Música do Mundo e a Graça Comum

177
1030
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Renato Vargens

Assine o Blesss
Talvez por ignorância, parte dos evangélicos em nome de Deus dicotomizaram a existência dualizando o mundo. Infelizmente fundamentados numa pseudo-espiritualidade, um número imensurável de cristãos tem ao longo dos anos avaliado como profano e imoral tudo aquilo que não brota dos arraiais evangélicos. Para estes, quem ouve musica do mundo ou vai ao teatro assistir uma peça, cede às tentações do diabo. Segundo esta perspectiva, a arte, a cultura e a música secular foram “divinamente satanizadas”.

Bom, antes que seja apedrejado pelos religiosos de plantão, é importante salientar de que Deus estabeleceu como ordem a graça comum. E que esta é a fonte de toda, cultura, e virtude comum que encontramos entre os homens. Em outras palavras isto significa que Deus em sua infinita graça fez com que o sol nascesse sobre o justo e o injusto, e mandasse chuva sobre o bom e o mau. Entre as bênçãos mais comuns que devem ser atribuídas a esta fonte, podemos enumerar a saúde, a prosperidade material, a inteligência em geral, os talentos para a arte, música, oratória, literatura, arquitetura, comércio, invenções e etc.

Caro leitor, isto posto, eu louvo a Deus pela Graça comum! Como disse o pastor Marcio de Souza em seu blog, é absolutamente impossível negar a ação de Deus entre os homens ao ouvir clássicos da música como One do U2, ou Miss Sarajevo onde Luciano Pavarotti leva qualquer um às lágrimas com sua participação especial.

Eu particularmente sou tocado com a musicalidade de Chico Buarque de Holanda, com as letras de Jobim e Vinicius, com o ritmo da bossa nova, com a brasilidade de Gonzaguinha, Com as letras de Renato Russo, com a inteligência do Lenine, com o doce gingado do baião nordestino, com swing do Tim Maia, com a voz de Frank Sinatra, com a arte do Police, U2 e Dire Straits e tantos outros mais.

Meu amigo, não consigo ver deteminadas menifestações musicais ou culturais como satânicas ou malignas, antes pelo contrário, a multiforme manifestação cultural no ser humano, aponta diretamente para um Deus generoso que é absolutamente apaixonado pela arte, música e cultura.

Louvado seja o Senhor pela graça comum!

***
Renato Vargens é pastor da Igreja Cristã da Aliança, escritor, conferencista e colaborador do Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

177 COMENTÁRIOS

  1. Paz!

    Já disse um pensador que sem a Graça Comum, a vida na Terra seria totalmente impossível.
    Infelizmente algumas pessoas ainda vivem presas ao legalismo. Escrevi sobre isso em meu blog numa série chamada "Algemas da Religião". Depois dêem uma olhada.

    Para os que ficam vendo diabo em tudo, é interessante condenar a música que não vem de dentro da "igreja", mas quando eles pegam seus carros, não se importam se quem os construiu, o projetista que o desenhou, a fábrica em si é evangélica ou não. Se é pra ver o diabo em tudo, que se veja realmente em tudo.

    Gostaria muito de ver em músicas evangélicas tamanha inspiração que vemos em algumas músicas de bandas/músicos "do mundo", como Titãs, Legião Urbana, Chico Buarque, Jota Quest, etc… (Seriam as pedras clamando?)

    Não desejando me alongar, gostaria de deixar uma música do Titãs chamada Epitáfio, para refletirmos. Que inspiração há nesta música! É impossível não ver a Graça de Deus em sua letra:

    Devia ter amado mais
    Ter chorado mais
    Ter visto o sol nascer
    Devia ter arriscado mais
    E até errado mais
    Ter feito o que eu queria fazer

    Queria ter aceitado
    As pessoas como elas são
    Cada um sabe alegria
    E a dor que traz no coração

    O acaso vai me proteger
    Enquanto eu andar distraído
    O acaso vai me proteger
    Enquanto eu andar

    Devia ter complicado menos
    Trabalhado menos
    Ter visto o sol se pôr
    Devia ter me importado menos
    Com problemas pequenos
    Ter morrido de amor

    Queria ter aceitado
    A vida como ela é
    A cada um cabe alegrias
    E a tristeza que vier

    O acaso vai me proteger
    Enquanto eu andar distraído
    O acaso vai me proteger
    Enquanto eu andar

    Devia ter complicado menos
    Trabalhado menos
    Ter visto o sol se pôr

    Abs,
    Vinicius Morais
    —-
    Visite: Refletindo a Graça
    http://refletindoagraca.blogspot.com/

  2. Com certeza seremos cheios da graça de Deus ao ouvirmos Ivete Sangalo,Babado Novo,Calipso… ou quando no ultimo volume escutarmos um funk…como vc mesmo selecionou alguns cantores e grupos…está mais que provado que nem tudo que nós chamamos de música serve para ser ouvida por um Cristão.Sou contra todo tipo de alienação…mas também e necessario termos bom censo…Não podemos ser extremistas ,mas procurarmos ter o equilibrio.
    Um abraço.

  3. FICO TRISTE QUANDO VEJO LÍDERES QUE NÃO CONSEGUEM SEPARAR-SE DO MUNDO. JESUS FOI BEM CLARO QUANDO DISSE; NÃO AMEIS O MUNDO NEM O QUE NO MUNDO HÁ, POIS QUEM AMA O MUNDO O AMOR DO PAI NÃO ESTÁ NELE, E QUE A AMIZADE COM O MUNDO É INIMIZADE COM DEUS. UMA PESSÔA IMPORTANTE DA ASSEMBLÉIA DE DEUS AQUI NO RS DISSE PUBLICAMENTE QUE É FÃ Nº1 DE ELVIS PRESLEI, QUE TODOS NÓS SABEMOS DA INFLUENCIA MALÍGNA QUE ORIENTOU A VIDA E A MORTE DELE. SENDO ASSIM, QUE PODEMOS ESPERAR DO REBANHO QUE DEVE SE ORIENTAR NOS LÍDERES? FIQUEM TODOS NA PAZ DE JESUS.

  4. Tenho ouvido muitos dizerem que não se tornam cristãos porque,se o forem, não poderão fazer nada na vida que não seja eminentemente religioso, como se a vida cristã se resumisse apenas em orar, ler a Bíblia e ouvir somente música evangélica. Claro que a vida cristã implica na vivência de valores que devem ser moldados conforme o caráter de Cristo, e isso começa e se fundamenta a partir do nosso relacionamento pessoal com Ele, por isso a necessidade constante de orar, louvar e ler a Bíblia – Para que conheçamos a Sua vontade que é verdadeiramente boa, perfeita e agradável. Mas isso não implica que devemos viver apenas religião, pois todos os aspectos que envolvem a vida humana também são importantes, inclusive para Deus, pois não somos apenas espírito, mas também corpo. Dessa forma penso que devemos viver de modo a glorificar a Deus em todos os aspectos de nossa vida, isto é, nos conduzindo de acordo com a vontade Dele, portando-nos de maneira a mostrar os valores do Reino em nossas vidas para que sejamos como a candeia que ilumina o mundo com a palavra eficaz e testemunho vivo de Cristo, e dessa forma o nome Dele seja glorificado entre os homens; ou seja, o quer que façamos, quer comamos, quer venhamos nos divertir, ouvir música, namorar, nos reunir para festejar, etc., seja o nosso testemunho em Cristo notório entre os homens. Em Cristo e em seus caminhos, conforme Sua vontade, tudo podemos fazer, pois do Senhor é a terra e toda a sua plenitude. A única coisa que não podemos fazer é pecar, pois o pecado a tudo perverte tornando qualquer coisa má, mesmo que esteja vestindo a capa da religiosidade. Graça e paz a toda a Igreja de Cristo Jesus.

    Mourinho

  5. Concordo com você Leonardo!!!

    Pra mim o que conta é a letra, por que se fomos olhar existem tantas coisas honrosas no meio gospel que até um fank cairia melhor… srs
    Eu também tenho admiração por cantores não cristãos que possuem letras que me encantam.

    E termino aqui repetindo algo que escreveu que achei muito legal:
    “… não consigo ver determinadas manifestações musicais ou culturais como satânicas ou malignas, antes pelo contrário, a multiforme manifestação cultural no ser humano, aponta diretamente para um Deus generoso que é absolutamente apaixonado pela arte, música e cultura."

  6. Não chamaria isso de "graça", pois a Bíblia assim não o faz. Qualquer produção ou aparente virtude não pode ser chamada de "boa obra" uma vez que não glorifica a Deus. Portanto é pecado e seus criadores e idealizadores estão entregues ao pecado. "Pedro mate e coma" é bem diferente de "Pedro ouça e se delicie na vã glória do ímpio". Mas enfim não querendo me desviar das pedradas, eu ouço música secular, só não tentaria justificar isso com a tal da "Graça Comum".

  7. O maior problema é os evangélicos acharem que só pq a música é cantada e composta por um artista evangélico ou saiu de uma igreja evangélica, tal música é sacra e louva a Deus. Como a música secular não possui esses dois elementos, ela necessariamente não louva a Deus. Nada mais inverídico como podemos ver nas inúmeras canções gospel atuais onde o homem é louvado e Deus é deixado de lado. Arrisco a dizer que 90% da música gospel produzida hoje é antropocêntrica de alguma forma, seja na letra, seja na melodia, seja na estrutura da música.

  8. Artigo válido para a reflexão. Mas o bom mesmo é não julgar, não jogar pedras. Muita gente ao citar as escrituras parece que arrotam salada, me desculpem a expressão. Mas nunca se alimentaram "feijãozinho com arroz" básico como o belo sermão do monte de Mateus 5-7. Ou um "simples" ame ao próximo como a si mesmo que em suma é colocar amor nas suas ações em relação ao outro.

  9. Acho legal pensar nisso que o Senhor nos disse:

    Mateus 6:22. A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;
    Mateus 6:23. Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!

    Penso que muitos cantores e cantoras desfrutam da graça comum de Deus e nem sabem.
    Afinal com Tiago nos diz:
    Tiago 1:17. Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.
    O caminho é por ai.
    Que o Espirito Santo seja o grande intérprete de nossas conversas.
    Graça e paz.

  10. A cada dia mais vejo os Ultra-ortodoxos evangélicos com certo receio. Talvez seja interessante antes de dicotomizar as coisas, dar uma lida, se informarem melhor e acima de tudo terem um pouco de respeito e amor pelo irmão que afinal é um pastor.
    Livros interessantes: O cristão e a cultura Michael Horton e morte na cidade Fracis Shaefer.
    Plugadoscomdeus.blogspot.com

  11. Tudo bem. Eu também ouço músicas seculares. SELECIONADAS A DEDO.
    Mas devemos ter cuidado.

    Ouçam bastante os Titãs. Vejam a letra da música "Pelo Avesso".
    Vejam como ela representa "a multiforme manifestação cultural no ser humano, aponta diretamente para um Deus generoso que é absolutamente apaixonado pela arte, música e cultura."!!!!!!!

    É interessante "ver a graça de DEUS" na letra do "epitáfio" e a "graça o diabo" na "Pelo Avesso". Peraí… Uma mesma fonte pode jorrar "água boa" e "água ruim" ???

    Ou então, ouçam Raul Seixas. Mas vejam também a relação dele com Aleister Crowley e com Paulo Coelho. É muito "bacana"!!!!!

    Ouçam também "Calcinha Preta", Calypso, "Mulher(frutas variadas)", os diversos "MC's" que existem por aí, as duplas sertanejas (que só falam de traição e sexo)… só "arte, música, cultura"!!!!!!

    Ou então, que tal os HIT's sucesso do carnaval 2010, "lobo mau" e "rebolation".. que expressão cultural magnífica !!!!!

    Ouçam ainda os Rolling Stones.. Principalmente a música "Sympathy for the Devil"… legal demais.. (tradução: Simpatia pelo Diabo).. Só música legal..!!!!!!!!!

    Só peço a Deus pra que isso acabe logo…

  12. É meu irmão, sempre leio seus artigos e admiro muito, mas, esse, sério! Não sou tapado, mais ensino na igreja que devemos separar o vil do precioso.
    Sei que tem muitas músicas gospels que na verdade são difíceis de ouvir, mas daí eu ouvir o que esses caras cantam, U2 e etc.
    Na realidade acho que o sr deveria rever esse conceito e ver que além de financiar esses conjutos que na verdade só querem ganhar dinheiro e sei lá o que mais ele fazem.
    No novo cãntico, (usado pela presbiteriana) tem cânticos realmente maravilhosos, ouça-os.
    No mais fique na paz.

  13. Muito interessante o artigo, só faltou mencionar os versículos bíblicos que falam sobre a Graça Comum, então todos iriam entender melhor.
    Eu pude aprender esse ano sobre a Graça Comum, mas mesmo assim existe algumas musicas seculares que vão contra minha fé, então dessas continuo mantendo distancia.
    Fiquem na Paz do Senhor

  14. A Bíblia diz:
    Eclesiastes 7.5 Melhor é ouvir a repreensão do sábio do que ouvir alguém a canção do tolo.
    Provérbios 10.14 Os sábios escondem a sabedoria,mas a boca do tolo é uma destruição.
    Provérbios 24.9 O pensamento do tolo é pecado, e é abominável aos homens o escarnecedor.
    Provérbios 14.2 O que anda na sua sinceridade teme ao Senhor,mas o que se desvia de seus caminhos despreza-o.
    14.3 Na boca do tolo está a vara da soberba, mas os lábios do sábio preservá-lo-ão.
    Pv 15.2 A língua do sábio adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derrama a estultícia.
    15.7 Os lábios dos sábios derramarão o conhecimento, mas o coração dos tolos não fará assim.
    E a própria bíblia revela quem são os sábios e os tolos:
    Pv 1.7 O temor do Senhor é o princípio da ciência;os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.
    Pv 2.6 Porque o Senhor dá a sabedoria, e da sua boca vem o conhecimento e o entendimento.
    2.7 Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos;escudo é para os que caminham na sinceridade.
    2.12 para te livrar do mau caminho e do homem que diz coisas perversas.
    Sabemos que no meio"goxpew musiqui" tem muita coisa que não agrada a Deus e não traz edificação nenhuma para a igreja, onde as heresias têm se propagado,e cada vez mais se infiltrado em nosso meio, mas dizer que bandas seculares(Police,U2,swing do Tim Maia,rsrs)não tem nada de maligno e, ainda apontam para um Deus generoso, foi um comentário no mínimo infeliz e lamentável vindo principalmente de uma pessoa que se intitula pastor…
    Ah, e no caso da música dos Titãs chamada Epitáfio citada acima, todos sabemos que quando um integrante da banda(Marcelo Fromer) andou distraído, acabou morrendo em um acidente(ocorrido em 11/06/01) e o acaso não lhe protegeu…
    Tenho em particular a mesma opinião de vocês a respeito do cristão ouvir música mundana: É DE ARRANCAR O SABIÁ DO TOCO, E NÃO OUÇO NEM À PAU!
    João Carlos- SP

  15. Valquíria, São Paulo …

    Realmente essa música é um ótimo exemplo de manipulação satanica:

    "Ter feito o que eu queria fazer". *Qdo nos entregamos a Cristo nós não fazemos nossas vontades!.

    "O acaso vai me proteger". *Não existe acaso; tudo é feito e acontece com um proposito.

    "Queria ter aceitado; A vida como ela é". *Isso é uma mentira de satanas, pois não devemos aceitar a situação desse mundo ridiculo dominado pelo Diabo!.

    "A cada um cabe alegrias; E a tristeza que vier". *Aos que amam e servem a Deus só cabe alegrias, a não ser que venham a tristeza e arrependimento de ter pecado contra o Senhor".

    Ninguem consegue servir a Dois Senhores, pois um sempre vai ser desagradado. Então meu querido se converta a Jesus pois Ele ama muito sua vida, tanto que se entregou na cruz como maldito. Reflita no sacrificio.

    Só isso, obrigada. DTA

  16. Talvez nem todos tenham entendido o que foi escrito.
    O que entendi é que não há problemas em ouvir música de qualidade com boa poesia e interpretação.
    Eu prefiro ouvir os músicos citados pelo Renato a ter de ouvir determinadas músicas gospel.
    No quesito música cristã devemos ser rigorosamente seletivos por causa do doutrinamento que essa música traz.
    Quanto a música secular devemos ter bom gosto por aquilo que é agradável.
    Eli Leite

  17. "Examinai tudo. Retende o bem"

    Bem interessante a colocação do Anônimo.
    Poderia citar também Charlie Brown Jr. Lugar ao Sol contra Papo Reto e outras deles.
    Eu como Cristão não me sinto bem ouvindo músicas que incentivem o pecado, como grande parte das músicas do mundo, é como um corinthiano roxo cantar o hino do Palmeiras numa boa..
    mas também não sou tão radical, tem lá umas excessões, como essa citada do CBJr, O que sobrou do céu do Rappa, e mais outras que num lembro agora…
    Fiquem na Paz do Senhor!!!

  18. Bom, gente.

    A conclusao é que nem tudo que é do mundo, é do diabo. 90% por cento da gente estudou (ou estuda) em escolas e faculdades "do mundo". Será que temos que deixar o colégio, só porque ele nao é evangélico? rs…

    Será que alguém colocaria em xeque as verdades da matemática só porque ela é uma ciência secular? Tipo: "Eu nao acredito em cálculos, porque isso é coisa profana!"

    Bom senso, pessoal. É isso que anda faltando…

  19. fico pensando se o "evangelho" das igrejas evangelicas do Brasil finalmente ganhasse o mundo. todas as músicas seriam gospel,os livros gospel,os filmes gospel,pinturas gospel…faculdades,escolas,
    gírias ou jargonices…TUDO GOSPEL…e ái daquele que não for gospel.e como o mundo está dividido em secular(Satanás),e gospel(deus),com esse novo sistema mundial tudo seria perfeito.não haveria mais miséria,fome,violência,doenças,remorso…total extinção do sofrimento,porque tudo seria gospel…e não teria perigo do peíodo medieval voltar,porque diferente da igreja católica,a igreja evangélica é a verdadeira igreja de cristo!

  20. Eis que os céus e os céus dos céus são do SENHOR teu Deus, a terra e TUDO o que nela há. Dt 10:14

    Aprendi que a terra e tudo o que nela há foram criados pelo Senhor. Desta forma a música (dita evangélica ou não) também foram criadas por Ele.
    Então pergunto, porque não posso escutar outras músicas (claro que selecionadas, pois alguns cantores são terríveis de ruins)?
    O que vejo são pessoas legalistas e fora da caixinha que veêm o diabo em todos os lados quando se trata da opinião de outros, porém não escutam músicas mas assistem programas e filmes com cenas de sensualidade, heréticas e tudo bem.
    Separam aquilo que é "sacro" do "profano" baseados muitas vezes em conceitos terceirizados de igrejas e "pastores" falhos e sem comunhão com Deus.
    Não quero defender ninguém aqui, mas uma coisa é certa… se você quer separar isso, então crie um relacionamento sério com o Espírito Santo e pergunte para Ele se você pode ou não escutar determinadas músicas e não baseie sua decisão em livros, dogmas ou seja lá o que for…

    Só para constar, considero covarde quem coloca um post, um comentário sobre qualquer assunto e que não assina. Prefere ficar incúlume no seu anonimato.

    Ah, gosto de escutar U2 sim, de escutar música popular brasileira boa, Tom Jobim e outros tantos…
    Soli Deo Glori

  21. Todo cristão deveria estudar sobre a "Graça Comum". Realmente não há esse termo na Bíblia, mas os mestres se omitem em ensinar o que nossos "pais" reformadores nos legaram.

    A graça comum é a manifestação da graça de Deus aos homens bons e maus (Mt 5.45), todavia essa manifestação da graça não obriga Deus salvar a quem quer que seja. Digamos que ela seja o reflexo da imagem de Deus no homem mesmo caído. O pecado manchou, mas não desmanchou a imagem de Deus no homem. Exemplos disso são: leis que reprimem os crimes, escolas que ensinam disciplinas, artes e tecnologia que admiramos feitas por homens que não são convertidos a Cristo, consciência ecológica, etc. Ainda é reservado no homem um pouco da imagem de Deus.

    Obviamente, na medida em que o homem se chafurda no pecado, Deus o entrega cada vez mais ao pecado (Rm 1.28), ou seja, restringe Sua graça comum, retirando Seu braço, de modo que a iniquidade aumenta, o que trará um juízo posterior. Baseado nisso penso que a graça comum será cada vez menos vista nos homens ímpios, o que exigirá da igreja a ser de fato luz do mundo e sal da terra a cada vez que o tempo do fim se aproxima (Fp 2.15).

    Concluindo, nós como crentes devemos ter a maturidade para discernir entre o artístico e o diabólico, entre o que de algum modo reflete a imagem de Deus no homem e o que despreza isso. Devemos ter o cuidado de não atribuir tudo a Satanás e, por outro lado, não achar que tudo o que existe por aí é graça comum.

    Paz e graça.

  22. Gente, claro que existem músicas e músicas. Existem músicas que jamais ouviremos, memso porque não convém a santos. Todavia, existem canções lindissimas que devem ser ouvidas sim, porque não?
    Infelizmente os cristãos modernos sofrem as influencias do dualismo, maniqueismo e zoroatrismo, satanizando e mundanizando o que não dá para satanizar e mundanizar.

    Vejam esse vídeo bélissimo da Maria Rita, e entendam que não dá para colocar tudo no mesmo pacote.

    http://renatovargens.blogspot.com/2010/03/sobre-todas-as-coisas.html

    Abraços,

    Pr. Renato Vargens

  23. Quando Deus criou o homem (Adão e Eva) Ele ordenou que o homem cuidasse de tudo, Ele não separou "isso é gospel" e "isso é não gospel") hehehe… inclusive Ele criou o homem (criatura e posteriormente filhos)a imagem e semelhança d'Ele. O homem ficou responsável em dar nome aos animais, plantas, em arar a terra etc etc etc… As manifestações dos dons dos homens só podem vir de Deus, do diabo é que não vem… Todos recebemos dons. Uns para cantar (ex: Luciano Pavarotti, Marina Elali, Witney Houston etc…) para compor (ex: Milton NAscimento, Chico Buarque etc) instrumentistas (ex: Cesar Camargo Mariano -piano, Família Lima etc) e por aí vai… ah sem falar dos médicos que usam seus instrumentos cirúrgicos e realizam verdaeiros milagres no corpo humano, e os cientistas então??? e os inventores desta abençoada internet, do telefone, do avião? meu Deus se tudo isto não é dom de Deus, eu garanto q do diabo é q não é….
    Finalmente encontrei um Pastor coerente que recebeu de Deus o dom do discernimento!! vamos abrir nossas mentes irmãos e se prostrar diante de tantas maravilhas que Deus nos deu..
    Eu me prostro diante do modo assombroso que Deus me criou! Parabéns

  24. Fazer o quê?!?!? O ser humano é livre pra fazer o que bem entender!!! Se ele quiser ir para o inferno de livre e espontânea vontade ninguém vai impedi-lo, nem mesmo Deus!!!

    Eu não ouço música de pessoas que não professam a mesma fé que a minha. Não ouço música de pessoas que zombam de Jesus, e não acreditam no seu senhorio.

    Fazer o quê!?!?!? Alguns gostam de comer (escutar!) lavagem e outros de comer uma suculenta picanha!!!

    Portanto, viva a sua vida do jeito que você bem entender, mas saiba que Deus o julgará por tudo o que você fizer.

  25. Gostei bastante do artigo e compartilho dessa linha de pensamento: Existe sim coisas boas nas músicas seculares, assim como na medicina, engenharia, entre tantas outras áreas em que confiamos em pessoas que não possuem o rótulo evangélico.

    Entretanto Pr. Renato, fiquei um pouco na dúvida ao ver esse artigo sobre o U2: http://teophilo.info/analises/u2.php

    Veja bem, estou bem distante de considerar ouvir música "do mundo" como um erro, não sou extremista, acho sim que devemos meditar pois cada caso é um caso, mas esse artigo me deixou na dúvida especificadamente sobre o U2 que o senhor comenta no artigo (e que eu tb escuto)

    Abraços

  26. Bando de cristãos alienados. Chega a dar pena. Acham q tudo do mundo é do mundo. Se é por isso, não deveríamos usar internet, pq é algo do mundo e tem todo tipo de porcarias, nao deveríamos andar de carro pq polui o meio ambiente, não deveríamos nem sequer ligar a TV, por tudo que ela tem. Se querem pregar uma ditadura cristã, sem liberdade, então nós temos bíblias diferentes. Q Deus os ilumine.

  27. A discussão foi boa. Fico com o bom senso. Não vou deixar de usar determinada roupa só porque a marca não é cristã (e marca pode ser cristã?), ou mesmo deixar de digitar esse comentário neste teclado fabricado por uma fábrica "que não é de Deus". Ora, ora, ouço o que é bom e descarto o que não presta com o meu bom senso. Ouço pouco a música dita secular. Tenho boas opções dentro do repertório cristão. Mas, concluo o seguinte: pior que as escancaradas e ridículas músicas "do mundo" são as músicas "evangélicas" anti-bíblicas que enganam os crentes consumistas de plantão.
    Paz de Cristo a todos.

  28. Caro Renato Vargens, tenho gostado muito do leio aqui neste blog, que está de parabéns pela liberdade que tem dado para diversas opiniões. Porém, o texto escrito sobre música e "graça comum" não respaudo bíblico nenhum, você faz afirmações como se fosse o "dono da verdade", realmente este texto foi infeliz! Pelo menos da próxima vez em que escrever algo sobre um assunto polêmico, põe as referências bíblicas do que você afirma.

  29. O pessoal pede referencias biblicas que comprove o artigo do irmao.

    Sao os que acham que Deus se manifesta atravès da Biblia e nao através de pessoas.

    E se forem de pessoas, segundo estes, sao validos apenas os que estao envolvidos no seu sistema religioso.

    Se até de pedras Deus pode chamar o clamor, que dirà de pessoas que Ele mesmo criou.

    Esta referencia biblica nao serve?

  30. Foi dito numa postagem anterior:

    Eu não ouço música de pessoas que não professam a mesma fé que a minha. Não ouço música de pessoas que zombam de Jesus, e não acreditam no seu senhorio.

    Ai eu pergunto: Ele come o que foi preparado por pessoas assim em restaurantes? solicita ajuda medica a médicos que professam outra fé? Viaja num avião onde o dono da cia aérea e o piloto tem fé diferente?
    Ou o problema esta apenas na ARTE?
    Ateus podem fazer cirurgias em mim mas nunca apresentar um poema cantado? Um católico pode ser responsável pelo prédio onde estou mas não pode falar de forma cantada sobre amor, dia a dia, amizade…
    Alguém de outra fé pode ensinar historia, literatura mas musica jamais..

    Óbvio que se a arte, no caso a musica for ruim ou se a letra fira princípios cristãos devemos deixa-la de lado, mas caso contrario qual o problema?

    Religião faz mal, religiosidade faz mal, falsa santidade faz mal. hipocrisia faz mal, falta de amor, faz mal, musica "do mundo" pode até fazer mal, mas não necessariamente.

  31. Faço uma sugestão ao Leonardo para tratar um assunto que muitos confundem: "o que são dons e o que são talentos".
    Sempre aprendi que talentos são habilidades pessoais tais como: cantar, reger, tocar instrumentos musicais e entre outras coisas jogar futebol.

    Sobre dons, compreendo que são aqueles que estão descritos em I Coríntios 12.

    Eu estou levando isto em questão devido ao que a Débora Mello postou acima.
    "…Todos recebemos dons. Uns para cantar (ex: Luciano Pavarotti, Marina Elali, Witney Houston etc…) para compor (ex: Milton NAscimento, Chico Buarque etc) instrumentistas (ex: Cesar Camargo Mariano -piano, Família Lima etc) e por aí vai…"

    Não estou censurando-a, mas ouço muito isso dentro da igreja.
    É apenas uma sugestão já que este blog é bastante acessado.
    Eli Leite

  32. Não creio que a questão apresentada nos comentários seja da forma postada pelo Sr Laudinei e por outros. Não por aí.

    A crítica da maioria é pela maneira e pelos argumentos usados pelo autor do artigo. Ele diz: "Talvez por ignorância..", " …parte dos evangélicos em nome de Deus dicotomizaram a existência dualizando o mundo.." "…Infelizmente fundamentados numa pseudo-espiritualidade.."

    Não é ignorância, nem pseudo-espiritualidade. A Bíblia (que creio que todos aqui sabem) É a PALAVRA DE DEUS!!!
    E lá tá escrito (entre outros: Tiago 3:11,12 11 Por acaso pode a mesma fonte jorrar água doce e água amarga? 12 Minhas irmãs e meus irmãos, por acaso pode uma figueira dar azeitonas ou um pé de uva dar figos? Assim, também, uma fonte de água salgada não pode dar água doce.

    Porém, no texto, ele tenta "divinizar" músicas, autores, bandas e cultura seculares, tais como Titãs, U2, Epitáfio,Miss Sarajevo. etc..
    Colocou tudo debaixo da tal: "Graça Comum".

    O detalhe principal é que NÃO EXISTE "Graça Comum" na Bíblia!!!

    Senão, como explicar, usando o texto de Tiago 3, para que U2, Titãs, Renato Russo, Tim Maia, Sei-lá-mais-quem sejam expressões culturais "criadas por Deus" (e portanto "estão liberadas"), com algumas músicas, atitudes, ensinamentos e estilos de vida que eles próprios têm?? Querem exemplos? Vejamos alguns exemplos:

    – U2 – falam de "fogo inesquecível",cultos druidas,envolvimento com NOVA ERA… E que tal as frases: "Eu peguei na mão de um demônio" "Um anjo atinge o chão" ??? Estão em músicas deles. E a música libertina chamada DESEJO? E o Bono vestido e pintado de Diabo num show? E tem um monte de "crentes" de "curtem U2"!!!!

    – Titãs – Praticamente idolatraram a música Epitáfio num comentário aí." Que inspiração há nesta música! É impossível não ver a Graça de Deus em sua letra" foi o que disseram. Ok. Vejam então a letra da música: Pelo Avesso. E que tal a música:"Deus e o Diabo"? E também tem um monte de "crentes" que "curtem titãs" !!!

    – Renato Russo – Música: "Vinte e Nove" "…me embriaguei morrendo vinte e nove vezes…" e na "Tempestade" diz: "…Vem de repente um anjo triste perto de mim…" entre vários outros casos. Ele morreu de aids, fruto de uma vida "torta".. Era gay, alcólatra, e usuário de drogas… E tem um monte de "crentes " "curtindo renato russo e legião urbana" !!!!

    – Tim Maia – "vale tudo, vale o que quiser"… ou então: "do jeito que o diabo gosta" (tim maia e belchior)… entre outras… Era divorciado da mulher, alcólatra. Tornou-se membro da seita: Racional Superior. Depois foi para o espiritismo..

    E por aí vai.. É só pesquisar.

    E não me venham me chamar de ignorante, "pseudo-espiritualizado", bitolado, conservador, ou sei-lá-mais-o-que… Vá discutir com a Bíblia.

    Mas tudo bem. A Bíblia diz que no fim a fé de muitos esfriaria e que se possível, o diabo enganaria até mesmo escolhidos..

    Ouçam o que quiserem e façam o que acharem melhor….

    Ah, não assinei a postagem anterior pq estava no trabalho.

    Eduardo.

  33. Gostei do comentário do Laudinei-Nei, mas eu tenho algo a dizer…

    Eu particulamente, ouço algumas musicas de Hardstyle q são seculares, e acho muito glorioso e louvo à Deus curtindo aquele som…mas eu acredito que o que entra aí, é 1Co 10:31 e 1 Tm 4:1-5…

    Eu acredito que ouvir musica secular é algo pouco arriscado por uma razão.
    Qualquer coisa que fazemos fora da GLória de Deus, nos esfria, e pq ouvir musica secular?
    Essa é a diferença entre a Arte (musica) e o restaurante, faculdade e médico…

    Eu sou contra nós, como cristãos, está "brincando" com os mundanos, quando nossa bíblia diz "sai do meio deles" (2 Co 6:17)…então, pq motivo eu vou ouvir ou assistir…participar de algo secular? É pra glória de Deus?

    Eu ouço musica Hardstyle (pra quem não sabe, é musica eletronica), mas eu não sei se iria numa festa Hardstyle, pelo fato de está me sentando com os escarnecedores. A não ser que eu vá com o objetivo de missão, mas pra curtir…cola não.

    Não acho q é algo simples…é delicado. Mas a questão é está focado na glória de Deus. Eu sei que há pessoas que ouvem só musicas "gospel" que não está nem txun pra a glória de Deus, o que é muito pior que uma pessoa escutar Dream Theater e louvando à Deus.

    Não é necessariamente errado ouvir musica secular pelo fato de ser secular.
    É errado pelo fato de está "mais próximo" de ser algo somente pra nosso ego, e não pra glória de Deus.

    Se alguem vai na igreja, estuda bíblia, ajuda os pobres pra ser chamada de santa, essa pessoa tá mal.

    "Aquilo que sempre pode ser mal usado, melhor seria que JAMAIS fosse usado" C.S. Lewis

    abraço À todos..

  34. Pr. Renato, você deve prestar mais atenção ao que anda ouvindo, pois essas bandas que citou podem agradar os seus ouvidos, mas são uma afronta a Deus e chegam no trono da Graça como um cheiro terrível.

    Lembro-me de um tempo que andava afastado da presença de Deus e ficava ouvindo e tocando no violão músicas do Renato Russo, até o dia que minha mãe pegou a letra das músicas e comentou frase por frase refutando as heresias com versículos bíblicos. Depois desse dia, nunca mais ouvi essa banda.

    Glória a Deus pela mãe que tive. Ela já dorme no Senhor, mas nunca esqueci seus ensinamentos, sempre pautados pela Palavra de Deus.

    César Pires.

  35. Que o Senhor conserve o João Carlos e o Eduardo e alguns outros na são doutrina e que fiquem de pé até o grande e glorioso dia da volta do Senhor.
    E pra completar o brilhante comentário dos dois, eu cito dois versículos da palavra de Deus que é a verdade e que é capaz de discernir os pensamentos e intenções do coração.

    "Com o fim de sermos para louvor da sua glória, nós, os que primeiro esperámos em Cristo;" Efésios 1:12
    Foi pra isso que eu nasci, para o louvor da sua glória.

    "Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque, o que passa disto é de procedência maligna." Mateus 5:37
    Com o Senhor é assim, não existe meio termo, ou é servo ou não é. A luz não tem concordância com as trevas. Como já foi dito anteriormente, não se pode servir a dois senhores.

    Fiquei triste em ver que até pastores concordam com aquilo que está no mundo. Só o Senhor mesmo para ter misericórdia de nós e nos sustentar até o dia da volta do Senhor, uma vez que a palavra diz:
    "Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor," Hebreus 12:14

    Já pensou se o Senhor volta justamente quando alguém aqui que conhece a verdade estiver abrindo a sua boca para cantar músicas do Tim Maia, Renato Russo e por aí vai??? Cada um é que sabe da sua coroa….

  36. A MUSICA SECULAR EM NADA GLORIFICA A DEUS PELO CONTRÁRIO SUAS LETRAS SÃO FORTES INFLUÊNCIA PARA O PECADO (LETRAS NEGATIVAS) PRINCIPALMENTE ESSES CANTORES NO GUAL VC SITOU E QUEM É CRISTÃO CONVERTIDO REALMENTE DEIXA AS COISAS MUNDANAS INCLUSIVE AS MUSICAS COM SUA MÁ INFLUÊNCIA E ELE VIVE SOMENTE PARA GLORIFICAR A DEUS E O TEMPO QUE SE GASTA OUVINDO MUSICAS QUE EM NADA EDIFICA O CRISTÃO, DEVEMOS É LOUVAR A DEUS COM LOUVORES QUE ADOREM A DEUS REALMENTE POIS PRA ISSO FOMOS CHAMADOS. NÃO CONSIGO VER UMA PESSOA QUE SE DIZ CRISTÃO QUE SEGUE A CRISTO TENDO PRAZER NAS COISAS MUNDANAS COM MUSICAS TMB MUNDANAS E PROFANAS. DE UMA FONTE NÃO PODE CORRER ÁGUA DOCE E SALGADA AO MESMO TEMPO ENTÃO ACHO QUE VC PRECISA SE CONVERTER AO SENHOR JESUS MEU CARO E DEIXAR AS COISAS DESSE MUNDO E SENTIR PRAZER SOMENTE NAS COISAS ESPIRITUAIS QUE SÃO LÁ DO ALTO E NÃO AQUI DESSA TERRA, COM A DIZ A BÍBLIA. PENSE NISSO.

  37. Discordo que a música secular não prejudique a espiritualidade. Muitas são realmente lindas, mas fomos criados p/ louvar a Deus e entendo que não devemos condicionar a nossa alma à emoção provocada por palavras e melodias que não mencionam a importancia de ter Jesus a todo instante. Dentre os que dominam a arte de emocionar está as religiões que não pregam o Deus verdadeiro mas sabem emocionar através de carismáticos líderes. A igreja não é do mundo e "os costumes dos povos são vaidade" como disse o salmista que também diz"todas as nossas fontes estão em ti". Deus sonha em querermos estar em comunão com ele a cada segundo e emoção não é comunhão

  38. A paz do Senhor para todos!!Meu nome é Ricardo,gostaria de fazer algumas observações sobre o q foi citado:É claro,Deus deu inteligência ao homem para que ele tivesse capacidade para poder compor músicas provenientes da sua alma,e nem tudo é do diabo,pois existem três fontes:Deus,a mente humana e o diabo.Antes de ouvir uma música secular e dizer, nossa,como inspiradora é essa música temos que analisar as seguintes objeções;a bíblia fala em Tiago que a sabedoria humana é animal e demoníaca e que temos q pedir a sabedoria que vem do alto.Pois bem,Deus nos criou com um propósito,de adora-lo em espírito e em verdade,de sermos semelhante a Ele,de amar uns aos outros,por isso peço aos irmãos que "curtem" música secular,perguntem a si mesmos:Será que Jesus escutaria esse tipo de música,ou estaria louvando e adorando o Pai.Pelo amor de Deus,não me venham falar de Renato Russo,um homem que tinha as letras totalmente deprimentes e eu tinha a coleção do Legião Urbana,mas fala sério,agora é a minha opinião,poxa só ouvir músicas como "Pais e filhos", "Vento no Litoral", "Tempestade" e muitas outras,verão um homem completamente profano e depressivo.E Titãs então,nas suas músicas como capitalismo selvagem e várias outras q no momento não vem a lembrança o nome das músicas,gente vamos ler e estudar mais a Palavra.Lógico,aí vc vai dizer,mas a microsoft é diabólico,produtos Johnson tb e outras coisas mais,infelizmente não temos como fugir dessas coisas,mas Deus habita em meio aos louvores,será que Ele dividiria a Sua Glória com outrem? se agradaria de vc estar ouvindo um Chico Buarque(Homem totalmente espírita,assim como a Sra Maria Rita,filha de Elis Regina,pode de uma mesma fonte sair água doce e amarga,leiam o livro de Tiago)?eu digo com certeza que não!!!E nem precisa estudar muito a Palavra pra saber isso,Deus não se agradaria,podem me chamar como quiserem;extremista,conservador,radical,não me importo,prefiro ser radical e ir pro céu do que ser liberal demais e ir pro inferno.Irmão Leonardo,li tb seu comentário,analise tb pela luz da Palavra o q vc disse,vejo que o irmão cita Ciro Sanches no tópico: O crente pode julgar? Leia de novo os livros de Ciro Sanches,ele é um teólogo bastante coerente com a Palavra,além de pastor e servo de Deus,ele tem mais experiência do que vc,vai no blog dele um dia só por curiosidade e faça esse questionamento em relação a ouvir e curtir músicas seculares e vamos ver qual vai ser a opinião de conhecedor,estudioso da Palavra e servo de Deus que ele é sobre esse assunto, que na minha modesta opinião está mais do que batido,não só vc, mais esses irmãos que estão aí levantando a bandeira em prol das músicas seculares e de algumas bandas e cantores totalmente ateus e profanos!!eu creio q vc irmão Leonardo já leu,mas leia de novo,afinal vc é novo ainda,vai errar muito na vida,assim como vou errar tb,mas temos que buscar a cada dia santificação e paz com todos sem a qual ninguém verá o Senhor,e com certeza Deus vai iluminar nossas mentes.Um forte abraço à todos e fiquem na paz do Senhor Jesus!!Amém!

  39. Gostaria de saber dos "de ouvidos mais santos" que os meus, se o mundo inteiro "secular" é tao privado quanto a musica.

    Uma poesia com melodia, harmonia e ritmo nao quer dizer que seja embaraço para o pecado ou obra "maligna" assim como na escola "secular" copiar textos que nao sejam bíblicos nao é.

    Assim como ver filmes que nao sejam bíblicos nao é.
    Além de trabalhar "secularmente" em empresas cujos os donos nao sao cristaos nao é…

    Portanto, nao me venham com desculpas pessoais para aquilo o que bíblia nao condena.

    Pior é ouvir o Infeliciano, sem noçao da nota e da afinaçao cantando umas letras mais sem noçao ainda!

    Ihhh….lá vem pedrada…rs =)

  40. Jonara,

    O pior é que boa parte daqueles que combatem ouvir música do mundo, não perdem uma oportunidade sequer de assistir suas novelas preferidas, isto sem falar é claro, do famigerado BBB.

    Abraços,

    Renato VArgens

  41. aqui tem mto hipócrita…soh pode…
    ficam falando de "não ouvir músicas do mundo e blá, blá, blá, mas endossam pastores q pregam prosperidade e outras heresias…e ainda por cima postam anonimamente…são uns covardes isso sim…cansei desses abitolados…se eu continuasse do jeito q tava, escutando essas conversas, jah teria perdido a Graça de Deus faz tempo…

  42. 21 Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem FAZER OUTRAS COISAS em que teu IRMÃO tropece, ou se ESCANDALIZE, ou se ENFRAQUEÇA.
    22 Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova.
    23 Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado.

    Pensando bem esse assunto é mesmo delicado, dizer simplismente "eu ouço música secular" sem deixar tudo muito bem explicadinho, nos seus mííínimos detalhes, à um irmão em Cristo , pode escandaliza-lo…
    Que Deus nos dê entendimento!

  43. Vamos ver o que Wayne Gruden diz sobre a graça comum:

    Graça comum é a graça de Deus pela qual Ele dá às pessoas bênçãos inumeráveis que não são parte da salvação. A palavra comum aqui significa algo que é dado a todos os homens e não é restrito aos crentes ou aos eleitos somente.

    Diferentemente da graça comum, a graça de Deus que leva pessoas à salvação é muitas vezes chamada “graça salvadora”. Naturalmente, quando falamos a respeito da “graça comum” e da “graça salvadora”, não estamos sugerindo que há duas diferentes espécies de graça no próprio Deus, mas apenas estamos dizendo que a graça de Deus se manifesta no mundo de duas maneiras diferentes.
    (Wayne Gruden, Teologia Sistemática, p. 549-550 –

    Abraços,

  44. Daqui a pouco estarão nos obrigando a ouvir somente música gospel, a comer somente comida gospel, a trabalhar somente em emprego gospel, a pegar somente lotação gospel, a estudar somente em escola, faculdade gospel… "não mistureis com o mundo", não é?

  45. Paz e Graça amados

    Esse debate realmente é muito interessante porque nos mostra o quanto precisamos amadurecer. Antes de ser cristão, gostava, tocava, chorava e adorava músicas de Renato Russo, Titãs, e tantos outros. Quando decidir mudar de caminho (conversão), vi que algumas dessas músicas ião na contra mão da minha fé e percebi que não poderia realmente está em cima do muro, afinal decidi mudar de caminho.
    Lendo este artigo comecei a lembra de algumas músicas do passado e só pra reflexão dos amados que gostam de algumas dessas bandas vou colocar algumas letras:
    Titãs (Igreja – Disco: Cabeça Dinossauro)

    Eu não gosto de padre
    Eu não gosto de madre
    Eu não gosto de frei.
    Eu não gosto de bispo
    Eu não gosto de Cristo
    Eu não digo amém.
    Eu não monto presépio
    Eu não gosto do vigário
    Nem da missa das seis.
    Não! Não!
    Eu não gosto do terço
    Eu não gosto do berço
    De Jesus de Belém.
    Eu não gosto do papa
    Eu não creio na graça
    Do milagre de Deus.
    Eu não gosto da igreja
    Eu não entro na igreja
    Não tenho religião.
    Não!
    Não! Não gosto! Eu não gosto!

    Legião Urbana (Daniel na cova dos leões – Disco: Dois)
    Aquele gosto amargo do teu corpo
    Ficou na minha boca por mais tempo
    De amargo então salgado ficou doce, (sexo oral com outro homem)
    Assim que o teu cheiro forte e lento
    Fez casa nos meus braços e ainda leve
    Forte, cego e tenso fez saber
    Que ainda era muito e muito pouco.

    Faço nosso o meu segredo mais sincero
    E desafio o instinto dissonante.
    A insegurança não me ataca quando erro
    E o teu momento passa a ser o meu instante.
    E o teu medo de ter medo de ter medo
    Não faz da minha força confusão
    Teu corpo é meu espelho e em ti navego
    E eu sei que a tua correnteza não tem direção.

    Mas, tão certo quanto o erro de ser barco
    A motor e insistir em usar os remos,
    É o mal que a água faz quando se afoga
    E o salva-vidas não está lá porque
    Não vemos.

    Existem tantas outras que não dar pra colocar aqui.
    Mas em fim amados, devemos sim glorificar a Deus com nossos atos, e sabemos que somos referência pra este mundo em trevas, então como posso apresentar um caminho novo se ainda tenho trilhando em caminhos antigos?

    Que Deus abençoe a todos.

  46. Atualmente, escolho a dedo as músicas, tto evangélicas qto seculares.
    O rótulo "evangélico" não diz quase nada. O q importa é o conteúdo. Por isso, tenho preferido cantar hinos e cânticos.

  47. Pelo Amor de Deus, vcs estão falando como se o autor do artigo fosse um ignorante… chega desses mantras evangélicos… aff… será que vês já cogitaram a possibilidade dele estar com a razão?

    Se eu não posso escutar uma música secular, eu tb não devo assistir TV (a não ser claro os programas do Malafeia,kkk) pq a TV é secular. Vocês não deveriam estar acessando este Blog, porque ele está hospedado no Blogger, cujo o Dono é o Google e eles também são seculares… ah e claro vcs jamais, jamais deveriam ver as reportagens do caso Isabela por exemplo pq a chance do repórter, roteirista, câmera e etc serem evangélicos é minima!!!

    Se for dessa forma, não poderíamos usar muitos dos instrumentos presentes hoje na música dita gospel pq foram criados por pessoas não crentes…

    Tão perigoso quanto a libertinagem é o legalismo… Dele vinheram as guerras chamadas "santas"

    Creio, logo PENSO!

  48. Amigo aconselho-te voltar ao primeiro amor, ou melhor conhecer a Cristo verdadeiramente, cristianismo não e uma cultura, e um modo de vida, Mateus cap 7. Medite um pouco, e lembre-se Deus e Santo, Santo e Santo. Amigo conjuro-te chamar esses lideres que abraçam o MUNDO de Falsos ensinadores, falsos mestres, pois pela árvore conhecereis os frutos, se você não se preocupa com o estado da sua igreja deixando a eminente ao pecado… que Deus tenha misericórdia de ti.

  49. Daniel,

    Concordo contigo sobre nao escandalizar o irmao, até porque é a biblia quem diz; porém ouvir musica secular nao escandalizaria ninguem se o evangleho fosse pregado e nao as "doutrinas" cheias restriçoes.

    Essa frase de "explicadinho nos mínimos detalhes" é a parte do pastor (ciente da bíblia) e exatamente de quem ouve a musica secular.

    Como já disse, muitos por aqui tem ouvidos santos, mas olhos, maos e pés "secularizando" por aí.

    Coam o mosquito e deixam passar o camelo!

    Paz

  50. Jo 8;32" e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará"
    Penso que somos livres, tanto para nos privar, como para nos alimentar de certas coisas. Eu particularmente não ouço músicas que não sejam de louvor e exaltação ao nosso Deus. Por outro lado, não condeno quem ouvi. Prendo-me na passagem bíblica que fala sobre o que nós devemos pensar. E não me vem outra coisa a mente, a não ser nas Almas, que ainda não encontraram a Jesus, pois pra mim isso é realmente bom.

  51. Realmente voce deu um fora!
    Não tente colocar Deus nas coisas que voce gosta. Ou que voce acha que são boas, Lenine, Renato Russo ?? da uma olhada nas letras das musicas desses caras, eles estao mais para satanistas do que para um "clássico da cultura musical"

    "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele." 1 João 2:15
    " Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." Tiago 4:4b
    "Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom." Mateus 6:24

  52. Meu nome é Anderson, tenho 32 anos,sirvo a Cristo desde meus 17 anos,mas em 2001 passei com minha família a maior prova até hoje.Meu irmão também estava na igreja mas tinha uma grande admiração por bandas seculares. Não passou muito tempo para Deus usar irmãos para alertá-lo para ele deixar dessas práticas, mas não dando ouvidos continuava.Foi quando depois de muita conversa, ele foi perguntar pro líder de mocidade se tinha alguma coisa a ver, e ele respondeu que não, que até gostava também de um som pesado. Os problemas aumentaram quando ele passou a ouvir outras bandas,um tal de Gorgoroth, e Tristânia, Evanescence e Guns and roses, irmãos parece que algo terrível passou a fazer parte da vida dele, com o tempo não queria ir mais a igreja e passou a usar drogas, até o dia em que minha mãe encontrou ele no quarto todo inchado e roxo pois deu uma overdose nele, e ele estava morto. Hoje minha mãe toma muito medicamento para dormir pois não consegue esquecer a cena trágica que levou meu irmão Rogério com 21 anos de idade para a cova.Minha mãe se chama Hilda Ramos, orem por ela, pois é grande o seu sofrimento, verdadeiramente um abismo chama outro abismo.Ah o ex lider de mocidade fiquei sabendo que ele vai no show do Guns no brasil…
    Esse é o problema de hoje em dia, muito BBB brasil, muita novela,músicas com mensagens que não provém de Deus, mas pouco compromisso com Cristo.quando o diabo possuia meu irmão, alguns crentes vinham expulsar, e uns eram acusados de coisas que faziam às escondidas, a luta era grande, falo isso com muita tristeza pois não me alegro em ver pessoas que servem a Deus serem envergonhadas, mas a verdade é que, temos que ter compromisso sério com Deus porque Deus não é bricadeira.Somos servos inúteis mas temos pelo menos que prestar para aquilo que fomos chamados.Irmãos orem por nós.
    Anderson Ramos-sp

  53. Tenha um excelente dia ,

    Exato.

    Concordo contigo que esta letra do Renato é confusa, e que a outra dos Titas é uma blasfêmia. Porém, o que acha da música Monte Castelo, também da Legiao? Esta é, sem dúvida, uma das minhas preferidas…

    Insisto que nem tudo que é secular, é profano (assim como nem tudo que é "gospel", é santo).

    Discernimento; Esse é o dom que nos falta.

  54. Mas, o homen é calvinista( uma vez salvo salvo para sempre, se for um perdido não faz diferença e se for um salvo idem )Não adianta combater contra os herejes e ser um crente mundano, ambos vão para o mesmo lugar: Tg 4:4.É um sujo falando do mau lavado ! Os cantores mundanos tem ou receberam talentos sim, mas os mesmos são usados para servir ao diabo ! Nos shows o que rola é a prostituição ,droga e morte e para ser bom tem que vender bastante cerveja ! Somente um cego e mundano para não ver isso ! E não venham com essa de falar que quem não gosta dessa musicas é fã de novelas e bbb, isso é só onda para querer justifcar essas praticas nojentas ! Irmãos que entram neste site,e que ainda não se curvaram diante desses cantores( na maioria todos eles fazem pacto com o diabo para fazer sucesso ) não se deixem levar pelos artigos de renato vargem ou de quem quer que seja que venham com essa mensagem maligna, ele é um cego querendo ser guia e acredita na predestinação ! Se o pulpito cristão foi criado para combater os hereges pq aceita as ideias dele ? Ele é igualzinho ao valdeniro, só que usado com outros "talentos" ! É de dar dó ! Pb. Roberto Rocha

  55. A verdade é exatamente o oposto do que os evangélicos dogmáticos pensam.

    As músicas seculares podem ser boas ou ruins.

    As músicas gospels é que são inaceitáveis para os verdadeiros cristãos, tanto pelas letras antibíblicas quanto pela indústria e idolatria construídas em torno dela.

    O Diabo usa a música gospel para afastar as pessoas cada vez mais do cristianismo autêntico.

    atos17.blogspot.com

    * * *

  56. Irmão Leo eu tinha muitas musicas seculares, mas eu imaginei, será que quando Jesus voltar e estivermos com Ele quais serão as canções? Esses cantores que fazem músicas tão "lindas" vão poder canta-la pra Deus? Vamos cantar Roupa Nova? Ed Motta? Tim Maia? Frank Sinatra? Tom Jobim? (por mais bonitas que sejam as músicas) neste caso do Tom Jobim ele foi um homem de muitas mulheres de onde vem a sua inspiração? Michael Jackson tem músicas bonitas, que falam de igualdade, amor ao próximo, mas ele não aceitava nem ele mesmo; Lenine blasfema em suas canções, eu assistir um DVD e vi algumas letras. Jorge Vercilo canta músicas com apologia ao homosexualismo, são alguns exemplos de milhões. Se no próprio meio cristão há coisas horrendas que se dizem ser de Deus imagine no mundo onde que "ja no maligno"? Por mais bonitas que sejam eu preferi esvaziar-se do meu eu e fazer um "sacrifício" a Deus e me consagrar mais ainda, se tornar mais santo e irrepreensível deixando ao máximo o que for possível as coisas do mundo.

    O que diz a palavra do Pai das luzes:

    "E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhuma." I João 1:5

    "Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno." I João 5:19

    "Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce." Tiago 3:12

    "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;" Hebreus 12:14

    Deus é contigo!

  57. Jason,

    Há músicas e músicas. Você até agora só destacou maus exemplos e letras ruins.

    Você acha mesmo que nao há nada de bom, nada que valha a pena refletir, nada para admirar na música secular? Será que melodias ruins, harmonizaçoes medíocres e letras profanas anulam a musicalidade bonita, harmoniosa e de boa temática?

    Pense primeiro.

    Abraço!

  58. Renato vargen,gosta de musica mundana,pq ele é um herege, que crer na "teoria" pobre da predestinação: Uma vez salvo (ou iluminado?)salvo para sempre, com direito a levar para o céu cd de renato russo gay ou de cazuza maconheiro, para curti ! Usa as mesmas expressões dos hereges qd fala de ser apedrejado, como se estivesse correto em suas praticas nojentas ! E pior lançou um livro combatendo os hereges, é um sujo falando do mau lavado ! E fala que muitos não gosta dessas músicas e gosta de novelas e BBB, é querer defender uma prática imoral com outra ! Teve um anônimo que falou sobre talentos. E com certeza esses cantores mundanos os tem, mas usa os mesmos a serviço do diabo, nos seus shows, o que rola é a prostituição, drogas,mortes, e prá ser bom tem que vender bastante cerveja. A maioria deles fazem pacto com o diabo prá fazer sucesso ! E jonara querendo confudir as pessoas qd fala que se é assim, temos que trabalhar somente em empresas de cristão,meu Deus, que ki baixo desta senhora, não misture alho com bugalho ! Ser crente mundano é ser inimigo de Deus TG 4:4 ! E quem não gosta e não concorda com essa turma é tachado de ignorantes,e eles são de fato iluminados (só se for pelo espirito das trevas !). Renato Vargen é um cego querendo ser guia, já imaginou como será e a onde vão parar, os crentes guiados por esse herege ? Predestinação é bíblicamente falando: HERESIAS ! E por falar nisto o pulpito cristão, não foi ciado para combater isso ? Com a resposta, o dono do blog ! Pb. Roberto Rocha

  59. É Leo…
    Já percebeu que toda vez que o assunto música vem à tona vira essa celeuma?

    Particularmente já cheguei a conclusão que alguns crentes não podem mesmo ouvir musica secular, pois desviam com certeza. Então é melhor que fiquem só no Gospel mesmo, com isso jamais irão conhecer essa face da graça. Paciência.

    Os legalistas que não me perdoem, más ainda bem que o sacrifício da cruz é suficiente para salvar tanto nós, que ouvimos música secular com discernimento, quanto os que preferem não ouvir. Respeito a decisão destes e espero o mesmo respeito pela minha opção. Não aceito qualquer imposição dogmatica ou condenação religiosa.

    Nem todos podem ter a mesma maturidade do Ap Paulo que tinha muita intimidade com a obra dos poetas caídos da Grécia e conseguia citá-los para glorificar a Deus, e olha que a obra deles era muito mais caída do que a contemporânea. Talvez isso seja um dom e nem todos o tenham. É compreensível.

    No Amado,

    Ielton Isorro
    http://clamandonodeserto.blogspot.com/

  60. PARA VOCÊS QUE NAO CONHECEM MUSICA.
    É UMA ARTE QUE MEXE COM SENTIMENTOS.
    A MUSICA SERVE PRA MEXER COM AS ESTRUTURAS ESPIRITUAIS SIM!
    ELA TRAZ UMA CERTA "PAZ", ELA ALEGRA, DEIXA ALGUEM TRISTE, DEPRIMIDA, EUFORIA E ETC…
    A MUSICA HOJE EM DIA É A MAIOR INFLUENCIA NAS ATITUDES, ATRAVEZ DA MUSICA SE CONSEGUE FAZER FALAR EM TRAIÇÃO DE FORMA "ALEGRE".
    ATRAVEZ DA MUSICA VOCE COMPARTILHA COISAS BOAS E RUINS DE SUA VIDA.
    EXEMPLO CANTORES HOMESEXUAIS, OUTROS QUE NAO SE IMPORTAM COM DEUS E ETC. TODA MUSICA TRAZ INFLUENCIA.
    E OUTRA COISA QUE ESTA SENDO COLOCADO AQUI.
    ESTAO FALANDO DE COMIDA, FILMES, LUGARES ONDE TRABALHAMOS, SANTA IGNORANCIA NAO TEM NADA HAVER COM O QUE ESTAMOS DEBATENDO QUE É A MUSICA.
    SE FOSSEMOS LITERAIS NO QUE SE DIZ EM NAO AMAR O MUNDO (SE FOSSE SO PARA TER COISAS E FAZER COISAS DO MEIO "GOSPEL" TERIAMOS QUE PEDIR PRA DEUS NOS TRANSPORTA DESTE PLANETA… DIRETO PARA O CÉU.
    NÃO CONDENO NINGUEM QUE HOUVE MUSICA SECULAR, MAS NAO VENHA COM DESCULPA ESFARRAPADA PQ NAO HÁ NADA NA BIBLIA QUE JUSTIFIQUE.
    NAO SOU LEGALISTA.
    SOU SALVO PELA GRAÇA DE JESUS.

  61. Poxa Leo!! Não me leve a mal mas que é isso cara? Você é um cara instruído. Missionário. Tem por profissão, a obrigação de todo servo de DEUS que é levar a palavra e o AMOR dele ao próximo.

    Sinceramente é inaceitável que você, principalmente você, que é missionário, dono do blog, e por consequência, serve de referência para muitos, (tanto é que olha como esse blog é visitado e lido todos os dias e por tantas pessoas) se dirija de forma tão pejorativa aos outros.

    Você dizer que a pessoa: "só nao relincha porque tem beiço curto!" é uma tremenda falta de respeito e de AMOR ao próximo!! O 2º Mandamento é AMAR ao PRÓXIMO como A TI MESMO.

    Penso que capacidade traz consigo responsabilidade. Pense no que um recém convertido que esteja acompanhando seu blog vai pensar se ver que você, que é um missionário, vive pregando a Bíblia, é referência muito conhecido na blogsfera, se dirigindo à uma pessoa de forma tão pejorativa assim!!!

    E não é a primeira vez que vejo isso aqui no púpito. E nem só com você. Vários que se intitulam "pastores" têm feito isso aqui. Quando alguém discorda das idéias apresentadas são praticamente "apedrejadas virtualmente" justamente por quem deveria dar exemplo e instruir.

    O blog é seu, como você mesmo já disse outras vezes, mas peraí né..

    São não quiser publicar meu comentário, tudo bem, mas fica aqui o registro de minha insatisfação.

    Eduardo

  62. Eduardo,

    Acaso Jesus pecou ao chamar os fariseus de hipócritas, sepulcros caiados e serpentes? Acaso nao é Deus mesmo quem compara o seu povo ao "boi" e à "jumenta"? Alias, faz pior: Os coloca abaixo das jumentas, as quais "conhecem sua manjedoura", mas aquele povo havia se esquecido de Deus (Isaías 1.3).

    Paulo ao confrontar-se à Elimas o chamou de filho do Diabo, e Joao Batista vociferava contra os fariseus: "raça de víboras!". Enfim, dadas as circunstancias em que o Pb. Rocha aparece neste blog, os insultos que nos dirige e os impropérios que profere contra à graça de Deus, ora negando-a, ora diminuindo-a, creio que "cavalo" é um eufemismo para ele.

    A paz.

  63. Liga não eduardo, é o sal batendo nas feridas,e quando isso acontece ele expele o mal pela boca ! O pior que ele tb tem o ki baixo e não sabe. Pensa como a jonara: O crente não pode estudar em escola secular,pq é do mundo. Meu Deus, que mente curta desse "missionário" ! Uma coisa não tem nada a ver com a outra.
    Silas Malafaia: "teoria" da prosperidade ! Renato Vargens: "teoria" da predestinação ! Não existe diferença,tudo é heresia ! A questão é uma só : o "missionário" gosta do renato que adora uma musica mundana como ele; e não gosta do Silas ! Vou pedir pro Silas no seu programa declarar o seu amor pelas musicas do renato russo ! kkkkkkk ! Pb. Roberto Rocha, ajudando leonardo a sarar das sua enfermidades !

  64. Por ter acesso á internet a pouco tempo, só agora tenho tido a oportunidade de caminhar em caminhos do meio evangélico de uma forma menos superficial, e confesso que ando lendo algumas coisas que as vezes da até vontade de chorar.Pessoas sempre dispóstas a defender suas verdades,demonizando tudo,mostrando que a cada dia que passa que o extremísmo, tão presente em outras religiões e criticado por nós evangelicos, está tão presente em nosso meio quanto as teologias da prosperidade, o egocentrismo, o ufanismo e tantos outros.Infelizmente, insistimos em não usar aquilo que nos torna diferente do outros animais.O intelecto.Àqueles que defendem a imprestabilidade de tudo que está fora das quatro paredes eclesiásticas, sugiro que procurem na Bíblia personagens que embora não pertencessem à Israel foram usados por Deus tendo papel importantíssimo po plano da redençao. Muito diferente dos acham que só é bom aquilo que é do meu grupo.É daí que surgem as incoerências humanas como dzer que a tv é do diabo e usar ainternet, criticar as vestimentas feminínas e usar ternos e gravatas caríssimos, criticar música do “mundo´´ e se emocionar com um filme do “mundo.´´Emfim.Lamentável.

  65. Gostei do argumento do Denis de Andrade. Eu ainda não vi ninguém mostrar um argumento biblico coerente, ao invés de um bocado de versiculos soltos…

    Como sempre a gente escuta "Texto sem contexto é pretexto para heresia."

    Será que alguém que realmente não tenha concordado com o argumento do texto pode refutar com BÍBLIA e LÓGICA?

    Acho que nas igrejas de hoje junto com o curso de novos convertidos deveria existir um curso de lógica/racicionio lógico ou algo assim 😀

  66. Pastor Renato Rocha! NA PAZ MEU IRMÃO!
    Minha sincera admiração por este artigo.
    Tinha perdidos as esperanças de encontrar algum neurônio sobrevivente nesse circo "gospel" que armaram para nos distrair
    Música é forma de comunicação, onde por meios de sinais sonoros harmônicos, ritmos, compassados e simétricos, expressamos nossas ideias, sentimentos, emoções e perpectivas. è como a poesia, a arte cênica, a pintura, dentre outras.
    É claro que cada um expressa o que tem o coração. Assim, sejamos seletivos em nossa musicalidade, para que possamos reter o que é bom.A ditocomia não é musica "gospel" e musica "secular" mas música de qualidade boa e música ruim.
    Não me edifica ouvir um funk da Tati Quebra Barraco, como também não me edifica ouvir algumas musicas gospel, como a que ordena que "… hoje meu milagra vai chegar…" tratando DEUS COMO UM GARÇON, pronto para satisfazer minhas exigências FRÍVOLAS, e outras. É muita ingenuidade achar que as gravadores, os artistas e seus empresários fazem música gospel pra Deus. Eles fazem para o MERCADO, E O MERCADO, GERALMENTE, CONSOME LIXO. O intuito é vender. É comercialização banal apenas.
    Triste de quem não conseque enxergar DEUS além das paredes dos templos ou além dos cds ditos "evangelicos" sendo que em alguns desses cds, definitivamente, DEUS NÃO SE ENCONTRA.
    Mas me edifica muito ouvir um CLASSICO DA MPB, como este, de autoria de DOLORES DURAN e TOM JOBIM:

    "É de manhã, vem O SOL
    Mas os pingos da chuva que ontem caiu
    Ainda estão a brilhar
    Ainda estão a dançar
    Ao vento alegre que me traz esta canção
    Quero que você me dê a mão
    Vamos sair por aí
    Sem pensar no que foi que sonhei
    Que chorei, que sofri
    Pois a nossa manhã
    Já me fez esquecer
    Me dê a mão, VAMOS SAIR PRA VER O SOL."

    Mateus 17-1 e 2: Seis dias depois, tomou JESUS consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte, E transfigurou-se diante deles; E O SEU ROSTO RESPLANDECEU COMO O SOL, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz.

    Finalizando, um recado para o ANIMAL ANÔNIMO, QUE RELINCHOU O SEGUNDO COMENTÁRIO DESTE TÓPICO:

    GRANDE M… SER EVANGELICO! M…. MESMO! O LEONARDO PRUDENTE É; O EDIR TAMBÉM E OS PASTORES ACUSADOS DE TRAFICO DE ARMAS DA IMPD TAMBÉM SÃO, ATÉ VOCE, ANONIMO, QUE ESCREVEU ESSE LIXO, TAMBÉM É EVANGELICO… NÃO QUERO NUNCA FICA COM UM CARATER DISTORCIDO COMO O SEU,UMA PESSOA QUE NÃO TEM O RESPEITO E A DIGNIDADE DE CONVIVER COM PENSAMENTOS DIVERGENTES.
    CRISTO NÃO É EVANGELICO, SEU IDIOTA, ELE ESTÁ MUITO ACIMA DESSAS DENOMINACÕES QUE O SER HUMANO CRIOU.
    O MUNDO PRECISA DE CRISTO, não de evangélicos!

  67. Assunto muito interessante! Lembro-me a época da minha conversão eu apaguei todas as músicas que tinha no meu computador e doei os poucos cds que eu tinha pros amigos.

    Na época, os meus "lideres" falavam que a música secular era do diabo (isso com o tenis da Nike), mas nunca entrei nessa pilha. Todavia eu por opção própria, apaguei tudo e substituir só por músicas ditas evangélicas (ai sim, o fato de eu ser neófito pesou, uma vez que considerava toda música evangélica, música santa). Mesmo não escutando músicas mudanas eu deixava bem claro que era opção minha e quem quisesse ouvir que ouvisse, pois não era pecado.

    Só que o tempo foi passando e fui percebendo que a música gospel não é santa porcaria nenhuma. 90% só exalta o homem, ou colocam Deus como servo do homem. Onde ta a santidade nisso? Vejam o trecho dessa música bem conhecida no seio evangélico: "Restituiii, EU QUERO DE VOLTA O QUE É MEU".. Será que uma música dessa realmente exalta Deus ou O coloca como nosso servo?

    O que eu não entendo é como os legalistas aparecem nesse blog, uma vez que pra acessar aqui, é preciso acessar a internet, e a internet é tem muita pornografia ou conteúdos impróprios para os cristãos, logo essas pessoas são proibidas de entrar, mesmo nos sites de notícias ou entretenimento. Afinal, se não podemos escolher as boas músicas, eles tb não podem escolher os bons sites. Por isso todo legalista que acessou esse site, vai morrer no inferno. A não ser que faça aquele sacrifício da moda, para ser salvo.

    Poderia discorrer um livro sobre esse tema, mas prefiro parar por aqui com a seguinte assertiva: NÃO SAIR DA ESCRAVIDÃO DO DIABO, PRA SER ESCRAVO DA GOSPELALIZAÇÃO.

  68. O mundo não precisa de que se pregue sobre a "graça comum",pois ela não é salvadora,nem santificadora.O mundo precisa ouvir sobre a graça "salvadora " e "santificadora",Jesus Cristo ,o justo.Nenhum apóstolo pregou graça que não fosse salvadora."Toda boa dádiva e todo dom perfeito" em Tiago se refere ao evangelho,que se recebido e cumprido pode salvar a alma do pecador.
    Parem de pregar versículos fora do contexto e distorcidos na sua exegese(a maioria das heresias provém deste expediente).
    O homem natural louva a Deus com seus lábios,mas seu coração está longe de Deus.

  69. RESPOSTA AO RENATO : Eu falo "teoria", pq não podemos chamar "isso" de teologia. predestinação : uma vez salvo( ou iluminado ?) salvo para sempre e uma vez perdido, perdido para sempre ! Que barbaridade, somente um fã de música mundana para pensar assim ! E quero falar que tb não gosto de jeito nenhum dessa turma gospel mercantilista,e não contribuo para que os mesmos façam sucesso, agora isto não me dar o direito, de ficar ouvindo um filho do diabo cantando para alegrar o meu coração ! é muita cegueira espiritual ! Pb. Roberto Rocha

  70. Agora mexeu comigo, Leo. Uma de minhas canções favoritas (tá até no meu orkut)é Tocando em frente.

    Olha a letra:

    Ando devagar porque já tive pressa
    Levo esse sorriso porque já chorei demais
    Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
    Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
    Eu nada sei
    Conhecer as manhas e as manhãs,
    O sabor das massas e das maçãs,
    É preciso amor pra poder pulsar,
    É preciso paz pra poder sorrir,
    É preciso a chuva para florir
    Penso que cumprir a vida seja simplesmente
    Compreender a marcha e ir tocando em frente
    Como um velho boiadeiro levando a boiada
    Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou
    Estrada eu sou
    Conhecer as manhas e as manhãs,
    O sabor das massas e das maçãs,
    É preciso amor pra poder pulsar,
    É preciso paz pra poder sorrir,
    É preciso a chuva para florir
    Todo mundo ama um dia.
    Todo mundo chora
    Um dia a gente chega
    e no outro vai embora
    Cada um de nós compõe a sua história
    Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
    De ser feliz
    Conhecer as manhas e as manhãs
    O sabor das massas e das maçãs
    É preciso amor pra poder pulsar,
    É preciso paz pra poder sorrir,
    É preciso a chuva para florir
    Ando devagar porque já tive pressa
    E levo esse sorriso porque já chorei demais
    Cada um de nós compõe a sua história,
    Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
    De ser feliz

    Feliz nEle.
    Ielton Isorro
    http://clamandonodeserto.blogspot.com/

  71. Um traço do insensato é opinar sobre coisas das quais é totalmente ignorante.
    Grande partes das pessoas que defendem arduamente a "musica gospel" como sendo a unica valvula condutora de espirutualidade cristão, é completamente analfabeta e não conhece a musicalidade brasileira legítima em sua essência, mas apenas os lixos que tocam nas rádios, e aí, acham que a musica secular (detesto essas difurcações idiotas – secular/gospel) se resume na Tati Quebra Barraco e no Calcinha Preta.
    Desconhecem por completo a belíssima obra de Egberto Gismonti; Baden Pawel; Carlos Lira; ACjobim; Ednardo; Hermeto Pascoal, Renato Borgheti, Geraldo Vandre; Geraldo Azevedo, Paulinho Pedra Azul, Paulinho da Viola, enfim, como também desconhecem as obras literárias de Marcos Palmério, Machado de Assis, as poesias de Castro Alves, Cora Coralina, Drumont, Ferreira Goular e por ai vai…
    O brasileiro é um povo sem memoria, obesso sobre sua própria identidade cultural, que alias, é refinadíssima. E olha que nem vou falar em Carlos Gomes; Heitor Villa Lobos, Radamés Ignatelli, Jaques Morelembaum, Renato Teixeira, Elomar Figueira de Melo, e tantos outros.
    Ai vem os ignorantes musicais, dando opinião sobre musicalidade, como se a musica produzida fora do circuito "gospel" se resumisse na banda Babado Novo e no MC Creu. ( com todo respeito a quem aprecia essas bandas)
    Lixo fonográfico e poesia chinfrim há também na musica dita "gospel".
    De meu lado, prefiro a musica cristã, seja ela produzida por Milton Nascimento e Fernando Brant ( Comunhão – CD Imã ) quer seja ela produzida por um irmão em fé ( João Alexandre – CD É Proibido Pensar), dentre outros. Alias, os hinários são lindíssimos, pena que perderam espaço nas igrejas para essas musicas pasteurizada, inventada pelo mercado "gospel" apenas para vender.
    Lamentavelmente, nem todo brasileiro tem condições intelectuais de apreciar uma boa poesia, uma boa musica, uma boa literatura ou uma boa obra de arte, por isto não lhes foi ensinado nas escolas.
    Me preocupa esses pensamentos idiotizantes de que, " musica que não é de igreja, é do capeta" pra usar um portugues bem brejeiro e vulgar. A ARTE É UM PRESENTE PRECIOSO DE DEUS. E a música um maravilhoso talento dado por DEUS AO HOMEM, como forma de expressão de sentimentos e emoções.
    Burrices gospel a parte, Pastor Renato, seu artigo é elucidativo, e desmistifica essa ideia de "santidade" das musicas evangelicas e a "demonização" das obras de arte que não estejam perfilhadas no conceito sectário dos novos fariseus.
    Bom, agora, vou ouvir uma musica com Almir Sather – Trem do Pantanal, uma maravilhosa guarânia ( será que esse povo sabe o que é isso), falando das belezas do pantanal matogrossense, que DEUS CRIOU.
    Pro resto que discordo do pastor renato, ofereço a musica do Roberto Carlos… Quero que voce me aqueça nesse inverno, e que tudo mais…."
    Tchau!

  72. Olhe essa musica dos Titas.

    Vamos deixar que entrem
    Que invadam o seu lar
    Pedir que quebrem
    Que acabem com seu bem-estar
    Vamos pedir que quebrem
    O que eu construi pra mim
    Que joguem lixo
    Que destruam o meu jardim

    Eu quero o mesmo inferno
    A mesma cela de prisão – a falta de futuro
    Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

    Vamos deixar que entrem
    Que invadam o meu quintal
    Que sujem a casa
    E rasguem as roupas no varal
    Vamos pedir que quebrem
    Sua sala de jantar
    Que quebrem os móveis
    E queimem tudo o que restar

    Eu quero o mesmo inferno
    A mesma cela de prisão – a falta de futuro
    Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

    Eu quero o mesmo inferno
    A mesma cela de prisão – a falta de futuro
    O mesmo desespero

    Vamos deixar que entrem
    Como uma interrogação
    Até os inocentes
    Aqui já não tem perdão
    Vamos pedir que quebrem
    Destruir qualquer certeza
    Até o que é mesmo belo
    Aqui já não tem beleza

    Vamos deixar que entrem
    E fiquem com o que você tem
    Até o que é de todos
    Já não é de ninguém
    Pedir que quebrem
    Mendigar pelas esquinas
    Até o que é novo
    Já esta em ruinas
    Vamos deixar que entrem
    Nada é como você pensa
    Pedir que sentem
    Aos que entraram sem licença
    Pedir que quebrem
    Que derrubem o meu muro
    Atrás de tantas cercas
    Quem é que pode estar seguro?…

  73. A música, como forma de expressão de sentimentos e pensamentos, é uma ferramenta importante para o louvor ( jubilo/festejo) ao Senhor, como também a adoração (reconhecimento da submissão do homem em relação a Deus).Inobstante, a música é também uma importante ferramenta de crítica e protesto social, e de repudio a comportamentos de degeneração individual como a hipocrisia e a injustica.
    Exerce também papel fundamental na exteriozação do sentimentalismo e da sensibilidade humana, como o amor aos pais, a esposa, a namorada, o amor a natureza, aos seres viventes, e por ai vai.
    Como expressão de protesto social, temos que lembrar que na época da Ditadura Militar, no golpe de 64, houve uma repressão armada e violenta contra os que se posicionam contra o regime arbitrario e despota do governo golpista. Pessoas eram obrigadas a se calaram ou abandonaro ideal da liberdade cívica em favor da repristinação dos direitos que a ditatura nos tolhiu, como o direito a informação, de pensamento e também religioso.
    Pessoas era obrigadas a reconhcer o governo golpista como legitimo, sob pena de serem PRESOs, TORTURADOs OU EXILADOs DO PAIS, sob palio da pratica de crime contra a segurança nacional.
    Neste contexto, a música teve uma importância tremenda, como instrumento de resistencia a dignidade cívica, e ao invés da grande maioria pegar em armas e lutar contra a ditadura, fazendo um banho de sangue, o protesto veio suave da musicalidade de uma moça timida e franzina do interior, ainda desconhecida na ocasião, chamada NARA LEÃO, que fez um show, aonde cantou OPINIÃO de Ze Ketis, aonde dizia:

    " Podem me prender
    Podem me bater
    Podem até deixar-me sem comer
    Que eu não mudo de opinião

    A apresentação do espetáculo Opinião, ao lado de João do Vale e Zé Keti, um espetáculo de crítica social à dura repressão imposta pelo regime militar, foi um grito de esperança aqueles que foram mandados embora do pais, presos, torturados, para nunca se acovardassem de seus ideais, por intermedio da imposição do medo da força bruta.
    ESTUDEM, a musica é ferramente de comunicação importantíssima, e de louvor e adoração também, é claro.
    A proposito, só lembrando: O circo tem que parar! Vamos por um evangelho autentico! Mirem-se no exemplo acima, pois é preciso ter coragem! Nando

  74. Antes de me tornar um cristão, eu curtia "boas músicas". Ouvia desde Luiz Gonzaga até Bolero de Ravel, passando por Titãs. E por falar neles, mesmo não acreditando em Deus – tempos atrás -, não gostava de uma de suas músicas: Igreja, do álbum Cabeça Dinossauto (1986) que tem a seguinte letra:

    IGREJA (Nando Reis)

    Eu não gosto de padre Eu não gosto de madre Eu não gosto de frei.
    Eu não gosto de bispo Eu não gosto de cristo Eu não digo amém.
    Eu não monto presépio Eu não gosto de vigário Nem da missa das seis.
    Eu não gosto de terço Eu não gosto do berço De Jesus de Belém.
    Eu não gosto do papa Eu não creio na graça Do milagre de Deus.
    Eu não gosto da igreja Eu não entro na igreja Eu não tenho religião.

    Sem levar a discussão para o lado religioso, acho inaceitável e uma grande heresia frases do tipo "eu não gosto de Cristo …", "eu não creio na graça do milagre de Deus". Não aceito, também, que os mesmos que blasfemaram, um dia, contra Deus, escrevam, hoje, algo sublime a favor do amor, a não ser que tenham se arrependido e tenham aceitado a Cristo como Salvador. Ou você está do lado bem, ou está do lado mal; não existe meio termo quando se trata de Deus. Deus não negocia com os homens.
    As estratégias do inimigo de Deus são sutis. O diabo não é feio "como se pinta". Ele vem disfarçado de belo e ilude a mente dos desavisados. Ele entrega de bandeja uma linda mulher ou um belo homem a um casamento em crise e diz que é amor. O mundo de hoje está assim, impondo a cultura do “tudo pode”, “tudo deve”, “tudo é normal”. Casar-se virgem é careta! A cultura dos jovens modernihos é a do “ficar é que é normal” e ainda com o consentimento dos pais, o que é ainda mais triste. Homossexualismo, lei de Gerson: “leve vantagem em tudo, certo?”, pirataria etc. Que mundo estamos deixando para os nossos filhos?
    Dia desses fiquei sabendo que entre “Faz um milagre em mim” de Régis Danese e “você não vale nada mas eu gosto de você” do grupo Solteirões do forró, o povo escolheu, como melhor canção de 2009 para ganhar o troféu imprensa, advinhem qual delas? Não que todos os artistas do mundo Gospel estão em busca de troféus (alguns até estão), mas mostra que o povo, em sua grande maioreia, está dominado pelo mal. Como diz as escrituras “O mundo jaz no malígno”.
    Não digo, com isso, que tenhamos que houvir apenas músicas gospel, que só falem de Deus. Temos, sim, que selecionar aquilo que entra nos nossos ouvidos. Quem prega o amor verdadeiro, pregará sempre. Quem prega o amor e o ódio é, no mínimo, um hipócrita.
    Que Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe.

  75. Achei otimo o comentário do Euler.
    Na verdade, essa discussão se resume EM apenas num ponto: TEMOS QUE ESCOLHER MUITO BEM O QUE DESCE POR NOSSOS OUVIDOS, INDEPENDENTE QUE SEJA MUSICA PRA IGREJA OU MUSICA CONVENCIONAL.
    Afinal, bom é agregar valores morais, eticos e espirituais.
    É como diz a MUSICA COMUNHÃO, DE MILTON NASCIMENTO:

    "O HOMEM TER QUE SER COMUNHÃO,
    MUNDO TEM QUE SER COMUNHÃO,
    A VIDA TEM QUE SER COMUNHÃO,
    NA ALEGRIA DO VINHA E PÃO,
    O PÃO E VINHA, ENFIM, REPARTIDOS.

  76. é estranho como as pessoas agem em relação a música, pois foi criado uma relação entre adorar e agradar a Deus, que é cantar musicas(louvores), e o que vemos em Mateus cap. 25 é bem diferente o "critério" que o Salvador vai usar ao separar os "bodes" das "ovelhas".
    então se faço uso de musica do mundo estou sendo condenado por usufluir dessa coisa mundana.
    e como fica na hora que estou andando de carro? qual é mesmo a marca gospel de carro que existe? e porque a crentaiada anda pra baixo e pra cima de carro???
    ah! a crentaiada deveria também andar pelados!!! vai lá saber quem é que fabricou essas roupas!!! se bem que hoje em dia ja tem a lojinha de Gezuis!!! meio brega mais tem!!! ufa! pelado é que não dá pra ficar!!! rsrsrs
    e na hora que se entra no mercado!!! deveriam então morrerem de fome ou fazer suas proprias colheitas e plantações pra se alimentarem. ah! mas pra comida(alimentação) é só fazer uma "reza braba" na hora que chega em casa que tá santificado!!! não importa quem pois a mão(produziu)
    de uma olhadinha pra marca do seu monitor??? vamos pesquisar a origem dessa empresa e a "maldição" que ela pode estar causando em sua vida , por vc ter adquirido um de seus produtos e financiado a obra do maligno??? provavelmente a empresa do seu CPU tambem é outra fonte de "maldição"…oh!!! meu Deus, a tv , o som, a geladeira, o relogio, o tênis e etc…
    esses são alguns exemplos basicos da ignorância dos crentes , onde deveriamos estar fazendo a diferença no nosso modo de viver mostrando as pessoas o verdadeiro amor de Cristo e não nos excluindo nos mostrando arrogantes e soberbos, nos colocando acima dos outros só porque eu sou "santo" e não me misturo (onde Cristo passava boa parte do seu tempo mesmo?)…aí o que fazemos é criar um "mercado gospel" onde se vende o que era pra ser passado como Graça para todos, e assim o bom testemunho viria a crescer e o Nome sobre todo nome seria exaltado e não escarnecido , mas preferimos fazer comércio com tudo que se pode colocar o Nome de Deus. Nisso qual a diferença entre "mundo" e "gospel"???

  77. caramba!! preciso opinar.onde estamos?e o sr leonardo ainda chama um rapaz de ignorante pelo simples fato dele não concordar com a opinião dele…brincadeira e falta de respeito para com o pessoal q acompanha seu blog.acho q temos o direito de opinar ..EU EM PARTICULAR NÂO ACHO Q DEVEMOS OUVIR ESSE TIPO DE MUSICA. espero não ser tachado de ignorante…EU FUI TRANSFORMADO EM UMA NOVA CRIATURA E AS COISAS VELHAS ESSAS NÂO FAZEM MAS PARTE DA MINHA NOVA VIDA>>>>
    EU CONHECI UM EVANGELHO Q TRANSFORMA UMA PENA VCS NÂO TEREM CONHECIDO.

  78. Chelly,

    Há uma enorme diferença entre discordar com respeito como você fez, e insultar sem nem ao menos argumentar. Também sou nova criatura, mas assim como nao deixei de ter quadros (obras de arte), nem de vestir roupas com etiqueta "mundana", também penso que a boa música (nao a música ruim, cheia de palavroes, melodia medíocre e insultos a nossa fé), enquanto arte, pode sim ser admirada.

    Abraços,

    Leonardo

  79. Sobre este tema, e lendo os comentários acima, tenho que:
    1) – Não se trata de abordar o gosto particular de cada um pela musica "secular" ou pela musica gospel. Até porque, a questão de "gosto" é estritamente pessoal, personalíssima e impermeável a analise alheia, afinal cada um tem suas preferências musicais.
    2) – A questão é ser pecado ou não ouvir musica secular, ou se a musica dita "mundana" pode trazer elementos eticos, cristão e morais, ou isso é privilegio apenas da musica gospel. Neste ponto, CONCORDO INTEIRAMENTE COM O PASTOR RENATO E COM O PR LEONARDO. Não há base bíblica que sustente que Deus tenha proibido a utilização da música, como forma de expressão pura e sadia, reservando-a apenas a louvores. Também não há base fática para sustentar que a musica gospel detem o monopólio da santidade. O que vemos por ai não é isso. .
    3) – não podemos colocar gosto pessoal como doutrina. O respeito a diversidade cultural, artistica e de pensamento é dever do cidadão, seja crente ou não.
    4) – Nâo achei pejorativo o termo ignorante nos comentários acima, como disse a irmã.
    Ignorante não é só um adjetivo pejorativo, um xingamento, mas uma CONDIÇÃO DE QUEM SE METE A TRATAR DE UM TEMA QUE DESCONHECE.
    Nâo posso entrar num debate sobre a os avanços da Cibernética ou da Fisica Quantica, quando não conhece esses temas.
    Entretanto, vejo gente falando…. a musica "mundana" é ruim, é isso, é aquilo, não presta, então pergunto: Será que essas pessoas conhecem Carinhoso, de Pixinguinha; Disparada de Geraldo Vandré, e do mesmo autor Pra não dizer que não falei das flores, e ainda, Jequitinhonha, de Paulinho Pedra Azul? Sabem sobre os movimentos tropicalista, bossa nova, a Era do Rádio, os chorinhos, será que ouviram falar em Altamiro Carrilho? E João Gilberto ganhador de 02 grammys, premio maximo da musica americana.
    Polcas, toadas, guaranias, samba canção, enfim, o que sabem disso para debater e afirmar categoricamente que musica não presta?
    Se alguem afirma isso, e não consegue diferencias a Quinta Sinfonia das Quatro Estações, estão debatendo sem conhecimento de causa, sendo portanto, ignorante, na condição de desconhecedor do que taxa como algo nefasto, e levianos na condição de prejulgadores inconsequentes e preconceituosos.

  80. Paz a todos!
    Como muita alegria que leio os comentarios, vai uma pequena obsevação para os "super-santos" vamos analisar, muitos dos nossos produtos, exemplo: carros, net e tv, ora alguns dos criadores possivelmente não cre em Deus outros até pactos fizeram, então vai a dica: Sai da Zona norte de SP para a sul a pé pois seu carro pode ter sido criado por um desse e isso é pecado. E ai?

  81. Então, sem problemas "emocionar-se" (alimentar a alma) com músicas que exaltam entidades espirituais como Iemanjá e outras. Que remetem e estimulam o adultério, a prostituição e um estilo de vida imoral? Ou mesmo, depresivo?

    Antes de minha conversão, gostava… e SIM! Ainda gosto de Chico Buarque, Raul Seixas, Legião, Led, Black Sabbath, Tom e Vinicius, Zeca Baleiro, Samba, MPB, etc. e tal. Admiro a inteligência, a musicalidade, a poesia. Porém, estes dons deveriam fluir para o Criador e para Seu louvour.

    Porém, sei que não convém. Afinal, a Palavra de Deus, que é a verdadeira fonte de Deus (discordo da idéia de que Deus seja a fonte para todas as coisas), me instrui a selecionar o que me influencia.

    Creio que não preciso postar aqui exemplos do que falo sobre as letras das músicas inspiradas pelo e para os valores do mundo.

    E, no mais: "Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama; se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento." – Filipenses 4:8

  82. Meu primeiro comentário aqui.
    Acredito que para cruzar informações e fazer uma análise crítica é preciso conhecer os assuntos em si. Percebo que algumas pessoas aqui entendem quase nada de Arte, no caso Música. Sou Agnóstico porém frequento este Blog por considerar o Blogueiro uma mente pensante no meio e ter muita coerência sempre que constrói um argumento.
    Eu consigo acreditar em Deus em alguns momentos. São eles: frente à Natureza como cachoeiras, montanhas e etc. Quando estou com minhas crianças (Sou professor do Ensino Infantil) e quando ouço caras como Milton Nascimento cantando, ou Jeff Healey tocando guitarra ou mesmo Glenn Gould tocando piano. Se Deus existe, ele com certeza está nas plantas, nas águas, na terra que dá fruto, no sorriso das crianças e em sua inabalável energia e nas músicas que sai do das mãos e das bocas de pessoas incríveis.

    Parabéns pelo Blog, muito o respeito por sua inteligencia.
    E uma vaia aos legalistas.

  83. sinceramente ouço musica secular (instrumental), pois no meio gospel naum temos tantos valores indviduais nos intrumentos….porém dai a eu querer dizer q estou certo nisso e mais citar Reanto russo como exemplo….só uma musica dele "gosto de são paulo, gosto de são joao gosto de sao francisco e são sebastião e gosto de meninos e meninas"
    q exemplo hein? aqui ele fala q gosta de homens e mulheres!!!
    graças a DEUS me converti perdi muito tempo houvindo essa drogas!!!
    GRAça e PAZ!!!

  84. Cara, se você só ouvia musica "mundana " ruim, problema seu e do seu mal gosto!
    E provavelmente, agora que se converteu, deve estar escutando música "soepsl" de baixa qualidade também.

  85. Alexandre, cara um se emociona com aquilo que lhe toca!
    A mim, particularmente, não me apraz sensibilizar com músicas que exaltam entidades pagãs ou princípios antiéticos, mas me apraz omuito uvir uma música que ressalte a natureza que Deus criou, ou o evento único do nascimento do primeiro filho, como "Gabriel, de Beto Guedes" ou que fale de um amor puro entre um casal.
    Cada um procura se sensibilizar (emocionar) com aquilo que lhe toca.

  86. E eu maninho? louvo a Deus pela graça comum… aia ai ai como eu amo as musicas de Tim Maia, Adriana Calcanhoto, Djavan, Mariza Montes, Renato Russo, Ivan lins com sua musica "Quero a sua risada mais gostosa" aff tudo de bom, oh maravilhosa graça comum rsrsr

    HA ja ia me esquecendo de J.Quest srsr
    melhor que muitos gospel que temos por aí!

    adorei Leo, Parabéns!

  87. Tem gente que quando era do mundo achava tudo bom, quando se converteu tudo ficou ruim srrsr Eu conheço uma amigo que adorava as musicas do Robertão quando ficou crente, o Roberto ficou ruim rsrsr ai Jesuiz que coisa, como estAs pessoas tem a fé fraca, se acha que uma musica pode interferir no seu relacionamento com Deus, isso e ser muito fraco na fé, como o exterior pode influenciar na minha intimidade com Deus? aff!

  88. Eu concordo com sua visao,apenas acho que devemos selecionar as musicas do mundo secular que ouvimos as bandas que vc postou sou fa de todas e gosto do Chico Buarque tambem, sei que Deus ve o nosso coracao e meu coracao nao condena pois o que vemos no meio Evangelico e que da vontade de chorar, pois muitos cantam pelo cache somente.
    Que Deus te abencoe muito estou com vc nessa.
    Helena

  89. Penso que se uma música, mesmo não citando Deus literalmente, fala de amor e/ou outras virtudes boas entre nós, estaria sim louvando a Ele, já que as virtudes são Dele e nossas.

  90. UMA MUSICA "MUNDANA" DO "ÍMPIO" CAT STEVENS, NA VISÃO DOS LEGALISTAS:

    A Manhã Se Rompeu ( morning has briken)
    A manhã se rompeu
    Como a primeira manhã
    O melro cantou
    Como o primeiro pássaro
    Louvor para o canto
    Louvor para a manhã
    Louvor para o nascimento recente
    Do mundo
    Doce é a chuva do novo outono
    Iluminada pelo sol vindo do céu
    Como o primeiro orvalho
    Sob a primeira grama
    Louvor para a doçura do jardim molhado
    Brotado em completude
    Por onde os pés Dele passam
    Minha é a luz do sol, minha é a manhã
    Nascida de uma luz, o paraíso viu a diversão
    Louve com entusiasmo, louve cada manhã
    A recriação de Deus do novo dia
    A manhã se rompeu
    Como a primeira manhã
    O melro cantou
    Como o primeiro pássaro
    Louvor para o canto
    Louvor para a manhã
    Louvor para o nascimento recente
    Do mundo."

    UMA MÚSICA "GOSPEL", PORTANTO "SANTA" NA VISÃO DOS LEGALISTA:
    Hoje o milagre vai chegar (Diante do Trono)
    Posso crer que em minha vida
    O milagre vai acontecer
    Posso ver as promessas
    Sendo liberadas sobre mim
    Sendo liberadas sobre mim
    Hoje o meu milagre vai chegar
    Eu vou crer, não vou duvidar
    O preço que foi pago ali na cruz
    Me dá vitória nesta hora
    Tua morte, tua cruz, teu sangue
    Derramado no calvário
    Está selado, foi consumado
    Eu Vivo, hoje livre do pecado
    Vivo as promessas dos milagres.

    CONFERINDO AS DUAS, PERGUNTO:

    Qual delas professa a adoração desinteressada em DEUS, sem ter como fundamento o antropocentrismo, mas sim o CRISTOCENTISMO?
    Qual delas revela nossa pequinez em relação a obra do criador, a qual não nos fizemos merecedores?
    Qual delas já constatou que nosso milagre já chegou?
    Qual dessas DUAS MUSICAS prega o amor desinteresseiro, puro, honesto, sem contrapartida, e o louvor de agradecimento tão somente pelo AMOR que DEUS nutre por nós, mesmo não nos fazendo merecedores dele?
    Qual delas consagra O CRIADOR, através da criação e não por causa do benefício pessoal e o milagre individual que ele, segundo a letra da música, deverá ser OBRIGADO a fazer nossas vidas?
    O que pode ser mais mundano que a música do DT, e digam que não é sublime o louvor do Cat Stevens?

  91. Vejo a graça de Deus no homem quando ouço Three Littles Birds e One Love de Bob Marley, uma pessoa que não tenha um reflexo da graça comum em sua vida jamais poderia compor tão belas poesias.

    Não ouço todas as músicas consideradas mundanas, mas há excessões, nem tudo que nasce no gospel provém de Deus.

    Abraço,

    Júnior Rubira.

  92. EM HOMENAGENS AOS DIAS DOS NAMORADOS:

    ROSA:
    LETRA E MÚSICA: PIXINGUINHA

    Tu és, divina e graciosa
    Estátua majestosa do amor
    Por Deus esculturada
    E formada com ardor
    Da alma da mais linda flor
    De mais ativo olor
    Que na vida é preferida pelo beija-flor
    Se Deus me fora tão clemente
    Aqui nesse ambiente de luz
    Formada numa tela deslumbrante e bela
    Teu coração junto ao meu lanceado
    Pregado e crucificado sobre a rósea cruz
    Do arfante peito seu
    Tu és a forma ideal
    Estátua magistral oh alma perenal
    Do meu primeiro amor, sublime amor
    Tu és de Deus a soberana flor
    Tu és de Deus a criação
    Que em todo coração sepultas um amor
    O riso, a fé, a dor
    Em sândalos olentes cheios de sabor
    Em vozes tão dolentes como um sonho em flor
    És láctea estrela
    És mãe da realeza
    És tudo enfim que tem de belo
    Em todo resplendor da santa natureza
    Perdão, se ouso confessar-te
    Eu hei de sempre amar-te
    Oh flor meu peito não resiste
    Oh meu Deus o quanto é triste
    A incerteza de um amor
    Que mais me faz penar em esperar
    Em conduzir-te um dia
    Ao pé do altar
    Jurar, aos pés do onipotente
    Em preces comoventes de dor
    E receber a unção da tua gratidão
    Depois de remir meus desejos
    Em nuvens de beijos
    Hei de envolver-te até meu padecer
    De todo fenecer

    ADVERTÊNCIAS AOS LEGALISTAS: A OITIVA DESTA OBRA PRIMA MUSICAL E DA SUA POESIA DIVINAL, PODERÁ TER EFEITOS COLETERAIS AOS QUE SÃO ACOSTUMADOS COM A MEDIOCRIDADE E O MAL GOSTO DO MUNDO "GOSPEL" – COM RARAS EXCEÇÕES, É CLARO ( AMO AS MUSICAS DO JOÃO ALEXANDRE)

  93. OLÁ PESSOAL, PRESTEM BEM ATENÇÃO, EU JA FUI CANTOR DO MUNDO, EU FAZIA PARTE DE UM TRIO POP ROMANTICO,CANTAVAMOS E DANÇAVAMOS,TIPO N SYNC, AS LETRAS É SÓ ROMANTISMOS, ERA + OU MENOS ASSIM UMA DAS LETRAS( EU POSSO ESTAR PRECIPITANDO-ME DE MAIS NÃO VOU DEIXAR ESSA CHANCE FICAR PRA TRAS O CORAÇÃO APAIXONADO REVELA QUE O SEU AMOSR NÃO É SONHO IMPOSSIVEL DE SER REALIZADO )SOU DE RECIFE E AI FOMOS PRA SÃO PAULO, E AI FOI QUANDO FOMOS DESCOBRIR QUE SÃO DIFERENTE AS COISAS, PARA PODER ENTRAR NA GLOBO TEM QUE FAZER ADORAÇÃO PARA IMANJA, FOMOS PARA O QUAL É O SEU TALENTO E ELES LA DENTRO PEDEM QUE AGENTE FAÇA BAIXARIA, BAGUNÇA QUE QUE DESRESPEITEMOS NA TV PARA DAR AUDIENCIA,TUDO PROCEDENCIA MALIGNA, SE VCS FOR OLHAR IVETE SANGALO, ELA É DE CASA DE OXUM, MARTINHO DA VILA E ETC, PESSOAL, AI EU JA ESTAVA NA IGREJA E DEUS COMEÇOU A ME DAR VISOES ESPIRITUAIS E COMO SÃO RPOLONGADOS ESSAS MUSICAS, ESSAS LETRAR LINDAS É PARA TIRAR A ATENÇÃO DOS LOUVORES A DEUS, NO LIVRO DE SALMOS DIS QUE TODOS OS QUE RESPIRAM LOUVE A DEUS. NÃO SE ILUDAM IDOLATRIA É ARMA MALIGNA.E DEUS TAMBEM FALA NA BIBLIA QUE NÃO DAR FANATISMO A NINGUEM, QUEM DAR FAMA É O DIABO QUEM ILUDE TAMBEM, PESSOAL ACORDEM EU PARTICIPEI DE DENTRO DESSAS COISAS SOU TESTEMUNHO VIVO E SEI DO QUE ESTOU FALANDO. E FIQUEM ATENTO PQ ATE NA MUSICA GOSPEL,TEM PESSOAS ERRADAS QUE SÓ ESTÃO ALI PARA GANHAR DINHEIRO. meu orkut e e-mail é denis.wander@hotmail.com

  94. Esse anônimo ate hoje não sabe o significado de música e confunde alho com bugalho!
    Não aguento mais tanta pataquada no meio evengelico com relação asse assunto

  95. O fato é o seguinte: não existe música evangélica (pq música não se converte) nem secular, existe música que é boa e música ruim. Tem vários cantores seculares q cantam coisas fabulosas, enquanto q tem UM MONTE de cantor "cristão" que canta só porcarias como "determine a benção" e similares. O problema é que os fundamentalistas hipócritas sempre falam mal disso, mas são os mesmos que amam um filme de violência gratuita ou de terror, ou assistem programas de comédia pornofônica de última qualidade. A hipocrisia é que tem nos tirado do rumo real da fé e nos separado cada dia mais do mundo, mas não pela santidade de Cristo e sim separados como monges que consideram tudo que é do mundo como impuro, como leproso… triste isso.

    No meu blog abordei uma vez uma questão similar, a respeito de amizade com ímpios, e muitos da minha atual congregação ABOMINARAM o post (queria que os irmãos conferissem em http://grindlie.blogspot.com/2010/08/impios-saiam-de-perto-de-mim.html e me digam onde eu errei).

    No mais, amei o post, Renato, tanto que o publiquei no meu blog, que Deus te abençoe e a toda a equipe do Púlpito Cristão.

  96. Amados a paz do senhor Jesus
    Devemos prestar muita atenção é na letra das musicas,pois se a musica não é contra os principios de Deus,acredito eu que podemos ouvi-las sem algum problema e lembre-se Jesus te champou para viver em liberdade ou tem alguém preso ainda?,a biblia nos relata do primeiro milagre de Jesus em uma festa de casamento(joão cap.2),voçê tem certeza ue a festa era de crentes,que Deus abençoe a todos em nome de Jesus graça e paz.

  97. A Titas inspirados por Deus? Renato Russo satanista homossexual e drogado, inspirado por Deus? U2 cheiradores que dizem ser bonzinhos..
    A fala sério. Fazia tempo que não lia uma bobagem tao grande, e ainda de um lider Cristão.
    Que pena..
    Viva Cristo, isso basta!

  98. Lamentável…
    Agora senta numa mesa, pede um cerveja,não se embebede, ouça o que quiser depois levante compre um halls entre no seu carro e va para a igreja louvar e ouvir a Palavra, sem constrangimento afinal , a a Graça nos cobre…
    Francamente .

  99. msn >>> Jonas.nascimento2009@hotmail.com

    A Paz do senhor para todos. A palavra de Deus diz: Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. (1Jo 2:15)

    Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? >>= >>>>> E QUE COMUNHÃO TEM A LUZ COM AS TREVAS (2Co 6:14)
    Acho que isso diz tudo, será que ainda vai misturar as coizas? mais dois ae :
    Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom. (Mt 6:24)
    Nenhum servo pode servir dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom. (Lc 16:13)
    Quem Deus abra as nossas mentes para conhecer a verdade na Palavra do Senhor Deus dos exercito.

  100. Neto – netostyle@hotmail.com

    Lamentável… o que esta em jogo.. não é somente as letras.. Deus criou a música para seu louvor e instituiu Lúcifer para ser o responsável no céu… ele sabe mto bem como maquiar, enganar, utilizar mensagens subliminares, que em nada edificam, buscando inclusive mudar o foco, tornando a música para seu louvor..

    É uma utopia achar que você consegue selecionar a música secular que vai ouvir…. algumas pessoas escutam aberrações em inglês e nem sabem do que se tratam… apenas por gostar do ritmo…

    RESUMINDO: BUSQUEM O QUE EDIFICA, E MÚSICA GOSPEL SEM DÚVIDA EDIFICA. JÁ MÚSICA SECULAR ???

    Vale ainda ressaltar, que música não pode ser equiparado a outras coisas que a mídia oferece, como o jornalismo postado aqui por um colega. O jornalismo foi criado para oferecer informação… não com o objetivo específico de Glorificar a Deus…

  101. Fellipe Leão

    A pessoa mete um pó no nariz cria uma canção ai vem os pequeninos do Pai e elogiam suas canções,parece brincadeira né,não sou radical,creio que Deus pode utilizar uma circunstancia na qual a pessoa escuta uma música do mundo e começa a refletir aí Deus utiliza aquela situação que seria uma obra de Sátanas e começa a tocar na vida da pessoa a partir daquele momento no qual a pessoa vive, mas não creio que a inspiração dessas canções são do Espírito de Deus,incentivo a poesia a arte nas igrejas,mas que todas essas coisas sejam para a glória do Pai,essa é minha opinião.

    a porta é estreita. Mateus 7:13

    Abraços…

  102. O PROBLEMA É QUE A MAIORIA QUE POSTARAM SEUS COMENTARIOS PRECONCEITOSOS, NÃO SABEM O QUE A BIBLIA DIZ EM "ANALISAR TUDO E RETENDE O QUE É BOM". OS CARAS SÃO MAIS RELIGIOSOS DO QUE OS CRENTES DA RC.

  103. INFELIZMENTE, A ALIENAÇÃO A MUITO, TEM TOMADO O LUGAR DA PROPOSTA DE VIDA CRISTÃ NO MEIO DO POVO DE DEUS.

    OS "CRENTES" EM NOME DO FANATISMO GOSPEL, PÕEM ABAIXO TUDO AQUILO QUE, A SEU VER, NÃO É DE DEUS.

    AAA, MARTINHO LUTERO E JOÃO CALVINO, O QUE VOCÊ DIRIAM DESSA NOVA GERAÇÃO DE HIPÓCRITAS…

  104. Isto está mais para DESGRAÇA COMUM!!!se a mísica evangélica está um horror,a música secular é um lixo completo!!!

    Será que não passou pela cabeça de voCês,crentes neo-liberais,que muitas dessas músicas seculares são compostas quando seus autores estão sob o efeito de DROGAS E ÁLCOOL?

    E ainda tem gente aqui que tem a cara de madeira de dizer que só porque não ouvimos esse lixo de música secular somos alienados.Prefiro,e muito ser alienado a fazer perte dessa geração de crentes que relativizam tudo,secularizam tudo,a ponto de sentir prazer em ouvir o que vem lá de fora.

    Concordo que a música gospel está horrenda,mas não existe desculpa!Façam como eu,que recorro a louvores de verdade,como vencedores por Cristo,Adhemar de Campos,grupo ello,Asaph Borba,Semeando,Prisma Brasil,Logos,dentre tanta gente que tem compromisso de verdade com Deus!!!

  105. Boa noite (madrugada?) caro Leonardo,

    Escrevo meu comentário em humildade e paz, entendi muito do que foi dito sobre a "graça comum", embora as comparações entre música e produtos manufaturados (roupas, computadores, eletrônicos, etc.) me pareçam um pouco forçadas, esse assunto me interessa, e não é a primeira vez que me deparo com ele.

    Apesar de um pouco atrasado na discussão, deixarei meu comentário na esperança de contribuir e entender um pouco mais sobre a polêmica.

    Pelo que entendi o argumento bíblico para defender a apreciação de uma (boa) música secular é que ela é o efeito causado pela graça comum de Deus em toda a criação, e esse argumento separa a criação (música e letra) do criador (compositor), portanto a música (criação) pode ser santa embora o compositor (criador) não seja. Dessa forma é aceitável e até mesmo louvável apreciar uma (boa) música secular, pois ao fazer isso, dar-se-á louvor a quem é digno e inspirador primeiro através da graça comum (o próprio Deus).

    Por outro lado, o argumento bíblico para se evitar qualquer tipo de música secular é que não se pode separar a musica criada das intenções do coração do músico criador, portanto qualquer música que não louve a Deus está deixando de cumprir seu dever, assim como qualquer arte ou pessoa que não louve a Deus deixa de cumprir seu dever ("Tudo o que tem vida louve o Senhor! Aleluia!" Salmos 150.6).

    Para apoiar o argumento de que não se pode separar a musica criada das intenções do coração do músico criador, foram citadas passagens bíblicas como:

    Eclesiastes 7.5 Melhor é ouvir a repreensão do sábio do que ouvir alguém a canção do tolo.

    Provérbios 10.14 Os sábios escondem a sabedoria,mas a boca do tolo é uma destruição.

    Provérbios 24.9 O pensamento do tolo é pecado, e é abominável aos homens o escarnecedor.

    Provérbios 15.2 A língua do sábio adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derrama a estultícia.

    Provérbios 15.7 Os lábios dos sábios derramarão o conhecimento, mas o coração dos tolos não fará assim.

    Provérbios 1.7 O temor do Senhor é o princípio da ciência;os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.

    Mateus 7.15-20 Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores. Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas? Semelhantemente, toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins. A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim pode dar frutos bons. Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo. Assim, pelos seus frutos vocês os reconhecerão!

    (…)

  106. (…)

    Se entendemos e concordamos com a Palavra de Deus que diz que a boca do tolo é uma destruição e que toda árvore ruim só pode dar frutos ruins, podemos concluir que a música secular louva o mundo e não a Deus, pois quem ama o mundo é tolo e não pode gerar bons frutos, dessa forma passamos para as seguintes passagens bíblicas:

    1 João 2.15 Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

    Tiago 4.4 Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.

    1 Corintios 10.19-23 Portanto, que estou querendo dizer? Será que o sacrifício oferecido a um ídolo é alguma coisa? Ou o ídolo é alguma coisa? Não! Quero dizer que o que os pagãos sacrificam é oferecido aos demônios e não a Deus, e não quero que vocês tenham comunhão com os demônios.Vocês não podem beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não podem participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. Porventura provocaremos o ciúme do Senhor? Somos mais fortes do que ele? "Tudo é permitido", mas nem tudo convém. "Tudo é permitido", mas nem tudo edifica.

    A separação entre o que é secular e o que é eterno não é criada por nós, cidadãos contemporâneos, mas pela própria Palavra de Deus, que estabelece uma separação total entre um Deus santo e um mundo caído, separação essa notada e devidamente apresentada pelos profetas, pelos apóstolos e por nosso Senhor Jesus Cristo.

    O que dizer da oração de nosso Senhor Jesus em João 17.13-17:

    "Agora vou para ti, mas digo estas coisas enquanto ainda estou no mundo, para que eles tenham a plenitude da minha alegria. Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, pois eles não são do mundo, como eu também não sou. Não rogo que os tires do mundo, mas que os protejas do Maligno. Eles não são do mundo, como eu também não sou. Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade."

    Existe uma clara separação, as ovelhas do Bom Pastor Jesus Cristo não são desse mundo, assim como ele não é, toda ovelha do Senhor Jesus é um peregrino neste mundo, e no céu a música que os anjos cantam é somente de louvor, santo, santo, santo, se as ovelhas do Bom Pastor não são deste mundo, porque ouvir e se entreter com as músicas deste mundo, quando a glória do porvir nos traz canções eternas que louvam ao único digno de todo louvor. Digno é o Cordeiro.

    Não creio que Paulo se encantava tanto com as poesias atenienses, ele teve experiências inefáveis com Deus, viu o próprio Cristo ressurreto, a ele não restava nada a não ser se livrar de uma vez por todas do "corpo sujeito a esta morte", pois para ele o "viver é Cristo e o morrer é lucro".

    Poxa, como meu comentário ficou grande, mas eu queria apenas ter uma conversa amável e pacífica entre irmãos do corpo de nosso majestoso Senhor Jesus Cristo, uma conversa pautada única e exclusivamente pela suficiente Palavra de Deus, pois convém que todos nós nos tornemos menores para que Cristo cresça em nós.

    Abraços fraternos,
    Ronaldo

  107. Estimado irmão Ronaldo,

    respeito a sua opinião, que é parecida com a de alguns que postaram aqui, porém tenho um outro ponto de vista.

    Justifico: Se nós (a igreja) fôssemos redistribuir os talentos artísticos, certamente excluiríamos todos os artistas que não fossem cristãos, pois eles não utilizariam seus dons para glorificar a Deus do jeito que entendemos que deveriam usar. Logo, não exisitiriam, Michael Jackson, Tom Jobim, Villa Lobos, Mozart, Spielberg, Chico Buarque e uma infinidade de outros homens e mulheres talentosíssimos.

    Deus não é assim (ainda bem!), pois na sua onisciência, já sabia que isso ocorreria, e ainda assim resolveu distribuir talentos em medida abundante, e sem acepção de pessoas, visto que os maiores talentos artísticos conhecidos nem sempre estão servindo a igreja (e é aqui que entra a GRAÇA comum, ou seja, não receberam talento em troca de serví-lO).
    Sendo Deus o doador desses talentos, existem traços da imago-Dei em tudo que o homem faz, por isso Ele não deixa de ser glorificado, inclusive, através de quem não o conhece. Dá-se assim mais um incontestável registro da soberania dEle.
    Essa mesma bondade deixa-nos livres para contemplar (ou não) a sua gloria nas composições artísticas, que independente da sua natureza, só existem porque Ele deu (gratuitamente) dons e liberdade ao ser humano. Portanto, toda glória é dEle e não pode ser roubada!

    Espero ter contribuído de alguma forma, não para mudar a opinião de quem pensa diferente, más para esclarecer por que alguns (como eu) consideram a Graça comum e conseguem contemplar qualquer expressão artística, sem se imputar culpa e vendo nela a bondade dEle, manifestando-se inclusive no homem caído.

    Em Cristo e pelo Reino.

    Ielton Isorro
    http://clamandonodeserto.blogspot.com/

  108. Boa noite (madrugada de novo?) Ielton,

    A graça e a paz de nosso Senhor Jesus de Nazaré, entendi seu ponto de vista, acho que você explicou melhor o que eu havia sintetizado em minha tentativa de compreender a relação entre graça comum e inspiração dos compositores e da música secular. Obrigado pela resposta e pela paciência.

    Minha experiência pessoal de novo nascimento talvez tenha sido semelhante à de alguns irmãos que postaram aqui. Eu curtia todo tipo de som, música e musicalidade, de bossa nova a trash rock, passando por samba de gafieira e mangue beat, eu nunca tive muito preconceito musical o que me levou a experimentar de tudo, treinando meus ouvidos nos mais variados estilos musicais. Contudo um tipo de música era insuportável a meus ouvidos, e essa era exatamente a música gospel, e veja bem, podia ser nacional ou internacional, ao perceber um "Jesus Cristo" ou "Christ" no meio e eu me arrepiava todo xingando logo o radio ou a quem quer que seja que havia colocado essa música no som.

    Quando fui convertido pela pregação de alguns amigos e pela leitura da Palavra de Deus, o oposto ocorreu, meus ouvidos se tornaram (converteram?) interessados apenas nas músicas que louvam direta e objetivamente ao Senhor, e isso pra mim fez sentido, era como se eu estivesse vivendo o que disse o apóstolo Paulo em sua segunda carta aos Coríntios 5.7:

    "Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram, eis que surgiram coisas novas!"

    Eu não me senti forçado ou doutrinado a mudar meu gosto musical, algo repentinamente mudou em mim, as coisas antigas passaram, eis que surgiram coisas novas, e nesse momento eu me pergunto, a luz do que foi falado aqui, o que glorifica mais ao Senhor, a (boa) música secular, ou a (boa) música gospel?

    Vou utilizar da musica e da idéia de comparação do(a) anônimo(a) para refletirmos qual é mais cristocêntrica:

    A Manhã Se Rompeu (Morning has broken)

    A manhã se rompeu
    Como a primeira manhã
    O melro cantou
    Como o primeiro pássaro
    Louvor para o canto
    Louvor para a manhã
    Louvor para o nascimento recente
    Do mundo
    Doce é a chuva do novo outono
    Iluminada pelo sol vindo do céu
    Como o primeiro orvalho
    Sob a primeira grama
    Louvor para a doçura do jardim molhado
    Brotado em completude
    Por onde os pés Dele passam
    Minha é a luz do sol, minha é a manhã
    Nascida de uma luz, o paraíso viu a diversão
    Louve com entusiasmo, louve cada manhã
    A recriação de Deus do novo dia
    A manhã se rompeu
    Como a primeira manhã
    O melro cantou
    Como o primeiro pássaro
    Louvor para o canto
    Louvor para a manhã
    Louvor para o nascimento recente
    Do mundo
    (Cat Stevens ou Yusuf Islam – Cantor britânico convertido ao Islã)

    Maravilhosa graça (Amazing Grace)

    Maravilhosa graça, como é doce o som
    Que salvou um miserável como eu
    Certa vez estava perdido, mas agora fui encontrado
    Era cego, mas agora eu vejo

    Foi a graça que ensinou temor ao meu coração
    E a graça que aliviou meus medos
    Quão preciosa essa graça pareceu
    Na hora que eu acreditei

    Por muitos perigos, trabalhos pesados e armadilhas
    Que nós já percorremos
    Foi a Graça que trouxe-nos seguros até aqui
    E a Graça nos levará para a casa

    O Senhor prometeu-me o bem
    Sua palavra assegura a minha esperança
    Ele vai ser o meu escudo e porção
    Enquanto a vida durar

    E quando essa carne
    E o coração passarem
    E a vida mortal cessar
    Eu terei no vale
    Uma vida de alegria e paz

    A terra em breve se dissolverá como neve
    O sol se absterá de brilhar
    Mas Deus quem me chamou aqui em baixo
    Será para sempre meu
    (John Newton, ex-traficante de escravos resgatado por Cristo)

    Eu entendi seu ponto de vista querido e amado irmão, mas meus ouvidos só querem ouvir e sentir o louvor objetivo e direto ao único Senhor da minha alma, do meu coração e do meu entendimento, nunca encontrei base bíblica nem me vi um legalista por pensar assim, mas fico feliz de poder conversar em amor com os irmãos sobre esse e outros temas.

    Em Cristo e pelo Reino,
    Ronaldo

  109. Caríssimo Ielton e irmãos amantes da música,

    Talvez o amado irmão Renato Vargens esteja deslumbrado com esse conceito estranho chamado de "graça comum", a qual supostamente explicaria porque acontecem coisas boas com ímpios e porque eles poderiam ser agraciados com benesses divinas inexplicáveis.
    Acontece que existe um texto em Eclesiastes 9 que explica o ponto de vista de Deus sobre tudo o que acontece debaixo so sol, vejamos:
    "Deveras todas estas coisas considerei no meu coração, para declarar tudo isto: que os justos, e os sábios, e as suas obras, estão nas mãos de Deus, e também o homem não conhece nem o amor nem o ódio; tudo passa perante ele.
    Tudo sucede igualmente a todos; o mesmo sucede ao justo e ao ímpio, ao bom e ao puro, como ao impuro; assim ao que sacrifica como ao que não sacrifica; assim ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento.
    Este é o mal que há entre tudo quanto se faz debaixo do sol; a todos sucede o mesmo; e que também o coração dos filhos dos homens está cheio de maldade, e que há desvarios no seu coração enquanto vivem, e depois se vão aos mortos. Ora, para aquele que está entre os vivos há esperança (porque melhor é o cão vivo do que o leão morto). Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento."

    Vejam que a Bíblia estabelece que o fato de um pecador se dar bem não é considerado como uma suposta "graça comum", mas, como sendo este "o grande mal que há entre tudo o que se faz debaixo do sol". Aliás, qual seria o fundamento bíblico dessa tal graça comum em face deste texto tão claro de Eclesiastes?
    E diz que apenas para aquele que está vivo (no Novo Testamento vamos chamá-lo de regenerado) é que há esperança, pois de que adianta você ser um "leão" bonito, charmoso e juboso da música secular e, portanto, morto para Cristo? Melhor é ser um cachorrinho gospel, lambendo as migalhas do meu Senhor, mas vivificado juntamente com Ele, do que aquele "leãozinho velozo" mortinho da silva. Se é que me entendem…

  110. Ademais, será que alguém pode me mostrar Jesus, Paulo ou um dos apóstolos se ocupando com música ou arte secular ou incentivando alguém a escutá-la e apreciá-la?
    Aliás, quando Paulo diz em Romanos 1, que tudo o que se pode conhecer de Deus se manifesta pela criação, diz apenas pelo fato de que todo homem é indesculpavél ou inescusável perante o Criador, de modo que lá no dia do julgamento, ninguém poderá dizer que morava numa ilha deserta e que nunca havia ouvido falar que existisse algo como Deus.
    Meus caros, como disse Paulo em 1 Co 10:23 – "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam."
    Fala a verdade sr. Renato, quando vc passa horas escutando música secular te dá aquela vontade de passar outras tantas horas orando, lendo a Palavra e evangelizando né? Hipocrisia não é se preocupar com aquilo que as pessoas estão alimentando suas almas, mas justamente não se preocupar com isso e achar que tudo é normal.
    Ainda que possamos admitir algo como essa "graça comum", ela não leva ninguém por céu. Aliás, lá no céu, não haverá música do mundo (se alguém duvida, leia o Apocalipse), apenas louvores ao nosso Deus. Nem creio que encontraremos por lá nossos queridos Cazuzas, Renatos Russos, Tim Maias e tantos outros talentos musicais que negaram a Cristo com suas vidas, letras e palavras. Aliás imagino que os veremos no Grande e Terrível dia do Julgamento do grande Trono Branco (Ap 20), onde todos seremos julgados segundo nossas obras.
    No mais queridos: "A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração.
    E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai." Co 3:16-17
    Vejam o destaque: salmos, hinos e cânticos espirituais…
    Que Deus seja com todos vocês.
    Gostaria de me estender mais, mas poderia cansar os leitores.
    Abraços fraternos em Cristo

  111. Estimados irmãos, não tenho a menor pretensão de ser insofismável.
    Apenas tenho um ponto de vista que em nada conflita com a minha fé e sobre o qual também não pesa qualquer acusação, como entendo os seus pontos de vista da mesma forma.
    Consigo ver a bondade de Deus em todas as coisas, e acredito que vcs também, cada um da sua maneira.
    Amo muito a liberdade que o Cristo conquistou pra nós.
    Onde, uns são livres para ouvir qualquer tipo de música. Outros são livres para ouvir música gospel.
    Infelizmente a nossa liberdade incomoda muito, inclusive os da comunidade da fé.

    O que não é novidade. Vejam Galatas 2:
    "Catorze anos depois, subi novamente a Jerusalém, dessa vez com Barnabé, levando também Tito comigo.
    Fui para lá por causa de uma revelação e expus diante deles o evangelho que prego entre os gentios, fazendo-o, porém, em particular aos que pareciam mais influentes, para não correr ou ter corrido em vão.
    Mas nem mesmo Tito, que estava comigo, foi obrigado a circuncidar-se, apesar de ser grego.
    Essa questão foi levantada porque alguns falsos irmãos infiltraram-se em nosso meio para espionar A LIBERDADE QUE TEMOS EM CRISTO JESUS E NOS REDUZIR A ESCRAVIDÃO.
    Não nos submetemos a eles nem por um instante, para que a verdade do evangelho permanecesse com vocês."

    Antes que alguém, mais dogmático, levante a questão de que esse texto não fala de música secular ou gospel, alerto para o fato de que a Bíblia trata de princípios como graça, liberdade, tolerância e respeito. Afinal não é disso que estamos falando?

    Assim, não necessariamente irei concordar com as suas opiniões, más irei respeitá-las, como também não espero que venham a concordar com as minhas ou com as do Renato, do Leo e de outros que pensam como nós, más tentem nos olhar como Cristo nos olhou e quis estar conosco por graça e não pelo que nós gostamos de ouvir (e só por graça mesmo, pois outro dia o Leo postou uma musiquinha muito ruim da Fernanda Takay, más ele gosta, fazer o que? rsrsr).

    É lamentável que alguns pensem:

    "que horrível esse irmão só escuta música gospel, essa subcultura americanizada. Como pode perder tudo o que Deus está fazendo com o talento dado a não crentes e bla,bla,bla…."

    Como também é absurdo que alguém pense:
    "que heresia, como pode alguém ouvir músicas ´do mundo´ e ainda se dizer cristão, essas músicas que não edificam e bla,bla,bla……."

    Os dois pensamentos partem de mentes que querem reduzir o outro a escravidão de seus próprios costumes, não tem nada haver com o que Deus pensa. Ou não foi uma situação como essa que Paulo encontrou na Galácia, no texto acima?

    Em Cristo, que nos fez livres,

    Ielton Isorro.
    http://clamandonodeserto.blogspot.com/

  112. Caro irmão Ielton,

    O amor e a graça de Jesus nosso Senhor. Que bom poder discutir um tema polêmico em paz, quanto ao que Paulo escreveu em sua carta aos gálatas, especialmente o que você grifou "[…] espionar a liberdade que temos em Cristo Jesus e nos reduzir a escravidão", eu entendi que escutar somente música "gospel" seria tomado como uma escravidão enquanto que ouvir qualquer tipo de (boa) música seria mais livre.

    Nesse ponto eu concordo pois sou mesmo escravo da (boa) musica gospel, a musica que louva e dá honra e glória ao único digno, e me edifica imensamente, sou escravo de Cristo, como os anjos são escravos de Deus, cantando e louvando eternamente e unicamente "Santo, Santo, Santo".

    Em outro debate que participei sobre esse assunto, um participante levantou um ponto interessante sobre a relação entra "graça comum" e a "bondade de Deus em todas as coisas", tomemos, por exemplo, o corpo humano, mais especificamente o corpo feminino, com certeza existe o dom de Deus na criação e formação do corpo humano, e mais especificamente na formação escultural de uma linda mulher. É inevitável olhar para a beleza natural e estonteante de uma mulher como Catherine Zeta-Jones e não perceber a obra majestosa de Deus. Mas será que eu consigo separar os desejos carnais e mundanos que existem em mim ao "apreciar" essa uma foto (semi) nua desta "obra de arte" divinamente criada?

    Não posso responder por todos, mas minha resposta é um definitivo "não". Não consigo olhar para uma mulher assim sem que minha antiga natureza carnal e mundana acentue-se muito mais do que minha nova natureza espiritual e celeste. Tudo me é permitido, mas nem tudo me edifica, e com certeza esta "obra de arte" não me edifica, sendo um desserviço a minha vida cristã. Talvez seja um exemplo infeliz para esse debate, afinal o que tem a (boa) musica secular a ver com uma (boa) obra de arte em forma de mulher? Eu poderia utilizar o exemplo da fotografia, será possível admirar uma boa fotografia por causa de sua luz, composição, cenário, ângulo, etc. ao analisar a fotografia de uma mulher (semi) nua? Eu diria que a alma desta fotografia (intenção no coração do fotógrafo) por mais profissional e bela que seja, não é divina, não edifica, não me leva a Deus, da mesma forma eu diria que a alma de uma música secular (intenção no coração do compositor) por mais bela que seja, não é divina, não edifica, não me leva a Deus.

    A mesma liberdade que Paulo citou em Gálatas, é citada em Coríntios, "Tudo me é permitido (liberdade), mas nem tudo me edifica." A circuncisão não me edifica, portanto, embora eu possa me circuncidar, não o farei, pois é melhor fazer coisas que me edificam como orar, louvar, meditar sobra a Palavra de Deus, discipular… A música secular não me edifica, portanto, embora eu possa ouvi-la, não o farei, pois é melhor ouvir músicas que falam ao meu coração de Jesus, sua obra, sua palavra, seus ensinamentos, sua glória, seu amor, sua justiça, sua majestade, sua missão, sua obediência, seu reino, sua servidão, sua vitória, sua conquista, seu Pai, seu Espírito…

    Santo, Santo, Santo.

    "Pois aquele que, sendo escravo, foi chamado pelo Senhor, é liberto e pertence ao Senhor, semelhantemente, aquele que era livre quando foi chamado, é escravo de Cristo." 1 Coríntios 7.22

    Em Cristo, que nos libertou para sermos seus escravos.

    Ronaldo

  113. Tem gente q cita a música dos titãs como exemplo..
    nunca entendi o reflão….O ACASO VAI ME PROTEGER…quem é esse acaso? eu eimm….

    Muitos cantores evangélicos se resumem nisso…

    OS SEUS LÁBIOS ME CONFESSAM, MAS O SEU CORAÇÃO ESTÁ LONGE DE MIM….

  114. Caro Ielton,
    Me perdoe o dogmatismo meu caríssimo irmão, mas forçar o texto de Gálatas 2, para afirmar que em Cristo teríamos uma certa "liberdade" de nos relacionarmos com as coisas do mundo, tais como a música, é o mesmo que dizer que este texto estaria em contradição com o que está escrito em 1 João 2:15 (não ameis o mundo…) ou com aquele que diz assim "Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus" (Tiago 4:4).
    A liberdade que foi conquistada por Cristo lá na cruz, não foi a liberdade para andarmos segundo o curso do mundo, nem a liberdade para vivermos em pecado ou fazer uso da Palavra de Deus conforme as conveniências das nossas preferências culturais.
    Veja o que Paulo diz em Romanos 8: "Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito."
    Acho que o irmão entendeu de forma errada essa tal "liberdade" que há em Cristo, como sendo liberdade para viver sua experiência religiosa conforme seu próprio entendimento.
    Aprendi que quando acreditamos apenas em partes da Bíblia, não é na Bíblia que acreditamos, mas em nós mesmos.
    Não fosse a inerrante Palavra de Deus, cada um de nós iria adorar um "deus" diferente, conforme a nossa própria imagem e semelhança. (deveria ser o contrário, nós à imagem e semelhança Dele).
    Olha que interessante um texto do próprio livro de Gálatas, citado por você: "Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor." (5:13) e outro de 1 Coríntios: "Mas vede que essa liberdade não seja de alguma maneira escândalo para os fracos." (8:9).
    Amado irmão em Cristo, infelizmente, todo esse negócio de música do mundo, se encaixa perfeitamente no seguinte texto de 2 Pedro: "Porque, falando coisas mui arrogantes de vaidades, engodam com as concupiscências da carne, e com dissoluções, aqueles que se estavam afastando dos que andam em erro, Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção. Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo.
    Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro.
    Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado; Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama." (2:18-22).
    Pode ser que o irmão não concorde com minha opinião, ou até que se sinta ofendido de alguma forma na sua maneira de exercitar a fé. Mas, como Pedro, não posso deixar de falar das coisas que tenho visto e ouvido.
    Deus seja contigo, hoje e sempre.
    Pr. Giuliano Miotto

  115. Chá noturno,

    em nada me ofende o seu pensamento, você é livre e usa a sua liberdade como entende ser melhor para você e para o mundo que o rodeia. Fique em Paz!

    Reforço que ninguém precisa pensar como penso, apenas respeitar.

    Não vou defender aqui a cultura (música) ou atacar a sub-cultura (música-gospel). Sou músico e classifico música como boa ou ruim. Também aprecio pinturas, filmes, peças de teatro, jornais, livros, revistas e faço a mesma classificação (boa ou ruinm), daí separo o que me interessa, o que não me torna "amigo do mundo", más um critico com conhecimento dele, onde posso dar testemunho do Cristo (afinal, sal só é sal porque dá gosto ao se misturar, sem perder o sabor!) Obviamente que se alguém pode desviar-se do Caminho por causa do acesso a qualquer forma de cultura, não aconselho o uso, até amadurecer em fé para isso e poder provar todas as coisas podendo reter apenas o que é bom, e alguns nunca serão assim o que não os diminui em nada e nem compromete a sua vida eterna, já que isso é de graça.
    O que importa é que o Deus que se revelou a mim e a você, me fez nascer de novo. Só quem é nascido de novo, assim pode descrever-se e este tal não pode ser contido por costumes religiosos, cercados teológicos ou dogmáticos, é disso que Paulo mais fala na carta aos gálatas. Portanto, siga livre para não ouvir as músicas que considera do mundo, que sigo livre para ouví-las e criticá-las com a consciência da nova criatura.

    No Amado,

    Ielton Isorro

  116. É engraçado "evangélico" ficar criticando as coisas "DO MUNDO" como a música e citar I Jo 2:15. Fico com a impressão que se esquecem do verso 16:

    "Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo."

    Ou seja, o ensino nesse versículo cabe bem mais as desejos de posse que muitos buscam nos cultos a base de barganha com Deus através de dízimos do que música.

    Eu SEMPRE penso nisso quando vejo em um carro o adesivo: "FOI DEUS QUE ME DEU".

    Mundo louco.

  117. Caro BlackSmith,

    O ponto que você levantou é interessante (apesar dos comentários abrangerem diversas passagens bíblicas e você separar apenas uma para criticar), mas eu não entendi plenamente seu argumento, você levanta o ponto da barganha com Deus, que é um argumento legítimo, mas utiliza-o para defender uma posição pró-musica-do-mundo? Em qual parte dessa passagem João defendeu/incentivou crentes a ouvirem músicas do mundo?

    A graça e a paz de Cristo.

    Ronaldo

  118. PELO AMOR DE DEUS! Quanta ignorância.

    Renato, tô contigo.

    Ultimamente U2 canta mto mais verdades bíblicas do que os "ministérios" com nomes escolhidos aleatoriamente numa procurada pelo velho testamento.

    Ou vão dizer que é mentira que só há "UM AMOR, UM sangue, UMA necessidade…"?

    Hipócrita é quem tem coragem de apontar o dedo pro céu dizendo RESTITUI. Deus não é seu empregado!

  119. Bom dia Si,

    A graça e a paz de Deus e do Senhor Jesus. Entendo sua comparação entre a (boa) musica secular com a (ruim) música gospel.

    Mas e se compararmos esse clássico da música pop "secular" (One – U2) com um clássico da música "gospel" (Rude Cruz – George Bennard), qual se apresentará mais edificante, bíblica e Cristocêntrica?

    Um

    Isto está ficando melhor?
    Ou você sente o mesmo?
    Isto facilitaria as coisas
    Se você achasse alguém para culpar?

    Você diz um amor, uma vida
    É o que uma pessoa necessita à noite
    Um amor, nós temos que compartilhá-lo
    Ele te abandona, querida, se você não cuida dele

    Eu te desapontei?
    Ou deixei um gosto ruim em sua boca?
    Você age como quem nunca teve um amor
    E quer que eu continue sem nenhum

    Bem, é tarde demais esta noite
    Para arrastar o passado à tona
    Nós somos um, mas não somos iguais
    Temos que carregar um ao outro, carregar um ao outro
    Um…

    Veio aqui pra obter perdão?
    Veio aqui pra ressuscitar os mortos?
    Veio dar uma de Jesus
    Para os leprosos da sua cabeça?

    Eu te pedi demais? Mais do que devia?
    Você não me deu nada e isso agora é tudo o que tive
    Nós somos um, mas não somos iguais
    Bem, nós ferimos um ao outro e estamos fazendo de novo

    Você diz
    Que o amor é um templo, que o amor é a lei maior
    Que o amor é um templo, que o amor é a lei maior
    Você me pede para entrar, mas depois você me faz rastejar
    Não posso me agarrar ao que você tem
    Quando tudo que você tem é dor

    Um amor, um sangue
    Uma vida você teve para fazer o quê deveria.
    Uma vida com um ao outro: Irmãs, irmãos
    Uma vida, mas não somos iguais
    Nós temos que nos carregar um ao outro, carregar um ao outro
    Um

    (Bono vox)

    Rude Cruz

    Rude cruz se erigiu,
    Dela o dia fugiu,
    Como emblema de vergonha e dor;
    Mas contemplo esta cruz,
    Porque nela Jesus
    Deu a vida por mim pecador.

    Sim eu amo a mensagem da cruz
    Té morrer eu a vou proclamar
    Levarei eu também minha cruz
    Té por uma coroa trocar

    Desde a glória dos céus,
    O cordeiro de Deus,
    Ao calvário humilhante baixou;
    Essa cruz tem prá mim
    Atrativos sem fim,
    Porque nela Jesus me salvou

    Nesta cruz padeceu
    E por mim já morreu,
    Meu Jesus para dar-me
    O perdão;
    E eu me alegro na cruz,
    Dela vem graça e luz
    Pra minha santificação

    E eu aqui com Jesus,
    A vergonha da cruz
    Quero sempre levar e sofrer;
    Cristo vem me buscar, e com Ele , no lar,
    Uma parte da glória hei de ter

    (George Bennard)

    Que a graça, a verdade, a paz, a sabedoria, o amor e a justiça de Deus seja conosco.

    Ronaldo

  120. Caríssimo(a) Si,
    Se vc não sabe o Bono e a galera do U2 já frequentaram uma pequena igreja pentecostal e se declaram cristãos. Inclusive uma de suas músicas chamada "40" é baseada no salmo 40 e muitas de suas canções são louvores ao nosso Deus. Não sei se vc conhece uma deles em que ele diz: "Jesus, wake up the dead man" (algo como Jesus, levanta o homem morto)
    Não estamos aqui defendendo os mini-histéricos de "louvor?!?" que ficam dando "shows" góspeis por aí, ganhando uma fortuna às custas de seu dom.
    Apenas estamos dizendo que não convém escutar músicas que não são feitas com o objetivo de glorificar a Deus, nem são inspiradas pelo Espírito Santo de Deus.
    Mas, quem quiser escutar, que escute… tudo é lícito… pena que nem tudo seja conveniente… como diz Paulo: "bem aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova" Rm 14:22
    Apenas pare de taxar como hipócrita alguém que não professa sua maneira de ser e de pensar.
    A melhor coisa que tem é conversar com pessoas realmente convertidas ao Senhor, quebrantadas, mansas e humildes como foi nosso amado Jesus.
    Não chame seus irmãos de ignorantes, ame-os, mesmo que não pensem como vc, nem gostem de ouvir U2.
    BlackSmith, quando João diz sobre a "cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens" é óbvio que ele está sendo exemplificativo e nunca exaustivo em sua lista de coisas que não devem ser amadas por um cristão. Agora saiba vc que nem todo cristão está preocupado com dinheiro e bens materiais, mas em ajuntar tesouros no céu. Conheço um monte deles, inclusive em países onde ter uma simples bicicleta velha para evangelizar já é uma grande benção.
    Caríssimo Ielton, o irmão é músico ou servo de Cristo? Ou melhor o irmão é um servo de Cristo, que está à disposição de seu Senhor para glorificá-lo com sua música (ou dom), ou é apenas um músico que, por acaso toca em igrejas e se alimenta de todo tipo de música?
    Isso faz tanta diferença… Se o irmão é apenas músico, realmente, não vejo qualquer problema em escutar músicas do mundo e apenas decidir, baseado no seus sentidos humanos, qual é boa e qual não é… Afinal, somos dotados de capacidade de discernir e decidir sobre nossa vida. Mas, como diria meu apóstolo favorito "E os que usam deste mundo, como se dele não abusassem, porque a aparência deste mundo passa." Aparência… essa é a palavra para descrever as músicas do mundo… são coisas apenas aparentes… apenas passageiras… lutemos pelas que são eternas.
    Graça e paz vos sejam multiplicadas..
    Pr. Giuliano

  121. Prezado Pr Giuliano

    Por graça, sou consciente dos meus papéis!
    Para que entenda, sou pai e servo de Cristo, sou marido e servo de Cristo, admnistrador e servo de Cristo, músico e servo de Cristo, pastor e servo de Cristo, uma vez que sem Ele nada posso fazer e em todos esses papéis me vejo lutando pelas coisas que são eternas.
    Uma vez que todos os talentos que Ele me deu estão em uso para levar luz e sal por onde ando, no meu trabalho, onde toco, onde prego… Não consigo fazer essa dicotomia que o senhor faz e garanto que tenho me esforçado para deixar as marcas dEle por onde passo, o que na maioria das vezes tenho alcançado, sem me embaraçar em coisas menores.
    Também não sei de onde o senhor tirou a possibilidade de eu precisar de música para me alimentar. Nenhum tipo de música me alimenta, uma vez que já estou mais do que satisfeito com o Alimento que recebi.
    Por fim, tenho a impressão que o senhor quer ficar com a última palavra nessa conversa e não vejo problemas, desde que compreenda que as suas razões não vão, de modo algum, suplantar a dos outros que pensam de forma diferente e, veja bem, isso não os tornam menos servos do Altíssimo que o senhor, como entendi que quis sugerir ao meu respeito por causa da minha opinião e gosto musical.

    No Amado

    Ielton Isorro

  122. Pr Ielton, entendi sua posição. Não quis ofendê-lo ou questionar seu cristianismo. Apenas me responda uma coisa: Qual o objetivo de se escutar músicas do mundo?
    Me perdoe por insistir nessa dicotomia entre as coisas do mundo e as coisas do alto. Me perdoe mesmo, pois é assim que está escrito na nossa Bíblia, é assim que os profetas, Jesus e os apóstolos pregaram… não importa o que o irmão ou outras pessoas pensem diferente disso. O fato de algumas pessoas, ou até o mundo inteiro, pensarem diferente daquilo que está bem claro na Bíblia, não vai mudar o que está escrito.
    Mesmo que vocês se utilizem de palavras bonitas e teorias filosóficas ou teológicas bem elaboradas.
    Abraços fraternos em Cristo
    Pr Giuliano

  123. Caro pr Ileton,
    Uma última coisa, em seu próprio blog o irmão publicou um post com os seguintes dizeres:
    "Tempos onde vemos tudo isso traduzido na maioria das canções do fm gospel e cujos top hits, por questões mais comerciais que espirituais, vão parar nos altares das igrejas. "Hinos" que mais parecem música de auto-ajuda, preparando um povo para ficar aqui, do que canções que enalteçam o Deus vivo que vai levar seu povo para o céu.
    Últimamente, no lugar dos louvores, há também os mantras repetitivos, que produzem verdadeiras catarses e transes gerando muita emoção, porém não produzem a mínima reflexão e contemplação, que deveriam ser seguidas de adoração, edificação e transformação, sustentadas pelo Espírito que habita em meio aos (verdadeiros) louvores.
    Por isso compartilho esse link com os que sentem saudades e querem resgatar os tempos em que a Igreja cantava mais sobre Cristo e para Cristo, no anseio de estar com Ele, por causa dEle."
    Te deixo mais uma pergunta: Onde é e está o verdadeiro Templo do Deus Vivo? A instituição falida e corrupta feita de tijolos, madeira e vidro que chamam de "igreja"? Ou, como diz a Palavra: "Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo." (I Co 6:16)?
    Bom, se o irmão é o Templo do Deus vivo, aonde Ele quer verdadeiramente habitar, como pode o irmão trazer para dentro desse Templo músicas que não "enalteçam o Deus vivo que vai levar seu povo para o céu" e nem resgatem "os tempos em que a Igreja cantava mais sobre Cristo e para Cristo, no anseio de estar com Ele, por causa dEle".
    Shalom meu querido,
    Deus seja contigo hoje e sempre.

  124. Prezado Pr Giuliano,

    tenho o maior prazer em respondê-lo.
    Ouço música com a mesma (pré)disposição que assisto filmes, peças de teatro, leio livros, vejo partidas de futebol, passeio no shopping ou ando com meu cachorro no parque. Não tenho compromisso com nenhuma dessas coisas, não morro se elas deixarem de existir, assim como também não morro por apreciá-las.
    Entendo, e respeito, a hermenêutica que faz sobre o assunto, más existem outros irmãos que a fazem de forma diferente da sua, entre eles, hoje, me incluo.

    Quanto ao texto do meu blog, que o senhor destacou, diz respeito ao teor da chamada adoração através da música , cujo objetivo deveria ser Ele no centro e não o milagre, a benção, a vitória ou qualquer outro assunto "mais comercial".
    O que vejo é que assim como um compositor de músicas que não tem por finalidade a adoração tem uma variedade imensa de temas, os compositores de músicas para adoração aspiram a mesma condição e não a assumem, para não fazer 'música do mundo", compondo músicas com rótulo de adoração ou gospel, que no fundo tergiversam pelo apelo comercial, no qual de forma alguma o Cristo é o centro e sim o sucesso comercial. Sucesso esse que acaba ditando o repertório que é tocado nos cultos (critério no mínimo estranho). Daí surge essa miscelânea que é cantada nas igrejas, onde há cada dia surgem músicas de péssima qualidade, gosto duvidoso e abordagem teológica inconsistente que somos obrigados a engolir dando gloria a Deus e aleluias, além das 'palmas que louvam ao Senhor´ (af!).
    Por essas e outras, foi-se o tempo em que a igreja (instituição) era referência de composições, compositores, músicos e afins, tempos em que a sociedade vinha aprender música na igreja por que não encontrava a mesma qualidade em outro lugar. Já hoje…
    Aliás, convenhamos, não é só na área musical que a Igreja deixou de ser referência para a sociedade, más isso é tema para outro post do Leo.

    Em Cristo

    Ielton Isorro

  125. Isso é muito comum entre evangelicos com o pe no mundo…Achando tudo normal…A musica secular influencia as pessoas, Por ex: O acaso vai me proteger enquanto eu andar destraido, Etc.
    è o "acaso" que governa a vida de um cristão ou é Deus?
    É para o "acaso" que vc ora?
    Não, é para Deus…
    Então pra que se contaminar…
    Mesmo parecendo ser ingenuo não é…
    Prestem muita atenção antes de se contaminaren, avaliem o que diz as letras, pensen com a mente de cristo…
    Não existe meio termo, ou vc é ou não é de cristo, Sim, Sim ou Não, Não…

  126. È por isso que no cenário " Protestante(S),a musicalidade dos nossos irmãos são horrivéis. Pois, não temos em que nós inspirar musicalmente. Fazer uma faculdade de música então, nem pensar. A pergunta que não quer calar: O que faz uma música ser gospel ou profana? Bom, eu teria muito mais que falar sobre isso mais deixa pra lá.

  127. Boa tarde anônimo,

    Discordo sobre a musicalidade "horrível" dos protestantes, o que seria uma boa música segundo sua definição? O que é tão horrível nas músicas protestantes, letra, melodia, arranjos, produção?

    Tentanto responder sua pergunta sobre diferença entre música gospel e profana, eu diria que uma música gospel é aquela que tem com tema central o Evangelho de Jesus Cristo de Nazaré, já a musica profana (secular?) tem como tema central qualquer coisa (céu, mar, nuvens, brisa, montanhas, mulheres, homens, etc.) menos o Evangelho da Graça de Deus.

    Cordialmente,
    Ronaldo

  128. Olá,

    Ronaldo, creio que estão teremos que rever 90% da chamada musica gospel. Pois a maioria delas, infelizmente, esta centrada no homem.

    Graças a Deus que ainda há pessoas que, tateando, conseguem encontrar o Deus vivo, que muitas vezes não revelamos em nossos "templos".

    A divisão entre sagrado e profano não é biblica. Santidade no novo testamento esta relacionado a pessoas e não a objetos ou musicas. Eu sou um pecador justificado pelo sangue de Cristo, portanto sou santo, isso não significa dizer que o que eu produzir sera, automaticamente santo.

    A santidade é interior e não exterior. O problema não é o que entra e não o que sai. Por que é tão dificil entender que o que esta no coração é imensamente mais importante com a aparencia de crente que temos?

    Em suas musicas o evangelico ganha em conhecimento de causa, mas perde na sinceridade das palavras proferidas. Enquanto os céticos conseguem se expor, expor o que são, e com todos os seus pecados, sem constrangimento.

    Deus é tão absoluto que ele não precisa de nós para a sua obra.

    eu ouço algumas musicas "profanas" e te garanto, nesse século XXI,

    As pedras estão clamando!

  129. Boa note caro Silas,

    Não estou aqui defendendo 100% da música classificada como "gospel", mas sim 100% da música verdadeiramente gospel (de acordo com a definição que eu citei, ou seja, centradas no Evangelho do Senhor Jesus Cristo).

    Sobre sua definição de sagrado e profano, o texto bíblico é o quê? Sagrado ou profano? Uma poesia do Marquês de Sade é o quê? Sagrada ou profana?

    Caro Silas, concordo quando você diz que uma pessoa justificada pelo sacrifício de Cristo, portanto santa, não produzirá necessariamente música e poesia sagrada, também concordo que a santidade é interior, mas obviamente esta santidade deve produzir frutos (externos), de outra maneira não é santidade, contudo seu argumento é sensato, e o que está dentro é bem mais importante do que está fora, mas me pergunto como esses argumentos legítimos se conectam ao argumento de que coisas não podem ser profanas?

    Quer mesmo me dizer que uma música que me incentiva a caminhar pela auto-estrada do inferno não é uma música profana? Usando dos artistas que você citou, quer me dizer mesmo que toda essa música incentivando a imoralidade sexual, o adultério, a cobiça, a mentira, o consumismo exacerbado, a decadência moral, o desperdício, o supérfluo, o amor e louvor por todas as coisas, menos o Deus Criador de todas essas coisas, quer mesmo me dizer que essa música/poesia não pode ser considerada profana?

    Não confunda um pedaço de papel (coisa inanimada) com uma construção musical ou poética criativa que tem objetivos claros de louvar a Deus ou ao mundo.

    Caro Silas, você argumenta sobre a Bíblia sem ao menos ter o zelo de citar as passagens que apóiam seu argumento, enquanto boa parte do que discutimos aqui foi com base bíblica, incluindo citações, pode-se criticar a hermenêutica das citações bíblicas, mas não a falta delas.

    Enfim meu amado irmão há algum tempo tento abrir mão totalmente de minhas idéias para que as idéias de Deus tomem conta, tento me esvaziar para que Cristo viva em mim, não me interessa o que eu penso, mas o que a Bíblia, os profetas, os apóstolos, meu Senhor Jesus Cristo ensinam, esse é o conhecimento norteador, se vamos continuar nesse debate, que seja centrado na Palavra de Deus e conduzido pelo seu Santo Espírito.

    A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo,
    Ronaldo

  130. Li alguns comentário e concluo que: a igreja peca por não preparar seus fiéis para lidar com o mundo e suas diversidades. A maioria dos crentes consomem acultura secular diariamente:

    1) DVD's
    2) Roupas idealizadas por estilistas descrentes
    3) Cursos Universitários com professores inteligentíssimos
    4) Programas de TV's
    5) Culinária
    6) Pontos turísticos
    7) Belas arquiteturas lindas
    8) Médicos habilidosos que ajudam os ajudam com a sabedoria (q o Diabo deu????Rs)

    * Quando querem pagar por algum serviço secular sempre procuram o que é melhor e não o que é crente.

    Observe que tudo isso acontece sem ter o menor peso de consciência. Sabe pq? Pq a igreja não ensinou ser essas coisas pecado.
    E Sabe o que deveriam ter ensidado? A entender o Evangelho e saber lidar com tudo isso, retendo o q é bom, dialogando com este mundo através dessas pontes (Como john stott sugere)e entender que tudo provem de Deus.
    "Vejam-os com os olhos da graça e preguem que é o Deus criador, redentor e salvador."

    Antognoni Misael

  131. Caro Antognoni Misael,

    Devemos influenciar o mundo, não o contrário.

    Por que será que nosso Senhor Jesus fez essa oração?

    "Agora vou para ti, mas digo estas coisas enquanto ainda estou no mundo, para que eles tenham a plenitude da minha alegria. Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, pois eles não são do mundo, como eu também não sou. Não rogo que os tires do mundo, mas que os protejas do Maligno. Eles não são do mundo, como eu também não sou." João 17.13-16

    Veja bem, "eles não são do mundo, como eu também não sou".

    Acho que eu não entendi corretamente o evangelho certo caro irmão.

    Ainda assim não usaria de um recurso tão esnobe quanto a ironia e o sarcasmo para conversar com um irmão.

    Que a graça e a paz de Deus e nosso Senhor Jesus Cristo seja conosco,
    Ronaldo

  132. Irmãos, eu só não consigo entender como pessoas que repudiam tanto a “música mundana” conseguem assistir “filmes mundanos”… Acredito que os dois foram criados para impulsionar os sentimentos e cabe a cada um de nós selecionarmos (com muito cuidado) tanto os filmes quanto as músicas.
    Você que critica tanto quem escuta música secular, pare de assistir TV (filmes, seriados, novelas…).

    “Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes.
    O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu.”
    Romanos 14: 2-3

  133. Bom dia,

    Eu ainda não consegui entender porque o trabalho de se defender qualquer tipo de criação (música, poesia, filmes, etc.) que objetivam louvar qualquer coisa, menos a Deus.

    Concordo com a comparação com filmes, seriados, novelas, acho até pior, pois as imagens são mais vivas e tem um poder maior de estimular o pecado, contrário à santidade requerida por Deus.

    Ainda não entendi por que toda vez que alguém se levanta para defender as músicas seculares, utiliza-se de comparações com coisas inanimadas, como se uma fruta ou verdura fosse exatamente a mesma coisa que uma criação poética que visa a glória de outras coisas e não do único digno de toda honra e toda glória.

    Tanta coisa pra defender e fazer apologia nesse mundo, perder tempo defendendo música secular é mesmo estranho, não consigo imaginar Paulo, Pedro, João, Tiago ou qualquer outro apóstolo perdendo tempo para defender algo que eles já haviam deixado para trás com o objetivo único de seguir a Cristo e seu Reino, afinal é Cristo quem deve viver em nós, ou existe alguma mensagem diferente na Bíblia?

    A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo,
    Ronaldo

  134. A bíblia cita que uma mesma árvore não pode dar dois tipos de frutos, logo…
    Veja, meu marido não é cristão e ouve música "secular"(por pouco tempo eu creio!).
    Vamos pegar como exemplo o Renato Russo, que vc citou no texto. Sem dúvida ele era uma pessoa que foi muito inteligente, mas que em suas letras canta a homossexualidade e drogas, dentre outras cositas mais. Não tem como ele ou suas músicas glorificarem a Deus, já que de uma mesma árvore não nascem dois frutos.
    Além disso, a fonte de inspiração dessas letras vem de onde? Do céu? Duvido! Ninguém está pensando em Deus e seu amor quando canta sobre cocaina, por exemplo. Deus deu inteligencia a todos, inclusive não cristãos, mas isso não significa que Ele "goste" de como ela é usada pela maioria.

  135. Raramente escuto música evangélica que não tenham identidade como tal. Atualmente são meramente comerciais e sem fundo teológico ou até mesmo poesia cristã.

    Tudo se resume a: Receba a benção, tenha fé, espera mais um pouquinho…

    Prefiro muito mais ouvir músicas do mundo, que me fassam refletir sobre a questão sócio cultural do qual vivemos do que ouvir esse lixo gospel.

    A música mais tocada nesse ano foi a do cabelo arrepiado gospel Regis Danese: Uma rima cheia de frases de efeito, mas sem nenhum viés poético ou fundamentação bíblica.

    Eu ouço de tudo, desde música evangélica de boa qualidade até macumba.
    Nunda deixei de ser cristão por isso.

    Deus seja louvado

  136. Caro Clovis,

    Acredito que nem mesmo os irmãos que defendem as músicas seculares, usando do argumento da graça comum que pode tê-las inspirado, conseguem estender esse argumento à músicas de macumba.

    O Leonardo e outros foram claros em defender a música secular de boa qualidade e que fala de coisas boas, limitando-se a estas e desestimulando ouvir músicas que incentivem coisas ruins, agora me pergunto, músicas de macumba possuem uma intenção e inspiração muito claras, será possível que a Palavra de Deus nos encorajaria até mesmo a ouvir músicas de macumba?

    Qual edificação pode vir de ouvir músicas de macumba?

    Uma coisa é falar que eu acho isso ou aquilo, oura coisa é abrir mão das coisas que eu acho e buscar compreender o que Deus acha, e qual a sua vontade para nós, o que leio na Bíblia é diferente:

    "Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: "Sejam santos, porque eu sou santo". (1 Pedro 15,16)

    Qual a santidade em ouvir música de macumba, validando suas doutrinas e rituais contrários a Deus?

    Não consigo visualizar os profetas, os apóstolos ou qualquer discípulo de Jesus entrando nessas discussões para incentivar as pessoas a ouvir música de macumba.

    Cordialmente,
    Ronaldo

  137. Sempre ouvi na igreja que “música do mundo é coisa do diabo”, mas vejo que a religiosidade, o preconceito e falta de amor que vi em vários comentários aqui é que se encaixariam perfeitamente na afirmativa inicial…

    Pior que ouvir uma música secular, ou não, ouvir uma música evangélica, ou não, é vivermos como se o fim de tudo fosse a igreja, entenda-se aqui a estrutura física e seus mecanismos de dominação e alienação.

    Fico triste em perceber que o propósito maior pregado por Jesus, passa de longe por vários “crentes”… amar as pessoas como a nós mesmos. Aqui vemos que todos têm uma opinião sobre tudo. Qualquer tema aqui levantado tem 200, 300 comentários com várias referências bíblicas, explicações “profissionais” e até, agressões. Fiquei aqui me perguntando, se essa energia fosse gasta com as pessoas que precisam de amor, de pão, de orientação, de oportunidade, de proteção (Ah! Tá, já sei, Deus protegerá… crente também morre as centenas todos os dias. Acho eu, no meu humilde entendimento!). Quanta energia, meu Deus! Quanta gente que vem aqui e discute, discute. Quantos cristãos no meu país e meu país não vê o tempero que dizem ter esses “crentes”. Fico tentando imaginar como Jesus vê tudo isso. Sério! Ainda bem que Ele é o Senhor de tudo, inclusive da paciência. E haja paciência!

    Na moral! Tô cansado disso! Há muito tempo sai do campo das idéias (discussão) e passei para a prática. Não dá para ficar arrotado palavrinhas, enquanto a prática do amor ao próximo e em muitas vezes ao Deus Vivo, fica em segundo plano, mas vale “cantar e dançar de olhos fechados, tem gente morrendo de fome por todos os lados” (João Alexandre).

    Há, e antes que eu me esqueça, eu ouço sim Gonzaguinha, Cartola, Toquinho, Vinicius, Legião, meu amigo Bule Bule, Xangai, Elomar e muitos mais outros… e também ouço o louvor das antigas do Vencedores por Cristo, Logos, Adhemar de Campos, Sérgio Pimenta, João Alexandre, MILAD, Semente, Josué Rodrigues, Koinonia… Só não me peça para ouvir esses lixos comerciais em nome de Deus, porque ai já é pedir demais…

    Desculpe o desabafo…

    Salve!

    Axé e luz no caminho de todos!

    Caio Cultura
    Professor Crente
    (Grupo de Capoeira Regional Porto da Barra)
    Camaçari/BA

  138. Boa noite caro Caio,

    A graça e a paz de nosso Senhor Jesus, é com amor pelo irmão que respondo analisando três pontos sobre seu comentário:

    Ponto 01: Contradição lógica é criticar quem escreve e comenta em blogs escrevendo e comentando em um blog.

    Ponto 02: O irmão ignora a capacidade humana dada por Deus de fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo, ou seja, escrever e comentar em um blog não impede as pessoas de exercitar diversos outros dons como o da caridade em paralelo. O apóstolo Paulo, por exemplo, exercitava seus diversos dons sem deixar em momento algum de escrever (ou ditar) suas belas cartas inspiradas por Deus para exortar e orientar a igreja do Senhor Jesus.

    Ponto 03: Não importa a nenhum discípulo de Jesus o que você ou eu pensamos sobre qualquer assunto, como musica secular/evangélica, o que importa para todo crente em Jesus Cristo é o que a Bíblia diz, e qual a vontade de nosso Senhor para todo e qualquer aspecto de nossas vidas. Compare sua vontade e seus desejos com a vontade e desejo de Deus para sua vida revelado nas Sagradas Escrituras, se discorda de algo, apresente o que a Bíblia acha, não o que você acha, dessa forma você edificará a igreja do Senhor Jesus.

    A paz de nosso Senhor Jesus Cristo de Nazaré,
    Ronaldo

  139. Cada comentário,um mais infeliz que o outro, é claro que não tem nada satânico em um bom som do tipo epitáfio de titãs letra mais que linda, teve gentinha ai falando sobre calypso funck e sei lá mais quem, eu não li em momento nenhum o autor do texto falando sobre calypso funck e sim sobre a letra one do U2 e outros que ele sitou que tmb gosto, sabe o que falta na sociedade interpretação de texto não digo só no meio gospel e sim no geral.
    Quem sabe teriamos uma sociedade um pouco mais culta.
    Que valoriza-se bons artitas, ou vocês acham que tem muita santidade em uma música do tipo "eu quero isso eu exijo isso" como vimos em tantos "louvores" agora eu me pergunto louvores a quem ? a Deus? ou aos homens.
    Reflitam um pouco.

  140. Caro Anônimo,

    Seu comentário é feliz ou infeliz? Você já refletiu bastante sobre esse tema à luz das Sagradas Escrituras ou apenas baseado em seus pressupostos filosóficos e no zeitgeist pós-moderno?

    Pergunto pois não vi nenhum embasamento bíblico para seu comentário, apenas argumentos circulares do tipo "é por que eu sei que é, então é, é claro que é, por que eu estou dizendo que é, então é".

    Seu comentário carece de fundamentação e construção lógica e textual, e você ainda se diz mais "culto" que as pessoas que comentaram aqui, onde está essa cultura superior em seu comentário?
    Sobre valorizar bons artistas, mostre-me em qual livro a Bíblia fala sobre valorizar bons artistas? Afinal deveriam existir ótimos artistas na Babilônia, na Assíria, na Grécia, em Roma, mas não li em momento algum profetas, apóstolos, discípulo ou mesmo o Senhor Jesus nos ensinando a dar valor a "bons artistas", principalmente quando estes são servos de qualquer deus, menos do único Deus Trino.

    Os profetas de Baal com certeza eram ótimos artistas, os sábios e encantadores do Egito então nem se fala, mas por que deveríamos valorizar estes artistas mesmo?

    Meu querido anônimo reflita sobre sua cosmovisão, sobre a influência dos valores morais e culturais pós-modernos em seus pressupostos filosóficos, reflita sobre o devido lugar das Sagradas Escrituras em sua vida, reflita sobre o zietgeist predominante, reflita um pouco.

    A graça e a paz de nosso Senhor Jesus,
    Ronaldo

  141. concordo com Ronaldo Guedes,muito boa argumentação!
    Não consigo entender porque valorizar artistas do mundo! porque não ocupar todo meu tempo com aquilo que me edifica,com o que me poem mais perto de Deus! Que venha a nova reforma! que venha o verdadeiro avivamento!

  142. è lamentavel meu amado, porque eu creio e acredito desta maneira que a musica glorifica a Deus em todos os ritimos desde que elas sejam consagradas a ele,e as letras senjam espirituais com base e fundamento na palavra ai sim mas é uma pena que temos vario pastores e irmãos com esta mentalidade como a sua medilcre e carnal são resultado de umas igrejas mornas e frias se conformando com este mundo mas ainda ha esperança dobre o seus joelhos diante do nosso Rei e se arrependa enquanto é tempo porque ele ainda te ama, só não aprova com certeza o seu ensinamento e pensamento um abraço e espero que um dia eu possa ver esta pag com a verdade do evangélio

  143. Paz do senhor amados…

    Na minha opinião não concordo com isso, pq o próprio Senhor Jesus falou, "dai a César o q é de césar e a Deus o q é de Deus", antes de me converter, gostava muito de rock, bandas nacionais e internacionais, mas a unica coisa q eu fazia ao escutar essas musicas era me drogar e ficar em depressão, hoje escuto e canto hinos da harpa cristã, e quando escuto esses hinos me levam mais pra perto de Dues da sua presença, glórias a Deus, obrigado por tudo meu senhor e por favor nunca me deixe voltar ao q eu era antes

  144. Na minha opinião este povo que se considera espirual demais por não ouvir músicas "do mundo", e que se colocam acima do bem e do mal,se resume em só uma coisa: vivem coando o mosquito e engolindo o camelo. Emilio Carlos Lacerda Stach.

  145. Bla bla bla… isso não leva a nada. Esse tema é polemico e tem os pros e os contra. Eu não tenho opinião formada. Cá pra nos tem cada musica dita gospel que faça-me o favor.

  146. A paz esteja com vcs!!
    Musica é musica ora bolas!!
    Se as composicões são feitas para o "CONSUMIDOR" evangélico é outra historia, uma vez que o senhor Regis Danese(por exemplo) diz aos 4 ventos ser cristão e compor pra diversos artistas da musica é digamos… do mundo.O mesmo que compôs entra na minha casa tititi bababa compôs segundo ele proprio varios sucessos do pagode(e la no samba …se fornica bastante, traiçoes, gorozada desinfreada etc..e tal) .Hoje um dos maiores nichos de mercado é o crente, é por isso que em tudo se investe,pra satisfazer o desejo do consumidor.Daqui uns dias devem lançar a cerveja gospel.
    Logico que existem "bandas" sabidamente que são instrumentos de satanás, mas também temos grupos que em suas composições em nada ofendem a Deus.Diferentes de algumas cançoes que so tratam de anjo fogo poder misterio varão…..Antigamente se falava muito em mensagens subliminar, se conhecem bandas como Slayer Entombed Kreator etc sabem do que eu digo,hoje se vc ver o que é banda Therion em especial a musica The Blood Of Kingu irão concordar.O que é demoniaco ta bem na nossa cara e procuramos um monte de questões pra esculhambar o irmão como se nós fossemos incorruptíveis. Agora vão ao Youtube vejam se Stanley Jordan tocando "Autumm Leaves" é de Deus ou se satanas é detentor deste dom.Veja Jeff Healey tocando"Years passing by"por que ele mesmo não vê pois é cego.Não que na graça permaneçamos em pecado mas logo estamos livres do pecado pelo sangue de Nosso Senhor Jesus.Definitivamente parem de honrar indiretamente ao diabo quando vc diz que isso é ele que aquilo é dele mas busquemos discernimento para atribuir as coisas que são de Deus a Deus e o que é do diabo fique com ele pra la! Que Deus o Criador de todas as coisas eteja com todos vocês,amem!

  147. Mais uma resposta sem um citação bíblica sequer, me pergunto o que Jesus e seus discípulos cantaram logo após a santa ceia (Mt 26.30, Mc 14.26).

    Também não achei ainda um versículo sequer na Bíblia que incentive a apreciação da arte dos homens que não glorifica a Deus direta e objetivamente, afinal as esculturas para os outros deuses também deveriam ser obras de ótimos artistas, mas a mensagem do tratamento desse tipo de arte é um pouco diferente do que vejo aqui nas discussões.

    De qualquer forma me cansei desse debate, muita argumentação e pouca Bíblia, fico com a Palavra de Deus, sem diminuir nenhum dos irmãos.

    Que a graça e a paz de nosso Senhor Jesus nos acompanhe hoje e sempre.

    Ronaldo

  148. Renato Vargens e amigos do Púlpito Cristão,

    Este assunto é muito interessante e sem dúvida extremamente esclarecedor. Pois como sabemos a infinita Graça de Deus se manisfesta de duas formas, elas são: Graça Comum (intervem na vida de todos, de forma explícita ou implícita) e Graça Especial (fornece a Salvação).
    É ótima essa canção do Titãs chamada epitáfio, citada pelo amigo Vinicius Morais, ela prova que a Onipresença de Deus quando diz em seu refrão: O acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído. Esse "acaso" é ninguém menos que Deus que sempre estará lá pra nos proteger quando nós "distraídos".
    Gostaria deixar uma canção da banda Remy Zero chamada Save me (tema do seriado Smallville)

    Eu Sinto que minhas asas se quebraram em suas mãos
    Sinto as palavras não ditas dentro de você
    E isso te deprime
    Eu lhe daria qualquer coisa que você quisesse
    Você era tudo o que eu queria
    Todos os meus sonhos estão morrendo
    Rastejando ao redor…

    Alguém, me salve
    Deixe suas mãos sob minha ferida
    Alguém, me salve
    Eu não ligo como você faz isto
    Apenas fique (fique comigo)
    Fique
    Vamos, eu estou esperando por você.

    Eu vejo que o mundo dobrou em seu coração
    Sinto as ondas se chocarem por dentro
    E isso me deprime
    Eu lhe daria qualquer coisa que você quisesse
    Você era tudo o que eu queria
    Todos os meus sonhos estão morrendo
    Rastejando ao redor…

    Alguém, me salve
    Deixe suas mãos sob minha ferida
    Alguém, me salve
    Eu não ligo como você faz isto
    Apenas fique (fique comigo)
    Fique
    Vamos, eu estou esperando por você.

    Todos os meus sonhos estão morrendo
    Rastejando ao redor.

    Alguém, me salve
    Deixe suas mãos sob minha ferida
    Alguém, me salve
    Eu não ligo como você faz isto
    Apenas fique comigo (fique comigo)
    Eu fiz esse mundo inteiro brilhar para você
    Apenas fique
    Fique
    Vamos, eu ainda estou esperando por você.

    Obrigado pela atenção.

    Sola Gratia!

    Michael Leandro

  149. Caro Ronaldo,
    Você não vai encontrar na biblica, como dizes…um versiculo sequer que incentiva a apreciação da ate dos homens… como também não vai encontrar na biblia um versiculo sequer que apoie escrever em blogs, por exemplo.
    A hermeneutica biblica trata das proibições, que são as exceções, e não das permissões que são regras gerais infindáveis.
    Quanto ao conceito do que seja arte que "não glorifique" a Deus, depende do "deus" criado pela visão dos religiosos, segundo a doutrina e a denominação.
    Numa coisa tó contigo,
    também cansei de debater as bobagens do mundo gospel, como essa ridícula visão das artes.

  150. "…me pergunto o que Jesus e seus discípulos cantaram logo após a santa ceia? (Mt 26.30, Mc 14.26).
    Não sei, e ninguém poderá afirmar, simplesmente porque a biblia não relatou. E se a biblia não relatou, é porque não era importante. Assim, Ele poderia ter cantado um hino judaico, uma musica de sua infancia, ou uma musica cantada por sua mãe Maria, etc.
    O que não se pode é fazer como Ronaldo, que cria a par deste texto, uma interpretação, ( a de que Cristo cantou um hino) e quer fazer essa sua interpretação pessoal e exclusivista em parte integrante da biblia.
    Quando a musica do Cat Stevens citada pelo Ronaldo, ( Yussef Islã) ela nos remete ao Deus da criação, sem dúvida.
    AH, mas ele se converteu ao Islã…. Sim, e os cantores gospel são pecadores tanto quanto ele. Ora, se partirmos para classificarmos a obra pela subjetividade do autor, teremos que abolir as artes.

  151. Caro "Anônimo",

    Antes de qualquer coisa, fico triste por perceber que esse assunto se direcionou para ataques sem propósito, quando disse que não entraria mais nesse debate era exatamente por perceber que o amor e a cordialidade estavam esfriando nos comentários.

    Vou apenar pontuar algumas questões que foram mal colocadas, o texto bíblico que eu citei mostra claramente que Jesus e os discípulos cantaram um hino, tanto Mateus quanto Marcos testemunham isso com clareza, e não com subjetividade "E, tendo cantado o hino, saíram para o Monte das Oliveiras.".

    Portanto estamos confundindo as coisas aqui, eu não extrapolei o texto para algo que a Bíblia não diz, apenas apresentei o que a Bíblia diz, quem está extrapolando o texto nesse debate não sou eu.

    Quando falei sobre arte que não glorifica a Deus, estava pensando na arte para os deuses egípcios, para Moloque, para Baal, para Diana dos Efésios, entre tantos outros deuses e coisas que nada tem a ver com Yahweh, embora provavelmente fossem obras de arte magníficas do ponto de vista humano, Deus mandou destruí-las sem um mínimo de preocupação com uma suposta imago dei impressa na bela criação destas obras de arte, isso a Bíblia mostra claramente também, não de maneira subjetiva, mais uma vez estou apenas apresentando e refletindo sobre algo que está claro no texto bíblico, não estou criando nada aqui.

    Ademais, não tenho interesse em entrar em embates meramente verborrágicos com os colegas do site, essas são dúvidas sinceras que tenho, por isso questionei sobre uma fundamentação bíblia para o assunto.

    Fico por aqui desejando que a graça e a paz de nosso Senhor Jesus apascente nossos corações para que possamos refletir sua luz em nossa sociedade, nosso tempo e nossa cultura.

    Cordialmente,
    Ronaldo

  152. Tenho acompanhado este assunto a muito tempo,e vou postar a minha experiência de vida.
    A 5 anos atrás quando aceitei Jesus eu gostava muito de Rock progressivo,Rush,Dreamtheater etc…..como na maioria das igrejas evangélicas,os Pastores falam que devemos nos distanciar do mundo,etc,etc…na época eu toquei todos os meus cds de musica secular fora,uns eu vendi….todos na igreja ficaram tipo,olha só,isso sim que é coisa de Deus etc….Passando o tempo,ouvindo só música "Gospel" e pesquisando muito,cheguei a seguinte conclusão:

    Tudo me é permitido', mas nem tudo convém. 'Tudo me é permitido', mas eu não deixarei que nada me domine. I Cor 6.12

    "Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova". (Romanos 14.22b)

    “Aquele que come de tudo não deve desprezar o que não come, e aquele que não come de tudo não deve condenar aquele que come, pois Deus o aceitou.” Romanos 1:3

    Hoje,acredito que minha decisão foi tomada não em base bíblica,mas sim,por aquela euforia de conhecer Jesus,estar novo na fé,e ser arrastado pela multidão como muitos são hoje em dia.

    Se não posso ouvir música secular,então não posso olhar televisão,filmes etc…..

    Os cristãos confundem música com Louvor pelo que tenho visto por aí….Louvor é quando vem de dentro do teu coração,quando vc louva Deus na Igreja,quando vc está orando,falando em linguas,e sim quando estão ministrando o louvor na forma de MÚSICA também!

    Música é musica por si só,a música pode estar querendo te dizer algo sobre lutas,guerra,política,e também sobre Deus!

    Então,tem artistas por aí que gravam um cd de Louvores,ok!Mas será que não é música só falando de Deus?Pra evangelizar?E como está este artista com Cristo?está bem?E a sua comunhão com o Pai?Será que é fiel a esposa/Marido?É fiel no dízimo,nas ofertas?Tem um bom testemunho?

    Ai é que está a questão toda meus amados,e quando vc compra um CD daquele artista Gospel mais famoso,daí olha atrás na capa e 70% dos músicos que gravaram o CD são do mundo,não são cristãos,nem conhecem Jesus e aí?Continua como música evangélica?Daí ta la a pessoa que nem sabe de nada,comprando o Cd e falando….ai que benção,ai glória Deus etc…..sendo que hoje tudo é marketing,é venda,é $$$,é gravadora etc….

    Qual a lição que tirei disso tudo?Ainda mais que sou músico?Vamos lá:

    Ouço todos os tipos de música que não falem mal de Deus,que sejam diretamente contra Deus!
    Gosto de André Valadão,Hillsong,Tales Roberto,Diante do Trono,Pastor Cirilo etc….Mas hoje igualmente ouço música secular,Dreamtheater,Mullmuzller etc…e tem muitas destas músicas que falam de Deus,e eu louvo a Deus com estas músicas,e me encho com a presença de Deus,louvo a Ele pois Ele deu o Dom a todos,ama a todos igualmente,ama o Pecador e não o Pecado,e oro para que estes músicos tão competentes possa um dia encontrar o Senhor Jesus!Vai um Link do Dreamtheater abaixo,banda secular,na qual gosto muito,duvído que se alguém abrir o coração a DEUS,deixar todo o preconceito e religiosidade de lado,ouvir esta musica e ler a letra não enche os olhos de lágrimas!
    Deus abençoe vcs irmãos,não estou aqui pra discutir,só estou colocando a minha experiência de vida,Paz a todos!

    http://www.youtube.com/watch?v=aZv5JhjjLgU&playnext=1&list=PLAECBCDFDA8075FA1

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui