Os politicos, o culto e o circo dos horrores

11
557
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Márcia Gizella

Época de eleição é sempre meio circense, mas em 2010 todos os recordes foram batidos, a começar pelo palhaço Tiririca eleito com tantos votos. Interessante foi ver os bastidores dessas eleições, eu diria lamentável, pois uma grande parte dos evangélicos entrou no circo.

Assine o Blesss

Bem, sabemos que culto e circo é coisa meio comum, e que a política do pão e circo existe há anos, mas daí juntar tudo e fazer uma salada mista? Misericórdia!

Foi um Deus nos acuda, púlpito virou palanque, obreiro virou cabo eleitoral, até Deus entrou na eleição. Foi tanta bagunça no primeiro turno, uma expectativa em cima da candidata do PV que para alguns parecia ser uma espécie de messias que viria para salvar o povo brasileiro. Os profeteiros de plantão disseram tantas asneiras, instigaram os incautos a aumentar os defeitos dos outros dois principais candidatos, valia de tudo para difamá-los nos e-mails, orkut e blogs.

Em meio a tantas paspalhices e profetadas políticas, damos destaque ao revelamento da “profetiza” Valnice Milhomens:

“O Pai falou-me que é possível a sua serva Marina ser eleita ainda este ano, mas depende de duas coisas: MUITO TRABALHO NA MOBILIZAÇÃO E NO JEJUM E ORAÇÃO”.

Imagina só: Deus deu a revelação pela metade, foi? Já pensou se dissesse para Abraão: “Se der, se tu te esforçares, te dou um filho”? Parece piada, não? Mas muitos caíram nessa (coitados!) e até boca de urna fizeram.

É pouco? O paipóstolo aproveitou sua ida a Israel e fez muitos atos proféticos em prol da candidata, além de muita grana dada nas ofertas para divulgar as revelações. Todas, à principio, apontavam para a vitória da candidata do PV. Outra profecia #fail

Estes senhores esqueceram que não devemos confiar em homens, que temos que ser como os bereianos, e que em meio a tudo isso existe algo chamado Soberania de Deus.

Não é nada não, Marina foi muito bem colocada, mas ficou em terceiro lugar, e sabe qual foi a desculpa do paipóstolo? “Deus a usou para trazer o 2° turno”. Faz-me rir!

A corrida continuou e a baixaria também. Foi cobra engolindo cobra, e nosso querido Malafaia mudou de opinião ainda no 1° turno, causando muita confusão, primeiro com o Caio Fábio, e depois com o “ilustríssimo” Edir Macedo. Porque estão brigando? Quem sabe. O que eu sei mesmo é que muitas máscaras caíram, e só não viu quem é cego.

Um defendeu Dilma, o outro defendeu Serra, e ambos – que eram demônios no 1° turno, se converteram em ótimos políticos, anjos de candura, arrependidos de defender o aborto. Aliás, a eleiçao se transformou em um samba de uma nota só: Aborto!
A quem querem enganar? Esta mais do que claro quem estes pastores são e o que querem ganhar. De outro modo, qual seria o real interesse em apoiar estes dois candidatos, outrora tão esculachados por eles mesmos? E sobrou para nós, eleitores, que tivemos que aturar este circo dos horrores.

E foi assim que, justo no dia 31 de outubro, em pleno Halloween, que o povo brasileiro elegeu com 56% dos votos a bruxa do PT, deixando o vampiro tucano de molho até as próximas eleiçoes.
***
Márcia Gizella ficou de cara com a baixaria praticada nestas eleiçoes e decidiu mandar seu recado no Púlpito Cristão
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

11 COMENTÁRIOS

  1. Eh com tristeza saber que muitos crentes apoiaram e votaram a favor do aborto e da uniao homosexual principalmente pastores.
    O pulpito das nossa igrejas ja ha muito tempo virou peca de barganha com os politicos e eu continuo nao fazendo parte desta grande semvergonhisse/

    Agora quando acontecer o pior nao adianta orar e jejuar ppois sera em vao Deus ja deu a chance portanto aguenta agora.

    Stefan Zakowski
    stefanqbol.com.br

  2. Agora é fácil refletir, todavia a grande maioria dos evangélicos se deixaram atrair pelo discurso medieval de Silas Malacheia e sua trupe.

    Colocaram o aborto e casamento gay na pauta eleitoral de maneita açodada sem nenhuma reflexão que os temas merece.

    O interesse era apenas enganar cerente "bobo" que se deixa impressionar com discursos moralistas.

    Parecia que o mundo iria acabar com a eleição de Dilma – agora todos estão vendo que o "bicho" não era feio como pintado por pastores irresponsáveis e venais.

    Mauro Silva – presbiteriano do Rio de Janeiro

  3. Como era de se prever por aqueles que têm um mínimo de bom senso, o debate eleitoral pseudo-moralista evaporou com o resultado inexorável das urnas.

    Silas Malafaia recolheu sua viola em caco, Edir Macedo desintegrou-se no nosso olhar indiferente. Ambos retornaram às suas tesourarias, quiçá, cheios de culpa (mas eu duvido).

    E os cristãos? Depois de serem manipulados por discursos políticos milimetricamente planejados e por pastores-presidentes ambiciosos, que almejavam o seu próprio benefício, viram sumir no ar sua súbita "importância". A tática da vez foi monopolizar o debate em torno do tormentoso tema "aborto", como se os cristãos tivessem apenas dois neurônios (alguns têm apenas um, mas isso não é algo exclusivo dos cristãos) ou um único princípio. De certa forma deu certo, já que houve um segundo turno.

    Agora, a filha do JW não será senadora. O SM não obterá canal de TV. Caio Fabio continuará dormitando em sua caverna psicológica. O pior é ouvir pessoas medianamente informadas, que atribuem a divisão fratricida atual a um surto conservadorista de uma massa de católicos e evangélicos fanáticos.

    E os evangélicos aprenderam uma dura lição. Pelo menos espero que tenham aprendido. Não era Deus que nos conduzia a esse circo de horrores, mas nós mesmos.

  4. Pasmem! Na briga Malafaia x Macedo, o primeiro chegou a dizer ao outro que (se referindo à nota aborto): "É por isso que ela (Dilma)não vai ganhar essa eleição, Macedo… ". Agora diria Macedo: "E aí profeta velho?". Bem eu sabia que logo que Macedo abriu o verbo contra o Malafaia sua intenção era atingir o Serra por tabela para angariar votos para a petista, não deu outra. somando-se ao caso da tomografia pela simples bolinha de papel, teve os votos redirecionados à adversária. Agora se o Malafaia quiser uma conceção de rário ou TV vai ter que aguardar pelo menos mais 4 anos. Incentivaria eu o Mala: "NÃO DESISTA, IRMÃO, TUDO PODE ACONTECER. UMA GESTÃO A MAIS/ A MENOS VC CONSEGUIRÁ. GRANA NÃO É O PROBLEMA O CLUBE 1 MILHÃO TA AI PRA BANCAR TUA FÉ MEGALOMANÍACA. EM DEUS FAREMOS PROEZAS!"

    Sid-nilson.

  5. O que me deixa triste é até onde vai a ignorância do povo brasileiro. Só sendo cego ou demasiadamente tolo para acreditar nas pseudo-crendices do tipo Serra vai legalizar o aborto, a Dilma vai legalizar a união entre pessoas do mesmo sexo, entre outros absurdos . . .
    A maior prova é que quem cria leis são os deputados e senadores, aliás, as duas funções dos deputados são:
    1ª criar leis;
    2ª Fiscalizar o presidente da república.
    E depois sou obrigado a assistir na televisão pseudo-pastores dizendo absurdas mentiras (isso para não usar termos mais fortes) como a dita acima ou outras (como a que a Dilma vai fechar igrejas *presidente não tem poder para isso, mas tem analfabeto que acredito), e o pior é que o brasileiro (entre eles os cristãos) nem se deram o trabalho de ler a Constituição Federal para realmente comparar com as ridículas m* que foram ditas por aí.
    O pior não é vê pastores defendendo políticos, até porque, isso é um direito deles como nosso, o inaceitável é ver pastores dizendo atrocidades que beiram a insanidade mental como: Dilma e as FARC’S são aliados, Dilma vai fechar Igrejas, o Serra vai vender o país, o Serra é o anti-cristo, o vice da Dilma é satanista.
    Depois, os não cristãos ridicularizam o Nosso Senhor, se negando a se converter, depois de ver Demônios transfigurados de pseudo-pastores, não dá para culpar quem critique nos vê com péssimos olhos.
    Que volte logo Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
    Um abraço a todos . . .

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui