir.

    Mas se este (Stênio) entendeu ser a difusão desta nova gratuita, deixem-no agir assim. Se não quis receber além do suficiente, deixem-no agir assim, afinal embora poucos, não é o único que deseja não ser pesado ao outro e nem o ultimo a assim proceder.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui