Mulher mata e esquarteja os pais para pagar o dízimo da Igreja Universal

24
232
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Uma jovem de 24 anos assassinou dois idosos, seus pais adotivos, e ainda esquartejou seus corpos na manhã deste domingo, em Timon (MA).

Segundo a Polícia, Lineusa Rodrigues da Silva teria matado Joana Borges da Silva e Lourival Rodrigues da Silva porque eles se recusaram a dar dinheiro a ela. O crime ocorreu por volta das 8 horas da manhã, na Vila Angélica, na cidade maranhense.

Um machado e um pedaço de pau foram os instrumentos utilizados no duplo homicídio.

Ao prestar depoimento à delegada Wládia, da Central de Flagrantes de Timon, a acusada declarou que precisava do dinheiro para pagar o dízimo de sua igreja.

Assine o Blesss

Veja as fotos dos instrumentos do crime e leia a matéria completa no…

Comentário de Clóvis Cabalau:

Esse caso chocou a todos aqui no Maranhão e, infelizmente, é mais um exemplo de uma pessoa desequilibrada mentalmente que caiu nas garras de uma igreja que não mede escrúpulos para conseguir arrancar dinheiro de seus membros.

Evidente que a tragédia repercurte da pior maneira entre as pessoas não crentes, ajudando ainda mais a manchar a imagem das igrejas evangélicas. Infelizmente a morte dos pais dessa moça não vai servir de exemplo para que as igrejas que professam a heresia da prosperidade reflitam sobre o perigo que essa falsa doutrina representa às pessoas de mente confusa ou doentia, como é o caso dessa jovem.

Oremos, irmãos, oremos.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

24 COMENTÁRIOS

  1. A Paz a todos,
    Esse caso chocou a todos aqui no Maranhão e, infelizmente, é mais um exemplo de uma pessoa desequilibrada mentalmente que caiu nas garras de uma igreja que não mede escrúpulos para conseguir arrancar dinheiro de seus membros. Evidente que a tragédia repercurte da pior maneira entre as pessoas não crentes, ajudando ainda mais a manchar a imagem das igrejas evangélicas. Infelizmente a morte dos pais dessa moça não vai servir de exemplo para que as igrejas que professam a heresia da prosperidade reflitam sobre o perigo que essa falsa doutrina representa às pessoas de mente confusa ou doentia, como é o caso dessa jovem. Oremos, irmãos, oremos.

  2. Uma pessoa desequilibrada comete uma loucura e a culpa é de uma igreja?
    parem com isso!!!!
    Doido é doido!!!!
    Que a universal é complicada é, mas culpá-la de um crime é loucura, assim vcs se tornam tào doido como a moça aí!!!

  3. Como a Universal não é culpada, se os seus lideres (a maioria) são portadores de neuroses eclesiásticas. Quando eles mesmos induzem as pessoas psiquicamente frágeis a dizimar, é claro que têm a sua parcela de culpa em crimes como esses.

    Para esses líderes que sofrem de delírio religioso, existe tratamento psiquiátrico. Infelizmente, no seu fanatismo doentio, esses insanos e falsos pastores se valem da máxima maquiavélica de "Os fins justificam os meios", para encherem os bolsos de dinheiro.

    Com a palavra o Ministério Público.

  4. existem ambientes onde as "loucuras" encontram espaço para expandir.

    A moça não "bate bem"? sim

    algumas igrejas neopentecostais que professam a teologia da prosperidade geram ambientes propicios a manifestação de núcleos psicoticos? sim

    é fato.

  5. Pastor Ranieri
    desculpe, mas eu fico admirada de ver o senhor dizer uma coisa desta, como a Igreja não é culpada?? será que a Igreja não trata dos seus doentes? será que ela não conhece os seu enfermos, aliás a Igreja é pra acolher e não arrancar dinheiro de uma pessoa desequilibrada, infelismente esta não é a unica. Então a Igreja é culpda sim, ela tem por obrigação conhecer seus membros, se quer dízimo tem que pelo menos conhece-los!!

  6. Que ponto que chegamos…

    A "sorte" dela é que esse crime não foi cometido em um país aonde a Justiça é séria. SE fosse nos EUA por exemplo essa mulher seria uma jovem candidata a morte (e com toda razão). Afinal eu sou da opinião que a pessoa deve ser punida conforme as leis daqui e depois se Deus vai punir de alguma forma cabe a Ele.

    Mais é triste ver uma situação dessas. Que a igreja Universal não presta, todos nós sabemos. Mais isso não justifica o que ela fez. Nenhuma pessoa normal mataria o pai e mãe por causa de igreja ou por qualquer outro motivo.

    Agora se for comprovada a culpa da Igreja, ela deve ser punida. Apesar que isso eu acho pouco provável, ainda mais se tratando de Brasil.

    Enfim.

    Abraço

  7. Bem, meus amigos… precisamos separar bem as coisas!

    Concordo plenamente que algumas igrejas (incluindo a Universal), fazem mesmo muita pressão para "arrancar" dinheiro dos fiéis. Criam as mais absurdas heresias e insanas campanhas, sem qualquer fundamento bíblico, com um bojo doutrinário totalmente desequilibrado. Certamente darão conta disto ao Criador…

    Todavia, acho desequilibrado também (senão, precipitado), culpar a igreja (qualquer que seja), por tamanha loucura e crueldade. Devemos comprender que a maldade está presente nos corações dos homens sem Deus, que há espíritos malignos que levam pessoas a matar, e que há doenças psíquicas que podem gerar distúrbios terríveis, etc. No entanto, nada pode justificar o assassinato de pessoas. Uma igreja não pode ser responsabilizada pela crueldade ou insanidade de qualquer pessoa!

    Mas, façamos justiça: fanatismo religioso pode ser produzido por falsos ensinos, mas nem mesmo qualquer tipo de fanatismo pode justificar casos semelhantes.

    Abraço fraterno à todos…

    (Ahhh….! Achei melhor e mais limpo o novo visual do blog, que já nem está mais tão novo assim…rs)

    No mais… Paz!

    Pr. Jesiel Freitas

  8. Não tem nem o que se comentar.
    O que aconteceu é fato.
    A mulher sofre distúrbios mentais e foi induzida a conseguir o dinheiro a qualquer custo, sendo assim uma pessoa que não tem sua saúde mental perfeita pode acarretar situações irreversíveis como essa.
    Obs.: não estou acusando a igreja citada em si, mais qualquer local que essas pessoas freqüentam tem que se ter um acompanhamento adequado para não surta, e levar ao extremo o que é mais enfatizado nesses locais; nesse caso o dinheiro.

  9. Oi Léo,

    Moro em Teresina, a 10Km de Timon. Essa noticia também repercutiu no Piauí, assisti a entrevista da Lineusa ao vivo. Ela está sendo acompanhada por um psicologo, um psiquiatra e um pastor da igreja presbiteriana porque foi diagnosticada: Psicopata, esquizofrenica e endemoninhada (muita coisa, não?).

    A igreja foi o fator desencadeador do crime, mas não pode ser considerada responsável. Lineusa tem distúrbios, perceba que sua fala, é totalmente desorientada. Infelizmente, a religião contribuiu para seu estado de alienação. Ela precisa de tratamento e sem dúvida, de um ambiente sóbrio e equilibrado para congregar.

    Deus o abençoe.

  10. Bom… é claro que é infantil "culpar" a igreja, afinal é claro que essa joven já tinha uma tendencia e bastou um estimulo para ela ir adiante na loucura, mas é importante observarmos que isso só mostra que as igrejas com a atual postura de superlotar seus templos, e pregar prosperidade, não cumpre mais o papel que nos foi delegado por Jesus, que é o de amar, de cuidar, de acolher e aconselhar, não dá para a igreja ficar "catando" um por um dos membros para saber quem é doido, ou não, mas as pregações, os estudos biblicos, os aconselhamentos tambem são para isso, para por meio da palavra levar as pessoas a mudar, a ser uma pessoa melhor.
    POrtanto esse fato prova que igrejas com a visão equivicada que temos visto, estão falhando graveente.

  11. Indiretamente a igreja é culpada, pois pede ofertas a todo custo. Já inventaram até o trízimo. Quando mentes desequilibradas como esta, são alimentadas por promessas que eles (profetas, pastores, apóstolos, bispos) não podem cumprir (quem dá, segundo a Sua Graça, é Deus)mas, mesmo assim pregam, estão dando a oportunidade de coisas dessa natureza se manifestarem. Por que não pregam o amor ao próximo, ao Sagrado? Por que não pregam compaixão, a Palavra, Jesus? Que pai e mãe são sagrados, que Jesus derramou seu sangue e morreu, morte de cruz, para nos livrar do pecado e da morte. Isso não vejo sendo pregado! Só benção, benção, benção, trocadas, é claro, por dízimos, trízimos, ofertas, correntes, fogueiras, toalhinhas, cruzadas, campanhas! A igreja (instituição) está cada vez mais decepcionante, nos últimos tempos!

  12. Ué, não entendi nada. Dizimo tomado na marra dos pais para entregar na igreja? Ora, o dizimo não é sobre o que recebemos por trabalhar ou de terceiros? Mas sem ser na marra. Será que assaltantes de bancos dão dízimos nesta denominação?

  13. É claro que a liderança da IURD tem culpa, as pessoas com doenças psiquicas devem ser tratadas como tal, demonio é demônio, psicopatia, sociopatia e debilidade mental são bem diferentes.
    Como estas pessoas vão receber este apelo descarado, megalomaníaco?
    Uma criança tem dificuldades, quanto mais.
    Isso é fruto da irresponsabilidade e da falta de pregação do verdadeiro evangelho. Pior, é consequência da disseminação desta que se diz igreja de Deus e não passa de uma seita, ou melhor, de uma empresa voltada para a extorção e manipulação de pessoas.

  14. É o que dá… Todo doente mental é tido como "endemoninhado" em igrejas neopentecostais de "milagres a baldes".

    Aí os doentes vão num show desses de "desencapetamento" nelas, os "pastores" ganham seu dinheiro e vão rir da cara do povo nos bastidores, até que os vídeos das risadas vão parar no Youtube, e o doente permanece doente, mas com uma religião diferente à quê deve dar dinheiro.

  15. Boa noite…

    Só por curiosidade: sempre visitei o púlpito cristão, tenho-o como um dos links que ofereço em minha página, e sou um dos seguidores que o admira; porém deixei um comentário nessa postagem e ele não foi publicado.

    Gostaria de saber a razão, por favor. Creio que discordei educadamente de um ponto de vista, mas ficarei realmente decepcionado se perceber que há parcialidade na seleção de comentários, exceto, claro, àqueles desrespeitosos.

    Grande abraço ao caro Leonardo Gonçalves, e aguardo uma resposta.

    Atenciosamente:

    Pr. Jesiel Freitas

  16. De fato a Teologia da Prosperidade e outros ensinos e práticas dessa e de diversas outras igrejas pode desequilibrar pessoas mentalmente sãs (supondo que existam) e piorar ainda mais o estado daquelas que estão nos limites da sanidade.

    Por outro lado, precisamos ser ponderados. Quem garante que ela não é uma drogada que está usando esse pretexto para atenuar sua situação jurídica? Pessoas perversas estrategicamente se passam por religiosas para camuflar sua maldade e tirar proveito do ambiente de confiança.

    SE ela é uma pessoa (1) com distúrbios mentais e (2) perigosa, será que estes dois fatos eram suficientemente evidentes para leigos da igreja local perceberem? Depois que o mal acontece é fácil dizer que era evidente. Mas somente um especialista pode diagnosticar certos casos e às vezes até eles se enganam.

    E talvez ela não seja membro de uma igreja, mas mais um dos muitos "evangélicos sem igreja específica" que só ficam alguns meses ou semanas em uma comunidade e mudam para outra e repetem o ciclo.

    Além da questão da qualificação para diagnosticar, o que líderes de qualquer grupo religioso podem fazer quando uma pessoa apresenta indícios de distúrbios de personalidade ou mesmo mentais?

    Existem limites democráticos. Nenhuma pessoa aparentemente sóbria pode ser ajudada contra a vontade. Mesmo denunciar tem limites. Há casos em que pais idosos são maltratados, os vizinhos denunciam e os pais desmentem, anulando o poder da acusação.

    E se era evidente o perigo, a obrigação primária de tomar medidas preventivas era da família, não da igreja (1Timóteo 5:3-8).

    Não estou defendendo a IURD. Discordo profundamente da Teologia da Prosperidade e de muitos outros ensinos e práticas gospel. Não estou desculpando ninguém nem acusando ninguém.

    Estou defendendo a análise justa de cada caso, independentemente do grupo religioso ao qual uma pessoa acusada pertença. É o que cada um de nós gostaria que os outros fizessem se um crime desses fosse feito por um suposto membro do nosso próprio grupo religioso. Não podemos ter dois pesos e duas medidas.

    * * *

  17. Infelizmente os pastores esqueceram, ou excluiram de suas biblias, um dos versiculos finais de apocalipse, onde diz: "… e quem quiser receba DE GRAÇA a água da vida". Como é dificil ouvir nas igrejas esse versiculo e tantos outros que afirmam que a salvação É DE GRAÇA. O dízimo e o ´sabado tem suas principais orientações no antigo testamento que afirma ter sido abolido. Os pastores negam veemente a guarda do sábado,mandamento que foi escrito pelo próprio Deus com seu dedo, mas tratam o dízimo como a principal das doutrinas. Porquê, ora porque é fonte de lucro real aqui mesmo na terra.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui