CPAD usa jargão da Nova Era para divulgar produto

18
134
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Por Johnny T. Bernardo

Como se não bastasse a polêmica em torno da Bíblia Dake, não é que a CPAD (Casa Publicadora das Assembleias de Deus) recorreu a um jargão da Nova Era para divulgar seu mais novo produto? Veiculada em rede nacional através de seu programa na Rede TV e em seu web site, a propaganda que anuncia a criação daCPAD News traz as seguintes chamadas:

# O que você lê?
# Você pensa sobre o que você lê?
# Sobre o quê você pensa?
# O que você lê pensa sobre você?
# Você é o que você pensa
# Você pensa o que você lê
# Renove sua mente
# CPAD News. Aguarde

Essa saiu do fundo do baú: Você é o que você pensa, Renove sua mente. Não é preciso ser especialista em Confissão Positiva para perceber que a CPAD recorreu a um dos seus jargões para se auto-promover. Sou assembleiano há mais de vinte anos e amo minha igreja, mas a defesa do evangelho de Cristo não pode ser institucionalizada. Um apologista não escreve um artigo para defender o que ele pensa ou o que sua igreja pensa, mas o que a Bíblia Sagrada diz a respeito. Essa é a diferença entre a Igreja Universal (invisível) e a Igreja Local (visível). Temos que nos opor contra tudo e contra todos que distorcerem às Escrituras Sagradas.

Faz parte da teologia da Confissão Positiva a ideia de que o homem é aquilo que ele pensa. Se ele pensa que ele é um derrotado, será para sempre derrotado. Esse pensamento pode parecer significativo a primeira vista, não fosse o fato que ele está inserido nos objetivos da Nova Era para despertar a Consciência Universal, transformar o homem em deus.

Em qualquer busca que se faça na Internet encontraremos diversos sites e artigos sobre a lei da causa e efeito, lei essa que está inserida no pensamento de que o homem cria seu próprio destino a partir de pensamentos positivos. Vejamos um trecho extraído de um artigo encontrado no Google.

Assine o Blesss

“Há uma Lei que rege o destino do ser. É a lei de causa e efeito. Ela é tão absoluta e indesviável no reino oculto do pensamento quanto no mundo das coisas visíveis e materiais. Um caráter nobre e celestial não é favor ou sorte, mas o resultado natural do esforço contínuo em ter pensamentos retos, o efeito de associação com pensamentos celestiais. Um caráter ignóbil e bestial, pelo mesmo processo, é o resultado de um contínuo cultivar de pensamentos vis.

O homem é feito ou desfeito por si mesmo; o seu Pensamento constrói as armas com as quais destrói a si próprio. Ele também cria as ferramentas com as quais constrói alegria, força e paz. Através da escolha certa e pensamento no bem, o homem ascende à Divina Perfeição; através do abuso e aplicação incorreta do pensamento, ele desce abaixo do nível animal. Entre esses extremos estão todos os tipos de caráter, e o homem é seu criador e mestre.” (Shvoong, resumos e revisões curtas).

O título do trecho destacado acima não poderia ser outro: Você é Aquilo que Você Pensa. Nele o autor percorre os diversos campos da Confissão Postiva, relacionando cada pensamento do homem aos seus efeitos – isso, porque, segundo ele, a lei que rege o universo é a lei da causa e efeito. Ou seja, tudo o que você pensa você será. Esse pensamento faz parte da realidade das religiões orientais, dos grupos de auto-ajuda, das literaturas motivacionais etc.

É até compreensível que tal pensamento seja difundido entre os adeptos da Nova Era, mas não entendo como uma editora idônea como a CPAD poderia usar um recuso tão esdrúxulo como esse para promover seu produto. Mas isso é só a ponta do iceberg. Mais bizarrices como essas virão, não tenha dúvida.

***
Johnny T. Bernardo é apologista, fundador do INPR e colaborador do Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

18 COMENTÁRIOS

  1. O autor da postagem se identifica como assembleiano, assim como eu também sou há mais de 28 anos, e fico realmente surpreso com coisas como essas. Não bastasse uma tal de semeadura da prosperidade difundida por um de nossos líderes, agora a CPAD promovendo essa campanha, parecendo até que não temos de fato uma linha teológica definida. Atuei na área do ensino de minha igreja por mais de 14 anos e nunca vi tal coisa em nosso meio. "Você é o que você pensa" é demais! Sempre aprendi que somos o que Deus diz que somos e o que a bíblia nos ensina que somos. Se estamos em Cristo, somos novas criaturas.
    Espero que a CPAD reveja e corrija isso.

  2. Eu creio que a mente filtra e o coração deposita as coisas boas e ruins que os homens lançam fora. Portanto, eu concordo com a afirmação de que a leitura realmente influencia o nosso modo de ser e pensar.
    Pv 23.7 diz: Porque, como ele pensa consigo mesmo, assim é; ele te diz: Come e bebe; mas o seu coração não está contigo.

  3. O jargão acima relacionado à CPAD News, é um jargão típico da Nova Era e da Confissão Positiva. Os termos "você é o que vc pensa" e "renove sua mente" aparecem em inúmeros passagens na Internet ligadas a Confissão Positiva. Diversos livros de auto-ajuda também recorrem a esse jargão. Portanto, é um termo comum aos adeptos da Nova Era e das religiões orientais. Por trás dele está a ideia do "desenvolvimento da psiquê", da "consciência universal" etc. Cujo objetivo final é mostrar ao homem o caminho da divindade, ou seja, como ele pode tornar-se deus.

    Não sou extremista, mas só acho que não seria bom para uma editora idônea como a CPAD ficar usando termos da Nova Era para divulgar tudo o que ela for lançar. Já tivemos problemas com a Bíblia Dake, com uma matéria recentemente publicada no Mensageiro da Paz hostilizando Israel (pró-Palestina)etc.

    A minha opinião – e acredito que muitos estarão comigo nesta campanha – é que façamos um boicote a este comercial da CPAD, enviando e-mails e outros mecanismos de contato.

    Finalmente: não precisamos de nada que venha do Oriente ou de seitas do pensamento (EUA) para contextualizar a nossa mensagem e editoria.

    Um abraço a todos

  4. É o bicho tá pegando.
    Pensamento positivo me parece que veio da Korea,com o Pastor Davi Choo.Ou não? Filipenses 4:8 tem uma lista no que devo pensar,é positiva ou negativa ? Devo ou não praticar as Escrituras positivamente? O ato de falar e repetir é um método de poder para fixar um pensamento filosófico ou não ? Se a nova ERA aproveita as boas coisas da vida e fica como dona do pedaço,foi mais expert ou não? Mas,todas as coisas foram criadas por Ele,João1:1 ou não? É o caso de Umbanda preferir roupas brancas e usá-las,então eu não devo usar roupas brancas por que o branco é do diabo,isso é burrice.E se usar serei chamado de 'pai de santo'? Rejeito, sou filho do Santo e sou livre para usar o branco,o amarelo,pensar positivo e orar por todas as nações incluindo os Palestinos,que são filhos do mesmo pai,tá?
    Causa e efeito , qual é o problema,onde está a malignidade? O que diz em Gálatas 6:7? "…aquilo que o homem plantar,isso tb ceifará".
    Aki está o princípio e conceito de CAUSA E EFEITO,então qual é o problema, onde está o erro para que o articulista está fazendo um 'carnaval' sem conhecimento de causa?
    Johnny T. Bernardo, apologista, fundador do INPR e colaborador do Púlpito Cristão.

    " Já tivemos problemas com a Bíblia Dake, com uma matéria recentemente publicada no Mensageiro da Paz hostilizando Israel (pró-Palestina)etc."
    Durante anos venho lendo e ouvindo pastores e líderes hostilizarem os palestinos e em favor de Israel.Como se Israel pode matar e fuzilar porque é 'povo' de Deus e tem promessas sobre Israel. Esqueceram que há nas Escrituras algo que diz assim:" A minha casa será chamada CASA DE ORAÇÃO para todas as Nações,famílias,etnias,e não somente em favor de Israel que liquidou com o Messias e até hoje não se arrepedem e ainda persegue com restrições os nossos irmãos na fé pró-messiânicos.Ora,meu caro Johnny,vc defende uma teologia nefasta de assembleiano atochado no denominacionalismo xiita,tá? Enquanto isso a IGREJA-CORPO que assumiu o lugar de Israel como povo de Deus,é esquecida,desprezada,e Israel fica no podium? Há cultos com elementos da cultura judaica,gente dançando a moda israelense,e quando dançamos o nosso samba,a nossa cultura musical é coisa do 'coisa ruim',ora bolas,estou ficando irritado com tudo isso,tá?
    Então tá. Com Tito from brasilia.

  5. A frase realmente é utilizada pelos místicos.

    Mas os místicos vivem utilizando indevidamente termos de vários ramos de conhecimento válidos, embora não se submetam ao método científico. Porém, esse mau uso não torna esses termos inadequados dentro do seu contexto original.

    Essa frase pertence à psicologia positiva e disciplinas similares. É uma metábole da frase dos nutricionistas e cia: "você é o que come".

    Não estou defendendo a CPAD, apenas buscando ser justo. A questão é se a citação foi feita com a mentalidade da psicologia ou com a mentalidade mística.

    Presumo a segunda opção.

    atos17.blogspot.com

    * * *

  6. Caro Tito. Antes de mais nada devo dizer que vc tem todo direito de se expressar, dado o fato que vivemos em um país democrático. Não vou entrou no mérito de sua exposição simplória, embora deveria dar-lhe uma resposta a altura. A você meus sinceros parabéns. Continue assim. Só uma dica: junte-se ao grupo da Mary Eddy e aos crentes cientistas dos EUA.

  7. Lei da semadura, leia da causa e efeito, lei da ação e reação, lei do kharma e dharma, em todas as culturas, em todas as épocas essas leis imutáveis que uns a chamam de lei cósmica, lei universal, lei divina etc.
    Infelismente o cristianismo se tornou aquilo que Jesus mais abominou
    que é a reliosidade cega que mata, que faz dissenção entre os povos,
    Jesus veio mostrar o caminho e nos deixar ensinamentos precisos como
    julgar todas as coisas, reter o que é bom e se afastar do mal.
    Peço a Deus que venha uma "Nova Era" ou nas palavras dos igrejeiros um "Avivamento" que o amor e a união nos invada a ponto de não termos mais religião (no sentido instituições religiosas) e entender que Jesus nos ligou ao Pai.
    Quanto mais eu olho para a "igreja" de hoje mais eu quero ficar longe dela, vocês religiosos destruiram o nome de Jesus.
    Somos o que lemos, somos o que pensamos, Deus nos deu o livre arbítrio, e não nos fez marionetes

    Pablo Maranho

  8. Irmão Tito, falando a respeito da causa Palestina, por favor, vejam o vídeo do: RABINO WEISS… não me lembro do resto do título. Procure ouvir o que este rabino sincero fala a respeito de Israel, o Sionismo e o sofrimento do povo Palestino. Imperdível.

  9. Está provado: a Confissão Positiva é um dos mecanismos da Nova Era – isso, é claro, de acordo com amigo anônimo acima, que fez questão de relacionar a confissão positiva as crenças hindus. Muito obrigado por trazer esse esclarecimento aos nossos irmãos.

  10. A proposta (promessa real) do Evangelho é transformação pela renovação do (nosso) entendimento segundo a Verdade que emana das Escrituras e não nos adequarmos ou sermos levados a seguir todo vento de doutrinas como menininhos que brincam de roda. É claro e evidente que tem crente (convencido) que gosta dessas marmotas e vai atrás igual mosca no mel. As heresias são lançadas e alguns (sem entedimento) gostam e muito.

  11. Sou chefe do setor de marketing da CPAD e, obviamente, participei de todo o processo de criação do vídeo de lançamento do CPAD NEWS. Portanto, creio que nosso irmão foi apressado em sua reflexão acerca do texto do vídeo de lançamento do CPAD NEWS:

    "Essa saiu do fundo do baú: Você é o que você pensa, Renove sua mente. Não é preciso ser especialista em Confissão Positiva para perceber que a CPAD recorreu a um dos seus jargões para se auto-promover. Sou assembleiano há mais de vinte anos e amo minha igreja, mas a defesa do evangelho de Cristo não pode ser institucionalizada. Um apologista não escreve um artigo para defender o que ele pensa ou o que sua igreja pensa, mas o que a Bíblia Sagrada diz a respeito."

    Para quem quer defender a Bíblia ele deveria lê-la um pouco mais:

    "Renove a sua mente" não é um jargão da Confissão Positiva, é Bíblia: Rm 12:2 “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento (ou da vossa mente em outras versões), para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”

    O versículo bíblico em questão foi citado textualmente na reunião de trabalho como fonte de inspiração para o texto do anúncio.

    Mas ele continua:

    "O título do trecho destacado acima não poderia ser outro: Você é Aquilo que Você Pensa. Nele o autor percorre os diversos campos da Confissão Positiva, relacionando cada pensamento do homem aos seus efeitos – isso, porque, segundo ele, a lei que rege o universo é a lei da causa e efeito. Ou seja, tudo o que você pensa você será. Esse pensamento faz parte da realidade das religiões orientais, dos grupos de auto-ajuda, das literaturas motivacionais etc."

    Mas o que é que a Bíblia diz?

    "Porque, como imaginou na sua alma, assim é." Pv 23.7a

    "Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus da paz será convosco" Filipenses 4:8 e 9

    Ou seja, o texto é um convite aos cristãos a buscarem uma fonte de informação comprometida com os princípios da Palavra de Deus, visto que a maioria dos grandes meios de comunicação seculares se encontra comprometida com a divulgaao de filosofias e posturas contrárias aquilo que defendemos. Isto fica bem claro na defesa que fazem do aborto, da descriminalização do consumo de drogas, da prática homossexual, etc.

    Esta é minha pequena refutação ao nosso apressado irmão que na ânsia de "defender a fé" ataca seus próprios irmãos de fé sem uma análise crítica e bíblica mais aprofundada. Mas, como mais uma vez, dia a Palavra:

    "E revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos, e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, e se algum tiver queixa contra outro, assim como Cristo vos perdoou, assim fazei-vos também." Colossenses 3.12 e 13

    atenciosamente,

    Robson Rocha

  12. Caro Robson Rocha

    Antes de mais nada, obrigado por sua gentil resposta. Apesar de concordar com vc em parte, devo afirmar mais uma vez que a ideia por trás do jargão "você é o que você pensa", é a deificação do homem rumo a divindade. Isso é o que pensão os adeptos da Confissão Positiva e os new engels. Sei perfeitamente o que diz as Escrituras Sagradas sobre a necessidade da renovação do nosso entendimento, mas em parte alguma faz apologia a Confissão Positiva.

    Em momento algum fui apressado em meu argumento referente a CPAD. Você fala como se a referida editora fosse imune aos erros doutrinários tão comuns nos grupos de Confissão Positiva e da Teologia da Prosperidade. Por falar em Teologia da Prosperidade, faz-se necessária uma citação de um trecho de uma das lições da revista da Escola Domical, publicada pela referida editora no segundo trimestre de 2006. Quem assina a lição é ninguém mais que Esequias Soares da Silva que, na minha opinião, é um dos maiores apologistas brasileiros dentre os pentecostais – o que é coisa rara, diga-se de passagem. Vamos a citação:

    "A Confisão Positiva não é uma denominação ou seita, mas um movimento introduzido sutilmente entre as igrejas pentecostais, enfatizando o poder do crente em adquirir tudo o que você quiser. É conhecida como "Teologia da Prosperidade", "Palavra da Fé" ou "Movimento da Fé". As crenças e práticas desse movimento são aberrações carregadas de perigosas heresias".

    Como chefe do setor de marketing da CPAD e, portanto, como responsável pela imagem da referida editora, você provavelmente deve saber o que o professor Esequias tem a dizer com os termos "Palavra da Fé" e "Movimento da fé". Dentro desse conceito está a ideia positivista de que o homem é o que pensa. Palavra da fé, determinismo, pensamento elevado etc. são termos comuns entre os adeptos. Se o homem é o que pensa, como fica a vontade soberana de Deus para as nossas vidas? Ora, não foi o próprio Esequias que afirmou que as práticas desse movimento são aberrações carregadas de heresias? Concordo também com o fato que a Confissão Positiva não é uma heresia ou seita em si, mas uma aberração que pode conduzir a erros doutrinários irreperáveis.

    Recorrendo mais uma vez a lição da Escola Domical, aprovada e publicada pela CPAD, na página 49 o autor nos oferece mais alguns esclarecimentos sobre a "Palavra da Fé".

    "Os adeptos da Confissão Positiva creem ser a Bíblia a inerrante e inspirada Palavra de Deus, mas não a única, pois admitem que a palavra do crente tem a mesma autoridade. Para eles, as fontes de autoridade são: a Bíblia, as revelações de seus líderes e a palavra da fé. O crente deve declarar que já tem o que Deus prometeu nos textos bíblicos e, tal confissão, confirma-se. A confissão negativa é reconhecer a presença das condições indesejáveis. Basta negar a existência da enfermidade e ela simplesmente deixará de existir. É a doutrina de Quimby, da Ciência Cristã e do Movimento Nova Era".
    Meus Deus, o professor Esequias foi fantástico nesta exposição. Só é uma pena que pessoas boas como essa, e com uma compreensão tão balisada das Escrituras e das falsas doutrinas, seja tão pouco valorizada pelos organizadores dos congressos da Escola Dominical. É uma pena, pois enquanto pesquisadores como ele e como tantos outros procuram alertar o povo de Deus sobre os perigo das falsas doutrinas, surgem bíblias e livros com pouquissimo amparo teológico. É a tendência do mercado, a pressa por novas publicações, o que muitas vezes leva a erros doutrinários grosseiros. Para exemplificar o que estamos tentando provar aqui, veja mais uma declaração controversa publicada em outra literatura da CPAD.

  13. Erros tão esdrúxulos como os cometidos pela editora não podem passar sem uma análise crítica, porque então não seríamos apologistas, mas sim marionetes consumidoras. Encerramos esta réplica com mais uma das declarações do professor Esequias que, uma vez mais, foi endossada pela CPAD em 2006.

    "O conceito de confissão positiva e negativa é falso; não se confirma na Bíblia ou na prática da vida cristã. Deus é soberano; nós, os seus servos. Jesus ensinou-nos: 'Seja feita a tua vontade, tanto na terra como no céu" (Mt. 6.10). Basta tão-somente esse versículo para reduzir a cinzas a insolência da Confissão Positiva. A Bíblia ensina, ainda, que devemos confessar nossas culpas para sermos sarados 9Tg. 5.16), e isso, não parece ser confissão positiva". (Lícões Bíblicas, Heresias e Modismos, combatendo os erros doutrinários, segundo semestre de 2006, CPAD).

  14. Meus Deus, o professor Esequias foi fantástico nesta exposição. Só é uma pena que pessoas boas como essa, e com uma compreensão tão balisada das Escrituras e das falsas doutrinas, seja tão pouco valorizada pelos organizadores dos congressos da Escola Dominical. É uma pena, pois enquanto pesquisadores como ele e como tantos outros procuram alertar o povo de Deus sobre os perigo das falsas doutrinas, surgem bíblias e livros com pouquissimo amparo teológico. É a tendência do mercado, a pressa por novas publicações, o que muitas vezes leva a erros doutrinários grosseiros. Para exemplificar o que estamos tentando provar aqui, veja mais uma declaração controversa publicada em outra literatura da CPAD.

    "Nós retornaremos ao nosso elefante e aos seus amigos mais tarde. Primeiro, precisamos considerar a natureza e a função da religião para podermos avaliar a afirmação de que todas as religiões são, de modo bastante significativo, uma só".

    Não, você não leu errado: "… todas as religiões são, de modo bastante significativo, uma só". O trecho destacado acima foi extraído do livrete "Todas as religiões são iguais?", de autoria de Douglas Grooothusis. É um espanto, pois conhecemos a credibilidade e a importãncia do trabalho desenvolvido pelo autor nos EUA e no mundo, combatendo as falsas doutrinas. Entrentanto, a declaração em questão não poderia passar em branco sem uma análise apurada dos fatos. Um adepto da Teosofia provavelmente ficaria espantado ao ler este trecho e, quem sabe, poderia até dizer: nossa, é teosofia pura. Infelizmente é a realidade – a ideia de que todas as religiões são, em essência, uma só, surgiu primeiramente nos escritos da madame Helena Blavatsky, uma médium russa que naturalizou-se americana e depois mudou-se para a Índia. A partir dela diversos outros autores e místicos adotaram o conceito como parte dos objetivos da Nova Era. O mais interessante – com relação ao livrete de Grooothusis – é que tal obra foi aprovada pelo Conselho de Doutrina e Apologética da referida editora sem uma exame prévio detalhado. Isso abriria margem para questionarmos outras publicações da CPAD, como a Bíblia Dake que recentemente foi tema de longos debates por causa de seus argumentos esdrúxulos.

    Logo, poderíamos dar credibilidade a tudo o que acontece por trás de nossas editorias? Somente se formos cegos e fúteis para não percebermos os erros grosseiros que muitos veem cometendo, principalmente depois que a referida editora passou por um processo de "enxugamento editorial". Ao fazer uso de um dos termos da Confissão Positiva – que não tem nada de bíblico, apesar das argumentações colocadas em contrário -, os senhores responsáveis pela imagem da editora cometeram um erro grossante e que difícilmente passará pelo crivo dos apologistas anônimos do Brasil – àqueles mesmos cujas obras são rejeitadas todos os anos pela referida editora, com a singela desculpa de que o "autor possui talento, mas que sua obra não se enquadra no cronograma editorial da mesma". Conheço milhares desses apologistas que viram suas obras serem jogadas no lixo, enquanto os senhores americanos ganhão espaço cada vez maior nessa que é a Casa das Assembleias de Deus. É realmente uma pena. Isso mostra quão comprometidos eles são com a cultura nacional e, em especial, com a nossa teologia latina.

  15. enquanto vocês se preocupam com essas questões, porque não abrem a janela de seus entendimentos e não veem quantas pessoas estão no pecado, morrendo e indo para o inferno, enquanto que como crentes de escritórios ficam discutindo balelas e não fazem crumprir o ide de JESUS . . .

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui