Jonas, a aboboreira, a bactéria e o aborto

14
1005
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por André Couto

Assine o Blesss
Não faz muito tempo, a NASA (National Aeronautics and Space Administration) anunciou a descoberta de nova forma de vida em um lago tóxico nos Estados Unidos, precisamente na California.

Antes do anúncio oficial da NASA sobre a misteriosa vida, cientistas do mundo, e curiosos espalhados por esse planeta terra, especularam a possibilidade da descoberta revelar a existência de vida extraterrestre. Não foi dessa vez, ou nunca será. Os cientistas descobriram um tipo de bactéria com características diferentes das encontradas em todas os outros seres vivos na Terra.

De acordo com a informação divulgada, a nova bactéria é capaz de usar arsênico ao invés de fósforo em seu metabolismo. Sinceramente, essa descoberta não mexeu com o cientista que há dentro de mim. Acho que faltei a essa aula.

Acredito que esse “bichinho” deva estar recebendo todos os mimos possíveis, até porque é a bactéria do momento, virou celebridade. Daqui a pouco escreverão a sua biografia. Brincadeiras à parte, vamos ao cerne da questão: a vida.

A tal bactéria, segundo os cientistas, é uma vida, bem esquisita por sinal, mas é vida, e ponto final. Os loucos por essa ciência vivem diariamente a aventura de Indiana Jones, e não sossegarão enquanto não descobrirem todas as novas formas de vida existentes na vastidão do nosso planeta. Esses cientistas valorizaram ao cubo uma simples bactéria, e ao mesmo tempo desprezam (não todos) a vida que é gerada no ventre de uma mulher.

Muitos afirmam que o embrião humano não é vida, e não sendo vida, pode ser descartado, desprezado, jogado numa lata de lixo hospitalar. Mas, a bacteriazinha famosa, ah, essa merece a nossa admiração e os aplausos dos “sensatos”.

Indiscutivelmente, a inversão de valores já aconteceu há muito tempo. A vida humana, que começa a partir da fecundação, deixou de ser matéria importante nos livros escolares, deixou de ser o assunto mais comentado nas praças e esquinas, o embrião humano transformou-se em marionete na mão de cientistas que o exploram para satisfazer seus anseios por novas descobertas. O fenômeno do momento é a bactéria célebre. Alimentem as bactérias e matem os embriões. Quanta crueldade!

O aborto poderá deixar de ser crime no Brasil, como já deixou de ser em diversos países. Porém, não deixará de ser assassinato, ato pecaminoso diante do Deus Altíssimo.

O Governador do Rio de Janeiro, que é a favor do aborto, fez a seguinte declaração:

“Quem aqui não teve uma namoradinha que teve que abortar?”

Sou terminantemente contra o aborto, mesmo em caso de estupro. Concordaria com tal brutalidade no momento em que a vida da minha esposa corresse risco de morte em detrimento da gravidez. Mesmo assim, o homem de fé ora a Deus, e Ele lhe dirige os passos.

Recordo-me do profeta Jonas. O camarada do AT queria chacina, morte, sentença, e Deus, a misericórdia. Mais tarde, decepcionado com a atitude de Deus em perdoar os ninivitas, Jonas se compadece com a morte prematura da aboboreira, que lhe tinha oferecido sombra. Assim é, às vezes, o ser humano no que diz respeito à valoração das coisas. “Francisquinho” chora à morte do Totó, seu cachorrinho de estimação, e não se compadece do filho que implora o seu perdão, ou do vizinho que morreu vítima de atropelamento. “Francisquinho” se compadece do carro zero quilômetro que foi batido, e se esquece das vítimas que estavam dentro do veículo.

Os cientistas elevaram o valor da vida de uma bactéria, e se confundem ao afirmar o valor da vida de um embrião humano.

Viva a supremacia da vida humana criada por Deus, que começa a partir da fecundação.

Viva o embrião!

Deus lhe abençoe.

***
André Couto é pastor, blogueiro, amigo da vida e dos blogueiros do Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

14 COMENTÁRIOS

  1. O que você escreveu é a mais pura verdade.A agora… como ´é que um idiota desses pode ser governador? E o pior de tudo é saber que o Brasil tem muitas "otoridades" dessas aí governando municipios e na alta administração federal.

    Andarilho. Leitor do blog

  2. Provavelmente nenhum cientista em san consciência vai dizer que um embrião não é uma vida,o que se é discutido é se o embrião é um ser humano.
    O que é colocado em pauta uma vez que antes da formação do sistema nervoso,ele se assemelha a uma célula salivar ou do epitélio.
    Por exemplo se o óbito de uma pessoa é declarado oficialmente depois que o cérebro e portanto todo o sistema nervoso parou de funcionar assim deveria ser para o começo da vida humana.

    Mas é claro esse é um ponto de vista de um cientista(ou não)cético,entretanto eu acho que um embrião diferente de qualquer célula do nosso corpo é ser humano em "potencial".mas não espere que o mundo vá pensar assim.

  3. Belíssimo texto! expõe de maneira tocante e cruamente verdadeira a inversão de valores que o mundo atravessa.Q Deus tenha misericórdia de todos nós!
    Aracy

  4. Esse assunto nao deveria gerar a menor polemica, visto que nao ha o que polemizar a respeito da vida, mas o caso e' que, como aponta o texto, a vida hoje vale absolutamente nada. E' so' dar uma olhada nas noticias e ver os exemplos a nossa volta, a comecar pelas autoridades, escolhidas para zelar pelos principios morais e civicos do lugar onde governam, como e' o caso do governadorzinho do Rio. Alguns trocam a vida pelo vicio, outros por prazeres a encurtam, e muitos sequer tem a chance de fazer a propria escolha, sao abortados antes.
    A Escritura e' clara quando registra: "Ai daqueles que chamam ao mal bem, e ao bem mal…"
    Tempo de trevas.

  5. Se fizermos uma comparação entre as maiores atrocidades da humanidade tais como, escravidão,milhões de judeus mortos, primeira e segunda guerra mundial e tantas outras,,posso garantir que o aborto ganha de todas elas, sendo com certeza o maior crime que um ser humano pode cometer.

  6. agora pegue todas as crianças que estão jogadas nas ruas por terem nascidas em lares em condições sub humanas , e crianças rejeitadas, que estão vivendo por ai como ratos procurando comidas nas latas de lixo, ou sendo usadas por traficantes , e todo tipo de pessoas que se aproveitam desta situação. e leve-as para a sua casa e cuide delas e de para elas uma vida digna, como escola ,roupas comida e uma educação de qualidade . e assim vc vai estar mostrando que vc se importa com a vida de verdade—mas como eu sei que vc e um hipocrita vc vai dizer –eu não tenho nada a ver com isso , quem mandou a mãe delas não se prevenir, azar dela colocou no mundo agora se vira , e sempre assim os hipocritas criticam os outros mas eles mesmos não fazem nada, colocam fardos pesados nas costas dos outros mas eles mesmos não movem uma palha–sei que vc não vai deixar meu comentario a vista mas fique aqui registrado vc e um hipocrita—-ass;cesar

  7. Sei lá…..
    Li o texto e vi que existe uma comparação racional mas li também o que o César escreveu e pensei…será q ele não tem razão?? Será q já não estamos matando as crianças ha muito tempo, mesmo depois de passarem pelo estágio EMBRIÃO…crianças morrendo de fome, frio, calor humano, falta de saúde, teto, cama, infancia perdida, juventude perdida….será q nós já não estamos matando esse povo todo há tempo e continuamos a matar até hoje?? É FORTE ISSO. Voce mata quando passa na rua com seu carro e nao ajuda uma criança. Voce mata quando alguem te pede comida e voce diz q nao tem como ajudar….voce mata, eu mato, nós matamos todos os dias. Ivana.

  8. não li o texto,mas entendi a colocação do título,as coisas são bem simples,se todos praticassem o 5° mandamento do vt e os 2 mandamentos de Jesus,isso de aborto aos olhos do mundo seria loucura e não planejamento familiar como ouvir lider gospel famoso dizer!!

  9. Há dias atrás presenciei uma cena no noticiário que me deixou completamente pasmo!
    Uma jovem e seu marido arquitetaram um plano macabro, fazendo seguros de vida milionários em nome dos pais, favorecendo-os.
    Depois de algum tempo, mataram-nos covardemente, com requintes de extrema crueldade.
    Na investigação criminal ficou provado que quem estivera na casa na hora do crime, conforme o documentado por uma câmera de segurança do vizinho da frente do imóvel, eram a filha e seu marido.
    Quando presos e algemados pela polícia, por força de Mandado de Prisão expedido pela Justiça, a filha solicitou aos policiais que antes de embarcar na viatura policial, pudesse despedir-se e dar uns afagos em seu cachorrinho, isto porque, segundo ela, não saberia quando voltaria a vê-lo.
    Depois de arquitetar o plano maquiavélico, colocá-lo em prática e assassinar covarde e cruelmente seus pais, a única preocupação, quando presa, era com seu cachorrinho de estimação!
    Cristo tem que voltar logo, sinceramente, porque a coisa está ficando cada vez pior.
    Deus tenha misericórdia de nós!!!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui