Copa do Mundo 2010: Pra frente Brasil!

5
444
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Clóvis Cabalau

Assine o Blesss
Faltam menos de dois meses para a Copa do Mundo da África do Sul e os brasileiros já contam as horas para torcer por seus heróis canarinhos. E enquanto o grande momento não chega, os nossos craques se ocupam, nas horas vagas, em divertir a “pátria de chuteiras” atuando em comerciais de TV de toda natureza [dia desses assisti ao Robinho falando que o gol mais importante de sua carreira foi o Gol branco que seu pai usava para levá-lo aos treinos nos tempos de garoto. Coincidência, não?].

Em matéria de comerciais, esses caras jogam mesmo “um bolão”. Já o “nosso” xerife, o eterno capitão Dunga, preferiu atuar em um comercial de cerveja. Que belo exemplo! Ninguém como ele – um cara centrado, inteligente, o manda-chuva, O CARA -, para nos dizer que, na Copa, a melhor jogada é encher a cara de cerveja enquanto os nossos “craques” [de bolso cheio, claro] dão show nos estádios da África do Sul. E se a “nossa” Seleção perder, não tem problema: Nada que um “bom” porre não resolva. Agora, se vencermos, o negócio é ‘bebemorar’ até cair. Afinal, se o Dunga está dizendo que beber é bom, quem somos nós, reles mortais, para dizer o contrário.

Mas não se esqueça: se for beber não dirija. Encha a cara em casa mesmo ou volte do bar de táxi, ou carregado pelos amigos que continuarem de pé. Afinal, são os “nossos” heróis que estão dizendo que beber é “muito legal”.

Não esqueça: faltam menos de dois meses para a Copa do Mundo. Pra frente, Brasil!

***
Clóvis Cabalau edita o blog Crente Pensante e é colunista do Púlpito Cristão
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

5 COMENTÁRIOS

  1. No Orkut existe uma comunidade com o seguinte nome:

    "PREFIRO SUBIR QUADRADO."

    É infinitamente melhor do que descer redondo.

    Incrível o que existe por trás de uma competição esportiva. Infinitamente maior é a competição financeira. Mais incrível ainda é colocar técnico de uma seleção de futebol, um esporte que gera saúde, a fazer propaganda de cerveja. Me lembra quando eu era do mundo, e me reunia com a família para assistir a copa e beber cerveja até não poder mais. Quanto tempo eu perdi. Ainda pago o preço por isso hoje.

    Esse ano vai ser diferente, porque agora torço para um time que não tem jogadores, tem servos determinados, e que nunca perde. sempre é campeão por antecipação.
    No comando não está um técnico, está um Rei.
    Jesus Cristo, o filho de Deus.

    Aleluia.

  2. Paz seja convosco
    Irmãos, não sei qual a religião do nosso "Rei Pelé", nem sei ao menos se professa alguma, mas sei de uma coisa, sua postura é mais exemplar do que muitos dos evangélicos que conheço.
    Certa feita ouvi uma entrevista dele, há muito tempo, pouco depois dele ter dependurado suas chuteiras, quando disse "textualmente", em alto e bom som, "JAMAIS FAREI COMERCIAL EM QUE TENHA COMO PRODUTO ALGO DESTRUTIVO PARA A SAÚDE HUMANA". O reporter lhe questionou: mas e se pagarem bem, ou te fizerem uma proposta tentadora?
    Mesmo assim, não irei contra os meus princípios, pois dinheiro para mim não está em primeiro plano na minha vida.
    Até hoje ele deve estar cumprindo à risca com o prometido, mesmo porque nunca o vi fazendo propagandas de cigarros, quando ainda era permitida a divulgação, e de cervejas ou outra substância nociva à saúde.
    Hoje vemos pessoas "importantes" da sociedade, tais como atores, atletas e outros que, bastou ganhar alguma projeção na mídia, a primeira coisa que fazem é tirar a roupa para pousar nu, e dai por diante fazer qualquer coisa, desde que seja lucrativo.
    Como se diz: "Se pagar que mal há?"
    Ah, não se iludam, existe muitas pessoas que se dizem "evangélicas" que gostam de uma "manguaça" de vez em quando.
    Eu não os condeno, mesmo porque o próprio Jesus Cristo não somente tomava vinho, como o fabricou numa festa de casamento.
    Muitos dizem que aquele vinho não era produto fermentado e que, portanto, não tinha álcool.
    Essa é uma outra estória!
    Paulo aconselhou um dos seguidores a tomar vinho, para uma enfermidade do estômago, e uma das condições ou pré requisitos para ser obreiro, naquela época, era ser marido de uma única mulher, ter controle na disciplina dos filhos, e uma conduta moral ilibada, e, por último, não ser dado a "muito vinho", em outras palavras, um pouquinho de vez em quando podia, afinal, ninguém era de ferro, nem mesmo naquela época.
    Sabemos que é próprio da cultura judaica a ingestão do vinho.
    Particularmente, como cristão, sou contra a escandalização, porque o diabo está ao nosso derredor, tentando nos tragar, e querendo ter motivos para nos acusar.
    É óbvio que o crente jamais deverá beber em público.
    Sabemos que os alcoólatras não herdarão o Reino de Deus, e, sendo o nosso corpo templo do Espírito Santo, não devemos ingerir algo destrutivo e maléfico à nossa saúde física e mental.
    Somos livres para provar todas as coisas, porém nem tudo nos convém.
    Que Deus abençoe a todos.

  3. Irmão Henrique, e a coca cola? Não tem álcool e nem por isso e menos prejudicial à saúde. Não estou querendo justificar, tampouco explicar os exageros do marketing. Culpar a cerveja, o vinho, ou o que quer qeu seja, é muito cômodo.
    Equilíbrio e bom senso. Isso sim.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui