Paradoxos evangelicalóides: Para crentes que não têm medo de pensar

30
320
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por favor, alguém pode me explicar por que palavras como “paixão”, “fogo”, “glória”, “poder” e “unção” vendem muito mais CDs do que “graça”, “misericórdia” e “perdão”?

Assine o Blesss

Por que aqueles que mais falam sobre “prosperidade” evitam sistematicamente textos como Tiago 2:5, I Timóteo 6:8 e Habacuque 3:17-18?

Por que se fala tanto em dízimo, defendendo-o com unhas e dentes, mas quase nada se fala sobre ter tudo em comum e outras coisas como “ajudar os domésticos na fé” e “não amar somente de palavra e de língua mas de fato e de verdade”? Em qual proporção a Bíblia fala de uma coisa e de outra?

Por que em Atos 4, quando os apóstolos foram presos, a igreja orou de forma tão diferente do que se ora hoje? Por que não aproveitaram a ocasião pra “amarrar o espírito de perseguição”, pra “repreender a potestade de Roma”, ou coisa semelhante?

Por que Atos 2:4 é muito mais citado como modelo do que era a igreja primitiva do que Atos 2:42?

Por que todo mundo sabe João 3:16 de cor, mas tão pouca gente sabe I João 3:16?

Por que 90% ou mais dos cânticos congregacionais modernos são na primeira pessoa do singular (EU), quando a proporção nos salmos é muito menor?

Por que todo mundo aceita que Jesus curou e colheu espigas no sábado, aceita também que Deus ordenou que seu povo matasse vários povos rivais, mas se escandaliza absurdamente quando alguém diz que Raabe fez certo ao mentir para preservar duas vidas? O que vale mais, em situação de conflito, que um soldado pagão saiba a verdade ou a vida de dois homens? Será que se Raabe tivesse dito a verdade, teria sido elogiada em Hebreus 11?

Por que quase tudo que se vende numa livraria cristã foi produzido nos últimos 50 anos, se nosso legado é de 2.000 anos de História do Cristianismo? O que aconteceu com os outros 19 séculos e meio?

Por que os cristãos creem que o homem foi nomeado por Deus como o responsável pela criação, e que tudo que Deus criou é bom, mas são os esotéricos os que mais lutam pela defesa do meio-ambiente?

Por que todos os ritmos de origem na raça negra até hoje são considerados por alguns como diabólicos?

Por que se canta tanto sobre coisas tão etéreas como “rios de unção” e “chuvas de avivamento”, ao passo que Jesus usava sempre figuras do cotidiano para ensinar, como sementes, pássaros e lírios?

Por que se amarra, todos os anos, tudo quanto é “espírito ruim” das cidades, fazendo marcha e tudo, mas as cidades continuam do mesmo jeito? Aliás, se os “espíritos ruins” já foram “amarrados” uma vez, por que todo ano eles precisam ser “amarrados” de novo?

Por que se canta todos os dias “Hoje o meu milagre vai chegar”? Afinal, ele não chega nunca? Que dia está sendo chamado de “hoje”?

Por que Jó não cantou “restitui, eu quero de volta o que é meu”, nem declarou ou amarrou nada, muito menos participou de “campanha de libertação” quando perdeu tudo?

Por que nós nunca vamos ao médico e pedimos, “doutor, dá pra queimar essa enfermidade pra mim por favor”? Por que então se ora pedindo isso pra Deus? Seria correto orar assim pra Deus curar alguém enfermo por causa de queimadura?

Por que não se faz um mega-evento evangélico, desses que reúnem um milhão de pessoas ou mais, pra fazer um mutirão para distribuir alimentos aos pobres ou ainda para recolher o lixo da cidade? Aliás, por que se emporcalha tanto as cidades com óleo e outras coisas nos tais “atos proféticos”? Não seria um melhor testemunho limpá-la ao invés de sujá-la?

Por que as rádios evangélicas tocam tanta coisa produzida por gravadoras ricas e nada produzido por artistas independentes?

Por que se faz apelo ao fim de uma “pregação” que não fez qualquer menção ao sangue, à cruz, ao arrependimento, ou sequer ao pecado?

Por que Deuteronômio 28:13 (“o Senhor te porá por cabeça, e não por cauda”) é tão citado, ao passo que I Coríntios 4:11-13 (“somos considerados como o lixo do mundo”) ninguém gosta de citar?

Será que ninguém percebe que algo anda muito errado com o evangelicalismo brasileiro?

Eu só queria saber…

***
Púlpito Cristao [Enviado por e-mail]

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

30 COMENTÁRIOS

  1. Hoje eu tive uma imensa alegria ao abrir esse blog, embora o trabalho feito aqui seja muito elucidativo, este artigo alegrou meu coração, pois ele não trata de superficialidades, mas traz questionamentos que deveriam ocupar a nossa mente a ponto de nos constranger, assim como Paulo dizia: (O amor de Cristo me constrange 2co 5:14), mas por que nos constrange? Porque Cristo morreu por todos logo todos estamos mortos, vivendo então para Deus(pelo menos assim que deveria ser)conhecendo a sua graça, amor e vontade, nos tornando crentes maduros que não são levados por ventos de doutrinas, mas tendo o nosso fundamento em amor, podendo perfeitamente compreender com todos os santos qual seja a largura, o comprimento, a altura e a profundidade; e conhecer o amor de Cristo que excede todo entendimento para sermos cheios de toda plenitude de Deus.
    Talvez uma resposta simples a todos os POR QUÊS seja: Porque ainda não conhecemos a Deus! Nos subjugamos de tal forma aos nossos conceitos que não damos espaço ao Espírito Santo para que Ele revele a Plenitude de Deus à nós, pois é mais fácil viver esse "evangelho" da comodidade, onde não é preciso pensar, renunciar, amar, perdoar ou santificar, do que viver o evangelho da comunhão, do amor ao inimigo, do perdoar e não amaldiçoar, do aquele que quiser vir após mim negue-se a si mesmo tome a sua cruz e siga-me, do sede santos pois Eu Sou Santo, do culto racional, enfim, temos que voltar ao primeiro AMOR, ou será que nunca estivemos nele?
    Obrigado pela reflexão!

  2. Alguém já contabilizou a quantidade de óleo ungido que já foi derramado pelo Brasil afora? A quantidade de atos proféticos para mudar a nação? A quantidade de bíblias que foram enterradas pelos quatro cantos do Brasil? A quantidade de demônios que foram amarrados? Onde estão as pessoas que ficaram rica$ por causa das $emente$ (de R$ 900,00 de R$ 1000,00)? Por tudo isso o Brasil já era pra ser o paraíso. Pelo amor de Deus, voltemos ao Evangelho.

  3. Eu tambem espero essa resposta Leo…todos os dias…so pela graça mesmo e pela promessa que o Senhor nos fez que estaria todos os dias conosco ate a consumaçao dos seculos, so por isso eu ainda to aguentando, mas ta de dar nojo… evangelhinho porco que estamos vendo…eu luto tds os dias pra me manter firme no verdadeiro evangelho de Cristo…tenho medo eh do que as novas geraçoes vao saber sobre o cristianismo…porque nesse tempo que vivemos poucos bons exemplos temos…Carol Barroso (Misericordia e Graça Senhor…)

  4. isso é só o começo!!! tem tantas outras…
    por exemplo : de quem e do que o querubim aferidor estava guardando o jardim se o mal ainda não existia pois ainda não tinha se rebelado, estaria ele quardando o jardim dele mesmo??? Ezequiel 28:14.

  5. Vaidade no comprimento da saia, no cumprimento da lei
    Vaidade exigindo prosperidade por ser o filho do Rei
    Vaidade se achando a igreja da história
    Vaidade pentecostal
    Vivendo e correndo atrás do vento, tudo é vaidade
    Vaidade juntando a fé e a vergonha Chamando todos de irmãos
    Vaidade de quem esconde a verdade Por ter o povo nas mãos
    Vaidade buscando Deus em si mesmo Querendo fugir da cruz
    Não crendo e sofrendo, perdendo tempo Tudo é vaidade
    Falsos chamados apostulados do lado oposto da fé
    Dinheiro, saúde, felicidade aquele que tem contra aquele que é
    Rádios, tvs, auditórios lotados ouvindo o evangelho da marcha ré
    A morte se esconde atrás dos templos Tudo é vaidade
    AONDE ESTÁ A HONRA DOS ORGULHOSOS A SABEDORIA MORA COM GENTE HUMILDE
    LIBERDADE LIBERDADE

    "Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido" Mateus 5:18

    Glória a Deus, Jesus está voltando!!

    Não fiquem desanimados com o mundo (que jaz no maligno), olhem para o alto, ajunte tesouros no céu, "pregue o evangelho a todo momento; se necessário use palavras.".

    Paz!!!

  6. Eu também quero saber! Afinal, grande parte das questões levantadas no texto fazem parte de meu rol de "coisas" que não consigo entender no mundo cristão. Por exemplo: O principio básico e essencial do culto a Deus é o de exaltar seu poderoso nome e seus grandes feitos. Elogiar o nome do Senhor pelo o que Ele é, mas não é isso que vemos e ouvimos nas igrejas, mais se valoriza o ser criado do que o Criador. Letras de música que cobram coisas de que não temos direito algum de cobrar. Pregações que parecem mais consultas a psicanalista do que alimento espiritual: Você é vencedor, Você pode, Você tem direito, Você tem que determinar, Você tem que cobrar de Deus a Suas promessas, e assim vai.

    Eu costumo dizer que "debaixo do meu pé somente a sola do meu sapato, e olhe lá!". Fora disso sou totalmente dependente de Deus e de Sua soberana vontade. Cabe a mim, abrir meus ouvidos para escutar e praticar o que o Espirito Santo me orienta através da Sua Palavra, a Bíblia Sagrada.

    Uma palavra pregada no pulpito, que não leva o ouvinte a uma meditação, ao arrependimento, a confissão de pecados, a conversão, não adianta de nada. As pessoas estão indo às igrejas para verem "um caniço agitado pelo vento". Se o vento muda, muda, também, a direção do caniço. Não é isso que vemos todos os dias? Todos os dias inventam coisas novas para atrair os crédulos incautos.

    Uma Palavra pregada sem cruz, sem sangue, sem morte para uma vida antiga de pecados e um novo nascimento e conversão e prática de santificação, não vale de nada! Pura vaidade! Pura perda de tempo para os ouvintes e duro castigo reservado para os preletores, falsos profetas, pois anunciam aquilo que Deus não lhes ordenou que anunciassem.

    Todas as questões levantadas devem fazer parte de nossos pensamentos. Devemos analisar se estamos fazendo parte deste circulo porque: Algo anda muito errado com o evangelicalismo brasileiro!

    Publicado também no PC@maral.

  7. Paz,

    Parabéns pelo texto!
    Gostaria de inserir outra pergunta: "Por que será que os crentes brasileiros acham que podem atrair o favor de Deus por méritos próprios? Como se Deus estivesse de braços cruzados e a igreja que tiver a 'oração mais forte' vence e obriga o Todo-Poderoso a agir?"

    Misericórdia….

    Abs,
    Vinicius Morais
    —-
    Visite: Refletindo a Graça
    http://refletindoagraca.blogspot.com/

  8. Parabéns ao texto, muito bom mesmo.
    Mas é triste vermos o Evangelho de Cristo rodeado de tantos "porques'.
    Triste realidade por conta de tantas vãs doutrinas espalhadas por esse brasilzão adentro.

  9. Carol Barroso,
    Obrigado por dividir comigo este peso, tenho tentado ver quem são os verdadeiros cristãos, mas tem estado cada dia mais dificil, na verdade se formos fazer um comparativo entre a maioria dos crentes de hoje e os fariseus, os fariseus seriam considerados santos, por isso sigo as ordens de Jesus que dizia: Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para a vossa alma Mt 11:29.

    PRUDÊNCIAS, agradeço pelo carinho ao meu texto, que foi escrito com toda a verdade que há em mim, pena não ter conseguido entrar em seu blog, será que o endereço que vc postou não está errado?
    Se quisér pode mandar para o meu email que é: nadoribeiro@hotmail.com
    Fiquem na PAZ!

  10. Tantas perguntas sem uma resposta satisfatória… eu me pergunto também por que tanta gente contribui para o crescimento desse evangelho podre, enquanto nas igrejas onde o verdadeiro e precioso evangelho há pouca contribuição…

  11. É legal saber que a Mensagem que a Bíblia traz ainda encontra corações dispostos a ouvir e ler.
    É bom saber que muita "gente boa" não se entrega ao ritmo e nem se submete a emoção mas, deseja sinceramente a pregação da palavra da Cruz em seu momento d louvor.
    "Paixão", "fogo", "glória", "poder" e "unção" vendem muito porque "Cruz", "compromisso", "sujeição", "reverência" e "humildade" já não são palavras de ordem nas igrejas, quer na físicas, quer na espiritual.
    Tal como dizia Lutero, não devemos deixar para o diabo os melhores ritmos, nem as mais sublimes emoções, mas entregar-lhe o culto que deveria ser ao Senhor dos senhores com uma promoção de homens e mulheres em "baladas" sensuais e hedonistas, não sei para onde vamos.
    A música é o melhor modo de propagação do Evangelho, assim entendiam alguns filósofos e muitos dos nossos hinistas clássicos.
    o que temos pregado com a musica em nossas igrejas será mesmo o EVANGELHO?

    Paz e Bem!

  12. Quer mesmo saber?

    Não há paradoxo nenhum!

    As igrejas evangélicas são como a nave Voyager: à 9.000.000.000Km de distância do Sol (Jesus, Bíblia) e se afastando cada vez mais.

    * * *

    Hey, Moacir! Você simplesmente não captou a mensagem do post!

    atos17.blogspot.com

    * * *

  13. Gandhi lutava sem armas e tentava vencer o conflito por meio da paz. Xico Xavier segundo se publica não era rico. Será que esse pessoal conhece a Jesus de uma maneira mais profunda do que nós cristãos? Será que eles perceberam melhor do que nós que dar é melhor que receber?
    "Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que Me ama". João 14:21___ALEX

  14. Esse blog me enche de esperança. E esse texto diz muita coisa que eu vivo dizendo quando vejo tanta barbaridade usando o santo nome de Jesus. Não quero me vangloriar não.estou é feliz de ver que ainda existe lucidez nesse meio tão podre.Mas tenho esperança de ver a mudança.

  15. Natalia,

    Você nao é a única sem escamas nos olhos. A verdade de Deus tem se revelado a muitos coraçoes. É verdade que as instituiçoes estao cada vez mais falidas, mas lembremos que a Igreja de Cristo transcende a tudo isso. Ela é um corpo e um mistério! (e NÓS estamos inseridos nela… e nós SOMOS esta igreja)

    Grande abraço e obrigado pelas palavras amáveis e animadoras,

    Léo.

  16. Ótimo, ainda há gente que faz as mesmas perguntas que eu.
    Grandes questões como essas estão ligadas à 'matriz' do cristianismo primitivo. A igreja hoje mais 'amarra', prega cura, prosperidade e um "cristianismo social" e politicamente correto do que se preocupa com o que é essencial:
    – o arrependimento de João Batista;
    – levar a cruz e negar-se a si mesmo, tornar-se discípulo;
    – a volta de Jesus;
    – a obra missionária.
    Se essas coisas fizeram parte da pregação de Jesus já no evangelho de Mateus, poderíamos nem conhecer o restante da Bíblia pra podermos andar na Verdade. Porque a Palavra é viva e fala sozinha, mas os homens usam o cristianismo como ponte para outras coisas materiais, enchem de suas próprias 'sábias' interpretações em busca de 'liderança', e é dessas impurezas que surge um cristianismo sem Cristo, centrado no eu.

  17. Paz, irmãos!
    A grande verdade mesmo é que tudo está errado no meio evangélico hoje, talvez necessitemos de uma contra reforma religiosa, para separarmos o joio do trigo.
    Ainda bem que nem tudo está perdido, ainda tem gente boa no meio evangélico, que tem uma cabeça iluminada, como o Leo, o qual destemidamente combate os modismos e acréscimos feitos à sã doutrina, gerando toda essa parafernália gospel e neopentecostal que tanto nos enoja.
    O crente hoje tem que raciocinar, tem que confrontar tudo com as escrituras sagradas.
    Voltemos a simplicidade do verdadeiro evangelho de Jesus Cristo, basta de heresias.
    Que Deus abençoe a todos.

  18. Excelente texto!
    Domingo, a igreja em que congrego, entoava o seguinte cântico: …"Leva-me aos cativos…preciso ir mais alto…"
    Ao término do culto, convoquei a igreja que se "prontificava a ir aos cativos"(já que cantaram dessa forma), a um evento evangelístico, onde teriam a oportunidade de "ir aos cativos", de anunciar a Salvação em Jesus; atônitos, começaram as desculpas, as saidas, as caras e bocas indiferentes ao evento, por fim; de uns 150 presentes, permaneceram uns 15 dispostos a IR.
    Então, aproveitei e disse: – Porque se "canta",deixa-se envolver pela emoção,lágrimas, mãos levantadas, esterísmos, "santidade camaleônica", se na hora de "IR aos cativos", o que se canta, não é o que se vive?"(Já dizia João Alexandre)!!
    Passei estes dias em fte de um templo de determinada denominação, e estava lá uma enorme faixa: "Hoje, a grande Batalha do Arcanjo" – (Quase tirei uma foto, não o fiz por que não sei como enviar a vocês).Já ví o filme "A Batalha do Atlântico", mas essa Batalha do Arcanjo, imaginei como seria…rssss
    Infelizmente é isso que presenciamos nestes Últimos dias amados…
    Heresias, Meninices, Invenções, Loucuras, Desvarios gospel;Onde a coisa vai parar? Se é que vai parar!!
    E ainda há loucos e inconsequêntes que vem até aqui, em defesa destas teoloucuras!!!!!!

    Paz!

  19. Na minha opinião:
    tudo isso ocorre por COMODISMO
    O cristianismo hoje não não é mais o verdadeiro e genuíno, pois as pessoas não querem sair de sua "zona de conforto".
    Não há mudança real de vida, apenas "adequação" da palavra de Deus com os objetivos que querem atingir.

  20. …concordo com muito do que foi escrito, realmente temos e DEVEMOS pensar (Romanos 12:02; Atos 17:11), mas pensar e ser honesto para ambos os lados, a pergunta abaixo, por exemplo, no meu ponto de vista, não faz sentido:

    "Por que se canta todos os dias "Hoje o meu milagre vai chegar"? Afinal, ele não chega nunca? Que dia está sendo chamado de "hoje"?"

    É claramente como uma declaração de que, pela fé, o milagre chegará HOJE. Mas e se não chegar? Vamos culpar quem canta por não ter fé suficiente ou não permití-lo cantar outra vêz?

    Certamente não será apenas a canção que irá levá-lo a crêr, mas também esta música não está atrapalhando em nada na pregação deste evangelho que o pessoal aqui do Pulpito Cristão tanto defende!

    Sim, devemos ser criteriosos, mas com o devido cuidado para não ser exigente além daquilo que praticamos, afinal, para qualquer um falar é fácil!

    Gostaria que, se alguém quiser responder este comentário, o faça com educação e com o testemunho que tanto cobra dos outros, sem grosseria, sabendo aceitar opniões contárias. É o mínimo!

    Edinelson Lopes
    Será que somos tão criteriosos conosco como somos com os outros?

  21. QUAIS DE VÓZ SOIS PERFEITOS ,OU PODE UM JUGAR ANTES DE NASCER,OU HOMEM ANTES DE MORRER;QUE PALAVRAS BONITAS, O QUE VOCES FIZERAM PARA MUDAR ISSO QUE QUESTIONA,EU SOU VIDA CAMINHO E LUZ;E VÓZ QUEM SOIS.(EVERTONANDRADE33@YAHOO.COM.BR)

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui