Cristãos que teimam em recosturar o véu

16
689
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Por Renato Vargens

Assine o Blesss
Parece que parte dos evangélicos brasileiros necessitam desesperadamente de coisas novas em seus ministérios. Na verdade, inúmeros destes, Insatisfeitos com as Escrituras Sagradas, precipitaram-se por caminhos escusos em busca de uma nova revelação. Tais pessoas transformaram-se em entusiastas caçadores de novidades, cuja expectativa é descobrir algo novo o qual os impulsionem a uma nova dimensão de vida cristã. Junta-se a isso, que parte destes, necessitam desesperadamente de “dançar conforme a musica” , moldando-se por modismos irracionais, os quais contribuem significativamente para o adoecimento da igreja.

O movimento judaizante é a nova febre da atualidade. Isto porque, alguns dos evangélicos têm introduzido praticas vetero-testamentárias nos cultos e liturgias de nossas igrejas. Na verdade, tais pessoas têm declarado que tal método doutrinário é uma revelação de Deus a igreja contemporânea, cujo slogan é “Sair de Roma e voltar para Jerusalém”

Estes modernos fariseus têm disseminado praticas tais como:

  • Tocar de costas para a congregação, por considerar os ministros de musica “levitas de Deus”.
  • Usar o Shofar, para liberar unção ou invocar a presença divina.
  • Guardar o sábado fezendo dele o dia do Senhor.
  • Observar TODAS as festas Judaicas.
  • Usar o Kipá e o Talit, que são as vestimentas que os judeus praticantes usam para ir a sinagoga.
  • Usar excessivamente símbolos judaicos tais como, a bandeira de Israel, o Menorah ou a Estrela de Davi dentre tantos outros mais.

Caro leitor, não existem pressupostos bíblicos para que a igreja de Cristo, queira “recosturar” o véu do templo. Entretanto, alguns dos crentes atuais teimam em transformar em realidade aquilo que deveria ser uma simples sombra. Foi o Apostolo Paulo quem afirmou: “Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber ou por causa de dias de festa, ou de lua nova, ou de sábados. Estas são sombras das coisas futuras; a realidade, porém, encontra-se em Cristo”, Colossences 2.16-17.

As leis cerimoniais judaicas, os ritos sacrificiais, as festas anuais, foram abolidas definitivamente por Cristo na cruz do calvário(o significado de cada uma delas se cumpriu em nosso Senhor). Por esse motivo, mesmo os judeus que se convertem hoje ao cristianismo estão dispensados das leis cerimoniais judaicas. É por esta razão que crentes em Jesus, não fazem sacrifícios de animais, não guardam o sábado, não celebram as festas judaicas, e nem tampouco fazem uso do shofar.

Nossa mensagem, vida e testemunho deve ser Cristo, o Evangelho pregado deve ser o evangelho de Cristo, nossa mensagem central deve ser para a gloria e o engrandecimento do nome de Cristo.

Soli Deo gloria!

***
Postou Renato Vargens, no Púlpito Cristão

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

16 COMENTÁRIOS

  1. Passei 5 anos na auto-denominada "igreja local…" e là o que mais tem sao referencias a Israel. Dividem a cidade em tribos e exercitos e usam e abusam dos simbolos judaicos.

    Mas nao é o pior.
    O pior é ve-los desprezar a graça em nome do "reino"(?).

  2. É, tudo que vc falou aqui é verdade. Tem muita igreja pensando que pra sentir a presença de Deus tem que ir no monte Sinai, tem que visitar o tumulo onde Jesus foi sepultado, que é só com o com o som shofar que o Espírito Santo vem.. e o título já resume tudo. O véu já foi rasgado, não precisamos mais apresentar holocaustos para obter o perdão. A Paz do Senhor!

  3. Irmão, não sei se vc ja postou algo a respeito desse tema, se tiver, peço que me mande o link, mas gostaria muito de ler algo sobre Corte cristã (no namoro). Quero muito abordar esse tema junto aos meus alunos adolescentes da igreja, mas gostaria de ler antes sobre isso. Qual a sua opinião? Obrigada Deus abençõe.

  4. Só uma ressalva: entendo que alguns são bem modernos mesmo, mas o movimento judaizante praticado em algumas denominações é antigo, portanto, infelizmente não é mero modismo.

    É crença fundamentalista disfarçada de fé.

    Antes fosse modismo que passa…

    Por exemplo, eu conheço muito "crente" que não é judeu "de criação" e usa vestimentas e simbolismos para ir para a "sinagoga" baseado em versículos soltos da bíblia.

    Esses tais, converteram-se à denominação…

    Como diz a canção do João Alexandre:

    Reconstruindo o que Jesus derrubou/Re-costurando o véu que a cruz já rasgou/Ressuscitando a lei pisando na graça.

  5. E como já foi postado neste blog (se não me engano), a circuncisão também é tradição mas os praticantes do judaísmo-crente não querem fazer…por que será, não é? hhaahahaha
    Mamar na vaca ninguém quer…hahahahahah

  6. Particularmente não veja nada demais em se ter um shofar na Igreja, desde que ele seja tratado como um instrumento que nem os outros. Que ele tenha unção especial, que atraia a Presença, e coisa e tal eu sou contra.
    Creio que qualquer instrumento tocado por alguém que está em comunhão com Deus é um meio de invocar a Deus, adorá-Lo e atrair Sua Presença. Seja um violão, um piano ou um shofar. E creio que se alguém toca um instrumento, seja violão ou shofar, estando cheio de pecado, isso será como nada, e não agradável a Deus.

  7. Bom, seria bom descartar, então, a carta de Paulo aos Romanos capitulo 11, seria bom tirar o dizimo, o batismo, a ceia as quais são atos judaicos, o problema é que a teologia(reformada) que temos hoje através de Luthero e outros grandes homens, ainda tem os residuos de Roma. Se analizarmos a igreja até o seculo IV, veremos que tanto o gentil quanto o judeu caminhavam justos e ao gentil foi dada a lei noética mas aos judeus deveria se manter com todos os ritos, pois diz a palavra que são estatutos perpetuos. Deus não é um que diz e desfaz. Eu creio que o que há hoje é um exagero, falta um equilibrio. A graça e salvadora, mas o que me dá uma vida de equilibrio é a lei. Na graça eu nao posso matar, roubar, adulterar ou ter outros deuses, atos que estao no decalogo, os 10 mandamentos. Enquanto as festas, comemora-se sabendo a quem comemorar, o Rei dos reis, Jesus/Yeshua. Como admirador e leitor deste blog, expresso minha opinião.

    Everson Tavares

  8. As pessoas estão inventados supostos atalhos para buscar ou sentir a presença de Deus, quando na verdade tudo isso e fruto de uma vida de oração e consagração.
    As igrejas estão se transformando em empresas com extratéfias motivacionais e tecnicas de crescimento, e nesse caso a graça de Deus está sendo colocada de lado.
    Ora vem senhor Jesus.

  9. Até as coreografias e palmas para Jesus que Ele merece, não tem a ver com a NOVA ALIANÇA, onde devemos adorar a Deus em Espírito e em Verdade. A maioria dos pastores não pregam as epístolas, e sim o AT. Apostasia, irmãos, em quase todas as igrejas.

  10. Eu fico abestalhado com tanta "novidade" que "os pessoal tá inventando".
    A continuar assim, daqui a pouco teremos igrejas montando altares para sacrifícios de animais, o apedrejamento será re-instituido como punição, as mulheres serão novamente consideradas "impuras" no período menstrual, não se poderá usar roupas tecidas com duas fibras diferentes, e etc… e etc…
    Quanta bobagem, quanta tolice.
    Chego a conclusão, que para esse pessoal, o sacrifício de Cristo na cruz não foi bastante, é necessário alguns complementos.

  11. Parabéns aos "cristãos" que PARECEM levar a sério a Aliança do Eterno (bendito seja). Sou JUDEU e cá pra nós, é muito mais digno invocar o D´us de Israel com um pensamento e fé judaicos do que com essa DOUTRINA JESUS ME LIBERTOU DA LEI que os "cristãos" em sua maioria apregoam. Façam-me rir! E que os que estão se apagando a Yisrael que continuem assim, e cada vez se aproximem mais. Serão bem-vindos!

  12. Qual o significado dos “sábados” mencionados em Colossenses 2:16-17?

    Em Colossenses 2:14-17, Paulo está falando das “ordenanças” cerimoniais do Antigo Testamento que cessaram com a morte de Cristo na cruz (verso 14). O verso 17 descreve essas ordenanças como “sombras” de um “corpo” que é Cristo, e Hebreus 8:5 fala do próprio sacerdócio que as oficiava como “figura e sombra das coisas celestiais”. Qualificando esses “sábados” como sombras “das coisas que haviam de vir” (versos 16-17), Paulo os distingue do sábado semanal, que é um memorial da criação (ver Gn 2:1-3; Êx 20:8-11; 31:16-17; Hb 4:4, 9-11), para identificá-los com os sábados anuais de Israel (ver Lv 23:4-44), que prefiguravam a redenção em Cristo.
    A declaração “ninguém, pois, vos julgue por causa de comida e bebida, ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados” (Cl 2:16) é semelhante à de Oséias 2:11: “Farei cessar todo o seu gozo, as suas Festas de Lua Nova, os seus sábados e todas as suas solenidades.” As expressões “seus sábados” e “vossos sábados” (em contraste com “Meus sábados” e o “sábado do Senhor”) referem-se nas Escrituras geralmente ao ano sabático de descanso da terra (Lv 25:1-7; 26:34-35; 43; II Cr 36:21) ou às santas convocações anuais dos israelitas, também denominadas de sábados (Lv 23:27 e 32). Esses sábados cerimoniais cessaram com a morte de Cristo (Cl 2:14-17), enquanto o sábado semanal continua vigente durante a “nova aliança” (Jr 31:31-33; Is 56:1-7; Hb
    4:9-11). Cremos, portanto, que os autores batistas Jamieson, Fausset e Brown estão corretos ao interpretarem Colossenses 2:16 nos seguintes termos: “SÁBADOS (não “os sábados”) do Dia da Expiação e da Festa dos Tabernáculos chegaram ao fim com os serviços judaicos aos quais pertenciam (Lv 23:32, 37-39). O sábado semanal repousa sobre um fundamento mais permanente, havendo sido instituído no Paraíso para comemorar o término da criação em seis dias. Levíticos 23:38 distingue claramente ‘o sábado do Senhor’ dos demais sábados.”

    Fonte: Sinais dos Tempos, março de 1998, p. 29

  13. Amados irmãos em Cristo que sejam?
    Sou uma desse como vós fala um tocador de shofar! Mais antes de tudo sou uma pessoa que nasceu dinovo e quero ser preenchido (cheio do Cristo Jesus)e pra isto acontecer primeiro tenho que seguir os mandamentos que Deus deixou, muitos de nois (irmãos em Cristo creio?)segui não os mandamento e sim uma unica palavra que muitas vezes não entendem.
    O que quero dizer é o seguinte.
    Enquanto ums seguia Cristo outros querem.
    Porquer tem igrejas que teimão em que a pessoa tenha que receber apusso (recebão,recebão,recebão. feito os assembléianos, ou porquer outros digam que são os escolhidos e neste caso já não tem nenhum problema em pecar defamar e outras coisas mais e mais ainda aqueles são totalmente engravatados dos péis a cabeça são os melhores e que só eles vão para o Senhore além disso ainda desnuda uma mulher só com o olhar.
    Irmãos em Cristo asim creio que sejam deixem o irmão usar o shofar, o tallit ou kipá mais que sejam para glória do Senhor que adianta querer ser o melhor cantor estar sempre impécavel e só querer estar lá em cima só pra se mostrar e não para horár ao único que nos deu a vida?
    deixem de lado o costúmes judaicos se for para ser uma única tribo que sejá mais que sejá a tribo do Senhor Jesus a tribo de Judá para horá e glória Dele.e não para ser mais um que quer aparecer dentro da igreja.
    Aliás vejo algo que aconteceu com o Senhor Jesus naquela época e que se mostrar novamente agora os próprios irmãos de sangue (os judeos queriam quem na cruz) Jesus, hoje nois somos irmão em Cristo Jesus não por sangue mais sim por Fé e vejo (irmãos em Cristo estes que degridem a uma ou outra utilizaçaõ de vestimentas ou instrumento para louvar como se coisa de outro mundo antes usavam porquer não se pode uzar hoje?
    Não sou Judeo de sangue Mais sou judeo em Cristo Pois sou Irmão Dele em Fé.

  14. Muitos que falaram ai parecem mais que estão valorizado não a Deus mais parecem ter algum cargo na igreja, pois estam avaliando quantos estarão dentro da igreja.
    Amados 1° salvação é de cada um o preço foi pago, por Jesus.
    Não fazeis da casa de Deus um comercio.
    Fazeis como está no Salmo 150 a diante adorai de todas as formas mais que esta adoraçaõ sejá para Ele o senhor de todas as coisas nosso Deus todo poderoso.
    Se estão querendo recusturar o véu por não será continuarei núm só proposito adorando ao Senhor com shofar com danças com louvores mais núm só visão que é a de o proposito de meu Deus.

SUA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui