Abóboras, guloseimas e enganos

10
831
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Clóvis Cabalau

Assine o Blesss
De todas as idéias estúpidas que o brasileiro importa de outros países, considero o Halloween – ou Dia das Bruxas em nosso linguajar tupiniquim – a mais ridícula de todas. Estaria de bom tamanho encarar “bonecos de neve” e papais-noéis no Natal, ou mesmo coelhos que “botam” ovos de chocolate na Páscoa. Mas, como temos a lastimável mania de achar atraente tudo o que vem de fora, achamos de incorporar a “brilhante” tradição de vestir crianças de monstros, fantasmas e zumbis, e decorar as casas com abóboras iluminadas, caveiras, vampiros e toda sorte de bichos horrendos, sempre no final de mês de outubro.

Só para constar, o Halloween é uma festa celebrada no dia 31 de outubro, véspera do dia de Todos os Santos. É realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa nos Estados Unidos, onde chegou por intermédio de imigrantes irlandeses em meados do século XIX.

Nas cidades norte-americanas, a festa é um momento muito esperado pelas crianças. Com o aval dos pais, elas usam fantasias assustadoras e partem de porta em porta na vizinhança, onde soltam a frase “doçura ou travessura?”. Saltitantes, terminam a noite com sacos cheios de guloseimas.

Por aqui, a comemoração da data é fruto da influência da televisão e também dos cursos de língua inglesa, que valorizam a tradição entre seus alunos. Se a coisa ficasse na esfera da informação, ainda vá lá. Mas, daí aproveitar a história para realizar festas à fantasia com temáticas fúnebres, isso não entra na minha cabeça. Isso tudo, o Halloween e suas raízes norte-americanas e nossa triste mania de importar o que não presta da terra do Tio Sam, me faz pensar em certos “vampiros” que o país importou recentemente. Fantasiados de profetas da prosperidade, eles batem em nossas portas – quando não invadem via televisão ¬– com a frase típica “bênção ou maldição?”. E os bobos, sempre receptivos às invencionices ianques, dizem “bênção, bênção!”. E eles, saltitantes, terminam a noite com seus sacos cheios do nosso suado din-din. Brasileiro é bicho bobo mesmo.

***

Clóvis Cabalau, triste com a colonização mental do povo brasileiro, no Púlpito Cristão
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

10 COMENTÁRIOS

  1. O BRASIl esta cheio de Sincretismo religioso e falsos profetas,alem do mais espertalhoes que nao Creem em DEUS nem louvam o seu nome como devido;Me diga qualquer um:QUAL FOI O DIA QUE UM APOSTOLO,PROFETA,PASTOR,PRESBITERO,DIACONO,ANCIAO,BISPO,ETC…DOS TEMPOS BIBLICOS CONSTRUIU TEMPLOS LINDOS E MAJESTOS,QUAL DELES FICOU RICO AS CUSTAS DOS DIZIMOS DE CRISTAOS,QUAL DELES COLOCOU CRUZES,ORNAMENTOS,FOTOS,DESENHOS,IMAGENS,CAMPANHAS D`ISSO,DAQUILO,PROSPERIDADE,CULTOS DE PROSPERIDADE,CULTOS DE LIBERATCAO,CULTOS DE EMPRESARIOS;MAIS ESPERA AI O CULTO CRISTAO NAO SERIA UMA ADORACAO A DEUS?COMO ELES FAZEM TODAS ESTAS ASNEIRAS,E AINDA PODEM SER CHAMADOS DE CRISTAOS.TEM ALGUMA COISA ERRADA NESTA BAGUNCA TODA,E PIOR DE TUDO E QUE A MAIORIA DOS crentes GRITAM VIVA E DIZEM AMEM.

  2. Oséias 4:6-8

    Visto que tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei para que não me sirvas como sacerdote; e [visto] que te estás esquecendo da lei de teu Deus, eu me esquecerei dos teus filhos, sim, eu.

    Pecaram contra mim na proporção da sua multidão. Trocaram a minha própria glória pela mera desonra.

    Continuam a devorar o pecado do meu povo e continuam a levantar a sua alma ao seu erro.

    * * *

  3. Vampiros e profetas estão na moda; são a vitrine do universo pós – moderno.Sinceramente não gosto parecem personagens de romances arcaicos;vedetes da Idade Média.Onde estão os representantes da novidade chamada Evangelho ? A saber ; DISCÍPULOS, AMIGOS, SERVOS ,FILHOS.

  4. Comemorar o Hallowen aqui no Brasil só nos prova o quanto erramos na questão EDUCAÇÃO.

    Nós, brasileiros, não temos costume de ler, de buscar conhecimento…

    Isso também explica a facilidade com que os novos "profetas" conseguem enganar o povo!!!

    Infelizmente essa é a realidade… triste isso

  5. Pedro Vittore:
    Salomão construiu um templo cheio de excelência e tudo com as ofertas que todo o povo trazia e era tanta oferta trazida que tiveram de dizer ao povo para não trazer mais.
    Pxa, quando a gente não sabe o que fala , é assim.

  6. Ah gente… Não se incomodem com isso.

    Façam a sua parte porque cada um tem que fazer a sua própria parte no mundo.

    Digo: o que adianta ficar reclamando?
    O negócio é educar seus filhos no que você acha certo e pronto.
    Os outros filhos têm pais para os educarem.

  7. O que mais me preocupa não é a questão de usar fantasias de terror…o que mais me preocupa é ver o Brasil usando festas estrangeiras que não tem nada haver com a nossa cultura historica…
    Esta geração esta crescendo sem saber qual é o dia do folclore, do indio, a data da nossa independência, nossas raízes históricas…
    Hoje é o tal do "hallowen", daqui a pouco vamos festejar o "4 de julho".

  8. Em muitas escolas de inglês o Hallowen é considerado um momento de "contato cultural" com os EUA. Agora a festinha bruxesca está chegando aos colégios, clubes, condomînios.
    Sempre questionei que se é pra importar uma festividade (como se nossa cultura não tivesse nada melhor), pq não importam o Dia de Ação de Graças (Thanskgiven Day), que pelo menos tem valores mais sadios?

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui