Ministração ou terapia confrontativa?

11
71
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Márcio de Souza

Me impressiona o número de ministros que cisma em exortar a igreja na hora da música. Basta a igreja não estar “fervorosa” do jeito que o ministro quer e pronto: para-se a música e lá vem bomba. Acusações de que a igreja ta fria, de que adoração não é aquilo que estão fazendo.

Parece um método de terapia confrontativa. Onde você dá uma chamada na igreja, uma espécie de choque no paciente para que ele desperte e encare a realidade. Mas que realidade? A realidade de que música boa é só quando o povo da cabeçada na parede, morde o irmão do lado, da ataque de riso, se urina todo de tanta unção?

Isso não ta certo. Cada um sabe do seu dia a dia e tem sua forma particular de adorar ao Senhor. Se naquele dia a ministração “pareceu” não alcançar, o problema não está no público, mas no ministério que não conseguiu levar o povo a Deus. Não adianta termos ótimos músicos sem a presença de Deus que enche o lugar e levanta a Igreja.

Assine o Blesss

O resto, ah o resto é o ego falando.

E no mais, tudo na mais santa paz!

***
Márcio de Souza é missionário urbano e colunista no Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

11 COMENTÁRIOS

  1. Mas se a igreja está fria, quem está conduzindo o louvor tem que exortar a igreja à adorar mesmo, isso é normal. O que não pode é ficar todo mundo com cara de mosca morta!!

  2. Concordo que adoração é pessoal , mas vejo a contradição de alguns quando dizem isso e vão para a igreja com a intenção de observar os outros!
    Cada um sabe do seu dia a dia e tem sua forma particular de adorar ao Senhor.
    NOSSO COMPROMISSO É COM DEUS E COM O PRÓXIMO , PRIMEIRO QUE ADORAÇÃO NÃO MÚSICA , E MUITO MENOS O ESTILO GOSPEL !
    ADORAÇÃO É A VERDADEIRA FORMA QUE UM INDIVÍDUO SE MANIFESTA PARA DEUS , PELO O QUE DEUS É , E NÃO PELAS SUA OBRAS! SEJA COM A VIDA , SEJA COMER , SEJA BEBER, SEJA DANÇAR , SEJA ESTUDAR , SEJA TRABALHAR …..
    Hoje as pessoas correm para os braços de falsos profetas porque aqueles que deveriam ter pão a oferecer , oferecem apenas MIGALHAS!
    CRISTO É MUITO MAIS , E ADORAÇÃO É VIDA

  3. Acho que o louvor dentro da igreja é somente uma preparação para receber a palavra de Deus. Sou músico, ministro na igreja, e como o amado falou, as vezes o povo chega quebrado mesmo na igreja, teve um dia duro e não é fácil! Só lamento a parte do comentário sobre é culpa do músico… as vezes não é, como disse todos temos o "dia mal" e neste dia só a graça de Deus sobre nós.
    Claro que concordo que em alguma igrejas não existe louvor, existe show. É mais uma apresentação do que um louvor a Deus, concordo que exista isso. Mas não podemos generalizar as coisas!

    Um abraço

    Blog Emunah

  4. Concordo com o CEEP. O ministro é um instrumento de Deus para levar a igreja a adorar o Senhor. O louvor liberta, podemos ver isso em Atos 16:
    "E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.

    E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos." Vers. 25 e 26

    Entendo que ad a igreja está "fria" o ministro deve sim levar a igreja em adoração. A música fala aos nossos coração, quanto mais o louvor (concordando com o Lucas Souza). Concordo que às vezes o ministro talves não esteja vivendo uma vida santa, por exemplo, o que influência no seu mistério e lógico, na mistração. Mas o que pode ocorrer tb, é que a igreja não se rende em adoração. Pode ser por vergonha, por "o que vão pensar", ou não quer simplismente, sei lá. Já vi e vivi isso muitas vezes. Outra coisa, temos que nos lembrar que o Diabo não se agrada de nos ver diante do Senhor. Não sei se já aconteceu com vcs, mas comigo muitas vezes me senti totalmente afrontada pelo Diabo por estar me arrumando para ir à igreja e qd estava lá, não conseguia adorar o Senhor verdadeiramente (como se estivesse travada, sei lá!) e outras vezes me sentia livre e louvava ao Senhor com muita alegria.
    O louvor é um momento especial do culto, não deve ser feito de qualquer jeito. Deve ser levado à sério, como tudo que acontece no culto.
    Bem, é isso aí!
    Deus os abençoe!
    Cacau

  5. muito bem,caros irmãos é bem verdade que o louvor,é muito inportante nas igrejas, sem ele ela fica um vazio, pior do que vélorio tem alguns que tem ate musica; não que a igreja seja um mais precisamos de um verdadeiro louvor, dentro das igrejas, amo o louvor.

  6. queridos imãos em primeiro lugar,quero deixa minha opnião,vejamos um verdadeiro ministro do Senhor não aje desta forma violénta em um pupito,ele aje com moderação para seus ouvinte.se ele assim aje,com grosseria, muitas,jesticulação,fica muito a deseja.o ministro que fica no pupito mais reclamanto do que pregando a palavra de Deus falta-lhes muita coisa para aprende.pupito é consagrado a Deus,não ao homem.do louvor, quero dizer quem louva a Deus sabe o que esta fazendo!

  7. Eu não concordo com o irmão que disse que louvor é só para preparar a igreja para a receber a palavra! Onde é que está isso na bíblia? O que prepara a igreja para ouvir a palavra é o Senhor quando nós oramos e pedimos para ele falar conosco. A adoração é um mandamento e tem a ver com aquilo que nós oferecemos a Deus em seu louvor.
    Layssa

  8. A moda, para uns, é pregar em meio à música. Um modismo de dizer "agora estou ministrando"…

    Virou modismo e muitos pegam suas impressões e começam a ameaçar a Igreja dizendo que ela não está adorando. Isso só Deus sabe. Não é o homem.

    Virou moda ficar ministrando, fazer igual se faz no CD ou DVD que acabou de ver…

    Uns tem cânticos, outros palavra, outros ensino e etc. Cada coisa a seu tempo, cada um fazendo uma coisa de cada vez.

    Dou graças a Deus que na minha Igreja o pastor dá oportunidade para louvar a quem quiser louvar e É PARA LOUVAR. Dá oportunidade para testemunhar a quem quiser, e É PARA TESTEMUNHAR. Dá oportunidade para orar, e É PARA ORAR, dá oportunidade para ler a palavra e é PARA LER A PALAVRA.

    Quem não gosta reclama, mas já diz a bíblia: tudo a seu tempo. Deus não trabalha com ameacinhas e chega de modismos de ministrações a la DVD que acabei de ver.

    Tudo a seu tempo, quem canta, cante e quem quer trazer palavra, que traga palavra. Cada um tem um dom especial, se eu fui convidado a cantar, cantar é o que farei.

    PRONTOFALEI.

  9. Não entendo essa idéia de que o ministro leva a igreja a Adoração…

    Primeiro,
    porque não vejo esse "ministério" de músicas e afins no NT, o que eu vejo é música sendo usada como meio de louvor mas não vejo ninguem "levantado" para isto no NT…
    música ou louvor nem constam da listas de dons….

    Segundo,

    porque eu não consigo aceitar a idéia de que preciso de alguém para me conduzir a adoração…

    Então eu dependo de alguem(ens) para adorar?
    Então eu não consigo adorar ao meu Deus e ao meu Senhor Jesus sem o(s) ministro(s) ?

    Isso sginifica que preciso de Sacerdotes!

    Mas…

    Então o véu não foi rasgado?
    Então o sacerdócio levítico não se encerrou com Cristo?

    Por fim,
    acredito que no fundo o problema é que essa idéia de que fulano foi "levantado" e "escolhido" como "Levita" é só mais uma das muitas bizarrisses que vemos na igrejas…

    gente querendo ter um status
    gente querendo ser mais que os outros…
    gente que precisa de títulos e cargos ….
    gente que quer admiração e respeito e, as vezes, até mesmo uma veneração que….
    não condiz com o que a bíblia e principalmente o NT nos ensinam….

    Na real, o que falta é Mais de Cristo e menos das pessoas "ungidas"!

    Afinal, onde está o "Convém que ele cresça e que eu diminua." ?

  10. realmente o louvor é uma adoração a Deus,ele e´muito inportante na igreja. portanto queridos irmãos bem sabemos que, o louvor não é um chamado de terapia.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui