MEU AMADO MUNDO

25
371
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Por Daniel Clós Cesar

Por que aqueles que aparentemente nasceram de novo ainda desejam o mesmo que aqueles que ainda estão mortos? Por que razão os desejos dos homens e mulheres aparentemente salvos em nada diferem dos desejos dos que rejeitam o Evangelho?

Assine o Blesss

Nossos desejos (vou me incluir… não por ser modesto, mas por ser pecador), no geral, em nada diferem dos desejos de homens e mulheres carnais sem esperança num Deus Criador e Juiz. Desejamos coisas “boas” aos nossos olhos. Desejamos aquilo que nossa cultura afirma ser bom, independente do que Deus pensa a respeito. Afinal de contas, nós, os servos mandões, temos “autoridade” para ditar nosso caminhar.

Não sou um homem de grande experiência na vida cristã… comparado a outros miseráveis homens carentes da diária misericórdia de Deus, não passo de um menino miserável carente dessa mesma misericórdia. Mas estou há 30 nesse meio conhecido como evangélico. E em todos esses anos, foram poucos os que conheci que desejavam mais ardentemente as coisas do alto que as deste mundo.

Um exemplo bem prático: moças e rapazes fazem um único pedido a Deus. “Permita-me casar antes da tua volta”. Seria mais sincero dizer: “permita-me ter uma relação sexual antes que você volte”. É obvio… mas devido as infinitas profetadas… todos acreditam que irão casar com a pessoa mais fantástica do mundo… todos acham que Deus preparou desde a eternidade a outra metade da laranja… mas talvez você nem mesmo seja uma laranja.

Elas amam o mundo. As pessoas que elas amam estão aqui… não importa se vivas ou enterradas, é nesse pedaço de terra que elas estão. É aqui que está construída minha casa… fruto do “meu” esforço. É aqui que está o “meu” carro… conquista das minhas dores…

Se os cristãos do primeiro século abriram mão de tudo esperando a volta imediata de Cristo… nós, juntamos tudo não desejando a volta de Cristo nunca, que ela fique para depois… depois que eu morrer e não tiver mais nada a “perder”.

A felicidade do homem carnal está aqui. Deus, aquele que deveria ser desejado é apenas um mordomo. Alguém que tem o poder que eu não tenho para fazer aquilo que eu quero, como eu quero, na hora que eu quero… aí sim Ele é Deus. Isto incluí… sempre incluí… uma vida em plenitude de tudo que eu imagino ser bom, nesta terra.

Se nossa felicidade não estiver em Cristo… onde ela está?

Isso não é ser cristão. Isso não é um nascido em Cristo. Os que assim pensam e vivem não passam de perdidos sem a compreensão do Evangelho. Não entendenderam o que foi a Cruz. Têm os olhos tão fechados que a escuridão é como se fosse a própria luz.

Esse é o fiel retrato de uma igreja apóstata, pessoas carnais que entulham bancos aos domingos como se participassem de um atendimento psicológico em grupo. Eles cantam, danças e dizem “Senhor! Senhor””…

Mas o Senhor não os conhece.

Amam o mundo… e o mundo já não mais as odeia… porque elas pertencem a ele.

“Se vós fósseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia.” João 15.19

Maranata Jesus!

***
Daniel Clós Cesar é professor de história, desenhista e colunista no Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

25 COMENTÁRIOS

  1. Olá, ótimo texto meu amigo. Eu me incluo nesse texto. Quando tudo está bem, nem lembramos da promessa da volta de Cristo, porém, quando o bicho pega; oH Senhor, volte logo, tira logo essa angústia, essa dor!!! Que Deus longânimo e misericordioso nós temos! Que Deus possa nos dar sabedoria para discernir o que realmente importa. Primazia para quem merece primazia. Paz do Senhor.

  2. Demora mas as vezes nos deparamos com textos que são ABSOLUTOS, eu me incluo também, as vezes agente se engana e pensa, ai eu não quero ser uma radical então -"acho que agrada a Deus essas coisas também".
    O texto é perfeito

  3. Esse texto me fez parar… parar… e pensar…
    Fiquei instrospectivo, com essas palavras batendo em minha mente. Cristo no mandou procurar as coisas do alto primeiramente, para que depois as outras coisas, terrenas ou as que queremos, pudessem ser acrescentadas. Mas antes de Cristo, procuramos nos casar, fiar ricos ou ter $$, bons empregos, comprar carros, casas, notebook, iphonem tudo do "melhor", sendo que a Bíblia no diz se esperarmos somente a felicidade nesse mundo, seríamos os piores.

    ótimo texto, Deus os abençoe

    Andry Bastos

  4. Gostaria de perguntar ao anonimo: de que igreja esta falando? Nao creio que esteja falanda da noiva de Cristo que foi lavada e remida pelo sangue de Jesus, pois por existir Lobos com peles de ovelhas no meio do rebanho de Cristo é uma coisa, mas chamar esses lobos de IGREJA seria um absurdo.

  5. O texto em referencia tem muito sentido, como as opiniões descritas. Acredito incontestávelmente no Espirito Santo e somente por comunhão é que receberemos sabedoria para um dia receber o chamado.

  6. Sabe quando voce inicia a ver que esta totalmente errado ao que se refere o viver para Cristo e nao para o mundo. Estou lendo o livro (Mundanismo de C. J. Mahanney), e tenho visto o quanto textos e assuntos como este acima, sao relevantes em nossos dias, esta escrito: "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há." (1João 2.15 A igreja de cristo tem se desviado do seu real proposito aqui na terra, que é "glorificar e servir a Deus", ao invez disso, tem buscado servir e glorificar a si mesma fazendo de Deus um grande mordomo.(Sim! eu me incluo na categoria de pecadores auto-suficientes que usam Deus para satisfazer os proprios desejos). Que Deus tenha misericordia de nos, e nos leve a refletir sobre nossa situaçao mundana.

    fiquem na Paz, abraços

  7. Creio que existam os dois extremos, alguns só pensam na parte material, e outros só pensam na parte espiritual, devemos sim é, ter o equilibrio nesta questão, ai sim teremos saúde , tanto na parte material , quanto na parte espiritual.

  8. Nunca entendi direito esse "odeio o mundo e as coisas que são do mundo…" em contraposição ao "deus amou o mundo de tal maneira…" são dois mundos?

  9. Anônimo

    "Nunca entendi direito esse "odeio o mundo e as coisas que são do mundo…" em contraposição ao "deus amou o mundo de tal maneira…" são dois mundos?"

    Sim meu caro. São dois mundos.

    Você precisa ler os textos integrais, não apenas os versículos separados e deslocados de seu contexto. Essa prática impede uma interpretação da Palavra.

    O mundo amado por Deus, e pelo qual enviou seu Filho, é aquele composto por seus eleitos.

    O mundo que nos odeia e que devemos odiar é aquele entregue a satanás. Que vive intensamente no pecado… paixões que afastam o homem da Presença de Deus.

    Espero que você tenha entendido.

    No mais, aconselho-te a procurar um pastor ou líder de sua igreja para melhor esclarecer conceitos bastante simples, como este, do cristianismo.

  10. Na cidade de joão Neiva-ES, tem uma igreja Bati$ta que pede tanto dinheiro com desculpa de honrar o pastor, que parece que Jesus não vale nada, mas, o homem é tarado pelo flamengo, adora o Geazi Terra Nova e fala as maiores blasfêmeas no meio da rua da cidade.E os bodes enfiam dinheiro no seu adorado fiofó sem parar.Realmente, o evangélho de hoje é um lixo na boca de porcos 666.

  11. ESTE TEXTO NOS LEVA A PENSAR UM POUCO MAIS SOBRE NOSSA VIDA CRISTÃO, POIS SEM DÚVIDA RETRATA A VERDADEIRA SITUAÇÃO DA IGREJA DE HOJE, COM RARISSIMAS EXCESSÕES.ESTE TEXTO PARECE UMA CÓPIA DE UMA SERMÃO PREGADO A MUITOS ANOS(NÃO ME LEMBRO O PASTOR) E DEPOIS ESCRITO EM UM PEQUENO LIVRETO, INTITULADO: "DEZ SICLOS DE PRATAS E UMA CAMISA". ACHO QUE TODOS OS CRISTÃO DEVERIA LER ESTE LIVRETO.

    leomonzani1@hotmail.com

  12. Muitíssimo interessante esse texto! Retrata muito bem como são as coisas. E se formos fazer uma melhor análize de tudo veremos que é justamente assim que se comportam os artistas evangélicos.

    O mundo gospel, musicalmente falando, é recheado de pessoas assim. Durante quase toda a sua requizitada "carreira" investiram sua energia em buscar status para que, futuramente, pudessem chamar a atenção da tão desejada mídia secular.

    Que hoje já conseguiram! E tudo porque? Porque, como diz o texto de João 15:19 citado pelo irmão Daniel, já não são mais odiados pelo mundo! E não o são porque muitos deles se tornaram, ao menos, bem parecidos, semelhantes com o mundo ou, como eles mesmos gostam de se auto-denominarem, são "acessíveis" ao ele!

    Ganhar muito dinheiro, ser famoso, ter status, ser requizitato, ser lembrado, receber reconhecimento por seu diginíssimo trabalho musical e querer, com todas as forças, defender a música gospel e seu grande "potencioal" apenas é parte do plano de chamar a atenção da mídia secular e infiltrar-se na mesma.

    Agora, parecer-se com o mundo, vestir-se como ele, falar as mesmas linguagen$$$$ que ele, sentar-se roda dos escarnecedores para ganha-los e DEIXAR DE SER ODIADO PELO MUNDO PARA SALVÁ-LO? Por favor, não venha me dizer que isso é prarticar a palavra.

    Que viva em nossos corações o Evangélho puro e simples de Cristo.

  13. Ora, mas se o "mundo" ressaltado é obviamente o mundo do pecado, não há mal nenhum no jovem desejar humildemente se casar com uma amada e ter uma relação sexual antes de sair deste lindo mundo terreno (o que Deus criou) e ir à outra e inimaginável dimensão eterna, o céu.
    Não me parece por acaso que o ser humano goste tanto das realizações e satisfações que encontra nessa terra maravilhosa que Deus criou. E do mesmo modo me parece hipocrisia que um santão viva declarando sua pressa e ansiedade de ir logo para o céu (lugar que ser humano algum jamais soube como é), mas se estressa bastante no seu estressante trabalho, afim de comprar aquele seu carrão novo que tanto deseja e de quebra pagar a mensalidade aquela maravilhosa e glamourosa tv por assinatura, sem a qual não conseguiria se "divertir descentemente".
    Se a natureza do céu, por mais que creiamos, ainda é misteriosa e não cabe em nosso entendimento, me parece sê-la como deve ser, afinal. E do mesmo modo, Deus nos fez um mundo maravilhoso (fora o pecado, que não pertence à esse plano). Me parece mais prático que nos preocupemos em viver o cristianismo na terra da melhor maneira possivel (mantendo a fé na vida eterna, obviamente), até que chegue o inesperado e inimagnável dia final.
    Se por um lado existem os que se esquecem de Deus e mergulham exagerada e gulosamente nas infinidades de paixões; por outro lado existem os que desprezam a imensa beleza e arte do mundo que o Senhor fez, andando por ai de malas prontas como se fossem literalmente visitantes de marte ou saturno.
    Ao meu ver, cabe ao ser humano viver corretamente, estar sempre satisfeito pela provisão de Deus e agradecer por sua misericórdia, dia a dia. E sim, curtir bastante essa vida bela que Deus criou com criatividade e carinho inigualaveis aqui na terra.

  14. Poxa prezado Daniel, depois de você ter produzido um texto tão oportuno e necessário para nossa práxis cristã, na minha opinião você meteu o "pé na jaca" ao responder para o amigo Rony. Não é assim que se faz meu querido. Você acaba de mencionar que a felicidade é estar em Cristo e momentos depois se acha no direito de mandar alguém se converter?
    O que me pareceu é que você não lida muito bem com opiniões divergentes às tuas. Porém, quero lhe dizer que variedades de opiniões significam liberdade de expressão e oportunidade para se rever conceitos e atitudes. Inclusive, na comunidade que eu dirijo, uma das coisas que eu incentivo é a crítica e o questionamento.
    Você disse sobrio e acertadamente que o cristão deve manter distância segura da conformação com o mundo, porém Jesus orando ao Pai em Jo 17.14,15 fez pelo menos duas assertivas:

    1) "Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo…"
    Vejamos: Nós não somos do mundo, Jesus não era do mundo. No entanto registra a sagrada escritura que o primeiro milagre de Jesus foi numa festa em que ele fez questão de levar os discípulos consigo. As pessoas até diziam de Jesus: "… Eis aí um homem comilão e beberrão, amigo dos publicanos e pecadores…"

    2) "Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. "
    Embora não copulemos com o mundo, é nesta terra que respiramos, trabalhamos, divertimos e temos relações sexuais. Não é em Marte. E estas coisas coadunam perfeitamente com as palavras de Jesus acerca do final dos tempos, ou seja, as pessoas estariam agindo normalmente e fazendo coisas do cotidiano; não estariam alienadas. Vejamos:

    "Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro; Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra." Mt 24.40,41
    "Digo-vos que naquela noite estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado." Lc 17.34

    Pés na terra, olhos no céu, ok? De resto, quero dizer que gostei do seu artigo. Ele demonstra teu zelo pelo dono do rebanho, o Senhor Jesus Cristo. Talvez um pouco mais de abertura ao diálogo antes de dar um cala boca nos contrários seja saudável.

    Abraços,

    Pr. Joel

  15. Pr. Joel

    O senhor escreveu:

    "Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo… Vejamos: Nós não somos do mundo, Jesus não era do mundo."

    Pastor, o senhor usou um versículo que afirma que ASSIM COMO CRISTO, NÓS NÃO SOMOS DO MUNDO, para afirmar que NÓS SOMOS DO MUNDO.

    QUE PARTE DO VERSÍCULO O SENHOR NÃO ENTENDEU?

    Quanto minha resposta ao leitor Rony.

    Se leres mais uma vez o comentário dele, verás que desde o início ele distorce meu texto. Ele afirma que vejo com maus olhos alguém desejar casar-se, por exemplo. Sugere também, que sou contrário a vida neste mundo e que prego uma vida de reclusão.

    Eu mesmo sou casado. Não vivo recluso, pelo contrário, ando com pessoas que muitos pastores (não o estou colocando neste saco), jamais andariam… pois dão "aparência" de mal.

    Sim pastor, para esses que distorcem a Palavra (não os meus texto, esses podem ser distorcidos à vontade) eu respondo: Vá se converter!

    Pois é alguém que enaltece tanto o mundo e ainda tem tantas dúvidas quanto a eternidade. Eles têm a certeza nas coisas do mundo, mas temem a eternidade.

    Paz seja contigo.

  16. Caro, Daniel. Peraí mermão, hehe.
    Veja bem. confesso que usei um tom um pouco exaltado e até afoito pra me expressar. Mas garanto que sou convertido (ao menos é meu desejo diário).
    E não tive intenção alguma em distorcer seu texto, até porque isso seria errado e inválido – seu texto está lá pra ser lido, pra todos os efeitos. Sei que posso ter deixado essa impressão, devido a algumas colocações (como quando citei o casamento, por exemplo), essas coisas acontecem. Mas garanto que jamais teria a intenção de distorcer a explanação de alguém.
    E nunca, em momento algum me referi a sua pessoa, no meu comentário – nunca tive essa intenção, pois considero esse tipo de atitude imoral.
    E principalmente, até onde eu sei, não distorci a palavra de Deus, de maneira alguma – pois a amo. Em meu comentário desejei apenas expor um pensamento – como um acréscimo ao tema.
    Em todo caso, peço desculpas por qualquer desentendimento que o 'comentário' possa ter causado, por algumas possíveis colocações incoesas. E no mais, só estou aqui para esclarecer o que não ficou claro antes. E, obviamente, continuarei visitando o blog regularmente, hehe – pois gosto muito.
    Abraços!

  17. Prezado Daniel, talvez eu não tenha sido claro na primeira vez que interagi contigo, e consequentemente com este canal tão importante que é este Blog, o qual faz ecoar a nossa voz, a voz dos inconformados com o evangepitalismo (o resultado da mistura perfeita que os lobos fazem entre o evangelho e o capitalismo neoliberal).

    Deixo claro que eu entendi o teor de seu artigo sim. Aliás, oxalá fossem produzidos muitos e muitos outros textos com teor apológético semelhante, cuja zelo seja movido pelo amor incondicional a Jesus e a Palavra de Deus. A preocupação que tive, talvez exacerbada, foi pela forma como respondeu ao amigo Rony. Porém, como você já complementou na resposta que deu a mim, se você crê que ele esteja distorcendo a Palavra, é tua opinião confirmada e eu a respeito.

    Quero aproveitar e esclarecer uma citação que fez de meu post anterior, onde talvez eu não tenha sido específico::

    Daniel escreveu:

    "Pr. Joel

    O senhor escreveu:

    "Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo… Vejamos: Nós não somos do mundo, Jesus não era do mundo."

    Pastor, o senhor usou um versículo que afirma que ASSIM COMO CRISTO, NÓS NÃO SOMOS DO MUNDO, para afirmar que NÓS SOMOS DO MUNDO.

    QUE PARTE DO VERSÍCULO O SENHOR NÃO ENTENDEU?"

    Resposta:

    Entendi tudo. E reafirmo aqui o meu pensamento: Não somos do mundo, mas habitamos nele.

    A Escritura afirma que Jesus nunca pecou, porém como já afirmei, a mesma Bíblia afirma com as próprias palavras de Jesus a forma como Ele e João Batista eram conhecidos:

    "Porquanto veio João, não comendo nem bebendo, e dizem: Tem demônio. Veio o Filho do homem, comendo e bebendo, e dizem: Eis aí um homem comilão e beberrão, amigo dos publicanos e pecadores." Mt 11.18,19

    Veja. Jesus não era do mundo, porém ia a festas e comia e bebia com os discípulos. Podemos mencionar ainda as festas judaicas das quais Jesus com certeza participava com afinco: eram e são ainda, festas bem dançantes e animadas.

    Portanto, o que percebi do post escrito pelo amigo Rony, foi que ele tem um pensamento semelhante. Que enquanto vivermos neste mundo, temos que saber estabelecer prioridades sem no entanto nos alienar.

    É isto.

    A Paz do Eterno para você e para todos deste precioso canal de idéias.

  18. Rony e Pr. Joel

    Acho que nos entendemos. espero sinceramente isso.

    Quanto a remoção do meu comentário, o Leo falou que é "bug". Acontece às vezes no meu blog também. Fui copiar algo que havia escrito e ele foi excluído, talvez porque estava ativado como "autor".

    Melhor sem ele.

    Perdoem-me se me excedi.

    Paz seja com vós.

  19. "Rodeai a cidade, contai-lhe as torres", quantos de nós já fizemos isto? Sabemos enumerar corretamente as 12 camadas de pedras da nova Jerusalém? Estamos distantes demais deste padrão. "Buscai as coisas lá do alto…" a gente só busca o que é daqui mesmo………………………………

  20. Nossa… esse texto me fez refletir muito sobre minha vida e como a tenho levado!

    parebéns por transformar em palavras o sentimento e esperiência de várias pessoas.

    Particularmente, não vejo problema nenhum em buscar coisas materiais como um bom emprego, um bom carro, uma boa casa, etc… porém, procuro não depositar minha felicidade nessas coisas, afinal… são coisas e são usadas como tais. Sei também que se Deus me abeçoou financeiramente por exemplo, não só para meu beneficio próprio, devo viver pelos outros.

    Nossa felicidade deve estar em Cristo, pois Ele nos garantiu a eternidade.

    Se me permite, vou postar esse texto em meu site:

    http://www.cabecajovem.com

  21. Gracinaldo diz:
    Percebe-se nitidamente, pelos atos, liturgias, tradições, que na maioria das Igrejas de hoje acontece "cultos técnicos" isto é: sabemos exatamente o que vai acontecer, que ora, quem canta (e falando nisso a parte de louvor está oculpando 80% do tempo e a palavra que é o alimento está sendo negligenciada, pessoas gritam sem nenhum conexo com a palavra de Deus) e sem o alimento a tendencia é a fragilidade.
    E os líderes, pastores delegam funções pra: a,b,c…n, mesmo sem capacidade ou instrução adequada para desempenharem o oficio. Muito movimento e pouco ou nenhum poder. E as ovelhas famintas já não podem contar com os "pastores" para as conduzir ao pasto (palavra). Recorrer pra quem??? (sl 23), Onde estão aqueles que Deus deu como: pastores, apostulos, mestres..?
    Percebe-se muita movimentação (ganância) por dinheiro (é para construir, missão, festa… e os necessitados ? "coitados"!)será por estas e outras razões que a Bíblia afirma: Muitos apostatarão da fé ?

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui