Transformando Charlie Brown num vencedor?

13
264
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Izidro Santos

Ele foi reprovado em todas as matérias na sétima série. Foi reprovado em física no científico, com nota zero. Também foi reprovado em latim, em álgebra e em inglês.

Assine o Blesss

Nos esportes, ele não foi nada melhor. Conseguiu entrar para o time de golfe da escola, mas perdeu o único jogo importante da temporada.

Quando promoveram um jogo de consolação, ele também perdeu.

Durante todo o tempo na escola, teve problemas com sociabilidade. Os outros alunos nem chegavam a não gostar dele, porque ninguém lhe dava importância suficiente para isso.
Era como se ele não existisse.

Não se sabe como foi sua vida sentimental, mas ele nunca convidou uma garota para sair, durante todo seu tempo na escola. Tinha medo de ser rejeitado.

Ele era um perdedor. Todo mundo sabia disso. Até ele mesmo. Mas havia uma coisa muito importante para ele: desenhar. Seus desenhos eram seu orgulho.

Ninguém, além dele mesmo, gostava dos desenhos. No último ano do científico, ele ofereceu alguns quadrinhos para os organizadores do livro de formatura e todos foram rejeitados.

Mas ele estava convencido de seu talento e resolveu se tornar um artista profissional.

Escreveu uma carta para os estúdios Walt Disney. Pediram que mandasse umas amostras do seu trabalho e sugeriram um tema para ele desenvolver. Ele desenhou os quadrinhos propostos. Trabalhou durante largo tempo.

Quando recebeu a resposta dos estúdios Disney, descobriu que fora rejeitado.

Mais uma derrota para o perdedor.

Ele decidiu, então, escrever sua própria biografia em quadrinhos. Descreveu a si mesmo quando criança – um garoto perdedor e que nunca conseguia se sobressair.

Logo, o personagem de quadrinhos se tornaria famoso no mundo todo. O garoto para quem tudo dava errado, cujo trabalho fora rejeitado vezes sem conta, era Charlie Schulz, o criador da tira Peanuts, do cachorro Snoopy e do pequeno personagem Charlie Brown. Um garotinho cuja pipa nunca voava e que nunca conseguia chutar uma bola de futebol.

Uma coisa é certa Deus tem o tempo certo pra transformar perdedores em vencedores… o nosso trabalho é esperar e não desistir.

***

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

13 COMENTÁRIOS

  1. Às vezes tenho a impressão de ser um Charlie Brown da vida… meus planos, coisas que planto dão errado… não consigo ver os frutos do meu trabalho!

    Uma coisa digo ao Senhor, entretanto: tudo aqui pode falhar, dar errado… mas servir-te, oh Deus não pode dar errado, pois és mais importante para mim do que o que podes me proporcionar.

    Se eu tiver de morrer neste fracasso, que morra, mas servindo a Deus.

  2. Gostaria de comentar sobre o tempo de Deus.
    Creio em milagres, na soberania absoluta de Deus e também em todos os seus atributos.
    Quando critiquei a IMPD e seu lider milagreiro é porque não concordo com suas trapaças e simulações grosseiras de milagres atribuídos, com muito estardalhaço e estrelismo, ao seu lider.
    Certa feita, fui convidado por um parente, a assistir a um culto numa igrejinha de um bairro da periferia de minha cidade, onde o pregador era conhecido porque tinha o dom de cura.
    Durante o culto, o pastor teve várias revelações de pessoas que estavam enfermas, acometidas dos mais variados males.
    Revelou que havia naquele recinto uma pessoa que tinha uma enfermidade num dos punhos da mão, e que citada pessoa já tinha sofrido muito, com diversos tratamentos, cirurgias, infiltrações e etc…
    Quando convidou a pessoa a ir à frente para receber a cura, quatro pessoas se postaram defronte ao púlpito, esperando serem curadas, uma delas era eu.
    O pastor disse que a pessoa revelada ainda não tinha comparecido, culminando finalmente por apontá-la entre a multidão.
    Quanto a mim e as demais pessoas que estavam alí para receberem a cura, o pastor disse que embora não tivesse nos revelado, como nos colocamos "na brecha", Deus também tinha uma bêncão especial para nós e que também seríamos curados.
    Decorridos alguns dias, a secretária do médico ortopedista me ligou dizendo que eu teria que comparecer no hospital no dia posterior, pela manhã, para os exames pré operatórios e preparação para a cirurgia, porque estava na antevéspera da operação pré agendada.
    Eu havia me esquecido completamente dessa cirurgia, e olhando para o punho de minha mão esquerda, afetado com um "cisto sinovial recidivante", trocando em miúdos, nada mais é do que um rompimento de um das cartilagens do punho, estravasando o líquido lubrificante interno da articulação, causando edema(inchaço) e infecção e muita dor no local, fazendo com que tivesse dispensas médicas constantes do serviço, sendo considerada uma "LER", lesão por esforço repetitivo, uma vez que em minha atividade como Escrivão, digitava cerca de seis a oito horas diárias.
    Notei que não havia mais inchaço e dor local, e até hoje nunca mais tive qualquer problema de punho. Estou completamente curado, para a Glória de Deus!
    Estou dando esse testemunho porque minha cura não se deu naquele local, naquela hora, nem no dia seguinte. Na verdade nem eu mesmo sei quando, vez que somente me toquei que tinha sido curado definitivamente quando mantive contato com a secretária do médico que havia marcado mais uma cirurgia.

  3. Muito boa explicação sobre essa série, quando criança não perdia um episódio, era realmente excêlente, infelizmente a série acabou mas o exemplo daquilo que Deus fez e ainda continua fazendo, persiste nos dias de hoje:
    "Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; 1 Coríntios 1:27"
    Deus abençõe!
    Maurinei,
    http://fiqueligadobloggospel.blogspot.com/

  4. Ma-ra-vi-lha!!!
    E um irmaozinho me perguntou um dia desses: E o que e' que a gente tem que fazer?
    Eu disse: nada, a nao ser, esperar…
    e Ele retruca: E se nao acontecer nada?
    Eu respondi: Deus continua soberano, porque o pedir e esperar e problema nosso.
    O ouvir e atender e' problema de Deus, que sendo soberano, pode fazer, ou nao, quando e como quizer.
    Muito edificante, Deus te abencoe Izidro.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui