Carta de um diabo velho a seu sobrinho sobre o Natal.

21
610
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Por Renato Vargens

C.S.Lewis escreveu um livro cujo titulo é “Cartas, do Coisa-ruim”, onde de forma inteligente e brilhante  narra diálogos fictícios entre um experiente “diabão”  e o seu sobrinho. No livro, um astuto demônio instrui e aconselha a um capeta menos maduro as melhores maneiras de desviar os crentes de Cristo. O livro é um clássico da literatura evangélica mundial e vale a pena ser lido por todos aqueles que amam a Deus.

Pois é, se  C.S. Lewis estivesse vivo e se disposse a usar da pena para escrever mais um capitulo do seu maravilhoso livro, talvez ele escrevesse o seguinte a respeito do Natal:

Assine o Blesss
“Caro sobrinho, aproveitando este período do ano quando todos se envolvem na comemoração do Natal, diga a eles que esta festa me pertence. Faça-os acreditar que esta data deve ser esquecida simplesmente pelo fato de que ela é de origem pagã. Instigue aos pastores legalistas a odiarem ao Natal. Faça-os mais místicos, superticiosos e completamente certos de que comemorar o NATAL é dar legalidade, bem como permitir a ação direta do nosso exército de maldade sobre a igreja.  Ouso afirmar que quanto menos eles lembrarem da vinda do nosso inimigo, melhor. Assim poderemos disseminar os valores e conceitos do nosso pai infernal.

Prezado sobrinho, um outro e eficaz conselho é levar os crentes a se individarem e gastarem tudo quanto puderem com presentes e almoços de confraternização. Eles precisam ser convencidos que necessitam de celulares novos, de eletrodomésticos novos, de motos e carros novos. Leve-os ao individamento total, comprometa os seus salários em leasings, financimentos e CDCs. Ensine-os de forma efusiva a acreditarem que o consumismo não é pecado, faça-os gastar tudo o que tem, a ponto de que não lhe sobre dinheiro para acudir o necessitado como também investir no Reino do inimigo.

Diga a eles que o egoísmo não é pecado e que o mais importante  é aproveitar a vida.  Não os deixe se importarem com  outras pessoas, e nem os deixe perceber isso como egoísmo. 

Seu tio, Diabão.” 

Caro leitor, ao contrário do que muitos desejam afirmar, o Natal é um Presente de Deus à Humanidade. E este presente tem um nome: Seu nome é Jesus. Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz, Santo de Deus, Cordeiro de Deus, Autor da Vida, Senhor Deus, Todo-Poderoso, Leão da Tribo de Judá, Autor e Consumador da Fé, Advogado, o Caminho, Sol Nascente, Senhor de Todos, Eu Sou, Filho de Deus, Pastor e Bisopo das Almas, Messias, a Verdade, Salvador, Pedra Angular, Rei dos reis, Reto Juiz, Luz do Mundo, Cabeça da Igreja, Estrela da Manhã, Sol da Justiça, Senhor Jesus Cristo, Supremo Pastor, Ressurreição e Vida, Plena Salvação, Guia, O Alfa e o Omega!

Renato Vargens

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

21 COMENTÁRIOS

  1. Querido Pator,
    eu vejo nas Escrituras base bíblica para o batismo, para a celebração da ceia e até para a Páscoa. Mas estou tendo dificuldades para encontrar um versículo sequer que nos instrua e oriente a celebrarmos o natal…
    Se o Senhor puder me ajudar, ficaria muito agradecido.
    No amor de Jesus Cristo homem,
    Graça e Paz!!

  2. Por mais que realmente esse natal de 25/12 não seja o Natal do nescimento de Jesus (tanto porque não é essa a data nem mês, tanto porque a figura é centrada em papai noel) VALE a pena aproveitarmos todas as oportunidades para falarmos de Cristo.

    Não devemos nos encasquetar em vivenciar esse natal fajuto montado, maquiado e emperequetado a tanto tempo, mas também negar toda a mensagem de natal (principalemte a única mensagem que é Jesus) é perder a oportunidade de reposicionar a data apontando ela para Cristo.

    Seja esse natal no dia que for, uma coisa estamos certos: Jesus foi o melhor acontecimento que toda a história pôde registrar. Ai de nós se não tivesse sido assim…

  3. Caro Pastor Renato, não concordo com você quando diz que o natal é um presente de Deus, pelo menos, não o natal como é visto pelo mundo secular. Não seria Jesus Cristo o presente de Deus para a Humanidade? Não consigo ver Deus no consumismo exarcebado, na troca de presentes, nas árvores de natal, no papai-noel, nas comidas e bebidas, enfim, na festa em geral. Veja, eu comemoro sim o natal com minha esposa e filha (de 3 anos). Ela gosta da árvore que eu montei (artificial) com suas luzinhas brilhantes e acredita no papai-noel. Eu lhe dou um presente e a gente come uma boa comida na "ceia de natal". Porém, para mim, Jesus Cristo nasceu no dia em que eu O aceitei como Senhor e dono da minha vida. Para mim, esse dia é muito mais importante que o 25 de dezembro, que acaba se tornando apenas um feriado a mais. O mundo secular só se lembra do nascimento de Jesus quando vê um presépio na vitrine de alguma loja! Ninguém, antes da ceia de natal, abre uma garrafa de champagne e propõe um brinde a Jesus Cristo! Para o mundo o natal é festa, consumismo, bebedeiras, brigas, confusões, traições. Para mim, Jesus Cristo é um presente de Deus para a Humanidade e o natal só um motivo a mais para o comerciante lucrar em cima do povo e para o povo uma chance a mais de fazer a festa.

    Um grande abraço.

    Marcio Rocha
    Paris – França

  4. Prezado Marcelo Furriel: A bíblia é clara quanto ao fato de que o nascimento de Cristo foi jubilosamente celebrado e comemorado:

    "E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém,Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.E, vendo eles a estrela, regozijaram-se muito com grande alegria, E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra.(Mt 1, 2 e 10 e 11)

  5. "E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós." (I Coríntios 11:19)

    "No caso do Cristianismo, especificamente, enquanto doutrina cuja ascepção tradicional baseia-se num arcabouço filosófico objetivista e absolutista (em oposição a subjetivista e relativista), a heresia é em si um desvio da verdade universal, de modo que mesmo se todos os seres humanos acreditarem num erro, ele não passará, por isso, a ser verdade." (Wikipédia)

    O natal é, entre tantas coisas, a tentativa de diminuir a importância da mensagem central do Evangelho, dando ênfase ao nascimento e não à morte e ressurreição de Cristo.

  6. Eu era criança quando entendi que natal é tudo menos um presente de Deus e uma data que tem som que ser esquecida muito me admira reprimir repreender coisas que vcs dizem ser de homens mas as que vcs gostam (quem sabe da guloseimas) se diz ok essa ai pode ¬¬ hum sei

  7. Concordo que o Natal é sim um presente do Criador p/ a humanidade.

    Tá bom pode ser que o dia em que Jesus nasceu não seja dia 25/12…
    Que diferença faz isso????
    Quando minha mãe ou meu pai fazem aniversário faço questão de parabeniza-los e presentea-los, não porque precisem, mas para que saibam quanto os amo.
    Porque não ter um dia para comemorar o maior nascimento de todos?
    Não me venham com essa de que todos os dias podem ser iguais, por que não são!
    No natal preparamos cantatas, teatros, danças tudo pra mostrar pra Ele o quanto o amamamos!

    Irei sim comemorar o natal isso enquanto o Espirito não me dizer que é errado!

    NATAL pra mim não são as comidas ou presentes, é Ele.
    Obs: Lewis foi genial ao escrever essas cartas!

  8. Marcelo,
    É um questão de interpretação dialética, e não metafísica.
    Para Cristo ressucitar, ele precisou morrer, e para morrer, ele precisou nascer.
    Portanto, não há qualquer heresia em comemorar o nascimento, porque esses tres elementos (nascimento, morte e ressurreição ) estão intrinseca e extrinsecamente interligados de modo absoluto, posto que um não existiria sem o outro.
    Quando nos libertaremos das amarras da religiosidade perniciosa e patética, que não conseque enxergar o próprio umbido, mas se aventura em ditar regras espirituais para os outros?
    Abraços, Bolt.

  9. Natal = Comercio !

    Só quem é cego não percebe isso. O comercio espera um ano inteiro pela chegada do natal. Claro que o natal é uma data super agradavel, é quando você come coisas que não sente nem o cheiro durante o ano todo, quando ganha os melhores presentes e o principal quando a familia está reunida.

    Em relação ao nascimento de Jesus, o natal ficou marcado por celebrar isso, mais seria ingênuo achar que Ele nasceu nesse dia. Enfim, eu não acredito, e por isso o natal continua sendo uma data comercial.

    Abraço

  10. segundo a historia o dia 25 de dezembro não tem nenhuma relação com o nascimento de Jesus e mesmo que tivesse ele quase não é lembrado o que vemos são trocas de presentes arvore de natal e papai noel. Que Jesus tenha compaixão de nos

  11. Relaxem gente, vocês querem tudo muito bem explicadinho nos seus míííííííínimos detalhes
    ok, o mundão entende errado a mensagem do Natal, mas o que vcs esperavam?q o mundo se vestisse d pano d saco?
    Antes lembrar do nascimento de Cristo, do que nem sequer isso!!será que ao menos UMA pessoa no mundo não tem a consciência tocada com essa data??

    Como o Welandro disse, Natal é um ótima oportunidade pra se falar de Cristo!!

    Fiquem na Paz do Senhor!!

  12. Eu nasci num lar católico,e tenho ótimas memórias do Natal …eu não sabia explicar porque,mas tinha algo de especial ,e não eram só os presentes,eram todos os detalhes:a família reunida,as brincadeiras,uma alegria ,uma espera,quem era aquele Deus que eu não podia ver?…e´verdade que ninguem falava sobre Jesus,mas o Senhor tem seus meios…( eu sempre montava o presépio e faço isso até hoje com meus filhos)Ele já falava no meu coração e de alguma maneira chamava minha atenção para sua presença;eu me converti na adolescencia,e garanto que Ele trabalhou muito no meu coração antes de chegar na igreja,de maneira sobrenatural,não tô falando de rodopios e bobeiragens que vemos por aí,mas da ação genuína do Espírito Santo convencendo…
    Sei que tem gente que faz questão de não comemorar o Natal,mas eu aproveito todos os simbolos da época e tento de alguma forma envolver a família ,que ao meu ver,é uma das coisas mais importantes pra fazermos no Natal.
    se tem algo que o diabo quer destruir é a família, por isso devemos aproveitar a época pra falarmos e vivermos o amor de Cristo,hoje e nos outros dias tbem.
    O mundo não sabe o que é Pascoa,nós que sabemos devemos contar,o Natal é a mesma coisa,somos nós que devemos contar sobre o verdadeiro Natal,que é Cristo em nossos corações.
    Paz!!

  13. Já perdi noites de sono tentando me posicionar sobre o assunto, interessante o comentário do Bolt a respeito de como foi comemorado o nascimento de Jesus. Creio que tenho liberdade para comemorar o nascimento de Jesus todos os dias inclusive dia 25, whatever. Mas infelizmente, o natal tem sido mais uma arma para afastar as pessoas, inclusive as crianças de Jesus. Assistam os filmes de natal, propagandas, vá as festas nas casas.Não tem nem vestigio de Jesus. Vão dizer o natal não é só consumismo nós sabemos o verdadeiro espírito do natal, paz amor e união. Não, o verdadeiro espírito do natal é que Deus "abdicou" da sua posição e veio viver no nosso meio, já sabendo que destino era reservado para ele. Moro nos USA aqui já não se fala Merry Christmas, quando não é Happy Holiday (Feriado) é Xmas o Christ foi substituido por um X. Não sejam paranóicos, como eu já fui, mas abram o olho. Se vc acha que não deve comemorar não comemore, mas se vc acha que deve pregue em alto e bom som à todos aqueles que vivem um natal sem Jesus. Deus abençoe a todos. PS.: Por favor, chega de ironia, chega de enfrentamento entre irmão, a Bíblia diz que seríamos conhecidos pelo amor. Sem hipocrisia, nem misticismo, mas que possamos nos edificar com respeito.

  14. O mundo deturpa qualquer coisa, até vemos o mundo pregando um falso evangelho através de falsos cristãos e apóstolos…

    Mas não é por isso que vamos deixar de celebrar uma data conhecida mundialmente. Se o mundo deturpou o real sentido do Natal, cabe a nós, verdadeiros cristãos, recuperarmos o verdadeiro espírito natalino. Podemos em nossos lares, juntos com familiares, orar, evangelizar, explicar o que é natal, qual a importância de comemorá-lo em família, entre outras coisas.

    Enfim, depende de nós para resgatarmos a verdadeira tradição cristã. O grande problema é a facilidade que nós temos para "satanizar" tudo, damos muito crétido ao deus deste século…

    Abraço a todos,

    Enrico

  15. Ele não nasceu em 25 de dezembro. A tradução da Bíblia de André Chouraqui, no Evangelho de João(1.14), está escrito assim: "O LOGOS TORNOU-SE CARNE,FIRMOU SUA TENDA ENTRE NÓS. CONTEMPLAMOS SUA GLÓRIA, GLÓRIA COMO A DO FILHO ÚTO AO PAI, PLENA DE BEM-QUERER E DE VERDADE."
    Eu acho que Ele nasceu no período da Festa dos Tabernáculos. Natal para o cristão são todos os dias. Mariom.

  16. puxa, nem ia comentar, mas não aguentei, gente, isso é irrelevante, já que para o apóstolo Paulo, havia quem fizesse diferença entre dia e dia e outro que julgava igual todos os dias, então não há mandamento nenhum nem para comemorar nem para proibir comemoração de natal, eu por exemplo, não comemoro meu aniversário, só gosto de ir em aniversário de crianças e de velhos porque para eles, isto é importante, pra mim não vejo sentido em um adulto comemorar seu aniversário. será que estou cometendo um pecado por não comemorar?

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui