Onde está a igreja que existe por causa do outro?

9
311
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Ielton Isorro

Assine o Blesss
Quem mora nas grandes cidades do Brasil conhece hospitais, onde milhares de pessoas sofrem. Entre elas há um enorme contingente que não recebe visitas ou acompanhamento das famílias. A solidão e o abandono fazem o sofrimento aumentar.

Nessas mesmas cidades, também encontramos lugares para reclusão de adolescentes infratores – em São Paulo há a Fundação Casa, antiga Febem. Lá esses jovens ficam até completarem maior-idade e voltarem às ruas, se melhores ou não é outra questão.

Encontramos também, presídios onde homens cumprem pena por crimes cometidos; Prisões femininas onde mulheres estão encarceradas; Orfanatos onde crianças abandonadas esperam por uma adoção e; Asilos onde pessoas de idade aguardam a morte, pois essa é a única que um dia vai busca-las.

Em todos esses lugares há profissionais pagos pelo Estado ou pelas instituições para atenderem os usuários desses sistemas. Ainda que muitos façam isso com amor, talvez(?), a maioria esteja lá por causa do salário.

Esses lugares são verdadeiros depósitos de sofrimento humano, más também há os lugares a céu aberto, como a cracolandia no centro de São Paulo, onde a desesperança e o sofrimento estão estampados nos rostos daqueles que ali vivem. A mesma coisa pode ser vista em calçadas da zona sul do Rio de Janeiro, onde crianças dormem amontoadas, ou em baixo de viadutos em Belo Horizonte, abrigo de famílias sem teto.

Sobre esse tema, tenho algumas perguntas, a fazer para a Igreja Cristã brasileira, da qual sou parte e por isso me sinto muito a vontade para me questionar.

Primeira: Para que serve todo o crescimento espiritual e esse “avivamento” que estamos vivendo se essas pessoas não forem alcançadas? Alguém pode afirmar:”Nós estamos orando por elas”. E é verdade. Estamos mesmo. Más quando oramos pedindo para Deus visitá-las e cuidar delas, não estaríamos devolvendo a Deus uma responsabilidade que Ele nos deu? Em caso de dúvida leia MT 25:31-46. Se for isso mesmo, então, nós é que precisaremos de orações. Ou o teor das nossas orações é que deve mudar.

Segunda: Para que serve todo o dinheiro que arrecadamos se ele não está sendo usado para socorrê-las? Não concordo quando dizem que o dinheiro que se dá na igreja é dinheiro do povo. Na verdade, esse dinheiro passa a ser de Deus, quando alguém o entrega para ele, ainda que a igreja o receba, ela funciona como um caixa. Porém a responsabilidade da igreja é maior do que a de um simples caixa, pois passa a ser gestora desses recursos e o dono do dinheiro já definiu, por princípios, como e onde deseja que seja investido (Dt 10:18, Is 1:16-17) Algumas denominações investem milhões em templos suntuosos, com pisos de mármore e vitrais maravilhosos, afirmando assim dar o melhor para Deus, más será que o melhor para Deus não seria que esse dinheiro fosse investido para tirar órfãos das ruas, por exemplo? É bem provável que obedecendo a Palavra, se não resolvêssemos esse problema no Brasil, o minimizaríamos.

Terceira: Para que serve a Palavra que recebemos se não os alcançarmos os perdidos com ela? São importantes o culto, a liturgia, os louvores, a comunhão com os irmãos, a atuação nos ministérios. Más, nenhuma dessas coisas encontram fim em si mesmas. A Igreja só existe por causa do perdido. Se não houvesse mais ninguém para ser alcançado a nossa missão aqui já teria terminado e todas as agendas seriam canceladas (para desespero de muitos). Tudo que a Igreja é e faz deveria ser por causa do outro. Cada vez mais a igreja é ensimesmada, e só existe por causa das suas atividades e de suas agendas (pois, embora não admitam, muitas vivem de congresso em congresso, de campanha em campanha) estão desarmonizadas com a vontade de Deus e fazem com que os crentes que nela congregam também estejam. (1Sm 15:22)

É como se estivéssemos atrás de um balcão, dizendo ao mundo: “Venham, nos estamos aqui e temos o que vocês precisam” e de vez em quando fazemos uma programação para “alcançar o perdido”. Isso não pode ser programação! É o motivo de nossa existência! (Mt 28:19-20) Tiremos o balcão e vamos ao mundo perdido, não por programação, más por compromisso diário.

Por fim, nos especializamos em falar para nós mesmos. Discursos de vitória, crescimento espiritual, atos proféticos e massagens de ego, abarrotam os auditórios. Enquanto os chamados para capelanía em presídios, hospitais, orfanatos e asilos, não são atendidos. Parece que quanto mais longe do sofrimento, dos sofredores e da dor alheia, melhor.

Também, por isso, não sabemos mais falar para os não-crentes, o nosso jargão igrejeiro não é entendido por eles. Termos como unção, retété, cair no poder, aleluia e outros, que as vezes até nós mesmos temos dificuldades de entender, nos distanciam deles.

Nós como Igreja poderíamos ajudar, e muito, as instituições a recuperar essas pessoas para a sociedade e para o Reino, más estes e outros sintomas revelam que cada vez menos a igreja existe por causa do outro.

***
Fonte: Clamando no Deserto. Divulgação: Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

9 COMENTÁRIOS

  1. Parte da degradação da familia e da sociedade e culpa da igreja, que se fechou no seu universo de campanhas e cruzadas e se esqueceu de pregar o reino de Deus.
    A igreja está doente, vivemos uma disputa eclesiástica para saber quem tem a melhor igreja, o mais templo, o melhor nome.
    Não precisamos ir nas ruas, albergues, penitênciárias, no meio do povo de Deus a milhares de pessoas necessitadas, doentes epiritualmente, decepsionadas com esse evangelho barato que tem sido pregado nos palcos.
    Precisamos começas de dentro par fora, pois do que adianta trazer essas pessoas se não estamos preparados para recebe-las.
    Precisamos de uma reforma na reforma protestante urgente.
    Ora vem Senhor Jesus.

  2. "E,por se multiplicar a iniquidade, o amor de quase todos se esfriará." Mateus 24:12

    Acabo de ver as terríveis notícias sobre o Haiti, o país mais pobre da america latina, muitas mortes e desabrigados, já não bastasse a miséria em que vivem.
    O artigo é bastante coerente com a atual, onde se fazem tantas campanhas de "avivamento", prosperidade e bênçãos, esquecendo do primordial: amor ao próximo.
    Estou me desligando da denominação(madureira) onde congregava, pois a ganância dos líderes não tem limites, estão construindo uma OBRA FARAÔNICA aqui em Sorocaba/SP, de altíssimo luxo (algo em torno de 15 MILHÕES DE REAIS!)em plena épca de Arrebatamento (o pr chegou a comentar que ia ficar tudo aqui pro Anticristo)e quando questionei sobre obra social, o pr da congregação onde ia me disse que "Quem faz caridade é Centro Espírita" (!!!).
    E lendo e assistindo vídeos no ótimo site SIMCEROS, do Pr Pedroza, descobri a verdade sobre as lideranças MAÇÔNICAS (Manoel Ferreira, Malafaia…) na igreja, verdadeiros JUDAS ESCARIOTES modernos que se prostituem e comem na mesa de Jezabel, traidores de Deus e ENGANADORES INESCRUPULOSOS.
    Jesus nos diz: "Sai dela, povo meu, para que não sejais participantes de suas mas obras." Apocalipse 18:4
    MARANATA!
    http://www.JESUSVEMBREVE.blogspot.com

  3. Chegamos à triste constatação de que a igreja está mais preocupada em encher a barriga dos crentes e da liderança.
    Preocupada com as 99 ovelhas que estão no aprisco, e não se importando nem um pouco com a centésima desgarrada… Infelizmente.

  4. Há um projeto em fase de implantação na fundação Casa da cidade de Araçatuba, que será o piloto para futura implantação em todo o estado, visando atender os internos por meio de uma capelania evangélica cujo alcance vai além dos muros desta fundação. O responsável é o Pr. Paulo Fernandes da Silva, da Igreja Evangélica Presbiteriana Ebenézer daquela cidade. O projeto chama-se "Projeto Reviver". Em breve vocês ouvirão autoridades falando sobre ele!

  5. Pastores Ubirajara e Ielton,

    O que acho mais legal nesse blog, é que ele me colocou em contato com gente comum que faz a diferença. Precisamos criar uma pauta para mostrar estes trabalhos. O mundo precisa saber que em meio a tanta esculhambação gospel, existe uma igreja séria, bíblica e relevante.

    Grande abraço!

    Leonardo.

  6. Caro Irmão em Cristo. Léo.
    Obrigado pelas palavras, dirigidas a mim e ao pastor Ielton. Não esperamos reconhecimento aqui, embora tenhamos tornado público estes projetos, nosso intuíto é mostrar que há alguém fazendo sim alguma coisa pelo outro, conforme o post do Pr. Ielton.

    Caro Pr. Ielton.
    Que bom conhecê-lo, apesar da distancia que nos separa. Sobre nós repousa o espirito de Cristo, por isso temos os mesmos ideais. Tentei responder-lhe acessando seu blog, mas não encontrei uma forma de enviar-lhe um e-mail através do mesmo. Então vão aqui as informações necessárias para o contato com o Pr. Paulo Fernandes da Silva:

    paulinho.fernandes@hotmail.com
    Fone: (l8)3608-9406
    Cel. (18) 81442090

  7. Prezado Pr Ubirajara, obrigado pela informação.
    Farei contato com ele, pois precisamos de ajuda e creio que a experiência de lá,
    acrescentará muito aqui.

    Leo, de fato temos que alcançar essa geração e para isso é necessário desafiar a igreja a sair do conforto das "quatro paredes" e do circulo vicioso do ativismo gospel e das massagens de ego.

    Há muita gente fazendo muita coisa boa, porém a demanda é imensa e ao ver as necessidades da comunidade que me rodeia sinto-me desafiado a envolver mais ceifeiros e buscar mais ferramentas para alcançar os caídos à beira do caminho.

    Em Cristo
    Ielton Isorro

  8. REVELAÇÃO/EXORTAÇÃO
    Urge difundirmos na terra, a certeza de que Jesus Cristo já vive agindo entre nós, espargindo a luz do saber em sí, criando Irmãos Espirituais, e a nova era Cristã. Eu não minto, e a Espiritualidade que esperava pela sua volta, pode comprovar que digo a verdade. Por princípio, basta recompormos as 77 letras e os 5 sinais que compõe o título do 1º. livro bíblico, assim: O PRIMEIRO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO GÊNESIS: A CRIAÇÃO DOS CÉUS E DA TERRA E DE TUDO O QUE NÊLES HÁ: Agora, pois, todos já podem ver que: HÁ UM HOMEM LENDO AS VERDADES DO SEU ESPÍRITO: ÊLE É O GÊNIO CRIADOR QUE ESSA AÇÃO DE CRISTO: (LC.4.21) – Então passou Jesus a dizer-lhes: Hoje se cumpriu a escritura que acabais de ouvir: (JB.14.17) – O Espírito da verdade que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem conhece, vós o conheceis; porque Ele habita convosco e estará em vós. – Regozijemo- nos ante a presença do Nosso Senhor, e façamos jus ao poder que o Filho do Homem traz às Almas Justas, para a formação da verdadeira Cristandade.

    (MT.26.24) – O FILHO DO HOMEM VAI, COMO ESTÁ ESCRITO A SEU RESPEITO, MAS AI DAQUELE POR INTERMÉDIO DE QUEM O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO TRAIDO! MELHOR LHE FÔRA NÃO HAVER NASCIDO:

    E, ao recompormos as 130 letras e os 7 sinais que compõem esse texto, todos já podem ler, saber, e entender quem é o Filho do Homem:

    E O FILHO DO HOMEM É O ESPÍRITO QUE TESTA AS ALMAS DO HOMEM E DA MULHER, NA VERDADE DO SENHOR, COMO CRISTO: E EIS A PROVA QUE O FILHO DO HOMEM FOI TREINADO NA LEI CRISTÃ:

    (MC.14.41) – Chegou a hora, o Filho do Homem está sendo entregue nas mãos dos pecadores: E hoje, quem quiser interagir com o Filho do Homem Imortal, deve buscar “A Bibliogênese de Israel”, que já está disponível na internet (Editora Biblioteca 24×7). E quem não quiser, pode continuar vivendo de esperança vã, assistindo passivamente a agonia da vida terrena, à par da auto-destruição do nosso planeta…

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui