Jesus X Igreja: tornei-me cristão quando saí da igreja

96
1336
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Por Maurício Zagari

Esta semana vi no twitter de alguém um link para a tabela que está aqui ao lado. Ela sintetiza um discurso que nos últimos anos se tornou moda entre grande parcela dos cristãos brasileiros: o grupo que passou a satanizar a igreja institucional. Segundo esse segmento, a igreja (com letra minúscula) é o grande mal do universo. Não mais as obras da carne, o pecado, o mundo, o diabo, nada disso. A maligna, satânica e perversa igreja organizada é o vilão da hora. O lema desse grupo poderia ser resumido a “tornei-me cristão quando saí da igreja”. Legiões têm abraçado esse discurso e passado adiante essa ideologia, em geral em redes de relacionamento, blogs e sites da internet. Analisei esse quadro e gostaria de tecer comentários a respeito (em breve abordarei em detalhes aqui no APENAS os pontos apresentados nesse quadro, mas por ora me atrevo a fazer uma consideração geral).

Assine o Blesss

Antes de mais nada, é importante dizer que amo Jesus. Fui chamado pela graça, resgatado sem merecer e justificado exclusivamente pelo sangue do Cordeiro, sem mérito ou obra que me valesse. Por isso, busco Jesus de Nazaré. Sou grato a Ele. Preciso dele a cada passo, contando com sua misericórdia para me perdoar diariamente de minha multidão de pecados. Sei que só em sua pessoa, na seiva que corre na videira verdadeira, posso obter a vida – e por isso mesmo meu interesse é encontrá-lo onde Ele estiver. Ao mesmo tempo estou ciente dos absurdos que acontecem em muitas igrejas. Teologia da Prosperidade, igrejas onde se oprimem membros com usos e costumes humanos, congregações de fachada para o exercício de poder humano, legalismos vazios, cultos sem espiritualidade, politização e capitalização da fé… enfim, todos os descalabros que estamos acostumadíssimos a ver em diversos rincões por aí.

Por isso compreendo que, juntando-se o amor por Jesus à percepção desses absurdos no seio da chamada igreja evangélica, é natural que muitos decidam apedrejar o conceito de “igreja” para defender a causa de Cristo. Afinal, é a saída mais rápida e fácil. É a solução do médico que, para curar uma unha encravada, decide amputar a perna. Sim, isso é exatamente o que vem acontecendo: bons cristãos, ansiosos por uma vida profunda em Jesus, se revoltam contra o tanto de abuso e opressão que enxergam em determinadas igrejas e denominações que saem atacando o conceito – em vez de atacar os problemas.

O principal erro no discurso dos que demonizam a igreja institucional é o generalismo. A tabela acima estaria perfeita se viesse a se referir a determinadas congregações e denominações. Ela seria verídica se dissesse “igreja x” ou “igreja y”. Mas anatemizar o universo de todas as igrejas organizadas por causa dos maus exemplos é de uma irresponsabilidade, ignorância e superficialidade dignas de nota. Jesus é um, então Ele pode ser tomado como medida de comparação. Mas “igreja” (novamente: com minúsculas) é um substantivo comum que designa tantos modelos diferentes de reuniões de cristãos que construir uma comparação apenas a partir desse termo já é um equívoco em si. De qual igreja estamos falando? Neopentecostal? Tradicional? Presbiteriana? Batista? Católica romana? Ortodoxa? A dos puritanos? A dos morávios? A de John Wesley? A de Agostinho? A das catacumbas? A monástica? A de Tomás à Kempis? Luterana? Calvinista? Anglicana? Episcopal? Congregacional? Pentecostal? As comunidades alternativas dos desigrejados? A da minha esquina? A do leitor? Qual?

E não é só isso. Dentro desse universo de expressões institucionais que chamamos de “igreja”, há cristãos sérios e também falsos cristãos, simultaneamente. Peguemos uma igreja organizada qualquer. Dentro dela você encontrará pessoas espirituais e pessoas carnais, interesseiras ou devotadas, pastores canalhas e pastores piedosos, homens de Deus e joio do diabo. Então, dentro desse universo pluralista, cheio de nuances, cores e tons, criar uma tabela ou um discurso generalizando o conceito “igreja” é tentar embutir o oceano num copo d’água. Fazer isso é julgar inocentes, chamar de opressores muitos homens que pregam a liberdade e a piedade, acusar os que Jesus não acusa. Logo, é em sua essência bastante anticristão.

Lembremos sempre da pergunta de Abraão a Deus em Gênesis 18: “Exterminarás o justo com o ímpio?”. Ao que o Senhor responde que se houver dez justos ao menos em Sodoma Ele não destruirá a cidade.

Quem critica desse modo generalista e irresponsável a “igreja institucional”, a exemplo do autor da tabela acima, está usando o mesmo raciocínio de “homem não presta”. Isso geralmente é dito por alguma mulher que foi magoada por um, dois ou no máximo três homens. Mas há cerca de 3,5 bilhões de homens no mundo! Então afirmar que “homem não presta” é um generalismo brutal e bem injusto. Do mesmo modo, dizer que a “igreja” é isso tudo o que a tabela e que o discurso anti-igreja institucional dizem é no mínimo brutalizante.

Além disso, é de uma ignorância histórica patente. Lógico que a igreja errou muito ao longo de sua trajetória, com os exemplos clássicos da inquisição, omissão na Alemanha nazista, papado carnal,  indulgências e outros desmandos mais. Ela é formada por homens, como alguém esperaria que ela não errasse? Errou do mesmo modo que errou a Igreja (com maiúscula) de Atos dos Apóstolos, que tinha em seu seio mentirosos e ladrões como Ananias e Safira, homens que se repreendiam na cara como Paulo e Pedro, discórdias como a de Paulo e Barnabé, entre muitas outras questões vistas nas epístolas e em Apocalipse (e não vejo ninguém demonizando a Igreja apostólica). Mas quem sataniza a igreja institucional ou ignora ou sofre de amnésia a respeito de tudo o que ela já fez e que ainda faz pelo Reino de Deus.

Pra começar, foi dentro de uma igreja institucional que Jesus me chamou à salvação. Só isso já me torna eternamente grato. E provavelmente você que me lê aqui também veio a conhecer Cristo numa igreja organizada. E possivelmente a maioria das pessoas que criticam a igreja! Esse tem sido ao longo de dois milênios o papel principal dessa igreja tão falha, tão pecadora e tão…humana. Humana assim como eu e você, que erramos todos os dias, pecamos sempre e ainda assim o Espírito Santo permanece habitando em nós e fazendo coisas boas por nosso intermédio – tesouro excelente em vasos de barro. Deus não nos fulmina por errarmos (senão eu, por exemplo, já seria cinza e pó há muito tempo), Ele nos chama ao arrependimento. Por que com a igreja organizada que comete deslizes seria diferente? Lembremos das palavras de Paulo em Rm 14.3: “Aquele que come de tudo não deve desprezar o que não come, e aquele que não come de tudo não deve condenar aquele que come, pois Deus o aceitou”. Condenaremos quem Deus aceitou? Como podemos ter a arrogância de pressupor que Deus rejeitou a igreja institucional como um todo?

Com todos os seus erros, a igreja conduziu milhões ao conhecimento de Cristo ao longo dos séculos, perpetuou as Escrituras, levou a mensagem da salvação aos cativos, empreendeu ações missionárias extremamente relevantes e ajudou a levar educação, saúde e apoio humanitário a multidões. Exatamente como faz hoje. Disso os críticos generalistas da igreja organizada aparentemente não se lembram (ou será que nunca estudaram História da Igreja? Ou será que não leem notícias da igreja pelo mundo?).

Conheço muitas igrejas institucionais, denominacionais, onde homens e mulheres de Deus buscam o Senhor de modo verdadeiro. Conheço muitos pastores piedosos e obedientes à Palavra. Conheço muitas, mas muitas pessoas que foram resgatadas do pecado, das drogas, do crime, da corrupção, do espancamento, da opressão familiar, de crises existenciais, da depressão e, principalmente, do inferno, por Cristo por intermédio das chamadas igrejas institucionais. Não posso, por isso, demonizá-las, pois estaria chamando de demoníaco aquilo que Deus torna sagrado ao utilizar como canal de bênção.

No capítulo 12 do evangelho segundo Mateus, os fariseus acusaram Jesus de expulsar demônios pelo poder de Belzebu (“Mas quando os fariseus ouviram isso, disseram: “É somente por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa demônios” – Mt 12.24). Ou seja: demonizaram o próprio Cristo. Hoje o mesmo está sendo feito com a igreja como um todo por tais críticos. Além disso, incorrem aqueles que acusam o conceito generalizado de “igreja” de agir contra Jesus o perigo de estar dividindo aquilo que Deus quer unir. Curioso é notar que no versículo seguinte, Mt 12.25, o texto bíblico nos diz: “Jesus, conhecendo os seus pensamentos [dos fariseus], disse-lhes: ‘Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá”.  Será que no afã de purificar a casa – cheios de boas intenções – os críticos da igreja institucional não estão dividindo a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo? Será que ao generalizar que TODA igreja organizada é um câncer o Corpo não está ferindo a si mesmo?

Tenhamos responsabilidade. Precisamos lutar sempre pela purificação daquilo que está errado dentro da Igreja. Mas dizer que isso se faz pela aniquilação da igreja institucional é miopia espiritual e histórica, além de falta de amor. Combatamos o pecado. Oremos contra os falsos mestres. Preguemos contra as heresias. Desmascaremos as doutrinas de demônios. Denunciemos os líderes abusadores. Mas não generalizemos ao irrefletidamente acusar um organismo que ainda abriga milhares que não se curvaram a Baal de ser algo do mal. Pôr Jesus em oposição à igreja (com minúscula) é contrapor o Salvador à Igreja (com maiúscula) – que está presente aos milhões dentro dessas instituições imperfeitas. É jogar o Noivo contra a noiva. O Pastor contra as ovelhas. E não acredito que Deus fique muito feliz com isso.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

***
Maurício Zágari é um peregrino em terra estranha. Sonha (acordado) com uma Igreja sólida, bíblica e piedosa. Ele edita o excelente blog “Apenas

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

96 COMENTÁRIOS

  1. Qndo li esse texto me enquadrei muito nele, saímos ( meu esposo e eu) de uma antiga igreja em minha cidade (uma das maiores), por ñ concordar com o que via ali dentro e lia na palavra, na epoca nós lideravamos um grupo de estudo biblico dentro e fora desta mesma instituição, e por um tempo generalizei todas as instituições, nem sequer frequentava por axar q todas eram iguais, ficamos 6 meses sem entrar em uma igreja, e estudando a biblia em casa, mas Deus gerou em nós a vontade de estarmos perfeitos em unidade, e recebemos um convite de meu sogro, para ir em um domingo e justamente neste domingo era um domingo de Santa Ceia, e Deus nos disse muito ali naquele lugar, fomos quebrados e refeitos em uma noite, e passamos a ir em um culto sim outro ñ, e qndo ñ iamos sentiamos falta da palavra, pois a igreja é pequena e todos conhecem todos, e vieram a nossa casa, e sabe ser amado?ou melhor se sentir amado, era assim que nos sentiamos ali naquele lugar. Hoje trabalho com o pastor em seu salão de beleza, convivo muito com ele e sua familia, e vejo q temos o alvo em comum, é uma pessoa simples, que realmente vive o evangelho, estamos construindo um templo muito maior em nossa cidade e sera o maior templo daqui, + essa obra ja tem + ou – 3 anos e o pastor ñ tem pressa, pois ele disse que essa obra foi Deus quem deu então Ele é q ta fazendo se ainda ñ esta pronta é por q ñ é da vontade dEle, Ele tem outras prioridades alem de um big templo… aquilo q ele disse me mostrou o qnto somos dependentes de Deus, posso te dizer que meu pastor e rico, ñ milhonario, + sei d onde vem o que o mantem, de seu salão de beleza q é o + antigo da minha cidade, e tem muitos e muitos clientes, sinceramente ele ñ precisa do $$$ q entra na igreja, na verdade nem se toca nesse assunto la, ele diz que os menbros sabe q a igreja tem suas necessidades + que ñ precisa ficar batendo na mesma tecla todos os cultos. sou grata por Cristo me mostrar o qnto estava errada em generalizar instituições.
    VOLTEMOS AO EVANGELHO PURO E SIMPLES… paz a todos

  2. O autor do post tem as suas razões, mas penso que a pessoa que postou a tabela também, pois foi o que ela vivenciou em sua igreja(minuscula), formada por homens cheios de falhas pela maldade intrinsica do ser humano por isso não existe homem que preste mesmo. Uma igreja com as falhas humanas que é claro existe em todas as que foram citadas pelo autor, mas contaminada pelas doutrinas antibíblicas. E penso que a igreja de Atos não era com maiuscula ela fazia parte dessa Igreja que as portas do inferno não prevalecerão.

  3. Gostaria de concordar com você acerca do que é Igreja segundo o Evangelho do Senhor Jesus Cristo, mas obviamente, analizando pelo texto que acabei de ler, vejo que não. Concordamos que não devemos generalizar. Por isso vou discorrer, entendendo a situação atraves da Chave, que é Jesus Cristo.
    Vendo pelo lado horizontal a Igreja de Jesus Cristo, mesmo a Santa, ela também acaba sendo uma organização no subconciente do crente. E essa organização deveria ter um sentido tão real para o nosso dia a dia, quanto uma igreja institucional, por que de fato se é pela fé, também é porque não se vê, que se crê. Então a Igreja deveria ser bastante atuante, organizada e sincronizada de acordo com o Evangelho. Então assim teríamos uma organização guiada pelo Espírito, não perceptivel aos olhos e nem a comandos humanos. Então estes crentes viveriam o evangelho no cursor do auto conhecimento e diversas percepcões humanas e finalmente chegariam a clonclusão de que é no chão da vida e através das experiências diárias no contidiano que prestamos culto a Deus e praticamos o Evangelho de Cristo. Sabemos que o povo de Deus se chama Igreja, e que somos um conglomerado de pequenos templos vivos e que coabitamos em perfeita armonia. A verdadeira Igreja é algo Santo, porque seu Guia é Santo, ela não é feita por mãos humanas e não há credencial visível, não há controle humano. Sabemos que ela é algo universal e totalmente espiritual. Em seu seio ela comporta toda a misericórdia, todo o perdão, a graça e o discernimento espiritual. Quem tiver esta noção totalmente não-religiosa do que é a Igreja de Cristo sabe que o que estou dizendo é verdade. Temos a necessidade da comunhão com outros irmãos, isso é natural para nós porque o Espírito nos induz a isso, mas não fazemos isso para contabilizarmos glória e nem queremos ou fazemos questão que todos os procedimentos sejam oficiais e coordenados por pessoas oficiais. A sensação de se chegar a um momento em que se tem plena certeza de liberdade e também discernimento espiritual do evangelho é espetacular. Deixar ser guiando unicamente pelo Espírito e praticar o evangelho nas ações da vida e convívios humanos nós tira a falsa sensação de que estamos servindo a Deus pelo fato de frequentarmos um culto cerimonial. Ser templo vivo é viver a liverdade de Cristo. Quem chega a um estágio de liberdade espiritual como este e não rodopia, porque se chega a um limite entre a Lei e a libertinagem, vive um conceito de vida totamente transformada e natural.

    Gostamos de levar as marcas de Cristo, mas não gostamos de ser conhecido como evangélico, porque este título já tem uma moral formada e consolidada, e ela é caricata e não representa a Igreja porque é farisaica.

    Levando por este ponto, defendamos sim, os templos vivos dentro destas organizações, porque eles sim, fazem parte da Igreja, mas as igrejas e seus títulos que criam poderes palpavel, estas não, estas ficarão de fora. Sabemos que o coceito Igreja do Evangelho não é o mesmo que os institucionalizados defendem. Sempre existe algo de palvavel nas mentes destes, nós por outro lado preferimos a liberdade. Soberania de escolha, sem tentar agradar o grêmio congregacional e nem metas oficiais a cumprir.

    Me diz a verdade, se tenho a plena certeza de que posso servir a Deus assim, com toda esta liberdade. E sabendo que esta é a forma mais original e correta de servir a Deus, porque, onestamente eu iria querer voltar a escravidão e ao controle metal das massas??

    Posso não querer ir ao "Encontro com Deus" na sexta da maior congregação do bairro, e talvez não tenha tempo mesmo, mas jamais eu deixaria de ter encontros com o próximo na vida, e em todas as horas. E ao inves de participar da Ceia oficial e partir pequenos pedaços de pães, eu poderia dividir a minha vida a todo momento e participar de grandes ceias com corações quebrantados e aflitos.

    E assim que eu sirvo a Deus, é assim que sou Igreja.

  4. Graça e Paz,
    Primeiramente quero expor um fragmento de um dos meus post “Igrejas cheias de pessoas vazias” “O que eu busco na igreja, não é aquilo que ela é, mas sim um reflexo das minhas próprias inclinações, eu a moldo, a construo, a edifico, tudo isso conforme as minhas necessidades, os meus quereres, sim. Não é você que se molda a igreja, mas é ela que se molda a você.”
    Posso ser considerado um critico em relação a igreja institucionalizada… A medida que exponho pensamentos e idéias reflexivas quanto ao crescimento desta em meio uma sociedade pós moderna, além de seu verdadeiro papel na formação do caráter nacional do ser humano.
    Tive meus primeiros contatos com Jesus e a sua palavra em uma dessas igrejas, e trago valiosas lições deste período. No entanto, a igreja…Não é o fim…para se alcançar Deus… Ela assim como a Bíblia Sagrada, são os meios… Creio sim no papel importante e valioso da igreja, no entanto, ela ai sim generalizando “cresceu dentro de si mesma.” E não entorno de Jesus. Tradições se tornam costumes, costumes se tornam doutrinas, receitas que deram certo em determinadas “denominações”, são usadas por outras, ou então, combatidas e remodeladas, segundo os critérios daquela igreja.

    O conceito que temos de igreja, não é aquilo que entendermos como igreja… “mas uma das lições mais valiosas que aprendi na vida é que, ser cristão, é mais que estar na igreja, ser cristão, é ser igreja aonde quer que for.”

    Shalom!!!

  5. Sou membro de uma igreja Batista em minha cidade e muito feliz por pertencer a ela. Foi o Espírito Santo quem me conduziu àquele lugar e ali vejo verdadeiros cristãos, homens de Deus e que realmente fazem parte da Igreja de Cristo na Terra. Sim, há ali joio em meio ao trigo, como em qualquer igreja há, mas quanto a isso vejamos o que disse Jesus em uma de suas parábolas:

    (Mateus 13:26-30)

    26 Assim, quando o trigo cresceu e começou a dar espigas, apareceu também o joio.
    27 Então os servos do proprietário chegaram e lhe disseram: Senhor, não semeaste boa semente em teu campo? De onde vem o joio?
    28 Ele lhes respondeu: Algum inimigo fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, então, que o arranquemos?
    29 Mas ele disse: Não, para que, ao tirar o joio, não arranqueis com ele também o trigo.
    30 Deixai ambos crescerem juntos até a colheita. Na época da colheita, direi aos que fazem a colheita: Ajuntai primeiro o joio e atai-o em feixes para queimá-lo; o trigo, porém, recolhei-o no meu celeiro.

    Lá eu tenho o ensino da Palavra de Deus por homens espirituais, pecadores como todos nós, porém usados por Deus poderosamente para edificação de vidas. E aqueles que não são homens de Deus, cujas intenções são más, estes prestarão contas no Juízo Final, no dia da colheita, e serão jogados no fogo para serem eternamente queimados.

    Pela maravilhosa Graça de Deus, sua misericórdia e seu amor incondicional, consigo escapar dos ventos de doutrinas, falsos ensinamentos no seio da igreja. A Palavra de Deus me é suficiente, meu guia para a vida; as palavras proferidas por homens, quando não condiz com as Escrituras, eu as ignoro, em amor. Vigiai e orai.

    O templo é o local onde as almas perdidas procuram por socorro, onde pessoas aceitam a Cristo Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas, onde o ensinamento da Palavra é difundido, onde o cristão pode exercer seus dons para o Reino de Deus, sem comprometer suas atividades seculares (pois nem todos possuem o chamado para missões, alguns precisam trabalhar no templo).

    Um membro longe do corpo certamente morrerá. Corte seu dedo fora e deixo-o longe do corpo, em alguns dias estará podre e fedido. Um corpo é constituído de uma cabeça e VÁRIOS membros. Cristo é o cabeça, e o corpo a sua igreja, nisso subintende-se estar congregando com os irmãos em Cristo, em comunhão um com os outros. Como estaremos em comunhão se não nos reunirmos como igreja?

    Se a igreja (de tijolos) não fizesse sentido, Jesus aos 12 anos não diria o que disse em Lucas 2:49 – "Ele lhes respondeu: Por que me procuráveis? Não sabíeis que eu devia estar na casa de meu Pai?"

    Graça e Paz amados,
    Isac Amaral
    São Gonçalo/RJ.

  6. Ótimo artigo,vem de encontro com aquilo que penso quando me deparo,com os sem igrejas e seus argumentos frágeis .
    Amo minha Igreja,meu Pastor,meus irmãos em Cristo,já me deparei com irmãos mal intencionados,Pastor picareta ,enfim ,todos humanos e com falhas como eu .nem por isso deixei de freqüentar e ter comunhão com a Igreja.

  7. até tentei bolar algo a respeito, mas pra falar a verdade isso aqui, esse assunto apesar de precisar ser muito conversado e discutido já deu o que tinha que dar, apesar das dúvidas o único caminho continuará sendo Cristo, pra quem acreditou, acredita e ainda nao.

    Nem vou perder muito tempo, mas boa sorte companheiro pq o tópico vai dar audiencia, essa briga é a mesma que igreja evangélica e católica em cidade pequena. AHEUHAUEHUAHE!!!

    Abraços em Cristo manos! que todos consigam compreendar aquilo que realmente é necessário. Amar o Próximo, nao ser bonzinho, ser Bom! e Viver um dia de cada Vez .. já ajudaria muito! (desculpem pela acentuaçao, notebook tenso)

  8. Sou membro de uma igreja e já passei por este dilema de viver com Jesus sem igreja várias vezes. É verdade que a igreja é muito importante na obra de Deus e que continua sendo usada como ferramenta dEle para atrair pessoas ao seu reino.

    Meu maior problema é que existem igrejas que deixam marcas negativas tão profundas nas pessoas que acabam afastando estas de Jesus. Há dois extremos aqui. Já ví uma pessoa que, em discussão com um crente mal educado que colocou música cristã pra tocar em volume alto no ônibus, ao ouvir um "Jesus te ama" bem hipócrita (soou para todos como um "Jesus te ama, mas eu não!") respondeu-lhe dizendo: "Manda Jesus tomar no ##").

    É uma pessoa machucada. Na minha cidade praticamente todos os não-cristãos são afastados da igreja, e estes são os mais difíceis de trazer de volta.

    Ter a visão de que a igreja só faz bem é muito bonito, mas infelizmente não é assim que funciona. O que vejo é que a igreja as vezes está aqui para o mal também.

    É fato que há joio e trigo entre nossas igrejas.

    Mas continuo firme, na esperança de que minha igreja um dia fará a diferença na sociedade. Não sou um desigrejado.

  9. TANTA SABEDORIA BASEADA EM EXPERIÊNCIAS HUMANAS E CONCEITOS ADQUIRIDOS EM OPINIÕES PAUTADAS EM SENTIMENTOS CARNAIS É CONTRARIA AOS ENSINAMENTOS DO PAI EM SUA PALAVRA, VIVA E EFICAZ.NA BÍBLIA, DEUS DEIXA BEM CLARO O SEU INTERESSE E AGRADO NA CONGREGAÇÃO DOS SANTOS, NA UNIÃO DO SEU POVO, NA IMPORTANCIA DE SERMOS UM CORPO BEM AJUSTADO ONDE O PÉ NÃO TOMA DECISÕES INDIVIDUAIS NEM EGOÍSTAS…SER TOLERANTE, PACIFICADOR, DAR SUPORTE AO FRACO FAZ PARET DE SER POVO DE DEUS…E COMO O TERMO DIZ POVO, NAÇÃO, NÃO É POSSIVEL QUE A IGREJA DE CRISTO SEJA FEITA DE UM HOMEM SÓ, NÃO É INDIVIDUAL NEM EGOCENTRICA.CRISTO MESMO DIZ QUE NÃO VEIO PARA OS SÃOS.., ELE VEIO PARA OS QUE PRECISAVAM ENTENDER, APRENDER, SEREM TRANFORMADOS, SALVOS. PQ ENTÃO ACHAR INTOLERAVEL VIVER EM COMUNIDADE COM NOSSOS SEMELHANTES, CRISTÃOS PECADORES COMO NÓS E COM AQUELES QUE AINDA ESTÃO EQUIVOCADOS?PQ É MAIS FÁCIL SAIR POR AÍ FALANDO DO AMOR DE DEUS EM SEUS ATOS E AÇÕES, COM SUA VIDA E ATITUDES EM RELAÇÃO AOS DESCRENTES?PQ ASSIM É MAIS FÁCIL SER/PARECER CRISTÃO, PERFEITO, BOM E JUSTO…POIS O EFEITO ESPELHO(CONFRONTAÇÃO) NÃO EXISTE…TALVEZ HAJA UMA ACUSAÇÃO, UM QUESTIONAMENTO, UM APONTAMENTO E GENERALIZAÇÃO (COMO A ADOTADA PELOS MESMOS!). "MAS E DAÍ??ELES NÃO SABEM OQUE FALAM…EU SEI!!" PRETENÇÃO É ISSO…É ACHAR-SE MAIS CORRETO EM SUAS OPINIÕES, ESCOLHAS E POSTURAR QUE OS DEMAIS!EU JÁ PENSEI EM ME AFASTAR DAS IGREJAS INSTITUCIONALIZADAS, JÁ PENSAEI TB EM NUNCA FAZER ISSO…MAS A ÚNICA COISA CERTA A SE FAZER É BUSCAR EM DEUS; POR TDS OS MEIOS QUE ELE DEIXOU E DISPONIBILIZOU; QUAL É A SUA BOA, AGRADÁVEL E PERFEITA VONTADE PARA MINHA VIDA ENQUANTO PROPRIEDADE EXCLUSIVA DELE, SEU SERVO E FILHO, COMPRADO POR ALTO PREÇO.E OQ ENTENDO QDO FAÇO ISSO É QUE ELE SE AGRADA QDO EU ESTOU REUNIDO COM OUTROS QUE TAMBÉM O ADORAM E BUSCAM, SEM JULGAMENTOS CARNAIS, MAS COM OS OLHOS ESPÍRITUAIS ABERTOS, EXERCENDO MINHA FÉ, PARTICIPANDO DE SUA OBRA, ENTREGANDO MEU CORPO COMO SACRIFICIO VIVO E SANTO, TOMANDO MINHA CRUZ E SEGUINDO-O COM OBEDIÊNCIA, HUMILDADE E ADORAÇÃO, FUGINDO DE DISCUSSÕES TOLAS MAS ME FIRMANDO NO EVANGELHO.TDS OS QUE SÃO DE DELE SÃO IMPORTANTES, EM SUA INDIVIDUALIDADE E TB EM SUA UNIÃO.DEIXAR SUA VERDADE ECOAR EM SEU CORAÇÃO, VIDA E VOZ É A SAÍDA PARA TD ESTE QUESTIONAMENTO. DEUS É PESSOAL, MAS É ÚNICO E IMUTÁVEL…NÃO DÁ PARA ADAPTÁ-LO AOS NOSSOS CONCEITOS E NECESSIDADES; O PROCESSO DEVE SER INVERSO…DEUS ABENÇOE A TDS!

  10. Já é o segundo texto desse autor sobre a mesma coisa. E me pergunto: o que o incomoda tanto? Me parece que a igreja institucionalizada é mais importante e está acima da igreja-pessoa, que é cada um de nós. Não é de hoje que ouço pessoas que se dissociaram da igreja-instituição e se dizem plenas e felizes como servas de Deus. Estarão elas em pecado por conta disso, ou só é feliz quem está dentro de uma instituição?

    A Bíblia OBRIGA alguém a, uma vez convertido, se associar a uma instituição? Por que será que me lembrei do eunuco africano que foi evangelizado por Filipe? Será que ele, após sua conversão, saiu à procura de uma igreja-instituição para enfiar sua cabeça e viver sua nova vida?
    A Igreja Primitiva era institucionalizada?
    Há algo de errado em não aceitar a igreja institucionalizada e seguir servindo a Cristo, sem rótulos, carteirinhas e slogans?

    Enfim, Sr. Maurício, qual é o problema?

  11. Na verdade aqueles que falam mal das igrejas, ponderando os pontos negativos, se tornam iguais a elas (as pessoas com quais se decepcionaram), pois fecham a mente, e sentam encima da razão…

  12. Bom dia
    A todos
    Vejo o Pulpito cristão já algum tempo, mas hoje decidi deixar um comentário aqui.
    A questão dos desigrejados e dos institucionalizados é um tanto quanto polemica, assim como tudo se torna polemico quando surje divergências, e quando há divergências não faltam pessoas para botar lenha na fogueira. Eu sou assim, eu sou assado e assim por diante cada um defendendo o seu nincho. Fazendo uma análise ligeira sobre o texto de Maurício Zágari, que por vez tropeça e se levanta tentando mostrar que a igreja institucional lhe fez bem e que atravéz dela conheceu a Jesus Cristo o Filho de Deus, e que a mesma é um misto de anjo/demonio, porque fez tanta daninheza no passado e esta fazendo no presenta e fará no futuro e que ainda anda fazendo caridade aqui e acolá, vejo que ele desconhece o Evangelho de Jesus. Falou sobre reino dividido, fez uma aplicação péssima ao texto e uma contextualização no mínimo irresponsável, quem são os evangélicos? Se não um reino dividido, em doutrinas, usos e costumes, placas, fundadores, catedrais, fé, sabados, cabelos, hieraquias, uma verdadeira BABEL, que se une nos anos eleitorais para montar bancadas evangélicas, querem ter representatividade nas cámaras e no congresso. Por fim falar em união entre os evangelicos, ah!! vai assitir o Chaves no SBT, o Silas Malafaia na Band, ops, vai ser o Valdemiro no lugar dele agora babado novo gente!! Aquele que saiu da Universal, (PAZ E AMOR) que é criticada pelos tradicionais de fazer curas mirabolantes e vender meias ungidas, que são julgados pelos pentecostais de crentes frios porque não tem o mover do Espirito Santo, chega se não…
    E você que era um perdido, caminhante para o inferno, alguem planfetou na sua casa e você todo cheio de problemas, aceitou Jesus e batizou-se em água corrente ou água parada, começou a dizimar, porque sem dizimo a carroça não anda e acha que isso é evangelho. O evangelho é VIDA, é COMPROMISSO, é RENUNCIA, é ENTREGA, é crer que Jesus é Deus e que se ele não fizer nada para mim, mesmo assim ele continua sendo Deus, não é eu sair da igreja católica para entrar em qualquer evangélica. Só porque lá não tem santo de pedra, a idolatria evangélica é outra, mas existe.
    Bom esse assunto é muito longo, mas quero apenas deixar umas perguntaspara para reflexão:
    1) Porque a bíblia é uma só, e há tantas denominações?
    Será que Deus tem um evangelho para cada gosto.
    2) Qual a missão da igreja?
    Anunciar as Boas Novas qué é o evangelho, ou ficar se defendendo a instituição.
    3) Se o evangelho é universal e aplicavel para todos os tempos, culturas e nações, porque a igreja institucional anda em crize e em decadencia, formulando métodos e modelos de missões transculturais e urbanas?
    Será porque ele é totalmente conflitiva e não sabe lidar com o evangelho simples e puro, tranformador e dependente do Espirito Santos.
    4) Se Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente, porque a igreja institucional vive de adaptações temporais?
    Será que é porque o Jesus que é apresentado por ela não é o verdadeiro.
    5) Porque fazer defesa de fé se há um emaranhado de doutrinas esdruxulas no meio evangélico?
    Será porque eu tenho que me autoafirmar, vai que um sabadista me ganha e eu que sou tão reteté.
    6) Porque de defender a igreja institucional contra os chamados desigrejados?
    Será porque os desigrajados mesmo sem apoio de teologia, tem argumentos sólidos e são uma ameaça a instituição.
    Por fim, fiquem tranqüilos a igreja institucional nunca acabará, a quem precise dela, a quem nela faça o seu refugio, fortaleza e socorro bem presente na hora da angústia.
    Graça é Paz que o Senhor ilumine os vossos corações
    teria muitas coisas a dizer a vocês, mas não podem suportar.

  13. Bonito testemunho Lorrana!

    Glorifico a Deus por suas vidas.

    O Espírito Santo nos conduziu, eu e minha esposa, a uma igreja onde temos sido ricamente abençoados também.

    Graça e Paz.

    Isac Amaral,
    São Gonçalo/RJ.

  14. Muito bom!
    Cara, me cansa esse povo que rotula a igreja como uma "empresa que visa o lucro" onde seus pastores são lobos e seus membros hipócritas.
    Como diz no texto, combatamos o que verdadeiramente deve ser combatido!

    Abração!

  15. Bom, creio que seria irresponsável e generalista da parte do autor da tabela se ele simplesmente dissesse ser contra a igreja sem explicar o que o termo "igreja" significa para ele. Porém, ele foi claro ao enumerar item por item aquilo que ele chama de "igreja".

    Assim, ao analisar com base nos itens (e não no termo) fica simples de entender que qualquer igreja que não apresente os itens da direita do quadro não é alvo de crítica do autor da tabela.

    Se atentarmos que Igreja é o coletivo de pessoas que se reúnem em torno do nome de Jesus e de tudo o que esse nome significa, concluiremos que quanto a essa Igreja evidentemente nenhum cristão de verdade é contra, inclusive aqueles que são contra a chamada "igreja institucional". Por isso, é preciso entender o que de fato alguns querem dizer com "igreja institucional".

    O problema é que ao longo dos anos, o nome igreja se tornou para alguns quase que sinônimo de tudo isso que consta no quadro. É natural que muitos utilizem esse nome para denotar as coisas negativas contra as quais se opõem.

    Precisamos levar isso em consideração, senão ficaremos a discutir inutilmente questões semânticas.

    Dessa forma, ao acusar certas pessoas de considerarem todas as igrejas um mal só porque elas são contra um conjunto de conceitos ao qual elas chamam de "igreja institucional" incorre-se no mesmo erro que se denuncia: o de generalizar e confundir os termos. É preciso tomar cuidado para não cometer a mesma irresponsabilidade, ignorância e superficialidade que se condena.

    Por isso, na minha opinião, toda essa defesa da igreja institucional nesse texto acaba desprovida de sentido, principalmente porque se defende a terminologia sem levar em consideração o verdadeiro alvo da crítica: os itens da tabela, e não o título "igreja".

    Além do mais, não foi um sistema chamado "igreja institucional" que realizou os feitos positivos ao longo da história, foram PESSOAS que, reunidas em nome de Jesus, realizaram boas obras em benefício de PESSOAS, independente do rótulo que nelas foi colocado. E nesse meio eu incluo pessoas que se reuniram e realizaram feitos em nome da PESSOA DE JESUS sem sequer conhecê-lo pelo nome.

    "Mas desde o nascente do sol até ao poente é grande entre os gentios o meu nome; e em todo o lugar se oferecerá ao meu nome incenso, e uma oferta pura; porque o meu nome é grande entre os gentios, diz o SENHOR dos Exércitos." (Mal 1:11)

    Agora, dêem o nome que quiser a isso: Igreja Institucional, Eclesia, Iglesia, Chuch, Organização Cristã, Desigrejados, etc.
    Se a motivação do ajuntamento é em razão de tudo o que o nome de Jesus significa e representa, o nome desse ajuntamento é o que menos importa.

  16. Gostaria que alguém me respondesse, por favor:

    Qual a melhor alternativa?

    O fim de uma igreja institucionalizada, por pedir dízimo aqueles que perecem de fome, satanizar aqueles que não o fazem e pregar/viver aberrações que levam à perdição,

    ou a continuação da mesma por ela aproximar as pessoas da palavra, mesmo que distorcida?

    Todas igrejas devem continuar por levar o nome de Cristo(mesmo que com segundas intenções), ou existe um limite de auto-engano?

  17. Igreja não é o templo onde nos reunimos em dias determinados por alguém, igreja somos nós individualmente, a maioria das pessoas confundem tudo e deixam de ser abençoadas por querer dar o seu prórpio jeitinho.
    Se em determinada denominação vc está feliz, cumprir-se-á o Salmo 133, e no último versículo, onde vc está satisfeito, "ali o Senhor ordena a benção e a vida para sempre".
    Se vc não se sente bem em uma denominação porque o pastor é um safado, ladrão, promove campanhas extorcivas, pega todas, tem programa de TV e usa o dinheiro alheio pra provar que é o santarrão, o sucessor de Cristo, como a maioria o faz, como está em Tt 01:11; aí vc sai e vai pra outro lugar, porque ninguém é refém de pastor.
    Paulo nos adverte a não deixarmos de congregar como é costume de muitos, temos deveres e direitos, como servo de Jesus temos deveres sim, mas como filhos de Deus temos direitos e bençãos também.
    Quando eu era da Assembléia de Deus, percebi que aqueles homens eram sujeitos não ao Senhor, mas ao homem, e uma das caracteristicas dos tais é de não saudarem os irmãos de outras denominações simplesmente porque não estavam de terno e gravata.
    Hoje, assembleianos como o $ila$ Malafria são tão metidos a teólogos e psicólogos que chegam ao absurdo de odiarem os homossexuais, e eu provo que eles odeiam mesmo e disfarçam com papo de psicologia, mas são tão burros que usam gravata, um adereço criado por um tremendo baitóla, o rei Luiz XIV.
    Se os gays conquistaram alguns direitos, porque os evangélicos não conseguem nada em termos de política a não ser na base da safadeza, da faucatrua?
    A maioria das igrejas que se dizem evangélicas nada tem haver com Cristo, são caça niqueis, fazem regressão, comopanhas, derrubam as pessoas com paletó, sopro, isso é que Paulo chama de doutrina de demônios, pagelânça, cura divina e etc…
    Em primeiro lugar, um lider tem que ter palavra de libertação, exortação, cura e salvação, o segredo é: PALAVRA.
    Não se pode alcançar a graça de Deus por meio de espetáculos e palhaçadas, Paulo diz: Um culto RACIONAL. Sem patifaria, escândalos, gritarias, ou seja, (fogo no rabo).
    Quando a igreja do Senhor se reune, uns tem salmos, outros visões, revelções e etc…
    O que contemplamos hoje, é uma corja de salafrários roubando descaradamente pelo poder da psicologia, da pressão, usam versículos isolados e só falam do antigo testamento a fim de arrancar tudo o que querem das pessoas, nunca pregam o evangélho de Jesus Cristo, sendo que o mesmo ordenou – Ide, pregai o evangélho a toda criatura e o mais já o sabemos.
    Hoje o povo quer agitação, se não tem balada dia de semana, tem futebol, senão, tem culto e é quele tumulto, muito barulho e poder divino(nada).
    Saiam sim destas ciladas do diabo e congreguem em lugares santificados e indicados pelo Espírito Santo, amém?

  18. o nt não da respaldo algum pra se funar dentro de um templo e cultuar u jesus pagão romana..
    a ordem é ide e não vinde

    AP 18:4 ….SAIA DELA POVO MEU……

  19. Igreja é Igreja. Puramente. Santa, ungida, ataviada, que se prepara como uma noiva à espera do noivo. Falha? Muito. Muitíssimo falha. Porém imaculada. Sem diferenças de homens ou mulheres. Conceitos ou preconceitos. Sem tendências ou pendências. Rigorosa? Espiritualmente sim. Carnalmente elucidativa no tocante à "verdade". Porém nunca condenatória, pois assim muitos não seriam alcançados pela misericordiosa "salvação" por CRISTO JESUS. Essa é a diferença. Em tudo e por tudo.

  20. Olha irmãos. A várias coisas a serem ditas sobre este texto, apesar de não ter entendido bem qual a linha principal a que ele se propõe.
    Penso que devemos generalizar sim, mas concordo que nem toda igreja pode ser comparada completamente no espelhamento daquelas uma duzia de denominações claramente desvirtuadas, mas de alguma forma, todas elas têm algo "aprisionador", ou trás inserido na sua dinamica algum condicionamento equivocado.
    É preciso dizer também, que de fato temos que ter certo cuidado com determinadas criticas e principalmente a quem podemos ou não fazer certos comentário. Existem pessoas cuja perfil a principio, se adapta a se ver fortemente vinculado, e é mais importante uma pessoa que compartilha momentos na igreja por essa razão, que estar solta no mundo.
    Por outro lado, de maneira geral, as igrejas criaram um sistema de filiação, e vinculação de membros, muito opressor e limitante, até portabilidade já existe no meio, com isso ao longo do tempo começou a surgir opiniões e "tabelas" como está que estamos vendo, que mesmo trazendo verdades, pode se tornar perigosa se mal interpretada, e usada como forma de engano, pois vai com certeza gerar certos pragmatismos e comportamentos equivocados.
    O momento é muito dificil, as gerações vem progressivamente se transformando negativamente, e a igreja vem cedendo agregando na sua rotina estas tranformações.
    A doutrina da prosteridade, não é nova, mas se elevou por reflexos do mundo, a profisisonalização do pastoreio idem, o entretenimento, os sincretistmos a mesma coisa. A sociedade está gananciosa, o lucro elevado já não satisfaz o mercado, com isso se disvirtuam as questãoes financeiras arrecadatorias das igrejas. Neste conjunto de ações é natural que muitos abram a porta e saiam para se ver livres, pois tudo isso os perturba, no entanto sejamos sabios e comedidos, espertos (no bom sentido) e mansos, como Jesus nos aconselhou, mas não nos privemos de nosso crescimento se estivermos dispostos a pagar o preço ao nos livrarmos da tutela aprisionante da igreja de hoje.

  21. É evidente o conflito. Em sua grande parte, as pessoas dependem psicologicamente do vínculo com uma determinada instituição religiosa. Todavia, a total inabilidade de dirigentes pouco vocacionados, quando não desonestos, ditatoriais e manipuladores, além de uma série interminável de erros, faz com que muitos fieis se afastem, ainda que cultivem em seus corações o sonho de uma denominação minimamente inclusiva e acolhedora.

    Creio mesmo que Jesus deve estar falando conosco de alguma maneira, mas não conseguimos entender exatamente o que ele espera de nós. O que sei é que os pretensos "donos" das igrejas já não dão conta das crescentes demandas existenciais daqueles que a procuram, e que depois, indignados, fogem dos jugos modernos, e procuram alternativas, e raramente encontram. Quando isso acontece o "pastor" costuma acusar o golpe, mas apenas se isso interfere na economia da igreja (o dízimo é alto), ou se o número de fieis remanescentes já é bem reduzido. Ou seja, o que mais vale não é o que você é, mas sim o quanto você "vale".

    Se o caminho não é o isolamento, já que liberdade demais assusta e desagrega, também não parece ser o da obediência cega e obtusa a pessoas e parâmetros equivocados, que enfraquecem e se revelam progressivamente insuficientes.

    A igreja institucional não pode atuar como um vidro embaçado, a nos separar de Cristo, e nem obscurecer a visão que tentamos ter d' Ele. É preciso que o dirigente saiba lidar mais com gente, e menos com rebanho.

  22. Esse post é uma resposta de Deus para mim, onde ele me esclareceu algumas situações. Hoje quando eu chegava ao meu serviço, em uma conversa informal descobri uma pessoa que me falou ser Cristã, logo perguntei de qual ministerio ela fazia parte, ela me respondeu: eu faço parte da igreja de Jesus Cristo da biblia, isso de uma forma bem rispida e já foi logo dizendo que igreja rotulada era coisa do maligno e que todos esses estavam de baixo de maldição que tudo isso era estrategia do maligno para levar todo mundo pro inferno. Fiquei meio chocado com a situação tentei argumentar alguma coisa com ela dizendo que isso era uma forma de organização da igreja e outras coisas mais, so que tudo ela demonizava, foi uma situação bem constrangedora.

  23. Não deixemos de nos congregar, como é costume de alguns… Por outro lado, há igrejas e igrejas. Vou mudar do meu bairro, mas vou continuar na minha igreja. Portanto, sem desculpas.

  24. Irmão Mauricio,
    Concordo plenamente com suas colocações, aproveito colocar minha opinião em poucas palavras. O que seria das pessoas sem as igrejas??? Fui convertido na igreja e trabalho em prol da mesma. Tem defeitos, problemas???? Sim, mas o que vale é lutarmos sempre contra o inimigo e agirmos de forma ferrenha contra as forças demoníacas que estão neste mundo.
    Um grande abraço!!!!!

  25. Nao posso deixar de parabenizar uma vez mais o autor, Maurício Zágari, pela coerencia deste texto. Infelizmente há muitos que, ao tentar jogar a água fora da banheira, acabam jogando a criança junto.

    Obrigado, Maurício, pela lucidez deste post!

    Graça e Paz.

    Leonardo.

  26. Isac,
    Faço minha as suas palavras, nos dois comentários. Comigo e com minha esposa foi do mesmo jeito, e pela graça de Deus na mesma denominação.
    Em cristo.
    Gilberto.

  27. obrigado pelo comentario Isaac, lembrando que qndo buscamos a mesma coisa é por que somos um corpo, onde a cabeça é Cristo.
    estando perfeitos em unidade.. Paz e graça

  28. "teria muitas coisas a dizer a vocês, mas não podem suportar."?

    Desce do trono Sr. Superespiritual.

    Aprenda ser humilde como Jesus, lendo a Palavra de Deus, a Bíblia.

    Quanta abobrinha!

    Shalom!

  29. Enfim, um dos poucos textos decentes sobre igreja que eu já li dentre muitos blogs.
    Enfim, alguém que luta contra idéias e não contra pessoas.

    Afinal se amamos o pecador fora da igreja, porque não o amamos dentro?
    Acho esse discurso de 'amor' ao próximo e ódio contra a igreja bem contraditório.

    Parabéns Maurício Zágari!
    Excelente texto!

  30. Luciana,

    Parabéns, muito bem colocado!!!!
    Esse cara deve ser pastor, o que incomoda é que as pessoas estão abrindo os olhos, e esse tipo não interessa aos "entendidos". O que importa é a massa de manobra que fala amém pra qualquer besteira que se fala.

  31. Não podemos de forma alguma desqualificar aquilo que Jesus chama de sua noiva e seu corpo, que é a sua Igreja. A hora da colheita vem aí e os anjos, eu disse os anjos, sob a ordem do noivo e dono da ceara, separarão o joio do trigo.

  32. O curioso de muitos q acusam a igreja de erros descabrosos, pretextam uma espiritualidade que não têm!

    Geralmente alegam q estão saindo porque os pastores, os líderes são falhos e não andam de acordo com a Palavra de Deus. Mas, o curioso é q na GRANDE MAIORIA, eles ao rejeitarem a Igreja X eles também abandonam a piedade, o falar santo, a leitura Bíblica, e retrocedem, ao negarem a igreja, geralmente rejeitam também á Jesus.

    È intrigante ver q muitos buscam uma Igreja sem pastor, ou sem liderança! Seria uma monstruosidade imaginar um corpo sem a sua cabeça.

    Todo Organismo é organizado, mas nem tudo que é organizado é um organismo.

    Existe uma diferença entre um organismo e uma organização! A diferença de organismo e uma organização é simplesmente uma: A Vida! E essa Vida que é o próprio Jesus só compactua e flui quando esse amontoado de gente estão conectados através da vida em comunidade, do partir do Pão ( espiritual que é a Palavra ), das orações, de casa em casa, no lugar de reunião tomando a ceia e etc.

    Também vale fazer uma reflaxão em Atos 2.42-47 e também no Salmos 133.1-3:

    " Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união!
    É como óleo precioso derramado sobre a cabeça, que desce pela barba, a barba de Arão, até a gola das suas vestes.
    É como o orvalho do Hermom quando desce sobre os montes de Sião. Ali o Senhor concede a bênção da vida para sempre."

    A Paz do Senhor a todos, especialmente ao autor do post q nos deu um jóia para reflatirmos!

  33. A igreja institucional tem sido no decorrer da história e não deixa de ser hoje de fundamental importância! Mas, sua situação atual é precária (sem generalizar) e tem feito com que mtos cristãos imaturos e infantis se tornem totalmente avessos a ter compromisso com uma congregação, igreja local, enfim, contrariando estes a palavra de Deus, como comentou o irmão Jorge Santos (Não deixemos de nos congregar, como é costume de alguns…). Sou pastor missionário, trabalho para sustentar a mim e a minha família e estou num trabalho de implantação há mais de 01 ano da igreja a qual faço parte, a saber Igreja Família Transcultural, a igreja ainda é bem pequena e queremos que o crescimento seja plenamente natural, sem forçar a barra, sem esquecer de nossos princípios criando eventos e modismos para atrair crentes "perdidos" ou até não crentes de forma artificial e não natural. Aos "desingrejados" paciência existem igrejas q são uma benção é só pedir a Deus e Ele mostrará a certa, agora não fiquem pensando q as igrejas tem q fazer de tudo para agradar vcs, convertam-se e se submetam. Esse é outro grande problema: insubimissão. A atual geração está a cada dia mais descomprometida e insubmissa. Se a igreja institucional é inutil logo funções são inúteis e entre estas estariam as funções de pastor, apóstolo… Se a igreja institucional não deveria existir, então rasgue-se as cartas de Paulo, onde em muitas passagem ele aconselha como deve ser uma igreja organizada. Ou será melhor cada de nós no domingo em nossas casas comendo macarronada a assistindo o Faustão? Muito edificante não?

  34. O grande erro daqueles que combatem qualquer denominação é que não entenderem que eles são uma denominação.

    Denominações históricas não nasceram como instituições, nasceram como ideias e como grupos. Por criticarem (acertada ou errademente) os erros comuns entre os cristãos de suas épocas, e também por terem um conjunto de idéias em comum, tais pessoas passaram a serem vistas como GRUPO. Por serem vistas como grupo, foram nomeadas como grupo (como os "desigrejados"). E o nome, no caso desses movimentos históricos, sempre foi dado pelos de fora do grupo.

    Tais grupos trazem algum bem à Igreja de Cristo? Depende. Quando trazem à discussão questões bem colocadas, isso é útil. Quando trazem à discussão mistificações, isso é prejudicial. Noto que o grupo de pessoas que DENOMINAMOS desigrejados trazem questões interessantes, por um lado, mas trazem mistificações também. Entre as mistificações desse grupo está, surpreendentemente, a sua própria identidade. É algo bastante semelhante ao que aconteceu com um grupo que chamava a si mesmo de "Igreja de Cristo". Sua proposta era não existirem denominações, e eles acabaram tornando-se uma denominão, e nem entenderam como isso aconteceu. Eles apenas não entendiam a lógica e o funcionamento de grupos de pessoas.

    continua…

  35. …continua

    No caso dos desigrejados, embora só eles aparemente não percebam, eles já tem identidade de grupo. Na idéia deles, se eles só se reunirem em casas, eles não se tornarão um grupo. Ocorre que os presbiterianos e os metodistas já eram grupo muito antes de existirem "igreja presbiteriana" e "igreja metodista". Desigreajdos só se comunicam com grande número de pessoas pela internet, mas isso não desfaz a sua identidade de ideológica, apenas a reforça, pois a relação pessoal é muito rica, mas a relação pela internet é centrada no discurso. É visível a forma como se forma uma tradição de idéias, ao mesmo tempo que se forma uma estrutura lógica (ideologia) onde essas ideías se encaixam. Como acontece com as idéias de qualquer pessoa, as idéias deles não são coisas soltas no ar. Mas eles se veem como pessoas livres, num sentido bastante irreal, negando a sua identidade ideológica.

    Se alguém me dissesse, "sou apenas cristão, não pertenço a grupo nenhum" eu teria de supor que é um naufrago numa ilha deserta.

    continua…

  36. O problema é que enquanto igreja institucionalizada, o pastor tem salário, profissão, status, domínio, por isso a defesa de muitos em favor da mesma. Que se dane as pessoas, "farinha pouca, meu pirão primeiro".

    Qual seria o CNPJ da Igreja primitiva, heim ?

  37. Pois é irmão-san: não é de hoje que o púlpito cristão morre de medo dos que eles chamam de "desigrejados"!

    Hah! eu sou contra a institucionalização da Igreja do Senhor pois isso não é bíblico!

    E cara: quanto dinheiro se gasta na manutenção desses prédios!!!

    É aluguel, água, funcionário, luz, isso ou aquilo, enquanto os próprios irmãos que dizimam (ainda por cima cumprindo a Lei… que, pra variar, distorcida: onde tá escrito que dízimo é dinheiro e é toda a semana/mês??? quero que alguém me mostre isso!…) passam necessidades! ué, as DOAÇÕES no Novo Testamento não são para os próprios irmãos?!

    E fora que institucionalismo na Igreja do Senhor é humano naquilo que é espiritual! quanto incoerência!
    Eu não saio por aí generalizando, mas eu acredito ser a igreja institucional insustentável!

    Shalom ve-Chachmah.

  38. Ana ainda não sacou, prefere fechar os olhos para a realidade.

    Se igreja somos nós, a institucionalização é voluntária, secundária.

    membros de instituições religiosas e "desingrejados" são a Igreja desde que nascidos de novo, certo ?

    A discussão é o medo, será de quê heim ?

  39. Parabéns. Texto simplesmente perfeito. Temo que os que criticam a "igreja" estejam sem referência para sua vida espiritual e vivam confusos entre o santo e o profano. Mal ou bem a igreja institucional nos faz refletir sobre o reino a cada reunião. Infelizmente não temos ninguém excessivamente santo que, ao conviver com as benesses do mundo, não se envolva em seus deleites por lhe faltar uma fonte de alimentação, compartilhamento de experiências e apoio como dos irmãos de culto.

  40. Somos seres pensantes, por isso temos que nos questionar sim, que bom seria se os seguidores do islã , ou os seguidores da torá , ou então os católicos , ou também os testemunhas de jeová, se questionassem e pensassem só um pouquinho, talvez veriam quanto engodo existe em suas crenças, creio que os evangélicos também devessem questionar tantas baboseiras que se tem acreditado até entao.

  41. Talvez Paulo possa lhe responder, Cid:

    "Mas, que importa? O importante é que de qualquer forma, seja por motivos falsos ou verdadeiros, Cristo está sendo pregado, e por isso me alegro… "
    Filipenses 1:18

    Parece que para o Paulo estas coisas estavam superadas pelo interesse maior, que o colocava acima das mediocridades e desconfortos humanos.

    Mas se preferir pode ficar com a opinião de alguns dos que comentaram o texto. Pois, provavelmente o Paulo seria apedrejado por esse pensamento "reacionário" e "conformista", mas me parece que ele estava acostumado com as pedradas de gente que tinha resposta pragmática e pronta para tudo.

    Terrível é a situação da Igreja: Por um lado sofre com os aproveitadores, que a dilapidam, manipulam e lhe dão mal testemunho. Por outro, agora, também sofre com os pseudo-anarquistas que querem eliminá-la para acabar com suas deficiências.

    Em alguns lugares a instituição está a serviço da igreja, em outro é ao contrário. Não importa. Que bom que o Evangelho continua sendo pregado

    nEle, que conheci em uma instituição defeituosa,
    Ielton Isorro

  42. Não entendo muito bem essa idéia de "submissão", da forma como alguns colocam. Se é obediência cega, então digo que é isso que está destruindo a igreja evangélica.

  43. Uma resposta a Ana

    1) Não tenho nenhum trono
    2) Não a pessoa no mundo superespiritual
    3) Estou buscando a humildade a cada dia
    4) A Bíblia não é a Palavra de Deus, a bíblia é um livro de informação histórica a Palavra de Deus é Jesus o Verbo Vivo que se fez carne, da qual a bíblia dá informações.
    5) Quando digo que teria muitas coisas a dizer a vocês, mas não podem suportar é por que é verdade, acredite.

    Leia os evangelhos de forma continua e corrida e você vai se surpreender em descobrir que o Senhor Jesus não tem nada a ver com as igrejas institucionais, evangélicas ou não você verá que o evangelho é pratica diária e Nele não há templo, rito e nem culto.
    Ah! quanto a abobrinha, eu libero perdão pra você, porque o Evangelho soa estranho aos ouvidos dos religiosos. Não esqueça de ir na igreja Domingo, o pastor conta com suas ovelhas.

  44. ¨È intrigante ver q muitos buscam uma Igreja sem pastor, ou sem liderança! Seria uma monstruosidade imaginar um corpo sem a sua cabeça.¨

    Quer dizer que a cabeça da tal Igreja é o Pastor X ou o Líder Y para você???

  45. Os desigrejados fazem parte daquele grupo que diz: eu sou de Paulo, eu de Apolo e "EU DE CRISTO" ! Os que fazem parte do "EU DE CRISTO", parece ser o melhor mas é o pior, são ovelhas ( ou bodes ? ) sem pastor, eles mesmos querem ser pastor de suas vidas, esquecem ( ou não sabem ? ) o que está escrito em Efesios 4:11,12 ! Não sou pastor, não vivo de dizimo ( sou dizimista, graças a Deus e esse dinheiro que devolvo, nunca me fez falta ). Já sofri decepções, já fui caluniado,perseguido. amado e odiado… dentro da igreja, e nunca mudei de denominação e Deus me deu vitória em tudo ! Posso dizer como Samuel disse: até aqui me ajudou o Senhor… dentro da igreja ! Gostei demais do post, ele veio como sal na ferida dos desigrejados !

  46. As sinagogas cristãs foram as únicas representações que encontramos da Igreja de Jesus. Assim, devemos sim nos alegrarmos por esta possibilidade, sem, contudo, nos esquecermos que a personificação do Corpo de Cristo deve se manifestar expontaneamente no dia-a-dia de homens e mulheres transformados pelo poder do Espírito Santo que em nós opera. Igreja em sua essência nunca senão as sinagogas cristãs, mas um povo chamado para fora do túmulo do pecado.

  47. Plesbitero José, espero que tudo esteja na Paz do Nosso Senhor Jesus.
    Gostaria de fazer algumas conciderações sobre seu texto, e peço que não o leve a mal, pois leitura na forma de comentário as vezes pode ter narrativa equivocada.
    Seu texto na minha opinião só reforça o que escrevi mais acima, quando disse que devemos generalizar sim. Entendi em seu comentário, que o senhor cita os desigrejados como crentes de segunda linha, ou evengelicos perdidos, até mesmo desviados, e eu de forma alguma entendo assim.
    É evidente que no meio tem pessoas que deixam de frequentar a igreja, pelos mais diversos motivos, como por preguiça ou desinteresse ou porque voltou ao "mundo" mas hoje não são maioria. As pessoas tem deixado de ter uma igreja digamos oficial, ou mesmo deixado de ir com regularidade, por motivos bem claros, e o próprio tema deste topico já disponibiliza material suficiente para entendermos estes motivos.
    Eu no entanto, sou contra qualquer incentivo para que as pessoas deixam de ir a igreja, penso não ser correto aqueles que estão cansados de tanto besteirol das igrejas e seus cultos, ficar criticando quem vai, alías eu sempre recomendo que as pessoas devam ir, pois a igreja é para quase todo mundo o inicio de todo o processo. Mas percebo que os engajados nas suas denominações, não entendem e fazem critica aos que não querem mais bitolar suas mentes com os ritos e ditos condicionados que as instituições religiosas, sejam grandes ou pequenas, insistem em mantér como rotina.
    Vamos observar o seguinte
    Certo dia, depois de muito andar pelas estradas da Samaria e da Judéia,
    Jesus foi visitar as duas irmãs que, como sempre,
    o receberam prazerosas e hospitaleiras.
    Marta, ainda insatisfeita com os arranjos que
    dava ao ambiente doméstico, andava pra lá e pra cá,
    quanto mais agora, que um visitante tão caro chegara.
    Maria, porém, deixou de lado tudo que estava fazendo
    para sentar-se perto de Jesus o ouvi-lo falar.

    Observe mais:
    A parabola do bom samaritano.
    O homem machucado há beira do caminho foi ajudado por um desigrejado….
    Então irmão em Cristo, Plesbitero Jose: Amemos os igrejados, e amemos os desigrejado por opção consiente.

  48. Ielton Isorro, obrigado pela resposta!

    Vou procurar me deter na satisfação do anúncio do evangelho, por mais intenções que se tenha por trás.

    Até mesmo uma pedra pode ser utilizada nas mãos de Deus para a manifestação de sua Graça a favor de muitos, então, por que não um pregador, mesmo que com as mais variadas intenções…

    Mas que nós, conhecendo a Graça, venhamos levar com nossas vidas o Amor de Deus àqueles que perecem por falta dEle.

    Passar bem Ielton Isorro.

  49. Rene,
    Muito bem colocado, poucos tem esse interesse em questionar as pregações, doutrinas…todo mundo acha bonito e engole tudo.
    E o pior ainda gostam e defendem…

  50. Glória a Deus, meu ainda desconhecido mas muito amado em Cristo Ir. Elias!
    O seu texto é prova inequívoca de que podemos e devemos servir a Deus livres das garras "dos cães gulosos"! É o Espírito Santo de Deus que nos guia a toda a verdade! E a verdade é Cristo Jesus, nosso Rei e Salvador! Meu único e bom Pastor!! Foi por esta porta que, um dia (bendito dia!), eu saí do "aprisco", onde me encontrava aprisionado por mercenários, e encontrei farta pastagem nos campos verdejantes do meu amado Senhor! Graça e Paz da parte de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo de Nazaré, o Filho de Deus vivo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  51. Infelizmente é verdade, irmão Nilson! Mas o príncipe deste século segou o entendimento de muitos… isso porque se eixam guiar por líderes igualmente cegos e não pelo espírito Santo de Deus que nos guia a toda a Verdade: Jesus Cristo de Nazaré, oFilho de Deus Vivo!
    Graça e Paz!

  52. È tempo de voltarmos a pureza das pregações do evangelho de Cristo como na casa de Lídia. Creio que o fruto da semente lançada pelos discípulos de Jesus ainda tem de ser o mesmo ou seja cristão, como foram chamados em Antioquia; ou com o tempo a semente se tornou trans-gênita produzindo católicos, protestantes, evangélicos batistas, pentecostais, mórmons, presbiteriano, adventistas, calvinistas, etc…etc….etc….?

  53. Paz,
    Bertoninhu: Cristo é o cabeça da Igreja!

    Reflitamos na Palavra:

    "Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor;
    Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.
    De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos. "
    Efésios 5:22-24

    "Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas.Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos."
    Romanos 13:1-2

    "Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil. Hebreus 13.17

    "Mas graças a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues. Romanos 6:17

    Conclusão: Sempre haverá uma autoridade á qual nós devemos nos submeter. No casamento a mulher se submete ao marido, COMO ao SENHOR (Ef 5.22-24). No dia a dia nos submetemos a TODA autoridade COMO ao SENHOR (Rm 13.1-2). E na Igreja devemos nos submeter COMO ao SENHOR aos nossos líderes (Hb.13.17).

    Ps: Lembrando q estamos desobrigados a obedecer quando essa ordem contraria a Palavra.

    Um abraço á todos!

  54. Ah, Bertoninhu só acrescentando:

    Quando o assunto é submissão ás autoridades, nos contorcemos todos, porque é demais pra nós nos submeter a homens falíveis e cheios de erros.

    Na verdade, o movimento sem-igreja nasceu na busca incessante de um líder perfeito.

    Membros desiludidos pulam de uma denominação pra outra, toda vez que descobrem que seu tão idealizado, idolatrado, salve-salve pastor é um homem comum como todos nós, cheio de falhas.

    Um verdade é que não admitimos sentir a carniça do nosso pecado no próximo.

    Submeter-se a qualquer liderança dentro da igreja é dar a oportunidade errarem conosco. E como ninguém gosta de ser prejudicado, alguns só vem uma saída: Não se submeter a ninguém!!!

    A paz!

  55. Caro irmão "Renato" seja submisso até onde a Bíblia lhe ordena e sei q vc conhece a Bíblia mto bem! Se alguma liderança lhe manda fazer algo q não condiz com doutrina bíblica sejamos autênticos em dizer um alto e claro: NÃO! Se alguma liderança está fazendo algo errado admoestemos essa pessoa como a um irmão amado, se ela não quizer nem saber procuremos uma liderança superior q tome as devidas providencias, se essa liderança superior não quizer nem saber, lavemos nossas mãos e saiamos do meio do "sistema", pois existem mtas igrejas com lideranças honestas. Agora se não sou submisso por causa do meu egocentrismo é bom eu bater um papo com Deus e pedir pra Ele me moudar ou como mtos por ai: abro uma comunidade pra mim #brincadeira!

  56. Rodolfo disse: "Na verdade, o movimento sem-igreja nasceu na busca incessante de um líder perfeito."

    Visão estreita da coisa, Rodolfo. Talvez você não saiba que muitos dos "desigrejados" tenha sido vítimas de líderes que se achavam perfeitos, ou seja, é exatamente o contrário do que você coloca.

    Rodolfo disse: "Submeter-se a qualquer liderança dentro da igreja é dar a oportunidade errarem conosco. E como ninguém gosta de ser prejudicado, alguns só vem uma saída: Não se submeter a ninguém!!!"

    Rodolfo, quem vê como saída o não se submeter a ninguém, geralmente sai da denominação e cria a sua própria denominação. O que não faltam são exemplos disso e um dos mais notórios é o Valdomiro Santiago, que saiu à imagem e semelhança de seu ex líder e que hoje encabeça uma denominação cujos membros são, em boa parte, oriundos da IURD.

    Ou seja, mais uma visão estreita sobre o que leva alguém a não querer mais se filiar a uma denominação e ter como líder tão e somente Cristo.

  57. Bertoninhu obrigado pela sua indagação, graças a ela tivemos uma aula aki do Sr. Rodolfo Coelho de Sousa. Concordemos não é? E percebamos um problema na tese "Anti-igreja": ela eskece a Bíblia, só lebra de partes q aparentemente lhe dão respaldo! Assim é q surgem heresias e ceitas!

  58. Irmãos, com todo o carinho que devo ter por vocês, preciso dizer. Há comentarios sobre os desigrejados, e nem sei como voces estentendem este termo, que demostra falta de amor. Sou pecador junto com vocês, preciso da graça e da misericordia de Deus todos os dias, mas tenho sentido nos ultimos comentários um tom meio confrontante e radicalizante.
    Desigrejado para mim, são aqueles que se sentem mais livres para exercer o evangelho, não estando atrelados a denominações repletas de clubismos. Sinto dizer, mas eu quando ia na minha igreja, ( ainda sou membro de carteirinha, apesasr de não ir) respeitava meu pastor, o abraçava e pulavamos juntos de brincadeira, o beijava no rosto, entrava mudo e saia calado, não entrava em panelas, não fazia parte de ministérios orgulhosos, doava equipamentos para a igreja, entre outras coisas. Tem horas que é melhor exercer a biblia que cita-la, vamos todos rever conceitos ok?

  59. Diego disse: "E percebamos um problema na tese “Anti-igreja”: ela eskece a Bíblia, só lebra de partes q aparentemente lhe dão respaldo! Assim é q surgem heresias e ceitas!"

    Diego, você poderia respaldar essa sua colocação? Em que você se baseia ao afirmar que a tese anti-igreja esquece a Bíblia ou só lembra em partes que lhe são interessantes?

  60. Sinceramente, a melhor alternativa é que os cristãos SEMPRE se afastem de ministros que querem ficar ricos com o evangelho ou que estejam desviados de alguma outra forma.

    Ainda que seja verdade que acontece de falsos ministros pregarem a Verdade do Evangelho (embora preguem também muita mentira), Paulo nunca recomendou que os falsos ministros fossem apoiados. Se você nota que um pastor está gravemente fora da doutrina e da prática de Yeshua e dos apóstolos, fique longe dele. Leia todas as cartas de Paulo, e você notará que várias vezes ele adverte contra falsos obreiros. Tiago também adverte, e da mesma forma João e Pedro. E, acima de tudo, Yeshua adverte. E toda a Tanach (AT) está cheia de advertencias contra falsos profetas.

    Se o Espirito do Senhor, através da Bíblia, nos adverte insistentemente contra falsos obreiros, não seria o caso de levarmos a sério?

    PS: É claro que há que se ter sabedoria nisso, como em tudo mais. Não é o caso de, por qualquer pequena discordância sair chamando o pastor de filho do demo.

  61. Diego

    Sei que os verdadeiros ministros foram escolhidos pelo Espírito.

    Mas falei aquilo por causa da falsa doutrina que tem entrado na Igreja, principalmente através de pentecostais, que ensinam que é pecado deixar de submeter-se às idiossincrasias e desvios dos pastores. E vem aquele papo maluco de "ai daquele que se levantar contra o ungido do Senhor".

    Quando eu era criança e adolescente, as igrejas eram muito mais sadias a respeito disso. O pastor era visto apenas como um homem, não como um ser de uma classe superior. Era repeitado por causa da sua função na comunidade, mas as pessoas discordavam dele com a maior naturalidade, e isso não era considerado uma ofensa. Numa assembléia regular para tratar dos assuntos da igreja, as pessoas se sentiam totalmente livres para dizer o que realmente pensavam, e isso era considerado bom e natural. Quem estabelecia a unidade era o Espírito, não o receio.

    Então essa doutrina pentecostal maluca do "pastor semi-deus" se espalhou, e a Igreja adoeceu profundamente por causa disso. Antes eram chamados de pastores (aqueles que cuidam dos que são mais fracos), ministros (aqueles que servem aos que tem necessidades), presbíteros (aqueles que tem mais experiência), mestres (aqueles que querem expor A BÍBLIA).

    Hoje são chamados de líderes (aqueles que exigem obediência cega.).

    Então deixo aqui uma advertencia: Aquele que for induzido ao pecado ou à heresia, pelo seu "lider" responderá por isso, pois cada um dará conta de si mesmo ao Criador. Dizem "ai daquele que se levantar contra o ungido do Senhor". Mas eu digo, ai daquele que acatar falsas profecias, falsos ensinos, falsa direção.

    Quando os reis, profetas e sacerdotes de Israel se desviavam, o povo que se desviava com eles era castigado junto com eles. Quanto mais serão castigados os cristãos que tem o dom do Espirito no seu espírito, para os advertir do erro, mas mesmo assim seguem falsa direção.

  62. Qd alguém posta sobre os desigrejados, não é pq este grupo está "incomodando", e sim por compaixão de vossas almas ! Eu não sou pastor e nem vivo de dizímos e eu não concordo e nem abíblia tb, com as atitudes dos desigrejados que se acham tão "perfeitos" que homem neunhum na terra tem capacidade para os liderar. Só se vier do céu !

  63. Luciana,

    Comentou muito bem minhas frases! Mas vamos lá,

    Comente Efésios 5:22-24 e responda:Na vida comum do Lar a mulher só tem como líder tão e somente Cristo?

    Comente Romanos 13:1-2 e responda: Nas escolas, nas ruas, no transito nos submetemos tão e somente á Cristo?

    Comente Hebreus 13:17 “Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil." Comente À LUZ DA PALAVRA e responda: Devemos ter como líder tão e somente Cristo?

    Eu creio que institucionalizada ou não, a Igreja precisa de liderança. Homens e mulheres que encabeçam a obra e façam discípulos de CRISTO!

    Um Abraço á todos!

    Estou gostando do debate, e em Cristo desejo um ótimo dia á todos!

  64. Entendi sim e reafirmo que este comentário do Elias Ferreira Rossatti é um lixo!

    A casa de Deus ainda é um lugar de adoração e ensino da Palavra de Deus. Cabe a você encontrar o lugar certo mediante ajuda do Espírito. Como li aqui, Jesus aos 12 anos de idade disse “Por que me procuráveis? Não sabíeis que eu devia estar na casa de meu Pai?”

    Braços, pernas, dedos, orelhas do corpo de Cristo andando soltas por aí… essa eu nunca vi! Irão entrar em estado de putrefação.

    – Onde vocês aplicam os seus dons?
    – Onde vocês geram frutos do Espírito?
    – Onde vocês exercem um efetivo serviço para o Reino de Deus? (não afirmei que fora do templo também não possa exercer)
    – Onde vocês ensinam a Palavra de Deus?
    – Onde vocês fazem com que os novos na caminhada se desenvolvam espiritualmente?

    Me poupem, bando de egoístas! Só querem receber e nada dar?

    Continuem assim e no grande dia da ressurreição dos mortos veremos quem estava certo.

    Fiquem na Paz.

    Ana,
    PIBSG/RJ.

  65. A casa de Deus ainda é um lugar de adoração e ensino da Palavra de Deus. Cabe a você encontrar o lugar certo mediante ajuda do Espírito. Como li aqui, Jesus aos 12 anos de idade disse “Por que me procuráveis? Não sabíeis que eu devia estar na casa de meu Pai?”

    Braços, pernas, dedos, orelhas do corpo de Cristo andando soltas por aí… essa eu nunca vi! Irão entrar em estado de putrefação.

    – Onde vocês aplicam os seus dons?
    – Onde vocês geram frutos do Espírito?
    – Onde vocês exercem um efetivo serviço para o Reino de Deus? (não afirmei que fora do templo também não possa exercer)
    – Onde vocês ensinam a Palavra de Deus?
    – Onde vocês fazem com que os novos na caminhada se desenvolvam espiritualmente?

    Me poupem, bando de egoístas! Só querem receber e nada dar?

    Continuem assim e no grande dia da ressurreição dos mortos veremos quem estava certo.

    Fiquem na Paz.

    Ana,
    PIBSG/RJ.

  66. É os segundo texto do mesmo autor e o milésimo do blog. Me amarro nesse blog, me divirto, aprendo, dou opino etc. Mas essa parte de igreja, desigreja já deu no saco. Alienado vai pra igreja rezar pra pastor, pensante pensa!

    Excelente comentário Luciana. Aliás os comentários são em sua maioria melhores que os posts, sem ironia, tem muito post bom! Mas pra mim o que faz esse blog são os comentários. Abraço!

  67. Amém Gilberto!

    Deus não desampara os seus. Ele nos coloca no lugar certo quando nos dispomos a isso.

    É na congregação é que pomos em prática um dos maiores ensinamentos de Jesus Cristo, que dar é melhor que receber.

    (Atos 20:35)
    "Em tudo vos dei o exemplo de que deveis trabalhar assim, a fim de socorrerdes os doentes, recordando as palavras do próprio Senhor Jesus: Dar é mais bem-aventurado que receber."

    Graça e Paz,
    Isac Amaral/RJ.

  68. Shalon Adonai Mahatma Gandhi Russein Shekinah

    Acho muito engraçado esse povo que fala em hebráico, aramáico ou qualquer coisa que seja.

    Coisa de crente de igreja, aqueles bem chatinhos.

    lehitra'ot (vi no google que isso quer dizer 'tchau')

  69. "A Bíblia não é a Palavra de Deus" What???

    Gilson, repita comigo em voz alta:

    "Jesus Cristo que é Deus, que veio em carne, morreu na cruz e ao terceiro dia ressuscitou e agora está assentado à mão direita de Deus Pai; este Jesus é o meu Senhor e Salvador e Mestre"

    Estarei orando por sua vida.

    Shalom!!!

  70. A paz a todos, é verdade que existe igrejas serias mas quando evolve dinheiro todas sem exessão se corrompem !
    quanto ao que o Mauricio disse que ninguém deixa o nome das igrejas eu vou dar uma aqui, que somente quando resolvi deixa la é que percebi o estrago que ela fez em mim e na minha esposa e sua família,
    A família dela não nos trata mais como irmão, nem nos cumprimenta com a paz! também não é pra menos o culto da comunidade filadelfia em limeira interior de sp dura aproximadamente 3 horas, e com muita auto sugestão, hipnotismo, terrorismo para tirar a oferta é claro, para você pertencer a ele tem passar pela escada da fé,
    7 semanas de quebra de maldiçoes
    7 semanas de quebra de vínculos, você fica convencido que só estando debaixo da autoridade do tal bispo que já é apostolo é claro!
    7semanas de batismos de poder !
    depois um curso intensivo para se batizar não é uma ceita?
    há esqueci de mencionar lá todos ,os membros tem que passar todos os anos pela aliança apostolica se não, não batiza não toma ceia ou seja não vai para o céu!
    o problema é que já sei de pessoas que ficaram loucas mentalmente por que saíram de lá.
    meu conselho é tomem muito cuidado o problema não a palavre de DEUS mas quem está ministrando, lembrando que satanás usou muito bem para enganar JESUS, e muito estão pulando do pináculo .
    A PAZ

  71. Belo testemunho, o unico problema é que em muitas das igrejas tem se pregado evangelhos sem base Biblica, e todos sabemos que uma hora a igreja voltara a seu lugar de origem, as casas, devido as perseguições que virão, e oxala que venham logo, porque quem servir pelo amor, pelo amor viverá, quem servir a seu proprio ventre não permanecerá…

  72. Estou tentando me lembrar quem disse: "se quiserem endoidar, entrem para uma igreja evangélica, se quiserem ser curados da doideira, saiam dela." Infelizmente já conheci igrejas que podem endoidar, mas ainda tem aquelas que vale a pena fazer parte. Poucas, por sinal.

  73. Ao invés de tantos discursos, contraditórios, indignações, agressões, pq. não meditamos no Livro de Atos para aprendermos o que é Igreja, pq. não observamos o exemplo de Cristo ? Paz de Cristo em meio às turbulências.

  74. Mudar de religião, ou mudar de denominação, é mudar espiritualmente de cativeiro, não faz nenhuma diferença, porque isto, acontece naturalmente na vida de muita gente. Tem pessoas que nascem , crescem e morrem na mesma religião. Tem pessoas que nasce, cresce, e morre sem religião nenhuma. Tem pessoas que nascem, crescem e conhecem a Jesus, vivem sem religião, sem denominação, sem instituição e sem a morte, porque simplesmente conheceram e seguiram o Caminho, a Verdade e a Vida. Cristo Jesus, o Senhor. Foi na cruz, que Jesus consumou o perfeito, agradável e único sacrifício, pelo nossos pecados. Esta é as Boas Novas, que deve ser espalhada, por todo canto da Terra. Templo e dízimo, nunca fizeram parte do Evangelho de Cristo. A cruz era símbolo de maldição, mas Jesus a transformou no símbolo da nossa Redenção, isto, aconteceu fora do templo. Os religiosos dos templos e sinagogas, perseguiam os Cristão, que se reunião fora dos templos. Volte sua atenção para a cruz, e serás abencoado e salvo gratuitamente, porque Cristo já pagou o preço, com seu Sangue Precioso. Volte para o templo e você vai passar o resto da sua vida pagando pela sua própria perdição. Porque templo, não é lugar de Cristão, mas é lugar de pagão. Satanás não vai perseguir, "cristão", que está dentro dos "templos", pois ele sabe, que o Senhor Jesus, virá buscar justamente os que estiverem do lado de fora. Igreja significa chamados para fora. A verdadeira Igreja do Senhor Jesus , é formada por pessoas lavadas e remidas por seu Sangue e não com dinheiro e materiais de construções.
    Os verdadeiros inimigos da Igreja, estão liderando as Instituições Religiosas. Isto pode parecer absurdo, mas é a pura Verdade. Não sou herege, amo a Palavra de Deus, Não sou rebelde, simplesmente gosto de sinceridade, não sou desigrejado, sou apenas um Cristão sem rótulo institucional. Graça e Paz ( portalafer.blogspot.com.br )

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui