Cristianismo sem crise? Como, se eu vivo em crise?

34
240
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Márcio de Souza

Eu vivo em crise… Quando não é por uma coisa é por outra. Sou melancólico, penso demais na morte, hoje como uma benção não como uma maldição, mas não consigo digerir a falta que a falta faz, fico triste com situações pequenas e não me sensibilizo às vezes com questões maiores. Questiono coisas que ninguém questiona, falo de assuntos que ninguém comenta, escrevi dois livros, um extremamente crítico e outro em resposta a esse, sou paradoxal às vezes e ainda acho que uma tarde livre e dois amigos é o paraíso… cara eu sou uma bomba relógio!

Eu tô em crise! Ouço música boa, los Hermanos, legião urbana, the doors, velvet revolver, Claudio Zoli, Crombie, VPC, João Alexandre, Expresso Luz, Asaph Borba… choro quando ouço certos hits, vibro e pulo com outros mais agitados, vejo filmes onde o mocinho se ferra e gosto desse negócio de Quentin Tarantino e Robert Rodriguez, do estilo sin city, pulp fiction, vou a loucura quando lançam um filme baseado nos quadrinhos, aprecio a “musicalidade” de john Mayer, Robert Trujillo (metallica), Dave Lombardo e Tom Araya (Slayer), Juninho Afram (Oficina G3), da galera toda do Crombie (putz esses caras me pegaram), enfim, além disso tudo ainda gosto de tomar uma geladinha de vez em quando. Agora já era, porque além de tudo sou pastor, e pastor não faz essas coisas né, (ou pelo menos não assume que faz).

Eu estou falando isso aqui porque tenho fé que muitos prestarão solidariedade a esse post e se sentirão livres para escrever também sobre o tema, porém, admitindo que tenho telhado de vidro, to me preparando para trocar vários deles porque pedrada é o que não vai faltar… e daí começa outra crise! Mas tudo bem, se for pra ser a mulher adúltera, sei de uma coisa, Jesus vai comprar minha briga… e aquele que não tem crises, que me atire a primeira pedra!

Assine o Blesss

E no mais… tudo na mais santa paz!

***
Márcio de Souza é um paradoxo ambulante que desafia o status quo dos crentes com seus textos no Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

34 COMENTÁRIOS

  1. Vc é pastor e gosta disso tudo? Vc é um ótimo pastor então… deve ser humano né?!? diferente dos outros… que são "santos", "anjos", "messias"… Apoio total ao post!

  2. Caro Márcio,
    Essa é a tônica contemporânea da cristantade e da própria humanidade. (crises)
    Essa foi a condição humana, herdada do pecado que escolhemos e que nos afastou do Criado, mas da qual fomos resgatados por irtemédio unico de Cristo.
    Quem diz que nunca passa por momentos de crise ( supercrentes???) ou é hipócrita e mentiroso ( a maioria); não tem sentimentos ou se encontra num estágio intelecto- infantilóide que o deixa incapaz de ver a vida como ela é, nossos defeitos como meros mortais, e a nossa factível condição de simples mortais.
    Bem, mesmo nessas horas, Deus está presente para levantar nosso moral, porque com Ele, essas crises sempre serão efêmeras.
    Gostei do post, abraços Pastor
    Ate os apostolos de verdade ( tô falando de Pedro, Tiago, Mateus etc, e não do Waldemiro ou Terra nova), tíveram seus momentos de introspecção crítica existencial.
    Obs. Em crises, gosto de exteriorizar minha sensibilidade ouvindo " CRAZY – do Supertramp; Dont' cry do SEAL; Let it be, dos BEATLES e Pai Nosso cantado por JOÃO ALEXANDRE"

  3. Crises servem para ensinar a dependermos de Deus todo dia!

    Todos temos telhas para trocar! Ufa! Que bom é ter a perceção de mudanças!

    Triste será para aqueles que não têm essa noção (não é nosso caso) e perceberem que deveriam ter trocado seus telhados apenas quando a noite já tiver chegado e verem que perderam uma grande chance que já não existe mais!

    Viva a crise! Viva tudo de abençoado que vem após ela, pois é dádiva imerecida dada por Deus!

  4. Prezado irmão Márcio…
    Gostei muito do seu texto. São poucas as pessoas capazes de admitir suas crises, seja onde elas estiverem. Só é possivel também quando temos um conhecimento de nós mesmos,sem máscaras ou qualquer outra alegoria para maquiar o que somos.
    Os cristãos (crentes), em sua grande maioria, não conseguem entender que somos humanos, somos todos dependente da mesma graça… acreditam que porque buscamos a Deus estamos a parte das questões próprias da nossa existência.
    Já nascemos em crise, e em crise fomos concebidos no ventre da nossa mãe…
    Por isso irmão, venho dizer que não está sozinho neste admitir, questionar, dúvidar, enfrentar, e trocar alguns vidros… Alias, são estas atitudes que nos tornam sadios, que desvendam as nossas verdades, enquanto a graça nos basta e o poder de Deus se manisfesta em nós.

    Na Paz Pastor…

    George Giannini
    giant.mkt@gmail.com

  5. Pastor, muitoo boas suas considerações! Temos que nos desnudar frente aqueles que lideramos. Tá na hora de nós como pastores, nos enchergarmos e nos colocarmos como humanos, carentes da graça como todo mundo! Parabéns

    Aléquison

  6. Paz Pastor !
    Sinceramente, o concordar ou nao com suas praticas é algo pessoal, da opiniao de cada um, porem o respeito deve ser coletivo, de todos.
    Quanto ao vc estar certou ou errado nisso, como outros, o senhor mesmo e ja ouvimos muito isso, falam tanta coisa uns dos outros, mas uma coisa é certa, todos estaram diante do Trono Branco e seram julgados e só o PAI é quem julgara.
    Entao, vale o que JESUS disse, tire a trave do proprio olho antes de querer tirar o argueiro do olho do seu irmao.
    Que DEUS abençoe sua vida !

  7. Sem falar nos pastores que traficam bençãos la na Penha mesmo,se falar pra eles sobre Mt.10/08, sai até soco na cara,pois prender traficante de drogas é eviddencial,mas de bençãos de um deu$ capacho e prospera lideranças,enquanto os rebanhos comem o pão q o Diabo amassou.Isto tudo porque a copa do mundo vem aí e gringo temq ser aradado,mas DeUS está de olho.Ajude-nos $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$enhor…

  8. Pastor, primeiramente devo solidarizar-me com o senhor e dizer-lhe que algo parecido aconteceu comigo. Eu para justificar minhas fraquezas, busquei e encontrei na Palavra de Deus, a desculpa que precisava para as minhas transgressões. Mas Deus usou um desviado para me exortar, e me fazer refletir sobre os meus erros, e usou um Pastor, através de um programa de rádio, me exortou, direcionou e me ensinou, sem nunca ter me conhecido ou sequer sabido da obra que estava fazendo em mim. Tudo que eu indagava de Deus, ele respondia através do pastor, no programa da noite seguinte, na mensagem que pregava. Quando eu disse a Deus que não era um pastor, e sim uma fraude, ou um Jacó, a resposta veio na mensagem que pregou na noite seguinte em 1 Timóteo 4: 14 a 16."Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbitério. Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem".
    A partir dai, me humilhei na presença de Deus, me converti, me arrependi do meus maus caminhos,Deus ouviu dos Céus me perdoou e sarou a minha vida.
    Sugiro ao amado irmão que medite neste exemplo do acontecido comigo e faça uma nova conversão.
    Fique na Paz.
    Pastor José de Carvalho.

  9. gostei.. porque não gosto de gente hipócrita.. gosto de gente que dá a cara pra bater.. gente que abre as páginas do livro de sua vida e os escreve com voce… sem novidades pra mim… quero aproveitar pra chamar a atenção para o fato, de que sempre achei que a igreja me fizesse bem… mas eu lamento que isso não seja verdade, porque ela me impôs tantos tabus e limites, que vivi com medo de Deus e de mim mesmo tanto tempo que me dói lembrar, quando eu falava aos que viviam livres sem barreiras, que eles estavam errados e eu me achava o certinho sem perceber que tinha um cabresto religioso… nossa, quantos amigos afastei por expressar idéias radicais e de convicção própria mas que eu mesmo não havia enxergado o fundamento ou a base de um argumento que provasse que Deus queria que eu vivesse preso não podendo fazer tantas coisas… enfim eu sempre penso o seguinte: Para se andar com Deus e manter o relacionamento com ele sem que ele se afaste, para mim a base é ouvir sua voz, se de alguma forma ele me mostrar que o caminho é outro eu desvio, mas se me sinto bem, não me culpo mais, não sinto medo, estou curado desse passado reprimido por causa da igreja evangélica..
    Verdade é que se não andar com Deus, ele não fala muito…mas o que acho fantástico nele é que quando entendemos que para a liberdade foi que ele nos libertou… sentimos que ele é necessário porque ele não gruda, não sufoca, não incomoda e não se intromete, a não ser que vc pergunte… eu como gosto que ele participe de tudo comigo, sempre pergunto a ele e sinto que quando ele sabe que algo vai me fazer mal, ele me ajuda a me afastar do q é mal… enfim… andar com Deus é ser livre para tomar suas próprias decisões e aprender a não julgar ninguém pelo que faz ou deixa de fazer, pois este é princípio para que ninguém nos julgue a não ser Deus…

  10. sinceramente , pastor ,entendo perfeitamente seu ser paradoxal, só me interrogo se ,apesar da compreencível inquietude humana, consegues conduzir as ovelhas ás águas tranquilas, apontando com clareza o Caminho da Vida , segura e comedida como , em Cristo , convém que seja… O monte das Oliveiras antecede o Calvário, isso é fato,porém a ressurreição suscede ás dores todas…Paz -em crise e, sempre, em Cristo.

  11. Olá Marcio de Souza, graça e paz.

    Eu gostaria muito de comentar este artigo mas não posso falar nada novo, os manos ai de cima disseram tudo, vai ficar repetitivo…
    Agora é sério, parabéns pelo artigo, reputação é o que queremos que pensem de nós e caráter é o que realmente somos, tem muita gente sem caráter preocupada com "reputação".

    Seu conservo,
    Iveraldo Pereira.

  12. Há aqueles que o reprovam e há aqueles que o apóiam. Na minha opinião os dois grupos estão equivocados. Não cabe a nós julgar o proceder do outro, sendo pastor ou não, mas eu concordo plenamente com o comentário de Daniel Batista. O importante é o que Deus pensa.
    Abraços

  13. Foi dito acima que esses são sintomas de crise de identidade, e para se ver livre disso é necessário sair da carne e viver em novidade de vida, andando no Espírito. Mas o que é viver no Espírito??? Será que se o pr. Márcio parar de tomar uma cervejinha, parar de assistir filme secular ou ouvir música secular ele estará andando no Espírito?? Será que cristianismo é isso mesmo???? Obs.: Não estou sendo sarcástico, apenas estou me identificando com o pastor e talvez uma resposta mais objetiva seria necessária.

  14. O que? Você ainda tem coragem de dizer que é pastor? Com tanta zica assim na sua vida? Glórias sejam dadas a Deus pelos sete mil pares de joelhos que ainda não se dobraram ao baal chamado hipocrisia e não precisaram se esconder atrás das máscaras dos super-crentes.

    Parabéns pelo post e pela coragem de mostrar que você é humano. Estamos nessa juntos, bro.

    Abraços

  15. Pastor!!!! o que você faz no tempo livre é teu livre arbìtrio….Mais se o irmão ama e serve, isto sim é o que importa,pois todos temos crises e telhados de vidro……O que fico muito chateado é com a falta de amor e com o tal ministério de socorro que ou não existe ou esta bem escondido…..valmir

  16. Aparentemente, o que ocorre é um distanciamento da Palavra de Deus. Sinceramente, pra que serve um pastor desequilibrado, com que qualidade ele faz seu trabalho de cuidar de um rebanho? Ou vão me dizer que os "paradigmas" mudaram? Façam-me o favor! Bem diziam os mais velhos que o peixe morre é pela boca. Graças a Deus temos Um Pastor. O resto é isso que vemos por aqui e por aí…

  17. Querido Márcio!

    Gostei muito do seu texto. Hoje escreveria algo parecido, não em relação às músicas que você curte (nada contra, mano), mas, em relação ao seu estado de espírito. Depois de 22 anos de caminhada ministerial, sinto-me assim, em crise; meio decepcionado, meio angustiado, meio desiludido. Mas, remeto meu olhar para Ele, como o frágil rei Josafá fez; assim, continuo…

  18. É, de filósofo e de louco todo mundo tem um pouco. Eu tambem… Vejam, um dia desses uma "pastora" me acusou de está defendendo "uma mentira do diabo" só pq ñ quiz dançar forró. É eu tambem vivo em crise, pois o mundo entra na igreja com o gosto de cada "popstor(a)"
    A paz a todos.

  19. Muito bem, todos que comentaram mostraram muita compreensão ou muita aceitação com o fato de o pastor "abrir" o coração. A bíblia diz em proverbios q o amor cobre uma multidão de pecados, entendo com esta palavra que devemos ser compreesivos com as fraquezas dos outros temendo por nós mesmos porque tbm estamos sujeitos as mesmas fraquezas. Todavia não parece lícito o irmão "abrir o coração" assim, aqui, isso meu caro escandaliza as ovelhas novas de Jesus e as pode enfraquecer, como pastor já deveria saber disso. O mestre disse q é melhor colocar uma pedra no pescoço e se lançar ao mar do que escandalizar um dos pequeninos por quem Ele morreu. É bom ser sincero, antes porém, seja sábio e não se aproveite da graça para ficar na carne e ainda se justificar. Me queira bem, tbm peco e falo estas palavras no temor e no tremor do Senhor…
    Fique na paz!

  20. resposta para:"Infinitas sensações"

    VC CITOU gálatas:5:13 pela metade:ELE NOS CHAMOU PARA A LIBERDADE…
    EU CITO O RESTO DO VERSÍCULO: "NÃO USEIS POIS DA LIBERDADE PARA DAR OCASIÃO A CARNE"…
    gálatas:5:13

    leia tbm: “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações, e tanto mais quanto vedes que o dia se aproxima.” Hebreus:10:25.

    E NÃO SE ESQUEÇA: CITAR TEXTO SEM CONTEXTO É PRETEXTO PARA HERESIA!

    PAZ!

  21. Queridão… Evangelho é coisa séria! Ministério é algo para se pensar muito antes de entrar. Se vc não é feliz no ministério, largue-o! Todos passamos por crises (hipócritas ou não). Ninguém está isento de assumir sua verdadeira identidade… mas é preciso ser honesto e não arrastas pessoas para o inferno que vc está vivendo.

  22. QUeria que meditassem nas crises de Davi, Paulo,Pedro,Sansão, Salomão, Asafe (sl 73), Jônata, Jonas, Tomé, Barnabé, Jó….enfim: vcs são diferentes deles? Acho que não!
    Então aos fariseus disfaçados: convertam-se; aos sinceros de coração que Deus Lhes dê graça.

  23. Meu querido Anronginini Misael,paz! Eu já lí,leio e com a graça de Deus, continuarei lendo sobre estes servos de Deus, me ajuda muito a enfrentar minhas próprias fraquezas…Admitindo isso, como tbm admiti em minhas sinceras palavras ao pastor, quando o admoestei, acredito que deixo claro minha sinceridade e que posso tirar sua má impressão. Eu admoestei o irmão, o senhor me acusa, acusar é obra do acusador, deixe isso de lado…Utilizei palavras de amor e em nenhum momento acusei o pastor de hipócrita ou algo assim. Eu não sou e nunca fui hipócrita, antes temente a Deus e minhas debilidades são conhcecidas por Ele, sou convertida e já vivi algumas experiencias com Ele que me dá forças, por isso tomo a liberdade de falar aos outros.Suas palavras aqui espressadas, sob o meu olhar; parecem cheias de raiva por alguém que nem conhece.Vou orar pr vc, se puder, ore por mim, somos irmãos não vamos nos deixar vencer por discordancias…

    Um abraço, na paz do Senhor!!!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui