Pregação – ação social = hipocrisia

13
1710
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Leonardo Gonçalves

Assine o Blesss
Soteria não é apenas salvação metafísica, mas cura das doenças, da fome, do abandono. “O evangelho todo, para o homem todo” foi o brado de Lausanne, e a este grito eu também faço coro.

Dói dentro de mim ver o quanto a igreja de Cristo, que deveria ser sal e luz influenciando o mundo por meio das boas obras (palavras de Jesus), as quais foram preparadas por Deus de antemão para a observância dos santos (Ef 2.10), têm cedido a essa doença chamada consumismo, comercializando benesses divinas numa relação custo/benefício, enquanto milhares de pessoas vão dormir com o estômago vazio todos os dias.

“Dai-lhes vós de comer!”, disse Jesus. Por isso, muito mais que criticar o comunismo ou o capitalismo, convém que eu, enquanto igreja, alimente estes miseráveis. É disso que o profeta fala em Deuteronômio 15.5, e foi essa a recomendação que Paulo recebeu no primeiro concílio eclesiástico (Gl 2.10). Dicotomizar a missão da igreja (missão espiritual x missão social) só vai contribuir para o agravamento da miséria no mundo. O evangelho é integral!

Falar da missão social da igreja a uma sociedade “cristã” que reza todos os dias pela cartilha do capitalismo é uma missão difícil e árdua. A consciência evangélica, de um modo geral, está embotada para esta realidade, e só Deus pode despertá-la.

Há vários perigos que cercam a igreja. As heresias são um deles. O outro, muito mais sutil, é a ortodoxia em detrimento da ortopraxia, a crença politicamente correta que nada produz. Precisamos manter nosso coração livre de ambas se quisermos ser relevantes em nossa missão.

***
Postado por Leonardo Gonçalves, editor do Púlpito Cristão, em resposta ao amigo Daniel Grubba, em debate sobre a fome no mundo.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

13 COMENTÁRIOS

  1. A Paz esteja convosco
    Compartilho contigo dessa enorme preocupação com os pobres e miseráveis, com as grandes injustiças sociais que permeia até mesmo no seio de nossa sociedade, mas sentimo-nos fracos e incapazes para tentar uma ação prática para sequer minorar essa problemática, que dirá resolvê-la, pois foge totalmente do nosso âmbito de ação.
    A oração de um justo vale muito em seus efeitos, porém, somente orar não adianta, mesmo porque está escrito em Mateus 25:35-40 "PORQUE TIVE FOME, E DESTES-ME DE COMER, TIVE SEDE, E DESTES-ME DE BEBER; ERA ESTRANGEIRO, E HOSPEDASTES-ME, ESTAVA NU, E VESTISTES-ME, ADOECI, E VISITASTES-ME; ESTIVE NA PRISÃO, E FOSTES VER-ME.
    ENTÃO, OS JUSTOS LHE RESPONDERÃO, DIZENDO: SENHOR, QUANDO TE VIMOS COM FOME E TE DEMOS DE COMER? E QUANDO COM SEDE E TE DEMOS DE BEBER? E, QUANDO TE VIMOS ESTRANGEIRO E TE HOSPEDAMOS? OU NU E TE VESTIMOS? E, QUANDO TE VIMOS ENFERMO OU NA PRISÃO E FOMOS VER-TE? E, RESPONDENDO O REI, LHES DIRÁ: EM VERDADE VOS DIGO QUE, QUANDO O FIZESTES A UM DESTES MEUS PEQUENINOS IRMÃOS, A MIM O FIZESTES.
    Muitas vezes temos a audácia e a hipocrisia de orarmos determinando a Deus aquilo que é de nossa obrigação fazer, tais como: "ÓH, DEUS VISITA OS PRESIDIÁRIOS, VISITA OS DOENTES PRESOS NOS LEITOS DE DORES NOS HOSPITAIS. ABENÇOE SENHOR AQUELES INDIGENTES MISERÁVEIS, PROPORCIONANDO-LHES ROUPAS E ALIMENTOS, ENCAMINHANDO-OS A UMA VIDA SADIA, PARA QUE POSSAM CONHECÊ-LO UM DIA. ABENÇOE TAMBÉM OS ALCOÓLATRAS E DROGADOS, RETIRANDO-OS DOS VÍCIOS QUE OS LEVAM À MORTE."
    Quem pratica uma dessas boas obras, demonstra amor, que é a essência do cristianismo verdadeiro. No resto de nada adianta as demais coisas.
    Que Deus abençoe a todos.

  2. É uma pena ver em que a dita "igreja de Cristo" está se transformando. Ao contrário do sentido prático da palavra eclésia, o 'ir para fora' tem se transformado cada vez mais no 'vir para dentro'. Igrejas preocupadas em angariar membros aos milhares, para enclausurá-los do lado de dentro, garantindo suas "sementes voluntárias" e ignorando o lado de fora, onde muitos morrem de fome.
    Não creio que uma igreja verdadeiramente alicerçada na Palavra possa ignorar a fome do próximo.
    Enquanto jatinhos, carros de luxo, redes de televião, etc, têm saciando a fome de poder de alguns líderes, multidões agonizam sem alimento e deixam de ser alcançadas pela solidariedade, por um gesto de amor.
    Deus tenha misericórdia de nós.

  3. A partir do texto, que nos alertam para a situação de letargia crônica em que a igreja hoje vive, talvez possamos no futuro nos conscientizarmos de que o mandamento de amar ao próximo como a nós mesmos não se cumpre apenas com a frequencia assidua ao templo, nem com as pregações vãs, ou com musicalidade apelativa e comercial dos artistas gospel, nem com proselitismo fundamentalista, mas com a efetiva preocupação com as nosso défic social, e com o outro.
    A igreja deve urgentemente deixar sua vertende mistica, supersticiosa, e se voltar a impactante realidade social de idosos, crianças, homens e mulheres desabrigados de dignidade moral, social e espiritual.
    Parabéns pelo alerta neste texto.

  4. Pois é… agora me conta outra, mas conta uma boa, em que os CRENTES resolveram estudar a palavra, não masi dar dinheiro a deriva e de olhos fechados a essa corja de boas vidas diga que resolveram abraçar mais causas nobres como a de desfavorecidos, feridos e excluidos…

    quem sabe né Léo quem sabe….

  5. Paz seja convosco, irmãos
    Leo, realmente sou ortodoxo, talvez porque não aceito o "estupro" da sã doutrina.
    No bom sentido, é claro.
    Quando digo estupro, me refiro a introdução forçada no seio do evangelho santo, casto e puro, de doutrinas expúrias, filosofias, psicologia e teorias, para torná-lo mais atraente, mais apetitoso, como o "fast food", do qual tivemos uma postagem recente em seu blog.
    Obviamente que o resultado é deveras desastroso, gerando as famosas heresias que tanto temos combatido em seu blog.
    Não acredito em uma pregação baseada num único texto bíblico, prefiro ver o contexto, para não correr o risco de ser enganado.
    Muitas vezes uma vírgula mal colocada compromete toda a compreensão de um texto, como aquela clássica frase de exame vestibular, na matéria de português, em que se pede para colocar a vírgula corretamente: "ENQUANTO O PADRE PASTAVA, O BURRO ORAVA."
    O correto seria: "ENQUANTO O PADRE PASTAVA O BURRO, ORAVA."
    Quando se está em dúvida sobre o verdadeiro significado de uma palavra em português, temos que buscar o dicionário, para ver a hetimologia da palavra, e até mesmo a semântica dos originais gregos ou hebraico.
    Não podemos deixar pairar quaisquer resquícios de dúvidas.
    Quero dizer ainda que não sou radical em termos doutrinários, aceito uma boa argumentação bíblica, desde que condizente com o evangelho, mesmo porque a teologia não é uma ciência exata, como a matemática e outros ramos afins.
    Não sei se terei tempo suficiente para continuar a dar meus pitacos em seu blog, porque a partir da semana que vem agora, estarei trabalhando, depois de um longo recesso.
    Na medida do possível, estarei visitando-o regularmente.
    Que Deus abençoe a todos.

  6. Amado irmão e pastor Leonardo,

    Fico feliz quando vejo jovens, como você, empenhados em um ministério que, ao contrário da igreja de Éfeso (Ap 2), não esqueceram as primeiras obras. Tenho por certo, quando me comparo a homens de Deus como você, que meu galardão é tão pequeno. Sinto, por diversas vezes, vergonha do fato de ter feito muito pouco, ou nada, a serviço do evangelho.
    Não estou em boas condições para uma contribuição generosa com seu ministério, mas já estou intercedendo para que o Senhor de supra em tudo. Continue neste chamado de missões!

    Jordanny Silva

  7. Evangelista Aluisio.

    Creio na transformação dos Homens pela vontade redentora de DEUS.
    A Palavra tem objetivos para Salvação da humanidade antes da volta de Jesus, porém, uma grande campanha de arrependimento quero iniciar. Alias, nunca participei de algo parecido na Igreja que esta instalada.
    O texto base para tal campanha esta no velho testamento, observe Joel 2:12 e 13
    O Senhor DEUS diz: Mas agora voltem para mim com todo o coração, jejuando, chorando e se lamentando.
    Em sinal de arrependimento não rasguem as roupas, mas sim o coração.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui