Campanha (NÃO) Viaje Para a Terra Santa e Ganhe um Galardão Incomensurável no Céu

22
587
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Sammis Reachers

Desde o início da Cristandade que existe a prática de peregrinar à Terra Santa, assim como a outros ‘santuários’ cristãos. Prática esta levada a cabo notadamente por católicos romanos ao longo de séculos e séculos (uma a mais de suas centenas de práticas vazias, cal com que caiam sepulcros). Uma mistura cruel de IDOLATRIA e MERCANTILISMO. No entanto, é com tristeza e espanto que tenho visto multiplicar-se ultimamente este tipo de ‘turismo’ entre os cristãos evangélicos/protestantes brasileiros, das mais variadas vertentes: São caravanas e mais caravanas indo todos os anos para conhecer Israel.

Assine o Blesss

Primeiramente, reproduzo abaixo um post que publiquei no Twitter, e que foi bastante retuitado, me incentivando a escrever este texto:

Não, não, não viaje para a Terra Santa. DEUS prefere que você invista este dinheiro em #Missões . Deixe seu sonho, viva o sonho de seu DEUS!

Irmãos, será preciso algum laivo, necessárias algumas gotas de MATURIDADE, ou qualquer criança das EBI’s de nossas igrejas sabe que isso é uma inútil vaidade, e mais, quase um ultraje ao Deus que alegamos servir, e à memória de milhares e milhares de cristãos missionários que deram tudo de si e dos seus para fazer o Evangelho avançar um centímetro, milímetro que fosse, e chegar à minha e à tua porta?

E então meu irmão? Preciso me prolongar em argumentos, destrinchar motivos e razões? Há algo a acrescentar, da parte de quem quer que seja? Há o que argumentar? Ou é tudo muito claro, muito simples, não o sendo somente para aqueles que obstinadamente não querem ver?

A obra missionária avança, mas avança a passos muito, mas muito mais curtos do que poderia, deveria! Temos material humano e dinheiro, MUITO MATERIAL HUMANO E MUITO DINHEIRO, mas não os empenhamos! Misericórdia, sobre todos nós misericórdia! Até quando dormiremos? Misericórdia! Até quando meu sonho, teu sonho reinará? Até quando o que é só meu, só teu persistirá? Quando será a vez do Outro, do Único? E aí vêm pastores e mais pastores (a cada semana um novo pastor envereda nesta empresa) promovendo caravanas para Israel? O que o Reino de Deus ganha com isso? E por que não descer até o inferno? Mais emoção e aventura, a possibilidade de encontrar pessoas queridas, e muito mais calor do que o deserto do Negueb pode ofertar!

Está então lançada a ‘Campanha’: troque sua viagem para Israel (ou para Ilhabela, ou para Miami) por três meses de sustento para um casal missionário transcultural em Rondônia ou Burkina Faso! Troque suas passagens aéreas por uma moto para os missionários do sertão nordestino! Troque suas estadias em hotéis 4 e 5 estrelas por apoio financeiro a escolas de formação de missionários transculturais aqui mesmo no Brasil, por sustento para vocacionados que querem estudar nestas instituições – mas não podem! Troque sua viagem de cruzeiro por meia tonelada de Bíblias – na língua que você escolher! Troque a bolsa Gucci que é o sonho de sua esposa, sua filha – por uma, duas, ou melhor, mensais ofertas para missionários brasileiros que livram a abrigam meninas vendidas pelas próprias famílias para a prostituição na Índia, Tailândia e Nepal!

Viva os sonhos de Deus! Viva os sonhos de Deus! Enxergue finalmente que esta é a única vida verdadeira! Aceite e exulte por ter sido chamado para não ser, para esvaziar-se – para que Ele seja através de você! Perceba a gritante diferença entre os sonhos dEle e os seus, dê-se conta das vaidades e do vazio delas, do vazio delas – e de seus promotores e incentivadores! Faça a diferença e tenha certo seu Galardão Incomensurável, que lhe será entregue com honras ao mérito ao fim da única viagem verdadeira, a única que importa! Acumule tesouros que os lobos não podem rapinar – acumule no refúgio secreto o quanto puder e não puder, toneladas do único ouro que existe: ALMAS de homens salvos!

Não me agrada apontar ninguém, não sou pregador para bradar por santidade do alto de qualquer tribuna – sou só um cristão vendo que caminhamos para o nada e para sepulcros caiados, sou só um desesperado por misericórdia e por MUDANÇA!

Participe desta campanha, divulgue o texto e as imagens, republique em seu blog, site e em qualquer mídia ao seu alcance.

O $HOW TEM QUE PARAR! Uma campanha dura de roer, contra uma prática dura de engolir, por uma Missão que não pode parar!

 
À SEGUIR, ALGUMAS FRASES PARA REFLETIR:

“Doe sua vida. Doe todo o dinheiro que puder doar, faça todo o trabalho que puder fazer, faça todas as orações que puder fazer. Doe tudo o que puder, porque por toda a eternidade, você olhará para trás e sentirá alegria por tê-lo feito.” – Bill Hybels

“A Igreja não existe para satisfazer as nossas necessidades… Nós existimos como igreja para satisfazer as necessidades dos outros.” – Joel Houston

“Ah, se pudéssemos sentir-nos mais preocupados com o estado de inanição em que se encontra hoje a causa de Cristo na terra, com os avanços do inimigo em Sião (a Igreja) e com a devastação que o diabo tem efetuado nele. Mas infelizmente um espírito de indiferença vem imobilizando muitos de nós.” – A.W. Pink

“Suponhamos que alguém me oferecesse mil dólares por cada pessoa que eu levasse a Cristo. Será que com isso a minha vontade de ganhar almas para Jesus seria maior do que a que tenho no momento? Se assim o for, quão mesquinha e medíocre tem sido a minha fé em Deus.” – D. L. Moody

“A Igreja costumava ser um barco resgatando os que perecem. Agora, ela é um cruzeiro recrutando pessoas promissoras.” – Leonard Ravenhil

“O homem verdadeiramente sábio é aquele que sempre crê na Bíblia contra a opinião de qualquer outro homem.” – R. A. Torrey

***
Sammis Reachers é blogueiro, poeta, editor do blog Arsenal do Crente e apoiador de diversas causas missionárias.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

22 COMENTÁRIOS

  1. Graças a Deus por este artigo!!!
    Traduz exatamente o que tenho no coração e, por insegurança, sei lá, só cmentei com meu marido.
    Hoje tenho confirmado que quem produziu inconformação no meu coração com essas excursões foi o Espírito Santo.
    Glória pois a Ele eternamente!

  2. Eu ja fui pra Israel, mas não por causa dos atributos divinos que são atruibuídos àquele país, mas sim porque meu pai tem que ir lá todo ano por causa do trabalho dele e dessa vez ele me levou, Israel é lindo, não por causa das partes de Jesus, mas pelo país em si mesmo, mas lá carece de Cristo, lá está muito ocidentalizado, você vai encontrar vários tipos de religões e ateísmo, mas pouquíssimos cristãos, Israel precisa urgente de missionários também, como diz o líder de um grupo de missionários de Israel, "as boas novas primeiro aos judeus".

  3. Esta tentativa de abordagem deste assunto peca por ignorância. Em vez de se preocuparem com algumas centenas de dólares que um cristão (na maioria dos casos uma vez na vida) investe com uma viagem edificante a Israel, talvez fosse mais profícuo abordar o estilo de vida de muitos cristãos, no seu dia a dia, o desperdício de tempo em "folclore evangélico", os sumptuosos carros que compram e os dízimos entregues muitas vezes a verdadeiros mercenários que os gastam para seu bel prazer.
    Não é por não investir essas centenas de dólares numa viagem que não é apenas só merecida para muitos que esse dinheiro será automaticamente canalizado para Missões. Estou certo que não. Talvez os milhões gastos em sumptuosas catedrais (leia-se: templos evangélicos) não poucas vezes para glória do homem, esses sim, seriam bem mais proveitosos se utilizados em causas mais nobres, como é o caso da Obra missionário e da ajuda aos pobres.
    Deixem em paz as viagens a Israel que muitas vezes trazem aos seus participantes uma nova perspectiva da Bíblia e um renovado amor pelas coisas de Deus, e preocupem-se com aquilo que realmente deveria ser assunto de preocupação.
    Normando Pereira Fontoura (Portugal)

  4. ´Viagem para Israel,tolhinhas milagrosas,Biblias da Prosperidade,enfim cada um a sua forma vai tentando encontrar JESUS…com as receitas milagrosas do momento.Parece receita para emagrecer e cada Pregador da moda,parece um endocrinologista.

  5. Algum irmão poderia me indicar alguns links sobre estudo da bíblia, livros (que possa talvez baixar) com a história do cristianismo.
    Grato Rogério

  6. Vamos cuidar com as palavras de duplo sentido, tb não concordo com a exploração mas agora tirar o direito de eu ir para Israel, estudar e me aperfeiçoar nas coisa de Deus, já é demais.

  7. Pastor de ovelhas ou guia turístico?
    Essas excursões a 'terra santa' que muitos insistem em chamar, agrada muito aos governantes judeus , pois é uma boa receita o turismo , mas com isso os 'cristãos evangélicos' acham que gozarão de regalias religiosas, é um ledo e grande engano. Eu tenho um parente que foi visitar a 'terra santa' e subiu no monte Sinai e ficou vislumbrado,só que nada mudou em sua vida espiritual, voltou o mesmo. Trouxe bugiganças da 'terra santa' ,óleo para unção e diz que veio de Jerusalem, pedra do rio Jordão, batismo no rio Jordão,e todos voltaram endividados, contentes consigo mesmo, hospedaram-se em hotel cinco estrelas e ficaram maravilhados com a mesa de doces e frutas com 3 metros de comprimento por 2 de largura. E há apóstolos que se tornaram guias turísticos e vão "profetizar" não sei o que. Todos voltam sem nenhuma mudança no modus vivendis e no modus operandus. Guia de ovelhas ou Guia Turístico ?
    tito from brasília.

  8. Amado voçe lembra o que profetizou Isaias? "Vão ouvir mas não vão escutar,vão ver mas
    não vão enxerga,sabe porque esta profecia está acontecendo nos dia de hoje? Porcausa dos
    mercadores da fé,que enganam a muitos e se enganam também.
    Abraços.

  9. Querido, compre ou baixe uma biblia, a verdadeira fonte. Antes de ler ore, peça entendimento, peça o entendimento do Espirito Santo, ajoelhe, leia, ore, leia…

  10. Sei lá, mas, quem disse que ir até israel, seja lá por qual plano turistico não é uma missão? Irmão, investir em missões em nada tem a ver em viajar e conhecer lugares… seu texto não é claro, e muito menos objetivo… é como dizer: ao inves de comprar um livro use o dinheiro em uma missão… O Irmão tem carro? Se tiver, por que ainda o tem? porque ainda não o vendeu e investiu em uma missão? O irmão tem casa? O irmão comprou alguma coisa nos ultimos anos? São por condições assim, "espirituais" que temos cristãos como os de hj… devo investir em missões sim, mas devo também conhecer lugares, pois, se sou abençoado com as condições financeiras e com os sonhos de meu coração, porque ignorar? A proposito, o irmão ja foi a israel?

  11. Concordo, resumir a matéria dizendo que viagem é proibido é falta de bom senso… Uma vida de luxo, desperdício, todo o dinheiro gasto em templos, etc., soma muito mais valores que poderiam ser investido em missões.. Ir para Israel por religiosidade é sim desperdício, mas ir pela cultura, história ou simplesmente para ir nas férias não seria desperdício nenhum.

    Seria hipócrita se disse que os valores que posso investir em missões se resume aos valores que gasto em uma viagem…

  12. Se uma pessoa considera esta terra santa e as outras não, é uma opinião; se considera isto pecado e aquilo não, é mais uma opinião. A propósito da ultima opinião, a de Torrey, me faz lembrar dos salmos 14 e 53. Na tradução saiu uma coisa, mas o texto hebraico diz apenas que para Nabal, marido da Abigail, os deuses não existiam. Assim, no plural. O tradutor não entendeu ou mentiu, não sei; e deu a sua opinião. Eu vou ficar com a do Nabal.

  13. Márcio, não tenho carro não. Ando de ônibus mesmo. Alguns são da scuderia Marcopolo, outros da Busscar. E nunca irei a Israel, a não ser que Deus mandar.

    O texto visa expor um tipo de 'turismo' que tenta unir a questão espiritual à questão do lazer – o objetivo é mostrar que não há absolutamente nada 'espiritual' nisto. Se é só pelo lazer, o dinheiro é de quem gasta ( e Deus não tem nada a ver com isso, alguém acrescentaria?). Mas achar que Deus está no negócio… é difícil estar.
    E aí não resisti e ampliei a questão para abarcar todo o espectro de nossas vaidades consumistas anabolizadas pela onipresente (e tantas vezes insciente) teologia da prosperidade, nossos sonhos tão importantes para nós, que não levam em conta o fator 'DEUS', a não ser como acessório cosmético (um tipo de Deus-Avon-Ex-Machina, que podemos levar no bolso, dentro de uma Caixinha de Promessas?).

    Mas vamos falar sério agora, essa é a questão mais importante de nossas vidas:

    O grande problema da igreja sobre o sentido dela mesma existir, o sentido dela estar e permanecer neste mundo se desnuda aqui, problema perfeitamente explorado e estudado pelo grande pastor e talvez o maior incentivador da obra missionária do século XX, Oswald Smith. Sem querer jogar lenha na fogueira, foi Smith quem disse que 'o maior empecilho para a obra missionária são os pastores'.

    Mas voltando ao problema: O grande e muitas vezes invisível dilema da igreja é a divisão entre aqueles que acham que Missões é uma das tarefas da igreja, um de seus departamentos, E AQUELES QUE ACHAM QUE A MISSÃO A CUMPRIR É TUDO, TUDO, TUDO. Com prevalência e prioridade sobre tudo e todos. A diferença está entre os envolvidos com Missões e os COMPROMETIDOS. Se vocês, leitores, tem já alguma experiência no Evangelho, já encontraram diversas vezes os dois tipos de pessoas. Inclusive, em frente a um espelho. Isso fica claro nos comentários.

    Há duas visões em jogo, e uma delas está fatalmente errada. E essas duas visões se degladiam (no bom sentido) em cada igreja por este país, este mundo afora. E isso desde o início da igreja. Qual o valor a se dar à obra missionária? Só mais um departamento? Ou a Prioridade? Veja, ninguém é dono da verdade, mas percebam aqui esta questão das duas visões em jogo.

    A única forma de Jesus Cristo voltar é se nós concluirmos a obra de levar o Evangelho a cada povo, língua e nação. Devemos entender e guardar firme em nossos corações: ESTA É UMA VOLTA CONDICIONAL. DEPENDE DO CUMPRIMENTO DE UMA CONDIÇÃO. Depende de um conjunto de ações a serem realizadas por homens, por você e eu. Está em nossas mãos. Anjos desejaram realizá-la, mas não lhes foi permitido.
    As duas visões que habitam na igreja em relação a Missões são simplesmente a visão de quem entende isto, e de quem não entende (ou não deseja entender, não deseja aceitar) isto. Pois aceitar isto é aceitar o sacrifício de tudo o mais em relação a isto. Palavra inoportuna: SACRIFÍCIO.

    É normal de cada um defenda seu ponto de vista, isto é oportuno e o debate em si é sadio. Mas como disse, um dos dois lados está errado, e dará conta do erro. Cabe a cada cristão tomar seu partido.

    Quanto a mim, meu mais profundo desejo é ver a volta de Cristo, meu mais profundo desejo é ver o fim deste mundo iníquo.

    A obra de alcançar o mundo inteiro já poderia estar concluída. Mas os de visão total são minoria. No entanto, certos e errados, todos daremos conta. De cada alma, cada segundo, cada centavo perdido. Sim, eu sei: é duro demais suportar isto, acordar com este peso nas mãos, nas costas.
    Mas , não importa o tempo, Ele chama: "Negue-se a si mesmo e siga-me".

    Há uma guerra total em andamento, e lutamos pela volta de nosso Rei. Ele conta conosco.

    Graça e paz a todos!

    "As opiniões nos custam apenas um fôlego, mas as convicções muitas vezes custam a própria vida." ~ J. Oswald Sander

  14. É cara pelo que o texto diz é nem por turismo, que jerusalém virou isso que o texto esta descrevendo pode ser verdade, mas impedir uma pessoa de querer visitar a jerusalém a meu irmão isso é muita religiosidade, se eu tiver dinheiro pra ir eu vou, não para peregrinar mas pra sentir aquela terra, cara so estando lá pra descrever.

  15. “Orai pela paz em Jerusalém! Sejam prósperos os que te amam.” (Sl 122:6) os caras entendem viajar para Israel todo ano, uma peregrinação que nunca entendi,as experiencias fui no sepulcro de Jesus ele não está lá,eu não preciso ir até lá pra saber disso.As igrejas nem mesmo oram por Israel que é bíblico….

  16. concordo, plenamente com esse nao as viagens a israel, por que nao concordo: precisamos ajudar os verdadeiros missionários e nao essa elite evangelica que estar se formando. precisamos voltar ao primeiro amor urgentemente, ao evangelho genuino.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui