O internauta quer saber: É pecado fazer tatuagens?

104
1496
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


O internauta pergunta:

Oi pessoal do Púlpito Cristão.

Assine o Blesss

Gostaria de saber o que a Bíblia diz sobre o uso de tatuagens. É pecado um cristão fazer uma tatuagem?

Resposta do Zé Ruy Castro:

Não. =)

As famosas passagens de Levítico usadas como suporte para os argumentos fundamentalistas, são passagens que se restringem ao povo de Israel e não a igreja de Cristo. Não é possível que se transfira automaticamente todos os mandamentos que foram dados a Israel para a Igreja, senão estariamos ainda guardando o sábado, não comendo carne de porco, e nem poderíamos cortar o cabelo em redondo nem danificar as extremidades de nossa barba (Levítico 19:27, o versículo anterior àquele que fala que não devemos marcar nosso corpo).

Se não fazemos essas coisas citadas, por exemplo, então não podemos dizer que as regras impostas a Israel servem todas para a igreja e, portanto, nosso argumento sobre as “marcas no corpo” ou tatuagens vai por água abaixo (a não ser que alguém escolha cegamente por guardar uma e não outra, o que é uma decisão simplesmente e puramente religiosa e sem fundamentação, jogada por terra por qualquer argumento. Os que assim se comportam são aqueles que preferem se refugiar em sua religiosidade a fim de evitar confrontações com aquilo que crêem ser uma ofensa as suas crenças ditadas tantas vezes por aqueles que fazem as regras no meio cristão).

Contudo, existe uma regra que todos devemos seguir não só no que diz respeito aos piercings e tatuagens, mas a tudo o mais que fazemos como cristãos que é: “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus” (1 Coríntios 10:31). Se é difícil para alguns cristãos seguirem essa regra até mesmo com relação a vestimentas, também o é para seguirem essa regra com relação aos piercings e tatuagens. Apesar de não ser contra os piercings e tatuagens, eu mesmo nunca faria.

***

Se você também tem dúvidas e perguntas que gostaria de fazer, escreva para pulpitocristao@gmail.com
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

104 COMENTÁRIOS

  1. Todas as coisas são lícitas mas nem todas as coisas convém, ou não sabeis que vosso corpo é templo do Espírito Santo que abita em vós e que somos imagem e semelhança de Cristo.

  2. 1 Tessalonicenses
    5:22
    Abstende-vos de toda a aparência do mal.
    Infelizmente quem faz isso ñ tem uma aparência de servo de Deus.
    Hebreus
    5:14
    Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.
    Como respondem os políticos ñ sou contra nem a favor muito pelo contrario!?!?

  3. Eu não faria por achar feio, não por achar pecaminoso!Aliás ,pra desespero de um monte de fundamentalista existe um sem fim de questões sobra a qual a bíblia não fala contra (ou não fala categoricamente) e a tradição cristã ,por uma necessidade de um discurço coerente faz adaptações e interpretações tortuosas pra convencer a maioria.É preciso tornar-se generalista e evasivo pra tocar em certos temas!

  4. De fato não estamos debaixo da Lei Mosaica. Porém, podemos extrair muitas lições e princípios dela. Nos tempos antigos as tatuagens eram práticas de povos pagãos que refletiam as crenças e valores deles.

    Os servos de Deus pré-Cristo não deviam imitar os povos pagãos, muito menos os servos de Deus pós-Cristo. Os cristãos autênticos estão debaixo da liberdade responsável, que é muito mais profunda que a Lei Mosaica. Vamos raciocinar um pouco:

    Primeiro, de diversas formas a tatuagem é um risco para a saúde física. O cristão deve prezar seu organismo como presente de Deus.

    Segundo, tatuagens são difíceis de retirar e toda moda passa. Já pensou passar o resto da vida usando um tênis típico de jovens de décadas atrás?

    Terceiro, na nossa cultura as tatuagens são feitas por um ou mais dos seguintes motivos: (a) declarar amor romântico fanático, (b) ostentar "independência" [rebeldia], (c) comunicar que pertence à determinada "tribo" anti-social, (d) desejo narcisista de chamar a atenção e/ou (e) por modismo irracional, a compulsão de ser igual aos colegas sem medir as conseqüências. São péssimas motivações para um cristão.

    Quarto, tatuagens projetam uma imagem da pessoa que (a) dificulta sua vida profissional e pessoal, (b) atrai indivíduos violentos, imorais, etc. e (c) dificulta todos os aspectos do ministério cristão, que deve ser nossa prioridade na vida.

    Portanto, embora seja uma decisão pessoal, um suposto cristão fazer tatuagem demonstra falta de maturidade, discernimento e de amor a Deus, ao próximo e a si mesmo.

    * * *

  5. Caro Irmão leonardo;não há implicações biblicas que nos obriguem a abandonar o exercicio da guarda do Sábado,eu não sou Adventista;mas observo esse dia,li o livro de hebreus e vi "Hoje determina um novo dia dizendo por Davi.";Davi disse: "Esse é o dia do Senhor,alegremos e regozigemos nele!" No tempo de davi o dia do Snhor era o Sábado,se temos a determinação ainda de guardar "Dias,meses e anos" temos o prazer de descansar das obras da carne;O uso de tatuagens continua sendo restrito aos dias de hoje;basta analisarmos o conteudo dos comentarios acima;que já nos deixam um ar de que nem tudo que foi passado,foi Abolido.Por exemplo:Se a lei dos mandamentos foi abolida,então por qual razão não adoramos imagens?Será que já não é tempo de vermos que estamos um pouco equivocados quanto algumas questões dourinarias do Antigo Testamento?Sou contra o uso de tatuagens;mesmo que essa seja o nome da Igrea ou uma mensagem biblica,Pois a Palavra dada por Deus,permanece para Sempre.

    P.S=Quem é o Israel de Deus?Não somos nós?galatas 6;16

  6. Emerson,

    Discordo de você. Nao encontro na Bíblia nenhum texto que condene o uso de tatuagens, embora eu mesmo nao tenha uma. Porém, estatísticas dizem que 2 em cada 3 pessoas que fazem tatuagens se arependem nos próximos 2 anos, o que me coage a aconselhar àqueles que pensam tatuar-se, a pensar melhor à respeito.

    Eu nao gosto de tatuagens. Mas isso nao significa que Deus também nao goste.

    Paz e bem.

    Leonardo

  7. Ev. Júnior,

    Se o irmao leu Hebreus, entao nao entendeu. Hebreus deixa claro que nem o Sábado, nem a Terra Prometida representam o verdadeiro repouso, e esta é a tônica que permeia o livro.

    Recomendo que releia Hebreus.

    Abraço,

    Léo.

  8. Paz seja com todos.

    Tenho de ter três importantes aspectos acerca do "fazer tatuagens":

    1º Isto é importante para Deus? representa algo para Ele?

    Creio não ser importante para Deus, Ele requer nosso coração como local de habitação e nosso corpo deve estar apto para servi-lo.

    tatuagens, ainda que fosse escrito toda a bíblia, não vejo que os mandamentos devam estar escritos no corpo, mas sim no coração, escrito pelo Espírito.

    2º Isto é importante para as pessoas ao meu redor? vai edifica-las em Cristo?

    Não vejo isto como uma certeza. Talvez muitos descrentes ficassem identificados ao ver um cristão todo tatuado, mas o que vai convence-los a servir a Crito é um testemunho de uma vida transformada e não se a "ovelha" tem a lã colorida.

    Aos cristãos iria gerar duvidas e incertezas que poderiam sim prejudicar a comunhão uns com os outros.

    3º Isto é importante para minha vida? isto me acrescentará algum valor espiritual ou de prática cristã?

    Não vejo nisso nenhum acrescimo à fé, nema a piedade. Se marcas no corpo físico fossem importantes, então fariamos todos circuncisão nos homens.

    Não sejamos egoístas a ponto de pensarmos em nossa vontade em primeiro lugar e deixar de lado o que Deus pensa, o que as pessoas as quais desejamos salvar ou preservar salvas para cristo sentem ou pensam.

    Tatuagem não é pecado em si mesmo, mas pode ser uma fonte de pecados e nada acescenta a pratica da Fé e de uma vida com Cristo.

    Peramneçam na graça e nela frutifiquem

    atalaiadocastelo.blogspot.com

  9. Nicodemos,

    Desculpa, mas…

    Experimente fazer as mesmas perguntas relacionando a andar de bicicleta, por exemplo. Ou ainda, comprar um celular. Depois, compare as respostas.

    Devemos tomar cuidado para nao nos tornarmos como aqueles que dizem: "Bem… nao está na biblia, mas eu acho que…"

    Abraço,

    Léo.

  10. GRAÇA E PAZ.

    O FATO DE NAO EXISTIR UMA REFERENÇIA NA BIBLIA ONDE CONDENE O USO DE TATUAGEM, ISSO NÃO QUER DIZER QUE DEUS ACEITE O MESMO. EU NAO VEJO NA BIBLIA TBM A MASTURBAÇAO COMO PECADO, MAS ISSO NAO QUER DIZER QUE ESTA LIBERADO. O NOSSO CORPO E O TEMPLO DO ESPIRITO SANTO, ISO QUER DIZER QUE DEVEMOS SER PUROS, SEM MACULAS, BUSCANDO SEMPRE A SANTIDADE.
    É IMPOSSIVEL AGRADAR A DEUS FAZENDO TATUAGEM, É A MESMA COISA QUE DIZER QUE OQUE DEUS FEZ NAO É BOM E PRECISA DE UNS RETOQUES A MAS.
    ABRAÇO. FIKEM NA PAZ………..

  11. A paz a todos,
    Quero deixar claro que minha opinião quanto a "eu mesmo não faria (a tatuagem)" no texto é estritamente pessoal.
    Algumas considerações a respeito dos comentários:
    1) Quanto a dizer que tatuagem não é aparência de servo de Deus: Alguém poderia me dizer qual é a aparência de um servo de Deus? Se formos por esse lado com nossa análise vamos descambar para as análises sem base de que homem não pode usar cabelo cumprido e cristão não podem ouvir rock. Ora, o uso histórico-social de algo não o faz necessariamente pecaminoso; eu posso dizer "vixe" e não estar me referindo à Virgem Maria, por exemplo. Entretanto, se eu pertencer a uma igreja na qual a minha tatuagem venha a causar um mal-estar, eu necessariamente estou errado em pertencer a ela. Devo procurar uma outra congregação de santos onde as pessoas não se sintam ofendidas.
    Mais uma vez, a declaração de que tatuagem não é aparência de servo de Deus provem de puro fundamentalismo religioso. Quanto a isso, Ricardo Quadros Gouvêa afirma, em seu livro "A piedade pervertida" que, enquanto deveríamos embasar nossas análises na essência da mensagem bíblica, usando versículos apenas para confirmá-la, fundamentalistas usam passagens bíblicas aleatórias para sofismar idéias religiosas pré-concebidas sem base na essência da mensagem bíblica (apesar de muitos não gostarem de Charles Finney, recomendo pelo menos termos em mente a distinção entre 'lei moral' e 'governo moral' de seu livro Teologia Sistemática. O entendimento do que seria o 'governo moral' nos ajudaria na maior compreensão, por fim, desse tema). Espero, com isso, ter respondido satisfatoriamente aos comentários de "Voltando ao Blogger" e "Higor Crisostomo", respondido parcialmente ao "Emerson Luis" e esclarecido, na medida do possível, o "Marcelo"
    2) Se formos pensar em não fazermos tudo o que os pagãos fazem, então devemos parar de celebrar o natal. Devemos esquecer da influência de escritos de sabedoria da literatura egípcia e outras nos escritos hebreus de sabedoria, como, por exemplo: Cantares, Provérbios e Eclesiastes. Quanto à saúde física, nunca ouvi dizer que a tatuagem faria mal, entretanto, se fizer, é recomendável que nos abstenhamos. Teríamos, também, de nos abster de nossos churrascos gordurosos para sermos coerentes com o argumento da saúde física. Aqui sim eu invoco a noção do corpo como templo do Espírito Santo, pois tudo o que causa o seu mau funcionamento vai contra esse princípio. Esse princípio, inclusive na passagem bíblica, não provê a mínima idéia de que se está falando de aparência. Basta analisar seu contexto. Espero, aqui, ter respondido, agora sim de forma satisfatória, ao "Emerson Luis".
    3) Também concordo que não há nada na Bíblia que nos diga que não devemos mais guardar o sábado. Já me explico: o 'espírito da lei' permanece. A essência não mudou, ou seja, o 'governo moral' é o mesmo, bem como suas características, porque o próprio Deus, que exerce o 'governo moral' é o mesmo (novamente, sugiro leitura de Charles Finney nesse ponto de sua argumentação). Entretanto, a 'lei moral' de guardar o sábado já não é necessária, bem como a 'lei moral' de não comer animais imundos, por exemplo. O princípio do 'governo moral' de guardar o sábado hoje é, ou deveria ser, exercido no domingo. Creio, entretanto, que ainda poderíamos resgatar totalmente algumas características da guarda do sábado. Antes, um dia muito mais contemplativo; hoje, para os cristãos, um dia muito atarefado de serviços na igreja.
    4) Quanto às chamadas 'três peneiras' de Sócrates, usada por "Nicodemos", endosso as palavras de "Leonardo".
    No mais, espero ter contribuído para nossa troca fraternal de idéias.
    Deus abençoe a todos,
    José Ruy P. de Castro (Zé Ruy)

  12. Leonardo, acho que a analogia não se aplica. Não há nada na compra e uso de bicicletas e celulares que possa causar escândalo ou levar outros ao pecado; tampouco estão relacionados com cultos à outros deuses ou comportamentos sociais que geralmente sugerem anarquia ou rebeldia.

    No mais, o problema não é a tatoo em si, mas a motivação do indivíduo que resolve fazê-la no corpo. E isto faz toda a diferença.

  13. Para a maioria é algo desaconselhavél, não condenável. Por exemplo, os "seguidores" fanáticos do casal Estevão com suas tatuagens "sou renascer até morrer" isso tatuado dentro de uma lâmina de uma espada, na vertical no meio do peito, que coisa braba! Agora, imaginem esse cabeça de vento sendo iluminado pelo Espirito Santo ao Ler e ter entendimento das Escrituras e tendo um novo nascimento, arrependendo-se, olha para seu peito e diz: "que besteira que fiz". Jesus perdoa todos os pecados, mas a tatuagem vai estar lá. O que restará sera fazer milhares de aplicações a laser para remover toda aquela LAMBANÇA, e haja dinheiro.

  14. DANIEL:

    Nem toda tatuagem é feita para culto pagão, nem para fins de apologia ao anticristocentrismo. Tatuagem é um elemento de costume cultural, que tanto pode ser usado pelo individuo para fins estéticos, como para fins religiosos ou mesmo para qualquer outro, pois o que define a sua axiologia (valorazão razoável) é o seu propósito. Há quem goste e acredite ficar bonito com uma tatuagem, mas isso é gosto pessoal e deve ser respeitado. Afinal, prefiro as mulheres de saia e cabelos longos, mas não posso repreender e falar que seja anti-bíblico uma mulher que use cabelos curtos e calça comprida. A bíblia, afinal, ao proibir o uso de vestimentas de homem em mulheres e vice versa, definiu UM PRINCIPIO, MAS NÃO AS CONDUTAS, porque o conceito do que seja traje feminino ou masculino, varia na cultura e na época. Ex. Os escoceses tem como traje TIPICO MASCULINO A SAIA.
    Na bíblia não há qualquer condenação às tatuagens ou marcas na pele, salvo se for utilizada como meio litúrgico de honrar religiosidade pagã, como por exemplo, no culto aos mortos.
    No mais, Deus não se preocupa com o costume cultural de um povo, salvo quando estiver em confrontar com princípios éticos e espirituais por ele ensinados.
    Mas não me parece ser este o caso das tatuagens em geral.
    O que não se pode é generalizar, valeu?
    Grande Abraço,fk com Deus.

  15. Para ajudar na interpretação do nosso irmão Antoni Carlos kadlubowski. A Bíblia nunca menciona especificamente a masturbação ou afirma se a masturbação é ou não pecado. Entretanto, não há dúvidas de que as ações que levam à masturbação são pecaminosas. A masturbação é o resultado final de pensamentos sensuais, estimulação erótica e/ou imagens pornográficas. São com estes problemas que devemos lidar. Se abandonarmos e vencermos os pecados de luxúria e pornografia, o problema da masturbação vai se tornar algo de mínima importância.
    "Ouvistes que foi dito: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela." (Mateus 5.27-28)

  16. Leonardo:

    Obrigado pela resposta. O curioso é que você disse que discorda, mas o que escreveu está em concordância com o que eu comentei.

    A Bíblia pós-Cristo realmente não tem nenhum texto falando de tatuagem. Também não possui nenhum texto advertindo contra se endividar pesadamente e muitos outros assuntos. Mas o cristão não é mero seguidor cego de regras e sim um aplicador racional de princípios.

    Nem tudo é certo ou errado. Entre o certo e o errado, o "branco" e o "preto", existe o aconselhável e o desaconselhável, as "escalas de cinza". Não disse que tatuagens são erradas. Analisando os fatores e princípios citados anteriores, a conclusão é que tatuar-se é um "cinza" bem escuro. Ou seja, bem desaconselhável.

    Abraço!

    * * *

  17. Como todos concordaram… não é pecado..
    É Pura vaidade e não agrega nada.
    Qualquer cristão que tenha consciência doque é o Evangelho e sua missão aqui nessa terra, não perderia seu tempo e dinheiro com tatuagem.
    Tem coisas que devemos deixar para aqueles que hoje não desejam ter Jesus como seu espelho, os chamados pagãos.
    Mas temos uma quantidade enorme de pessoas que apenas vão a um show gospel semanal. Choram, se emocionam e voltam para casa como foram.
    Portanto, ver irmãos tatuados é como vermos bebês, devemos ter misericódia sem condenar.
    Biblicamente muito já se foi citado aki, porisso atento para a superficialidade da tatuagem.
    É correr atraz do vento…
    É bacana, mas é coisas de crianças.

    Vander

  18. Esses posts estao cada vez mais mundanos!

    Logo veremos aqui que é saudável tambem colocar pircing, fazer body-mod, e outras práticas pagãs.

    Desperta tú que dormes!

  19. Paz seja com todos.

    Pr Leonardo

    Respondendo ao que me propôs, vou fazer as mesmas perguntas em relação a bicicleta e ao celular e vejamos o que conclui-se a respeito, vou novamente enfatizar a questão do ser ou não pecaminoso e a questão da utilidade e necessidade.

    1º Isto é importante para Deus? representa algo para Ele?

    A bicicleta e o celular são meios de transporte e comunicação. Não são pecados em si mesmo, depende de quem e como se fara uso deles. Também não acrescenta nada a questão da fé.

    2º Isto é importante para as pessoas ao meu redor? vai edifica-las em Cristo?

    a bicicleta e o celular podem ser úteis dentro dos seus usos. Muitos evangelistas em regiões pobres usam bicicletas e celulares são em muitos lugares o unico meio de contato entre localidades, e se vai edificar vai depender do assunto a que se proponha falar.

    3º Isto é importante para minha vida? isto me acrescentará algum valor espiritual ou de prática cristã?

    Sim são importantes em minha vida. Com a bicicleta exercito meu corpo e com o celular resolvo o problema de comunicação. Mas de fato não me acrescentam nada de espiritual ou de pratica cristã

    A Tatuagem, bem como a bicicleta e o celular (rs) não é pecado em si mesmo, mas pode ser uma fonte de pecados e nada acescenta a pratica da Fé e de uma vida com Cristo.

    Quando propus estes 3 aspectos eu me referia aos objetivos no que tangem a servir a Deus, servir ao próximo e contribuir para a edificação própria e de quem esta ao seu redor.

    Evidentemente não me refiro ao uso natural neste mundo. Bicicleta é um meio de transporte, celular é um meio de comunicação. Não vejo nenhum mal na tecnologia em sua essência e na praticidade no dia a dia.

    Tatuagens podem ser um meio de comunicação muito importantes em algum grupo tribal de indígenas. Na cultura moderna pouco valor agrega (apesar de na maioria das vezes serem de uso estético e nada mais) e não é nem sinal de espiritualidade verdadeira.

    Lembremos que o selo de Cristo foi posto no coração circuncidado e não na testa ou mãos. E circuncisão da carne ou escritos com tinta nada representam acerca da aliança com Deus e nem do compromisso com o próximo.

    Pr Leonardo, tu disse algo em "estar escrito na bíblia" ao me responder. Em nenhum momento eu me apoiei em textos que digam sim ou não acerca de tauagens. Me apoiei no principio de :

    E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. Cl 3:17

    Logo penso que minhas ações devem render graças a Deus. Se tatuagens ganharem pessoas para cristo.

    Pensemos em um exemplo: que tal em um evangelismo? escrevo João 3:16 em uns 3 idiomas e vou por aí tocando nos ombros das pessoas e aponto para o braço para que leiam e se convertam… quem sabe poderia também tatuar uma imagem de Cristo na Cruz para que alguem consiga visualizar um pouco do que foi a crucificação de cristo.

    Afirmo que a tatuagem não é pecado por si só, mas qual o desejo que move alguém a tatuar ou ser tatuado. Ainda que me digam que poderia tatuar meus pais para honra-los. O mome do apostolo e da Bispa para honra-los. Ou quem sabe tatuar o novo testamento inteiro para que "seja uma carta viva escrita e lida por todos" será algo desnecessario e que pouca ou nenhuma edificação trará a si mesmo ou a quem os observe.

    Permneçam na graça e nela frutifiquem

    atalaiadocastelo.blogspot.com

    Nicodemos

  20. Ao amado José Ruy Pimentel de Castro

    Percebi que endossa as palavras do Pr leonardo, logo peço que leia o que respondi a ele.

    Quanto a afirmar que fiz uso das 3 peneiras de Socrates que são:

    Verdade, bondade e utilidade.

    Lhe afirmo que não o fiz. Devo pautar minhas condutas nos principios regios das Sagradas Escrituras que são:

    "Amar a Deus acima de tudo e amar ao meu próximo como a mim mesmo."

    Não ficaria eu de modo algum a buscar meros legalismos ou um judaísmo moderno e legalizante, longe de mim isto.

    Afirmo e repito. Tatuagens em si mesmo não é pecado. Mas se tiver alguém firme convicção de que tal atitude evidencia um amor por Deus de tal modo que vai abençoar a muitos através de tatuagens e edifica-los na fé de Deus, então que se tatue da ponta do pé ao alto da cabeça e que isto tudo glorifique a Deus e seja feito em nome de Jesus.

    eu pessoalmente não vejo que uma tatuagem traga tais resultados, bem como uma camisa ou um adesivo no carro. O que sim edifica as pessoas e agrada muito a Deus é a pregação do Evangelho que é confirmada por um coração circuncidado, que ame ao próximo e que seja um amor sacrificial.

    Permaneça na Graça e nela frutifique.

  21. Nobre Atalaia,

    Houve um tempo em que as tatuagens eram feitas apenas por algumas "tribos" urbanas, quase sempre como uma demonstraçao de rebeldia e com o intuito de desafiar o sistema. Acontece que nos últimos anos, esta tendência diminuiu considerávelmente, e a sociedade vem se tornando mais tolerante com este meio de expressao. Hoje, quem faz uma tatuagem, já nao tem como motivaçao rebelar-se contra um sistema de crenças, mas sim a busca pela individualidade e a beleza estética.

    Penso que ao punir as tatuagens como conduta pecaminosa (ou que pode levar ao pecado), fazendo generalizaçoes e usando de raciocínios e argumentos bairristas, acabamos por recriminar uma forma de expressao, e as belas artes em uma de suas manifestaçoes.

    Particularmente, eu nao faria. Aconselhar? Sim, aconselho a todos que pensem bastante antes de fazê-lo, pois além de doer um bocado, é uma marca que se leva por toda vida. Porém, jamais condenaria aquilo que nao é pecado movido apenas por meu achismo fundamentalista aprendido nas revistas de EBD.

    Bom, é isso. É bem provavel que você discorde… E ainda bem que essa nao é uma crença soteriológica. =)

  22. Pr Leonardo

    Penso que concordamos essencialmente acerca da tatuagem:

    Não é pecado.

    Mas as nossas argumentações é que diferem.

    Eu não recomendaria tatuagens por não contribuirem nada para a fé.

    Tu sugeres que não o deve ser feito por causa de dor e de ser uma marca permanente (se bem que existem tratamentos que podem em muitos casos eliminar a tatuagem).

    Eu sigo argumentando acerca de Fé comum e testemunhar aos outros de cristo e fugindo da busca por satisfazer o "eu" e pensando NELE.

    Tu segues falando em "busca da individualidade e estética",

    Respeito seus motivos e concordo com alguns deles, mas não como motivos essenciais.

    Quanto a soteriologia relacionada a esta questão , concordo contigo, isto não é em nada determinante para a salvação.

    Quanto ao "achismo fundamentalista de revistas de EBD"

    Penso que tens todo o direito de expressar sua opinião e agradeço por me permitir compartilhar o meu.

    Não sei exatamente o que é "o fundamentalismo de revista de EBD" na sua concepção, mas devo supor que se refira a uma forma de doutrinação exercida por uma minoria (quem escreve as revistas) sobre a maioria (os fiéis que acatam as revistas como verdades absolutas).

    Quando dizes que eu discordaria, caso esteja me considerando um destes, afirmo que não sou destes tipos. Nem bairrista, nem generalista.

    Penso que ja concordamos acerca do essencial. concordamos que não é pecado, que não se deve punir alguem como se fosse pecado.

    Mas para ilustrar um caso que não é diretamente relacionado ao que ja discutimos.

    um pastor em uma preleção disse que há 4 formas de ganhar almas:

    orar
    ir
    contribuir financeiramente
    e VOTAR.(talvez por um deputado federal estar no pulpito a sua direita e ser o presidente nacional da igreja)

    Eu protestei veementemente contra tal proposição. Mas eu poderia flexibilizar bastante (principalmente pelo fato da bíblia não proibir ou incentivar a pratica do voto como forma de se evangelizar)

    Poderia quem sabe pensar e estabelecer uma cadeia de acontecimentos:

    voto – homem de Deus – leis civis – vantagens ao evangélico – apoio governamental financeiro – pregação da palavra – conversões…. Enfim …

    prefiro me ater mais a principios bíblicos do que o basear-me fortemente no argumento cultural, não o desconsiderando.

    Nicodemos

  23. Se tatuar me parece bem cultural, aqui no Brasil, depois de muito tempo a tatuagem não está associada a rebeldia, mas a beleza, que pode-se dizer que é vaidade, algo vazio, sem nenhuma utilidade.
    Eu ainda não conheço um lugar no mundo em que a tatuagem seja algo bom (baseado no que a sociedade pensa).

    Não nos esquecendo de tomar muito cuidado quanto ao desenho a ser tatuado.
    Eu ainda não vi uma pessoa tatuar algo bom, só vejo em mulheres estrelinhas que buscam a sensualidade (pelo lugar onde foram tatuadas), desenhos que lembram demônios, como a carpa que tem como significado o leviatan, além de estrelas de 5 pontas, fadas (lesbianismo), e por ai vai.

    Irmão Leonardo Você conhece alguém que tatuou algo muito edificante?
    Fiquem na Paz do Senhor

  24. Atenção Ze Ruy Castro, voce foi infeliz na sua colocação.
    Nosso corpo é o templo do Espirito Santo.
    Pelas sua palavras quer dizer que os DEZ MANDAMENTOS tambem só eh para o povo de Israel daquela época.
    ETA POVINHO CRENTE MODERNINHO!! Quando eh que vcs vão se converter.

    Stefan Zakowski
    szakowski@bol.com.br

  25. Conforme foi muito bem colocado pelo autor do tópico, de fato não se pode transferir automaticamente todos os mandamentos que foram dados a Israel para a Igreja. E, neste sentido, faço questão de criticar as traduções feitas para o vocábulo Torá para o português. Geralmente, nas nossas bíblicas, encontramos o termo lei. Porém, Torá significa instrução e orientação, sendo que os profetas e Jesus ensinaram que o mandamento deve ser interpretado e traduzido para os nossos dias. Como disse o Senhor no célebre Sermão do Monte, "até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra". Sendo assim, devemos procurar compreender qual o significado de cada mandamento. A meu ver, irmãos, parece-me que a proibição de fazer incisões na pele está mesmo relacionada aos cultos pagãos, assim como cortar o cabelo em redondo. A respeito do sábado, irmãos, acho que nos dias de hoje a Igreja tem mesmo se esquecido do 4º mandamento a ponto de anulá-lo por completo. O sábado, além de lembrar a obra da criação, foi dado os homens para que estes descansassem. E aí, quando leio nos Evangelhos Jesus curando aos sábados e permitindo que seus discípulos colhessem espigas nos campos para matarem a fome, compreendo que o Senhor estava mais uma vez interpretando o mandamento, assim como ele fez em relação ao adultério e ao homicídio. A meu ver, reservar um dia da nossa semana para um repouso verdadeiramente restaurador em que possamos também nos consagrar mais a Deus, aumentando nosso tempo de oração e de leitura bíblica, cumpre a guarda do 4º mandamento. No meu caso, fazer isto aos sábados é mais conveniente porque, aos domingos, acabo me cansando quando me envolvo com atividades da Igreja e passo a ter mais um horário na minha agenda – a presença no culto.

  26. O "dia do Senhor" é em todos os dias – quando devenos nos guardar para o Senhor, seguindo seus mandamentos, penso eu. Penso também que a tatuagem não deveria ser condenada tal qual naqueles tempos registrados na bíblia, em que a tatuagem era feita com o intuito de glorificar deuses pagãos, até onde sei. Aquela foi uma outra cultura, outros tempos, outras motivações. Não seria belo uma tatuagem de versículo bíblico, homenagendo à Deus?
    Enfim, as pessoas precisam ser mais tolerantes e parar de julgar e "condernar" quem decide colocar uma tatuagem – só Deus conhece o coração de cada criatura. Acho que o que deve reinar é a tolerância e, claro, a moderação – não seria nada bom pra ninguém colocar uma tatuagem escandosa no local mais visivel do corpo, só chamar a atenção. Sou contra o pré-conceito, os legalismos e as repressões. E também sou contra o escândalo e os excessos. O negócio é ter moderação em todo caso.

  27. Ao Pastor Ronaldo Cardoso:
    Prezado pastor:
    Talvez o arcaico pensamento puritanista de que tudo que se relaciona com a sexualidade humana seja pecado, tenha levado o senhor a escrever em seu comentário, genericamente, que masturbação seja pecado. Ocorre que tal rotulo, parte de uma conceituação exclusivamente moral, desconsiderando os aspectos biológico e clínico de um fenômeno psicossomático natural, DESDE QUE( PRESTE ATENÇÃO!), DESDE que limitado a fase da vida humana conhecida como puberdade.
    A masturbação nesse período, assim como os "sonhos molhados" também denominados "masturbação involuntária", são atos fisiológicos naturais e PASSAGEIROS, restrito à adolescência e a pré-adolescência, como reflexo do DESENVOLVIMENTO HORMONAL e GENÉSICO do ser humano.
    Devemos sempre nos abstermos em falar daquilo que não temos conhecimento aprofundado, valendo-se apenas de uma pseuda moral eclesiástica totalmente inaplicável.
    É preocupante esses conceitos, desprovidos de conhecimentos da área da Sexologia e da Medicina, que arrastam adolescentes e jovens a carregarem um complexo de culpa, que pode se convolar até num transtorno psicológico, por conta desses conceitos errôneos como o que o senhor lançou.
    A masturbação só é doença, e também pecado, quando diagnosticada como sendo "Onanismo Compulsivo" ou então "Narcisismo" ao ser praticada NA FASE ADULTA, como forma única de prazer egoístisco , preterindo assim o natural relacionamento afeto-reprodutivo.
    Procure pesquisar mais sobre o tema, numa visão mesmos sectaria e mais racional, antes de qualquer generalização.

    Bom, quanto ao tema tatuagens, qualquer exegêta coerente com os textos bíblicos consegue entender que não há pecado numa simples tatuagem, ficando sua feitura ou não no campo da conveniência.
    Tratando-se de conveniência, a questão se torna ESTRITAMENE PESSOAL, porque ninguém pode dizer para o outro o que lhe seja conveniente.
    É escolha ATO PERSONALÍSSIMO.

  28. Anonimo Será que Se eu fosse todo tatuado e fosse pregar na igreja onde Você congrega, seria respeitado?
    Ou por não escandalizaria alguem?

    Além disso, todos gostam de se comparar com a igreja primitiva na hora da adoração e pregação, mas a maneira de agir passa longe, e o liberalismo imundo toma conta, e usam a graça para tão liberdade.

  29. Ao Stefan,
    Favor ver meu comentário posterior ao texto. Talvez esclareça algo.
    Não tenho dúvida de que OS DEZ MANDAMENTOS, bem como o 'espírito da lei', permanece para os dias de hoje. Essa argumentação eu já havia feito, aliás, inclusive comentando a respeito do sábado.
    Quanto à minha conversão, se é que me JULGA um CRENTE MODERNINHO, quero lhe dizer que você não me conhece pessoalmente para sequer saber a esse respeito. Ainda mais, mesmo se você fosse o meu melhor amigo, a minha conversão não lhe diria respeito.
    Como você deve ser bem coerente com seus argumentos, creio que não come carne de porco, não corta o cabelo em redondo e nem danifica a extremidade de sua barba…
    Mais uma coisa: cuidado com a intolerância religiosa e a não acepção da existência de pensamentos diferentes aos seus pré-conceitos. Isso nos faz agir contra a essência do ministério de Cristo, que é o amor. Condenar alguém ao inferno (afinal, é isso que acontece com o "não-convertido" que você disse) por seu próprio "achismo" é um bom exemplo disso.
    Deus abençoe

  30. Zé Ruy Você falou bonito ao responder o Stefan, mas não convenceu, Tatto continua sendo algo abominavel para um Cristão Realmente convertido.

    Crente Moderninho = Crente Liberal = Venha como estás e fique como quiser

    Boa Luiz

    Com todo respeito Rm 12, 1 e 2 distroi esse post

  31. Pretendo ser esse o meu último post nesse assunto. É hora de eu partir para outros comentários nas notícias mais recentes.
    Bom, minha resposta ao Stefan se deu porque há pessoas que, quando não podem se valer de argumentos convincentes, acabam por desqualificar quem pensa de maneira diferente.
    Também acho que Rm 12.1-2 destruiria esse post se a noção de "boa, agradável e perfeita vontade de Deus" fosse comum a todos. Como não é, pelo menos no que se refere às tatuagens, a existência desse post torna-se perfeitamente justificável.
    Sinceramente, não quero tomar a posição divina de caracterizar o cristianismo de quem pensa diferente de mim como melhor ou pior que o meu em questões perfeitamente discutíveis, como essa referente a esse post. Dizer que Rm 12.1-2 é a resposta para esse post é tentar enfiar "goela abaixo" dos outros as próprias convicções como se elas fossem divinas, ou seja, as mesmas de Deus.
    Deus abençoe, e parabéns a todos pelo excelente debate.

  32. Convicções são desfeitas a partir do momento que a palavra de Deus é consultada, antes de me converter tinha muitas convicções, mas quando conheci a Palavra, e com humildade a aceitei, vi que Meu coração é enganoso e tudo que costumava fazer era errado, ou vazio.
    Por isso acho importante me basear na palavra para dar direção à Minha Vida.
    Tatto é algo desnecessário para um Cristão, se à vontade de se tatuar surgir em Nossos corações devemos nos perguntar porque essa vontade? E buscar a fundo essa resposta, e tentar sarar esse desejo, pois é algo vão, e sem necessidade, pois nos padrões bíblicos é impossível esse desejo se encaixar.

  33. RESPOSTA AO IGOR:
    AMADO IGOR, não sei se voce seria respeitado na igreja em que congrego, caso fosse tatuado. Talvez não.
    Mas te garante que de minha parte, voce teria o maior respeito, porque a autenticidade da fé, o caráter e a ética de uma pessoa não se medem pelos adornos, mas peo coração, pelo comportamento com o seu semelhante e pela sua comunhão com a Graça de Cristo.
    E esses atributos cristão, dá pra ver que voce, independente de estar tatuado ou não, possui de sobras.
    Abraços, fica com Deus.
    Outra:
    Quanto ao comentário ROm 12.12, ponto final não meu amigo, ponto de interrogação, pelo menos pro Luiz.

  34. Valeu Luiz, Eu estou tentando a cada dia me aproximar do Evangelho de Jesus Cristo, estou aprendendo, e aprendo muito com esse blog.

    Entendi Seu ponto de vista, mas a questão que levanto é, O que leva um Cristão Autentico ter vontade de se tatuar?

    O erro não é o desenho na pele em si, mas o sentimento que Leva o homem a fazê-lo.

    Sendo que a fé sem obras é morta, baseado no livro de Tiago, acredito que quando tenho vontade em meu coração de fazer uma Tatto, isso nada mais é do que um sintoma, de que minha fé já não está focada em Jesus, mas na moda e no sistema desse mundo.

    E no contexto geral bíblico (pós-sacrifício de Jesus), não vejo fieis da igreja que busquem esses valores mundanos como Tatto entre outras coisas.

    E para ser sincero, Eu fico maluco quando alguém quer defender Tatoo e outras praticas da igreja moderna ( que infelizmente se encontra falida por inúmeras questões), como se a bíblia fosse um livro de direito, onde procuram achar brechas. Para justificar o erro, usando a Graça como desculpa para pecar e agir segundo a vontade errônea de nosso corações.
    Abraço

    Fica na Paz do Senhor Jesus

  35. Não creio que NÃO se tatuar, seja uma BOA OBRA, reflexa da fé em Cristo. Não creio também que SE TATUAR, seja.
    Posso aplicar esse princípio no sentido angular inverso, ou seja,
    Não creio que se tatuar seja uma MÁ OBRA a ponto de romper com nossa comunhão em Cristo.
    No fundo, tudo é questão de gosto estritamente pessoal, de uso e costume cultural, que sendo efêmeros, variam e variarão inexoravelmente, segundo a época, o povo e o comportamento social.
    Perguntou então:
    CRISTO quando veio a terra pregar a "aparência física" como dom espiritual ou marca do remido?
    Porque seremos julgados?
    Pelas argolas nas orelhas, pela calça compridas nas mulheres, no cabelo comprido ou curto das mesmas, pelos desenhos na pele…etc ou simplesmente por não cumprir um velho e bom adágio: "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmos."
    Serão os escoceses condenados porque seu traje típico é a saia?
    Ou seremos nós os condenados por estarmos (os homens que usam calça), com um traje não condizendo com o sexo masculino ( na visão dos escoceses )?
    ENFIM, EM QUAL CULTURA OU COSTUME ÉTNICO DEUS SE BASEARÁ PRA JULGARMOS?

  36. Essa matéria deve ter sido produzida pela reportagem da "igreja universal" ou outra "demoninação" – (ops) denominação do mesmo estilo ou pior.

  37. Sinceramente…as igrejas estão se preocupando em aumentar número de membros, em grupo de dança, em saber se pode ou não pode fazer tatuagem e tanta gente indo pro inferno!

    A Bíblia não fala nada sobre tatuagem e piercing para o povo gentio. O que importa é termos o coração confirmado com a graça de Deus. E tudo o que fizermos que seja para a glória de Deus e para não escandalizar.

    Discurso vago e fundamentalista falar que não pode fazer tatuagem e piercing pq o corpo é templo do Espírito Santo. Coisa de quem tem o costume de descontextualizar. Paulo falou isso porque estava pregando contra o pecado da prostituição! Não tinha nada a ver com furar olhar, escrever o nome do filho do braço!

    Se não for uma tatuagem que leve a duplo sentido, que tenha símbolos satânicos ou que incentivem valores mundamos, qual o problema em fazer uma tatuagem? Se tiver, então não fure mais as orelhas das meninas, não raspem a barba, não se depilem.

    As pessoas estão preocupadas com a aparência, com que os outros vão dizer. Tanta gente que não tem nenhum "rabisco" na pele, mas por dentro é toda rabiscada de religiosidade!

    Povo de Deus, deixem de ser religiosos! E passem a ser cristãos!

  38. Anônimo na minha biblia ainda não tem o capitulo 24 de João..rs
    Mas tem o Capitulo 7 verso 24
    Que diz: "Naõ julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça"

    Então o que seria para Você a reta justiça?

    Eu acredito que a reta justiça é a palavra de Deus revelada pelo Espírito Santo, por isso acredito que não é licito fazer Tatoo, pois não vejo isso como algo edificante que glorifique à Deus, e nenhum dos exemplos bíblicos como Paulo, se misturava com esse tipo de costume mundano.
    Paulo certa vez diz: Sede meus imitadores como Sou imitador de Jesus.
    E ainda: Tudo me é licito mas nem tudo que convém.

    Quer fazer tatoo, faça, mas faça muitas, porque quem é Santo (separada) se santifique -se ainda, quem é imundo suje-se ainda.

    Ainda continuo vendo a vontade de fazer uma Tatto como um sintoma de uma fé fraca no Senhor Jesus, e uma esperança enorme e vaidosa Nesse mundo, e não no Autor de Nossa Fé.

    Fique na Paz do Senhor

  39. Olá Igor,

    A verdadeira e reta justiça, segundo CRISTO, é aquela que ultrapassa (excede) a legalidade fria e vazia dos fariseus e dos escribas ( Mt 5-20), legalidade esta, que se coloca acima do mandamento único de amar a Deus sobre todas as coisas e ao irmão como a ti mesmo,( Rm 3-26 e Mc 12-30, 31) e que direciona, erroneamente, a busca da justificação ( justiça ) do indivíduo não pela fé, unicamente, no SALVADOR, mas na submissão do indivíduo a um sistema legalista eclesiástico e ortodoxo que nos faz malditos por depositar nele, e não em Cristo, a confiança da salvação eterna. (Gal. 3-10)
    E lembre-se: Romanos
    9:31
    "Mas Israel, que buscava a lei da justiça, não chegou à lei da justiça." e não se esqueça: "Não julgueis segundo a aparência, mas julgueis segundo a reta justiça " João 7-24 ( agora acertei né, kkkkkk )

    Fique na paz também meu amado irmão, e, apesar de nossas sadias divergências, respeito suas opiniões contrárias por admirar sua inteligência.

  40. NÓS TEMOS DUAS CHANÇES DE SALVAR UMA VIDA: UMA DELAS É A PROCLAMÇAO DO EVANGELHO ANUNÇIANDO ASSIM AS BOAS NOVAS.
    E A OUTRA E DOANDO SANGUE PRA ALGUEM QUE PRECISE.
    QUANDO DOAMOS SANGUE, PASSAMOS POR UMA ENTREVISTA, E UMA DAS PERGUNTAS É , VC TEM TATUAGEM? SE A SUA RESPOSTA FOR SIM, VC FICA IMPOSSIBILITADO DE FAZER A DOAÇÃO. POR ISSO PENSE DUAS VEZES ANTES DE FAZER UMA TATUAGEM, PELO MOTIVO ESPIRITUAL, E PELO MOTIVO QUE ALGUEM PERTO DE VC PODE PRECISAR DE SANGUE E VC NÃO VAI PODER AJUDALO .

  41. Irmão quando Você citou Galatas Você fez uma mistura das Leis do Antigo Testamento, mas tudo bem…

    Continuo dizendo que um Verdadeiro Cristão não se interessa por Tatoo, e por nada que seja de extrema vaidade, baseado no comportamento dos apostolos, de Paulo, da Igreja Primitiva, o interesse por Tatto não mostra um Cristão Espiritual, mas demostra um Cristão com problemas, e busca a satisfação nesse mundo.

    Tatto ainda = Um Sintoma de uma fé fraca e sem base, uma fé edificada na areia.

  42. Você também não vai poder doar sangue se não estiver em jejum há pelo menos de 04 a 06 horas.
    Então façamos o seguinte:
    Não nos tatuaremos, nem nos alimentaremos, pois se repentinamente alguém precisar de sangue, e estivermos alimentados ou tatuados, não poderemos ajudar!
    Agora esclarecendo, a pessoa tatuada pode sim ser doadora de sangue, não há qualquer impedimento de ordem médica neste sentido.
    O que se recomenda ( é mera recomendação ), é que se tenha passado mais de um ano da feitura do tatoo para poder ser doador.
    Fora isto, o resto é mito, como o falar que ser doador "afina" o sangue, que faz emagrecer ou engordar, ou que a mulher durante o período menstrual não possa ser doadora.
    Tenho visto no púlpito que algumas pessoas dão opiniões (pitacos) sobre questão técnicas de ordem clínica ou terapêutica sem terem formação, nem informações suficientes a respeito do tema, apenas para justificar seus pontos de vistas e suas opiniões exclusivamente pessoais.
    Isso a meu ver é uma total irresponsabilidade.

  43. Igor, com todo respeito,
    Quem é você pra julgar a fé alheia? Quem é você, quem sou eu, pra julgar a condição espiritual de alguém?
    Dê argumentos sólidos, e não sua opinião pessoal.

  44. Já expliquei porque não é interessante um Cristão Convertido fazer uma tatoo, mas como o anônimo insistiu, resolvi deixar alguns versículos.
    Primeiro é interessante saber que Deus não quer somente o Seu coração ou Suas atitudes, pois tenha certeza que as Suas atitudes refletem na Sua vida exterior, como Eu disse a Fé sem a pratica é morta.
    O Diabo Crê piamente na Palavra de Deus e até estremece, mas não pratica a Palavra.
    Do que adianta Você Crer na bíblia e não ter bons frutos, não viver uma Vida modesta, sem muita vaidade, (me refiro à se preocupar com as coisas Espirituais, do que as coisas desses mundo que percem).

    I João 2

    15 Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai.

    16 Nada que é deste mundo vem do Pai. Os maus desejos da natureza humana, à vontade de ter o que agrada aos olhos e a SOBERBA pelas coisas da vida, tudo isso não vem do Pai, mas do mundo.

    Soberba é o sentimento negativo caracterizado pela pretensão de superioridade sobre as demais pessoas, levando a manifestações ostensivas de arrogância, por vezes sem fundamento algum em fatos ou variáveis reais.

    17 E o mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas cobiçam; porém aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre.

    Ninguém que faz uma Tatto faz em um lugar onde os outros não possam ver, mas o costume é fazer em um lugar onde todos possam admirar, olhar muito, por isso a intenção quando se fazer uma Tatto é de aparecer, ou ter uma pretensão de superioridade sobre as demais pessoas, isso se encaixa até na maneira que devemos se vestir, e agir com o Nosso próximo.
    A partir do momento que um Cristão sente o desejo de fazer uma Tatto, podemos caracterizar que Ele não está pensando em algo Espiritual, mas esta começando a se deixar levar pelo Mundo como diz os versículos anteriores, visando as coisas dessa Terra e não as do Céu.
    E ainda como já disse, Eu costumo me esforçar para andar segundo o que a Palavra de Deus me ensina, leia as Cartas de Paulo à Timoteo, entre as outras cartas e irá ver a maneira que um Cristão deve agir.
    Não quero te convencer, pois é o Espírito Santo que faz isso.
    Que Deus abençoe a Todos.

  45. Eu julguei a fé pela palavra de Deus.
    Essa fé a qual me referi, é a fé que uma pessoa tem em Jesus, Se Você tem Fé em Jesus e o busca de verdade, Porque razão fazer uma Tatoo, sendo que isso não agrega valor nenhum a Sua Vida Espiritual?
    Viva em santidade, separado do mundo, é muito duro para alguém viver esperando na Vida Eterna, e desligado desse mundo?

    Pense Nisso Abraço

  46. Sou feliz porque Deus nos fez formadores de opinão.

    Por exemplo: Estou ouvindo uma "música mudana" (existe música extraterrestre?) e dando glória a Deus por dar tanta inteligência aos músicos da MPB. Quanto a tatuagem o que dizer dos indigenas e africanos que marcam seus corpos? Tudo é questão de cultura e a igreja brasileira ainda não tem estrutura de julgar o certo do errado e talves nunca terá. Falta sabedoria para dicernir o profrano do sagrado (Bem, essa história de profano foi inventada pela igreja católica séculos atras).

    A única opinião que tenho sobre isso é(1 Coríntios 10:31) "Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus".
    Deus conhece e sonda os corações não é uma tatoo que te leva ao inferno e nem uma saia comprida que te leva ao céu.

    Deus abençoe a todos!

  47. Nenhum dos versículos citados pelo Higor, apontam a proibição biblica da conduta em questão (tatuagem)
    Posso usar os mesmos versículos, para dizer que ao cristão é vedado praticar exercícios físicos ou zelar por uma boa aparência física, cortar cabelos, usar uma roupa bonita, ir a um salão de beleza, etc, porque isso seria amar ao mundo, ( meros desejos de natureza humana e não espirituais)
    Os versículos citados não de intepretação aberta, e não servem para justificar o tema debativo, porque não tem conteúdo de normas proibitivas de conduta.
    Portanto, justificar a vedação biblica da tatuagem por uma suposta exegese proibitiva, supostamente emergida desses versículos é um grande erro de interpretação de texto.

  48. Infelizmente quem faz isso ñ tem uma aparência de servo de Deus.
    totalmente ignorante quem disse isso
    eu tenho 2 tatuageens e uma delas é o versiculo 23 e nao vejo que Deus me condenará por isso pois o que realmente importa é o que sinto de verdade pois tem muito irmao que condena tudo que esta fora do seu mundo vai para igreja mostra-se o crente perfeito e por dentro é um pecador maior, de quem esta fora da igreja ou de quem tem tatuagens pois creio que Deus nao ira me julgar pelas minha tatuagens e sim pelos meu atos e o que eu relmente penso e sinto de verdade nao o que pareço sentir e fazer

  49. Um recado para os legalistas: Já que estão com tantos argumentos para denunciar a pratica de fazer tatuagens, lembrem-se de também usalas, quando estiveres cobiçando uma mulher, comendo feito um boi (pecado da gula) se masturbando escondido por ai, dando uns amaços na namorada, ou até mesmo fornicando, traindo amigos por interesses próprios, mentindo, defraudando, sonegando impostos, comprando pirataria, baixando musica da internet, desonrados pai e mãe. Jesus veio para salvar o que estava perdido, nosso carater, para nos libertar, então não tentem aprisionar ninguém nos seus dogmas ridiculos e ultrapassados. O amor de Deus, seus planos em usar alguem, a salvaçao, são muito maiores de que um pouco de tinta na pele.

  50. Bah Pastor Leonardo, desta eu gostei. Imagina se Jesus viesse tatuado para os manos puritanos, será que eles não iam escutar a ele e o que ele tem a dizer? Pois eu tenho lido isto por alguns aqui, que se alguem for todo tatuado que as pessoas não dariam crédito a ela no altar pregando. Mas as pessoas já fazem isto com as escrituras e as palavras de amor de Cristo? Se uma pessoa toda tatuada, um índio por exemplo, com rosto todo tatuado se converte ao evangelho e deseja no seu coração ser pregador do evangelho, voces acham que ele não vai ser ouvido. Talvez sim, talvez ele não será ouvido, pois a Igreja e seu estágio atual é "Sodomista e Gomorrista". Existem coisas muito mais importantes a se preocupar, uma tatuagem não seria motivo de escandalo para os irmãos da Igreja, o são pois estamos lidando com gente preconceituosa. A tatuagem não muda o carater de um homem, se a tatuagem te encomoda, feche os olhos para ela, mas ouça aquilo que provem do coração daquele servo de Deus. Acho que faltou Jesus dizer a voces, caçadores de bruxas de Salem, que o que contamina o homem não é o que é tatuado na sua pele, e sim o que provem do coração. Se o propósito daquele homem foi mal, ele com certeza confessara ao Pai e estará perdoado. Por exemplo, uma pessoa que antes de se converter fez um São Jorge, ou até mesmo um exu no corpo, e depois ele se converte. Ora, se ele não tem dinheiro para remover esta tatuagem, é isto que levará ele ao inferno? Muitos que estão nas prisões fazem este tipo de tatuagem, e deve ser pq muitos cristãos não se dão ao trabalho de fazer evangelismo na penitenciária, pois preferem ficar dizendo nas Igrejas o que é ou não é pecado. Pecado é ficar julgando os outros, e deixar que multidões não se convertam pois enxergam em seus olhos rancorosos, cheios de mágoas e preconceitos um farisaismo que devora as almas dos homens. Arrependei-vos e convertei-vos ao Amor de Cristo, sem máculos e sem preconceitos futeis. Voces ainda mamam no peito ao invés de ouvir a verdade única que é o Amor em Cristo e o perdão. E sabem por que digo isto, pois o que aproxima as pessoas de Cristo são os bons exemplos e o amor ao próximo que alguns cristãos exteriorizam, e os legalistas e farisaistas só afastam as pessoas, pois sua preocupação com a salvação faz ele esquecer que mais importa a comunhão com Deus do que O Céu ou Inferno. Mais importante é Deus do que o Diabo. Mais importante o amor ao próximo e aos nossos inimigos que aqueles que nos rodeiam (como as pessoas de nossa Igreja, por exemplo). Espero que entendam o que estou dizendo.Mas não tenham dúvidas, isto é o que mais me procupa, pois tenho de viver com minha hipocrisia de cada dia. E talvez se Jesus voltasse hoje, eu talvez estivesse junto com vocês, sendo chamado de "Raça de víboras" aparta-te de mim.

  51. Queridos…

    Na biblia nos diz em Lucas 16:13 "Nenhum servo pode servir dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom".
    Ou seja, ou vc serve a Jesus o seu Unico e suficiente salvador, ou faz as coisas que são do mundo e acaba caindo nos manjares do mal.

    Queridos, Sou levita na casa do Senhor e conversando com amigos a respeito disso uns acham que não tinha nada haver fazer outros discordavam e achava que não era algo que agradaria ao Senhor, ai me disseram é pra vc seria ruim pq vc é levita seria mal vista, ué na biblia diz que o Senhor não faz acepssão de pessoas o meu pecado não será maior que o seu idependete do cargo, na palavra nos diz que todos mas todos iriamos passar no tribunal do Senhor.
    Hoje em dia a moda é ser Crente, mas as pessoas não tem vivido isso, não adianta falar sou de Deus e não viver os mandamentos de Deus, a tatuagem em si é uma marcação do corpo, ou seja, apartir do momento que vc aceitou a Jesus como seu unico e suficiente salvador sua vida já naum é mais sua e sim de Cristo, agora vc tem o Espirito Santo dentro de si, e a casa do pai pode haver contaminação?
    Claro que não!!! Deus só habita em lugar santo…Não julgo quem tenha, mas se vc adquiriu conhecimento na palavra de Deus, pq quer desagrada lo? Me disseram tb mas se eu desejo fazer to comentendo o mesmo pecado. Sim! Mas vc não fez, desejou mais se afastou do pecado então o mal fugira de ti.

    É isso que o Senhor possa abençoar Fiquem na Paz.

    Carol Maya

  52. O crente tem que parar de querer se achar certinho, alias, sou jovem, e qnts jovens ai estão morrendo nas ruas, drogados, jovens nos quais os crentes de hj em dia não tem coragem de se aproximar por causa de sua aparencia q nós mesmo os julgamos de "repugnante".
    Tenho 17 anos e sou FILHO de Pastor. Estou pensando seriamente em faze uma tatuagem e coloca piercings, alias, seria mto mais facil alguém igual aparentemente que esses jovens para trazer esses pro caminho do Senhor.

    Crente não é "CARETA". Jesus é muito Heavy Metal galera. Ele era muito louco. Vcs ja leram a Bíblia? Jesus n vivia de aparencia não.
    Vo faze algumas tatuagens. E toda honra e glória é pra Jesus. Tenho certeza q pela aparencia minha muitos jovens irão conseguir se sentir igual a mim, e não inferior.

    Fica a dica. vlw ae. Paz do Senhor a todos.

  53. Eleandro Diz:

    Graça e Paz Queridos…

    Domingo darei aula para alguns Adolescentes da congregação que faço parte (inclusive um congregação pobre onde a realidade é terem familia destruidas, jovens presos em bebidas e drogras e muitas na cadeia mesmo, mesmo tendo passado tempos na igreja) e fico a pensar, os irmãos que debatem aqui… mtos deles apresentam um conhecimento bíblico mto bom, o que com certeza fico a perder dos amados, mas algo que o Higor disse que mais falou a meu coração é sobre o porquê do Desejo, dizer que colocar uma tatuagem é pecado, já é fato que concluimos que não, mas dizer que ajudaria a tirar jovens desse mundo por conta da semelhança de aparência física? porque então não fazer (ser) como Cristo, por onde andar curar os efermos, expelir os demônios, libertar os cativos e fazer com que homens desacreditados da sociedade (Zaqueu, Maria Madalena e etc…) se tornarem Novas criaturas, seria uma evidência sem contestação… mas vou me prender aos argumentos de fato válidos, e perguntar como direcioná-los a serem (e não só parecem) Cristãos? os corações já estão cheios de desejos pecaminosos, e concluo que dificilmente pensaremos em um contexto onde o desejo de se tatuar não seja pelo menos "aparência do mal" ressaltando que não vejo aparência deste texto como estético, e sem como influência, objetivo e valor social, me ajudem… afinal de contas ai está uma oportunidade disto valer a pena.

    Fiquem em Paz

  54. é pecado sim,a biblia diz que tudo que causa polemica ou e feio aos olhos do mundo,tambem e feio aos olhos de Deus,nao é porque nao existe referencias que nao e pecado,se o cristao que proibe tal pratica e fundamentalista,pra que entao nao permitir cigarro,cachaca,balada,nada disso tinha na biblia,a biblia diz que o homem de Deus anda diferentemente do homem da grande proistituta "mundo"nao tenho nenhum receio em dizer,e pecado sim,alem de ser uma cena terrivel.

  55. Aahhh…parem todos vocês que se posicionam para condenar!!!! Parecem aqueles com pedras nas mãos!! Sou da época que não se podia cortar os cabelos e muito menos pintar!! E hoje vemos pastores, sentados nos púlpitos, que envelhecem e nunca ficam com os cabelos brancos, porque usar tintura nos cabelos ja não é mais visto como pecado. A única coisa que nos causa problemas em usar tatuagens é a mente tão pequena de pessoas como vocês, que vivem se escandalizando e retirando a liberdade dos outros em se expressar da maneira como quiserem para agradar a Deus (ja que isto está diretamente relacionado com a experiência pessoal que cada um de nós tem com Ele).Em Romanos 14:22b diz: "Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova". Aproveitem e leiam o texto inteiro mas tomem cuidado para novamente não cairem no erro de interpretar as escrituras de forma a favorecerem a si mesmos!!
    Se você não gosta de tatuagem, acha feio, acha que "não tem nada a ver" um cristão se tatuar, ÓTIMO! NÃO FAÇA! E use a sua opinião para você mesmo! Você tem esse direito! ("Eu sei, e estou certo no Senhor Jesus, que nenhuma coisa é de si mesma imunda, a não ser para aquele que a tem por imunda; para esse é imunda."Romanos 14:14). E é isso mesmo que você deve fazer, pois do contrário vai pecar! Agora, não fique utilizando da palavra de Deus para julgar e condenar!!! Esse não é o SEU papel nesse mundo!!Não é direito SEU!! ("Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo."Romanos 14:10) . Pelo jeito, parece que vocês são até capazes de excluir pessoas tatuadas. E isto sim é pecado, o de deixar de amar o próximo como a ti mesmo!!! Agora respondam essa aí: QUEM É O TEU PRÓXIMO???
    E para vocês meus queridos que estão em dúvida ainda e não sabem o que pensar…vou citar um exemplo de vida: procurem saber o testemunho do cantor Rodolfo Abrantes (ex-vocalista da banda raimundos). E no mais, orem e peçam a Deus discernimento, e nunca deixem de AMAR! Este é o único verbo, é a única ação contida nos dois principais mandamentos deixados para nós por Jesus!!!

  56. "Quero ficar no teu corpo feito tatuagem…" (chico Buarque)….que o amor a Deus e ao próximo seja nossa maior marca p todos verem. Mas, se quiser se tatuar, pensa antes, e se fizer, faz com arte e beleza pensando em 1Co 10:31.
    Cuidemos dos fracos na fé para que não caiam. Paulo disse: a ciência incha, mas o amor edifica. Que na oportunidade certa abramos as frechas de suas janelas.

    Abç e paz a todos"!

  57. Como o pecado é fazer mal ao próximo e/ou a si mesmo então entende-se que não podem probir as tatoos. O que importa é o que você faz para o irmão, o que tem por dentro. Julgar e repugnar a aparência do próximo é hipocresia! Isso sim é pecado!

  58. CUIDADO PARA NÃO SERMOS
    OS JUIZES DE DEUS…

    Texto fora do contexto é pretexto para heresia…
    Bem, antes de falar acerca do assunto, falarei de mim e meu contexto… Tenho um Studio em BH e sou piercer, estou totalmente inserido no mundo da tatuagem e do piercing. As tattoo’s e piercings que tenho foram feitas após a minha conversão e todas as tattoo’s têm um significado pra mim que denota a minha fé.

    Afirmar que o corpo é templo do Espírito Santo é uma verdade inquestionável, só que o referido texto (I Co 6:19) fala de prostituição, de profanar o templo de Deus com o pecado, e nenhuma alusão a qualquer coisa que lembre tatuagens, piercings, comer pimenta, e afins.

  59. Acredito que Deus possa falar ao coração de uma pessoa acerca de tatuagens e piercing’s, com o propósito da mesma não fazer, ou até mesmo retirar as que têm, não duvido disto, porém não podemos esquecer que Deus trata com cada um de forma pessoal. Os planos d'Ele para a vida de uma determinada pessoa não são os mesmos para a minha, e ambos podemos fazer a vontade Dele. Com certeza, Deus não faz acepção de pessoas, e sendo assim, exatamente por este motivo, uma pessoa que tenha os itens relativos a este pequeno estudo, podem ser alcançadas pela mesma graça redentora. Rebeldia é algo muito mais complexo do que tatuagem e/ou piercing. Desrespeitar os pais, não amar seu próximo, julgar as pessoas pela aparência, com certeza é rebeldia.

    Bem antes da época de Jesus, piercing’s e tattoo’s já existiam (Gn 24:22 e 47). Se "pendente de nariz" não é uma perfuração, então não sei mais o que é.
    Poderemos ser a imagem de Jesus a partir do momento que vivermos o que ele viveu, cumprirmos seus designos e vontades, olhar as pessoas como Cristo olhou, sem preconceitos e verdades pessoais, mas cheio de bondade, amor e as "boas novas do evangelho".

  60. O que fazer?

    O que a Bíblia fala: Se sua consciência (cristã, é claro) te condena, não faça. Sou membro da Caverna de Adulão, um ministério Underground que trabalha TAMBÉM com pessoas que usam um visual diferente, tatuagens e piercings; pra mim, é uma questão cultural, é algo que gosto e que Deus nunca me cobrou.

    PIERCINGS, EVANGELHO E CULTURA.
    Sandro Baggio

    Piercings estão cada vez mais comuns em nossos dias. Algo que há menos uma década era olhado com reprovação e preconceito, é hoje visto em homens, mulheres, jovens e até crianças. Se a sociedade parece estar aceitando esses adereços cada vez com mais naturalidade, os cristãos parecem confusos a respeito. Afinal de contas, a questão da aparência ainda é assunto de grande discussão e controvérsia em muitos círculos evangélicos.

    A primeira coisa que precisamos ter em mente quando o assunto é aparência pessoal, é que se trata de algo que muda com o tempo e com o lugar. Usos e costumes estão diretamente ligados à cultura.

    Basicamente uma cultura é formada por três elementos: cosmovisão (a maneira como um povo vê o mundo), sistema de valores (o que é importante para aquele povo) e normas de conduta (o modo como um povo se comporta, e isso dizem respeito tanto à vestimenta, como ao modo de se relacionar com os outros, etc.).

  61. Culturas são diferentes de acordo com sua cosmovisão, valores e normas de conduta. Arrotar em público após uma refeição é totalmente aceitável (e até louvável) em certas culturas, e repugnante em outras. Uma mulher com os seios à mostra é normal em muitos países da África (onde a mesma mulher não pode exibir as pernas acima do tornozelo) enquanto que o mesmo é obsceno em outras partes do mundo. Beijar na boca em público é normal aqui no Brasil, mas pode levar alguém à cadeia em certos países islâmicos. Nestes mesmos países islâmicos, um homem não pode andar de mãos dadas com sua esposa, mas pode andar de mãos dadas com outro homem. No Ocidente tal prática evoca idéias de homossexualismo. E por aí vai. Todas essas coisas são formas de expressão cultural.

    Podem ser um insulto ou algo escandaloso para os de fora (que não fazem parte da cultura), mas não são necessariamente erradas para quem é daquela cultura.
    O fato é que nenhuma cultura é totalmente igual à outra e nenhuma cultura está acima da outra. João viu no céu povos de todas as tribos, raças, línguas e nações (grupos étnicos). Todas as culturas possuem elementos que precisam ser valorizados e outros que precisam ser transformados pelo Evangelho.

  62. Sendo a aparência pessoal é uma questão de expressão cultural, esta aparência também muda de acordo com a cultura. Pinturas na face e no corpo estão presentes em diversas culturas. Na Polinésia, os nativos usam a tatuagem para escrever sua história familiar no corpo. A tatuagem e o piercing no umbigo eram comuns no Antigo Egito. Alguns povos usam piercing, brincos e outras formas de alteração do corpo (body modification ou simplesmente body modi).

    O problema é que o mundo está ficando pequeno. Estamos nos tornando cada vez mais uma aldeia global. Esta globalização faz com que certos costumes que antes só eram vistos em algumas culturas isoladas e lugares remotos da terra, comecem a se tornar moda em todo o mundo. A tatuagem de henna é um exemplo recente desta realidade.

    E quem são os responsáveis pelo lançamento da moda em nosso mundo? Os meios de comunicação em massa, que muitas vezes mostram artistas, músicos e cantores usando determinada roupa, adereço, estilos diferentes muitas vezes copiados por nós, ou porque não dizer, copiados de nós. Isto mesmo!!!

  63. Citando dois exemplo: Os Rapper’s americanos não inventaram um estilo de roupa e ornamentos, eles já existiam, porém foram popularizados pela mídia. A popularização de alguns costumes orientais no Ocidente teve forte influência dos Beatles, quando estavam em sua fase “Flower and Power”. Muitas das batas, camisões e pantalonas que vemos hoje em nossas ruas, praças, e até na igreja, foram uma influência direta da que é chamada a “maior banda de todos os tempos”, porém, são “politicamente aceitas” por muitas de nossas lideranças.
    A popularização do piercing foi em 1993 com o vídeo clipe "Cryin", do Aerosmith, onde Alicia Silverstone apareceu com um piercing no umbigo. Uma banda de rock, uma balada romântica, uma jovem atriz linda. Elementos essenciais para fazer a moda pop ou cultura pop, que nada mais é do que uma mistura de culturas e costumes do mundo pós-moderno.

    Leornard Sweet, professor metodista e um dos mais interessantes pensadores cristãos de nossa época, comenta sobre tatuagens e piercings em seu e-book recente "The Dawn Mistaken For Dusk". Ele diz que, a razão pela qual "body modi" é o assunto nº.1 nas listas de discussões e bate-papos de jovens cristãos com menos de 30 anos nos EUA, é pelo fato disto fazer parte da cultura jovem pós-moderna atual (e quase global), uma

  64. é pelo fato disto fazer parte da cultura jovem pós-moderna atual (e quase global), uma cultura onde a imagem é altamente valorizada.

    A ironia disso tudo é que cirurgias plásticas e implante de silicone são coisas cada vez mais aceitas pelos cristãos modernos. Tem personalidades famosas do mundo evangélico brasileiro com o corpo siliconado. Todavia, como diz Sweet, "Cirurgia plástica é uma forma severa de alteração do corpo. Isto é aceito, mas brincos e tatuagens, não são?”.

    Na Bíblia lemos à história de Isaque que deu a Rebeca uma argola de seis gramas de ouro para ser colocada no nariz (piercing) e, após fazer isto, ajoelhou-se para adorar a Deus. Penso que se o primeiro ato fosse pecado ou considerado pagão, então Isaque não teria adorado a Deus em seguida.

    No livro de Êxodo, percebemos que as mulheres dos hebreus usavam brincos e argolas, os quais foram oferecidos como oferta dedicada ao Senhor para a construção do Tabernáculo. Novamente, não penso que Deus aceitaria de seu povo ofertas que representassem costumes pagãos.

  65. O texto mais intrigante para mim se encontra em Ez 16.11-12: “Também te adornei com enfeites, e te pus braceletes nas mãos e colar à roda do teu pescoço. Coloquei-te um pendente no nariz, arrecadas nas orelhas, e linda coroa na cabeça” (ARA), onde o próprio Deus diz que adornou Jerusalém com jóias, pulseiras, colares, argolas para o nariz e brincos para as orelhas. Ao que parece, tais adornos não eram uma ofensa ao Senhor.

    Uma vez que a Bíblia parece não condenar o uso de piercing, por que deveríamos nós?

    Nosso desafio não é condenar, mas orientar as pessoas (principalmente os jovens) para os riscos que existem em fazer estas coisas sem uma orientação profissional e cuidados de higiene e saúde.

  66. A pessoa está consciente dos riscos de inflamação, doenças contagiosas e "efeitos colaterais" diante da sociedade? Está consciente de que algumas alterações são irreversíveis e, mesmo diante da possibilidade de reversão, podem deixar marcas para o resto da vida? Mais ainda, precisamos falar sobre questões de identidade, valor pessoal e auto-imagem. Pois são estas as questões mais importantes para quem está considerando qualquer forma de alteração do corpo, seja uma plástica no nariz, implantar silicone, colocar um piercing ou fazer uma tatuagem.

  67. TATUAGEM
    EXEGÊSE E HERMENÊUTICA

    Podemos perceber que a palavra tatuagem tem sido muitas vezes tratada de forma repugnante no meio cristão, mas nem sempre é explicado o porque.
    O propósito deste breve estudo é analisar a palavra utilizando o contexto em que ela foi empregado para assim, compreendermos o seu emprego nas Escrituras.

    REFERÊNCIAS BÍBLICAS:

    Lv 19:27-28 – “Não farão calva na sua cabeça e não cortarão as extremidades da barba, nem ferirão sua carne. Santos serão ao seu Deus e não profanarão o nome do seu Deus, porque oferecem ofertas queimadas do SENHOR. Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o SENHOR.”

    Dt 14:1-2 – “Filhos sois do SENHOR, vosso Deus; não vos darei golpes, nem sobre a testa fareis calva por causa de algum morto”. Porque sois povo santo do SENHOR, vosso Deus, e o SENHOR vos escolheu de todos os povos que há sobre a face da terra, para lhe serdes seu povo próprio.

  68. ANÁLISE DOS VERSÍCULOS

    – Não ferireis a vossa carne. –
    Essa é uma proibição contra as mutilações. Muitos povos pagãos lamentavam-se desse modo pelos mortos. Quem lamentava por um morto cortava-se como se fosse um sinal de consternação pela morte de um parente ou amigo, pensando que isso adicionava algo à sinceridade de sua lamentação. Tais atos eram estritamente proibidos em Israel. (Jr 16:6, 41:5; Lv 21:5 e Dt 14:21).

    – Nem fareis marca nenhuma sobre vós.
    A tatuagem era praticada entre várias nações antigas, algumas vezes em conexão com as práticas da idolatria. Figuras, marcas ou letras eram tatuadas sobre a pele mediante a injeção de tintas na epiderme. Queimar com ferro em brasa era outra maneira de tatuar. Um escravo tinha a marca de seu proprietário impresso sobre ele; as prostitutas também eram assim marcadas; palavras sagradas eram tatuadas na pele dos adoradores pagãos.

  69. – Eu sou o Senhor.
    Essa forma, como aquela mais completa, “eu sou o Senhor teu Deus”, assinala divisões no livro de Levítico, o que acontece por dezesseis vezes, só neste capítulo dezenove de Levítico.

    Formar os cabelos em curva redonda nas têmporas e na barba, ou a incisão de padrões na pele faziam parte das práticas pagãs de luto, e, como tais, eram proibidas. Desfigurar a pele, que provavelmente incluísse alguns emblemas das divindades pagãs, desonrava a imagem divina de Deus. A perda de um ente querido devia ser aceita como parte da vontade de Deus para a vida do indivíduo, e nenhuma tentativa deveria ser feita para propiciar o falecido de qualquer maneira.

    ANÁLISE LEXOGRÁFICA

    Esta palavra portuguesa vem do Taitiano “tatau”, a reduplicação da palavra “ta”, que significa “marca”, “sinal”. Está em foco, uma marca indelével, feita mediante técnicas próprias, picando a pele e inserindo algum pigmento sob a mesma. Embora, provavelmente, não haja nenhuma alusão direta à técnica da tatuagem nas páginas da Bíblia, essa tem sido considerada uma interpretação possível em três situações aludidas na Bíblia, a saber:

    1. Oth – sinal

    Palavra usada por setenta e nove vezes no Antigo Testamento, conforme se vê, por exemplo, em Gn. 1.14; 4.15; Ex. 4.8,9, 17, 28,30; Nm. 14.11; Dt. 4.34; 6.8,22; Js. 4.6; Jz. 6.17; I Sm. 2.34; II Rs. 19.29; Ne. 9.10; Sl. 74.4,9; Is. 7.11,14; 8.17; Jr. 10.2; Ez. 4.3; 20.12,20.

  70. O termo Grego correspondente é semeîon – sinal -, usado por quarenta e oito vezes, conforme se vê, por exemplo, em: Mt. 12.38; Lc. 2.12; Jô. 2.18; At. 2.19, 22, 43; Rm. 4.11; I Co. 1.22; II Co. 12.12; II Ts. 2.9; Hb. 2.4; Ap. 15.1.

    2. Chaqaq – gravação, cavar

    Com esse sentido, é usada por duas vezes: Is. 22.16 e 49.16. Na última dessas referências, a idéia é que, gravando os nomes de Seu povo em Sua mão, jamais se esqueceria deles.

    3.Seret – incisão, corte

    Essa palavra só aparece em Lv. 19.28, onde se lê: “Pelos mortos não ferireis a vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o SENHOR”. O termo Seret é traduzido ali como ferireis. Isto pode até parecer uma clara proibição do uso de tatuagens, entre os judeus.

  71. Alguns tem pensado que o trecho de Lv 19.28, sem dúvida, alude à prática da tatuagem. Mas, embora algumas versões estrangeiras tenham traduzido o vocábulo hebraico seret, ali usado, como tatuar, os estudos feitos quanto aos costumes de lamentação e luto pelos mortos indicam freqüentes associações de cortes feitos no corpo ou pinturas, com o raspar dos cabelos, mas nunca com tatuagens, que se revestem de outro sentido. Por semelhante modo, qualquer situação retratada nas Escrituras que possa ser interpretada como indício da prática das tatuagens tem base meramente conjectural, e não se escuda sobre qualquer inferência etimológica ou etnológica.

    CONCLUSÃO
    Nos comentários das Bíblias de Estudo de Genebra e Plenitude, apenas relatam o fato de não marcarem o corpo com mutilações por causa dos mortos, não referindo diretamente à prática de Tatuagem.

  72. Contudo observando historicamente as práticas de outras nações, o povo de Israel é advertido a não praticar tais atos para que não fossem confundidos, e por tais atos estarem diretamente ligados à idolatria e à prostituição.
    No âmbito geral da situação, percebemos que isso era uma prática cultural, não transcendendo, em alguns casos, aos dias de hoje.

    É importante lembrar, que não devemos ser escândalo para nossos irmãos:Rm 14:13 – “Portanto não nos julguemos mais uns aos outros; antes o seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao vosso irmão”.II Co 6: 3 – “… não dando nós nenhum motivo de escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado”.

    A prática da tatuagem nos dias de hoje tem sido uma forma de expressão por parte de muitos jovens. Ao contrário dos tempos em que Israel foi advertido, a tatuagem hoje tem um sentido bem diferente. Isso não isenta algumas culturas de praticarem o ato como forma de idolatria, mas no Brasil o sentido tem sido apenas uma forma de expressão.

  73. Meu comentário pessoal e crítico sobre o assunto é que a tatuagem não impede a pessoa de ter um relacionamento intimo com o Senhor, porém deve-se observar alguns pontos antes de se fazer uma tatuagem.Devemos antes de tudo preservar a santidade, no que se diz respeito ao corpo e o fato de que podemos estar servindo de motivo de escândalo e zombaria de outrem.

    Todas as palavras acima também são cabíveis ao uso de Body Piercing, Cirurgias Plásticas, Lipoaspirações e qualquer tipo de dilaceração do corpo que não seja necessário à saúde. Sendo assim, toda forma de dilaceração que não há envolvimento com os rituais pagãos não se encaixam em Lv. 19:28 – Texto esse que muitos tomam como base para proibirem a tatuagem.

    Apenas um pequeno comentário acerca de um erro de exegese ocorrido por quem defende o uso de tatuagens, mostrando assim que uma tradução mal feita do texto da margem para erros de ambas as partes:

  74. Apocalipse 19:16: “No manto, sobre a sua coxa tem escrito o nome: Rei dos reis e Senhor dos senhores.”
    Em algumas versões, o termo “escrito o nome” é trocado por tatuado.

    Vamos quebrar a frase:

    Sintaticamente, temos o seguinte:

    – Sujeito da Frase: Coxa
    – Objeto Direto da Frase: Nome
    – Vocativo referente ao sujeito: No Manto

    Por definição temos que vocativo é:

    "…É uma referência à 2ª pessoa, um apelo, um chamado, e é usado para o nome que identifica a pessoa (animal, objeto etc.) a quem se dirige e/ou ocasionalmente os determinantes de tal nome. Uma expressão vocativa é uma expressão de referência direta, em que a identidade da parte a quem se fala é expressamente declarada dentro de uma oração…" (retirado do Wikipedia)

    Portanto, o que quer dizer na frase não é que o nome esteja tatuado na coxa, mas sim escrito no Manto na altura da coxa.

  75. Vamos ao original em Latim:

    19:16 – et habet in vestimento et in femore suo scriptum rex regum et Dominus dominantium.

    Ressalto que o verbo empregado é SCRIPTUM, ou seja, escrito!!! Para que seja tatuado, o verbo a ser utilizado deveria ser PINGERE, ou seja:

    19:16 – et habet in vestimento et in femore suo pingerum rex regum et Dominus dominantium.

    Em Grego temos:

    19:16 – kai ecei epi to imation kai epi ton mhron autou to onoma graphammenon basileuV basilewn kai kurioV kuriwn.

    O verbo “escrever” em grego é: graphon; já o verbo “tatuar” em grego é: prosanagrapheia.

  76. O QUE É ESCANDALIZAR???

    Alguns preferem adotar uma postura mais defensiva sobre o assunto sem se aprofundar demais em debates, dizendo que tais adereços devem na verdade ser evitados porque são "escândalo".

    Não devemos "escandalizar". Mas o que é "escândalo"?

    Jesus disse que "é impossível que não venham escândalos, mas ai do homem pelo qual eles vêm! Melhor fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e fosse atirado no mar, do que fazer tropeçar a um destes pequeninos." (Lucas 17:1,2).

    A conclusão lógica a que chegamos então é que se eu uso um visual diferente do resto da massa e alguém me vê e se "escandaliza" (no sentido que eles dão à palavra), então, de acordo com o versículo, seria melhor que alguém amarrasse uma pedra de moinho no meu pescoço e me jogasse no mar.

    Será isso que Jesus quis dizer? Creio que não.

    A palavra "escândalo" no grego é "skándalon" (de onde se derivou a palavra portuguesa escândalo) e significa tropeço ou armadilha, símbolo daquilo que incita ao pecado ou à perda da fé.

  77. Escândalo é todo ensino, palavra, obra ou omissão que incita o outro a pecar.

    Um visual underground por si só não é escândalo no sentido bíblico do termo. Escândalo seria, em nosso caso, o exemplo citado anteriormente neste texto em que uma mulher é levada a usar um piercing no umbigo apenas por uma motivação luxuriosa. Agindo assim, ela voluntariamente poderia despertar em outras pessoas desejo sexual por estar expondo determinada parte de seu corpo, ou seja, poderia estar incitando alguém a pecar. De outra forma, não é escândalo.

    Particularmente, conheço muitas mulheres (não cristãs inclusive) que têm piercing no umbigo mas que nunca vi usando uma blusa que o expusesse; dizem que o usam simplesmente porque gostam. Não há problema algum nisso.

  78. Quando os setenta (ou 72, há dúvidas) tradutores do Velho Testamento para a língua grega (a Septuaginta), por ordem e encomenda de Ptolomeu II, encontraram um termo hebraico que se referia ao comportamento que levava a uma "queda" moral – o que não tinha exata tradução – socorreram-se da palavra grega clássica skandalon, "obstáculo", algo que causava um tropeço. Uma pedra no meio do caminho, por exemplo, era skandalon. Fossem paisagens tropicais, skandalon podia ser uma simples casca de banana.

    A palavra passou-se depois para a Bíblia latina, a Vulgata, onde se encontra, em várias passagens, a palavra scandalum. O sentido moderno de "escândalo" evoluiu, e não é mais só a causa de uma queda; é também o seu efeito público. Por outro lado: se dissermos ser salutar evitar um escândalo, soaremos… óbvios.

    Óbvio? Pois ÓBVIO é – na raiz – precisamente isso, "o obstáculo evitado", já que é formação latina de ob-, "em direção a" + viam, "caminho", estrada", donde o "óbvio" ser um caminho livre, é claro! [Francês medieval SCANDALE, "causa de pecado" <>COM RELAÇÃO À SENSUALIDADE E VAIDADE…

    Bom, na grande maioria das vezes, o piercing, a tatuagem, a maquiagem, a cirurgia plástica tem caráter puramente estético.
    A sensualidade não está no piercing ou tatuagem que uma determinada pessoa possa estar usando, independente do lugar, mas está na pessoa.

  79. Existem pessoas tão "sem sal" que mesmo esta usando a roupa mais decotada do mundo, um piercing do tamanho de um puxador de cortina, ela continua "apagada". De contra partida, existem mulheres e homens, que independente de acessórios, chamam a atenção para si quase que naturalmente.
    Dentro de nosso contexto evangelical, acho que o melhor a se pensar é o porquê de você querer usar um piercing ou uma tatuagem, independente de qualquer outra coisa.
    Claro que as tatuagens que tenho e os piercings que coloquei estão ligados a não apenas meu estilo de vida, mas também a questões estéticas, o problema é deixar este lado tomar conta de você e te controlar.

    Uma pessoa que não usa "nada", pode ser muito mais vaidoso que eu, por exemplo (este "nada" acima esta diretamente ligado ao fato de não ter nenhuma tatuagem ou piercing, mas usar um terno "Armani", uma Gravata “Louis Vuitton”, uma caneta “Mont Blanc”, Cuecas “Christian Dior” ou mesmo um relógio “Tag Heuer”).

    Vaidade é tudo aquilo que toma o espaço de Deus em nossa vida, o vazio completado pelo vazio.

  80. Alguém pode aparentar ser “a pessoa mais humilde de mundo”, e usar desta sua "humildade" para se alto promover, mostrando as demais que é mais humilde que elas (soberba). Estranho, né??? Mas, infelizmente, real.
    Fiz esta ressalva, a fim de deixar claro o meu ponto de vista acerca da sensualidade.

    Em um site “Gospel” (porque protestante e/ou evangelical não é e nunca será…), li certa vez que para cada piercing que uma determinada pessoa aplica, a mesma consequentemente "abre brechas" para um determinado demônio atuar em sua vida:

    Nariz – significa “domínio”;
    Sobrancelhas – “aprisionamento da mente”;
    Orelhas “aprisionamento em áreas específicas”;
    Umbigo – “males digestivos”;
    Lábios – “domínio da fala”;
    Genitais – “prostituição”.
    Será que os cravos colocados em nosso salvador abriram brechas para demônios no momento da crucificação???

  81. Isto é ridículo, patético e sem nenhuma base hermenêutica nem exegética. Nada disto é mencionado na bíblia.

    Qual a fonte então??? Algum demônio disse, pois se está for à fonte, menos crédito devemos dar, pois é sabido de todos que ele é o "Pai da Mentira".
    Entristece-me saber que a falta de sinceridade, de conhecimento teológico e em casos extremos, de caráter em alguns ministérios, faz com que mentiras sejam ensinadas a pessoas simples, única e simplesmente por medo de se perder o controle das mesmas que ali congregam ou de ser criticado por pessoas religiosas e cheias de si, mas com muito pouco de Deus…
    …e o pior, comprova a carência de bíblia e a falta de sabedoria de muitos evangelicalistas.

    PROIBIR É MAIS FÁCIL QUE ENSINAR…

    Deus nos abençoe muito.

  82. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

    CHAMPLIM, RUSSEL N. – Antigo Testamento Interpretado Versículo por Versículo. – Ed. Hagnus.
    CHAMPLIM, RUSSEL N. – Enciclopédia da Bíblia Teologia e Filosofia – Vol. 6-S/Z – Ed. Hagnus.
    BOYER, O.S. – Pequena Enciclopédia Bíblica. – Vida.
    HARRISON, R.K. – Levítico – Introdução e Comentário – Ed. Mundo Cristão.
    MACHO, ALEJANDRO DIEZ; BARTINA, SEBASTIÁN – Enciclopédia de la Bíblia – Vol. 6-Q/Z – Ed. Garriga.
    YOUNG, BRAD H. – Comentário de Levítico – Bíblia de Estudo Plenitude.
    Vários Teólogos – Comentário de Levítico – Bíblia de Estudo de Genebra.
    BAGGIO, SANDRO – Material disponibilizado pela internet (pastor do Projeto 242 em São Paulo).
    FAGURY, SAMUEL LIMA – Material disponibilizado pela internet
    .
    CRUZ, VLADMIR BARBEIRO DA – Material disponibilizado pela internet.
    Textos encontrados em vários sites da Internet.

    Rodrigo Joubert é proprietário do Studio “Toast Body Art”, em Belo Horizonte – MG.

    Estudou Teologia no Seminário Teológico Evangélico do Brasil – STEB, com especialização em Grego pelo Departamento de Línguas Clássicas da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG e pastoreou a Igreja Batista Nova Aliança, em Nova Lima, Grande BH

    Atualmente congrega da Comunidade Caverna de Adulão.

  83. tirando 2 ou 3 comentarios, so ouvi argumentos disso e daquilo e todos nos sabemos que quem gosta de argumentar é porque não se submete ao evangelio do Cristo vivo, e prescisa é se converter e levar umas boas chineladas de Yeshua. e quanto a sua afirmação em relação as marcar de Yeshua quando voltar leia o Talmude Hebraico que você vai entender mais e ter fontes confiaveis, e tudo que argumentamos muito se torna Apologia, se você não tem nada de Edificante para deixar como comentario, simplesmente não deixe…
    papai do céu nos deu 2 ouvidos e uma boca…
    sera que Ele gostaria que nós ouvisse-mos mais e Falasse-mos menos?
    Shalon Adonai.

  84. O que devemos observar é a quem seremos comparados se fazermos uma tatuagem…creio que a Deus não será. A Palavra diz que devemos ser imitadores de Cristo e se Ele não fez porque devemos fazer? Temos que ser o diferencial, não permitir que a igreja seja comparada com o mundo. Aquilo que não edifica certamente é pecado…se não vai nos edificar para que fazer?
    Esse é a minha opinião, mas aqueles que tem dúvidas busquem no Epiríto Santo que certamente não ficarão sem resposta.

  85. meu Deus, parem com isso,Deus esta interessado no nosso espirito e não em tatuagens, não importa se põe ou não conheço varias pessoas que vão para igreja evangelica com tatuagens, deus vai deixar de aceitar um alma por causa disso.Pelo amor de deus.

  86. Meu Deus!
    Nunca vi tanta gente iguinorante junto.
    Será que eles cuidam do templo, olha eu aposto que 99% dessa galera ai fala fala e bebe coca cola, come salgadinho e etc.
    Isso é cuidar do Templo (corpo).
    São todos ipocritas e pecadores não fazem tatuagem mas poluem o templo com tudo que o mundo oferece.
    Ipocritas, isso chega a me dar nojo.
    Deus abençoe a todos.

  87. Se a tatuagem é pecado, por se estar marcando o corpo, pinta cabelos e unhas também o é, pois faz parte do corpo. Sendo assim quem encontrara salvação? O que para o homem é impossível para Deus é possível. Sou tatuado, não recomendo a ninguém, mais sei que minha salvação não depende do amor da igreja mas unicamente do amor de meu Senhor e salvador Jesus Cristo. Pra Ele toda Glória.

  88. que Deus ilumine a mente de alguns aqui.. quanta besteira eu li nesses comentários.. sermos santos e limpos não reflete no nosso método de vestir ou de ser ou em ter ou não tatuagem, e o fato de eu ter uma tatuagem não influencia em nada na vida de outro.. o problema é que os "cristãos" de hoje em dia acham que tudo que eles não gostam é pecado.. e buscam na bíblia algo pra comprovar isso.
    vamos parar de hipocrisia e agir como cristãos.. ame seu irmão ele tendo tatuagem ou não.. nós somos sim templos do Espírito Santo, a diferença é que nosso corpo carnal não reflete nada sobre nossa comunhão com cristo.. retirar um versículo da bíblia pra provar que isso ou aquilo é errado é hipocrisia.
    eu aconselho quem quiser fazer tatuagem antes de tudo dobrar o joelho no chão e perguntar pra Deus o que Ele acha.. pois se formos levar em consideração tatuagem não vai influenciar em nada na nossa vida com Deus.. mas tudo ao nosso redor não influencia em nada na nossa vida com Deus. Aposto que Deus não vai te jogar um raio do céu se você fazer uma tatuagem.. nem vai te mandar para o inferno, só tome cuidado com o que vai tatuar.. e por que vai tatuar.. eu mesmo vou fazer uma tatuagem e por piercing's mas pq eu quero, eu gosto acho legal.. é algo relacionado com o meu estilo.. isso não vai me fazer nem menos nem mais santo.. só vai me fazer um cristão com aparência bem loca d:
    eu sou guitarrista daqueles que só ouve rock d:
    amo tudo relacionado a rock.. a unica banda que ouço sem ser cristã é bullet for my valentine.. por que gosto dos solos etc.. e quero ter um estilo diferente.. pq EU quero..
    não deixe nenhum "cristão" falar pra você que Deus não aprova algo pq isso e aquilo.. vai lá.. leia a biblia.. entenda e pergunte pra Deus.. todos temos o Espírito Santo dentro de nós pra nos guiar.. pra que ouvir homens se você pode perguntar pra Deus ?
    maioria desses comentários acima são de troll's que só querem arrumar confusão..
    infelizmente tem isso no meio cristão também.

    Abraços fiquem com Deus.

  89. Ola irmãos no sangue de cristo! tdo na paz?
    Tendo em vista tais comentarios prescisei comentar tambem. o livre arbitrio nos foi dado e por tal motivo a decisão de cada qual é plena e deve ser respeitada. tendo em vista que não há pecadinho nem pecadão, imagino eu que comer carne de porco sim é pecado, cortar os cabelo, usar brincos, usar joias ou ate mesmo bijuterias seria pecado pelo fato de que isto chamaria a atenção, o que não é recatado "A Bíblia nos instrui ao recato no vestir (I Timóteo 2:9). Um aspecto do vestir recatadamente é nos certificarmos de que cada parte que precisa ser coberta com roupas está adequadamente vestida.", fofocar ate mesmo do propio pastor é pecado por causar contenda em meio a igreja, pois não há fofoca que aja para o bem! você alguem que veio atras de uma resposta, não procure resposta com pessoas, pois servimos a Deus mas somos carne, cometemos erros todos os dias, tendo em vista tal coisa meu maior conselho e que busque somente a Deus qualquer resposta. tome textos como auxilia, o que te ajudara profundamente nas suas decisões, todos somos pecadores e todos cometemos erros, e infelizmente há muitos hipocritas no evangelismo! que Deus guie você que esta lendo meu comentario
    Graça e Paz. Aline!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui