Cinco razoes porque não vale à pena blogar

25
682
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Leonardo Gonçalves

Assine o Blesss
1. Blogar exige um tempo precioso que você poderia estar empregando em outras atividades, tais como ler um livro, o lazer da família ou o cultivo de uma boa devocionalidade cristã. No mundo hodierno, onde as agendas andam sempre lotadas e o tempo vale mais que dinheiro, não é conveniente gastar seu tempo blogando.

2. Editar um blog é uma tarefa prazerosa no princípio, mas com o passar do tempo o hobby cederá espaço para a obrigação, e seus leitores estarão sempre em seu encalço, todos à espera de um insight. Como ninguém é criativo o tempo todo, você certamente os decepcionará, e um dia jogarão na tua cara que seu blog mudou e que você já foi melhor escritor. Para driblar esta incompreensão, o melhor que se pode fazer é não blogar.

3. Uma pesquisa da Pew Internet & American Life constatou que um blog novo surge a cada 5.8 segundos, num total de 15.000 blogs todos os dias. O crescimento da blogosfera torna o espaço virtual competitivo e é fato que muitos blogueiros que começam hoje serão vencidos pelo desanimo. Seu blog provavelmente não fará muito sucesso, e você engrossará a fileira dos blogueiros que se sentem frustrados por editar editam blogs pouco populares. Para evitar esta fadiga desnecessária, o caminho é não blogar.

4. O ambiente virtual não é tão democrático quanto parece, e o fantasma da intolerância é bastante real no universo da web. As opiniões politicamente corretas predominam neste espaço, e expor um pensamento dissonante numa página de vidro é correr risco. Saiba que alguns dos seus textos podem despertar a ira zelote de uma turba sedenta por sangue. Em questão de minutos pode aparecer uma centena de comentários, a maioria dos quais pedindo a sua cabeça na bandeja. Você será acusado de herege e lhe dirão palavras tão vulgares que você perderá o sono, deixará de comer e dormir em função deste acontecimento. O virtual interferirá no mundo real e ocasionará graves distúrbios emocionais e psicológicos, colocando em risco a sua saúde mental. Esta também é uma das razoes porque não vale à pena blogar.

5. Mas é claro que o contrário pode acontecer, e você pode se tornar um blogueiro influente e editor de um site de sucesso. Os contadores de visita serão motivo de orgulho, sua pagina do analytics deixará de oscilar, e você finalmente chegará no topo. Você vai curtir isso, tenha certeza. Porém, o sucesso será doce apenas no começo, porque não tardará até surgirem “amizades” interesseiras que se aproximarão de você apenas para tornar seus sites populares, e te sugarão como quem espreme uma laranja. Outros descobrirão que falar mal de você gera tráfego e gastarão muito tempo te detonando na rede. Chegará um momento que será muito difícil se relacionar virtualmente, e não se iluda: As pessoas que você mais ajudou são as que mais te darão tristeza e decepção. O caminho para evitar isso, você já sabe: Deixe de blogar!

Sou blogueiro cristão há quase dois anos, e experimentei muitas das situações descritas acima. Sei o que é sonhar com o topo da blogosfera, como também sei o que é estar por cima e sentir saudade do tempo em que meia dúzia de pessoas lia o que você escrevia, e que você blogava sem pressões. Fui (e sou!) cobrado constantemente por alguns leitores – felizmente, não são todos! –, que acham que eu sou um tipo de Shakespeare ou pensam que eu não tenho na vida outra preocupação senão escrever um artigo “brilhante” que eles lerão em 5 minutos e logo olvidarão. Já fui vítima de interesses e já tive minha cabeça posta à premio neste mundo virtual… Enfim, apesar do pouco tempo, sei exatamente do que estou falando.

Mas agora, me permita apresentar uma razao para você continuar blogando:

Quando você escreve um texto inspirativo e o publica, jamais tem a idéia de onde ele vai parar. A web é um mundo à parte, e as palavras que você publica em um blog são levadas por lugares que nunca pensamos chegar. Nenhum outro veículo gratuito é tão eficaz em propagar idéias e democratizar opiniões quanto os blogs, e pessoas que estão ao borde da ruína, do descaso, do abandono, ou até mesmo à beira de cometer suicídio, podem encontrar luz naquilo que você escreve. Cada blogueiro cristão com um teclado inspirado é uma ferramenta eficaz nas mãos de Deus para a evangelização do mundo, e certamente uma (ou muitas) pessoas serão profundamente impactadas pelo que você escreve. Alguns terão suas vidas e atitudes transformadas pelo evangelho e mui provavelmente chegará um ponto que você atingirá muito mais pessoas no ministério virtual do que no mundo real! Você cumprirá a grande comissão e naquele dia se apresentará ante Jesus com a consciencia de quem se valeu do mais importante recurso de propagaçao do evangelho da sua época e fez história neste mundo, convertendo-se em um revolucionário apologista ou missionário da web!

Portanto, ainda com todos os “contras”, e mesmo correndo o risco de ser esquecido, criticado severamente, traído duramente, ser vítima de gente interesseira, mesmo assim, ainda estou absolutamente convicto que vale à pena blogar!

***
Postou Leonardo Gonçalves, compartilhando experiências agradáveis e desagradáveis, no Púlpito Cristão
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

25 COMENTÁRIOS

  1. Fala Léo…
    Quanto tempo.
    Tb estou vivendo algumas dessas crises que vc citou acima. Realmente não é facil blogar. Às vezes a exigencia pessoal é maior que a exigencia externa. Alguns colegas aqui no seminário chamariam isso "desejo de proeminência".

    Mas enfim, depois de tudo, decidi postar com calma, sem pretensões a quando der, e sem net em casa essa tarefa fica mais facil. Tem me feito bem o resultado.

    De fato, blogar é muito bom, apesar dos pesares.
    Que Deus te abençoe e te fortaleça para continuar "nessa tua força", ajudando os poucos remanescentes de Deus a permanecerem no Caminho, na Verdade e na Vida.

    Abrçs.
    Marcelo

  2. Me pareceu um desabafo, mas fica firme Leo… vc nao tem ideia de como esse blog mudou minha vida, e outra, nem Jesus agradou a todos Leo, vc nao tem obrigaçao nenhuma de ser o que eles querem de vc, isso aqui vc faz porque gosta, vc coloca sua cara pra bater, coisa que quase ninguem tem coragem, torço por vc, eu nao sou blogueira nem nada, mal sei escrever, mas amo ler isso aqui, me faz saber que nao estou sozinha, e que ainda existe pessoas que levam Cristo a serio… Leo, nao para nao…Vai nessa tua força…CarolBarroso

  3. E falando serio… ainda bem que escolheu mesmo diante dos probleminhas que isso pode causar continuar a postar pois nem imaginam o quanto o conteudo aqui postado tem mudado muita coisa em minha vida!!! Só posso agradecer por compartilhar coisas tão preciosas que a igreja de hoje deixa passar despercebido!!!

  4. Muito bom, Leo (embora eu esteja na fase de meia duzia de leitores, e entenda que esses "problemas" não serão vividos por todos os blogueiros. Nem todos ultrapassam a linha que divide o que não são mediocres).

    Inexplicável continuar quando se tem estes cinco problemas, mas creio que surgirão mais. Não tenho nem um ano em blog, mas já me deparei com outros fatores a anos atrás, em fóruns de discussão, quando os ítens que mais desanimavam eram as agressões gratuitas. Ficava abismado com o tamanho do rolo que estava envolvido. Não fazia idéia do quanto o que se escrevia ali estava se propagando, e como aquilo incomodava até o inferno.

    Creio que além da massagem no ego(embora vergonhosa, não pode ser negada como motivação), é sempre emocionante – e quase comovente – ver pequenos segredos de nossa alma, confessados em oculto, ser declarados nos telhados, propagados em terras distantes, como se aquilo que temos guardado no peito fosse capaz de beneficiar alguém.

    Admiro muito seu trabalho, e tenho em sua pessoa(não só no seu trabalho) um referencial.

    Um abraço.

  5. Fantástico! É uma avaliação sensata das atitudes, pensamentos, expectativas e resultados do ato de blogar. Exige muito mais que simples interesse em explorar um campo novo de possibilidades criativas; é uma constante e paciente ato que vamos criando, como uma teia de aranha. Vez em quando um vento oportunista ou faceiro nos derruba, ou nos manda ir para outro lugar. Daí a graça em blogar suas impressões, imperfeições e dilemas. O que os outros veem (e leem) corresponde ao que eles esperam realmente encontrar pela vida, ou reflete aquilo que gostariam de ter escrito e não tiveram propósito ou coragem para escrever.

    Abraços.

  6. Paz, Irmãos!
    Leo, não desanime, não se assuste, não esmoreça, não desfaleça, não se acovarde perante as dificuldades!
    Quem disse que servir a Deus é fácil está se iludindo, estamos sendo levados ao matadouro todos os dias e imolados com Cristo. Nossa arma eficaz é o amor.
    Devemos amar até mesmo nossos inimigos e desafetos.
    Se nos agredirem um lado da face, devemos dar o outro lado.
    As pedras que nos atirarem servirão para construir o castelo da ignorância daqueles que ainda não conhecem o verdadeiro amor cristão.
    Você é Luz meu irmão, e também sal da terra, não se deixe levar pelas circunstâncias momentâneas. Saiba que mesmo quando o tempo está nublado e não conseguimos vislumbrar a linha do horizonte, acima das nuvens o sol sempre está brilhando forte.
    Seu sacrifício e privações não está sendo em vão, o seu galardão você já conquistou no céu, onde verdadeiramente vale a pena investir.
    Oro para que Deus o abençoe cada vez mais. Que ninguém se atreva a cobrar-lhe nada além do grande amor que tenho absoluta certeza que você tem pelas almas.
    Compartilho de sua luta e dificuldades, na certeza que a coroa nos está reservada.
    Um abraço fraternal a você, extensivo a todos os colaboradores e milhares de pessoas que acessam seu blog diariamente.

  7. Cara, é tudo verdade. Incluindo a parte de que eu só fiz contato contigo oara divulgar o meu blog (que está na fase da meia dúzia de leitores). Bricadeira, mano. O teu blog é uma bênção e fico feliz em ver cristãos corajosos como você na blogosfera. Meu blog, o Crentepensante ainda está engatinhando, tem quatro meses de vida, eu acho, e já estou sentindo a pressão. Mas não existe obra de Deus sem pressão e oposições. Fica firme. O Senhor é contigo.

  8. Parabéns pelo artigo e pela coragem do desabafo.

    Eu já tive um blog não voltado ao cristianismo, era voltado ao mundo esportista, nossa foi muito difícil conquistar um migalha de espaço nesta Blog esfera, muitas vezes me sentia usado perdia muito tempo na vida em trazer um furo de reportagem, perdia horas traduzindo textos e não recebia nem um obrigado, dai cheguei à conclusão de fechar e fechei.

    Resolvi então canalizar esta experiência e este tempo para outro perfil de blog/sites, fiz então um site/blog Cristão, estou há alguns meses, não é fácil mais o mais gratificante e receber um e-mail de alguém dizendo que Deus usou o site para falar com ele em algum setor de sua vida que esta com problemas.

    Isto não tem preço, por este motivo que tanto você como eu e os demais não devemos desistir, criticas sempre vai haver mais faça sua parte, use o dom que Deus te deu e seu conhecimento para levar as Boas Novas.
    Parabéns.

  9. Creio que blogar não é uma tarefa fácil. Não é uma ciência exata, não basta fazer umas continhas e pronto! Novo post na área. Mas creio também que quando os leitores "cobram" o blogueiro, é sinal de que ele é influente e seus artigos estão causando o efeito proposto e é isso o que todo blogueiro quer: que seus pensamentos repercutam positivamente.

  10. Caro Leonardo,

    Estou blogando há apenas seis meses, logo, o meu blog está na fase dos poucos leitores. E ainda assim agradeço a Deus por ter alguns assíduos leitores, pessoas que se tornaram verdadeiros amigos. Foi possível conhecer cristãos de todas as plagas e o conhecimento cada dia aumenta, cresce tanto em quantidade (não tanto) como em qualidade (isso sim). Pude aprender com pessoas que sabem bem mais do que eu – e como é edificante! A troca de informações e as discussões me levaram a um maior aprofundamento da teologia, à busca de Deus com profundidade. Continuo um leigo, mas não tão autodidata.
    Em suma, glorifico a Deus pelo meu e por tantos outros blogs, a exemplo deste aqui,

    Em Cristo,

    Ricardo

  11. Bom para refletir.

    Tudo tem que ser feito com equilíbrio e bom senso, além de motivação sincera. Para cada um desses problemas há pelo menos uma decisão prática que podemos e devemos tomar.

    Tudo de bom, Leonardo!

    * * *

  12. ME amarro neste blog, ate porque leio comentários de estrema sensatez, e obvio que nem todos os comentários expostos aqui eu posso da nota 10, mais as pessoas tem a mania de cobra por coisas que elas não teriam muitas das vezes a minima condição de manter, o ser humano deveria ter a sensatez de entender que a começar por ele, que todos nos somos ceres humanos, portanto sujeito a falhas, e aquela historia só sabe da real intensidade do problema quem esta nele. EU não chego a ser blogueiro, no entanto faço meus comentários e por vezes sou mal interpretado, também ganho a antipatia e simpatia de alguns, mais e a vida o pro pio cristo não agrado a todos, alias foi o desagrado dele que o levo a cruz, o importante e mais gratificante e fazermos aquilo que estamos gostando, a inda mais quando o que fazemos de alguma forma acaba influenciando na vida de alguém de maneira positiva, portanto sou grato a Deus por levantar pessoas com intrepidez suficiente para abrir o entediamento das pessoas que estão sendo levadas por estes ventos de doutrina diabólica que se levanta para engana ate mesmo os escolhidos.

  13. Olá Leo,

    de fato blogar é tudo isso e muito mais.

    Porém foi blogando aqui no Pulpito ou no Genizah, bem como em outros espaços virtuais que descobri, de fato, o quanto esse "evangelho da marcha ré" tem sido eficaz na imbecilização das pessoas.
    E isso pode ser tristemente notado nos comentários, dignos de acéfalos, que alguns aventureiros se arriscam a fazer.
    Gente que abriu mão da inteligência pela credulidade.
    Gente incapaz de divergir diante até mesmo de fatos incontestáveis.
    Gente covarde que não se arrisca a questionar nada.
    Em suma: Gente fácil de manipular e de ser tosqueada.
    E essa igreja especializou-se em fabricar esse tipo de gente.

    Sabiamos que a coisa estava feia mas os blogs têm mostrado um "raio x", um extrato dessa situação e creio que é isso que assusta e as vezes até desanima.
    Pois, qualquer um que tenha estudado minimamente a história da Igreja nota o imenso abismo em que a igreja brasileira tem se lançado e é o mesmo em que precipitou-se a igreja européia e a americana. Os desvios teológicos, morais e éticos comprovam esse fato. Apenas os cegos não querem ver.

    Continue blogando Leo, alguns entenderão, outros não. Vale a pena pelos primeiros.

    Continuemos pregando o Evangelho da Verdade, que nunca foi aceito por todos, mesmo. Por que haveria de ser diferente agora?

    nEle, que é a a luz da nossa salvação, a quem temeremos?
    Ielton Isorro
    http://clamandonodeserto.blogspot.com/

  14. Eu particularmente não aceito pressões Leonardo,tenho um blog apologético e que discute questões sociais também,porém escrevo quando sinto que realmente devo postar algo,escrever por escrever apenas para satisfazer leitores para mim não é o caminho,pode acabar fazendo com que percamos a direção e acabemos por escrever artigos de baixa qualidade,então quando acho que devo postar faço 1,2 até 3 artigos por dia se achar necessário,mas posso também ficar um bom tempo sem postar nada,porque o blog que inicialmente era tido como um diário virtual hoje virou algo muito mais sério e profissional,então temos que ficar atentos com o que vamos escrever ou apresentar às pessoas.

  15. Simplesmente brilhante.
    A melhor recompensa para o blogueiro cristão é saber que em um lugar distante, ou mesmo na sua vizinhaça, alguém será alcançado pelo evangelho da salvação, através do seu texto.
    Que Deus lhe abençoe.

  16. Assim não vale, Leo. Falar de mim para todos… (risos)

    Brincadeirinha. Infelizmente todos nós somos vítimas de momentos difíceis. No meu acompanhamento intenso aos blogs cristãos, tenho encontrado a infeliz página: "blog não encontrado". Acreditem. Muitos blogs estão sendo excluídos pelos seus autores. O Púlpito Cristão seria um deles! Não acreditam? Perguntem ao Léo. (risos)

    Gente, esse cara liga do Peru quase todos os dias pra minha casa, é um amigo fora de série. Às vezes penso que ele nasceu blogueiro. Não é a toa que com seu esforço e talento, o Púlpito tem mais de um milhão de visitas em apenas dois anos. Suas experiências têm feito de mim outra pessoa. Isso não é “babação”, é uma afirmação. Eu “futuco” as coisas aqui.

    Falando agora contigo Léo… Obrigado pelo artigo. Foi com certeza uma injeção que eu precisava para esta gripe de desânimo. Você nos faz ver que temos razões de sobra para continuar blogando e fazendo mais pela blogosfera.

    Lucas M Junior

  17. Pode ficar tranquilo, meu amigo, que você é um dos instrumentos que Deus usou para abrir os meus olhos para o verdadeiro evangelho. Além disso você me ajudou muito quando eu conversava com outros irmãos a respeito do falso evangelho que tem sido ensinado em nossos púlpitos e vinha a minha mente alguns textos seus. Louvo a Deus pela sua vida. Você foi um dos meus incentivos a criar um blog também (http://www.antesqueaspedrasclamem.blogspot.com/). Não almejo muitos leitores. Meu maior desejo é que os poucos leitores dele possam ser guiados para o verdadeiro Cristo.

    Abraços

  18. Léo,você não pode parar!Seu blog é motivo de orgulho para os verdadeiros cristãos,para os poucos que se negam a fazer parte da igreja emergente,para os poucos que não se curvaram a baal.
    Reconheço que é muito difícil.O caminho é apertado,a porta é estreita,mas conduz à salvação,à vida eterna.Tenho certeza de que muitos passarão por ele porque tiveram contato com o evangelho genuíno que aqui tem sido vivido,aprendido e visto.
    Você tem que continuar,pois não sabemos até quando teremos esta liberdade virtual de que dispomos.Digo isso porque a nova ordem mundial já está censurando a internet nos EUA.Isto porque o Jornalista Alex Jones conseguiu se infiltrar num ritual secreto em 2000,onde estavam os ex presidentes George Bush e Bill Clinton,bem como os maiores banqueiros e empresários americanos.Ele colocou os vídeos em seus canais( prisionplanet e infowars)e está sendo censurado pelo google e pelo you tube de lá.Você pode confirmar vendo no you tube:
    " a chegada parte 24"
    "sacrifícios de criança moloch"
    " a nova ordem mundial está censurando a internet"

    Devido as suas denúncias,Alex Jones está na lista dos inimigos do governo Obama.
    Aqui no Brasil já existe um projeto de lei para censura virtual,que possibilitaria filtrar o que se quer publicar.A desculpa é preocupaçaõ com a nossa segurança,mas na verddade é uma tentativa de controlar o que nós podemos acessar.
    Sugiro que você procure o Sérgio Amadeu,do movimento software livre,no google,onde terá maiores detalhes.
    Siga em frente que atrás vem crente!

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui